Foi prejudicado pela Pluna? Como estão resolvendo seu caso?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pluna

Dois dias depois de anunciada a "suspensão de vôos por tempo indeterminado", a situação da Pluna parece ainda pior. O que se depreende do noticiário -- tanto no Uruguai quanto no Brasil -- é que a empresa caminha para a liquidação.

Segundo a Folha de S. Paulo, o governo uruguaio não assumirá o resgate da companhia; a prioridade é reconectar o país à malha aérea mundial, e não manter uma cia. aérea de bandeira nacional.

Assim como aconteceu com a Varig, o fim das atividades da Pluna se dá no início da temporada de férias, causando um momento de caos aéreo para turistas. O jornal uruguaio El País estima em 5.000 os uruguaios ilhados em aeroportos do exterior, sem vôos.

No Brasil a Pluna tinha se tornado uma espécie de low-cost para Buenos Aires e Santiago, levando passageiros de Brasília, Rio, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre que não se importavam com a conexão em Montevidéu.

O último comunicado oficial informa que a cia. vai dar prioridade à situação dos que estão fora de seus destinos de origem e tinham viagem de volta programada até o dia 9 de julho. Depois disso tratará do caso de quem ainda não viajou.

Citado pela Folha de S. Paulo, o Procon recomenda que os consumidores que tenham comprado passagens não usadas com cartão de crédito contactem a administradora para estornar as transações. Quem comprou por agência de viagem deve procurar a agência para reembolso.

O call-center da Pluna no Brasil é (11) 3711-9158.


Você foi pego nesse rolo? Conseguiu falar com a Pluna? Como estão tratando o seu caso? Compartilhe com a gente, por favor!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


220 comentários

Anna Barbara
Anna BarbaraPermalinkResponder

Olá!!!
Fui pega de surpresa com esse problema da Pluna.
Estou no Chile e meu voo do volta seria amanhã. Não consigo falar no call center da Pluna. Só dá ocupado...
Estou considerando comprar uma nova passagem de volta.
Bjs, Anna

Roberto Silveira

Esta com viagem marca para o Montevideo no dia 5/7, no dia 4 iniciou a greve, como a passagem foi comprada pela Tam, mas o trecho SP Montevideo seria operado pela Pluna, liguei para Tam que prontamente me colocou em outro voo!!!

Denis Lima
Denis LimaPermalinkResponder

Também tive esse problema, tenho viagem marcada para Montevidéu para o dia 06/09, metade do trajeto TAM, metade Pluna.
Liguei na TAM, e sem muitos problemas, fui realocado para um voo direto.

willian douglas da silva

comprei as passagens para o chile para 03/09/12 paguei dia 4/07/12 e no dia seguinte acontece isso e ate agora nao resolveram nada de reembolso e qdo fui ao aeroporto disseram que nao tem informaçao de qdo começaram a pagar aas passagens de quem ainda nao foram viajar .

Carolina Freire

Pessoal,
tenho acompanhado do VnV diariamente, pois estou indo para Buenos Aires na próxima 5ª feira, dia 12/07....
Vi a notícia no site da Folha de São Paulo que a Pluna tinha paado de operar e iniciei minha saga.... 40 minutos esperando no callcenter (que ainda anunciava a venda de passagens) até que a ligação caiu e, depois, só dava sinal de ocupado..... Com hotel e tranfer pagos, me restou ir a uma agência e comprar novas passagens via Aerolineas Argentinas e esperar pelo Pluna....

Ana Luiza Lima

Não consegui falar no call center da Pluna (fiquei na espera e caiu!! E o pior, ainda anunciava venda de passagens). Minha viagem seria dia 24/08. Como não confio no reembolso, gostaria de uma reacomodação em outra cia aérea, mas, tô achando difícil. Acho que vou ligar no cartão para tentar estornar, apesar de já ter quitado um parcela. Comprei via agência, o que seria mais prudente: o reembolso (apesar de demorar e não saber se a cia vai honrar) ou ligar na administradora do cartão para estornar? A agência tem como tomar alguma outra providência?

Marcos
MarcosPermalinkResponder

Tenho 4 passagens compradas para Buenos Aires no dia 6 de setembro, com retorno em 10 de setembro. Foram pagas em 5 parcelas no cartão, sendo que a primeira vence agora no dia 10. Tentei contactar a administradora do cartão (Visa), que disse que a solicitação de estorno deve ser feita pela própria Pluna. Consegui falar hoje com o call center da Pluna, que orientou aguardar até segunda. Nem eles sabem o que vai acontecer. O que faço???

viniciusrb
viniciusrbPermalinkResponder

Se VC não pagou nada ainda, VC pode simplesmente contestar a cobrança junto à operadora de cartão.

Peça para fazer o pagamento da fatura, desconsiderando o valor da passagem aérea.

Como a empresa não existe mais, e, não irá prestar o serviço, eles não tem como te cobrar por isso.

Rafael Carvalho

Tenho passagens compradas para o feriado de outubro. Comprei pela Submarino Viagens. Hoje, quando finalmente consegui contato, me disseram para contactar a Pluna. Mas, além de impossível, quem tem que me reembolsar é a Submarino, não? Vou aguardar até segunda, quando o governo uruguaio deve ser pronunciar e esclarecer mais dúvidas.

Nico
NicoPermalinkResponder

Li no site do jornal El Pais de hoje 08/07 sobre um email criado pelos passageiros afetados pela Pluna. Vou colar aqui a nota do jornal, que talvez possa ajudar os prejudicados.

Un grupo de pasajeros de Pluna afectados por el cierre de la aerolínea, abrieron ayer una cuenta de correo electrónico (damnificados pluna@gmail.com) para que personas que se encuentran en esa misma situación puedan realizar consultas e intercambiar opiniones sobre los pasos a seguir.

"La idea es recibir información de cada uno de los damnificados para tener contacto con todos y hacer circular posibles soluciones", dijo a El País el contador Darío Martínez, uno de los organizadores.

Martínez dijo que quienes adquirieron sus pasajes por internet o por tarjeta de crédito tienen mayores posibilidades de recuperar su dinero. En el primer caso, la ley de Relaciones de Consumo prevé que las personas que realizan compras por la web pueden pedir la devolución en los siguientes cinco días; en el segundo existe la posibilidad de no reconocer la compra porque el servicio no se prestó.

Pero quienes pagaron sus pasajes al contado "tienen menos derechos", y en ese caso deberán hacer gestiones ante Pluna, señaló Martínez. Mañana lunes, las personas afectadas asistirán al local de Pluna ubicado en Colonia esquina Avenida del Libertador.
El País Digital

http://www.elpais.com.uy/120708/pnacio-650722/nacional/crean-un-mail-para-realizar-consultas/

luana
luanaPermalinkResponder

Olá,

comprei minhas passagens para setembro com a decolar, abri uma solicitação no site deles e recebi o retorno:

Sra Luana recebemos o comunicado que a Cia Pluna ficara de greve neste mês
de julho, e até o momento todos o vôos que são para setembro estão
confirmados.

Será que posso confiar? As passagens foram pagas via cartao de credito..

Luana.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luana! O mais provável é que a companhia seja liquidada e não voe mais.

Gustavo Semblano

Contatei a DECOLAR.COM (onde havia comprado) para saber sobre meu regresso de Buenos Aires ao Rio de Janeiro no dia 14/07 e a resposta foi cômica: "nos contates apenas 48hs antes do vôo".
O que fiz? Comprei logo uma passagem da GOL. Quando retornar ao Brasil resolvo com a DECOLAR.COM, amigável ou judicialmente.

Edinha
EdinhaPermalinkResponder

Também comprei pela Decolar, meu voo seria dia 15/07, disseram-me que a orientação é para solicitar cancelamento para devolução, mas, acreditem se quizer, que terei que continuar pagando (fiz em seis parcelas. Temos que nos unir para exigir da Decolar um tratamento mais digno, ou seja, providências diferenciadas uma vez que trata-se da liquidação da empresa já amplamente divulgada nos meios de comunicação e não cancelamento por vontade do cliente.
MERECEMOS RESPEITO PELA PLUNA E PELA DECOLAR, O QUE ATÉ AGORA NÃO OCORREU!

SE FOR PREJUDICADA QUERO TODOS OS MEUS DIREITOS

Hermann
HermannPermalinkResponder

Sua solução não foi a mais racional... você corre o risco de não ter o seu dinheiro reembolsado quando for comprovado que você NÃO tentou entrar em contato com eles como solicitado (48h antes do voo).

Se eles disseram isso, você esperou as 48h e eles NÃO tomarem providências, você estaria coberto de razão. Agora... ao simplesmente adotar sua tática e ignorar a orientação deles você abriu mão da ajuda e, por consequência, do reembolso.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Alguém sabe se a reacomodação em outras empresas está sendo oferecida? Prefiro viajar do que receber o dinheiro de volta...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Como é provável que a cia. pare de voar, a reacomodação fica difícil. Até segunda ordem, o ideal é conseguir reembolso.

Joao
JoaoPermalinkResponder

Eu ja to no Chile, fim de intercambio,,tenho passagem pela Pluna para 30 de julho, tinha comprado em dezembro de 2011 de ida e volta, o seja já utilizei de ida, mas como posso garanti minha volta, porque o valor do segundo billete foi mais baixo, mas se me rembolsarem vou perder muito,, porque as pasagem só de ida são muito cara,, ainda mais nessas datas de ferias de inverno se é que me intende..

Edinha
EdinhaPermalinkResponder

Eles estão dando preferência para os clientes que estão fora de casa, só Deus sabeo que será de nós que ainda não viajamos

Carolina Freire

Pessoal,
Também liguei na administradora do cartão (VISA)e eles disseram que ainda não foram comunicados pelo PROCON sobre o estorno ou cancelamento da compra das passagens. o que eles informam é que as pessoas devem recorrer à Companhia aérea em questão.
Eu acabei comprando novos bilhetes por uma agência confiável (vou voar de AEROLINEAS ARGENTINAS) e, no retorno, vou entrar em contato com a PLUNA, quee stá com todos os seus contatos desativados (todos os ramis ocupados ou não atendem).

Francisco
FranciscoPermalinkResponder

Carolina,
O PROCON não precisa avisar nada.
Se o serviço não foi prestado, deve ser estornado, incluindo aí os danos causados. E o cartão VISA é solidário com a PLUNA, neste caso.
Guarde o nr do protocolo de atendimento e peça cópia da gravação da ligação feita ao VISA (é seu direito e é gratuito). Se não conseguir resolver o problema junto ao VISA e à PLUNA, peça ajuda ao PROCON e/ou ao Juizado de Pequenas Causas.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Então a informação: "Caso o cliente tenha comprado passagens da Pluna com cartão de crédito e a fatura ainda não tenha sido paga, o Procon-SP pediu à Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) para que oriente seus associados a cancelarem as compras assim que solicitado pelo consumidor.", divulgada em vários sites na internet não é verídica?

sonia
soniaPermalinkResponder

como conseguiu pedir cópia da gravação? a VISA nos fala que precisa de um madado judicial!

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Qual o telefone da VISA?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Você precisa falar com o atendimento do emissor do seu cartão.

Junior
JuniorPermalinkResponder

Cheguei hoje em BH depois de uma saga para voltar de Buenos Aires. O telefone do callcenter da pluna lá simplesmente não funcionava. Fiquei ligando para o do Brasil e consegui contato, na sexta feira, duas vezes: na primeira de manhã (depois de mil tentativas) o antendente disse que ia me reacomodar automaticamente em outra companhia e que me mandava um e-mail com os horário e códigos dentro de 3 horas. Depois desse tempo, sem esse e-mail, fiquei outras horas tentando contato novamente no callcenter brasileiro e finalmente consegui falar com alguém. A atendente fez comigo no telefone a seleção dos voos: No sábado de manhã Bs.As.-Rio pela aerolíneas argentinas e a noite Rio-BH pela TAM. Ficou de mandar uma confirmação por e-mail com os códigos em 20 minutos.
Evidentemente esse e-mail não chegou. Tentei novamente o contato o dia todo e nada. Tentei contato na Aerolíneas só para tentar verificar se havia a minha reserva e não puderam informar. A mesma coisa na TAM, onde me trataram muito mal e não deram a menor bola para a situação.
Fui então até o aeroparque. Na loja da pluna disseram que as reservas feitas pelo telefone não valiam de nada (pra que então insistem que tudo deve ser feito pelo callcenter?). Tentei vaga para o mesmo voo do sábado de manhã, mas disseram que já estava esgotado. Só teria então 3 opções, os destinos da aerolíneas: São Paulo, Rio ou Porto Alegre. As palavras da atendente da pluna: "Dessas cidades pra BH o problema é seu".
Escolhi o Rio, e só me colocaram no voo de 6:20 da manhã de domingo (a volta original era no sábado). Dessa vez recebi um papel com os códigos de reserva da aerolineas.
Aí eu fui até a loja da aerolíneas no aeroparque e consegui mudar esse voo para um as 16:00 do sábado com escala em Iguazu e depois ia pro Rio, chegando lá as 20:30. Encontrando um outro pessoal também de BH na mesma situação, e me disseram que tinham conseguido um retorno da TAM falando que havia a reserva no tal voo da noite as 22:30. Agora tinha uma pequena esperança de ainda chegar em casa no sábado.
Bom, chegando no Rio com atraso, saimos correndo alucinadamente pro check in doméstico da TAM, onde tivemos a confirmação de que a Pluna tinha feito todas as reservas sim, mas não pagou ou efetivou nenhuma, ou seja, ninguém tinha lugar no voo e ninguém conseguiu embarcar. Todo esse processo do sábado foi muito tenso e muito frustrante também.
Daí o jeito foi comprar uma nova passagem pra BH no dia seguinte, achar um lugar pra dormir e embarcar no domingo.
Já estou juntando essas peças aí em cima pra entrar com um processo contra a Pluna. Vamos ver no que vai dar..

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Já entrou com o processo? Estou providenciando o meu.
Quais os pedidos?

Marianna K.L.
Marianna K.L.PermalinkResponder

Comprei um pacote da CVC para Santiago para o dia 26/07, voando pela Pluna. Alguém sabe como a CVC procede nesses casos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marianna! Você vai precisar ligar para a operadora, não há outro jeito.

Juliano Oliveira

Olá Mariana, estou no mesmo caso seu. Comprei um pacote pela CVC para Santiago para 16/07 (próxima segunda!) e eles ofereceram o reembolso sem correção (o que fere o Código de Defesa do Consumidor) ou desconto de 10% para a aquisição de outro pacote, aproveitando que o meu já está quitado.
Estou indo no Procon para verificar se as opções são apenas essas, pois se eu contratei uma viagem para Santiago, acho que a agência deveria se responsabilizar por garantir o meu embarque sem custo adicional (já que não estou solicitando alteração no serviço contratado). Porém, como o prazo é curto, acho que será impraticável e devo lutar por reembolso corrigido e, futuramente, assédio moral. Vamos acompanhando...

Foi prejudicado pela Pluna? Como estão resolvendo seu caso? | outro risco

[...] Foi prejudicado pela Pluna? Como estão resolvendo seu caso?. Share this:TwitterFacebookGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. Esta entrada foi publicada em viagem e marcada com a tag aviação, chile, cvc, greve, pluna, procon, santiago, turismo, viagem. Adicione o link permanente aos seus favoritos. ← Fechamento da Pluna: e a CVC? [...]

Arthur | Agora vai mesmo

Que pena, era uma excelente opção para ir ao Uruguai...

Daniel Boher
Daniel BoherPermalinkResponder

Quanta bobagem estão dizendo. Até assédio moral foi ventilado nos comentários. rsrsr. Esperem sentados seus reembolsos. Ou então processem o Estado, afinal virou moda demandar contra o Governo, por qualquer coisa.

Daniela de Paula

Também fomos pegas de surpresa. Estou viajando com uma amiga e ainda não conseguimos resolver nada. Estamos em Santiago e nosso voo também seria amanhã. Estamos tentando ligar para os telefones disponíveis desde o dia 06/07. Vamos tentar comprar outra passagem e resolver essa questão judicialmente no Brasil.
Até mais, galera. Boa sorte a todos nós.

simone
simonePermalinkResponder

Alguem já ajuizou uma ação contra a pluna ou ao cartao de credito????

Gisele
GiselePermalinkResponder

Liguei agora para o call center da Pluna e finalmente me atenderam. O atendente (Glauber) informou que neste momento estava havendo uma reunião para definir que atitude a Pluna tomará em relação às passagens já vendidas e que somente amanhã eles teriam uma posição a informar. Resta esperar pra ver se recebo meus 500 dolares de volta...

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Acabei de ligar no callcenter da Pluna e me disseram que estão aguardando retorno de uma reunião que aconteceu hj a tarde e que a posição final sairá até na quarta-feira... Paguei meu pacote e do meu marido à vista pela ARC TURISMO, em BH... A dona da Agência Carolina me disse que o reembolso deve acontecer dentro de 120 dias... ai, ai..

Klever
KleverPermalinkResponder

estou a 1 ano sem para o brasil..comprei minha passagem por agencia de turismo em junho para o dia 14/07 e volta para dia 29/07 de buenos aires a belo horizonte... o call center da pluna disse para ligar no dia seguinte. o reembolso deve ser feito pela agencia de turismo?? se alguem poder me informar sobre o que deve ser feito.. obrigado!

Juliano Oliveira

Olá Klever, no meu caso, a CVC providenciou outro vôo (Aerolineas Argentinas), para mesmo dia de embarque do que havia comprado antes.

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

Embora eu entenda que uma viagem é algo programado e a não realização é uma frustração tremenda, é importante ser objetivo. O PROCON ajuda mas só será efetivo e rápido quando houver um número grande de denúncias. A melhor alternativa é procurar o Juizado Especial Cível da sua cidade e, apresentando os comprovantes de pagamento, reservas, notícias da liquidação da Pluna - tudo o que conseguir juntar, solicitar o reembolso do valor ou a reacomodação em voo de outra companhia. Sempre acionando a agência de viagens, se for o caso, e a cia aérea. Aqueles que compraram por intermédio da agência, neste momento, estão em melhor situação, uma vez que a agência é responsável também. Mas como eu disse antes, acionar o Juizado Especial é primordial mas todas as outras alternativas (PROCON, negociação amigável) devem ser mantidas em paralelo: o Juizado Especial é rápido mas as outras alternativas podem ser tão rápidas quanto. Mas, se aceitam mais um conselho, sejam racionais. A frustração de uma viagem que deu errado é imensa mas é importante manter o foco - reembolso ou reacomodação em outro vôo. É vital canalizar energias e não dispersá-las em questões e dissabores particulares.

Nelson
NelsonPermalinkResponder

Posso perceber que vários estão na mesma situação que eu em relação à Pluna. Empenhado com passagem comprada pela web, em cartão de crédito e quase duas parcelas pagas. Estamos pensando na alternativa de carro, já que estou em Porto Alegre. Gostaria de saber, se vale a pena ter carro em Buenos Aires. Tenho visto que podemos deixar em estacionamento, em Colônia e fazer a travessia de barco. Alguém já fez isto? Vale a pena?Fui no site indicado pelo Ricardo mas não está muito claro se o valor com carro inclui os passageiros ou é somente para o carro.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nelson! É melhor deixar o carro em Colonia, sim. A travessia de carro sai caro e um carro em Buenos Aires pode ser mais um estorvo do que um conforto.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Comprei somente a passagem com um agente autorizado CVC e hoje prontamente fui trocado de companhia e eu mesmo escolhi, a Qatar Airlines (quero ver agora...duvido que algo aconteça com a segunda melhor companhia do mundo hehehe)! Meu vôo coma Pluna era agora dia 16/07 e paguei apenas 164 reais a diferença, visto que o agente muito honesto e particularmente muito profissional (ele nem tínha que fazer isso mas ganhou ainda mais a confiança) dividiu a diferença que era de 328 reais entre ele mesmo e eu, por isso dos 164 reais.

Maria Cláudia Oliveira

Comprei as passagens no dia 3/07, no dia 5/07 a empresa cancelou todos os vôos! Tentei várias vezes cancelar a compra pelo cartão de crédito (AMEX)e não tive sucesso! Os atendentes diziam não ter autonomia para cancelar compras e que eu deveria primeiro entrar em contato com a cia aérea. Na 6a. feira o numero de atendimento foi tirado do ar e quando voltou a escolha por qualquer opção fazia a ligação cair. Tentei o 0800 e depois de uns 40 minutos esperando a atendente me disse que a prioridade da empresa é fazer os passageiros em transito retornarem aos seus países de origem e que casos como o meu serão resolvidos depois......eu me pergunto depois quando??? Já reservei hotel, fiz seguro e comprei dólares mas não tenho como reaver o meu dinheiro de volta!! Que vergonha o que esta acontecendo! No aeroporto o escritório esta de portas fechadas, a ANAC diz não poder fazer nada e o juizado especial civel orienta a procurar a justiça!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Cláudia, vc não deve pedir o cancelamento da compra. Realmente, só a empresa pode pedir isso. Vc tem que ligar no Amex, na opção compra não reconhecida ou a opção anterior, que não me lembro, e abrir um pedido de DESACORDO COMERCIAL. Boa sorte! A Amex ainda não pagou a Pluna, então dá tempo. Li sobre uma pessoa que fez isso e conseguiu o estorno. E ela já havia pago a fatura!!

Fernanda M
Fernanda MPermalinkResponder

Solicitei o cancelamento da compra das passagens pelo cartão, e comprei novas passagens pela Qatar. Vou ter que alterar diárias, aluguel de carro, programação. Mas tenho esperança que o dinheiro das passagens nem chegue na Pluna...(Não veio ainda na fatura).

Frank (Dois Mapas)

Eu estava aqui pensando... será que não seria a hora da ABAV instituir um fundo parecido com o que existe em vários países da Europa? Funciona assim: uma pequena taxa (coisa de menos de meio ponto percentual) de cada pacote ou passagem vendidos por agências e/ou por empresas aéreas vai para um fundo de auxílio que, em caso de falência de operadora/empresa área, é usado para trazer de volta quem ficou "preso" do outro lado do mundo, quem comprou pacotes, mas não levou e por aí vai.

O aspecto mais interessante é que a própria existência desse fundo no Reino Unido, Bélgica e outros países torna mais fácil a pronta assistência por concorrentes quando um deles quebra porque sabem que serão indenizados depois pelo fundo. Principalmente no caso de quem tem viagem marcada em cima da hora quando ocorrem problemas com alguma empresa do setor.

luana
luanaPermalinkResponder

Bom dia,

Comprei as passagens para 03/09 pela Decolar para Buenos Aires, entrei em contato com eles via telefone ontem, e o atendente me informou que estão fazendo a devolução inteira do valor para quem comprou para os meses de julho e agosto, mas para o mes de setembro ainda não tem nenhuma previsão.
Lembrando que a devolução do valor se dará de 30 à 120 dias.
Se eu quisesse cancelar minha compra ontem mesmo, teria que pagar uma multa de 150 dolares, que é a taxa da pluna e da decolar para cancelamentos. É um absurdo, a empresa para de funcionar e eu ainda tenho que pagar taxa para eles...
Nesse caso, oque vocês acham que é melhor fazer?

Obrigada.

Moacir Fontolan Jr

Luana

Acabei de falar com eles e foi bem parecido. Cancelaram meu voo de agosto e pegaram meus dados bancários para o crédito que pode acontecer entre 30 e 120 dias. Fiz uma nova cotação e tive que desistir de ir ao Uruguai. Vai ficar para uma próxima.

luana
luanaPermalinkResponder

pois é, só que a decolar me informou que apenas para julho e agosto estão devolvendo o valor..setembro deve aguardar..
estou com local pago para ficar lá, entre outros gastos. Vou ter que comprar por outra companhia e esperar que realmente devolvam esse valor. sad

luana
luanaPermalinkResponder

Segue retorno da Decolar:

Recebemos a sua reclamação postada no site Reclame Aqui referente a compra efetuada em nosso site para embarque com a companhia aérea Pluna. A informação que foi passada pela companhia aérea Pluna é que devemos solicitar reembolso integral, pois a companhia aérea não esta mais fazendo reacomodação para nenhum vôo.

Peço a gentileza que verifique as informações abaixo e me informe se podemos dar andamento no reembolso integral:

Atenção!
Pedimos a gentileza que leia atentamente todas informações que constam neste e-mail.
Ressaltamos que não houve cancelamento, trata-se apenas de cotação.
Portanto, somente daremos continuidade ao processo de reembolso, assim que responder este e-mail, informando que está ciente de acordo com as condições citadas.

Referente ao CRO:
Localizador:

· O prazo de reembolso é de 30 a 120 dias no cartão efetuado a compra.

· A companhia aérea Pluna efetua reembolso via depósito bancário, peço a gentileza que me informe os seguintes dados:

Nome do titular da conta:

CPF:

Banco:

Agência:

Conta corrente:

Importante!
Até que seja processado o estorno da compra, que é feito exclusivamente pela administradora do cartão de crédito, as parcelas continuarão ser debitadas, pois quando o estorno for liberado, este será feito em um único lançamento (crédito), já descontando os valores de multa aplicadas.

Passageiros:

1)

2)

Informações Importantes:


Toda a documentação deve ser consultada diretamente nos consulados envolvidos no seu trajeto de viagem, incluindo escalas e/ou conexões. A obtenção dessas informações é de responsabilidade dos passageiros.
Não nos responsabilizamos por vistos, validade de passaporte, vacinas, autorização judicial para menores de idade viajando desacompanhados, seguros obrigatórios, etc.


As principais regras das cias aéreas são:

As cias. aéreas cobram multa para qualquer alteração na reserva após a emissão da passagem. Caso não haja disponibilidade na mesma classe de reserva, será cobrada também a diferença de tarifa.

Não são permitidas trocas de nomes.

Conforme regra vigente nas cias aéreas, o processo de reembolso será feito no câmbio do dia.

O reembolso, quando é permitido, só pode ser solicitado antes do início da viagem mediante pagamento de multa, sendo que o prazo é de 60 à 120 dias para devolução à partir da data de solicitação do mesmo.

As regras e condições variam de acordo com cada fornecedor aéreo. Você poderá consultar as mesmas no Decolar.com ou na companhia aérea. De acordo com a legislação vigente, a partir do momento do pagamento e emissão da passagem, você estará sujeito a essas regras.

Qualquer dúvida estou a disposição.

Atenciosamente,
Paula Lima

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Mas multa contra quem?
Quando entrei em contato com a Decolar, me informaram que caso tivesse interesse em cancelar minha viagem, deveria pagar valor correspondente às multas de cancelamento.
Não quero cancelar nada, só não quero perder dinheiro!
Minha primeira parcela ainda não foi debitada no Cartão de Crédito e a informação que a operadora do cartão me dá é de que somente a Pluna deverá solicitar tal cancelamento.
Já a Pluna, não esclarece como proceder, já que minhas passagens foram compradas pela Decolar.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Carolina, não sou advogada, mas creio que podes e deves cancelar com o cartão de crédito, visto que houve quebra de contrato. O objeto da compra não foi entregue e não tens que pagar por ele.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Olá.
Comprei a passagem da pluna via Submarino Viagens. Entrei em contato com eles via telefone e vão me ressarcir o valor integral no prazo de 60 a 120 dias. Tem que ter paciencia para ser atendido (fiquei na linha em espera uns 10 minutos)...

João Marcelo
João MarceloPermalinkResponder

Comprei duas passagens diferentes com dois cartões diferentes, pelo próprio site da Pluna. Com o Itaucard, parece que consegui algo, pois me instruíram a enviar uma carta por fax explicando por que peço cancelamento/estorvo. A VISA foi pior, disseram que só com a própria PLUNA, que não atende no call center...

Sonia
SoniaPermalinkResponder

Ligamos no cartão (VISA) e pedimos estorno por desacordo comercial e na Pluna nos pediram para pedir estorno pelo seguinte e-mail: ADMDOCUMENTAL@MINTUR.GUB.UY
Agora é esperar e ver se conseguimos alguma coisa...

jacieli lorenzatto

comprei 8 passagens para santiago para 14 de julho e ninguem me da uma informaçao concreta,fazem um jogo de empurra empurra! estou sem acreditar em tamanha safadeza! temos que nos unir e processar coletivamente.meus filhos estao chorando pq nao verao a neve.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Entrei em contato com ANAC pois pelo Call center está impossivel. Entao resolvemos comprar outra passagem que estavam compradas para o dia 17/08 e volta 20/08. Como estao falando que julho e agosto estão cancelados, resolvemos comprar outra e pedir o reembolso. Mas devemos juntar pessoas e entrar em ação conjunta para reembolso e indenização. O que acham?

Fernando Zangrande

Fui com minha família (4 pax) no dia 06/07 para o aeroporto, ainda não estava pública a falência da Pluna. Chegando lá (meus pais vieram do litoral norte - 200KM para viajar) o balcão estava fechado e a equipe da Pluna (terceirizada) foi bem sicera: nenhuma outra companhia aérea estava aceitando passageiros da pluna, ficaríamos em solo.

Procuramos a ANAC, e eles disseram que acompanhariam a tentativa de reacomodação e o atendimento aos passageiros (alimentação, hospedagem, etc). Mas a pessoas que nos atendeu disse que a situação parecida que passaram na semana anterior (com a Aerosur, sabiam que faliu também?) resultou em um monte de passageiros sem assistência, pois as companhias aéreas tem tudo terceirizado no Brasil, e 24 horas depois de decretada a falência ninguém mais responde pela empresa.

Dito e feito. Nenhum telefone atendendo, funcionários sem ter o que fazer, abrimos um processo no tribunal de pequenas causas e fomos embora. No tribunal foram bem claros que mesmo as agências de viagens (comprei pela Expedia minha passagem) vão se isentar de reembolso, adiando ao máximo o pagamento.

Segundo eles a esperança é que a Pluna tenha algum patrimônio no Brasil, caso contrário acionar judicialmente o agente de viagens. Estou um pouco sem esperanças.... Infelizmente. É terrível ficar sem apoio, e na minha situação, perdi o feriado e tive diversas multas por no-show.

George
GeorgePermalinkResponder

Pessoal,

A ABAV-MG (Associação Brasileira de Agência de Viagens do Estado de MInas Gerais) está orientando em como proceder no caso da PLUNA. Vejam: http://goo.gl/21D7w

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Bosta de orientacao... pagar a diferenca??? tao de palhacada! ou realocam sem custo adicional ou vou meter processo por danos materiais e morais!!!
Ainda no aguardo de um comunicado de Pluna!
sem mais...

Priscilla
PriscillaPermalinkResponder

tbm estou nesta situação... aguardando comunicado da pluna..minhas passagens estao para agosto... qdo comprei paguei 500 reais ida e volta ( site da pluna) e se comprar agora vou pagar quase 2mil.... nao quero apenas o reembolso dos 500 reais.. mas sim este valor + a diferença na proxima passagens que vou comprar..nada mais justo.....será que é possivel???

ainda acho que o certo seria a pluna realocar para outros voo... eles devem ter essa dor de cabeça... nao eu!!!

Tatiana frança

Priscila,

Tambem sinto muito pelo seu caso. Infelizmente trata-se de uma empresa falida e estrangeira. Nao acredito no reembolso e se o fizer sera apenas do valor das passagens da pluna. Psra receber por outros danos e gastos eh preciso entrar com um advogado e com um ação. Ja fui me informar e meu advogado disse que pode ser um caso ganho mas sem valor...entende? Pode-se ganhar e nao receber nada e ainda ter os custos do advogado.
Infeluzmente teremos uma eterna lembranca da pluna.

Vander
VanderPermalinkResponder

O mais correto é procurar as agências de viagens que lhes venderam
os bilhetes. Os que compraram pela internet acho que é mais complicado para receber de volta. Podem até receber mas preparem-se para uma maratona.

Laura
LauraPermalinkResponder

Olá! Comprei pacote com a CVC. Entrei em contato com a agência e eles ofereceram reembolso(sem data prevista) ou crédito na agência para a compra de qualquer outro pacote, com desconto de 10%. Porém, eu acho que isso tá errado! Não seria responsabilidade da cvc me colocar em outro voo e arcar com as despesas?????? "...responsabilidade solidária e objetiva, independente de culpa, pelos vícios de qualidade dos serviços ofertados ao consumidor final, ainda que a falta provenha dos preposto( respresentantes comerciais ou estabelecimento conveniados ou escolhidos por ela)" Alguém tá nessa situação e foi recolocado em outro voo sem qualquer custo?????

Frank (Dois Mapas)

Acho que se eles estão lhe reembolsando integralmente e ainda dando desconto de 10% em novo pacote, estão cumprindo com suas obrigações.

A responsabilidade solidária não é absoluta, nem ilimitada.

Laura
LauraPermalinkResponder

Eu não acho que estão cumprindo com as obrigações. A minha contratada é a CVC e não a PLUNA! Tudo é muito claro! A CVC exerce uma atividade que envolvem riscos, e ela tem que arcar com os tais. Além do que entra nessa história toda a minha mobilização pela viagem programada. Eu não quero o reembolso integral! Eu não quero 10 % , 20 % e nem 30% em outro pacote! Eu quero o serviço que eu comprei! Oq a gte faz com as roupas compradas para a viagem? Com as férias marcadas no trabalho? Com os compromissos adiados????

Tatiana frança

Ola pessoal. Tambem sou uma infeliz cliente pluna que voaria para as ferias programadas desde janeiro para Santiago nesta quarta dia11/07 com mais dois familiares.
Para quem ainda esta pagando parcelas das passagens no cartao de credito o ideal a se fazer é insistir com a operadora para cancelar o restante das parcelas. Eles orientam que um Email seja enviado relatando todo o caso. Nao deixem de fazer tudo o q for possivel para tentarem rever pelo menos parte do dinheiro.
Com a pluna estou tratando por telefone desde sabado com inumeras ligacoes. Eles nao possuem qualquer informacao e obviamente ficam enrolando. Hoje fui orientada por eles a enviar um email para um endereco relatando o caso tambem mas obviamente nao terei qualquer resposta como nao tive ate o momento.
Acredito que sera mto dificil o reembolso pois estamos falando de uma empresa falida, que nao existe mais.
Sinto mto por tds e pelas ferias frustadas como as minhas. Esperamos que pelo menos o governo tome provedidencias pelo seu povo que diariamente esta sendo roubado e agora por outros paises.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Espero que amanha eles deem uma satisfacao do que farao com as pessoas com embarques que ja passaram e das que teriam embarque nessa semana!

Ligia
LigiaPermalinkResponder

Nao entendo pq vcs estão falando que o pessoal da Pluna pediu dados bancários pois acabei de ligar na Pluna e o que eles falaram eh que estão reacomodando os passageiros do dia e que eu ligasse amanha para saber sobre o restante do mês que vai ser decidido somente amanha!!!!!!

Tatiana frança

Ligia,

Em qual numero vc ligou? Vc conseguiu remarcar o voo?

Ligia
LigiaPermalinkResponder

Liguei no número informado pela Pluna, porém hj já nao consegui mais!!! E estou percebendo que eles estão dando varias respostas, tudo mentira!!! Acho que vamos perder mesmo o dinheiro!!!

João Prospero

Tinha passagens compradas para agosto.
Comprei pelo Decolar há mais ou menos 1 mês - ontem, em contato com eles, nos foi informado de que o valor pago vai ser 100% reembolsado em 30 a 120 dias.
Atendimento bacana (apesar de ter demorado a atender), e informação dada com segurança - agora é torcer para que dê certo.

Ivana
IvanaPermalinkResponder

Olá, vamos ao relato da maior frustração em viagens de minha vida.
Comprei passagens para mim e mais 2 amigas pela Decolar para viajarmos nesta segunda (09). Fizemos toda a programação (por este site) reservamos jantares, passeios, visitas. Cheguei a ligar na Pluna para ver alguns detalhes e fui muito bem atendida. A noite estava no Facebook e vi o post do VnV... pronto, deu-se início ao inferno. Tentei durante toda a noite falar com a Pluna e só consegui isso por volta de 5h da manhã, me disseram que deveria esperar pois o voo ainda não havia sido cancelado (até então haviam passagens para ir de Gol, eu poderia comprar). Esperei o horário para falar com a Decolar, a atendente me aliviou, disse que ele me colocariam em outro voo, e que era melhor eu esperar o cancelamento da minha passagem pela Pluna, expliquei que no caso eu estava disposta a comprar as passagens da Gol, e depois ver o que dava para fazer... ela não recomendou e pediu para ligar por volta de 14h, pois bem, liguei e descobri que a única opção dada seria o reembolso, que será feito em forma de créditos no meu cartão dentro de 30 a 120 dias. O mesmo será feito com o hotel, que também comprei pela Decolar. Hoje uma outra amiga que também comprou passagem e hotel pela Decolar para o mesmo dia (íamos em 4 amigas) foi ao Pequenas Causas, entraremos sim com processo, tanto contra a Pluna, quanto provavelmente contra a Decolar. Danos MORAIS, SIM!! E danos materiais também! Não quero receber em forma de créditos o que já paguei, eu paguei a fatura em dinheiro, não quero receber 3 mil reais na fatura, pois isso obriga minhas outras amigas a ficarem amarradas comigo para a compra de outra passagem, ou outro pacote, ou outro o que quer que seja... Não ficarei esperando sentada, fiquei na sexta e precisei desfazer a minha mala, a qual passei 3 meses pensando em fazer!!!

Moacir
MoacirPermalinkResponder

Como você comprou pela Decolar, ela é responsável solidária pelo evento (afinal cobra taxas pelo serviço). Entre no processo junto ao Juizado Especial Cível contra a Decolar.

Airton
AirtonPermalinkResponder

Ivana,
Estou no mesmo barco que você. Minha passagem era para dia 15/07 e recebi três orientações diferentes da Decolar. Na última, após muito insistir, fiz o cancelamento das passagens com a promessa de receber em até 120 dias. Não concordo com esse tipo de retorno e queria mesmo era a viagem, pois foi o que planejei para minha família.
Fiz um rascunho de pedido de indenização e vou levar ao Juizado de Pequenas Causas. Vamos ver o que vai dar, mas, mesmo recebendo, nada diminui essa frustração de planejar por meses uma viagem e "dar com os burros n'água". Acredito que o governo Uruguaio deveria ter alertado as empresas sobre as condições da Pluna e ter cumprido com os últimos compromissos assumidos pela companhia. Não sei como fazer contra eles, mas é conivente com esse problema que estamos enfrentando.
Por fim, sugiro ser breve no ajuizamento da ação.

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Airton, a Pluna é uma companhia privada.

Sua sugestão seria o mesmo que dizer que, por exemplo, quando a Transbrasil quebrou o governo brasileiro deveria garantir as passagens dela.

Não sendo estatal, é uma questão privada, já que não vivemos em um país socialista - felizmente

Airton
AirtonPermalinkResponder

A.L., O Governo Uruguaio detinha um grande percentual do capital da Pluna. Apesar de privada, uma boa parte era do Estado. Independente disso, minha sugestão foi para entrar no juizado de pequenas causas. Eu entrei com o processo e minha audiência está marcada para o final de agosto. Vou postar aqui o resultado se houver a conciliação.
Ah, na época da TransBrasil eu havia comprado uma assinatura da revista Época que dava direito a uma passagem da TransBrasil para qq lugar do Brasil. Ela faliu antes de eu conseguir fazer a viagem, mas recebi um ressarcimento. Infelizmente não lembro o valor, mas não saí totalmente prejudicado.

Alexandre Cordeiro

Bom, comprei 3 passagens antecipadas para o dia 23 de novembro para o Chile, país este que estou indo eu e minha família morar.

Enfim, esta compra foi feita pela Submarino Viagens, meu primeiro passo foi contactar a operadora do meu cartão de crédito que é pelo Banco do Brasil bandeira Visa, a resposta que obtive foi que não tinham como me colocar em uma ocorrência, pois a situação é que o serviço ainda não havia sido prestado, mas pediram para eu entrar diretamente com o meu banco e assim o fiz, fizeram todas as perguntas necessárias e ficaram de me dar uma resposta através do meu gerente em 05 dias úteis, pois tentarão realizar o estorno dos pagamentos efetuados.

Mas amanhã estarei entrando em contato com a Submarino, pois a mesma também fez parte da intermediação e também é responsável para resolver a questão.

Enfim, depois disso entrarei no juizado para fechar com chave de ouro esta furada.

Espero que todos nós tenhamos sorte de sermos realocados, reembolsados ou indenizados.

Maria Leonor
Maria LeonorPermalinkResponder

Pessoal, deu hj no G1 de Porto Alegre que o Ministério do Turismo do Uruguai disponibilizou um endereço p duvidas e questionamentos. Eu ja mandei um e-mail e recebi a resposta que uma pessoa chamada Maria Clericci desse Ministerio, dizendo que meu pedido foi encaminhado para as autoridades. Vamos lá então, o endereço é: admdocumental@mintur.gub.uy
Boa sorte!

Cadu Biagioni
Cadu BiagioniPermalinkResponder

Infelizmente eu também comprei ! Tenho uma viagem marcada para dia 19/07/12; Comprei pela Decolar.com - Não sei como recuperar o meu dinheiro. Eu tento ligar e não obtenho respostas. Uma atendente (do decolar) simplesmente falou que não tem o que fazer, e nem sabia da falida Empresa.
E agora?

P.S: Já mandei o Email para o Uruguai que todo mundo já mandou.(imagina quantos emails ele recebeu?)

marcelo
marceloPermalinkResponder

Comprei para eu e familia (4) , passar as ferias, no dai 20 de julho. direto no site.
Estamos pedindo informações e orientações.Ate agora na companhia Pluna ( aeroporto de galeão )deram um endereco de email e telefone . Não preciso nem falar que o telefone ninguem atende e o email eu envieie até agora sem resposta. consultei uma advogada que disse que teremos que aguardar.Decretando falencia, não conseguiremos recuperar nada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar