Cidade do México: 5 programas duplos

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Teotihuacán, Cidade do México

"Grande" é um adjetivo que nasceu para qualificar a Cidade do México. Enorme na extensão, insuperável em número de habitantes, a capital mexicana é também um grande destino para visitar. Separe pelo menos quatro dias inteiros para explorar suas principais atrações -- e ainda assim, prepare-se para querer voltar.

De diminutivo, a Cidade do México só tem o apelido pela qual é conhecida pelos compatriotas: "DF" -- lá, como aqui, a abreviatura de "Distrito Federal".

Neste post você vai encontrar dez passeios agrupados em dupla, por afinidade. Mas todos funcionam isoladamente, também.


View Passeios na Cidade do México in a larger map

--> MUSEU DE ANTROPOLOGIA + ZÓCALO

Relógio maia no Museo de Antropologia

Feliz de quem pode fazer do Museu Nacional de Antropologia o seu primeiro passeio no México. O que você aprenderá aqui servirá para entender não só os sítios arqueológicos que vier a visitar depois, como muito da cultura mexicana. Seu maior tesouro é a Pedra do Sol, que representa o calendário azteca e foi achada durante escavações na área do Zócalo, no coração da cidade. No mesmo parque você pode visitar o Castelo de Chapultepec, construído na época do vice-reinado espanhol e reaproveitado posteriormente no período do Segundo Império, durante o reinado de Maximiliano I, um monarca importado da Europa.  Onde ficam: tanto o Museu de Antropologia quanto o Castelo de Chapultepec ficam no Bosque de Chapultepec. O museu abre de 3ª a domingo das 9h às 19h; o castelo abre de 3ª a domingo das 9h às 17h. A entrada custa 57 pesos em cada um. As estações de metrô mais próximas são Auditorio e Chapultepec.

O Zócalo, praça principal do centro da cidade, é onde a Cidade do México começou. A atual Catedral foi construída sobre um antigo templo azteca. Vizinho à igreja está o sítio arqueológico do Templo Mayor. Não deixe de apreciar, ainda na praça, o mural de Diego Rivera nas escadarias do Palácio Nacional, sede do governo mexicano. Onde fica: no centro histórico; desça na estação Zócalo do metrô. As visitas ao Palacio Nacional são gratuitas e acontecem diariamente entre 9h e 16h30 (a não ser que o palácio esteja fechado por conta de algum evento).

--> POLANCO + LA CONDESA

Terraço do hotel Condesa DF, Cidade do México

Separadas pelo Bosque de Chapultepec, Polanco e La Condesa são as duas áreas mais agradáveis para bater perna e sair à noite na Cidade do México. Cada uma com sua própria personalidade.

Polanco é elegante e chique no último: é onde estão as grifes mais poderosas e alguns dos hotéis mais sofisticados da capital. Seria o equivalente defeño aos Jardins de São Paulo ou a El Golf de Santiago do Chile.

La Condesa, por sua vez, tem um charme mais democrático -- pense na Vila Madalena paulistana, Ipanema no Rio ou Palermo Soho em Buenos Aires. Sua zona de influência vai até a vizinha Roma Norte, que é um pouco mais alternativa.

E a Zona Rosa, você pergunta? É uma localização interessantíssima para se hospedar, porque está ao longo do Paseo de la Reforma e na intersecção das duas linhas mais importantes do metrô. Mas a cena noturna e gastronômica não tem o mesmo brilho de Polanco e Condesa.

--> BASÍLICA DE GUADALUPE + PIRÂMIDES DE TEOTIHUACÁN

Basílica da Virgem de Guadalupe, Cidade do México

Dois dos principais ícones da Cidade do México são facilmente combinados num mesmo passeio (de dia inteiro).

A Basílica da Virgem de Guadalupe está erguida no local onde muitos mexicanos acreditam que a Virgem apareceu ao índio Juan Diego, fazendo surgir um jardim de rosas. São duas igrejas: a original está interditada por danos sísmicos; as celebrações se realizam na basílica moderna, dos anos 60. A viagem vale pelo colorido do entorno, onde você encontra barraquinhas vendendo todo tipo de souvenir da Virgem, e também pelas impressionantes demonstrações de fé. Onde fica: no norte da cidade, a 8 km do Zócalo; dá para ir de metrô (desça na estação 18 de Março ou na La Villa-Basílica). Abre diariamente de 6h às 21h.

As pirâmides de Teotihuacán estão entre as mais impressionantes do México e ficam 40 km adiante de Guadalupe. É um passeio que se aproveita melhor depois que você já está há alguns dias na cidade, mais acostumado à altitude, e portanto melhor habilitado a galgar os 248 degraus até o alto da Pirâmide da Lua, de onde se tem a vista acachapante da Avenida da Morte. Como chegar: o melhor é ir com passeio guiado (muitos são combinados com Guadalupe). Abre diariamente das 8h às 17h. A entrada custa 57 pesos.

--> DIEGO RIVERA + FRIDA KAHLO

Museu Frida Kahlo, Cidade do México

Assim como os escritores Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir e os escultores Auguste Rodin e Camille Claudel, os pintores Diego Rivera e Frida Kahlo formaram um dos mais célebres casais da história das artes. Viveram por quase trinta anos -- até a morte prematura de Frida -- um casamento tempestuoso e não-convencional, porém cheio de paixão.

A obra de Diego, um dos maiores muralistas modernos, fala por si só. Já a produção de Frida é intimamente ligada à sua vida; quanto mais você sabe sobre ela, mais admira o que criou.

Tanto Diego quanto Frida têm museus em sua homenagem. O de Diego é a sua Casa-Estúdio, no bairro de San Ángel, mantida como na época em que pintava. (Na vizinhança funciona um dos melhores restaurantes do DF, o San Ángel Inn). O de Frida se chama propriamente Museu Frida Kahlo, e está instalado na casa que dividiu com Diego no belo bairro de Coyoacán (então uma vila autônoma). É possível visitar os dois museus no mesmo dia; no sábado, há a vantagem de poder passear no colorido mercado da praça principal de Coyoacán, ali perto. Mas o que muita gente faz é combinar o museu de Frida com um passeio pelos canais de Xochimilco, a 13 km dali.

Horários: a casa-estúdio de Diego Rivera (calle Diego Rivera esquina com calle Altavista) abre de 3ª a domingo das 10h às 17h; o ingresso custa 12 pesos. O museu de Frida Kahlo (Londres 247, Coyoacán) abre 3ª de 11h às 17h45, e de 4ª a domingo das 10h às 17h45; a entrada sai 75 pesos. Os passeios em Xochimilco acontecem diariamente das 9h às 18h; os barcos cobram 180 pesos por hora.

--> PLAZA GARIBALDI + LUTA LIVRE

Salón Tenampa, Plaza Garibaldi, Cidade do México

Eis o lado mais folclórico -- e mais divertido -- da Cidade do México.

Passe à noite pela Plaza Garibaldi, no centro, e você vai ter contato com o México dos mariachis. Grupos de músicos fazem ponto na praça, esperando para ser contratados para serenetas. Eles também trabalham por música: você pode pedir uma e eles tocam na hora; o custo começa em 50 pesos. Querendo um lugar mais confortável para escutar "Cielito Lindo", entre no Salón Tenampa (ali cada número vai sair mais caro, 70 pesos). Caso você não tenha medo da vingança de Montezuma, entre no mercado San Camilito e aproveite a riquíssima culinária regional servida por e para migrantes. À joite, vá e volte de táxi.

A folclórica luta livre mexicana, com seus lutadores mascarados, já rivaliza com as pirâmides de Teotihuacán como atração número 1 para visitantes. As apresentações acontecem três vezes por semana: às sextas e terças na Arena México e aos domingos na Arena Coliseo. Clique nos links para comprar ingressos.

Leia mais:

245 comentários

Nathalia
NathaliaPermalinkResponder

Post já nos favoritos!
Tô indo pro DF em julho e ficarei uma semana por lá. Só com dicas daqui, mais uma vez. smile

Valdinho Pellin

Já "favoritado" rs
Abraço e parabéns pelo post.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Ricardo, sou sua fã! E acho que vc lê pensamento! smile
Decidi esses dias que a minha proxima viagem, em 2013, será para o Mexico e hoje vc me "presenteia" com esse post? Ahhhh, como não te adorar?! rsrsrs. Esse post foi um otimo ponto de partida para pensar quantos dias ficar, o que nao posso perder, etc...
Obrigada!
Paula

lidiane
lidianePermalinkResponder

Estive na Cidade do Mexico em janeiro/2012, eu, minha filha de 4 anos e meu marido. AMAMOS!!! É tudo isso que foi dito no post e muito mais. Voltaria sem dúvida nenhuma....

Gianna Soares
Gianna SoaresPermalinkResponder

Riq, post mais do merecido...A Cidade do México é simplesmente surpreendente. Ficamos 7 dias por lá em jan/2011 e fomos embora com dor no coração...Vou acrescentar umas dicas às suas já preciosas, posso? Lá vai:
-Hospedagem: super indicamos a pousada The Red Tree Houses: perfeita em todos os sentidos ( http://theredtreehouse.com )
-Restaurantes: lá tem uma filial do famosíssimo restaurante peruano Astrid Y Gaston ( http://www.astridygaston.com/web/index.php ), imperdível
-Museu Dolores Olmedo, localizado pelas bandas de Xochimilco, dá para combinar os dois passeios. Fica em uma propriedade lindíssima, super bem cuidada, que foi doada por uma milionária, junto com o acervo, que inclui Frida Kahlo, Diego Rivero e outros. Tem um restaurante bem aconchegante, um jardim fora de série com pavões e cisnes, além dos famosos cachorros sem pelo, da raça de origem asteca Xoloitzcuintle, iguais aos que Diego Rivera tinha, e que estão em extinção ( http://www.museodoloresolmedo.org.mx )
-Estadio Azteca: ao menos uma paradinha para foto é obrigatória para aqueles que curtem futebol, já que a estação fica no caminho para Xochimilco
-Bale Folclórico Amalia Hernandez ( http://www.balletamalia.com/ ): balé de nível profissional, com danças típicas de várias regiões do pais. Tem que consultar no site para ver as datas das apresentações; assistimos no pátio do Museu de Antropologia, cenário incrível...Não é muito barato, mas vale muito a pena, tudo muito alegre e colorido.

Se alguém precisar de alguma outra dica, peça que adoro lembrar os detalhes dessa viegm deliciosa!

Gianna Soares

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Gianna, gostaria de saber se o The Red Tree Houses é tudo isso mesmo. É que li num outro post alguém comentando que alguns quartos podem ter banheiro compartilhado e que não possuem ar condicionado. Acho o valor meio salgado para ter que compartilhar banheiro. Vocês ficaram em qual tipo de quarto? É tranquilo dormir sem ar?
Obrigada.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá, eu quero muito visitar o Estádio Azteca e gostaria de saber qual é essa estação que você citou.
Não encontrei a linha de metro que vai para essa região.

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! O acesso é pelo tren ligero, uma linha que sai da estação Tasqueña do metrô.

http://www.ste.df.gob.mx/servicios/trenligero.html

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Obrigada!!!

jefeerson  b
jefeerson bPermalinkResponder

nao tem tem linha p la de metro pegue um taxi;;;;;;;;;;;;;;

Marcio Antonio

Eu estive na Cidade do México em outubro do ano passado e acho que Teotihuacan vale um dia inteiro. Melhor deixar para ir a Guadalupe outro dia. Aliás, a dobradinha que fiz foi Guadalupe... e Xochimilco! Quem já achou os dois lugares no mapa vai ver que foi loucura, mas era o que eu podia fazer. Mesmo assim deu tempo de visitar o que eu queria sem correria. Xochimilco vale a pena pelos canais e pelo passeio de trajinera, mas o bairro mesmo eu achei bem feinho.

nedjma
nedjmaPermalinkResponder

fui agora em abril e espero ajudar com observações atualizadas:

Ficar no Red Tree House ,em COndesa, é uma experiencia única. Melhor do que as centenas de elogios do tripadvisor podem descrever.

Preferi mil vezes Condesa do que Polanco. Condesa é mais trendy, cheia de bons restaurantes,tem a rua das baladinhas (Tamaualipas)e é mais bem localizada para quem está turistando pela primeira vez. O transito no DF é caótico, só peguei táxi duas vezes e morri de arrependimento.

restaurante imperdível: o Lampuga, en Condesa. Furtos do mar inexplicáveis.O san angel inn tem comida apenas correta, mas o local é incrível, vale o almoço.

.o Que achei imperdível(não exatamente nessa ordem):

- no centroeek palacio nacional e o zocalo, o palacio postal, o hotel Majestic. (Não quis entrar nas ruínas do antigo templo, muita fila) ver a decoração louca do Café Tacuba.O Palácio de Belas Artes.e sua cortina de cristal Tiffanysadvi tb o ballet folklorico, e me deu a impressao que estava sem supervisão,alguns dançarinos destoavam muito). mas pra quem gosta , é imperdível

na região de chapultepeceek castillo de chapultepec, o museu de antropologia. Chapultepec é maravilhoso e imenso, o Ibirapuera parece o parque do Tietê perto dele, desculpe quem fez a analogia. Se sobrar tempo , dar uma voltinha em Polanco. Lugar rico e mais aristocático, igual a qualquer lugar rico do mundo.

no sul: Uma visita que muitos descartam e foi um dos melhores é) o Museu DOlores Olmedo, perto de Xoxhimilco (dá pra ver o estádio Azteca no caminho do trem ligeiro). DO Dolores Olmedo fui pra Coyaocan, ver a casa azulde Frida, passear pelo bairro e em seguida almoçar no San Angel Inn,em frente à casa- estúdio de Diego Rivera.

.Xochimilco e Plaza Garibaldi, pulei, não são muito do meu gosto

- day trip:
Os guias mais fantásticos e que fazem tours personalizados e a preços módicos:http://www.netouring.net/
(dica do Red Tree) Carmen e Bernardo foram perfeitos, jurei que iria fazer propaganda deles, hihi. Com ele fomos um dia para Cholula e Puebla, que acho absolutamente imperdível. A catedral de Puebla é estupenda

- a dobradinha vila de guadalupe e teotihuacan, claro. Tb com a netouring.

foram 5 dias bem corridos, e ainda faltou um tanto de coisa pra ver: o museu Sumaya na Plaza Carso, O Rufino Tamayo, o MUNAL, a UNAM, etc, etc.

Voltamos todos apaixonados pela Cidade do México e querendo voltar logo. A cidade do méxico é a nova Buenos Aires, pronto. Não, está melhor do que ir pra Buenos Aires, protofalei. Vá e descubra porquê.

Maria do Carmo

Oi,Nedjma estamos indo prá Cidade do México em março/2013, meu marido e eu. Quero voltar com a mesma alegria com que vc. descreve sua viagem. Somos idosos e queremos nos hospedar em um lugar onde ofereça um baixo
custo/beneficio. O Red Tree House é bem localizado? Sonho me hospedar lá, mas ainda não sei se caberá no nosso orçamento. Vc. fez as viagens de ônibus pra outras cidades? Deu certo? Queremos voltar por Cancum até Belo Horizonte, onde moramos.Desde já agradeço pelas preciosas informações que possa nos fornecer. Abraço - Maria do Carmo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria do Carmo! Quem responde é A Bóia. O Red Tree House é indicação do Ricardo Freire. Fica no bairro mais charmoso da Cidade do México, La Condesa. A região mais em conta para hospedagem é o Zócalo, no centrão. Mas à noite a região fica um tanto morta.

O Ricardo Freire viajou de ônibus por 25 dias no México e é só elogios a isso. Note, porém, que Cancún está a 25 horas de ônibus da Cidade do México e não tem linhas diretas para muitas cidades; você teria que fazer conexões de ônibus. O mais fácil é visitar as cidades da prata ao norte da capital, voltar e voar a Cancún.

Querendo ir para as cidades coloniais do sul e então seguir a Cancún, você terá que fazer conexão em Villahermosa e poderá perder até um dia de viagem.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/11/mexico-sem-visto-aonde-ir/

Maria do Carmo

Oi, Bóia que bom ser atendida com tanta presteza! Na verdade, queremos fazer o seguinte roteiro: Cidade do México, Puebla, Oaxaca, San Cristobal De Las Casas, Canon Del Sumidero e voltar por Cancun. É pauleira pra dois quase velhinhos? Com a sua ajuda, acho que não. Por favor, vá nos orientando, ok? Um abraço e obrigada. Maria do Carmo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria do Carmo! De San Cristóbal você terá que ir a Tuxla-Gutiérrez para ir ao canyon. De Tuxla pegará um ônibus a Villahermosa e outro a Cancún. No post que linkei na outra resposta há o link para o site que dá os horários de ônibus no México. Compre sempre com um dia de antecedência.

Não se preocupe com a idade -- vocês encontrarão muitos outros viajantes na mesma situação; inúmeros americanos. É uma viagem linda.

Maria do Carmo

Oi, Bóia, estou aqui novamente. Já decidimos, vamos nos hospedar no Tree House. Será que a partir da Cidade do México, poderíamos fazer um pacote do resto da viagem para facilitar nossa vida, ou não é dificil nos virarmos sem maiores transtornos? É possivel encontrar aí uma empresa que ofereça esses serviços? Obrigada mais uma vez. Um abraço Maria do Carmo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria do Carmo! Infelizmente não entendemos de pacotes. Acreditamos que viajando por conta própria você aproveita mais.

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Oi, Maria do Carmo, desculpe me intrometer na conversa, mas acho que não é necessário fazer pacote, não é difícil se virar por lá, não. Se vocês forem se hospedar primeiro na C. do México, no próprio hotel eles podem dar algumas informações. Do DF à Puebla é relativamente perto, de Puebla a Oaxaca são mais ou menos quatro horas e meia. Aconselho pegar o ônibus ejecutivo ou GL, custa apenas um pouco mais caro e vale super a pena. Tem maior espaço entre as poltronas, menos passageiros e até lanchinho. A viagem é meio cansativa, então compensa muito. Na volta, quando forem a Cancún, recomendo a cia aérea Interjet, é mais barata que a Aeroméxico, tem atendimento bom e tem desconto para conexões e para idosos. Dá pra comprar passagem pela internet com cartão de crédito. A Bóia tem razão, há vários idosos viajando por lá, alguns sozinhos até.

Maria do Carmo

Oi, jussara, vc. não se intrometeu. Meu marido e eu adoramos sua ajuda. Esse voo parte de onde? Queremos ir da Cidade do México a Puebla, Oaxaca, San Cristobal DE Las Casas ao Canon Del Sumidero e de lá, voltarmos por Cancum? Vc. já fez esse trecho? Qquer sugestão é valiosa prá nós. Obrigada mesmo. Um abraço, Maria do Carmo

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Oi, Maria do Carmo,
Eu fiz apenas um pedaço desse trecho, só que no sentido contrário. Eu saí de Oaxaca e fui até Puebla. Mas o roteiro de vocês está correto. Saindo da C. do México a mais próxima é Puebla, e daí vocês vão descendo. De Oaxaca a SCLC as pessoas geralmente vão à noite, por conta das muitas horas de viagem, e aproveitam para dormir (o ar dos ônibus gela, é bom levar um casaco).
Para ir ao Cañón SCLC é uma boa base. No fim da viagem eu fui de avião de Oaxaca a Cancún, fazendo conexão na C. do México. Fiquei uns dias em Playa e voltei ao Brasil pelo DF mesmo, mas vocês podem voltar por Cancún, sim, só é preciso ver se compensa. Quando você diz voltar por Cancún quer dizer voltar pro Brasil, não?
A jornalista e blogueira Dri Setti passou dois meses e meio no México e escreveu uma série de posts. Se quiser, dê uma olhada lá, os textos são bem interessantes, e me ajudaram antes de eu ir, assim como os posts aqui do VnV. Ela costuma responder a alguns comentários, caso queira perguntar algo. Segue o link: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/achados/category/mexico/

Abraços.

Maria do Carmo

Oi, Jussara,com a sua ajuda e a da Bóia, tenho certeza de que faremos uma bela viagem. Pensamos em voltar de Cancum, num voo direto para Belo Horizonte, onde moramos, certo? Temos só a passagem de ida pelo smile e compraremos a da volta.Agora me diga, vc. se hospedou no The Tree House? Gostou? Tem banheiro privativo em todos apartamentos? É seguro ter essas informações, especialmente quando são passadas com tanta boa vontade! Um abraço e obrigada por tudo. Maria do Carmo

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Maria do Carmo, essa dúvida não sei te responder, infelizmente. É que acabei desistindo de passar uns dias na C. do México, para ter uma desculpa pra voltar! rs. Na verdade, meu plano era passar a penúltima semana lá, e a última em Playa. Mas eu preferi ficar mais uma semana em Oaxaca, e no final já estava cansada, não tive pique pra encarar o DF, fui direto para a praia. Mas a Nívia, num comentário abaixo, diz que recebeu um e-mail do hotel dizendo que todos os quartos têm banheiro. Acredito que essa dúvida você possa tirar com o próprio hotel, e na hora de fazer a reserva peça um quarto com banheiro privativo. É bom já resevar agora, é bastante concorrido. Acho que não tem erro, não, pelo que já li aqui, todos que se hospedaram lá voltaram falando super bem e gostaram da hospedagem, parece ser realmente diferenciada. Ótima viagem pra vocês, espero que gostem do México!
Outra dica que dou é que vc leia todos os posts sobre o país, aqui no VnV, e tb os comentários, me ajudaram muito. Se possível leia tb os posts que o Ricardo Freire fez quando viajou de ônibus por lá, na expedição que ele chamou de Bumba meu México. smile
Abraços.

Jô Povh
Jô PovhPermalinkResponder

Olá Nedjma,
Vamos para Cidade do México(4 amigas) de 25 a 29/3 e achei interessante a forma como vc descreve o q. fez em 5 dias. Adorei seu relato. Quero te pedir uma ajuda pois pretendemos conhecer o máximo em 4 dias e teu roteiro vai nos ajudar muito, inclusive a dica de fazer contato c/o netouring. Vamos nos hospedar no Hampton Inn (próximo ao Zocalo) e como a cidade é muito grande gostaria da tua opinião a respeito do transporte q. vc usou p/fazer os passeios. Agradeço a tua atenção,
Abraço

Nívia
NíviaPermalinkResponder

Acabei de receber uma mensagem do Red Tree House informando que não há ar condicionado em nenhum dos quartos. Fiquei apreensiva, já que vou em novembro... Embora todos os comentários sejam excelentes (assim como no tripadvisor), novembro parece ser quente e o marido super chato. Enfim, será que vale a pena ainda assim?

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Tenho essa mesma dúvida em relação ao ar condicionado, até perguntei aqui pra uma pessoa que se hospedou lá, mas não tive resposta.

Nívia
NíviaPermalinkResponder

Bom, depois de trocar dois e-mails com o pessoal do The red e a confirmação de que a temperatura em novembro é muito agradável, sendo resolvida com um ventilador ou aquecedor à noite, resolvi reservar. Se vc for depois Jussara, te conto este mistério!

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Valeu, Nívia, mas se tudo der certo vou primeiro que vocês. Vem cá, esse hotel é tão concorrido assim pra já ser preciso fazer reserva para novembro? Se for, não vou conseguir fazer a minha. :/

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jussara! Reserve com antecedência, é um hotel pequeno muito bem recomendado.

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Ok, Bóia, vou tentar. Obrigada!

Gianna Soares
Gianna SoaresPermalinkResponder

Jussara, fiquei uns dias fora do ar, por isso não respondi antes a sua pergunta. Veja, estive na Cidade do México em janeiro, e lá é inverno nessa época do ano; um inverno bem mixuruca, pra falar a verdade (bem, pelo menos para mim que moro em Curitiba...), então não senti a menor falta do ar condicionado. Verifique a temperatura na cidade para a época de sua viagem, tenho a impressão que lá não faz muito calor não...

Quanto ao tipo dos quartos, nós ficamos em um com 2 camas queen, de excelente tamanho, com banheiro. Talvez eles tenham quartos com banheiro compartilhado, os europeus em geral não se incomodam de não ter banheiro privativo, por exemplo. Já nós não temos esse costume. Você pode reservar um quarto com banheiro. Nedjma falou tudo no post acima: hospedar-se lá é um privilégio, sabe serviço nota 10, instalações super bacanas, café da manhã delicioso? pois é, lá tem tudo isso. Tem até um livro no quarto com dicas de restaurantes próximos, com sugestões de pratos, farmácias, e passeios, tudo super personalizado.

Se precisar mais alguma dica avise, prometo que consulto o blog com mais frequência.

Gianna

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Gianna, obrigadão pela resposta! Eu tenho só mais uma dúvida: foi difícil fazer reserva? Você se lembra com quanto tempo de antecedência fez? Vou para lá daqui 2 meses mas já estou com receio de não conseguir vaga. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jussara! Reserve o quanto antes.

Nívia
NíviaPermalinkResponder

Só mais uma informação, segundo o e-mail que recebi do Victor do Red Tree House todos os quartos tem banheiro privativo.

Rafael vidal
Rafael vidalPermalinkResponder

Esse post veio na hora certa! Estarei na cidade do méxico em julho!

Ane Andrade
Ane AndradePermalinkResponder

Oi Riq,
Vou para DF em agosto e já estou nos últimos ajustes da viagem.
Você conheceu o Restaurante Pujol? Gostou? É muito sofisticado (lê-se: é cheio de frescura)? Vou ficar no Red Tree House depois de ler as recomendações do seu site e gostaria de sugestões de restaurantes mexicanos legais.
Obrigada,
Ane

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ane! Aqui quem responde é A Bóia. O Ricardo Freire esteve na Cidade do México há alguns anos e não está mais tão afiado no quesito restaurantes.

Sabemos que La Condesa continua sendo o lugar bacana para escolher um restaurante. Dê uma passeadinha por lá.

Dá uma olhadinha no que recomenda o New York Times:
http://travel.nytimes.com/travel/guides/north-america/mexico/mexico-city/overview.html

Ane Andrade
Ane AndradePermalinkResponder

Valeu pela dica, Bóia!
Bjs,
Ane

Paulo
PauloPermalinkResponder

Para quem ficou curioso com a foto de Polanco & La Condesa, é o restaurante do hotel CondesaDF que fica na Avenida Veracruz, vale a visita!

Diego Ernan
Diego ErnanPermalinkResponder

Estive em abril/12 com minha esposa na Cidade do México, apesar de terem sido apenas 3 dias e meio (pois estávamos indo à Cancún e Playa del Carmen)...foram bem intensos!!! Seguem passeios q fizemos (não estão na ordem de visita):

1 - Fomos à "Lucha Libre" na Arena México na terça, muito legal a experiência! O público local torce pelos mascarados como nós torcemos pelos times de futebol;
2 - Zócalo, Palácio do Governo, Catedral, Torre Latinoamericana (mirante da cidade);
3 - Basílica de Guadalupe, muito bonita!!! Em cada 10 mexicanos, 9 são católicos e eles são muito devotos de João Paulo II (tem uma estátua dele lá);
4 - Pirâmides de Teothiucán (pirâmide so sol e da lua), imperdível! Subi até o topo! Quem for lembre da altitude da Cidade do México, dependendo da idade, pode sentir um cansaço na subida;
5 - Xochimilco (conhecida como Veneza mexicana), como mencionado acima, o bairro é feio, mas o passeio é bem legal e divertido nas trajineiras (existe a coletiva q é bem mais barato q uma exclusiva). No caminho tem outros "barcos" ancorados vendendo bebidas, comidas, vc também pode levar o que quiser e consumir durante o passeio, eu vi até maçã do amor pra vender! E no final tem uma feirinha bem legal!;
6 - Shopping Santa Fé, tudo muito caro, em Cancún tem preços bem melhores por fazer parte do estado de Yucatán, onde incidem menos impostos;
7 - Museu de Antropologia, muito rico, se vc tiver paciência (não tive tanta) e interesse, vc passa até um dia inteiro lá;
8 - MUSEU DE CERA, gostei muito!!! O Chaves (El Chavo) é muito parecido! Tem ala esportiva, dos presidentes, atores, etc. Para mim, os mais parecidos: Steve Jobs e Bruce Willis.
9 - Estádio Azteca, só fotos básicas, não entrei, tava meio sem tempo...hehehe

Faltou tempo pra ir à Plaza Garibaldi e passear por Condesa, Zona Rosa. Nos hospedamos em um local ruim pra sair à noite, achei meio esquisito, durante o dia, metrô, à noite, táxi ( ficamos na av. Reforma próx estação de metrô Hidalgo).

Dos 3 locais no México que fomos, DF, Cancún e Playa del Carmen, o que mais gostamos foi Playa del Carmen, ou "Playa", como o comandante costuma chamá-la. Descobrimos Playa graças à dicas de Ricardo Freire, da Bóia e demais leitores, valeu mesmo!!!

Qualquer dúvida, podem perguntar.

Izabel
IzabelPermalinkResponder

Oi Diego!
Estou indo pro Mexico em maio. O site já me ajudou com algumas questões, mas não consigo tirar da cabeça a questão do taxi! Eles são mesmo seguros pedindo no hotel? Entenda: o que faz ser seguro pegando no hotel e não na rua?
Quero fazer tudo isso que voce recomenda no seu post, porem vale lembrar que vou sozinha! O que pode me dizer sobre isso?
Obtigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Izabel! A questão do táxi é excesso de zelo da imprensa internacional de viagem. Se fosse o que pintam, não haveria mais táxis de rua na Cidade do México. Mas em todo lugar você poderá pedir para chamarem um táxi, que chamarão. Acredite, você não é a primeira mulher a viajar sozinha para o México.

Gislaine
GislainePermalinkResponder

Preciso de uma dica: o que fazer na Cidade do México em 7 horas, que será o intervalo do voo de Cancun- Cid do México - São Paulo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gialaine! Não arrisque. Você terá no máximo 4 horas líquidas, e pode pegar engarrafamentos monstros. Fique no aeroporto.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/intervalo-entre-voos/

Raissa
RaissaPermalinkResponder

Olá pessoal! Amei o post..foi muitoo útil. Vou para Cancun em agosto. Comecei a pesquisar também sobre a Cidade do México. Já virou meu próximo destino. Nessa viagem, infelizmente, não poderei tirar uns dias para ficar na Cidade do México. Porém, o intervalo entre o voo é de 8h. Eu vi que o Museu de Cera fica à 13Km do aeroporto. Será que eu consigo dar uma passadinha pelo menos nele?? Vocês sabem quais são os dias e horários de funcionamento dele? Desde já o meu muitoooo Obrigadaa!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raissa! É bastante arriscado sair do aeroporto na Cidade do México. Os engarrafamentos são constantes e você pode ficar presa. Dessas 8 horas, descontando imigração e reembarque, você terá entre 5 e 6 horas livres. Será que você merece passar duas ou três dessas horas no trânsito, com medo de perder o vôo? Leve um bom livro e descanse entre os vôos.

Gislaine
GislainePermalinkResponder

Muito obrigada pela dica, na dúvida, melhor ficar no aeroporto.

nedjma
nedjmaPermalinkResponder

Tb fiquei preocuopada com a questão do ar no Red Tree, mas não faz falta nenhuma, pela altitude, smepre esfria à noite no DF. A Oaxaca Suite é incrível!E sim, o hotel está sempre lotado!

não se se estaria no local adequado do site,mas já que perguntaram sobre restaurante, aí vai a minha lista de selecionados:

Em Polanco:
La Tecla, IZOTE, JASO, EL BAJÍO, BIKO,DULCE PATRIA. quanto ao Pujol, acho invencionice demais, não me agrada , mas tem seus fãns. Se for pra escolher um caro, : Biko.

EM CONDESSA: LAMPUGA: (imperdível) AZUL CONDESSA ,CONTRAMAR:, EL RACÓ, EL CALIFA (tacos) , ROJO BISTRO

CENTRO:
EL CARDENAL: centro ou San Angel, DULCERÍA DE CELAYA:
CAFÉ DE TACUBA.

ZONA ROSA: TEZKA

SUL:
SAN ANGEL INN, em SanAngel. Lindo de doer, uma hacienda.
HELADOS LA SIBERIA(sorveteria), EM Coyoacán. Tanta fila que desisti...
NA UNIVERSIDADE DO MÉXICO: CAFÉ AZUL Y ORO , mesmo dono do azul condesa

A verdade é que comi maravilhosamente bem e muito mais barato(do que SãoPaulo) em qualquer lugar a que fui no México, tanto que deixei de lado os restaurantes mais caros e sofisticados de Polanco...

Maria Aparcida Domingues

Quero ir para o Mexico e conhecer Cancum , Cidade do Mexico , e outros locais. Quero ir no inicio de novembro. Ocorre que minha filha mora e trabalha em Los Angeles e no final de semana ira passá-los conosco. Assim eu precisaria de uma dica sobre o clima e para conher o México mas ao mesmo tempo no final de semana ficar o mais proximo de Los Angeles para que ela nao perca muitas horas de voo para me encobtra e depois voltar. Será que teria algum roteiro com tudo isso que eu preciso?
Agradeço muito
Maria Aparecida

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Aparecida! Veja as sugestões do Ricardo Freire para viagens ao México:
https://www.viajenaviagem.com/2010/11/mexico-sem-visto-aonde-ir/

De Los Angeles à Cidade do México são cerca de três horas e meia de vôo.

Thaiza
ThaizaPermalinkResponder

Estou indo para o México à trabalho e terei um dia livre na Cidade do México. Com apenas um dia, aonde ir e o quê fazer?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thaiza! Um dia é um pecado. Escolha o que mais lhe apetecer deste menu.

Nívia
NíviaPermalinkResponder

Realmente o Red Tree é muito bom e o ar condicionado não faz falta nenhuma. A localização é central, o aconchego do atendimento e a oportunidade de fazer amizades são ímpares! Incluiria entre os programas imperdíveis o Centro de Artesanato La Cuidadela, próximo à Alameda Central. Dica: peça desconto, comprei excelente artesanato com 40% de desconto!

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá, vou passar minha Lua de Mel em Cancún e Playa del Carmen e meu noivo e eu queremos aproveitar e passar dois dias em Cidade do México, sabemos que é pouco mas é o que conseguiremos dessa vez.
Eu quero saber se vale a pena ficar no Ibis Perinorte ou se é muito longe e de difícil acesso, não consegui encontrar a estação de metro referente á ele para verificar a facilidade de acesso aos locais turísticos.

Pensei no blog porque fomos á Europa e as dicas foram fundamentais!

Obrigada,
Mariana.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Não é bem localizado. "Peri" é abreviatura de periférico, é um hotel na zona industrial, para quem viaja a negócio e tem compromissos por ali.

Dois dias já é pouquíssimo, ficar mal localizado piora tudo.

Fique no Zócalo, na Zona Rosa ou, de preferência, em La Condesa.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Muito obrigada pela resposta! Vou procurar hoteis nessas regiões.

Maria do Carmo

Oi, Jussara a sua ajuda foi diferenciada pelo seu carinho e cuidado. Me lembrarei de vc. sempre que eu vir - e sentir - algo ligado às suas sugestões. Obrigada por tudo. Um abraço. Maria do Carmo

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Maria do Carmo, se quiser sugestão de hospedagem boa e barata em Oaxaca me manda um email que te explico: ju.juos[arroba]yahoo.com.br Me fala quantos dias vão ficar na cidade que te dou as dicas.

Maria do Carmo

Oi, Bóia, ainda não compramos passagem para o México porque, nosso visto americano vai expirar em Maio/2013. Pelo que entendemos, só poderemos emitir o SAE, às vésperas da viagem. Como comprar passagens e fazer reserva em hoteis, se não temos certeza de que vai dar certo?A Empresa de BH, habilitada nesse assunto, disse que teremos que ir ao Rio de Janeiro para adquirir o visto do México. Já li o post "México sem Visto". O que fazer, Bóia. Obrigada, Maria do Carmo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria do Carmo! O SAE é uma autorização eletrônica. Basta preencher o formulário corretamente e a autorização é emitida de imediato. O visto será dado pelo agente da imigração, na chegada.

Maria do Carmo

Oi, Bóia. Entendido. Obrigada por tudo. Vou seguir à risca. Um abraço. Maria do Carmo

Gerson
GersonPermalinkResponder

A Boia.
Por favor,daria para colocar no Perguntodromo, se alguem se hospedou recentemente no hotel Maria Isabel Sheraton na cidade do Mexico.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gerson! Nesse caso é melhor ver o consolidado da opinião em sites em que só os hóspedes podem deixar resenhas, como Booking. Clique e dê uma olhada nos comentários deste hotel lá.

Gerson
GersonPermalinkResponder

Obrigado Boia.

Benrique
BenriquePermalinkResponder

Prezados,
Quero antes parabenizar belo excelente blog. As informações já maperam minhas férias (em Punta Cana foi fundamental). Obgdo!!!!
Irei ao México em março/13 com esposa e filha. Pretendo descer até Cancun utilizando as cia aereas lowcast. É seguro? Tenho dúvidas quanto ao limite de bagagens de aerobus. Alguém já viajou e tem experiência para contar?
Outra coisa... Vi alguns hoteis/resorts em Cancun classificados como "Room Only", gostaria de saber é costume cobrar o café da manhã neste caso.

Grande abraço. E obrigado + 1 vez!

Benrique
BenriquePermalinkResponder

[corrigindo]
A cia aérea que citei acima é a vivaaerobus e não aerobus.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Benrique! A franquia de bagagem da Viva Aerobus costuma ser de 25 kg.

Room only não inclui café. Os buffets são enormes e custam em média 20 dólares.

Leia mais sobre Cancún:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/para-entender-cancun-playa-del-carmen-e-riviera-maia/

Benrique
BenriquePermalinkResponder

Valeu, Bóia! Obgdo.

Proxima Trip - Erika

Oi pessoal, estou publicando aos poucos posts sobre cada passeio que fiz na Cidade do México no meu blog:

http://www.proximatrip.com.br/category/mexico/cidade-do-mexico/

ainda não estão todos, mas aos poucos vou publicando. Usei algumas dicas aqui do VnV e aproveitei muito!

Adorei a cidade!

Abs!

Cidade do México - A gigante que encanta! - Viajando com pouco

[...] buscava traçar os principais roteiros da minha viagem, quando me deparei com o sempre presente Viaje na Viagem  de Ricardo Freire. E a frase que me fez ter idéia fixa a respeito deste museu foi : “ Feliz de [...]

Benrique
BenriquePermalinkResponder

Bóia,
Preciso de mais uma de suas preciosas ajudas...
Estou em dúvida quanto as cias Volaris ou Viva Aerobus para comprar passagem MEX x CUN x MEX. Saberia indicar qual é a melhor?
Vi também que há limite de 15kg de bagagem por passageiro, como nunca voei lowcast, uma única mala pode ter a soma do total de passageiros? Exemplo: 2 passageiros com mala de 30 kg.
Mt obgdo + 1 vez!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Benrique!

O ideal teria sido incluir esse trecho na passagem internacional. Se você ainda não emitiu, faça isso.

Procure nos sites das cias. as regras de bagagem e custo porquilo em excesso. Essas regras mudam a todo momento, sempre arroxando o passageiro.

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Olá.
Terei uma escala de 13 horas no México ao final de julho, creio que tenha umas 9 horas líquidas.
Vi que há estações de metrô no aeroporto e isso pode fazer com que eu vá a vários outros pontos.

Vocês aconselham a sair do aeroporto?
Deixando claro que quero sair para algum ponto turístico e bater umas fotos, tudo coisa rápida para aproveitar ao máximo essas 8/9 horas. As estações levam a pontos turisticos? Consigo ir ao Estádi Azteca?

Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Vou confessar nossa ignorância: não sabíamos que o metrô ia até o aeroporto... parece que dá para ir ao centro histórico em pouco mais de meia hora.

Priorize o centro histórico (área do Zócalo), é o melhor e mais prático para quem tem o seu tempo. Pense na questão da bagagem de mão (você teria que carregar com você durante o passeio).

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Obrigado pela resposta.
Não há como deixar a bagagem no aeroporto naqueles guarda-volumes ou em Juarez não há?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! Este site diz que tem:
http://www.aeropuertosmexico.com/Ingles/content/view/119/582/

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Muito obrigado novamente.

Jô Povh
Jô PovhPermalinkResponder

Jô Povh
18 de janeiro de 2013 às 22:54 | Permalink | Responder

Olá Nedjma,
Vamos para Cidade do México(4 amigas) de 25 a 29/3 e achei interessante a forma como vc descreve o q. fez em 5 dias. Adorei seu relato. Quero te pedir uma ajuda pois pretendemos conhecer o máximo em 4 dias e teu roteiro vai nos ajudar muito, inclusive a dica de fazer contato c/o netouring. Vamos nos hospedar no Hampton Inn (próximo ao Zocalo) e como a cidade é muito grande gostaria da tua opinião a respeito do transporte q. vc usou p/fazer os passeios. Agradeço a tua atenção,
Abraço

TATY
TATYPermalinkResponder

ADOOOREI demais o blog,
Estou fazendo uma pesquisa sobre o méxico, pois amo aquele lugar mesmo nunca tendo ido, estou lendo um livro de Erico Veríssimo chamodo "MÉXICO, HISTÓRIA DUMA VIAGEM." É sensacional..
Bom, estou querendo viajar durante 20 dias de mochilão por lá e gostaria de ajuda para me organizar, por onde começar, saber lugares de hospedegem baratos, comida, noites, praias, feiras, tudo mais que o méxico pode me oferecer e claro tequila e danças, POR FAVOR ME AJUDEM vou sozinha e estou em pleno vapor e não quero errar. Agradeço demais ter achado vcs, e é um grande sonho que vou realizar e gostaria muito que me ajudassem a ser perfeito.
MUITO OBRIGADA!!! E PROMETO NÃO PERDER CONTATO E PRINCIPALMENTE MOSTRAR TD..

TATY
TATYPermalinkResponder

Muito obrigada A Bóia!
Adorei tudo!!!

Raul Guadarrama

Oi Gente.
Parabéns pela pós
Para ajudar aquelos que querem visitar a Cidade do México (minha cidade). Deixo alguns links do blog (Rodrigo e Ana). Eu considero a melhor experiência de viagem nas Américas, é um blog de um casal brasileiro do Curitiba (Rodrigo Junqueira y Ana Biselli), pra facilidade de vcs ta em Português e com muitas fotografias acompanhadas de dicas sobre o que ver e testar na Cidade do México e tambem em todo o continente.

O casal começou uma turnê, a quase três anos em julho de 2010 em toda a América a bordo de seu veículo e agora continua sua jornada, visitando otra veis meu país (México), rumo à Patagônia para em seguida, retornar pra o Brasil

Rodrigo Junqueira

http://www.1000dias.com/rodrigo/cidade-do-mexico/

http://www.1000dias.com/rodrigo/astecas-e-a-conquista-espanhola

http://www.1000dias.com/rodrigo/um-dia-dificil

http://www.1000dias.com/rodrigo/chapultepec-e-maximiliano

http://www.1000dias.com/rodrigo/rio-de-janeiro-em-roma

http://www.1000dias.com/rodrigo/a-fantastica-teotihuacan

http://www.1000dias.com/rodrigo/coyoacan-e-xochimilco

Ana Biselli

http://www.1000dias.com/ana/museu-de-antropologia

http://www.1000dias.com/ana/zocalo-e-seus-tesouros-escondidos

http://www.1000dias.com/ana/dia-de-furia

http://www.1000dias.com/ana/day-tour-em-chapultepec-e-condessa

http://www.1000dias.com/ana/walking-tour-no-zocalo-e-roma

http://www.1000dias.com/ana/a-cidade-dos-deuses

http://www.1000dias.com/ana/coyoacan-e-xochimilco

http://www.1000dias.com/ana/frida-e-xochimilco

http://www.1000dias.com/ana/um-roteiro-pelo-norte-da-cidade-do-mexico-a-teotihuacan

Eu pogo disponível para o caso de precisar de ajuda durante a sua visita no Cidade do Mexico no fim de semana mesmo chance de eu ter servido como um guia para aqueles que gostam (sem custo, apenas por uma questão de apoiar turismo em minha cidade y conhecer pessoas ), se você não se importa acompanhada pelo meus filho de 7 anos (Brasileiro-Méxicano) porque eu sou pai solteiro, porque sua mãe (brasileira) fez a vida com outra pessoa e vive na Espanha.

Meu facebook e: http://facebook.com/raulgm68
Me email e: raul_guadarrama@hotmail.com

Izabel
IzabelPermalinkResponder

Olá, tudo bem?
Encontrei seu site e achei ótimo! As informações são preciosas!
Mas ainda preciso de ajuda...
Me chamo Izabel, moro em BSB e sempre viajo pelo mundo sozinha. Gostaria de saber quanto a segurança. Pretendo ficar nos bairros de Polanco ou Condessa, mas ainda assim, como sair a noite? Já li por aí que taxi não é tão seguro assim no Mexico...O metro funciona bem? E mais uma coisinha: como se vestir lá? Como disse, eu vou sozinha, e minha fisionomia entrega que não sou mexicana! Não quero chamar a atenção nas ruas.
Muito obrigada pelas informações e sucesso com o site!

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Oi, Izabel,
Estive no México em 2011, e em 2012 fiquei mais tempo e deu pra entender um pouco mais o jeito deles. O que eu posso dizer sobre roupa é tentar se vestir de forma discreta, a fim de não chamar muita atenção. O México é um país muito machista, tanto ou mais que o Brasil, e eu não me sentia bem com os olhares, gracinhas e cantadas. Eu evitava usar regatas coladas e short, mas nada te impede. Por ser de fora eles olham mais mesmo, mas as mexicanas também reclamavam do assédio. Ainda não conheço a Cidade do México, infelizmente, mas pelo post esses dois bairros são legais e seguros, acho que o melhor é você sair pelas redondezas onde ficará hospedada, e deixar os passeios em outros bairros para o dia. Me aconselharam a não pegar táxi ( quando comentei com amigos de ir pra lá), a não ser que você peça no hotel. O metrô me falaram que é bom e seguro, só evitar horários de pico.
O México é um país adorável, e no geral os mexicanos são amáveis e receptivos. Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Izabel! Peça um táxi a seu hotel e ao restaurante, eles chamam.

Izabel
IzabelPermalinkResponder

Obrigada gente! Vou me esforçar para usar calças lá (apesar do calor que imagino que faça hehe).
Agora quanto ao táxi confesso que estou preocupada viu, mesmo pegando em hotel...
Obrigada!

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Ola Ricardo, Boia e amigos viajantes!

Eu e meu marido estamos pretendendo viajar para o Mexico (Cancun, Playa Del Carmen e Cidade do Mexico DF), seguir para New Orleans, nos EUA (destino que meu marido sonha conhecer) e voltar para o Brasil.

Vcs acham q este roteiro esta legal e viavel? Qual a ordem devemos seguir?

Agradeco qq ajuda. Estou realmente perdida.

Ana Paula

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! Você pode voar tanto da Cidade do México quanto de Cancún para os Estados Unidos. Decida se quer descansar na praia primeiro ou por último no México. Simule itinerários em sites como http://www.expedia.com .

Rejane
RejanePermalinkResponder

Olá!Achei demais as dicas dos viajantes.Eu e minha irmã estamos indo para o México dia 18/04 evamos ficar hospedadas no hotel NH na rua Palmas, 42 no Centro Histórico.è um bom hotel? vcs conhecem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rejane! Não temos opiniões de leitores sobre o NH Mexico City. Veja relatos de ex-hóspedes sobre ele no Booking.

Maira
MairaPermalinkResponder

Ola, pessoal,
Passando para agradecer todas as dicas. Amei o blog! Estou indo para o Mexico em junho e ja havia me programado, apos conversar com pessoas que ja foram, para ficar 3 dias em DF, mas depois de ler os comentarios de vcs, fiquei com vontade de ficar mais tempo! Como ja emiti a passagem MEX/CAN, nao sei se rolara uma mudanca de planos, mas, em todo caso, as dicas de vcs ja vao ajudar muito a aproveitar ao maximo meus 3 dias na Cidade do Mexico. Bjs

Natalie
NataliePermalinkResponder

Esse post me ajudou mais do que todo o Lonely Planet do México razz

Isabela Esposito

Boa tarde!!!

Qual a melhor maneira de usar dinheiro no México (Cidade do México)??? Devo levar dólares??? Alguma dica de local para trocá-los por pesos??? Saques em ATM's??? Desde já agradeço.

Cordialmente,

Isabela.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isabela! Vale a fórmula do comandante explicada neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2012/06/cash-debito-credito-vtm/

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Olá
Adoro o blog, já li muitos posts para as minhas viagens!
Vou para Cidade do México em Dezembro, estou bem animada, mas algumas pessoas já me disseram para ter cuidado com a violência da cidade, é mesmo algo preocupante??? Ou para quem mora no Brasil, posso considerar, que tenho que me precaver assim como em certos lugares em SP por exemplo, mas nem por isso, deixaria de visitar????

Obrigada smile
Ana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! tome as mesmas precauções que no Brasil, não tenha medo grin

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá!
Estou tentando fazer uma reserva no The Red Tree House para 6 dias em setembro e eles só tem quartos disponiveis no que eles chamam de "La Rama del Arbol", um anexo do outro lado da rua. Alguém saberia me dizer se vale a pena? Em caso negativo, poderiam me indicar algum outro hotel na mesma vizinhança? Me indicaram o Amberes Suites, alguém conhece?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! O Red Tree House é concorridíssimo e conceituadíssimo, o anexo deve ser uma boa opção sim. Já o Amberes fica na Zona Rosa, próximo ao metrô mas num entorno que não tem 1/10 do charme de Condesa.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Olá!
Muito úteis as dicas! Chegaremos, eu e marido, a DF dia 29/05/13, pretendo ficar 4 dias e depois seguir para Oaxaca, Palenque e finalmente Playa del Carmem. Estou na dúvida se devemos ficar hospedados na Praça Zocalo ou em La Condesa. Tenho receio de ficar no centro histórico e não me sentir segura para retornar ao hotel após os passeios noturnos. O que acham?
Pretendemos seguir a viagem de ônibus até nosso destino final. Precisaremos passar por outra cidade além dessas para tomar outro ônibus ou existe trecho direto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! O centro da cidade morre à noite. É mais agradável ficar em La Condesa. Se não conseguir, a Zona Rosa é um bom meio-termo.

Há ônibus diretos de Oaxaca a Palenque e de Palenque a Playa del Carmen; compre a passagem assim que desembarcar.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Muito obrigada pela atencao Boia!!
Ficarei na zona rosa mesmo. Em agradecimento, quando retornar, contribuirei com mais informacoes. Se e que isso e possivel pois vc sao otimos!!

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá,

Estou pensando em ir com milhas TAM até Cidade do Mexico e depois seguir para Cancun com alguma outra cia aérea.

Vocês sabem se tem alguma restrição quanto ao visto ou algum entrave burocrático com relação ao trecho Cidade do Mexico-Cancun?

Outra perguntinha: vocês acham que faz sentido passar alguns dias em Playa Del Carmen e mais alguns dias em Cancun? Para pegar um pouco das vantagens de cada lugar..

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Não há mais visto para o México.

Indo com passagens desvinculadas, programe pelo menos um pernoite na Cidade do México. É muito arriscado fazer conexões quando as passagens não são vinculadas.

Leia sobre Cancún, Playa e Riviera Maia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/para-entender-cancun-playa-del-carmen-e-riviera-maia/

sandra
sandraPermalinkResponder

sandra
27 de junho de 2013 às 1:16 | Permalink | Responder
Ricardo, depois que descobri seu site, através da Band, fiquei muito sua fã. Gostaria que vc me sugerisse um roteiro de 10/12 dias para conhecer o Mexico (Cidade do Mexico e arredores e o melhor da riviera maya). Agosto é um mes bom para ir até lá? Nesse roteiro, por favor me indique o melhor meio de transporte para as cidades que vc sugerir.
Desde já, muito grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! Não temos um roteiro pronto para o México, mas você pode montar o seu usando essas dicas: https://www.viajenaviagem.com/category/mexico/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar