Como descobrir um hotel melhor do que eu poderia te indicar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Montrose Suites, West Hollywood, Los Angeles

- Pode me indicar um bom hotel de x dólares no destino tal?

Tenho uma boa e uma má notícia pra você.

A má notícia é que não dá mais para saber de antemão o preço dos hotéis. Diária de hotel é um artigo de preço volátil, que muda o tempo todo, de acordo com a época, com a antecedência da reserva, com a projeção de ocupação do hotel, com as metas de venda. Com cada vez mais raras exceções, as diárias de hotel seguem o mesmo caminho das passagens aéreas: muitos pagam preços diferentes pelo mesmo produto.

A boa notícia é que você não está mais na dependência de UMA indicação. Antigamente nossas escolhas de hotel eram feitas com base na experiência de UM conhecido, ou de UM guia impresso, ou de UM agente de viagem, ou de UM cara tipo assim eu, metido a guru de viagem.

Só que eu, por minha vez, era dependente dos guias. Fazia uma média das sugestões dos que eu mais respeitava, lia nas entrelinhas, procurava diferentes faixas de preço -- mas acabava ajudando a perpetuar a mesma meia-dúzia de indicações de sempre (que, de tão recomendadas, sempre estavam lotadas na hora de você querer reservar).

O único jeito de indicar um hotel com autoridade é se hospedando nele. Entre 1999 e 2001, quando eu fiz o Freire's, meu guia de praias, eu me hospedava toda noite num hotel ou pousada diferente. No último dia, fazia uma visita corrida aos que eu tinha vontade de conhecer. Mas não é a mesma coisa, por mais que o seu faro esteja treinado.

Pois veja bem. Paris tem 1.500 hotéis. Se alguém quisesse se hospedar uma noite em cada um deles, levaria 5 anos e meio na brincadeira. Se alguém se dispusesse a visitar 10 hotéis de Paris por dia, ficaria 6 meses só fazendo isso.

Felizmente isso não é mais necessário. Hoje você e eu temos acesso a informação sobre todos esses 1.500 hotéis. A grande maioria pode ser reservada pela internet -- em agências online ou pelo próprio site dos hotéis. Todos comentados por pessoas que (na maioria dos casos) se hospedaram neles.

Por isso toda vez que perguntam por aqui "Tem um hotel bom de tantos dólares/euros para indicar?" a Bóia fica sem saber o que responder.

Primeiro porque, hoje em dia, a única maneira de saber o preço de um hotel é simulando uma reserva na exata data da viagem do consulente.

E principalmente porque, na grande maioria dos casos, para que se limitar a UMA alternativa? Cada pesquisa que você fizer vai revelar novidades. Hotéis que foram repaginados, que mudaram a administração, que foram descobertos por gente com um perfil parecido com o seu...

Ou seja: a situação é hoje infinitamente melhor do que há 15 anos, antes da internet. Só que... o garimpo dá trabalho. Para escolher um hotel hoje você precisa dedicar um bom tempo para checar localização e fazer um pente-fino nas resenhas. Mas acredite: o trabalho compensa.

A gente adoraria poder fazer isso por você, mas, infelizmente, não temos condições. Mas aí vai o passo a passo para você virar seu próprio personal hotel reservêitor -- e descobrir hotéis ainda mais interessantes do que a gente poderia indicar:

--> 1. Jogue as datas desejadas num buscador de hotéis

Alguns desses sites: Tripadvisor.com, Mundi.com.br, Hotelscombined.com, Kayak.com. Todos eles pesquisam disponibilide e preços em várias agências online simultaneamente. Em segundos você tem uma lista de hotéis efetivamente disponíveis, com as tarifas cobradas por cada agência.

--> 2. Separe os hotéis que cabem no seu bolso

Pronto. Você já sabe os hotéis que efetivamente têm vaga e que você pode pagar. Vai começar um trabalhinho braçal chato agora, mas pelo menos não será à toa. (Na outra encarnação você precisaria TELEFONAR de um a um para descobrir isso.)

--> 3. Selecione os de melhor localização

Ahá, esse é o pulo do gato. Saber em que região procurar é 3/4 do caminho andado para se hospedar bem. Hoje, quando eu vou fazer campo de algum destino e não tenho tempo para mudar todo dia de hotel, é este o aspecto que eu procuro entender: qual é a diferença entre as regiões. Por isso é que nas minhas páginas de introdução de destino, na seção "Onde ficar?", eu não indico hotéis específicos: indico zonas da cidade. A partir dessa informação, você está totalmente aparelhado para descobrir um hotel melhor (mais novo, mais elogiado, mais competente) do que eu eventualmente poderia ter na manga (se é que eu teria um hotel na manga no destino que você me pergunta).

--> 4. Eleja seus finalistas e passe um pente-fino nos comentários.

Em todos os sites de busca e reservas dá para ordenar os hotéis pelas notas dadas pelos comentaristas. Selecione  ou cinco ou dez (vai da sua paciência e meticulosidade) e invista dez minutinhos em cada um para analisar o que o pessoal diz.  Valorize comentários que tragam pontos positivos e negativos na mesma resenha; potencialmente, são os mais verdadeiros. Preocupe-se mais com críticas objetivas (sujeira, barulho, overbooking) do que subjetivas (espaço, conforto, amabilidade -- tudo isso depende do parâmetro de cada um).

[Uma pegadinha: no TripAdvisor, nunca se limite à página mais recente de comentários. Como neste site (justamente o mais poderoso) não é necessário comprovar a hospedagem, muitos hotéis dão um jeito de postar críticas positivas em série para esconder alguma crítica arrasadora na página de trás.]

Veja também se os seus hotéis estão citados aqui nas compilações de comentários de hospedagem dos leitores do Viaje na Viagem. A gente pode não ter o volume de resenhas dos mega-sites internacionais, mas o nicho é bem segmentado smile

Importante: faça isso sempre ANTES de reservar seu hotel. Ao pesquisar resenhas antes de decidir, você está de cabeça fresca para pesar prós e contras e para não se impressionar com detalhes que não são importantes para você. Mas quando você resolve dar uma olhada nas resenhas DEPOIS de reservar um hotel, sua perspectiva muda: qualquer defeito é o fim do mundo, e qualquer crítica é definitiva e incontestável.

--> 5. Dê uma última conferida na localização

Pegue o top 3 da sua peneira e faça um check-up final de localização. Qual deles é mais perto do metrô? Aumente o zoom do Google Maps para ver que estabelecimentos estão anotados na área. Depois ligue o Street View para ver a aparência do lugar.

--> 6. Faça a reserva como preferir

Use o site que apareceu com a melhor tarifa, vá ao site do hotel para ver se consegue uma tarifa semelhante ou melhor -- não importa. Só não deixe de ler as condições da reserva. Cada vez mais, as tarifas mais irresistíveis requerem débito imediato do total da estadia. Nesses casos, as condições de reembolso variam -- umas são integralmente canceláveis, outras são totalmente não-reembolsáveis.

--> 7. Confie na sua intuição

Viajar é escolher, e toda escolha envolve necessariamente abrir mão de alguma coisa. Mas é só exercitando isso na prática que você vai aprender a viajar de verdade. Peça dicas, informe-se, leve em consideração a opinião dos outros, mas não deixe sua viagem inteiramente na mão de uma pessoa só. Nem de mim grin

Leia também:

Dicas para viajar melhor

Hotéis resenhados por leitores do Viaje na Viagem

88 comentários

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

O Street View é para mim a melhor ferramenta para bater o martelo na escolha de hospedagem .

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Silvia, nem todas as cidades tem o Street View. Também gosto de usar ele, mas por exemplo, Santiago não tem! Tentei ver o hotel que reservei e nada...só fotos de usuários, mas nenhuma do hotel.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Pois é Mô , Bue tb não tem sad
Mas quando tem ajuda demais ! Com paciencia dá para caminhar e cruzar dados sb se o que tem no entorno fecha com o objetivo da viagem.Ano passado fugi duma fria tremenda colocando os nomes dos estabelecimentos que vi no street view no google , e descobri que eram todas casas noturnas ..hehe

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Eu ia dizer isso agora: BsAs não tem!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

E nem faz falta , Thiago .
O grupo-vibanas é o street view de Bue mrgreen

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalinkResponder

Santiago não tem Street View do Google, mas tem o ótimo Street Diving do Planos.cl. Segue o link:

http://planos.amarillas.cl/

No site escolha em MAS... a opção Street Diving, não tem toda a Santiago mas tem boa parte da cidade.

Ernesto, o pato

Uma boa alternativa são os sites onde voce compra sem saber o nome do hotel, como hotwire e priceline. A unica pegada é sempre, nestes sites pegar hoteis de no minimo 3 estrelas. Uma ou outra vez pegeui um hotel um pouco fora de mão, o que não é grave se voce estiver de carro, e quando não estava, a economia compensou, e pagaria até mes mo um taxi.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Verdade. Usei algumas vezes o Hotwire e me dei sempre bem. A primeira vez em Chicago fiquei no Palmer House por cerca de $50 a noite, foi das melhores diarias que já consegui!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Eu indico o Last Minute Travel, pois dá para saber qual é o hotel secreto. Quer aprender? http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=7&t=1052

João
JoãoPermalinkResponder

Gênio!

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Boa!

Já ouvi que no Hotwire também há uma maneira, mas nunca pesquesei.

Ernesto, o pato

O site http://www.betterbidding.com/ e
http://www.hoteldealsrevealed.com/forum/ dão bons palpites de participanes sobre os prováveis hoteis. Vale a pena ler

O site http://www.biddinghelper.com/ perimite uma comparação entre hotwire e priceline, e vale a pena cotar antes de decidir.

Dri
DriPermalinkResponder

Inclusive seria uma boa adição pro nosso tripadvisor interno, se o pessoal que tem lances aceitos contar qual foi o hotel e qual foi o lance! Por exemplo, mais recentemente eu tive um lance de USD120 dolares aceito pro NH Barbizon Palace (5*) em Amsterdam no final de semana da Festa da Rainha. O mais barato que eu estava vendo no hotelscombined era 150/160 EUROS por 3 estrelas sem elevador e longe do buxixo...

Ronaldo Giusti

É quase exatamente o meu modus-operandi para escolha de hotéis. Não por acaso fortemente influenciado pelo VnV!

Bom saber que estou no caminho certo smile
(só tenho que torná o processo um pouco menos demorado, porque refaço as buscas pelo menos meia dúzia de vezes antes de fechar!)

Ernesto, o pato

Assino embaixo!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Aprofundar as buscas é fundamental para períodos mais longos ou para lugares muito exóticos.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Estou com um problemão procurando hoteis num país semi-exótico que parece não ter um bom setorr de hotelaria. É cada barbaridade que leio no tripadvisor, que estou quase desistindo desse destino. A não ser que eu me hospede no melhor hotel do país, mas aí já é demais!

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Poxa, vai deixar a gente curioso???? Qual é o país?? Rs...

mariana ribeiro

Uso um monte de ferramentas para escolher meu hotel (Tripadvisor, expedia, hotels.com, etc) mas no final das contas eu prefiro pagar um pouco mais e fazer a reserva diretamente no site do hotel, ja' ouvi muita historia de gente que chegou no hotel e a reserva nao estava la'.

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Para evitar isso, quando reservo hotel por algum consolidador, uns dias antes da viagem, mando um e-mail para o próprio hotel (não para o consolidador) perguntando se a minha reserva está de pé! Sempre me responderam, e as reservas sempre foram confirmadas.

Marcelo Jesus
Marcelo JesusPermalinkResponder

Também faço isso que a Wanessa falou, daí imprimo o e-mail da reserva do consolidador (tipo Booking ou Hoteis.com) juntamente com o e-mail de confirmação do hotel, junto todos na ordem em que vou precisar utilizar e encaderno em espiral, na sequência e com "orelhinhas" marcando cada cidade...

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

Marcelo... mto bom saber q não sou só eu que faço livrinho dos emails, roteiros etc... o meu TCC BsAs (apelido dado pela minha noiva!) já é tão famoso q meus amigos vivem pedindo uma cópia... Uma vez eu fiquei com receio nesse lance de consolidador: reservei hotel em Punta pelo decolar e nada do hotel confirmar a reserva... como o email não chegava liguei para o Bonne Etoile e estava tudo certo

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Pra não carregar o passado,ooloco num saco zip cidade por cidade e ponho no lixo a cidade que passou ao chegar no proximo destino .

Ila Fox
Ila FoxPermalinkResponder

Street View foi sem duvida uma grande invenção para os viajantes! com ele a gente consegue ter noção da cara do lugar, o movimento da rua, se haverá um restaurante ou padaria por perto...

Laura
LauraPermalinkResponder

Como sempre as tuas dicas são muuuito claras e precisas! Eu tb faço mais ou menos esse tipo de busca e concordo muito sobre a localização ser muuuito importante! Sempre que viajo pra algum lugar, passo por um bairro q eu não gosto e vejo um hotel perto, penso "ainda bem que não escolhi esse hotel, eu ia odiar a localização". Fora que a experiência no lugar muda COMPLETAMENTE dependendo de onde a gente se hospeda.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Uma outra dica é definir o que se espera obrigatoriamente de um hotel. Por exemplo: Tenho dores nas costas? Então, um quarto com poltrona ou sofá pode ser necessário para quem vai usá-lo para trabalhar ou assistir TV.

Preciso de internet no quarto? Pode ser que aquele hotel eliminado por ter a tarifa mais alta ofereça esse serviço gratuito, enquanto que aquele outro, escolhido por ser mais barato, cobra pela internet à parte. O preço final do hotel escolhido poderá ser mais alto.

E gosto de olhar bem as fotografias tiradas pelos próprios hóspedes. Geralmente mais toscas que as profissionais, elas costumam ser também as mais verdadeiras.

Viviane
VivianePermalinkResponder

Minha metologia de escolha de hotéis está no post que segue. Acrescento apenas que recentemente passei a usar tb o Google Hotel Finder. Boas viagens a todos! http://mulherescomasas.blogspot.com/2012/01/faca-voce-mesma.html

carla
carlaPermalinkResponder

Minha metodologia tambem é parecida. Uma coisa que faço é consultar a tarifa da minha agente e comparar. Nas duas ultimas viagens acebei comprando alguns hoteis com ela pois a tarifa era similar, ou menor e era possivel parcelar.

Uso bastante o booking.com e nunca tive problemas. Sempre mando um email pra o hotel confirmando minha reserva, isso me deixa mais tranquila. Aproveito o email do hotel para pedir dicas sobre transfers, aluguel de moto ...

Abs Carla

Gustavo - Viajar e Pensar

Mais ou menos o que muitos fazem intuitivamente, mas sem a experiência do Comandante, e sem tantos passos.

Valeu Riq por mastigar mais esta.

Dri
DriPermalinkResponder

Duro é quando vc tem toooda uma região para escolher hotel. Por exemplo, agora estou escolhendo hotéis na Provence e na Alsácia. Nesses casos, uso muito também o google earth para ver hotéis que estão marcados lá, mas que por serem propriedades mais "familiares" e no "meio do nada", muitas vezes não aparecem nos buscadores.

Maria das Graças

Dri, estive por 15 dias na Provence no último mes de setembro. Fiquei em ótimos hotéis em Avignon e em Saint-Rémy.

Luisa
LuisaPermalinkResponder

Quando eu estou em duvida sobre a localizaçao de um hotel, eu costumo selecionar os 4 ou 5 hoteis mais caros da cidade e olhar onde eles estao. Aì eu escolho um hotel que caiba no meu bolso na mesma regiao da maioria dos hoteis caros. Hotel chique dificilmente fica em lugar ruim. (como toda regra tem exceçao, nao custa dar aquela olhada no street view...)

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Também uso essa estratégia do hotel chique, Luisa! smile

Fernanda K
Fernanda KPermalinkResponder

Uso há tempos o hotéis.com e nunca tive problema! Uso também google earth e o street view quando tem na cidade de destino.

Marcelo Matos
Marcelo MatosPermalinkResponder

Dúvida. Alguem ajuda?
Reservar hotel com muita antecedência (p. ex. seis meses) compensa para achar melhores preços? Ou é obrigatório? Quando vale a pena esperar ofertas de ultima hora?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Normalmente se consegue barbadas mais ou menos três meses antes da data da viagem. A dica é monitorar!

Ernesto, o pato

Boia

Ao contrário! Salvo alta temporada e feriados as melhores tarifas costumam ser 1 semana antes da viagem, especialmente em sites do tipo hoteis, hotwire,e no Brasi, as promoções da Arcor.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Ernesto, tem que ter sangue de barata pra reservar hotéis last minute, uma semana antes pode ter , mas certamente não exatamente onde a gente quer ficar sad
Sempre consegui excelentes tarifas com exatos tres meses de antecedencia .

Ernesto, o pato

Sylvia

Na baixa temporada -e se não houver convenções, eventos,etc... e se voce não fizer questão de un hotel especifico, sempre tem vaga.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Reservei hotel em Londres com 6 meses de antecedência (para maio/2012). O preço do hotel (base2stay) praticamente não subiu, mas tb nåo vejo mais vagas para o período que vou passar lá. Estou sempre olhando no booking.com (e outros) os preços para este período para ver se acho oferta de hotel com as mesmas características. Porém, cada vez está ficando mais caro. Acho que não vou achar preço melhor, a não ser que encontre tarifas last minute 1 semana antes. E corro o risco de só achar boas ofertas em hotéis 5 estrelas, mas, como em Londres quase todos os hotéis cobram uma fortuna pela internet acho que nao vai compensar a mudança.

Ernesto, o pato

Marcelo

Creio que já vai ser uma temporada alta em Londres por conta da Olimpiada.

Nanna
NannaPermalinkResponder

Marcelo, eu reservaria logo algum hotel, procuraria uma reserva destas que você não precisa pagar nada pra reservar e que seja totalmente cancelável. Depois, mais perto da viagem você dá uma olhada se existe algo melhor, mas pelo menos já sabe que se tudo der errado a sua cama está garantida (e você não pagou nada a mais por isso!)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

É exatamente isso que faço sempre : reservo um Accor cancelável no mesmo dia que compro a passagem aérea e depois com calma vou atrás de opções .

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Adorei essa estratégia Sylvia. Na Provence com mammy não quis arriscar, foi o que fiz. O Etap Avignon foi ótimo mas o Ibis Aix en Provence só funcionou por que tinha um veículo.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Eu gosto das resenhas do Booking.com. Mesmo que eu use o trip advisor, dou sempre uma checada também no Booking (até porque uso-o como principal ferramenta de reserva online, nunca tive problemas de reservas não confirmadas etc).

Digo isso porque no Booking só dá para escrever resenha com um link por email que chega para o seu email alguns dias após vc ter se hospedado no hotel.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Também gosto dos comentários do booking. Quase nem tenho mais visto tripadvisor, só booking e os hotéis aqui do VnV.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Também gosto muito do booking pelas fotos, resenhas, mapa e pelas facilidades. Só olho o tripadvisor pelo ranking. Se estou em dúvida entre 2 isso pode me ajudar.
Outro favorito (juntamente com o booking) é o hotelscombined.
Reservei o Story Hotel em Estocolmo via hotelscombined - não aparecia nas pesquisas do booking e, geralmente, também encontro preços mais baratos por ele. São os meus preferidos.

Alice
AlicePermalinkResponder

Mais explicadinho que isso, impossível! Também uso o Street View direto.
Os consolidadores são maravilhosos, mas quem precisa de cama extra para crianças ainda tem que fazer no modo artesanal (mandar zilhões de e-mails).
É que pelos sites de reserva, quando colocamos 2 adultos + criança(s), normalmente só aparecem flats. sad

Amélia
AméliaPermalinkResponder

B A BÁ, uso e nunca falhou! Quando inventei de reservar pela Decolar, em Roma, plena férias de verão e não confirmei antes, falhou ! Mas Nossa Senhora Protetora dos Viajantes me ajudou e logo estavamos instalados em um hotel na redondeza. Estas dicas todas só tornam a viagem mais divertida, toda a programação, pesquisa, procura, confirmação, gente ... isto é um vício !!!

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Minha estratégia é a seguinte: dou um espiada nos hotéis indicados pelo Riq. Vou para o Trip Advisor, vejo as fotos dos hóspedes e leio os comentários. Jogo o endereço no Street View ou Google. Leio o que o pessoal do Booking escreve, os comentários dos trips do VnV e por fim, pergunto tudo e mais um pouco para as Bóias.

Vitor J. Nunes

A grande vantagem que tenho lendo as dicas do VnV e de seus leitores é saber de hotéis que, por exemplo, não encontro listados nos buscadores. Foi o caso da excelente dica budget do EasyHotel em Londres que foi minha salvação já que na mesma faixa de preço eu só encontrava hotéis de péssima reputação no Tripadivisor.
Abraços!

Majô
MajôPermalinkResponder

Pesquiso pelo booking.com, etc., olho fotos do hotel e dos hóspedes,resenhas uso o google map pra ver o que tem por perto,metrô etc e o google street pra ver a cara da rua e arredores.
Gosto muito do I-Escape que tem sempre hotéis charmosos.
Sim, porque depois do VnV não dá pra ficar em hotel que não seja charmoso mrgreen
E, claro dicas vnvéticas sempre !
Enquanto viajo e caminho, se vejo hotel ou pousada legal, entro e peço pra visitar.
Já fiz reservas pelo booking.com, nunca tive problemas. Imprimo as reservas e levo em pasta.

Viviane Moura
Viviane MouraPermalinkResponder

Bom, vou ser repetitiva, mas..
Parabéns pelo texto!

Uma das melhores frases é:
"viajar é escolher". E algumas escolhas só a gente pode fazer por si mesmo! smile

Aline F
Aline FPermalinkResponder

Só uma observação: Riq, vc não é metido a guru. É o próprio! rs.

zuzu
zuzuPermalinkResponder

That's true,rsrsrs.

Cybele Costa Moreira

Ric, estou indo em agosto para uma viagem entre Lisboa, Madri, Barcelona e Paris e estou na saga dos hotéis.
Até agora estou pelo HF Fênix em Lisboa. Em Madri estou entre o Room Mate Alicia e o Chic & Basic Mayerling. Em Barcelona, estou entre o Room Mate Emma e o Chic & Basic Bruc (ou o Urquinaona).
Em Paris estou pensando seriamente em um apê já que ficarei 6 noites lá.
O que vc acha? Boas opções. Minha prioridades são localização e custo/benefício. Não faço questão de luxo.
Grata,Cybele

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cybele! Aqui quem responde é A Bóia.

Não sei se você notou, mas o Ricardo Freire fez esse post justamente pra NÃO precisar responder esse tipo de pergunta grin

Leia sobre as localizações nas páginas de Lisboa, Madri, Barcelona e Paris (há um item "onde ficar?", conforme ele conta no texto).

Sobre localização em Paris, há outro post:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/em-que-regioes-de-paris-e-melhor-se-hospedar/

Cybele Costa Moreira

Ola Bóia, não notei não só notei sua resposta nada polida.
Já fiz isso que vc indica e fiquei em dúvida justamente nessas duas opções.
OBRIGADA.

Everson
EversonPermalinkResponder

Na boa, Bóia: acho que vocês deviam começar a cadastrar os leitores e cobrar pra responder. Porque esse povo é abusado que só...

Nelma galvao
Nelma galvaoPermalinkResponder

Algumas pessoas tem preguiça ou a falta de habito de ler com atenção. E muito mais fácil perguntar... O pior e que perdem uma das boas partes da viagem , que e o planejamento! Adoro pesquisar e escolher onde ir, onde ficar , etc....

Cybele Costa Moreira

Everson e Nelma, como vcs não me conhecem nem vou me chatear.
Faço mil pesquisas, tenho várias pastas no meu computador divididas por cidade, hotel, restaurantes de interesse e etc.
Se eu perguntei entre dois hotéis foi pq realmente estava com dúvida e não por preguiça ou qqer outro motivo.
A coisa que eu mais gosto é entrar nos sites e ler. Esse por exmeplo já li todo do início ao fim inclusive os posts.
Tb tenho blog e não me incomodo de responder às perguntas pq se assim não fosse não teria o tal blog.
Sem mais. Boa noite e lá vou eu para outras paragens mais "leves".

Ricardo Freire

Cybele, acho que você encaixou mal a resposta da Bóia. E Everson, acho que você pegou pesado.

Querida Cybele, eu realmente n-ã-o p-o-s-s-o opinar sobre hotéis especificamente. Eu não visitei nenhum desses, é exatamente sobre isso que eu falo no post. A única maneira de eu poder opiniar sobre qual Room Mate é melhor em Barcelona é parar tudo, sair por aí, analisar resenhas. Mas eu só vou ter tempo pra isso quando chegar a hora de fazer o post Onde ficar em Barcelona, não pra atender um pedido específico.

Acredite, você não percisa de mim. Você já foi muito bem na sua pesquisa, agora só tem que decidir. A gente não pode ajudar você nisso.

Se você tem blog, então sente o meu drama: tenho 176 posts -- cento e setenta e seis -- posts atrasados. (Um deles é "Onde ficar em Barcelona"). Fora os posts que aparecem no dia. Fora os que a Bóia Paulista escava e eu tenho que dar uma finalizadinha.

Queridos, não briguem. Eu preciso trabalhar...

Cybele Costa Moreira

Ricardo obrigada pela atenção.. Peço desculpas se atrapalhei, não foi minha intenção.
Continuarei na minha busca... smile
Quando decidir e voltar, posto minha experiência...
E aguardo ansiosa o "Onde ficar Barcelona" razz

Malu
MaluPermalinkResponder

Cibele,localização e custo/benefício.

Para vc ficar bem localizada a prioridade é?
-Perto de metrô e/ou vida noturna intensa e/ou restaurantes e/ou supermercados e muitas lojas???

E o seu custo/benefício seria USD 140 - 240 - 340 - 790 ?
Um exemplo:em Paris, eu costumava ficar no Hotel Vctoria Châtelet pois ele fica na porta da estação da linha 1 do metrô. É uma linha usada por muitos turistas pois, como viajo muitas vezes sozinha,era super conveniente voltar mais tarde para o hotel. Hoje estou curtindo mais ficar em Saint Germain pois tem muito mais restaurantes e cafés onde posso ficar até mais tarde sem precisar pegar metrô à noite.

Viu como é difícil alguém ajudar a escolher entre um e outro?

Eu não ficaria no Fênix Lisboa pois fica em uma praça, Marquês de Pombal, difícil de atravessar, tem que contornar para descer para a Av. Liberdade e é bem longe dos melhores pontos turísticos de Lisboa. Mas.... é perto do Shopping Amoreiras e talvez seja isso que vc procura.

Então não fique brava com as respostas de outros trips e explique bem tudo o que vc procura.
Abraços e volte para contar sobre os hotéis que vc escolheu. Pode ajudar muita gente.

Cybele Costa Moreira

Malu, localização para mim é metrô, não sou muito da vida noturna..
Custo/benefício não tem muito a ver com dinheiro em si, mas tipo limpeza/acessibilidade/conforto sem pagar meu rim para isso.
Não fiquei brava não, nem se preocupe só me espantei com a resposta ríspida, mas já passou, obrigada.
Sobre o Fênix Lisboa, agradeço novamente, vc me aconselha algo mais próximo aos pontos turísticos?
Voltarei com ctz.
Abçs,
Cybele

Malu
MaluPermalinkResponder

Oi Cybele, eu fiquei no Hotel Altis Avenida e no Altis, da Rua Castilho. Prefiro o Altis Avenida pela localização. http://www.altishotels.com/PT/AltisAvenidaHotel/Boutique-Hotel-Charme-Lisboa/ Tem um terraço com um bar super legal e uma vista linda. Fica perto da Rua Augusta, do Rossio, Restauradores e da Avenida Liberdade. Fui a pé para o Chiado e Bairro Alto sem problema. Essa parte de Lisboa é muito especial. Eu acho excelente essa localização. Tem vários hoteis perto, metrô quase na porta e ônibus. Um hotel que muitos indicam é o Mondial que fica bem perto.

Maria das Graças

Cybele, dê uma olhada no Sana Hotel em Lisboa. A localização é excelente e o hotel também. Hospedei-me lá por uma semana em out/2007. Na esquina tem a estação do metrô Marque de Pombal e descendo a Av da Liberdade voce estará no centro das atrações. Em frente a ao hotel passam várias linhas de ônibus.

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Nossa! Adorei o post, mais ainda por saber que minha autonomia em viajar está perfeita para escolher hotéis. A não ser que eu tenha uma indicação exata de algum conhecido (que tenha obviamente os mesmos gostos e necessidades), minha deliciosa via crucis inclui

- primeiramente o VnV (regras gerais de localização, vantangens e desvantagens baseadas nos meus gostos pessoais)
- TripAdvisor (mais pelas fotos dos hóspedes do que pelo ranking do hotel, que nem sempre se confirma)
- Booking (pela avaliação dos clientes, leio tudo)
- Google maps e Street View onde houver
- finalmente troca de e-mails com o hotel (principalmente se preciso encaixar as crianças). Faço a reserva sempre diretamente com o hotel, não por medo, mas simplesmente porque sempre consegui tarifas melhores diretamente.

OBS - em tempo, eu NUNCA conseguiria deixar a escolha de hotel na mão de outra pessoa, dou valor ao meu tempo e dinheiro e sei como é se aborrecer por ter pago caro e ficar em espelunca (isso ocorreu antes da internet..rsrs).

bebel bandeira

Eu faço uma pesquisa em vários sites mas acabo reservando pelo booking.com. Imprimo as reservas e nuca tive problemas. Sempre achei que reservar com antecedência fosse uma forma de encontrar preços mais baixos. Mas na minha última viagem (dez/2011-Califórnia),2 reservas que tinham sido feitas em outubro, estavam cerca de 270 dólares mais baixos no próprio Booking. Refiz as reservas e,depois,cancelei as antigas.
Para mim, a vantagem de reservar com antecedência è, também, garantir a vaga do hotel que vc gostou. Aliás, os preparativos da viagem já uma viagem.
O site do Ricardo Freire é muito bom e desde 2006 só viajo com ele.

Ernesto, o pato

Acho que todos nos fazemos isto, e escolhendo hoteis com base nos comentarios dos trips com quem nos identificamos mais.

Ja usei as dicas em Lima, Buenos Aires, La Paz, Santa Cruz de la Sierra, Medelin, dentre outros.

petter
petterPermalinkResponder

O final da dica 4 diz uma das maiores verdades do mundo: "quando você resolve dar uma olhada nas resenhas DEPOIS de reservar um hotel... qualquer defeito é o fim do mundo, e qualquer crítica é definitiva e incontestável." Isso já aconteceu comigo! euehuehe

Ah, achei legal a sugestão de Sylvia de usar o Street View para ter mais noção da vizinhança do hotel. Quando a cidade não é mapeada, abro o Google earth e aciono as fotos do Panoramio. Também ajuda. Abraço

ROSARIA
ROSARIAPermalinkResponder

Adorei o post. E fiquei feliz em perceber que eu e meu marido já estamos seguindo vários pontos aqui mencionados para selecionarmos um bom lugar p/ficar qdo viajamos. Como li em alguns comentários, concordo que a viagem já começa durante a programação dela. E estou fascinada com essa coisa de viajar. No julho passado, fomos a NY e ao Canadá. No próximo julho, vamos a Califórnia.
abraços,
Rosária

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Eu tenho um critério - onde alguem que o VnV ficou e recomendou (alguem que eu tenha referências, é claro, pois sei o tamanho do meu orçamento), depois o trip avisor e o booking.

Tchê Inverno
Tchê InvernoPermalinkResponder

Post bem explicativo, começando pelo título. Realmente, viagem é isso aí, a gente sempre aconselha e dá dicas, mas pesquisar e descobrir um pouco do destino antes de se decidir também faz parte da graça dela, e errar, às vezes, também. Na minha última viagem tive que pedir carona na estrada, porque confie nas informações da recepção do lugar que me hospedaria e não pesquisei o hotel, e ele ficava a dez quilômetros da cidade. Depois de gastar dinheiro que não havia reservado com transporte, decidimos ficar por ali mesmo, afinal, era uma espécie de hotel fazenda maravilhoso em Nice, Paris. E o frio, a gente driblou tranquilamente, por isso digo para todo mundo não se desesperar, com a mala certa e um pouquinho de boa vontade, você vai para qualquer lugar e se dá bem!

Vitor Reis
Vitor ReisPermalinkResponder

Boa tarde tripulantes... Sou novo por aqui e estou planejando a minha primeira viagem a BsAs, será em outubro passarei 6 dias...Eu fui em algumas agências como a Marsans e CVC e levei um susto, uma delas me cobrou R$4150 pelo período...já no site do decolar o mesmo período em hotéis bem melhores está saindo por R$2500... Lendo o Blog fiquei tentado a comprar tudo separado e me arriscar (mesmo sem ter nenhuma prática neste ramo rsrsrs) aí então entra a pergunta, Vale a pena o risco? Comprar as passagens e reservar o hotel agora vale a pena?
Muito obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vitor! Passagens costuma valer a pena reservar 6 meses antes -- ou mais, se for feriado. Hotel é melhor reservar com 3 meses de antecedência, é quando aparecem as ofertas nos sites de reservas.

Hotéis em São Francisco – lista do blog | Hotel California Blog

[...] mais outras dicas ótimas do Viaje na Viagem: “Como descobrir um hotel melhor do que eu poderia te indicar” e Resenhas de Hotel: modo de [...]

Georgiana
GeorgianaPermalinkResponder

Olá Ricardo!! Estou pensando em fazer uma reserva de hotel pela primeira vez pela internet pois bem minha duvida é a seguinte :vou reservar um hotel em Nova York o Double Tree Suits by Hilton onde a diaria me dá direito a cancelamento e pagarei com cartão de crédito , gostaria de saber se eles vão me cobrar o valor total das minhas diárias no próximo mês na minha fatura do cartão ou somente debitarão no meu cartão no final da minha estadia, no meu check out . Segundo as regras da tarifa posso fazer cancelamento até 5 dias antes da minha chegada.
Como os hotéis neste caso costumam efetivar a cobrança pelo cartão ? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Georgiana! Quem responde é A Bóia.

É preciso ver como são as condições da tarifa. Às vezes o valor é debitado integralmente e, se cancelado, é devolvido. Outras vezes o débito é feito integralmente no check-out. Outras vezes a primeira diária é debitada no ato e as outras no final. Mas normalmente tudo está escrito nas condições de venda (que variam não só de hotel para hotel ou de site para site, como de tarifa para tarifa).

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Olá,
Eu faço exatamente isso que vc sugeriu!
Mas tenho uma pergunta.
É verdade que neste sites de reserva de hotéis em diversos destinos fica mais barato reservar próximo da data da viajem visto que os hotéis que não preencheram toda a sua aupação abaixam o preço?
Nova York por exemplo é assim não é?
Abraço!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Normalmente há ofertas de última hora em todos os destinos. O problema é que você tem que se contentar com o que sobrou. E se a época for muito concorrida, se houver um congresso ou uma feira ou um evento qualquer, os preços de última hora podem estar ainda mais caros. É uma loteria.

Os lugares onde é mais garantido pegar bons preços de última hora são aqueles que têm rede hoteleira superdimensionada, como Cancún, Punta Cana, Orlando, Las Vegas. (Mesmo assim, se você der azar de haver um evento na sua semana, pode dançar.)

marcia vasques

gostaria de saber se a vagas de hotel são divididas nas agencias virtuais e no proprio hotel, pois eu consegui vaga na agencia virtual,só que não constava vagas no hotel.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Sim, é uma situação que pode ocorrer: um hotel ter quartos bloqueados para uma agência online, que não podem ser vendidos no seu próprio site. (Não dá para garantir que seja essa a situação, mas é um cenário bastante possível.)

Priscila Resende

Olá!
Estou reservando hotéis para uma viagem com a minha família. Somos 2 adultos 3 crianças, sendo um bebê. Quando pesquiso os hoteis só me indicam dois quartos. Mas acredito que podemos nos hospedar num quarto quádruplo e solicitar um berço extra. Como devo proceder? Pesquiso para 2 ad e 2 ch e na hora de reservar confirmo por email?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Faça uma reserva cancelável sem custos e, depois de confirmada, mande um email perguntando ao hotel se tem berço. Devem cobrar uma besteirinha a mais.

Priscila Resende

obrigada!

Fred
FredPermalinkResponder

Olá, VnV! Eu e minha esposa estamos planejando uma viagem slow de três meses pela Europa (PT, ES, FR, IT), com estadia média de uma semana em cada cidade (grandes, médias e pequenas, em regiões vinícolas). Somos um casal maduro (57/55 anos). Achamos que ficar em hotel seria caro para três meses. Por outro lado, aluguel de apartamento pode gerar perrengues que não estamos dispostos a encarar. Pensamos em focar em apart-hotéis, onde imaginamos ter uma relativa experiência de "morador" (p.ex. preparar o próprio café da manhã), mas com uma certa estrutura e apoio. Acha que é um raciocínio correto, dentro dessas nossas premissas? Alguma orientação/dica pra gente garimpar essa hospedagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fred! Esse tipo de hospedagem é pouco comum na Europa, e sai o preço de hotel. A maior rede é da Accor e se chama Adagio.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar