Fim de semana em Salvador: o roteiro da Eunice

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Porto da Barra, Salvador

O Diego vai fazer uma passagem relâmpago por Salvador e queria saber como aproveitar um fim de semana na cidade, chegando sexta-feira ao meio-dia e indo embora já no início tarde de domingo. Deu sorte: a Eunice, que mora lá, está sempre atenta às caixas de comentários, e é generosa que só. Fez um roteirinho enxuto para o Diego, com dicas espertas de quem é local, para essa e para as próximas viagens. Aproveite Salvador na versão de bolso da Eunice:

SEXTA-FEIRA

No Rio Vermelho, na Rua Fonte do Boi, existe um restaurante de comida natural muito boa – Manjericão. Se preferir comida regional "de feira", você pode ir ao Dona Mariquita, que é bem perto. Entretanto, meu lugar preferido para almoçar no Rio Vermelho é o Salvador Dalí. Não que a comida seja excepcional, nem diferente; é simples, mas as mesas ficam coladas a uma imensa janela de vidro com o mar batendo; gosto. Mas ali por perto você tem dezenas de boas opções para o almoço, para todos os bolsos.

Você pode fazer uma caminhada sem compromisso entre o Largo da Mariquita e o Largo de Sant’Anna. Depois, no Farol da Barra (Forte Santo Antônio), visitar o Museu Náutico e apreciar do terraço do Café do Museu a vista que se tem da baía. Parar na praia do Porto da Barra, ver dois outros fortes ladeando a prainha, Santa Maria e São Diogo (vai dar um mergulho?). A vista da praia do Porto que se tem do Forte de São Diogo é linda. Depois, seguindo pela Ladeira da Barra, pararia na Igreja de Santo Antônio da Barra e no Cemitério dos Ingleses – e no topo, Vitória e Graça, passaria só pela frente dos museus dessa região, que ficariam para uma próxima viagem: o Costa Pinto, o de Arte, o Rodin, o Geológico. Passar pelo Campo Grande – repare na arquitetura do teatro Castro Alves, no gradil de Carybé ladeando a praça. Depois, seguir pela Av. Sete até o Forte de São Pedro; descer para a Av. Contorno. Pôr-do-sol no MAM, no café do subsolo, no píer, é lindo. No MAM, não deixe de visitar o jardim das esculturas. Seguir para a Marina para o jantar, pela vista e ambiente escolheria o Lafayette.

SÁBADO

Eu, que sou lenta, ficaria todo o dia só no Pelourinho, mas compreendo que você queira otimizar seu curto tempo. Escolha de antemão o que você quer visitar. Para uma primeira visita, eu escolheria a Igreja de São Francisco com o claustro, andar pelo Largo de São Francisco, Terreiro, Largo do Pelourinho e Fundação Jorge Amado. Os museus, o Carmo, o Santo Antônio além do Carmo (outro forte, esse com as escolas de capoeira) não cabem no tempo. Do Pelourinho você desce pelo Elevador Lacerda (sabe que ele foi projetado por Eiffel?), visita o Mercado Modelo e, se tiver tempo, a Igreja da Conceição. Tenho a impressão que a visitação ao forte de São Marcelo está fechada. Voltaria, pegaria o carro, para seguir para a Igreja do Bonfim (“o dia” no Bonfim é sexta – quando as pessoas vão de branco). Do Bonfim, seguiria para Mont Serrat pela rua dos Hospitais Sagrada Família e Couto Maia – entre esses dois hospitais, do lado oposto da rua, existe um mirante, que para mim é a vista mais bonita de Salvador – de lá se vê a cidade nos dois planos – alta e baixa até a contra-costa da Vitória. Gosto muitíssimo da Ponta de Humaitá, com o forte de Mont Serrat e a pequena capela. O pôr-do-sol aí é lindo. Se retornar no horário do rush prepare-se para pegar um grande engarrafamento.

Quanto ao jantar à noite: Paraíso Tropical – comida realmente boa, autoral, regional, em um restaurante despojado porém caro, em um bairro sem atrativo turístico. Programa para gourmet. O Yemanjá fica na orla, comida baiana tradicional, correta, também é simples e não é barato. Freqüentado por turistas e locais, muitos locais.

Muito obrigada, Eunice! Boa viagem, Diego!

Leia mais:

34 comentários

Fernanda Porto

Obrigada Eunice. Estava mesmo planejando uma ida à Salvador em Janeiro/2013e dar uma esticada até Trancoso. Seriam 3 dias em Salvado r e 3 dias em Trancoso, já que achei bem complicado ir pra Morro de São Paulo por tão pouco tempo. Alguma dica de Trancoso?
Obrigada!

Eunice
EunicePermalinkResponder

Fernanda. Fui a Trancoso há muito tempo. Não tenho nenhuma dica. A não ser a que Riq sempre chama atenção e que algumas pessoas passam batido e depois se aborrecem: ou você se hospeda perto da praia e longe do quadrado, ou o inverso. É preciso escolher.

Diego
DiegoPermalinkResponder

Muito bacana... a Eunice caprichou nesse roteiro mesmo, tudo mastigadinho.
Quando eu voltar de viagem deixo meus comentários aqui e também vou postar tudo sobre a viagem no meu blog.
Obrigado pela menção Mariana, grande abraço! smile

Viviane
VivianePermalinkResponder

Massa mesmo! Os preços das passagens para Salvador estão tão bons, que dá até vontade de passar um fim de semana por lá, nem que seja só para comer acarajé! Aproveitei o feriadão e vou dar uma esticada para a Chapada, mas agora com esse roteiro aí, tô pensando em passar outro fim de semana por Salvador mesmo. Valeu Eunice!

Lia
LiaPermalinkResponder

Outro restaurante turístico e ótimo é o Mistura , láaa em Itapuã, mas acho que vale a viagem. Esses posts me dão saudade de SSA! Pena que não tenho mais o namorado baiano pra me acompanhar, haha

Eunice
EunicePermalinkResponder

Que emoção! Obrigada,Mariana e Riq.

Nívia
NíviaPermalinkResponder

Eunice parabéns, realmente conseguir condensar Salvador em 2 dias é muito mérito!!!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Show de Bola, Eunice! Assino embaixo!
Acrescento, pro Diego ficar com mais opções pra morrer de dúvida, esticar no Carmo e escolher um dos restaurantes/botequinhos dali pra ver o por-do-sol! Tem o Cafelier, o Al Carmo, O Ulisses, o Cruz do Paschoal... Todos têm a vista pra baía de Todos os Santos! smile

Diego / Meus Roteiros de Viagem

Vou dar uma olhada nesses restaurantes Adri, obrigado!

juliana
julianaPermalinkResponder

Muito legal este roteiro da Eunice....também moro em Salvador...só deixaria a ida ao MAM para o sábado à tarde (pôr do sol) para poder desfrutar do "Jazz no MAM": uma Jam session que ocorre todo sábado há 10 anos, faça chuva ou faça sol! Ah e no domingo iria à barraca do Lôro no Flamengo (eles derrubaram a barraca antiga, mas eles se instalaram numa casa pé na areia no final da praia do flamengo), já próximo ao aeroporto, partindo de lá direto para o vôo de volta!

Diego / Meus Roteiros de Viagem

Obrigado pela dica Juliana.

Lana
LanaPermalinkResponder

mt boa essa dica de ir à praia e de lá direto pro aeroporto pra voltar pra casa, não tinha pensado nisso e achei que não ia ter tempo de conhecer o litoral norte de ssa! obrigada!

rejane
rejanePermalinkResponder

sOU DE sALVADOR, CUIDADO, NÃO ANDEM COM MÁQUINAS E CELULARES À VIST, A CIDADE TÁ PERIGOSA.

Diego / Meus Roteiros de Viagem

Bom saber Rejane, já li muitos relatos sobre esse perigo. Não vou arriscar de levar o celular. Abraço!

Diego / Meus Roteiros de Viagem

Consegui visitar quase tudo que o roteiro propõe.

No primeiro dia almocei no Rio Vermelho (Dona Mariquita), depois visite o Farol da Barra, Porto da Barra e o Forte de São Diogo. Não dava mais tempo para nada, então curtimos o por do sol ali na Barra mesmo e voltamos para o Rio Vermelho para comer o acarajé da Dinha. O jantar foi na Bahia Marina (Lafayette)

Sábado o passeio foi longo... Dique do Tororó, Pelourinho, Mercado Modelo, Igreja do Bonfim (não fui no Monte Serrat) e final da tarde com por do sol no Solar do Unhão/MAM. À noite, jantar no Paraíso Tropical.

Estou publicando as dicas no blog e em breve também vou fazer meu post com o roteiro de 2 dias, cheio de fotos bacanas.

um abraço,
Diego

Eunice
EunicePermalinkResponder

Diego. Fico feliz em saber que correu tudo bem em sua viagem.

Janleide
JanleidePermalinkResponder

Oi pessoal, fui 2 vezes a Salvador e sempre peguei o Forte Marcelo fechado, estou indo agora de novo em novembro e nem sei se ele tá aberto. Também gostei demais da ceasa da vermelha ou acho do bairro Vermelho. Agora não lembro. Lá comi uma das melhores moquecas de Salvador, e ainda compramos muitas frutas cristalizadas e secas e outras coisinhas. É um passeio massa p quem gosta do ambiente de mercado. Tudo organizadinho.

JOSE LUIZ
JOSE LUIZPermalinkResponder

Em janeiro de 2013 farei um cruzeiro com minha familia, saindo de Santos e teremos 2 dias para aproveitar Salvador. Chegaremos numa 3ª-feira e saimos na 4ª à noite. Dizem que o projeto Tamar é muito bom para ir. Alguém sugere algo? É melhor alugar um carro pra estes dois dias ou o transporte público pode ser usado? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Luiz! O Projeto Tamar fica na Praia do Forte, a 80 km do porto de Salvador.

Pesque nas dicas da Eunice o que mais te emociona; mas se você for à Praia do Forte, será uma atividade que demorará o dia inteiro. No navio devem oferecer este passeio. O problema de alugar carro é que provavelmente não haverá agências perto do porto, você vai ter que se deslocar a Ondina para pegar o carro, e aí já terá comido boa parte do seu primeiro dia.

Infelizmente cruzeiros não proporcionam tempo suficiente para se visitar os destinos; você vai precisar ser seletivo e escolher o que for mais fácil e perto.

JOSE LUIZ
JOSE LUIZPermalinkResponder

Obrigado pela resposta. Realmente há um passeio no pacote do navio para o Tamar e me pareceu bem interessante. Já conhceço o Pelourinho e a cidade baixa. Mas quero conhecer a igreja do Bonfim. Ficaremos aportados por 2 dias, chegando por volta das 8 horas de uma terça-feira e saindo as 16 horas da quarta.

rose
rosePermalinkResponder

Elevador Lacerda projetado por Eiffel? De onde Mariana Amaral tirou essa informação? Segundo site do IPHAN: "...O Elevador Hidráulico da Conceição (1869-73), também conhecido como “parafuso”, se deve à capacidade empreendedora do engenheiro Antonio de Lacerda, considerado na época um visionário, que literalmente enterrou toda a sua fortuna nos dois túneis, um vertical e outro horizontal, escavados na rocha para permitir o funcionamento de duas primeiras cabines. Em 1896, o nome oficial do “parafuso” foi mudado para Elevador Antonio Lacerda, em homenagem a seu idealizador e construtor. Na época, além de ser o mais alto, era também o primeiro elevador público do mundo...Com a chegada da eletricidade, seu mecanismo hidráulico foi substituído por elétrico, em 1906. Quando o serviço de bondes e ascensores passa ao controle de uma empresa norte-americana, no final da década de 1920, sua concessão é condicionada a melhoria dos serviços..." Mais informações no site.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Rose, o projeto arquitetônico é de Eiffel. A idealização e construção de Antonio Lacerda. Infelizmente, nem sempre a história é contada como de fato aconteceu.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá... será que ainda tem alguém aqui p/ me ajudar??? Vou p/ Salvador no feriado próximo e ficarei 3 dias com mãe e filha e ficarei hospedada na Praia de Itapuã. Poderiam me passar dicas e alguns roteiros, além de que não sei se alugarei um carro, pretendia fazer os passeios de ônibus... será que isso é possível???

bjs,

Carol.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina!

O Salvador Bus tem uma freqüência diária saindo de Itapuã e indo para os principais pontos turísticos de Salvador.

No seu hotel deve haver contatos de passeios com turismo receptivo.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Boa noite Eunice! Por favor, para fazer seu roteiro, qual a melhor região para me hospedar? Obrigada. Luciana

rogele
rogelePermalinkResponder

Olá, vou viajar para Salvador em janeiro, chego no dia 20 as 11:29 e fica ate o dia 27 ( meu vôo sai de madrugada) queria uma ajuda para poder montar um roteiro, pode me ajudar? No primeiro dia pensei em ir ao Pelourinho, Elevador lacerda, mercado modelo. No segundo dia vou fazer um city tour pelas praias.Terceiro dia praia da Barra, visitar o farol e o forte de Santo Antônio. Quarto dia ( sexta feira)pensei em ir visitar a Igreja do Bonfim e o forte de Monte Serrat ( o que mais posso encaixar nesse dia?) A noite pensei em ir no Largo de Santana comer o famoso acarajé. Quinto dia estou pensando em ir para o morro de São Paulo. Sexto dia ( domingo) passar o dia na praia? Sétimo dia, o que fazer?? Obrigado desde já

rogele
rogelePermalinkResponder

Preciso de ajuda para fazer um roteiro de 7 dias em Salvador, será que pode me dar algumas dicas? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rogele! Não fazemos roteiros personalizados. Para montar o seu, use as dicas do post acima e do nosso guia:
https://www.viajenaviagem.com/destino/salvador/

Dina
DinaPermalinkResponder

Gostaria de saber onde tem festa de candomblé hoje em Salvador.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dina! As festas autênticas são em terreiros, onde só entram convidados. Arrume um amigo na Bahia e você entrará num.

Gleydson
GleydsonPermalinkResponder

Olá, boa noite pessoal. Estarei indo a salvador no final de janeiro, ficarei hospedado na Barra entre os dias 29/01 e 01/02/2015.Gostaria de dicas e roteiros bacanas pra conhecer neste período. Ouvi dizer que existe passeios de lanchas as diversas ilhas na cidade e gostaria de conhecelas neste roteiro, assim como festas a noite, locais bem frequentados e que não fosse perigoso.Tenho planos de ir ao rio vermelho no sábado a noite, soube que é bem badalado com bares e boates. Grato a todos, grande abraço!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gleydson!

Leia mais sobre Salvador a partir desta página:
https://www.viajenaviagem.com/destino/salvador

paulo cesar
paulo cesarPermalinkResponder

Sempre quando vou viajar para algum lugar, no Brasil e também no exterior, utilizo o www.viajenaviagem.com , para poder melhor planejar as minhas estadias nos meus destinos, somente com os importantes relatos e dicas é possível selecionar os hotéis & restaurantes e montar os roteiros. Gostaria de deixar registrado a minha admiração pelo seu bom trabalho Ricardo Freire.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar