Pesquisinha: que blogs de viagem você seguia em 2004, 2005?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Viajenaviagem.zip.net

Esta foi a primeira imagem publicada no Viaje na Viagem, dia 30 de dezembro de 2004. Eu estava me preparando para uma volta ao mundo em cinco escalas, e fotografei as minhas fontes de consulta para aquela viagem. Veja quantos guias de papel comprados... hoje eu provavelmente não comprasse nenhum, e fizesse todas as minhas pesquisas online.

A questão é que havia muito poucos blogs de viagem -- e quase nenhum em português. Ou pelo menos é isso que eu imagino, já que não consultava nenhum.

Já descobri que tem pelo menos um blog de viagem em português anterior ao VnV -- é o Uma Malla pelo mundo, da querida Lucia Malla, que começou em outubro.

Por que me preocupo com isso agora? Porque estou trabalhando na minha palestrinha de abertura do 1º Seminário #Viajosfera, e quero falar da nossa evolução desde os primórdios.

Por isso, peço ajuda aos viajandões aí do outro lado da tela: você se lembra quais blogs de viagem em português acompanhava já em 2004, 2005 ou 2006? Tô querendo identificar quais são os outros tiozinhos da #viajosfera smile


Gracias!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


81 comentários

Juliana Afonso

Em 2004 eu não seguia nenhum blog de viagem (afinal, tinha 15 anos de idade)!

Marcia Kawabe
Marcia KawabePermalinkResponder

Só o seu Riq. E comecei a seguir por causa das crônicas do Estadão, e não porque era um blog de viagem. Mas gostei muito da idéia smile

Camila Navarro

Eu também não conhecia os blogs de viagem nessa época. Descobri esse mundo em 2007 e acho que foi quando o "negócio" estourou, né? Foi quando criei o meu também! Na época eu até achava que os blogs que eu lia e que me inspiraram (Idas e Vindas, A Turista Acidental, Agora Vai, BrenoB...) estavam na estrada há algum tempo, mas acho que a maioria deve ter surgido em 2006 ou 2007. Sei que o Drieverywhere e o Mikix estão no ar há mais tempo, mas eu não os conhecia.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Eu comecei o I&V em 2007 também, Camila, em fevereiro! wink

Camila Navarro

Carla, o seu blog foi o primeiro que conheci! Lembro que eu estava matando a saudade de Colonia del Sacramento na internet depois de rever minhas fotos e encontrei o I&V! smile

Carla
CarlaPermalinkResponder

Sério?!? Que barato!!! grin

Mirelle
MirellePermalinkResponder

Eu só me interssei por blogs de viagem em 2009, quando me mudei para a França e comecei a viajar. Naquela época já tinham muitos, mas percebo que muitos não eram tão profissionais como hoje em dia. De 2009 pra cá percebi o boom desses blogs e, consequentemente, a melhoria nos textos e imagens.

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Nesta época estava começando as minhas viagens por conta, e também fazia pesquisa em guias impressos (Fodors, Frommers, Lonely Planet e tal) ou nas fracas versões online destes disponíveis à época.

Arthur | Agora vai mesmo

2004 nenhum, nem sabia que existiam. 2005 e 2006 o VnV. Comecei a seguir pelas crônicas do Riq na Época. Em 2007 criei o meu. Foi o ano do "boom", como disse a Camila (Camila, obrigado pela menção!).

Vânia Albarracín

Só pesquisava em revista e consultava os amigos que já conheciam o destino que eu pretendia visitar. Não seguia nenhum blog em 2004. Não usar guia impressas, além de poupar espaço e peso na mala, é ecológico. Realmente, evoluímos e tornou-se muito mais fácil o acesso à informação, para planejar uma viagem.

val
valPermalinkResponder

eu assinava a Viagem e Turismo!

val
valPermalinkResponder

completando...blog nenhum, na época.
foi pelo site da revista que comecei a descobrir o mundo dos blogs...mas beeem depois de 2004!

Marcia Palhares

Eu não conhecia nenhum blog, e também assinava a Revista Viagem. Mas, posso ser sincera? ADORO um guia de viagem e uma revistinha tb. Agora mesmo quase comprei uma sobre Espanha e Portugal. Sigo muitas dicas daqui,não viajo sem ler e reler tudo, mas é uma atração irresistível...

Luciana Betenson

Nenhum, também. Só tomei conhecimento da existência dos blogs em 2007! Foi quando criei o meu primeiro blog, de gastronomia. Em 2008, quando comecei a falar também sobre viagens, conheci o VnV, o Abrindo o Bico, o Saia pelo Mundo. O restante veio mais tarde, só em 2010 mesmo.

Gustavo  - Viajar e Pensar

De cabeça os dois primeiros blogs que lembro é o A Janela Laranja do Márcio e o Drieverywhere da Adriana Miller.

Natália M Gastão - Ziga da Zuca

Também não acompanhava nenhum blog, usava revistas e guias de papel, embora nesse período ainda não viajasse tanto. Quando comecei a viciar, usava muito o falecido (ou quase) orkut, foi de lá que peguei grandes dicas para a Bolívia, Patagônia, Chapada Diamantina e Lençóis Maranhenses (viagens feitas até 2008), o orkut também me ajudou na viagem para a Rússia, mas foi um caso específico, que criaram uma comunidade das pessoas que haviam comprado a passsagem super barata da S7.
Hoje não consigo me imaginar programando uma viagem só com os guias de papel ou revistas! =)

JB
JBPermalinkResponder

Riq,

Comecei a escrever minhas memórias de viagem no Expedição Inca ( http://jbtravel.zip.net/ ) em abril de 2005, mas ele só contem os arquivos referentes àquela viagem ao Peru e Bolívia.

Mais tarde, em fev/2007 comecei "O Descobrimento da América".

Não me lembro de outros blogs além do seu naquela época (tanto é que a única referencia em portugues no Expedição Inca é do VnV). Minhas consultas se baseavam em guias da Rough Guides ou Lonely Planet.

Fabio NG
Fabio NGPermalinkResponder

Ah, então tinha outro blog de viagem naquela época? smile

Hugo
HugoPermalinkResponder

Em 2004 só visitava o Viaje na Viagem de vez em quando, mas sem muita participação.

Em 2005 comecei a frequentar muito o Viaje na Viagem para programar minha lua de mel. Com isso organizei uma viagem passando por Praia da Pipa, Natal, Porto de Galinhas e São Miguel dos Milagres (que até então nunca tinha ouvido falar).

De 2006 em diante viciei e nunca mais consegui abandonar.

Lucila Fialla Weber

Ricardo,
Fui para Orlando em janeiro de 2005 e lembro que procurei informações sobre os outlets. Não achei nada em português! O meu interesse pelos blogs começou em 2009. Desde então, já contei com a ajuda de muitos e nunca me decepcionei.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Descobri os blogs d viagem super tarde... Somente em 2010, pesquisando sobre NY e Londres, encontrei várias dicas em blogs de moda (Fashionismo e I´m leaving today, entre outros) e tb no Drieverywhere... A partir dele q descobri os outros blogs... Assinei Viagem e Turismo por muito tempo, alias essa revista sempre me ajudou nos trabalhos da Faculdade de Turismo (de 2001 a 2004). ADORO guias impressos, mas acho que é pq gosto de livros em geral, nada melhor do que folhear um livro ao invés de ler numa tela... Sempre comprei muitos guias mas como estão desatualizados, precisei buscar atualizações na internet...

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

2004, 2005 eu estava terminando a faculdade, era um duro e só viajava de Floripa para Baln Camboriú pq a vó da minha namorada botava gasolina no carro, o apartamento do meu pai estava disponível e a comida a gente pegava no mercadinho da esquina, na conta da minha sogra! Mas a partir de 2006 eu comecei a programar minha 1ª viagem a Buenos Aires e peguei muitas informações mesmo no forum do mochileiros.com... depois começou a aparecer o VnV

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Oi...

Eu comecei a acompanhar vc no zip.net, nem lembro o ano mais.
Comecei a escrever em fevereiro de 2004 em um também zip.net, mas no começo eram só viagens na batatinha, piadas e pensamentos desconectados.
Em Maio de 2006 comecei a contar minhas viagens neste blog. Em Agosto de 2007 mudei pro wordpress e hoje o Por Onde Andei é um blog que conta minhas viagens e às vezes (bem raramente) fala de algumas viagens na maionese.

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Usava muito o finado Orkut, cujas comunidades continham dicas práticas de certo modo úteis, principalmente para os destinos mais óbvios. Mas a fonte principal eram os guias impressos, notadamente os Lonely Planet e os DK. Aliás, até hoje tenho nos guias impressos uma boa e válida fonte de consulta. Os blogs, embora absolutamente indispensáveis, não têm a mesma sistematização nem abrangência dos guias impressos. Blogs e guias impressos servem para fins distintos em meus planejamentos de viagens. Também consumo revistas, mas mais para passar o tempo do que como fonte de planejamento.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

A Karina Buairide, do Ah! Libanesa!, ja tinha outro blog em 20006/2007 que era mais um diário de viagens, o Karinissima. Acho que foi o meu primeiro contato com esse mundo dos blogs...

Dri
DriPermalinkResponder

Os primeiros blogs que eu seguia, em 2004/2005/2006 eram o Viaje na Viagem, Colagem (da Lu Misura) e Drieverywhere. Usava muito também o fórum do Mochileiros.com, apesar de não ter estrutura de blog era um dos mais completos relatos de experiencias/lugares em português...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dri! Continua sendo smile

candida silva
candida silvaPermalinkResponder

Em 2004 não sabia o que era blog, muito menos de viagem... hehehehe Acho que só fui ter contato com esse tipo de tecnologia apartir de 2009, para uma viagem a Portugal (sempre!) e Inglaterra. Hoje em dia sou "viciada", todos os dias visito pelo menos uns 5 ou 6 blogs ou sites de viagens, independente se estou montando roteiro. Sigo-os pelo simples e enorme prazer que tenho em ler, ver as fotos, saber as impressões, em viajar junto com aqueles que escrevem. Acho fantástico vcs terem essa capacidade de dividir conosco as viagens, férias... Adoro!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Nessa época não acompanhava nenhum blog. Entrei pro mundo dos blogs em 2007, como leitora.
Numa viagem NY, Boston e Washington em 2006 até pesquisei tudo na internet, mas ia anotando num bloquinho e nem sei quais eram as fontes....

Pati Venturini - De Garfos e de Quartos

Riq
Interessante isso! Naquela época (Deus, parece que faz muuuito tempo) as maiores fontes para mim eram os Guias da Folha de São Paulo e as revistas de viagens. Depois teve as comunidades no Orkut, já citadas por aqui. Acompanhar blogs e ter o meu próprio são coisas relativamente recentes! Hoje os blogs são a minha maior fonte de informação.

Dri Miller
Dri MillerPermalinkResponder

Nossa, me senti idols agora!!
O meu começou em Abril de 2004, e ja Se primeira comecei a relatar minhas viagens!
Mas é verdade, naquela época nao existiam blogs de viagem, mas eu já acompanhava alguns que eventualmente relatavam suas viagens, dos que ficaram na memória só o Colagem da Lu Misura, e o Síndrome de Estocolmo da Debise Arcoverde (que acho que nem existe mais...).
Então acabava confiando muito mais noa guias de papel, e quando queria dar/receber alguma dica mais pessoal, essa lacuna que os blogs preencheram era feita por fóruns de viagem, como o Orkut e Mochileiros, como alguém mencionou ai em cima.

E mais do que ler blogs de viagem dessa época, eu presenciei bem a transformação na demanda por informações de viagem, e a mudança do perfil doa leitores.

Até 2006 minhas viagens eram meramente relatos "querido diário", simplesmente porque gostava de viajar e escrever sobre, além de ser uma maneira mais fácil de manter a familia e amigos atualizados nas minhas andanças.
Mas de uma hora pra outra mais e maiscomentarios e emails começaram a surgir pedindo dicas mais "praticas", como dicas de hotéis, restaurantes, cias aéreas, custos etc, que até então nunca fizeram parte de meus relatos porque nunca imaginei que ninguém se interessaria por isso!!

Abs
Dri Miller, a Tiazona da blogsfera de viagem!!
Hahahahaha

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Dri vc tem todo o direito de se achar hahaha No dia que descobri o seu blog, q como escrevi acima, foi o q me "introduziu" nesse mundo, eu fiquei devorando os seus textos madrugada afora até ler TODOS os post!!!!! (acho q foi em junho/10) Como tb já escreveram acima, acompanho muuuitos blogs de viagem (e de outros assuntos tb) diariamente mesmo sem estar planejando roteiro nenhum! Acho q to com mto tempo livre, pq passo um tempão todo dia no meu google reader hehehe Mas qnd to com pressa, a prioridade são sempre os blogs de viagem...

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Em 2004 não conhecia blogs de viagem. Às vezes, lia o Guia 4 Rodas. Só fui conhecer o VnV em 2010, quando fui para Buenos Aires e , pesquisando sobre o melhor lugar para me hospedar, encontrei o post sobre a Recoleta. Desde então, leio o VnV todos os dias e fiquei viciada.

Renato Mechica

Acho que eu nem sabia o que era blog naquela época. rs rs

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Só seguia o seu. Pra mim foi uma evoluçao natural, passei dos seus livos pro blog, e nunca mais parei. smile

Wander
WanderPermalinkResponder

leio o Ricardo Freire desde o Guia Freire's de Praias, que consultava quando viajava para o nordeste. Depois continuei seguindo no zip.net e desde o primeiro post do VnV que leio diariamente, e há algum tempo os blogs agregados na Viajosfera.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Exatamente como eu.

Sani Hadek
Sani HadekPermalinkResponder

O seu, por conta das colunas do Estadao primeiramente. Achava as fotos lindas, sonhava em fazer o mesmo! Ate que um dia, sabiamente, decidi deixar tudo (ou quase tudo!) para tras, e me aventurar nesse mundao de Deus! Fui viver minhas proprias viagens, mas mntive seu blog na barra de favoritos! Otimo trabalho, inspirador!
Abracos,
Sani
Caindo no Mundo

Lucia Malla
Lucia MallaPermalinkResponder

Riq, na verdade meu blog nasceu em julho de 2004, no UOL blog, comigo contando das Olimpíadas (!!!). Mas não me dei certo com a plataforma o UOL, e apaguei tudo e passei pro blog no blogspot, que abriu em outubro/2004.

Nessa época, eu seguia mais blogs amigos, não interessava o tema. Discutia muito política, economia, literatura e afins na blogosfera. Foi um período de muito mais conversa e menos competição. Provavelmente porque a audiência ainda era baixa, era como se estivéssemos numa mesa de bar, a cada post. Muito menos compromisso pro blogueiro. Meus posts dessa época têm essa característica, adoro relê-los.

Blog de viagem mesmo, lia o VnV, ainda no zipnet. Mas lembro também de seguir diversos blogs que eram de pessoas expatriadas, que contavam suas rotinas e perspectivas nos diferentes lugares do mundo em que viviam. De cabeça, me lembro da Denise Arcoverde (Síndrome de Estocolmo), da Liliana (A Árvore dos desejos, ela morava em Hong Kong), do Allan (Carta da Itália), da Aninha (Pasárgada, que morou muitos anos na Finlândia), do Rafael Lima (Na cara do gol, que morou em Perth), da Ana Paula (Colorida Vida), este último que era um blog bastante pessoal e à medida que ela decidiu se mudar pra Vancouver Canadá há 5 anos, virou um dos maiores depositórios de como viver no Canadá com crianças, perspectivas sobre imigração, filosofices e costumes canadenses. Eu abri meu blog inspirada pelo blog da Liliana, aliás.

Alguns desses blogs ainda existem, muitos migraram pra outras plataformas, mudaram o foco ou cansaram de escrever em blog. Ainda sigo muitos dos que existiam daquela época, mesmo que escrevam apenas de vez em quando. Gosto de blogs de viagem que não apenas dêem dicas (todo mundo pode pegar um guia e ver quais são os restaurantes mais estrelados do lugar), mas que tenham uma personalidade definida, que contem histórias e principalmente que não assassinem o lugar sobre o qual decidiram escrever, tornando-o banal. Há sempre algo curioso num ponto do planeta, mesmo os mais "batidos", e gosto de perceber a criatividade e a personalidade das pessoas para explorar essas curiosidades. É isso que torna o ato de blogar interessante: a diversidade de opiniões e perspectivas sobre um mesmo ponto. Não gostaria que os blogs se pasteurizassem e perdessem essa que é a característica mais bacana e única da blogosfera de viagens.

(#viajeinamaionese)

RosaBsb
RosaBsbPermalinkResponder

Quando não há pasteurização, a gente lê da 1ª a última palavra com muito prazer. Parabéns, Lúcia!

Luciana Bordallo Misura

Eram todos blogs do Mundo Pequeno wink pena que tantos acabaram...foi uma época boa!

Leila
LeilaPermalinkResponder

Antes dos blogs???
Eu comprava os guias em livrarias, anotava dicas de quem já havia ido nas primeira páginas do diário da viagem, e acessava o MOCHILEIROS, afinal nem Orkut existia!! Nossa, em 2003, quando estive mochilando (literalmente) na Europa pela primeira vez, era tudo mto mais aventureiro, afinal, não se prevenia quase nada e acontecia de tudo, com mil histórias e atrapalhadas pra contar!!!! Me lembro bem da dica do Mochileiros de que não se devia revelar as fotos durante a viagem, afinal 1 rolo de filme pesa muuuito menos do que 36 fotos impressas, e que se fosse a Portugal (meu caso), que deveria comprar filmes por lá, devido ao preço baixíssimo!!! Olha que antigo isso!!!! Em compensação, hoje conseguimos ir a lugares diferentes, daqueles escondidos e charmosos, não perdemos tempo com filas, não perdemos atrações "imperdíveis", e dentro do possível, conseguimos driblar alguns erros comuns e aproveitando muito mais cada dia de nossas viagens!!
Agora fica a pergunta: como será daqui 10 anos??

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

O primeiro blog em portugues que começei a ler e comentar foi o VnV em janeiro 2005 ; e só em 2006 é que começei a ler outros blogs e confiar nas informações postadas ( mas sempre dava uma conferida nos guias impressos ).
Abandonei assinatura de revistas e leitura de guias de papel lá por 2009 .

Gustavo Bonelli

Nessa epoca eu ainda não pesquisava em blogs. Usava guias impressos mesmo. So em 2008, quando fui a Paris pela primeira vez, foi que aproveitei uma matéria sua sobre um bate-e-volta ate a região de Champagne. Foi perfeito! Hoje não tem como fazer qualquer viagem sem dar uma olhada no que dizem os blogs. smile

Helo
HeloPermalinkResponder

Além dos já citados, tem o da Mónica, que mora em Ny desde 1999 e escreve sei lá, desde 2002? Agora ela já não escreve com mais tanta frequencia, mas sempre deu dicas ótimas de NY. Inclusive eu usei um roteiro que ela fez de 8 dias lá pra basear minha primeira ida a cidade. mozinha.com

Liliana
LilianaPermalinkResponder

Em 2005 eu comecei a ler sobre viagens mais e mais e minha fonte de pesquisa número 1 era o Orkut. Ainda morro de pena de como tudo aquilo se banalizou, pois uma das minhas comunidades favoritas Europa de Mochila, dava um o melhor guia da Europa de todos os tempos para mochileiros. E tinha também a comunidade da Paula Bicudo, o Dicas imperdíveis de viagens, muito bom. Foi através dele que descobri minha primeira leitura na bloguesfera, o Drieverywhere. Depois descobri o VnV e tantos outros blogs que leio até hoje.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Antes de saber da existência de blogs de viagem era leitora dos guias de viagem impressos e dos livros de Ricardo Freire, que descobri por acaso em uma livraria. Adorava. Depois, também por acaso, vi que "Ricardo Freire" escrevia sobre viagens, na net. Não me lembro quando foi isso. Muito tempo atrás. E, desde então, acompanho o blog em suas sucessivas mudanças. Mas sou do grupo dos dinossauros e adoro um velho guia de papel. Não dispenso o Lonely Planet e o Guia Quatro Rodas para o Brasil ( o de papel compro todo ano...). Blog de viagem que realmente acompanho só VnV, ocasionalmente dou uma lida em vários outros.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Parafraseando Sylvia - O primeiro blog em portugues que começei a ler e comentar foi o VnV em janeiro 2007, 2 anos depois dela, por conta de uma viagem na Alemanha. Só lia a Revista Viagem e o site do Trip Advisor. E ainda assim, só passei a planejar viagem por internet em 2007 mesmo.

Henrique dos Santos

Riq, caso minha memória não esteja errada eu lia o Guia Quatro Rodas, a Revista Viagem e Turismo ( onde te conheci ) e seus guias impressos Freire`s Brasil Praias , que está na minha estante até hoje !

Carla
CarlaPermalinkResponder

Em 2005 eu descobri o VnV meio por acaso,ainda no zip.net, quando precisei pesquisar sobre o Mercado Roque Santeiro em Angola para um trabalho do doutorado, que ainda estava bem no começo. Nessa época a Expedição Pé-na-Areia já estava comendo solta, e eu passei a acompanhar. Mas não me lembro de nenhum outro blog de viagem na época, não! wink

Milena F.
Milena F.PermalinkResponder

Naquela época nenhum!!!
Agora, apesar de consultar muitos que até perdi as contas, ainda não viajo sem no mínimo um guia de papel! Não tem erro e vc pode acesar a qualquer hora e de qualquer lugar!

Anita
AnitaPermalinkResponder

Leio o Quatro Rodas desde criança, acho que antes de saber ler já conhecia os símbolos...

Em 2004, planejando uma viagem para o Peru e Bolívia, conheci o Guia do Viajante Independente do Zizo Asnis.Confesso que, por um tempo, fiquei bastante dependente dele. Preferia viajar para onde ele já tivesse ido. Também consultava muito o site mochileiros.com

Dos blogs, comecei pelo VnV, quando joguei algum destino no google e apareceu o link... Não lembro bem quando foi isso. Só sei que o vício começou aí.

Flora
FloraPermalinkResponder

Eu entrei tarde no mundo dos blogs, só em 2010. Era sua leitora na revista Viagem e Turismo e sou até hoje do caderno de turismo do Estadão. Em compensação hoje bato ponto nos blogs quase que diariamente.
Em 2000 foi minha primeira viagem totalmente programada e reservada pela internet (para o cuzeiro Terra Australis e Torres del Paine).
A pagina/blog mais antiga que conheço sobre relatos e dicas de viagens em portugues é a Viagens e Imagens ( http://viagensimagens.com/ ) da Regina e Douglas. Eu usei pela primeira vez em 2006, mas estão no ar desde 1999.

Gabi Righetto
Gabi RighettoPermalinkResponder

Olha, eu só me lembro de seguir o seu Riq.... E nem lembro como cheguei a ele, mas provavelmente pesquisando para uma viagem né? smile Naquela época eu mesma escrevia um blog, das minhas experiêncas morando fora do Brasil. Até nos encontramos em Madri, lembra??? smile

André Alécio

Sempre pegava boas dicas no viagens maneiras, e já escrevia no meu blog Guia do Viajante. Mas lembro de pegar boas informações em outros sites regionais. Acho que nesta época já existia também o Tilhas e Aventuras que também é muito bom.

Luciana Bordallo Misura

Seguia o seu, claro, que na época me ajudou a planejar a nossa primeira viagem pro Japão. Fiquei feliz de ver o meu blog citado nos comentários, ele é realmente velho na blogosfera, comecei em julho de 2001 smile Mas nunca foi um "blog de viagem" exatamente, e até hoje não é exclusivamente sobre isso - o tópico viagem aparece bastante, certamente! O blog da Mônica que a Helo já citou também, e o da Dri Miller que ela mesma já falou que começou em 2004. Tinham outros na época mas a maioria não existe mais...

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Em 2004 eu nem sabia o que era blog.

Joyce
JoycePermalinkResponder

Somente comecei a ler blogs em 2006, no viajeaqui.com.br. Comecei com o antigo Viajar Bem e Barato da Raquel Verano e após VNV, Achados, e outro mais.

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Como a maioria, descobri o admirável mundo dos blogs de viagem em 2007, começando pelo VnV e pelo Drieverywhere.
Aliás, a história da minha primeira viagem organizada com a ajuda dos blogs está devidamente documentada aqui mesmo, porque virou post! Fui pesquisar e encontrei algumas relíquias:

https://www.viajenaviagem.com/2007/07/e-assim-se-passaram-seis-meses/

https://www.viajenaviagem.com/2007/10/a-segunda-viagem-a-europa/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar