Alô, hotéis: early check-in não é favor, é serviço

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Ficha de opinião, Castro's Park Hotel

#VnVBrasilMais do que  ninguém, eu sei que não se deve contar com a entrada no quarto do hotel antes do horário de início da diária (14h na maioria dos hotéis, 15h nos Estados Unidos). Já escrevi sobre isso neste post: 10 certezas que um viajante não deve ter.

Em viagens noturnas internacionais, eu recomendo até mesmo que se pague a diária desde o dia anterior, para que, ao chegar às 7 ou 8 da manhã no hotel, você tenha 100% de garantia de subir imediatamente ao quarto e descansar da noite inglória no avião.

Estou inclusive preparando um texto especial para os hóspedes de resorts, que são os que enfrentam os maiores problemas, devido ao check-out e check-in de grandes grupos. Nesse texto, ainda não-publicado, vou recomendar que viajem devidamente equipados e preparados para curtir as instalações do hotel durante o dia antes de entrar no quarto; assim evitam se aborrecer e deixar que o mau humor inicial estrague a estada inteira. (Se você deixa se transtornar por problemas de check-in, tende a achar defeito em tudo e não consegue aproveitar a viagem.)

Pois bem: ironicamente, um misto disso tudo aconteceu comigo neste sábado, em Goiânia. Eu vinha da cidade de Goiás e precisava estar em Goiânia antes do meio-dia para pegar roupa que tinha deixado numa lavanderia. Para não dar chabu, peguei o primeiro ônibus direto, e cheguei ao hotel Castro, o cinco estrelas da cidade, pouco depois das 9 da manhã. Mesmo sabendo que não seria garantido, eu presumia que subir ao quarto seria fácil: num sábado, um hotel business de uma cidade business só estaria lotado se houvesse uma convenção ou um festão.

Cheguei, e a sorridente recepcionista esperou eu terminar de preencher a ficha de hóspede para dizer: "O horário de check-in do hotel é 14 horas". Me preparei para pedir um jeitinho, quando ela continuou: "Mas por um pagamento de 50% da diária, o senhor pode fazer early check-in".

CUMA? Não deixar o hóspede subir com o hotel tendo quartos disponíveis e limpos já é um insulto. COBRAR por isso é um assalto! Nunca, em 30 anos de viagem, algum hotel já teve a cara de pau de tentar me extorquir early check-in. (Cobrar por late check-out é comum; mas early check-in? Jamais visto.)

Mas não me exaltei. Disse um não, obrigado. Então ela regateou: "Bom... a gente pode fazer por 25%".

Então aconteceu. O meu sangue FERVEU. E eu entrei naquele estado transtornado que eu tanto quero evitar no meu leitor hóspede de resort. Não, não fiz escândalo nem nada. Mas não consegui evitar que eu fosse tomado por um mau humor profundo e maligno. Tudo o que eu queria era sair dali correndo, mas a diária já estava pré-paga e eu precisava de todo modo visitar o hotel para o meu guia.

Respirei fundo, recusei e fui trabalhar ali no lobby, com a minha internet 3G. Mas o assunto early check-in (e a cara de pau de cobrar por ele) não saía da cabeça. Me lembrei de um amigo que trabalha em hotelaria, e a quem respeito muito, que me disse outro dia que é política de algumas redes não conceder early check-in nem quando há quartos disponíveis, para não acostumar o cliente (se ele ganha uma vez acha que vai ganhar sempre, e daí quando não ganhar a próxima vez fica com raiva do hotel).

Discordo. O hóspede esclarecido sabe que há situações em que o early check-in é possível, e situações em que não é. E para que o hóspede seja esclarecido, basta esclarecer ao hóspede.

O momento da chegada é o mais delicado de uma viagem. Uma má experiência pode comprometer toda a estada no hotel e a viagem inteira do cliente. Quando chegamos a um hotel, estamos chegando de um deslocamento que dificilmente terá sido agradável. Enquanto não vemos o quarto e não deixamos a nossa mala, é como se não tivéssemos chegado. Nesse momento, tudo o que um hotel puder fazer pelo cliente será mais do que bem-vindo. Mas se um hotel simplesmente se recusar a prestar a assistência que poderia dar (há claramente quartos disponíveis, mas a política de check-in é rígida), ganhará a antipatia imediata do hóspede. É o que eu chamo de early dislike. Reverter isso mais tarde vai sair muito mais caro.

Num hotel que se preze pelo bom serviço, existem três respostas possíveis ao hóspede que chega antes do horário do check-in:

1) - Nosso horário de check-in é às 14h, mas o senhor deu sorte, temos um quarto disponível e limpo, o senhor vai poder subir já.

2) - Nosso horário de check-in é às 14h, mas temos alguns quartos que estão sendo limpos neste momento; se o senhor quiser aguardar, acredito que em até xis minutos haverá um disponível.

3) - Nosso horário de check-in é às 14h, adoraríamos poder acomodá-lo antes disso, mas infelizmente há muitas saídas e chegadas simultâneas, e pode demorar bastante até um quarto estar limpo e disponível. O senhor vai querer mesmo esperar?

Pronto. Para administrar as alternativas 2) e 3) não é preciso mexer no sistema nem nada. A tecnologia é simples e pode ser aprendida num estágio numa pizzaria qualquer domingo à noite. O nome técnico é "fila de espera".

Como eu já disse, ter quartos disponíveis e não se esforçar para acomodar o cliente é negligência. Porque se o quarto está pronto o early check-in não custa nada ao hotel.

Cobrar pelo early check-in, então, é mesquinhez. Ao tentar me cobrar uma diária de 12 horas para ocupar um quarto por quatro horas, o hotel estava:

1) me vendendo uma mercadoria vencida -- a diária de ontem, que não teria mais como ser vendida;

ou

2) me vendendo de novo uma mercadoria que já tinha sido vendida -- o quarto que foi ocupado, pago, desocupado e limpo a tempo de gerar uma diária e meia arrancada ao primeiro incauto.

Mas o hotel não conseguiu apenas não me vender essa meia diária. Ao me propor esse negócio tacanho, o hotel acabou não me vendendo absolutamente nenhum extra. Porque me recusei a abrir o frigobar, a experimentar a famosa feijoada do sábado, a tomar drinks na piscina (ops, esse não teria dado para fazer de todo jeito, porque a piscina está fechada em manutenção). Preferi tomar água da torneira a ter algum rescaldo a pagar na saída.

Estava feliz da vida no check-out (ficar no hotel estava me fazendo mal). Mas quando a outra recepcionista fez a inocente pergunta, "Gostou da estadia?", eu quase surtei. Por uma bobagem: uma proposta indecorosa no check-in que me cegou para todas as qualidades que o hotel deve ter, e vai prejudicar para sempre o meu juízo sobre o lugar.

Leia mais:

209 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

RosaBsb
RosaBsbPermalink

Esse hotel que se diz 5 estrelas, não é assim nenhuma Brastemp...

zuzu
zuzuPermalink

Acho um absurdo check in as 16 horas, como agora há pouco no Royal Tulip, antigo Intercontinental, em Sao Conrado no Rio de Janeiro. O Fim!

Majô
MajôPermalink

Acho bem pertinente este post do Riq.
Qualquer viajante é sensível a uma cortesia, gentileza ou mimo. Claro que tem algum custo, mas o benefício que ganhará em troca, sob forma de fidelidade e boa propaganda é muito maior.
Citando um exemplo, estivemos inúmeras vêzes em Visconde de Mauá, hospedadas quase sempre numa pousada que nos cativou pela simpatia e gentileza dos donos. Ter early check-in para quarto vago que já está preparado para você, um café da manhã oferecido, chegando cansada de horas de viagem, garantiu fidelidade e boa propaganda da Pousada por anos. Em contrapartida, acho que o custo despendido destes mimos pela Pousada era insignificante. E, mais do que tudo nos tornamos amigos.
De um modo geral no Brasil, hoteleiros estão cobrando tarifas altíssimas e fora da realidade internacional. Oferecer early check-in quando possível, ou um upgrade de quarto é garantia certa de boa propaganda, mais eficiente que muita propaganda paga.
Se for fazer a conta na ponta do lápis, como já disseram acima, já sai inúmeras vêzes, antes do horário de check-out, portanto, o hotel economiza em conta de luz, telefone etc.
Para mim, é uma visão mesquinha.

Tania Pereyra
Tania PereyraPermalink

Bom dia,
Nossa que controversia sobre esse assunto. Eu tb sou turismologa e hoteleira e trabalho em hoteis (dos mais furrecos ate os mil estrelas) desde 1997. Em nenhum hotel que eu trabalhei em SP, Orlando e NYC se deixa o hospede esperando no lobby se tem quarto disponivel. Nao importa a categoria do hotel.
Claro que se quer garantia 100% eh melhor pagar, principalmente depois de voos longos, com idosos e criancas pequenas. Eu ja fui pra Washingotn DC com minha avo e paguei pelo early check in pq queria ter um quarto as 10 da manha.
Cortesia e gentileza cativa o cliente.
Acho correta a indignacao do Riq principalmente com esssa negociacao meia boca. Isso eh subestimar a inteligencia do cliente.
Abracos a todos trips.
Tania

Patricia Papp
Patricia PappPermalink

Cade o bom senso do mundo né?

Acho que hoteis de cadeias, super automatizados que cobrem por early check in ou check out e digam isto claramente em seus sites, resolvem a situação de uma maneira educada e prática.

Agora, um hotel 5 estrelas onde as pessoas não pensam e não tem bom senso perdem uma bela oportunidade .

Liliana
LilianaPermalink

Olha eu não acho que early check in de graça é favor, mas também não acho que é serviço. É uma gentileza, uma maneira de mostrar que o hotel se importa com você. E convenhamos que se você paga para ficar num hotel 5 estrelas, o mínimo que se espera é realmente um bom atendimento. Se o quarto está vazio, qual o problema? Gasto 0 e satisfação garantida do cliente!Isso está longe de ser um problema que só acontece no Brasil ou que ocorre com mais frequência por aí. Na Europa poucas vezes me deixaram fazer early check in. Falta também em muitos hoteis por ai, principalmente os de preços médios tipo B&B e pousadinhas, uma certa estrutura para quem chega antes como locker para guarda malas, um banheiro onde a pessoa consiga tomar banho, entretenimento, etc. Coisa que geralmente qualquer albergue fuleiro tem. Assim se não dá para fazer o early check in pelo menos a gente espera com dignidade!rs E depois dessa experiência do Riq com o hotel e com o roubo na rodoviária, fiquei pensando se esta expedição Brasil inclui ES. Se a resposta for sim, já começarei a rezar desde já. O atedimento capixaba é conhecidamente péssimo e a segurança também não é lá essas coisas.

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalink

Esse ano, cheguei em Lisboa destruída, junto com a minha avó de quase 80 anos. Nossa reserva era no Residencial Alegria, e chegamos lá pelas 8hs da manhã, sendo que o checkin era às 13hs, se não me engano. Mesmo com hotel lotado e uma grande diferença de horário, eles prontamente nos acomodaram no quarto, sem cobrar nada por isso - uma questão de delicadeza.
Ficamos muito impressionadas e felizes com a atitude tão gentil.
Era um hotel simples (mas MUITO bom), e durante o resto dos 30 dias que passamos na Europa, nenhum outro hotel nos deixou entrar no quarto antes do horário do checkin.

s.pessoa
s.pessoaPermalink

Riq,
este é um daqueles casos que vc devolveu na lata.
Valeu muito mais que qualquer resenha do "tripadvisor" e servirá de aviso para que outros não tentem instalar essa prática abusiva.

PS> Quem será essa atendente desavisada que não reconheceu o comandante? Vc estava disfarçado?

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

E o contrário é sempre tão verdadeiro, né? Nos apaixonamos por hotéis gentis: eu fiz uma viagem para Lisboa em 2010 com minha filha de então 2,5 anos e minha mãe (uma senhora), e eu estava grávida de 6 meses. Tinha uma reserva para a data da chegada no hotel Altis, mas meu voo chegava em Lisboa 6h da manhã e o check in era às 14h. Estava cogitando seriamente pagar por uma diária a mais e reservar o dia anterior, porém resolvi mandar um email pro hotel explicando a situação. Eles me responderam que teriam sim um quarto esperando por mim no horário que eu chegasse ao hotel. Por nenhum custo adicional.
Me ganharam pra sempre. Recomendo a rede para todos que vão a Lisboa e não tenho dúvida que repetirei a dose em outras viagens.

Ali
AliPermalink

Eu adoro o Altis.

Olavo de Castro Machado Araújo

Caro, Sr. Ricardo Freire

O Castro's Park Hotel é reconhecido pelo serviço e acolhimento prestados aos hóspedes. Realmente a forma de abordagem e tratamento oferecido foi o contrário do que usualmente servimos.

Lamentamos a forma que foi tratado, pois cobramos 50% para early check in antes das 8h da manhã e 25% para as entradas entre 8h e 10h. Após esse horário, se tivermos disponibilidade, é uma cortesia para os hóspedes. Quando acontece a cobrança dessa taxa, oferecemos o café da manhã, além do que tem direito no dia posterior, como um serviço adicional.

Vimos que teve que aguardar um longo tempo para entrar no apartamento e sabendo que nossa abordagem foi errônea, estamos revendo nossos treinamentos com toda equipe da recepção.

Agradecemos a oportunidade de melhoria e já estamos revendo a cobrança da taxa de early check in. Assim como já fizemos com a internet, que hoje é gratuita em todas as áreas do hotel.

Olavo de Castro Machado Araújo
Gerente Geral

s.pessoa
s.pessoaPermalink

"tá lá o corpo estendido no chão..."

A fala prova que oficialmente a prática existe no hotel,
e só existe lamentação pela "abordagem errônea".

Treinamento da equipe é absolutamente necessário, mas agora não seria o caso de rever também a política?

alex serpa
alex serpaPermalink

Sr. Olavo, a prática de cobrança por early check in é, no mínimo, mesquinha. Se isso ocorresse comigo iria imaginar que o hotel está falido e precisando recorrer, desesperadamente, a qualquer artifício para pagar suas contas. É uma verdadeira prática suicida, que não funciona para o tipo de hóspedes para o qual seu hotel se destina. Lamentável, sendo que seu esclarecimento em nada resolve a situação, pelo contrário, institucionaliza essa prática deplorável.

Ana Maria
Ana MariaPermalink

Em breve, a diária vai ser de 12 horas. O check-in está cada vez mais tarde e o check-out mais cedo.
Além do mais, os hotéis acham que estão fazendo um grande FAVOR ao hospedar um cliente. Não entendem isto como prestação de serviço e nem se preocupam em conquistar o cliente.

val
valPermalink

Sempre evito pré-pagamento, tento sempre pagar no check out!
viraria as costas no ato!

Camila
CamilaPermalink

Já fiquei várias vezes nesse hotel. Pelos últimos seis ou sete anos tenho ido a Goiânia umas quatro ou cinco vezes ao ano. SEMPRE cobram meu early check in. Geralmente chego cedo (entre 9:00, 9:30), e meus compromissos na cidade começam às 13:00h. Então, quando estou muito cansada ou precisando de tempo para me arrumar, acabo pagando, mas me sinto lesada.
Por esse motivo tenho procurado ficar em outros hotéis. Em maio vi um Mercure recém inaugurado do outro lado da avenida, e penso que será minha próxima tentativa.

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Escolheu o "pior" hotel da Grande Goiânia..., da próxima vez prefira visitar o Zoo da cidade ao ficar no Castro's hahah

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Early dislike. Totalmente.

Dionísio
DionísioPermalink

No Il Campanario de Jurerê, cheguei às 9 da manhã, não tinha quarto disponível ainda, me deixaram tomar café da manhã incluso na diária, usar as instalações do hotel e, assim que um quarto ficou pronto, me deixaram ocupá-lo, lá pelas 11 horas. Parabéns!

Natália M Gastão - Ziga da Zuca

Realmente a primeira impressão é a que fica, ou a que é mais difícil de tirar. Concordo que ela pode comprometer todo o resto da estadia. Pecaram feio!
Total early dislike!

Adolfo
AdolfoPermalink

A sucessão de problemas e trapalhadas aqui poderiam ser facilmente resolvidas e evitadas se :

- o hotel deixasse claro no processo de reserva que o early checkin é cobrado.
- o hotel desse um treinamento mais adequado e HUMANO para os seus funcionários. Para as respostas que o Riq recebeu, seria melhor fazer o checkin numa máquina.
- o hotel permitisse a flexibilização de algumas regras, em nome da CORTESIA. O hotel é 5 estrelas (pelo menos se gaba de o ser), não a estalagem do Zé Caolho.

Infelizmente isto ocorre com mais frequência do que parece. Falta pessoal qualificado, falta mais sensibilidade, falta concorrência, falta competência...

Michele
MichelePermalink

Meu namorado teve uma experencia otima no Ibis Piazza Bologna em Roma. Não só deixaram ele entrar as 07 da manha como deram um upgrade. Na frase do atendente o obvio: "Sr, eu não tenho razão alguma para não liberar um quarto que já está disponível". Nota 10!
A unica vez que paguei pelo early check-in foi no EasyHotel em Berlim mas ali estava mais do que avisada e com os pequenos preços das diárias e o perfil do hotel pagar pelo check-in antecipado não dá dor de cabeça.

Viajante Oficial
Viajante OficialPermalink

Em Goiania eu sempre fico no Hotel Serras de Goyaz
na Av T 3, 2240, Setor Bueno.
http://www.hotelserrasdegoyaz.com.br

"Infinitamente" melhor do que o castros.

mario
marioPermalink

Será que esse hotel dá desconto quando saímos mais cedo?
Deveria dar, pois está cobrando do próximo hóspede...

Viajante Oficial
Viajante OficialPermalink

Cheguei no Comfort Nova Paulista da Rua Vergueiro, 2740 - Vila Mariana São Paulo, por volta das 10 horas da manhã E ME COBRARAM UMA DIARIA PARA ENTRAR. Só que tres dias depois SAI DO HOTEL AS 2 DA MADRUGA já que ia embarcar em Cumbica E NEM ASSIM TIVE DESCONTO. A-B-S-U-R-D-O.

NUNCA MAIS VOLTEI LÁ.
E NEM VOLTAREI.

Henrique
HenriquePermalink

Viajante Oficial, reservei o Comfort de Fortaleza (indicação da Bóia) para um fds prolongado em outubro e para minha surpresa a agente de reservas do próprio hotel disponibilizou o late check out até as 14 horas sem custo, sendo que eu já estava disposto a pagar 1/2 diaria para ficar até as 15h ( meu voo será as 17.30 ).
Como consequencia de tal atitude, meu sócio e família irão ficar em outro hotel da rede no feriado de 7 de setembro e eu passei a indicar o site deles para consulta uma vez que eles têm várias promoções interessantes, além da cortesia com a qual fui atendido ...
Simples assim ...

Viajante Oficial
Viajante OficialPermalink

Beleza. Comigo foi diferente.
Quem sabe a atitude deles foi em função de reclamações, inclusive a minha ? MAS MESMO ASSIM NÃO VOLTEI LÁ
E NÃO VOLTAREI.

Henrique
HenriquePermalink

Você têm razáo, se fosse comigo também não voltaria. Mostra como uma atitude mesquinha faz o hotel faz perder um cliente e difundir feedback negativo aos quatro ventos ...

Cristina
CristinaPermalink

Nossa, esse post bombou. Concordo com o Riq e com o Adolfo que reforçou o treinamento dos humanos. O hotel já veio até aqui...mas acho que para rever essa imagem, tem que investir muito (retorno do investimento negativo do treinamento mal feito, acredito).
Eu gostei muito em Cuzco do horário do check-in. Os voos chegam cedo, logo o check-in é as 10:30. Passando mal com a altitude é o mais sábio. É claro que foi doloroso sair as 8:30 do quarto no check-out, para nós foi praticamente um esforço sobre humano rs, mas prefiro! Ainda bem que minha próxima ida a Europa chego as 15:45!

Bárbara
BárbaraPermalink

Acho mesmo que esse pessoal do hotel deve estar muito arrependido. Não tinha ideia de "com quem estavam falando".
Espero que sirva de exemplo para que este e outros hoteis valorizem a cortesia. Nada melhor do que um boca a boca para fazer o nome de um hotel. Ainda mais hoje em dia, com a internet e sua rapidez. Um hóspede mal tratado pode dar muito trabalho!

jussara
jussaraPermalink

O errado é que pagamos por 24 hs.

Daniela
DanielaPermalink

Adorei o Post! PERFEITO
O Hotel Costão do Santinho em Florianópolis me fez a mesma proposta quando perguntei por telefone se haveria possibilidade de deixar a mala mais cedo no quarto pois estava chegando cedo para um evento; e minha diária começaria as 15hrs (!!!). Disse que eu poderia pagar meia-diária para entrar mais cedo no quarto. Eu disse então que não queria lógico! De fato é insultante receber uma prosposta dessa!
Mas....felizmente, quando cheguei no hotel pela manhã e já me preparava para deixar a mala na recepção, o rapaz que me atendeu disse que o quarto já estava liberado....Meu humor ficou muito melhor depois disso.
Sinceramente é muita mesquinhez mesmo! Se paga o olho da cara por uma diária! O mínimo que eles podem fazer é agradar o cliente com algumas gentilezas (quando possível)

Daniela
DanielaPermalink

Agora, vou deixar meu elogio para os hotéis IBIS de Buenos Aires. Chegamos as 8 da manhã no IBIS Congresso, e perguntei se poderíamos entrar mais cedo. A recepcionista procurou um quarto e me perguntou se poderia ser no andar de fumantes, pois era o único andar com quartos disponíveis no momento. Eu disse que sim e subimos imediatamente. Que sirva de exemplo!

Fernanda
FernandaPermalink

Olá, Riq! Muito assertivo seu desabafo! E veio a calhar com uma dúvida da minha próxima viagem, em outubro, para a qual seu site tem me ajudado imensamente. Chego em Zurique, umas onze da noite. O único dia que não reservei hotel foi para o dia da chegada porque não sei o que fazer. Minha base, seguindo suas orientações, será Lucerna, inclusive reservei cinco noites naquele Étap próximo à estação que você se hospedou e indicou (pra você ver como o pessoal do Castro marcou bobeira, você tem uma legião de fãs que aguardam ansiosamente o relato de suas experiências para seguir cegamente!) Não sei se vou direto pra lá e arrisco um early check in ou uma meia diária OU se durmo em Zurique. Do que você sentiu quando lá esteve, daria para arriscar? Um grande abraço! Até a viagem entrarei aqui todo dia, depois páro só quando viajo, porque daí chego e começo a literalmente "Viajar na (próxima) Viagem". Obrigada, sempre!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernanda! Quem responde é A Bóia.

Chegando às onze da noite, o melhor é dormir em Zurique mesmo e partir no dia seguinte para Lucerna. Avise o hotel que você vai chegar tarde para que eles não repassem seu quarto a outro (é praxe quando se chega depois das 18h).

Fernanda
FernandaPermalink

Olá, Boia! O que você acha de aproveitarmos essa "janela" na chegada e irmos direto de Zurique para Interlaken? Reservaria uma hotel em Interlaken para tomar banho, dormir, tomar café e já fazer o passeio ao Top of Europe, seguindo para Lucerna depois. Tive essa ideia, que inclusive pode não ser boa (rsrs), porque todos os demais dias já temos reservas em Lucerna, o que implicaria necessariamente em um bate e volta de 2h ida e 2h volta para conhecer o Top of Europe. Se a ideia for viável, que horas devemos estar em Interlaken Ost para aproveitarmos o passeio todo ainda com dia claro (só lembrando o período é outubro). Obrigada! Abraço!

Fernanda
FernandaPermalink

Boia, eu de novo! rs Só complementando rapidinho, que horas eu deveria sair de Interlaken Ost para fazer o passeio completo ao Top of Europe parando em Grindenwald ou Lauterbrunnen (qual você recomendaria? seria interessante almoçar em alguma delas e depois seguir viagem?). Outra vantagem que achei para esse pernoite em Interlaken é poder ir de lá até Lucerna pela Golden Pass Line. Agradeço mais uma vez!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernanda! Preciso pedir um favor a você! Para que essas perguntas e as devidas respostas fiquem armazenadas no post correto, por favor, coloque em um post pertinente ao assunto:
https://www.viajenaviagem.com/category/suica/

Assim mantemos o site organizado e ajudamos outros leitores.
Obrigada!

Fernanda
FernandaPermalink

Opa, é pra já! Na empolgação me esqueci que não estava no post específico...rs

Cristiano
CristianoPermalink

É uma péssima propaganda. Passarei o feriado de 7 de setembro de Goiânia e precisarei de um early check-in (chego com uma criança de 4 anos às 9 da matina). Já sei onde não ficar, o Castro está cortado da lista. Ano passado, em Viena, aconteceu exatamente o oposto. Cheguei ao hotel ainda mais cedo, às 8 da manhã. Não só me encaminharam diretamente para o quarto como me trataram com extrema simpatia, com direito a um café cortesia e um bichinho de pelúcia para enfeitar a cama do meu filho. Resultado: fiz questão de espalhar ótimos reviews do hotel em todos os sites que conheço.

Majô
MajôPermalink

Me lembrei que em Palermo na Sicilia, vindo de carro de Taormina, chegamos no Ucciardhome Hotel, antes do horário do check-in. Imediatamente nos levaram para um quarto que ainda não era o nosso que ainda não estava liberado, sem que pedíssemos nada. Depois, nem quisemos mudar para o outro quarto que era em andar mais alto. Isto é tratar o hóspede de maneira gentil.
Só tenho boas lembranças deste hotel, e recomendo a qualquer pessoa que esteja em Palermo.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Majô,
Me lembro bem dessa linda viagem que você fez à Sicília smile

Estou aqui puxando pela memória para ver se me lembro de algum perrengue no check-in, mas não vem nada. Acho que vou ter que consultar o blog!

Majô
MajôPermalink

Lú, maravilhosa a viagem do princípio ao fim, vontade de voltar smile

Cris
CrisPermalink

Olha, existem outras situações relativas a hotéis e reservas que deixam a pessoa desgostosa antes mesmo de começar a viagem. O post é sobre early check-in, mas gostaria de relatar uma prática que eu considero muito antipática por parte de alguns hotéis, especialmente internacionais. Aconteceu outra vez comigo ontem:

Eu fiz uma reserva no próprio site de um hotel em Paris, e escolhi a tarifa flexível, sem pagamento antecipado e com cancelamento gratuito, para seis noites em fevereiro de 2013. Eu escolhi a tarifa flexível justamente porque eu posso querer trocar de hotel, pois estou esperando abrir as datas para o hotel que eu realmente quero reservar. Ou seja, eu fiz a reserva como plano B, para aproveitar um bom preço e na hipótese do hotel de primeira escolha nao tiver vagas disponíveis, ou os precos serem muito absurdos. Eu sou MUITO cuidadosa antes de fechar qualquer reserva de hotel pela internet e leio todos os termos de condições e serviços.

Pois bem, eu havia lido TUDO e o site era muito EXPLÍCITO no sentido de que NADA seria debitado no cartão de crédito e que o valor total da reserva deveria ser pago apenas no momento do check-in. Encerrei a reserva, e recebi de imediato a confirmação. Mas uma hora mais tarde, eu recebi uma segunda confirmação e, desconfiada, resolvi checar o extrato do meu cartão e PIMBA, lá já estava descontado valor de 186,00 Euros relativos à primeira diária do quarto triplo reservado.

Isso me deixa MUITO desgostosa, porque a propaganda é que por ser tarifa flexível, nada será descontado, e ainda assim eles descontam a primeira noite como "pré autorização" . Meu sangue também ferveu, mas imediatamente eu escrevi um email bem gentil, em francês, pedindo esclarecimentos sobre o débito.

A RESPOSTA: no momento da reserva, o hotel sempre pré autoriza o cartão de crédito, mesmo para tarifas flexíveis com cancelamento grAtuito e pagamento apenas no check-in, e MANTÉM a pré autorização até o check-out, quando somente então a pré autorização é levantada, para zerar o saldo a favor do cliente! Como assim? Como assim? Isso é sim pagamento antecipado!!! Totalmente ao contrário do que diz a política de reserva da tarifa escolhida!

Peguei antipatia pelo hotel. A pessoa que me respondeu me informou que, apenas no meu caso, como se trata de uma reserva para fevereiro de 2013, o hotel vai levantar a pré autorização dentro de um mês...

Vocês já sabem o que eu vou fazer, né? Vou esperar esse mês até me liberarem a maldita pré autorização, e depois vou cancelar a reserva. Nesse hotel, eu não fico, mesmo que tenha sido totalmente renovado agora em 2012!

P.S.: eu não me oponho à política de pré autorização de cartões de crédito pelo hotel, desde que isso esteja explicitamente informado no momento da reserva, inclusive o montante a ser pré autorizado e o tempo em que a pré autorização vai ser mantida. Já reservei muitos hotéis com pré autorização, mas sempre informada no momento da reserva. E nunca foi no valor integral da primeira noite: em um foi 2,50 Euros e houve um inclusive que pré autorizou a quantia de 0,01 Euros (um centavo). E desbloqueou 10 minutos depois!

Abs,

Cris

A. L.
A. L.Permalink

Cris, às vezes pré-autorizações internacionais dão chabu.

Teoricamente, a pré-autorização não lança uma compra na fatura, ela apenas bloqueia o limite de gastos no seu cartão, garantindo que o fornecedor poderá debitar o valor se necessário.

Mas não sei por quê frequentemente em compras internacionais o que é pré-autorização vira uma compra a ser compensada depois.

Cris
CrisPermalink

É, A.L., dão chabu, sim. Mas olha, já reservei diversos hotéis e a prática é bem bizarra mesmo. Tipo, alguns fazem a pré autorização já avisando que vao fazer, outros não fazem, e os piores, aqueles que dizem que não vão debitar nada e vão lá, sem qualquer aviso, fazendo a tal pré autorização.

Mas o que me deixa fula da vida é quando dizem que não vão debitar nada, e deibitam sem aviso, hehehe, como esse aí.

Na verdade, não me atrapalha em nada a pré autorização, porque tendo saldo, haha, depois o valor é levantado ou compensado no check-out. O que me irrita é o site do hotel não informar com clareza como é feita a reserva com o cartão de crédito como garantia (se vão ou não pré autorizar, quanto, por quanto tempo). Tipo, acho bem enjoadinho e "indelicado" dizer que nada será cobrado e lançarem a maldita, kkk

Acaba sendo uma loteria, na verdade, e você só descobre se resolve dar uma checada no extrato alguns dias depois, hehe

Eunice
EunicePermalink

Gostei muito do post, Riq. A única lei que parece ter pegado nesse país é a do Gerson: levar vantagem em tudo.

Renata R.
Renata R.Permalink

Adorei o post. Partilho da mesma opiniao. Agora, se o tal hotel ja nao andava bem das pernas, agora e que afunda mesmo!

Rodrigo Barneche
Rodrigo BarnechePermalink

Que findi complicado foi esse hein! Lamentáveis os ocorridos no hotel e na rodoviária. Que venham dias melhores para o giro do #VnVBrasil

Rogéria
RogériaPermalink

O conceito de diária realmente anda bastante estranho... O check-in agora é às 15h, o check-out às 11h. Nos sobram 20h de uma diária teoricamente de 24h. E ainda nos cobram por early check-in.
Uma gentileza ao turista cansado da viagem não custa nada e vale muito.

Henrique
HenriquePermalink

O Radisson Martinique em NY ainda cobra para guardar as malas, acho que paguei USS 2,00 por volume . Achei o cúmulo, pois a diaria já não e barata, ainda precisa fazer uns trocados no maleiro. Paguei na entrada e na saída , ridículo !

Majô
MajôPermalink

Curiosa a mentalidade dos donos de hotéis brasileiros. Wifi free hoje em dia, não é um plus em hotel 5 estrelas, para mim é default para qualquer hotel nos dias de hoje, seja de 3, 4 ou 5 estrelas.
No ano passado, na conVnCenção em NY me hospedei em hotel 3 estrelas que tinha não só wifi no quarto, como dock para iPod.
Donos de hotéis brasucas, além de acordar para as tarifas altíssimas que cobram, precisam passar uma temporada nos hotéis argentinos, pelo menos.
Sai mais barato viajar para Europa do que fazer turismo no Brasil.

Camila Torres - Colecionando Imãs

Ai ai ai ... Senhor Castros, agora com Mercure em frente, deve melhorar os seus serviços hein ! Tem concorrência !

Ô Riq, perdão, eu devia ter pedido pros meus sogros irem aí te buscar... Eles moram atrás do Castros e com certeza teriam te tratado melhor smile

Livia Mochileira
Livia MochileiraPermalink

Até hoje TODOS os hostels que eu hospedei tinham wifi gratis e a maioria ainda tem computadores pros hospedes, isso de graça!!! E olha que eu to falando de hostel, normalmente mto mais baratos que hoteis!

lissandro almeida
lissandro almeidaPermalink

Não sei porque tanta indignação com o hotel, façam a comparação com uma compahia aérea, chegem ao aeroporto 5 horas antes do voo e peçam pra lhe colocar em outro voo mais cedo e que tenha lugar disponível. Já me aconteceu várias vezes e sempre quizeram me cobrar tx de alteração e diferença tarifária(qualquer tarifa no dia do voo vai ser mais cara da que eu paguei com antecedencia), pela lógica de vcs essa cobrança seria errado pois o voo vai sair com lugares vazios e a compahia não teria custo nenhum em me colocar em outro voo mais cedo.

Rafael
RafaelPermalink

Essa questão de cobrar pelo early check-in é uma via de duplo sentido.
Enquanto eu concordo com a maior parte do post, se a quantia a ser cobrada for relativamente módica, não vejo problemas. Mas fica aquela impressão de que o hotel está tentando sugar o bolso do hóspede. E essa impressão é difícil de tirar.

Comigo aconteceu esta situação no easyHotel em Amsterdam. Reservado e já pago. Por ser de um grupo da easyJet (low-cost europeia) já imaginava o porvir e tinha lido sobre as "particularidade$" da rede.
Tudo é cobrado: toalhas extras (€ 1 cada), limpeza do quarto (não fazem isso durante a sua estadia se não pagar € 15), internet, TV etc. Claro que o early check-in é cobrado, sendo de € 7,50. Como o valor era baixo, já sabia disto e ainda tinha mais três horas para esperar, paguei. Digamos que por € 2,50 a hora está razoável.

Mas que nunca mais voltarei àquele hotel (e provavelmente a mais nenhum outro easyHotel, só se não houver opções) é um fato. Este e alguns outros fatores contribuíram para a minha decisão.

Abs.,

Eliane de Oliveira
Eliane de OliveiraPermalink

Excelente post!

Lore
LorePermalink

Semana passada quando cheguei muito cedo no The Mirror em Barcelona tinha reserva para 2 quartos, eles ofereceram sem eu pedir um quarto que já estava disponível para todos subirem e deixarem as malas, tomar banho, etc., e liberaram o 2º quarto também 2 horas antes do check-in, óbvio que me ganharam.

ana
anaPermalink

Estive em Buenos Aires em julho e me hospedei no Art Hotel, na Recoleta. Nosso voo chegava no início da manhã, e fomos no hotel deixar as malas, momento em que fui informada que havia um quarto disponível e que poderíamos fazer o check in sem nenhum custo adicional. O outro quarto reservado estava ocupado. Achei o tratamento profissional e cordial, razão pela qual recomendo o hotel. Cobrar pelo check in com quarto disponível é o fim! A evitar hotel que tem esta prática.

Renata
RenataPermalink

Ótimo post. Acabei de voltar de viagem para o Canadá e me deparei com isso, mas nos dois hotéis (Hilton Bonaventure em Montreal e Cambridge Suites Hotel) em que fiquei hospedada, não tive problemas em entrar antes do horário, pois os quartos estavam disponíveis. No hotel que fiquei em Toronto, eu havia solicitado um late check-out para o dia da saída, logo que cheguei, me falaram que não haveria problema, em ficar até mais tarde, sendo que até as 15h seria cortesia e se fosse até as 18h, meia diária. Como meu vôo era só 23:50, optei por sair as 18h, pagando a meia diária. Só que no dia que eu fui sair, quando fui confirmar, descobri que o hotel estava lotado e que não poderia ficar até mais tarde, e expliquei que já havia combinado na chegada. Bem, eles me ofereceram para guardar as malas, e fornecer uma chave que dava acesso a um local com banheiro, chuveiro, toalhas, sabonete, shampoo onde eu poderia tomar um banho e trocar de roupa - achei ok, eles contornaram o problema...O hotel de Toronto é ótimo, o wi-fi é de graça e bom e o serviço muito atencioso, além da localização ser ótima! Nesta mesma viagem também consegui ser acomodada em um vôo mais cedo entre Montreal e Toronto, sem problemas, pela Air Canada.

Tarciane Almeida
Tarciane AlmeidaPermalink

Trabalho em um hotel e lá também cobramos o early check-in. Sempre deixamos avisado no momento da reserva, que há cobrança para entrada antes das 12h, de meia diária. E mesmo assim, se algum hóspede chegar às 10h, deixamos como cortesia! Só não cobramos aos fins de semana e feriados.

Quando o hotel que trabalho está cheio e sabemos que tem early check-in na noite seguinte, as camareiras chegam mais cedo para que a limpeza seja ainda mais rápida e eficiente. Aí que concordo com a cobrança mesmo!!
É claro que também concordo que se não houvesse cobrança seria um mimo a mais para o hóspede -- mas aí acho que vai de hotel para hotel...
Sei de hoteis que, para conseguir o early check in o hóspede deve avisar pelo menos um dia antes e ele só vai conseguir o early a partir das 9h, com cobrança.

Gostei do post! grin

Tarciane Almeida
Tarciane AlmeidaPermalink

Ah, esqueci de falar! Eu não sei quanto aos outros países, mas a cobrança do early check in é mais comum do que muita gente pensa... E alguns hotéis abrem exceção por tipo de hóspede, tempo de hospedagem, se a empresa é muito importante ao hotel (no caso de business).

renata
renataPermalink

Comandante

Engraçado, parece que em Portugal a gente sempre é bem tratado.
Foi dos poucos lugares em que me deixaram entrar mais cedo no quarto e ganhei upgrade.

Na Australia, em Melbourne, ao chegar as 9h a recepcionista se desculpou por nao ter quarto disponivel, entregou um vale para coquetéis e depois de quinze minutos me informou que o quarto já estava disponivel.
SEM NENHUM CUSTO.

Realmente, o early check in pode ser um ótimo instrumento de marketing.

Ila Fox
Ila FoxPermalink

Curioso que uns anos atrás a gente conseguia early check-in com certa facilidade… não sei se está rolando uma regra nova entre as redes hoteleiras, mas percebi que está cada vez mais difícil garantir um quarto antes do horário.

A ultima vez foi no Ritz e no Mercure do Leblon… chegamos as 7 da manhã (acordados desde as 3:30), na esperança de algumas horas de sono antes de sair para um evento… No dia da reserva perguntei sobre possibilidade de early check-in e disseram que dependeria da disponibilidade de quartos. Ok. Mas qual foi minha surpresa ao ver que alguns hospedes faziam check-out e NADA do nosso quarto ser liberado? a canseira era tanta que nós até pagaríamos por esta meia reserva, mas eles estavam inflexíveis… chegamos as 7 e só conseguimos um quarto às 11:30, exaustos e mau humorados com o tratamento.

Na recepção também tinha uma mulher com seus pais idosos de 80 anos que estavam tão cansados quanto a gente.

Não entendi o hotel. Era claro que estavam com quartos livres e obviamente já limpos, mas pq não liberaram, mesmo com um custo? minha vontade é de não pisar mais lá.

BiaLut
BiaLutPermalink

Sempre que vou chegar antes do horário do check-in, verifico se o hotel tem sala de bagagem. Para turistar, tá valendo o perrenguezinho.
Mas quero comentar o que aconteceu em Barcelona, no Hotel Next To. Chegamos cedo, umas 4h antes, não tinha quarto disponível. Guardaram nossas malas, ofereceram banheiro e um terraço para descanso. Optamos por ir comer e depois dar uma volta. Depois de comer, passamos perto do hotel, e a recepcionista veio correndo até a porta pra nos chamar pq o quarto estava liberado. A camareira foi avisada e aprontou o nosso quarto antes.
Poderia não me encantar pelo hotel? Recomendo demais!

Marcio
MarcioPermalink

Li o comment do Lissandro e me fez pensar...tb nos faz olhar o outro lado da moeda.