#Linkódromo | Maria Célia ensina a usar o Priceline

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Priceline

Você já comprou hotel no escuro? Existem dois sites que vendem quartos de hotel sem que você tenha certeza de antemão onde vai se hospedar: o Hotwire e o Priceline.

O mais agressivo desses sites é o Priceline, onde você pode fazer lances pela sua diária.

Eu nunca usei nenhum dos dois sites. Mas quando quiser usar o Priceline, já sei onde me informar: a Maria Célia publicou um passo a passo completíssimo para iniciantes no Enquanto não sou rica.

(Sim, a Maria Célia é a mesma das superdicas de Orlando selecionadas neste post aqui.)

Está tudo : como fazer os lances, onde pesquisar as dicas, como fazer seu cadastro com endereço americano.

Favorite e use!

E você? Tem boas experiências com compras no escuro? Ou já se decepcionou alguma vez? Contaí!


Leia:

Hotéis com desconto:  Priceline passo a passo, no Enquanto não sou rica

Orlando: um guia completo com 60 dicas selecionadas

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


56 comentários

Anderson
AndersonPermalinkResponder

Tive ótimas experiências em uma viagem que fiz pro Canadá. Peguei hotéis super bem localizados em Montreal e Toronto (os dois Sheraton downtown) e um Best Western bonzinho em Quebec (que é mais cara pra se hospedar mesmo). Não paguei mais de 100 dólares em nenhum caso. E nos dois Sheraton ganhei upgrade. Funciona para quem quer economizar e garantir o conforto e a localização, porém é preciso ter critério nos filtros. Eu, particularmente, acho divertido.

Anita
AnitaPermalinkResponder

Eu só tive boas experiências com o Hotwire. Na minha opinião, ele funciona melhor em cidades onde a hospedagem é cara e com pouca antecedência (1 semana/10 dias). Em Veneza ficamos em um ótimo hotel - Residenza Cannaregio - por 57 dólares. Meu quarto tinha dois andares, o café da manhã era muito farto, a região era bem "local", sem muitos turistas, o Concierge e o bar do hotel também eram bons.

Já o Priceline tentei usar para Miami, meus lances não foram aceitos e se eu amentasse, seria melhor reservar direto com o hotel, já sabendo qual era. Foi o que fiz.

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Putz, sou meio encanado com hotel.
Não consigo entender a idéia de comprar no escuro, mas vou dar uma olhada. De repente.

henrique
henriquePermalinkResponder

já fiz 2x no Expedia americano (uma pra 1 noite em Seattle ano passado, arrumei um hotel incrível, e uma pra Berlim em 2010, também bacana). Mês passado fui de Hotwire pra 2 noites em San Francisco e consegui um quarto bem legal no Le Meridien, achei a experiência mais fácil para comprar.
E mês que vem vou de novo pra Berlim (férias, finalmente!) e já arrumei uma oferta bacana de novo no Hotwire (+ barato que o Venere, com preços em Euro!)

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Eu não usaria Hotwire não. É algo pessoal, o receio de que algo pode dar errado. No blog do Christopher Elliott (www.elliott.org), o famoso "travel troubleshooter" que já teve até programa quinzenal na CNN, Hotwire e Priceline é o que dá mais problema com hotel, principalmente nos Estados Unidos e suas taxas não inclusas como "resort fee", "tourist commission fee" e outras tantas que podem ou não estar inclusas, a barra forçada das "4 estrelas" que são só 3 na prática etc.

Diana
DianaPermalinkResponder

Usei o Priceline mais de uma vez e não me arrependi... É preciso ser cauteloso com os critérios escolhidos e pesquisar a respeito da localização. Sem "abrir" muito o leque de possibilidades na hora de dar o lance, não é arriscado.

Ernesto, o pato

Sempre usei o Hotwire e recomendo 100%. Nossas diarias sempre foram bem menores que de outros turistas. A dica que dou e consultar os forum hotwirereveled.com onde voce tem boas chances de acertar o Hotel. A dica é sempre pegar hotel pelo menos 3 estrelas, os abaixo disto podem ser baratos, mas ruins.

Recomendo também dar uma conferida no Agoda.com. A promoção que peguei em Las Vegas foi melhor do que o Hotwire, pois dos 150 dolares que paguei no Aria, 100 voltam sob a forma de vale comida no Hotel.

O Hotwire tem o problema de funcionar apenas em poucas Cidades fora dos EUA,e é excelente em baixa temporada, com pouca antecedencia.

Ernesto, o pato

Concordo com o que foi dito quanto a localização, e acho interessante pegar hoteis com 80/90 % de aprovação.

Particularmente ja usei o Hotwire pelo menos 30 vezes, e sempre sai satisfeito. Uma vez errei a data, e fui muito bem atendido quando pedi a troca das datas para a correta, o único porém foi ser uma ligação internacional.

Ernesto, o pato

E, quando o Euro estava a 1,50 1,60 dolar, os preços na Europa eram cotados em dolar, o que acabava sendo uma ótima economia.

val
valPermalinkResponder

hotwire,priceline e banheiro compartilhado não é pra mim!!! tenho medo de escuro..hahaha

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Uau!!! Não posso expressar a alegria que senti ao abrir o Viaje na Viagem hoje e ver minhas dicas mencionadas aqui. Que honra!

Hoje tivemos recorde de acessos no blog e não tenho mesmo como agradecer!

Eu, que aprendo tanto aqui no VnV, fico imensamente feliz por poder compartilhar algumas experiências também. Espero que percam o medo e aproveitem as dicas wink

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

já usei hotwire e não me adaptei. não é pra mim! prefiro comprar com todas as condições bem às claras.realmente, usando o hotwire paguei bem mais barato por um bom hotel, mas com paciência e perseverança também teria conseguido do mesmo jeito em outros sites de promo, como booking ou o hoteis.com. e melhor: sabendo todas as regras e tarifas de um jeito mais claro (exemplos: preço do café da manhã, taxa de internete etc).

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

corrigindo: *internet

Renata R.
Renata R.PermalinkResponder

Ha 10 anos eu uso o Priceline e nunca me arrependi. O relato da Maria Celia esta excelente, inclusive com as dicas dos foruns betterbidding ( biddingfortravel e um outro que eu checo tambem) e do sistema de free re-bids adicionando zonas que nao tem hoteis na categoria desejada. Otimo sistema para reservas de ultima hora. Minha ultima aquisicao no Priceline: U$ 70 para o hotel 5* Intercontinental em Chicago. Eu, como a M. Celia, tambem recomendo!

Felipe Messina

Boa tarde Renata. Tudo bem?
Estou querendo usar o priceline para comprar passagens de Belo Horizonte para Las Vegas, você sabe me informar se compensa?

Muito obrigado.

Kelly A.
Kelly A.PermalinkResponder

Como faço para usar o Priceline sendo que minha hospedagem é para casal com filho e lá só consigo duas pessoas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kelly! No site do Priceline é informado que eles só garantem o preço para duas pessoas por quarto, e que um hóspede adicional pode não ser aceito ou significar taxas extras. Consulte o FAQ.

Juliane
JulianePermalinkResponder

Também usei o Priceline e foi tudo de bom! Peguei ótimos hotéis em New York (Best Western e Westin) e Washington (Renaissance). Não paguei muito barato, pois era época de Páscoa. Porém, ainda assim, os valores que obtive no Priceline foram bem melhores que os de outros sites de reserva de hotéis (tipo Booking).

Rogéria
RogériaPermalinkResponder

Tive duas boas experiências com o Priceline. Consegui o Sheraton em Buenos Aires por 80 dólares em um final de semana onde estava impossível conseguir hotel na cidade por conta de uma feira de negócios. A outra foi em Paris.
O único senão é que não há a menor possibilidade de alteração. Tentei mudar a data da hospedagem em Paris e não consegui de jeito nenhum. Mas, de toda forma, não me arrependi das reservas pois os hotéis eram ótimos.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Sou suspeito, utilizo o priceline há 15 anos, ainda não aluguei carros com eles, mas passagens e hoteis, só me dei bem. Chicago 4* por Usd 60,00, F. Lauderdale 4* por 45,00, Ny 3,5* por Usd 90,00. Nunca tive problemas com taxas e etc.

Já usei para passagens na epoca que a bagagem não era cobrada, comprei passagens, CHIcago X NY X Chicago, por Usd 100,00 e Chicago X S. Diego X Chicago por Usd 200,00.

Na minha ultima viagem, usei o Travelzoo, valeu a pena.

Leonardo Sá
Leonardo SáPermalinkResponder

Em 2010 usei o Priceline para conseguir hotel em Nova York no Reveillon!
A experiência foi muito bacana: conseguimos ficar no Wellington Hotel em Midtown, no coração da 7a avenida.
A diária pro quarto duplo saiu a 140 dólares (sem café!)

Érika Marques - Outros Ares

Incrível a capacidade de vocês em descobrir blogs interessantes!!! Enquanto não sou rica me pegou de jeito, minha cara!! kkk... Que leitura deliciosa e bacana!!

A Célia está de parabéns pelo passo a passo.. Não usei o Priceline ainda, mas depois deste B-Á-Bá, não tem erro.. Obrigada!!!

Abraços,

Marise
MarisePermalinkResponder

Pela dica do site reservei no Priceline um 4* e consegui o Sheraton Libertador em Buenos Aires por 70 dólares a diária.
Agora estou em dúvida se o hotel é bom... Tem comentários bons e ruins no Tripadvisor, rs.
Na reserva também não aparece se inclui café da manhã ou não. Alguém que já reservou com o Priceline pode me dizer, por favor, se o café da manhã estava incluso?
De qualquer jeito pelas fotos e "perto" da Recoleta, acho que valerá a pena.
Obrigada pela dica!

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Olá Marise! Normalmente reserva pelo Priceline tem a mesma política da reserva tradicional: se o hotel tem café da manhã incluso em todas as reservas, é provável que a sua reserva também tenha, mas é mais garantido entrar em contato com o hotel para ter certeza.

Sobre resenhas boas e ruins no Tripadvisor, é bom ter em mente que a avaliação dos hospedes sempre está intimamente ligada com o preço pago. Se a pessoa pagou U$ 150,00 a diária, o nível de exigência dela é bem maior que alguém que pagou metade disso, por exemplo. Eu ficaria preocupada com relatos de problemas de limpeza ou segurança, mas um ou outro comentário negativo é relativamente normal.

De qualquer forma, to aqui na torcida pra você gostar muito do Sheraton! Boa viagem!!

Kelly A.
Kelly A.PermalinkResponder

Olá Maria Célia, como faço para usar o Priceline sendo que minha hospedagem é para casal com filho (3 pessoas) e lá só consigo duas pessoas? Tenho medo de reservar somente para duas e chegar lá e ter problemas com o hotel. Muito obrigada.

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Olá Kelly! O Name your own price do Priceline é só para hospedagem padrão, de duas pessoas. Infelizmente não da para garantir que o hotel vá aceitar uma terceira pessoa e também não da pra saber se, aceitando, ele cobrará por isso. Eu já fiquei em hotel em Orlando que reservei pelo Priceline que aceitava até quatro pessoas no quarto sem cobrar extra. Mas isso é porque em Orlando a maior parte doa quartos é quádrupla e esse era o padrão de quartos (e política de preços) normal do hotel.

Lembre-se que dependendo do hotel, os quartos podem ser tão pequenos que não acomodem três pessoas com conforto.

No seu caso, para não correr riscos, o mais seguro é fazer a reserva tradicional. Se você quiser arriscar, porém, vale a pena ligar (ou mandar um e-mail) para o hotel que lhe for designado para perguntar sobre a política dele. Mas não se esqueça que não vai dar pra voltar atrás.

Beijos e boa viagem!

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Marise,

Sobre ser bom ou ruim, é muito relativo, cada um tem o seu gosto, e lembre-se você está indo para um Sheraton, uma rede que tem o nome a zelar.

O café da manha deve ser separado, tente negociar com o hotel e veja se vale a pena, pois a as vezes o hotel está perto de bares e restaurantes com café mais barato.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Eu usei o Priceline para me hospedar me Edimburgo. Estava tendo dificuldades em achar um hotel bom que coubesse no nosso bolso e resolvi seguir a dica de um amigo, fa do Priceline.
Conseguimos ficar no Novotel, pertinho do Castelo, por um preco muito melhor do que no site da Accor (ainda mais barato do que o "irmao de 2 estrelas", o Ibis).

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Gostaria que vocês me dessem uma opinião a respeito de locação de automóvel em San Francisco ,no dia 6 de novembro de 2012 ,vou com a minha mulher e filha conhecer o oeste americano (27 dias de viagem) e gostaria de saber se é vantajoso alugar um carro através destes sites de descontos , já que hotel eu só pego com cozinha completa pois a minha filha estranha muito a comida e acaba perdendo peso com apenas 6 anos além de estarmos em 3 pessoas Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandre! Pesquise preços pelos meios convencionais e compare como que você conseguir no Hotwire ou Priceline, então feche com o que achar mais em conta.

Marise
MarisePermalinkResponder

Comprei pelo Priceline o Sheraton Libertador em Buenos Aires depois de ler este post e as dicas da Maria Célia.
Minhas dicas:
Em Buenos Aires o Priceline tem pouquissimos hotéis registrados no comentários do Better Bidding. Escolhi um 4 estrelas para diminuir os riscos de pegar um hotel ruim, mas já sabia que a probabilidade de ser o Sheraton Libertador era grande.
Quanto a localização para Buenos Aires não é possível escolher,no mapa aparece apenas duas regiões e as duas inclui o Centro. Não existe uma região especifica para Palermo ou Recoleta.
O hotel é muito bom. Estava com medo de ser mediano por conta do preço, mas superou minhas expectativas. Por 70 doláres (mais IVA) foi maravilhoso, rs.
Pontos negativos:
Tive um problema de não conseguir chegar na data marcada por causa de um ciclone em Colonia del Sacramento e Montevideo. Perdi duas diárias que paguei antecipadamente e mesmo assim o hotel não me liberou o café da manhã do único dia em que fiquei hospedada.
O café da manhã é pago a parte: 25 doláres por pessoa.
Acho que usar o Priceline vale a pena, mas pesquisaria bastante no Better Bidding para ter uma ideia do hotel disponível.

Gabi
GabiPermalinkResponder

Olá,
Já que o tema é compra às escuras, gostaria de saber se alguém conhece o Ipanema Chalet, em NYC.
É um hotel de brasileiros, que fica na W 46th st.
Fiz a reserva, pois o valor da diária é imbatível em toda Manhattan, mas como ele não faz parte do itinerário das agências turísticas não é muito conhecido aqui no Brasil e não tenho referências (somente as encontradas no TripAdvisor). Como tb não conheço ninguem que mora em NYC pra ir lá dar uma espiadinha, estou às escuras mesmo.
Alguém poderia me ajudar, por favooorr??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabi! É um hotel bastante simples. Querendo um pouco mais de conforto, vá no Carvi, que parece ser do mesmo grupo.

Gabi
GabiPermalinkResponder

Oi Bóia!
Na verdade queremos somente um local pra dormir e guardar nossas coisas.
As dúvidas quanto ao Ipanema são as seguinte: é um local de confiança? É limpo? As camas são "dormíveis"?
Como vamos em 4 mulheres e é nossa primeira viagem a NYC, estamos apreensivas quanto a esses pontos.

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabi! É para isso que existem as coleções de resenhas de sites como TripAdvisor e Booking. Você tem que passar um pente fino e ver se há reclamações recorrentes sobre assuntos objetivos. Se tiver muita gente reclamando que as camas não são dormíveis, então não serão. Mas se não tiver ninguém reclamando das camas, é porque as camas devem ser OK. Se reclamarem de overbooking ou de roubos, e não for um caso isolado, então o lugar é sujeito a overbooking e roubos. Mas se há muitas resenhas e ninguém reclama de overbooking ou roubos, é sinal de que não deve haver overbooking ou roubos no lugar. Que os apartamentos serão pequenos e básicos você já sabe: o preço indica.

Se você precisa de opiniões de leitores do Viaje na Viagem sobre hotéis em Nova York, temos aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/01/hoteis-em-nova-york-o-depoimento-dos-leitores/

Carla
CarlaPermalinkResponder

Fiquei animada com a aula da Maria Célia e os comentários positivos do Ernesto e outros, e fui tentar a sorte no Priceline... E não é que acabo de fechar o Marriott Château Champlain em Montréal a US$ 95 mais taxas para abril?!? wink Achei sensacional, e acho que vou repetir a brincadeira sempre que a oportunidade se apresentar...

Idas e Vindas – Viagens e Aventuras » Roteiro Canadá: nove dias na Costa Leste

[...] ou menos na época em que emitimos os bilhetes, eu reli um post no VnV em que o Riq dava uma chamada para um post da Maria Célia, do Enquanto Não Sou Rica, em que ela [...]

ted
tedPermalinkResponder

por favor estou tentando alugar um carro pela priceline e não consigo porque onde informar o pais so tem estados unidos e canada alguem sabe como faz ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ted! Leia o texto, por favor.

Eleonora Dias da Costa

Dei um lance no Priceline para retirar o carro em Orlando.
O site aceitou o valor de U$ 278,55.
Ocorre que paguei com American Express Green que, para minha surpresa, nao oferecia seguro.
Fiz pessimo negocio pois ao chegar em Orlando, no balcão da locadora, me cobraram nada menos que U$ 635,78 só de seguro do carro e contra terceiros.
Assim meu carro alugado, um Durango, saiu por U$ 914,33, por 14 dias de aluguel.
PÉSSIMO NEGÓCIO!!

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Quanta antecedência é necessária para conseguir melhores ofertas? É melhor usar com muita antecedência ou mais "de última hora"?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Clique nos links para ver as dicas da Maria Célia wink

Cristina Alves

Bom dia,para comprar no escuro hoteis pelo site priceline e melhor
comprar com antecedência ou perto da data de viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Dois dois jeitos funciona. Com antecedência você vai comprar em hotéis que sabem que costumam ter quartos vagos na época em que você vai viajar, por isso já põe em disponibibilidade no Priceline. Em cima da hora você vai encontrar o que não foi vendido.

Carol Frias
Carol FriasPermalinkResponder

Olá,
Complementando a pergunta da Cristina aí em cima, a gente consegue os melhores preços comprando com quanto tempo de antecedência?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Recomendamos ver as dicas da Maria Célia!

Jô
PermalinkResponder

Olá,

É possível comprar no Priceline 3 quartos de uma só vez?? (para 6 pessoas)

cyro
cyroPermalinkResponder

os precos anunciados no hotwire tem algum outro acrescimo alem dos 14,5 de imposto e a taxa de 3,5 dia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cyro! Como a Maria Célia explica no blog dela, alguns hotéis cobram taxas adicionais ("resort fees"), internet ou estacionamento. Esses valores não estão incluídos no preço que você ofertar. Por isso a dica é levar isso em consideração, antes de fazer a sua oferta.

cyro
cyroPermalinkResponder

olá boia! obrigado pela resposta. acabei de reservar o row nyc durante a copa do mundo, para seis diarias saiu 360 reais mais barato que pelo booking. e o hot wire me deu o preco total logo na primeira tela, sem taxas extras depois. fiquei muito satisfeito. obrigado pelas info, sempre maravilhas contar com o blog!!!!!!!

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Priceline é uma roubada total!!!
A partir do momento que ele pede para abranger a área do hotel a ser reservado, cuidado! Diminua o lance também. Reservei um hotel em San Francisco e não tive este cuidado. Paguei caro por um hotel em Chinatown. Tentei cancelar e eles nem te respondem direito, já possuem respostas pré determinadas. Pra piorar, minha esposa desenvolveu hérnia de disco cervical, mandei email para eles com cópia do laudo da ressonância e eles nem responderam. Final das contas: não viajei e amarguei um prejuízo de US$ 1200,00!!!

Ruan
RuanPermalinkResponder

Boia, o site enquantonaosourica esta off =/

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ruan! Tente http://enquantonaosourica.wordpress.com/?s=priceline&submit=Pesquisa

Ruan
RuanPermalinkResponder

Obrigado, deu certo.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Já usei o hotwire e não me arrependi, aliás foi o melhor hotel que ficamos em uma viagem pelo sul da França. Mas você tem que saber bem o local que vai se hospedar, eu consegui, inclusive, descobrir o nome do Hotel antes de fechar a compra.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar