Que moeda eu levo para a Argentina? Peso, real ou dólar?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Peso argentino

A moeda corrente na Argentina é o peso argentino. Desde o início do governo Macri, o câmbio está liberado. Não é mais necessário se envolver com câmbio paralelo.

Vale a pena comprar pesos argentinos no Brasil?

Não vale não. Por mais barato que pareça, a cotação é desvantajosa. Exceção: se você mora em Foz do Iguaçu, pode fazer câmbio no centro de Foz; a cotação é boa. Você também pode encontrar cambistas com cotações justas em lugares que atraem muitos argentinos, como Búzios ou Bombinhas. Para saber se a cotação é boa, compare com a do Banco Nación (veja aqui).

  • Passagens mais baratas para Buenos Aires no nosso parceiro Kayak
  • Vale a pena levar reais para a Argentina?

    Só se você conseguir trocar em Buenos Aires. Fora de Buenos Aires, levar reais é sempre desvantajoso. E mesmo em Buenos Aires, será mais vantajoso levar reais no verão, quando há mais procura por reais por parte dos argentinos e a cotação do real sobe, do que no inverno, quando os brasileiros inundam o mercado argentino de reais, e a cotação baixa.

    O lugar mais fácil para trocar seus reais é logo na chegada, na agência do Banco Nación do aeroporto. A agência do Banco Nación do aeroporto de Ezeiza abre 24 horas por dia, 365 dias por ano. A do Aeroparque abre 365 dias por ano, das 6h30 às 23h30. Mas atenção: a cotação para reais do Banco Nación só é boa no verão; no inverno, não vale a pena trocar reais no Banco Nación. Consulte o site DolarHoy, que compara a cotação para reais do Banco Nación e da Cambios Alpe, no centro da cidade.

    Fora do aeroporto, troque seus reais nas corretoras de câmbio da calle Sarmiento, como a Cambio Alpe (número 480), Maguitur (número 464) e Multifinanzas (número 448). Essas corretoras funcionam de 2ª a 6ª das 10h às 16h. Ou seja: se você viajar no inverno e quiser levar reais, programe sua chegada para um dia de semana, para conseguir trocar no centro da cidade, no horário bancário.

    Fora desses locais e horários, e também fora de Buenos Aires, os seus reais vão ser cotados entre 10% a 20% abaixo do que deveriam. Você vai perder menos dinheiro se usar cartão de crédito ou pré-pago (o câmbio é feito por uma cotação justa, e o IOF é 6,38%).

    Vale a pena levar dólares para a Argentina?

    Em Buenos Aires, normalmente no inverno vale mais a pena levar dólares do que reais. No verão, normalmente vale mais a pena levar reais do que dólares, devido à procura por reais por parte dos argentinos que vêm passar férias no Brasil.

    O lugar mais fácil para trocar seus dólares é logo na chegada, na agência do Banco Nación do aeroporto. A agência do Banco Nación do aeroporto de Ezeiza abre 24 horas por dia, 365 dias por ano. A do Aeroparque abre 365 dias por ano, das 6h30 às 23h30. A cotação do Banco Nación para dólares é igualmente vantajosa no inverno e no verão, e costuma estar parelha cmo as das casas de câmbio do centro da cidade. Consulte o site DolarHoy, que compara a cotação para reais do Banco Nación e da Cambios Alpe, no centro.

    Fora do aeroporto, troque seus dólares nas corretoras de câmbio da calle Sarmiento, como a Cambio Alpe (número 480), Maguitur (número 464) e Multifinanzas (número 448). Essas corretoras funcionam de 2ª a 6ª das 10h às 16h.

    Fora de Buenos Aires -- em Mendoza, Bariloche, El Calafate, Ushuaia -- vale mais a pena levar dólares do que reais.

    Como que eu faço ao chegar no aeroporto?

    Este post dá todas as dicas de câmbio transporte de Ezeiza e do Aeroparque.

    Vale a pena fazer saques em moeda local nos caixas eletrônicos?

    O problema dos saques em caixa automático é o limite baixo por operação. Como, além do IOF de 6,38%, há a cobrança de tarifas pelo saque e pelo uso do equipamento, a cotação final não é boa. Vale a pena em emergência ou se você tem conta num banco que não cobra tarifa nem de saque nem de uso de equipamento (caso do Citibank e do Santander Select, em equipamento próprio).

    Vale a pena fazer gastos com cartão de crédito na Argentina?

    Se você acha que os 6,38% de IOF compensam o conforto de não precisar carregar dinheiro vivo e de não precisar entrar em fila de casa de câmbio, e não tem medo de uma pequena desvalorização do real entre o momento da compra e o vencimento da fatura, vale a pena. Eu continuo usando.

    Lembre-se que, entre fazer um câmbio ruim (em que você pode perder até 15% sobre a cotação justa, se trocar numa casa de câmbio de shopping no fim de semana, por exemplo) e pagar 6,38% no cartão de crédito, o cartão vale imensamente mais a pena.

    Vale a pena fazer gastos com cartão pré-pago na Argentina?

    A cotação é um pouquinho pior do que a do cartão de crédito, e o IOF (6,38%) é o mesmo. A única vantagem é congelar o câmbio no momento do carregamento da moeda.

    Leia mais:

     

    518 comentários

    Atenção: os comentários estão encerrados.

    Mariana - Querido Bed&Breakfast Buenos Aires

    Mas é muito transmimento de pensaçao! Eu tava escrevendo ESSE POST agorinha aqui na minha cabeça, Riq! Ahahaha, agora só preciso é botar o link direto praqui.

    Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

    Perfeito!!! Este artigo acaba com qualquer dúvida, e será minha resposta automática para a pergunta do título! smile Agora a dica que sempre dou: tente fazer alguma compra no aeroporto ( a revista Time Out é sempre um bom investimento) para começar a trocar suas notas de 100 pesos. Por favor, não use notas de 100 pesos para pagar a corrida de táxi, é incomodação na certa!! Lembre que dentro da cidade uma corrida dificilmente sairá por mais de 30 pesos, então se acostume a ter esta quantia trocada! Supermercados e Farmacity são outros bons lugares para trocar notas altas. Preste sempre atenção na hora de pagar o táxi, para evitar o velho truque de mudança de notas ou notas falsas!! Divirta-se, Buenos Aires é maravilhosa!!!! smile

    Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

    Oi Mariana, bom te ver por aqui, hehehe! Abração!! wink

    Mariana - Querido Bed&Breakfast Buenos Aires

    Um pitaco meu:

    Para sacar dinheiro - Eu uso Visa e saco em qualquer caixa da Rede Banelco, pagando cerca de 17 pesos por saque (valor janeiro/2012). É FUNDAMENTAL avisar ao seu banco que você está por viajar e pedir para liberarem o cartao para saques no exterior. Pela minha experiência lidando com o turista diariamente aqu i no Querido, garanto que já vi muita gente se ferrar e ficar sem grana por causa disso. Gente de vários países. Acho que todos os bancos exigem esse procedimento. E o limite de saque depende muito. De que, nao sei. Acho que de sorte mesmo. Falando aqui com os hóspedes sei de gente que consegue sacar 1.000 pesos por dia. Outros, 500. Outros, a quantidade que queiram. Eu, por ser pobrinha, só consigo tirar 300 pesos por dia da minha conta no Banco do Brasil. Cuidado com essa pegadinha. É bom verificar com seu banco qual o seu limite diário de saque.

    Mariana - Querido Bed&Breakfast Buenos Aires

    Ah, Marco. Eu já tava era com saudade de post sobre Buenos Aires pra gente poder "se aparecer" por aqui wink Feliz 12 pra ti.

    Trocando Real por Peso « Buenos Aires, queridos.

    [...] TEMPO: POST SUPER MEGA DIDÁTICO DO RIQ FREIRE LÁ NO SITE VIAJE NA VIAGEM, O MElHOR SITE DE VIAGENS DO BRA... Compartilhe!Tweet Acabando no Acabar »    « Buenos Aires [...]

    Lali
    LaliPermalink

    Eu avisei ao banco Santander que iria sacar e usar a função débito. Me disseram que estava tudo ok, mas só funcionou o crédito e não consegui sacar nada... Passei o maior sufoco, pq não havia levado dinheiro suficiente e a cabana qur ficamos não aceitava cartão de crédito...

    silvia
    silviaPermalink

    O santander já me deixou em situações dificeis , varias vezes em viagens. Desisti dele . Não adianta as desculpas depois, vc já passou o sufoco e na proxima vez acontece tudo de novo

    Raphael
    RaphaelPermalink

    Pode processar o banco que vc recebe indenização. Tenho um conhecido que passou por isso em BA e recebeu R$ 6.000.00 de indenização por danos morais. Pagou a viajem e sobrou.

    Alexandre Giesbrecht
    Alexandre GiesbrechtPermalink

    Eu levei uns dólares que estavam sobrando para a Argentina. Era pouca coisa; trocado, mesmo (acho que não tinha nem vinte dólares). Mas uma nota específica de cinco dólares foi um mico danado. Ela tinha uma grande mancha de tinta. Ninguém quis aceitar na Argentina. Ninguém. Nadie. Tentei em vários lugares, mas todos olhavam feio para ela. Passei-a para a minha mãe, que, nos Estados Unidos, usou na primeira loja que entrou e ninguém, claro, nem olhou torto para a nota. Que, aliás, deve estar circulando até hoje.

    Resumindo: se você pretende usar os seus dólares, nem adianta levar aquelas notas feias, que provavelmente elas estarão na sua carteira também na volta.

    silvia
    silviaPermalink

    Alexandre
    Realmente as notas feias e principalmente as riscadas não eram aceitas em Buenos Aires . Eram mico ! Vc trazia de volta mesmo.... Eu tinha varias delas guardadas para usar nos Estados Unidos. Estive semana passada em Buenos Aires e as levei comigo "just in case"....e surpresa!!! com a restrição ao cambio, vigente agora na Argentina, aceitaram todas sem reclamar, numa casa de cambio. Não tentei em lojas e nem em restaurantes .

    Adjamir Galvão
    Adjamir GalvãoPermalink

    -----------------------------------------------
    CUIDADO PARA NÃO FICAR SEM OPÇÃO DE TROCAR REAIS POR PESOS.
    -----------------------------------------------

    Nem todo lugar na Argentina aceita reais como pagamento, já o dólar é sempre aceito. Então se você for levar reais tem que ter em mente que pode ocorrer situações em que você não vai achar onde ou não vai ter tempo de trocar.

    Em El Calafate, por exemplo, quase nenhum local aceitava real. Então você tem que procurar casas de câmbio e lá elas fecham, se não me engano, as 13:00hs.

    Como nossa viagem foi bem corrida não tinhamos tempo para ir em casa de câmbio, pois ou era fazer passeio ou ir lá. Nestes momentos ter dólar em mão é sempre muito bom.

    -----------------------------------------------
    SACAR PESOS NO HSBC COM CARTÃO DO BB.
    -----------------------------------------------

    Quem tiver cartão do Banco do Brasil. pode sacar pesos nos caixas eletrônicos do HSBC. Achei a cotação boa e as taxas compensam quando você vai sacar por volta de mil pesos.

    Carlos Marques
    Carlos MarquesPermalink

    Peso nunca mais: ficar na paranóia de receber nota falsa a qualquer momento (recebi duas vezes, e morri no prejuízo), ou ter sua nota recusada porque um vendedor está desconfiado, ninguém merece. Acho que em uma próxima viagem só levaria reais ou dólares, e cartão, claro. E recusaria qualquer nota de peso, um dinheiro sujo e velho, que só falta se desfazer na mão.

    silvia
    silviaPermalink

    No saguâo de desembarque de Ezeiza, o balcão de remises não aceitou cartão de credito, só dinheiro . Essa informação precisaria ser verificada por alguem que utilizou esse serviço recentemente .

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Silvia! Existem vários remises atuando no desembarque em Ezeiza. Você chegou a perguntar em todos?

    silvia
    silviaPermalink

    Realmente não...Contratei o taxi ( podendo pagar somente em pesos) , naquele balcão redondo maior, que fica bem no meio do saguão.

    Elaine
    ElainePermalink

    E pra quem chega de Buquebus? Farei a travessia de Colonia para Buenos Aires, chegando no início da noite, e não lembro de ver casas de câmbio da última vez em que fui lá.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Elaine! Há casas de câmbio no terminal, mas não funcionam à noite.

    Habilitando o seu cartão de banco para saques no exterior você saca em qualquer caixa automático. Há caixas automáticos no Buquebus, na rua, nos aeroportos, em todo lugar, funcionando 24 horas por dia.

    Anna
    AnnaPermalink

    Nós fomos a Buenos Aires em dezembro em um grupo grande. Todo mundo junto, trocamos reais e doláres no Banco de La Nación que fica no centro... aquele que por si só é uma atração turística.

    Qual não foi nossa supresa ao descobrir que, no meio das notas, tinha uma muito falsa. Era xerox mesmo, em papel a4. O caixa deve ter recebido e enfiou no meio de outras para passar para um turista qualquer. Foi bem chato!

    Bom, a nota ficou como souvenir.

    Mariana
    MarianaPermalink

    Quando fui a Bs.As. em 2010 me espantou a quantidade de lojas e restaurantes que não aceitavam cartões de crédito. Portanto, acho que é muito prudente ter sempre um pouco de dinheiro vivo dentro da carteira.

    Alexandre
    AlexandrePermalink

    Meu Amigo argentino, acabou de chegar no Brasil, me disse que por causa das dificuldades para se comprar dolar, muitas casas de cambio fecharam e em algumas lojas estão pagando 1 dolar igual a 5 pesos.

    Da ultima vez que eu fui, tinha um Banco La nacion, no proprio desembarque, nas esteiras de bagagem. Ainda tem este posto? e é a mesma cotação do outro?

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Alexandre! Provavelmente você confundiu. O que funciona junto à esteira são casas de câmbio Global.

    Dionísio
    DionísioPermalink

    Em Porto Alegre, a casa de câmbio do Shopping Praia de Belas sempre tem pesos argentinos.

    Taysa
    TaysaPermalink

    Cheguei esta semana da Argentina . Levamos uns dolares e euros que já tinhamos e o restante foi Real. No Aeroparque o cambio realmente estava muito ruim . No Banco de La NAcion a cotação era de 2.29. Conseguimos trocar os reais por 2.30 , mas algumas lojas cotavam o Real em até 2.45 . Tudo que for pago em dinheiro ( seja peso,real , ddólar ou euro ) tem desconto . O show de tango e o passeio a Lujan tinham 20 % de desconto no dinheiro. Na lojas geralmente o desconto era de 10 % para pagamento em epécie.
    O meu cartão Santander tb deu problema no primeiro saque , mas depois de contato telefônico ele passou a funiconar sem problemas.PAra cada saque havia um custo de 17 pesos e a cotação foi de 2.30.
    Em El Calafate não aceitavam real . Aceitavam dolar , euro ou peso. Novamente ,preferiam e davam desconto quando tinhamos dinheiro vivo !!

    Deise
    DeisePermalink

    Riq,

    acabei de voltar da Argentina e fiz o seguinte: levei um pouco de reais em espécie para eventuais emergências e o cartão de crédito. Chegando lá, eu sacava dinheiro direto de minha conta corrente e paga compras grandes, usava meu cartão de crédito.

    Bom, é isso.

    Beijos!

    Patricia Luck
    Patricia LuckPermalink

    Usei o mesmo esquema: saque da conta corrente para o dia-a-dia e cartão de crédito para gastos maiores (Piedras Blancas não aceita cartão, só cash, já no Cerro Catedral e na escola de ski, tudo ok).

    Lu
    LuPermalink

    Mto importante mesmo o plano B,o C,o D, etc, pois já tive problemas no cartão: o Visa estava fora do ar em Bs.As. ... dá prá imaginar? A salvação foi o cartão do Itaú. Entrei num cx eletrônico do banco e fiz um saque no débito. Qdo cheguei aqui, reclamei no banco e ñ me cobraram pelo saque. Mas, como a gente nunca sabe qual vai dar problema, é bom levar cart~eos de mais de uma bandeira, cartão de débito, travel money e R$ em espécie. Assim, penso q ñ pode dar errado!!

    Paulo SSA
    Paulo SSAPermalink

    Em Foz do Iguaçu no Super Mercado Big tem uma casa de cambio dentro e o preço deles esta ótimo apenas 40 centavos, preço muito bom!

    Luciana
    LucianaPermalink

    Ricardo,

    Sei que o post aqui é sobre pesos argentinos, porém estou indo no final do mês para Montevideo e lá a moeda é peso uruguaio.Não faço a menor idéia de que moeda levar nem quanto. As dicas que vc deu aqui foram muito esclarecedoras, então se puder me ajudar também com o peso uruguaio fico feliz.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Luciana! Aqui quem responde é a Bóia.

    Leia a versão uruguaia deste post smile

    https://www.viajenaviagem.com/2011/12/moeda-levo-uruguai/

    Camila
    CamilaPermalink

    Nossa... Tava precisando mesmo dessas informações, pois vou a buenos aires no dia 21/01.
    Já tava pesquisando sobre as melhores opções para levar dinheiro para lá e fiquei com uma duvida...
    O meu cartão de credito é do bradesco e segundo as informações que me passaram, o custo para utiliza-lo em Buenos Aires será o seguinte:
    - saques: 6,38% de IOF + 3,5% de taxa de conversão de peso para dólar + R$7,90/saque
    - compra: 6,38% de IOF + 3,5% de taxa de conversão
    Além disso, o Bradesco utiliza um valor especial para a cotacao de dolar, que eles chamam de dolar de cartão de credito.
    Vcs falaram que a tx de IOF para saque é de 0,38%. Será que esse valor muda de banco para banco ou será que me passaram uma informação errada???

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Camila! Ou a informação do banco está errada, ou se refere a saque na função crédito. Saque na função débito incorre em apenas 0,38% de IOF.

    Wagner Felix
    Wagner FelixPermalink

    Boa Tarde pessoal!! Estou indo de lua de mel para Santiago e Buenos Aires ( chego dia 20 ou 21 de agosto) e estou curtindo pra caramba o VnV e os demais blogueiros.
    Estou com dúvida em como fazer as contas de conversão! ME ensina aí Ricardo?? Multiplico... divido.. somo.. ??? rsrs.. Se eu levar R$ 500,00 para trocar no Banco por peso vou ficar com +- 1.149 pesos? é isso??
    Té mais
    JP - PB

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Wagner! Aqui quem responde é A Bóia.

    Para transformar real em pesos argentinos: multiplique por 2,3

    Para transformar real em pesos chilenos: multiplique por 280

    Alexandre
    AlexandrePermalink

    Eu também prefiro tirar dinheiro nos caixas eletrônicos, aí surge um problema, não sei por que, nas últimas vezes que fui a Buenos Aires, os caixas eletrônicos estavam em toda sua maioria com problemas, e era impossível achar um que estivesse funcionando, Eu precisava comprar em uma loja que não aceitava cartão de crédito e não consegui sacar dinheiro vivo, isso que perambulei pela cidade algumas horas ( perdidas) em vão. Meus amigos argentinos disseram que esse problema de caixas estragados, ou sem moeda anda muito comum por lá. Estive lá no início de dezembro de 2011 e em julho de 2011 e a situação era essa. Nas próximas vezes, serei antiquado evou levar um pouco mais de dinheiro vivo, mesmo sabendo que fazer isso é coisa de 20 anos atrás. Mas não quero passar perrengue nem perder tempo como nas outras vezes.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Alexandre! O mix que o Ricardo Freire recomenda inclui sempre 200 ou 300 dólares em dinheiro vivo. Está no texto. É justamente para situações extremas como esta.

    Mariana - Querido Bed&Breakfast Buenos Aires

    Uma dica para quem precisar usar serviço de casa de câmbio: nessa hora, é importante ir a uma de confiança. Sinceramente, não recomendo que vocês sigam homens que ficam no meio da Calle Florida oferecendo bom câmbio. Aliás, PROÍBO vocês de fazerem isso.
    Vou recomendar a casa de câmbio que eu uso, pois um dos dono é um super amigo meu e está sempre por lá, o Martin. Fica pertinho da rua mais bonita de Buenos Aires, a Avenida Alvear. A ida até lá já vale um passeio: Alvear Compania de Finanzas – Calle Posadas 1564, loja 53

    Marcone Ferreira
    Marcone FerreiraPermalink

    Muito bom este post , estou com planos de passear em Buenos Aires em junho e estava com essa duvida , qual a melhor moeda para se usar por la .

    Luciano Martins
    Luciano MartinsPermalink

    Duvida: Ainda estou quebrando a cabeça para entender o site dolarhoy.com porém de acordo com o site:
    dolar - 4,33
    real - 2,65
    Se eu tenho 100 reais, terei 265 pesos.
    Se eu trocar 100 reais por dolares na cotação de 1,97 aqui terei 50,76 dolares e depois por peso 219,28 pesos.
    Meu cálculo esta certo? Vale mesmo mais a pena viajar com reais?

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Luciano! Você jamais consegirá vender seus dólares a R$ 1,97 no Brasil. Você pode COMPRAR dólares nesta cotação. Na hora de vender, vão te pagar tipo R$ 1,80.

    Aprenda: em toda operação de câmbio o consumidor perde dinheiro. Em toda operação de câmbio o cambista ganha dinheiro.

    Cadu
    CaduPermalink

    De volta ao VnV já programando minhas férias de julho. Esse post veio a calhar por conta das mudanças no IOF e tal. Bom "rever" gente bacana como o Marco e a Mariana.
    Bem, prólogos a parte vem a pergunta? Alguém sabe qual é a cotação do dólar utilizada pelo Ourocard?
    P.S. Bóia, quase fui visitar a sua praia, mas uma vez Vibana... ô vício...

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Cadu! Aconselho perguntar para o SAC do cartão, até para ter pra quem reclamar caso dê algum galho wink

    Cadu
    CaduPermalink

    Ok, perguntarei e depois dividirei a informação. É que esse negócio de SAC às vezes é um sacowink Obrigado!

    Cadu
    CaduPermalink

    Conforme prometido voltei com as informações.
    A tarifa por saque no exterior no cartão de débito em conta corrente no Banco do Brasil é de R$12,00 acrescido de 0,38% do IOF mais 1% sobre o total da transação a título de conversão da moeda. Esse 1% é valido apenas para moedas que não o dolar e o euro.
    O câmbio é o flutuante (mistério) a atendente me informou que quem fornece o câmbio ao banco é a bandeira do cartão, no meu caso VISA.
    A Mariana, em comentário acima faz a importante consideração: "...Visa ... em qualquer caixa da Rede Banelco, pagando cerca de 17 pesos por saque (valor janeiro/2012)..."
    Consegui um link da visa que faz a conversão e dá a seguinte informação:" Use o conversor de moeda abaixo para ter uma indicação da taxa que você pode receber quando utilizar o seu cartão Visa." não sei se é a taxa que vc realmente vai receber, porém fiz uma comparação com a tpax do BACEN de ontem 01/02/2010. a pTax ontem foi fixada em 1,737 o site informa 1,739, se realmente for isso é uma benção. Ficaa pergunta será que podemos confiar? Segue o link da VISA: http://corporate.visa.com/pd/consumer_services/consumer_ex_rates.jsp?src=ex_rez

    Segue outro link de utilidade pública, que inclusive cita a fórmula do nosso comandante. O post é bem completo e tem "apenas 246 comentários".

    http://corporate.visa.com/pd/consumer_services/consumer_ex_rates.jsp?src=ex_rez

    Abraços a todos.

    Cadu
    CaduPermalink

    Retificando o link do post de utilidade pública é esse aqui. Repeti o link Visa _'

    Dani
    DaniPermalink

    Ola, a casa de cambio Paris é confiavel? Verifiquei que ela tem apresentado melhor cotação que o banco de la nacion. Obrigada

    Diego
    DiegoPermalink

    Olá pessoal, estou indo dia 29/02 para buenos aires, e gostaria que vocês me dessem uma ajudinha.. vou levar uma certa quantidade em dinheiro (real) vi em post que mariana disse que o banco Piano é uma boa opção.. vou ficar na recoleta, av callao e coloquei no maps google e o banco mais proximo é san martin.. segue a questão: qualquer agência piano (ou la nacion) faz câmbio? alguem conhece algum lugar mais proximo com uma boa cotaçao? desde já agradeço!! abraço

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Alô, Diego! Leia o post acima com atenção para ver as orientações do Comandante. wink

    Luiz Eduardo
    Luiz EduardoPermalink

    Boia e Pessoal,

    Segue mais uma dúvida.

    Já vi aqui pelo blog um site de cotações Real x Peso. Um exemplo é que no Banco de la Nacion que R$ 1,00 sao 2,40 pesos.

    Mas eu vou sacar no banco da Nacion e vai debitar minha c/c aqui no brasil. O valor do cambio é o do Banco de la Nacion?

    Abs,

    LUIZ EDUARDO

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Luiz Eduardo! Se você sacar com o seu cartão de banco brasileiro, a cotação será a do seu banco.

    Lucia
    LuciaPermalink

    Desculpe minha ignorância, reconheço mas como faço para pagar com Real e receber o troco para pagar algo em peso argentino?
    Ou seja, um valor x peso argentino mas vou pagar com Real. Como faço para saber se o troco está correto. Como é esse cálculo?
    Não entendo nada disso quando se refere a Real, Dólar, Peso.
    Desculpe a minha ignorância.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Lúcia! Neste momento, 1 real vale cerca de 2,40 pesos.

    Ao tentar pagar com reais, pergunte qual é a cotação usada pelo fornecedor/vendedor.

    Elisa
    ElisaPermalink

    Acabo de voltar de Buenos Aires e usei o Visa Travel Money em quase todos os locais, até gastos pequenos em padarias, etc. Vale muito a pena! Nao usei o cartão de crédito nenhuma vez. Mas é claro que tem que ter um dinheiro no bolso para gastos menores e o Banco de la Nacion foi a melhor cotação mesmo!

    Fernanda Castro
    Fernanda CastroPermalink

    Ao chegar no Aeroparque, saquei $ no caixa eletrônico com meu cartão Bradesco. Acho melhor do que cambiar. No entanto, o limite de saque era de mil pesos. Ao sacar mais $ no dia seguinte, meu cartão Bradesco - devidamente liberado para saques internacionais, com $ na conta e bandeira Plus - não foi aceito em nenhum outro caixa (mesmo os que indicavam a bandeira Plus). Acabei usando meu outro cartão do Santander para conseguir sacar, como existem muitas agências do Santander, não houve problemas com esse cartão. Recomendo levar dois cartões de p/ saque em conta corrente (cotação e taxas compensam) e cartão de crédito para emergências.

    Juliano Braz
    Juliano BrazPermalink

    Ola,
    Se alguém puder me ajudar, agradeço desde já.
    Gostaria de saber se posso comprar no Free Shop com Reais ou só com Dolar? E se posso comprar com identidade ou só com passaporte?
    Obrigado!

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Juliano! Você pode comprar no free shop com reais também, inclusive utilizando o seu cartão de débito. O valor será convertido para a nossa moeda. É necessário apresentar passaporte e cartão de embarque. Se estiver indo viajar para a Argentina com RG, apresente a sua carteira de identidade.

    Natália
    NatáliaPermalink

    Olá, também tenho uma dúvida com relação a Free Shop.
    Posso usar para compras cartão de débito internacional )tipo Visa Travel Money, MasterCard Cash Passport ou Global Travel Card)? No meu caso Global Travel Card? As compras serão tarifadas em dolar, certo?

    Abs,
    Natália

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Natália! Cartões de débito são aceitos, a cobrança é em dólar. Se o seu cartão for de outra moeda, é feita a conversão.

    Natália
    NatáliaPermalink

    Entendi. Obrigada!!!

    Juliano Braz
    Juliano BrazPermalink

    Ok, Obrigado!
    Vou levar só a identidade, para n correr risco com meu passaporte que contém visto EUA.

    Cristina
    CristinaPermalink

    Boia e outros

    Exelentes informações sobre o VTM e afins.Estou indo em abril p/Buenos Aires e nem a minha gerente do Bradesco conseguiu dar tão boas explicações sobre o função dos VTMs.
    Obrigada e continuem nesse caminho.

    Abs.
    Cristina.

    geraldo silva
    geraldo silvaPermalink

    Boa noite, Riq, Boia e Trips !!!
    Pergunta que não quer calar....
    Os caixas automáticos (ATMs)em países como ARG/URG/CL, que permitem uso das várias bandeiras (VISA/MASTER) possuem a opção de escolha de valores (variados) de cédulas,por ocasião de saques das moedas desses países, a exemplo do nosso B.do Brasil ???
    agradeço antecipadamente.
    geraldo

    Rodrigo
    RodrigoPermalink

    Pelo que vi hoje a cotação do real em buenos aires está 2,40 mas a minha duvida é se consigo mesmo esse valor onde o peso sairia por 41 centavos de real.
    Aqui em São Paulo, o peso está saindo R$ 0,50.

    Gabriel Dias
    Gabriel DiasPermalink

    Consegue.

    Guilherme
    GuilhermePermalink

    Acabei de voltar da Patagônia. Optei por sacar direto da conta, utilizando cartões do Banco do Brasil e Santander. O ponto negativo foi que, em ambos os casos, o limite diário de saque era de apenas 1000 pesos. Considero o limite muito baixo. Parece que ele é imposto pelo banco de lá (meu gerente não conseguiu aumentá-lo). Um passeio de trekking sobre o glaciar Perito Moreno por exemplo, custou 770 pesos - sem almoço -. Moral da estória: em 15 dias de viagem, eu e minha esposa tivemos que fazer 11 saques. Foi quase um saque por dia. Na Europa, esse limite é maior e não chega a incomodar. Se fosse hoje, eu já partiria daqui com o equivalente a uns 1000 reais em dinheiro por pessoa em dolar ou real.

    Ao realizar o saque de 1000 pesos, o banco local insere uma taxa e eleva o custo do seu saque para 1017 pesos. Depois disso, seu banco brasileiro adiciona IOF mais taxa de saque internacional.

    Fazendo as contas, cada real valeu cerca de 2,24 pesos mais ou menos (quando sacado da conta corrente). Em Buenos Aires o real em papel poderia ter sido trocado por 2,40 a 2,50 pesos, ou seja, valeria cerca de 10% a mais.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Guilherme! Não recomendamos saque de conta corrente para todos os gastos; é uma modalidade interessante para os pequenos gastos do dia a dia. É mais prático pagar restaurantes e passeios com cartão de crédito ou VTM.

    Guilherme
    GuilhermePermalink

    Uma opção mais interessante que o cartão de crédito e que funciona em alguns lugares é o cartão de débito. Você foge do IOF de 6,38%. A máquina pede seu PIN/Clave e pronto.

    No caso desse passeio que eu usei como exemplo, o pessoal é tão mercenário que, para pagar com cartão, ainda teria taxa adional.

    Ana
    AnaPermalink

    Caro Ricardo, viajo amanha, ficarei 06 noites. Quanto levo de dinheiro? Quero pagar tudo no dinheiro. Despesas: comida, noite, somente. Nada de compras? Qual valor em media?

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Ana! Não falamos de despesas pessoais por aqui, justamente porque são pessoais! Mas esse post deve ajudar você: https://www.viajenaviagem.com/2011/03/quanto-vou-gastar-em-alimentacao/

    Fábio Cardozo
    Fábio CardozoPermalink

    Galera, venho dar minha contribuição com relação a cartão x saque x cambio. Acabei de ficar 11 dias na Argentina, de 24/03/12 a 04/04/12. 1 em Buenos Aires, 4 em Ushuaia, 5 em el Calafate e mais 1 em BsAs de novo.
    É o seguinte, antes de viajar, a conversão do o VISA TM da Confidence, que é, ou pelo menos era, a única a colocar Pesos no cartão, estava saindo a 2,10 ARS. Em papel moeda saia por 2,07 ARS.
    Em Guarulhos, já na área de embarque internacional, depois do FREE SHOP, tem um quiosque do banco rendimento que estava saindo, pasmem, a 1,97 ARS. Antes de embarcar tem duas ou três casa de câmbio que não verifiquei o valor, mas, pelo amor de Deus não troquem no embarque. Bom, desci em BsAs no AEP, logo na saída tem uma Global Exchange que cada real estava saindo a 2,00 ARS. Não quiz trocar lá e saquei em um caixa do HSBC, um pouco mais a frente da rede Banelco. Tanto a rede link quanto a Banelco cobram 17,56ARS por saque, saquem o máximo que conseguirem, no meu caso 1000,00ARS. O meu banco, BB, cobra 12,00R$ o saque com visa ou master + IOF de 0,38%. Quando cheguei ao hotel certifiquei no extrato e tava tudo lá, no final das contas, saiu por 2,1609ARS o saque.
    Em Ushuaia tava 2,20ARS na casa de câmbio Thaller, que é a única. Os Banco Nacion, Patagônia, etc. só trocam dolar e Euro. Em El Calafate a mesma coisa.Como não tinha levado tanto dinheiro assim pra trocar, precisei sacar novamente. Fiz agora pela rede Link e pra minha surpresa, no extrato só veio o saque, sem as taxas. Achei estranho e resolvi, quando cheguei, olhar na fatura do cartão em lançamentos futuros, tava tudo lá, saque, IOF e taxa de saque, mas tudo estornado também. Ou seja, a rede link manda pro cartão e o cartão manda pro banco, interessante né? Acabou que os saques na rede link saíram em média 2,225ARS.
    Na volta de El Calafate tive mais tempo em Buenos aires e vi que na Alhec, perto do hotel que fiquei, estava 2,43ARS. Muito Bom né? Pena que foi na volta.
    Fiz apenas um pagamento om o cartão que foi o hotel em Ushuaia, mesmo com o IOF de 6,38%, a conversão ficou em 2,20ARS, nada mal! Vale lembrar que o hotel manda em dolar, o cartão converte pra Pesos e no fechamento da fatura é em Reais.
    Conclusão, se você tiver tempo, saco e não tiver medo de andar com muito dinheiro, troque em BsAs no Microcentro, é sempre imbatível. Falo isso, porque essa foi minha terceira vez por lá. Vale lembrar que as lojas, tanto em BsAs como em ushuaia (Em El Calafate não), praticam uma conversão parecida, mas não dão troco em R$, portanto, a conta tem que ser exata.
    Resumindo, do melhor para o pior:
    1- Cambio no centro de BsAs
    2) Saque na rede LINK
    3) Cartão de crédito e Câmbio em Ushuaia (no meu caso)
    4) Saque na rede Banelco
    5) VISA TM
    6) Trocar no Brasil, menos no embarque em GRU... rs.
    7) Global Exchange no AEP
    Espero ter ajudado.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Obrigada, Fabio!

    Helena
    HelenaPermalink

    Cheguei aqui tentando saber se exigem passaporte para a compra de pesos argentinos no Banco do Ezeiza em Buenos Aires. Li todos os comentários e não encontrei alguém que dissesse isso. Pode ser uma informação básica mas como não exigem mais o passaporte para essa viagem e o meu está vencido quero saber se vou ter esta opção ou não.

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Helena! Em bancos, casas de câmbio e corretora pedirão o documento de identificação com o qual você entrou na Argentina e o papelzinho da imigração.

    Fábio Cardozo
    Fábio CardozoPermalink

    Em Buenos Aires é isso mesmo, mas se for pra Ushuaia ou Calafate, a Thaller, unica casa de cambio que troca R$, tava exigindo o passaporte.

    Frederico
    FredericoPermalink

    Pessoal vi as informações acima sobre o cambio; estou pensando em comprar pesos aqui nas casas de cambio no Brasil, compensa?Qual valor de câmbio aqui seria um valor bom?

    Abrçs
    Fred.

    Naila Soares
    Naila SoaresPermalink

    Nas 4 vezes em que fui à Buenos Aires, troquei reais por peso no Banco de La Nacion, no aeroporto de Ezeiza. É o melhor câmbio.

    Gabriel Dias
    Gabriel DiasPermalink

    E a maior fila!

    Josi
    JosiPermalink

    Gente, boa tarde!
    Estou adorando o site, me ajudou muito na organização da minha ida a Buenos Aires. Minha única dúvida é a seguinte: fiz a reserva na ByT,de um Apê por um período de 1 mês... A transação é toda feita em Dólar. Será que eu consigo fazer saque em dólar em Buenos Aires? Ou o melhor é levar a quantia já daqui mesmo? Se for pra levar daqui, teria um lugar para indicar, pois todos os lugares que eu tenho pesquisado, cobram uma taxa + IOF e a cotação tá muito ruim.Sou do Rio-RJ

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Josi! Leve os dóalres daqui do Brasil. Seu banco deve oferecer essa operação.

    Raniere Leite
    Raniere LeitePermalink

    Estou indo para Buenos Aires pela primeira vez, vou na próxima semana, dia 10/05 e gostaria de algumas dicas sobre lojas para comprar perfumes, maquiagem, eletrônicos, bebidas, relógios, óculos... na argentina mesmo, no centro talvez. Desembarco no aeroparque.
    E sobre valores a levar em espécie. Há algum problema em eu levar uns 2.000,00 (dois mil pesos argentinos)? Algum problema que eu digo em relação a chegada, aeroporto, alfandega, etc...

    Obrigado desde já.

    Gabriel Dias
    Gabriel DiasPermalink

    Aqui tenho indicação de várias lojas da cidade: http://www.falandodeviagem.com.br/viewforum.php?f=197

    Marta Campos
    Marta CamposPermalink

    E agora, pessoal, estou indo para Bariloche em Junho, com o dolar tão em alta, vale mesmo arriscar pagar despesas maiores, como hospedagem compras e passeios, com cartão de crédito? Nesse caso o visa travel money seria melhor opção?

    A Bóia
    A BóiaPermalink

    Olá, Marta! O Travel Money segura a cotação da data da compra. Caso o dólar baixe, porém, você perde dinheiro. Comprar os dólares antes, seja em dinheiro vivo, seja num Travel Money, é a maneira conservadora de juntar dinheiro para viagem.