Toscana de carro: San Gimignano, Volterra e Vale do Elsa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

San Gigmignano

San Gigmignano vista de fora das muralhas

San Gimignano (diga: Djiminháno) está no topo da lista de lugares incontornáveis de quem vai à Toscana. Dá para chegar de trem e ônibus, como expliquei neste post . De carro, porém, San Gimignano fica fácil de combinar com outras cidades do Vale do Elsa, como Monteriggioni e Colle di Val d'Elsa, e também com Volterra, que é a dobradinha mais usual.

Mas veja bem: o roteiro completo, de quatro cidades, só funciona para os mais irrequietos, e que pulem da cama cedo (e façam o roteiro entre maio e setembro, quando há mais horas de luz solar). A dupla San Gimignano + Volterra toma fácil o dia inteiro. Se for fazer o tour completo, pense em Monteriggioni e em Colle apenas como paradas para esticar as pernas e enriquecer o álbum do seu Facebook.

Ah, sim: é possível também combinar San Gimignano com um passeio pelo Chianti. A Chiantigiana é a estrada que ziguezagueia pela região.

Sair de onde: Siena ou Florença?

A minha receita de Toscana ideal, para quem tem de 7 a 10 dias para investir na região, é dividir a estada em duas bases. Uns dias em Florença, para curtir a cidade e fazer bate-voltas de trem e ônibus. E o resto da temporada instalado num hotel ou agriturismo nas cercanias de Siena (como este aqui, onde fiquei e recomendo), para fazer os passeios de carro. Siena está mais bem localizada para a maioria dos passeios panorâmicos. No caso de San Gimignano e de Volterra, porém, a saída de Florença aumenta só meia horinha no trajeto de ida e outra meia horinha no de volta; o trânsito em volta da cidade chateia mas não inviabiliza o passeio.

O circuito saindo de Siena

O circuito saindo de Siena

Saindo de Siena (F, no mapa), o percurso total dá 125 km (tempo total de estrada estimado pelo Google Maps: 2h40). Recomendo ir primeiro a Monteriggioni (B, 17 km), de lá a San Gimignano (C, 23 km), prosseguindo a Volterra (D, 30 km) e dando uma paradinha final em Colle di Val d'Elsa (E, 28 km). De volta a Siena (F) são mais 27 km.

O circuito saindo de Florença

O circuito, saindo de Florença

Saindo de Florença (F, no mapa), o percurso total é de 175 km (3h15 de estrada, segundo o Google Maps). De lá eu iria direto a San Gimignano (B, 52 km), seguiria a Volterra (C, 30 km), passaria por Colle (D, 28 km) e Monteriggioni (E 12 km). A volta, direto pela autopista, dá 55 km (F).

Monteriggioni

Visível da auto-estrada entre Siena e Florença, Monteriggioni só perde em encanto para as do Val d'Orcia justamente por estar assim tão devassada para quem passa em alta velocidade. Uma vez dentro do borgo, porém, você esquece do asfalto. A muralha, perfeitamente circular, é das mais bem-preservadas da Itália. Há inclusive jardins, que na Idade Média foram usados como horta durante sítios à cidade.

San Gimignano

San Gigmignano vista do caminho para Volterra

San Gigmignano, vista do caminho a Volterra

É a Manhattan italiana -- nenhuma outra cidade construiu e conservou tantas torres. Erigidas pelas famílias ricas durante tempos particularmente prósperos na Idade Média, as torres de San Gimignano chegaram a ser 72. Destas, restaram catorze (as outras foram destruídas durante batalhas), que formam o skyline mais famoso da Itália.

San Gigminano

San GimignanoSan GigmignanoSan Gimignano

San Gimignano

A cidade vale pela arquitetura, mas fica devendo em ambiente; por ser tão visitada, San Gimignano é demasiadamente voltada ao turismo, dando pouco a perceber de vida local. O lugar é imperdível, mas vai por mim: acho que você vai curtir mais a próxima parada, Volterra.

Volterra

Volterra

Volterra

Mesmo que a cidade não fosse tão bonita, a ida a Volterra já se pagaria pelo caminho. As estradinhas são as mais bonitas que você vai encontrar nessa latitude toscana. As auto-estradas passam longe, e você naturalmente entra no clima slow travel.

Estrada de San Gimignano a Volterra

Volterra não tem a fama de San Gimignano, mas tem mais substância. Em vez de torres, oferece bons museus, como o Guarnacci, dedicado a tesouros etruscos, e a Pinacoteca. Vale a pena entrar na Catedral.

Volterrra

Volterra

VolterraVolterraVolterra

Volterra

Um bom plano: chegar, almoçar, e então fazer a digestão batendo perna pela cidade.

Colle di Val d'Elsa

Colle di Val d'Elsa

Colle di Val d'Elsa

É fácil desdenhar Colle: da estrada, a cidade é feiosa. Entrando, a coisa não melhora muito -- você passa por um arrabalde industrial e chega a um centrinho insosso. Não desista: o que vale a pena ver está escondido acima do seu nariz: a cidade murada fica no alto da colina, e é originalíssima.

Colle di Val d'ElsaColle di Val d'ElsaColle di Val d'Elsa

Colle di Val d'Elsa

A Colle di Val d'Elsa que você não percebe dali de baixo é um borgo comprido, cortado praticamente por uma rua só. Não, você não pode entrar com o seu carro por ali; só os moradores. Use um dos estacionamentos do lado de fora da muralha e dê uma passeadinha.

Por estar tão perto da auto-estrada Siena-Florença, Colle rende também uma boa base para explorar a Toscana de carro.

Esta viagem teve o apoio de Pestana, Pousadas de Portugal, Accor, Mobility e Mondial.

Leia mais:

388 comentários

Denise Mustafa

Volterra é linda, pequenina. Super vale a visita! smile

Claudia Siqueira

Estarei na Toscana em setembro e vamos fazer Siena de base. Voce aluga o carro em Siena ou em Florença? É muito complicado entregar o carro em Roma (próximo destino)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Você pode alugar o carro ao sair de Florença ou ao chegar em Siena, como queira. Devolver em Roma é tranqüilo, desde que você use esse último dia para passear pela região e depois ainda enfrentar quase três horas de estrada até Roma. Caso faça isso, deixe esta como a única viagem do dia. Devolvendo no aeroporto você evita entrar na cidade de carro.

Dri
DriPermalinkResponder

Volterra sofreu um boom de popularidade por conta da série de livros e filmes "adolescentes" Crepúsculo. Ela foi a locação para a morada dos poderosos vampiros Volturi e aparece com muito destaque nos livros e filmes. O próprio escritório de turismo de vale disso para propagandear a cidade, com folheto específico para visitar as locações.

Sandrissima
SandrissimaPermalinkResponder

Ave, parece transmissão de pensamento! Estou lendo "Mil dias na Toscana" de Marlena de Blasi, que uma colega me ofereceu na semana passada, assim do nada. À noite o JC mandou que eu começasse as minhas pesquisas para roteiro gastronomico no sul da França e na Itália... Desde a sua viajem, Ric, que li, mas agora lerei mais centrada, para cálculos de tempo, movimento e grana. Estou justamente neste dilema de ficar em Siena ou em hotel em vila, já que alugaremos um carro. Em Florença, com certeza, ficaremos uns dias. Quando soldado só vemos soldados... Agora parece que somente ouço a Toscana. Abs.

fabio
fabioPermalinkResponder

pra que ficar correndo de um lado pro outro se dá pra conhcer a metade desses lugarezinhos de maneira melhor. férias é tempo de curtir e não de ficar batendo perna.

faça san gimignano e volterra, que são próximas. slow food é bem-vindo. curtam.

fabio
fabioPermalinkResponder

qdo estive em montepulciano vi uma série de lojas explorando o fato de a cidade ser locação do crepúsculo também. grande coisa. não havia tennagers por lá.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

San Gimigniano com Siena num dia é viavel? Melhor de trem ou carro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! Siena não é combinável com nenhuma outra cidade no mesmo dia, a não ser que você queira apenas fingir que viu Siena.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Saudades...

Lea Dorf
Lea DorfPermalinkResponder

Viagem para Toscana marcada para outubro... che bello timing! grin

João
JoãoPermalinkResponder

Toda vez que procuro palavras para definir a Toscana não as encontro. É muito difícil, eu sei. Na verdade, prefiro relembrar os bons momentos que passamos durante 12 dias. Essa incrível região italiana é de tirar o fôlego. Aluguei um carro por 64 dias pela "Peugeot". Peguei/entreguei no CDG em Paris. Seguro, justo e descomplicado. Fiz Siena como base e visitei, no máximo, 2 cidades por dia. Com bastante calma. Acordava çedo e pegava a estrada às 07:30 e só voltava para casa às 22:00: tranqüilos, felizes e agradecidos a Deus por ter nos dados a oportunidade de contemplar lugares maravilhosos. Voltarei, com certeza. Abracos a todos.

Maria das Graças

Quando estive na Toscana passei 5 noites em Florença e 5 noites no interior. Fiz base no formidável hotel "agriturismo" Il Casale del Cotone bem próximo à San Gimignano, no caminho para Certaldo. De lá saia sem pressa para os maravilhosos passeios diários.
A localização do Casale del Cotone não está sinalizada corretamente no Google Maps. Mas é só seguir de San Gimignano em direção à Certaldo ou olhar no site.
Não percam a oportunidade de vivenciar o que a Toscana tem para nos oferecer. Então não se iludam com a idéia de visitar várias vilas por dia. Para aproveitá-las vá devagar.
Em Volterra tem ateliês de artistas que trabalham com alabastro. Vale visitar um deles, conversar com o artista e comprar uma peça assinada para trazer e continuar lembrando o resto da vida dos momentos mágicos vividos em Volterra.
Volterra vai se revelando aos poucos, em cada curva. Entre em um "alimentari" compre alguma coisa gostosa para comer e beber e sente em algum local com bela paisagem e deixe o tempo passar.
Indo em direção à região de Chianti, saindo de San Gimignano, temos Castelina, Radda, e Gaiole seguidas. A estrada é linda e as atrações no caminho são inúmeras. Então vá devagar.
Depois de Gaiole se estiver com fome siga até a Badia a Coltibuno. Voce chegou no paraíso tanto pela paisagem como pela excelente comida e ambiente.
É isso.

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Fui a Toscana em Junho e achei simplesmente maravilhoso. O passeio indicado pelo Boia ao Val D´orcia, foi uma das coisas mais legais que fiz nesta viajem. As cidades são muito bonitas e bem legais, com boa comida e fácil de chegar de carro. Eu estava em Florença por nove dias, no meio da viagem deixei minhas coisas no hotel e fui de trem, apenas com uma mochila, para Siena onde passei o dia e dormi. No dia seguinte saí de carro e fiz o passeio, retornando a Siena e depois pegando o trem para Florença. Foi muito bom e não foi cansativo. Obrigado Boia pela dica.

Luiz Felipe
Luiz FelipePermalinkResponder

Riq, no próximo mês de setembro faremos, eu e minha esposa, nossa primeira viagem à Itália. Passaremos 12 dias, entre Veneza (2 dias), Florença (2 dias), Toscana de carro (4 dias) e Roma (4 dias). Saindo de Florença, alugaremos um carro e iremos para Cortona, onde passaremos duas noites. De lá, pretendemos conhecer Arezzo, Montepulciano, Pienza, San Quirico D'orcia e Montalcino. Em seguida, iremos a Colle di Val D'elsa, onde passaremos mais duas noites, também apenas como base. Nesses dois dias, pretendemos conhecer Siena, San Gimignano, Volterra, Monteriggioni, Pisa e no dia de retorno para Florença, pretendemos, ainda, conhecer Castellina in Chianti, Panzano e Greve in Chianti. Em Florença, pegaremos um trem com destino a Roma.
O que você acha da programação? Será que está muito apertada? É possível conhecer todas essas cidades durante o tempo que dispomos? Gostaria saber da sua opinião e de outros que já tenham feito essa viagem. Abraço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz Felipe! Quem responde é a Bóia.

Está muito, muito, muito, muito apertada.

O Ricardo Freire sugeriria ficar três noites nos arredores de Siena. Siena leva um dia para ser visitada. Vocês vão precisar escolher os outros três dias de passeios.

Pisa deve ser visitada desde Florença.

É auto-enganoso achar que você está dedicando dois dias a Veneza e dois dias a Florença. Os dias de deslocamento e troca de hotel são em grande parte perdidos nesses trâmites.

Juliana Colnago

Em SAN GIMIGNANO tomei um dos melhores sorvetes da minha vida!!!!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

SAUDADES da Toscana...

Mirella (@mikix10)

Jesuis... como deixei passar esse post.
Estava comentando hoje com o Kiko que queria fazer uma viagem a toscana!!! Já favoritei... esses posts detalhadinhos estão ficando cada vez melhor smile
bjin pra todos

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá, Ricardo e Boia!
Obrigada pela dica da Ferrari, mas meu marido acabou desistindo e se rendendo a Toscana (ainda bem!).
Teremos 6 ou 7 dias na região (adorei a dica de dividir entre Florenca e Siena) e gostaria de algumas sugestões de transporte, já que me preocupei um pouco com os relatos de multa e "abusos" de algumas locadoras: Veneza-Florença de trem? Em Florença ficar sem carro? Alugar só pra ir a Siena ou aproveitar pra Pisa-Lucca tb? Siena-Roma de trem ou carro mesmo? Ufa, mas acho que até a viagem virão outras (várias!) perguntas...
Abraço a todos!

PS: o VnV é incrível, parabéns!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Está dito no texto e explicado em todos os posts desta série. Florença sem carro, com trem a Pisa, Lucca e se quiser Cortona; arredores de Siena com carro para fazer o resto. Por favor, antes de seguir perguntando: clique e leia no material que já publicamos. O site existe como material de consulta, a minha função é só encaminhar para onde as perguntas já estão previamente respondidas em detalhe. Obrigada.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Valeu, Bóia!

Marielle
MariellePermalinkResponder

Depois que li este post me convenci a alugar um carro para fazer este trajeto! Teremos 4 dias. Vamos para Italia em 3 dias. Estou reservando carro com a Mobility, mas estou muito insegura de mandar todos os dados de cartao de credito e copia deste por e-mail! eh assim mesmo? Nunca aluguei carro e muito menos desse jeito... Desde ja agradeco!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marielle! Se não quiser mandar por email, pode ligar.

Marielle
MariellePermalinkResponder

Obrigada Boia! Acabei de ligar e eles me pediram p/ ser por e-mail ou fax... Vou decidir!

Marina
MarinaPermalinkResponder

Ricardo e Bóia,

Pretendo ir à Toscana logo após o Reveillon, no início de janeiro. Dá para aproveitar a região nessa época ou o frio e a neve inviabilizam os passeios? Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Há quem goste, mas a gente não recomenda cidades pequenas e interior no inverno. No inverno recomendamos cidades grandes, onde há mais vida e o que fazer em ambientes fechados.

Carol Gomes
Carol GomesPermalinkResponder

Oi Bóia! Fiquei com uma dúvida: se eu estiver em Florença, sem carro, e quiser ir a Volterra (amei!!!), tem alguma possibilidade? Visitando em conjunto com San Gimignano é possível (ambas sem carro)? Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Você teria que ir de trem até Cecina. Não é fácil, é só para quem tem tempo; sem carro, é melhor pensar em pernoitar.

Carolina Gomes

Hum... De repente alugo um carro em Florença, faço o passeio sugerido no post e devolvo em Siena... Durmo em Siena...e de lá pego um trem para Roma... Assim fica mais viável, né? Obrigada mais uma vez!!! =D =D =D

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá, Bóia!
Li um post em que vc recomendou levar um GPS do Brasil.
Como nao tenho um, haveria problema em alugar junto com o carro? Seria muito caro?
Obrigada.

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Luciana, em geral o preço de aluguel por 2 ou 3 dias já bate o custo de um GPS novo (na Itália). Vc tem smartphone? Se tiver, baixe uma app de um bom GPS offline (com mapas carregados no smartphone, não um Google Maps da vida).

Do contrário, prepare-se para pagar até 35 euros por dia de aluguel de GPS.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Luciana,

Pelo valor do aluguel dá para comprar um GPS por aqui. O único porém é que além do GPS você deverá comprar também o mapa da Itália para carregar no GPS (eles vem só com o mapa do Brasil). Só você vai comprar o GPS só para viagem, pode considerar de pedir emprestado para algum amigo.

A dica de usar o smartphone com mapa offline é a mais econômica sem dúvida. Nesse caso não esqueça de levar o carregador veicular do telefone, para não ficar na mão.

Leandro

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Muito obrigada, gente!
Voces sugerem um bom mapa offline? Se não, onde posso pesquisar?
Obrigada mais uma vez!

Maria
MariaPermalinkResponder

Oi, vou para Italia daqui a 20 dias (viva!) e vou alugar um carro em Florença para passar 6 noites pela Toscana e depois devolve-lo em Roma onde passarei mais 4 noites.
A minha dúvida é onde retirar o carro em Florença (ficarei hospedada no Antica Tornabuoni q vi que fica perto do Duomo) e devolver o carro em Roma (ficarei hospedada em Trastevere).
Ouivi dizer que é meio complicado entrar e sair das cidades.
Será que vale devolver o carro em Orvieto e ir de trem para Roma?
Super obrigada pela ajuda!
Maria

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Para não entrar no centro das cidades, retire e entregue nos aeroportos.

Maria
MariaPermalinkResponder

Bóia,
Obrigada pela rápida resposta. Vou optar pelos aeroportos então.
E Orvieto, o que você acha?
Obrigada.
Maria

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Não temos conteúdo sobre Orvieto. O Ricardo Freire não esteve lá.

Maria
MariaPermalinkResponder

OK! De qualquer forma obrigada.
Abs.
Maria

Maria
MariaPermalinkResponder

Oi, eu de novo.... já que vou abusar da sua boa vontade, segue a minha ideia de roteiro (já que definido mesmo e com hotel reservado, só Veneza, Firenze e Roma) o resto é apenas uma ideia e uma surpresa:
• 2 noites em Veneza – ir de trem para Firenze
• 3 noites em Firenze – alugar carro
• Seguir para região do Chianti – dormir em alguma fazenda de agriturismo
• Pela manhã seguir para Cortona/Arezzo/Lucignano – dormir em uma das três
• Seguir para Siena – passar o dia e dormir em Siena
• De Siena seguir para San Gemignano/ Monteriggioni / Volterra –
• De Siena ou San Gemignano – depende se onde dormirei - seguir para o Val D’Orcia (Buonconvento/Montalcino / Montepulciano / San Quirico D’Orcia / Petroio/ Pienza) - dormir na região em alguma Villa de Agriturismo ou nos vilarejos acima
• seguir para Roma (no caminho passar por Orvietto e Civita de Bagnoreggio) - Chega em Roma a tarde
• 3 noites em Roma

O que você acha? Será que é muuuita coisa? Acho que sim, rsrsrs.
Muito obrigada (mesmo!)
Maria

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Monte apenas uma base para seus passeios de carro na Toscana.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/11/vai-por-mim-montar-bases-e-mais-eficiente-do-que-pinga-pinga/

Maria
MariaPermalinkResponder

Oi Bóia,
Super útil a sua dica!
Eu quero fazer assim e vou tentar convencer meu marido, pois ele quer fazer uma viagem (ou pelo menos parte dela) "easy rider", parando onde der vontade, mas acho que vai ser bem cansativo.
Mais uma vez obrigada e conto como foi na volta. Quem sabe não trago boas dicas?
Um abraço.
Maria

Aluguer de Carros

Definitivamente, um lugar magnífico e perfeito para alugar carro e conhecer cada pormenor.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Olá Bóia,
Sabe me dizer se é tranquila a viagem de ônibus de Florença para Siena ?
De Siena para Roma é melhor ir de carro ou de trem ? Onde eu compro a passagem ? Tentei no site da Trenitália sem sucesso.

Obrigada,
Fabiola

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabíola! Se a viagem de ônibus entre Florença e Siena não fosse tranqüila, a gente diria, você não acha?

De Siena a Roma o trem é regional, só dá para comprar online na própria semana.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá Ricardo, Bóia e viajantes de plantão!
Vi a citação de um post sobre o Chianti, mas nao o encontrei.
Alguém sabe me dizer dos arredores de Siena pra Firenze quantos km/tempo médio daria pelas estradinhas do Chianti?
Abc

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, luciana! Este post ainda não está pronto, mas é fácil ver no Google Maps. Use como pontos de passagem Castelliba in Chianti e Rada in Chianti.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Olá Bóia,
Vou de Siena para Roma de carro. Qual estrada devo utilizar para desfrutar de lindas paisagens ? Quanto tempo deve levar ?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! As estradas bonitas estão na Toscana, não no caminho para Roma. Para Roma você vai pela auto-estrada.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Obrigada pela rápida resposta.
Só mais uma dúvida: Se eu devolver o carro no aeroporto Fiumicino, como faço para chegar no centro histórico ou pelo menos na estação Termini ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Pegue o trem Leonardo da Vinci Express, que tem terminal no aeroporto (15 euros por pessoa). Ou um táxi; custará 48 euros até o seu hotel, é tabelado.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Obrigada, Bóia!

Maria Luiza
Maria LuizaPermalinkResponder

Bóia, por favor, aluguei um carro em Firenze para fazer uma viagem sábado e domingo com o roteiro: San Gimignano, Volterra, Colle di Val d"Elsa, Monteriggioni e Siena ( sábado) - dormir em Siena; domingo - Montepulciano, Pienza e Montalcino. Em seguida retorno para Firenze (à noite de domingo). Você acha que é muita coisa? Se for, que lugares vc sugere que eu priorize? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Luiza! Sim, é muita coisa.

Você precisa de um dia para Siena.

Siena | Siamo Arrivati

[...] mais dicas, recomendo ler o VnV. Aqui, aqui, e aqui mais dicas preciosas. Share this:TwitterFacebookGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. [...]

harley  borges
harley borgesPermalinkResponder

Ola Ricardo, gostaria de deixar um aviso a todos que vão de carro e que ficarem dentro das cidades, principalmente as muradas de "trafego controlado", os hoteis teriam que avisar a policia sua placa para vc não receber multas e mesmo assim só permitida no dia de entrada e saida do hotel. Toda vez que pedi o carro no hotel(que usava de base para conhecer a região) nunca fui informado e recebi diversos "cartões postais" das cidades que nos hospedamos na toscana e não pretendo voltar pela falta de cordialidade da rental e dos hoteis em não nos avisarem... abços a todos Harley

Anderson Alves

Boa recomendacao, por isso tomei como base Castellina pq nao tem restricao e eh estrategica entre Siena e Florenca...

Maria Cristina

Olá a todos,

Na reportagem é mencionado que a estrada para Volterra é muito bonita, gostaria, se possível, saber qual é essa estrada, considerando a saída de Siena. Consultei através do google, mas há mais de uma opção.

Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cristina! Veja a figurinha que colocamos no post, ela vai ajudar vcoê a localizar a estrada.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Olá Bóia,
vi seu post de montar a base em uma cidade, inicialmente estava planejando passar 7 noites na toscana, depois iria para Pisa - La Spezia, pensei em ficar duas noites em Siena e duas em Orvieto, mas deixei um dia em Roma para fazer o bate e volta a Assis. Mas vou alugar um carro, e vi que é melhor pegar esse um dia de Roma e passar para Assis, ficando Florença cedo pegar o carro seguir a Assis, 1 noite em Assis, outro dia ir para Orvieto, duas noites, seguir para Siena, mais duas noites, depois voltar para Florença, mais três noite. Será que vale a pena ficar mais um dia em Orvieto e fazer Assis (bate e volta), apesar que tenho vontade de passar pelo menos uma noite lá, pois dizem que é linda. As bases Siena e Orvieto (dois dias pelo menos) é uma boa pedida?
Abraço!

Anderson Alves

Minha esposa e eu alugamos o carro em Roma, saimosmcedinhokmpassamos o dia em Orvieto (que eh suficiente) e fomos no final do dia pra Castellina in Chianti, que fica a 15 minutps de Siena, perfeita! Uma mini villa mas com uma super estrutura, otimos restaurantes e estrategicamente entre Siena, Florenca, Sam Giminiano, Radda... recomendamos muito!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Viajar não é uma ciência exata. Não visitamos Orvieto, então não podemos dar nosso testemunho. Sabemos que é uma linda cidade mas não exploramos as possibilidades a partir dali. Note que está ainda mais ao sul que Siena.

Leia o que o Ricardo Freire fez pela Toscana:
https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Leandro, da uma passada no meu blog (siamoarrivati.wordpress.com) e veja o relato de Orvieto, Pitigliano e Bagnoregio.

Recomendo 2 dias na regiao, Orvieto pode ser ^ticada^ em 1 dia, mas ir para la e deixar de ir para Bagnoregio e Pitigliano e' um pecado.

Em Outubro passado, fiquei 2 noites em Orvieto e 4 em Siena, ficaria mais se pudesse em ambas cidades. Mas como a boia falou, isso nao e' exato e depende de preferencias pessoais.

De Siena foi para o Val D'Orcia e para San Gimignano, mas para o meu mode de viajar fiz somente San Gimignano e Monteriggioni, deixei Voltarra para uma proxima vez, e no Val D'Orcia deixei algumas cidades que o Riq passou de fora pois achei o passeio muito puxado para aproveita-los como eu gosto - provando os vinhos em Montepulciano e Montalcino wink

Eu gosto muito de Assis e recomendo visita-la juntamente com Spello.O por do sol em Assisi e' fenomenal, principalmente de cima da Roca Maggiore olhando a Basilica.

Da para fazer bate-e-volta (bem puxado no entanto) de Orvieto para Assisi e Spello, mas eu preferi montar base em Perugia (lindissima cidade) e explorar a Umbria de la. Eu NAO faria bate-e-volta para Assisi de Roma, muito distante.

Se precisar de mais algumas dicas, basta avisar.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Philipp, vi o seu blog, lá que fiquei com vontade de ir para Orvieto, sim Bagnoregio e Montepulciano(acho que esse o nome)estão nas minhas proioridades. Acho que vou tirar esse dia de Roma e fazer Assis de carro. Será que consigo pegar o carro cedo em Florença e ir para Assis e conhecer Spello, dormir esse dia em Assis e no outro ir para Orvieto?
Fiquei na dúvida qual estrada pegar, pela auto estrada ou ir por dentro, que passa por Arezzo?
Fico com medo de perder muito tempo, ter que passar por dentro de várias vilas.
No outro dia conhecer a região de orviedo e dormir mais uma noite e Orvieto, no outro dia ir para Siena e conhecer Montalcino. No outro dia fazer aredores de Siena, mais uma noite em Siena, no outro dia ir a tarde para florença, conhecer de dia Siena.
Fique com receio sobre o que falou harley borges (estacionamento nas vilas) teria sugestões onde deixar o carro nas três cidade que vou hospedar.
Abraço.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Leandro

Primeiro fica uma sugestao minha (que acredito que o pessoal aqui do VnV deve tambem compartilhar): enxugue um pouco seu roteiro. Muitas vezes "menos e' mais". Menos translados se traduz em mais tempo para conhecer os locais; menos check-ins e check-outs = menos perrengue; menos tempo nas estradas=mais tempo nos locais que realmente importa.

Da uma olhada no googlemaps e se tiver com GPS siga o mesmo. Acredito que o comandante ja deixou tudo bem mastigado (tirando a parte de Assisi). De Firenze a Assisi sao 2 horas de carro (http://goo.gl/rz3ps), de Siena 1:40 (http://goo.gl/ljgUH), finalmente de Assisi a Orvieto 1:20 (http://goo.gl/pXh2h). E estes tempos nao consideram transito, paradas, e outros imprevistos.

Quanto aos estacionamentos nas cidades e vilas, e' realmente preciso tomara cuidado. Em Siena, fiquel no hotel Athena que ainda esta fora da parte restrita mas suficientemente proximo ao centro para deixar o carro no hotel e explorar a cidade a pe'. Em Assisi deixei o carro no estacionamente proximo a Basilica - antes da area restrita. Em Orvieto ha varios "bolsoes" de estacionamente onde voce pode deixar o carro.

Nas vilas menores eu deixava o carro logo no primeiro estacionamento e ia a pe'. Em alguns lugares voce ira' andar em lugares bem ingremes, mas assim sao as cidades de origiem Etrusca na Toscana e Umbria, faz parte do charme!

Ainda nao tenho certeza se nao tomei nenhuma multa smile mas em geral basta seguir a sinalizacao e parar no primeiro estacionamento de cada vilarejo que acredito que a probabilidade sera bem reduzida.

Sofia
SofiaPermalinkResponder

Olá! Irei pegar um carro em Roma e ir para Siena, passando por Assis, primeiro. Gostaria de saber qual melhor local para pegar o carro em Roma, sendo q o meu hotel está em Trastevere. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sofia! Pegando no aeroporto você evita precisar andar dentro de Roma.

Por outro lado, como você tem uma obrigação para o dia -- passar por Assis a caminho de Florença -- talvez perca ainda mais tempo indo até o aeroporto.

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Olá bóia ou Ricardo! Estou indo a Itália pela primeira vez final de março. Chego em Roma dia 22 de tardinha e saio de lá dia 31 pela manhã. Fico em Roma hospedada no Smeraldo de 22 a 26. Aí começam as dúvidas: seria possível ir dia 26 a Florença de trem, ficando lá 26 o dia todo, 27 conhecendo Pisa, 28 Veneza. Dia 28 então iria para Siena e faria 28 e 29, passeando pela região toscana naquele roteiro sugerido aqui com base em Siena num total de 125 km, salvou engano. Dia 30 retornaria a Roma. No caso, alugaria um carro apenas quando estivesse indo de florença para Siena, devolvendo o carro em Florença dia 30 e pegando um trem para Roma. Dia 31 pela manhã vou embora, então aproveitaria a ultima noite lá! Está viável? No mais, o hotel em Siena seria o laticastelli, mas não tem vaga... Alguma outra sugestão de hotel parecido? Na região do rapolano terme? Obrigada pelas dicas imprescindíveis para uma viagem bem organizada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! Você está querendo fazer em 9 dias o roteiro que recomendamos para 15. Tire o interior da Toscana, você só tem tempo para Veneza e ainda assim será uma maratona.

Leia:

https://www.viajenaviagem.com/2012/03/roteiro-9-dias-europa/

https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Erro dia 29 apenas em Siena.

Adriane Penna
Adriane PennaPermalinkResponder

Bom dia!
Preciso de uma dica.
Farei uma viagem de 17 dias entre Paris, norte,centro da Italia. Os passeios ja estao organizados,com excessao de um trecho. Estou com dificuldade de organizar minha ida de Orvieto até Pompeia. Estou de carro e Orvietto é a ultima cidade que estarei da Toscana. Como quero ficar 3 dias em Roma,e dai retornarei pro Brasil,ficarei sem o carro em Roma ,mas queria aproveitá-lo para ir ate Pompeia passando direto por Roma e na volta do passeio entregar o carro em Roma e lá ficar. Contudo, estou achando muito longe ir direto de Orvieto até Pompeia!! O que faço? Será que é melhor ficar em
Roma e fazer um dia o passeio ate Pompeia de excursão? Sai mais caro, né? Vces acham que vale a pena ir de carro ate Pompeia a partir de Orvieto?? Preciso otimizar tempo e dinheiro. O que faço?? Muito obrigada pela atençao

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriane! Vá a Pompéia de trem, não é preciso excursão.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2009/07/passo-a-passo-bate-volta-de-roma-a-pompeia-e-napoles/

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Obrigada Bóia! Adorei as dicas! Vou fazer o roteiro de 9 dias sugerido aqui no site, com Florença e Siena. E quanto a sugestão de outro hotel semelhante (ao menos)ao laticastelli? Não acho qualquer menção a outro nessa região... porque ficaria sediada nele para dormir em Siena. Se tiver algum, ou um link, me mande por favor! Obrigada! Ah, outra dúvida, qual a distância de Siena a Florença de carro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! Neste post há várias sugestões de leitores:

https://www.viajenaviagem.com/2012/03/interior-da-toscana-onde-voce-se-hospedou/

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Obrigada Bóia! Que tal então: ROMA (22 a noite, 23, 24, 25) SIENA indo de trem e alugando carro lá(26 na cidade, 27 fazendo o roteiro da toscana sugerido aqui 250 km) FLORENÇA (sai dia 28 de siena para florença e fica lá no dia 28, devolvendo o carro em florença, 29 faz o passeio a pisa) ROMA (retorna de trem dia 30 de manhã pois o vôo sia dia 31 pela manhã. Tá viável? Ah e esses dias em Siena vale a pena ficar em algum hotel na região do laticastelli (sem vaga :/). Se positivo, alguma sugestão?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maíra! É viável. Dê refresh para ver minha resposta anterior.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Oi Maíra, acho que vc ganharia mais ficando esse dia 29 em Florença mesmo. smile

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Aliás, o roteiro é de 125km, não 250. Tá aqui nessa página. Consegue fazer em um dia, né? Obrigada,

Ronaldo
RonaldoPermalinkResponder

Olá. Sairei de carro de Roma indo pra Siena... Alguma sugestão de cidade pra parar e conhecer pelo caminho? Obrigado!

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Bagnoregio e Orvieto. Talvez uma esticada a Todi...

Cathia
CathiaPermalinkResponder

Vou a Toscana em Julho, ficarei 4 dias em San Gimignano, pergunto se é uma cidade boa de ficar nessa época do Ano?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cathia! Estará bastante quente. Haverá girassóis.

carlos Alberto de Oliveira

Olá Bóia,
Viajo dia 21/05/13 para Itália ,chegando em Veneza à noite,volto também à noite em 11/06/13 via Veneza.
Pensei em dispor meu roteiro da seguinte maneira:
Veneza :3 noites ,visitando Verona e Murano
Ir de trem para Florença ,ficar 4 dias,fazendo bate volta para Assis,Pisa e Lucca.Pegar trem para Siena e ficar 3 dias,alugar carro e talvez uma noite em San Gignano.Depois ir para Cinque Terre-2 ou 3 dias e Sorrento 4 dias para visitar Pompéia,Capri ,Nápoli e Costa Amalfitana.
Grato,CArlos Alberto.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Você deveria ter marcado a volta por Nápoles ou Roma. O que está mal nessa sua viagem é ter que voltar de Nápoles a Veneza; é uma viagem de pelo menos 6 horas de trem. Considere dormir a última noite em Veneza para não dar problema de conexão.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

Marise
MarisePermalinkResponder

Olá, Bóia
Procuro um mapa da ZLT (zona de trafego restrito) de Siena. Já pesquisei pelo Google e Google maps e não achei. Você sabe se existe algum site com o mapa?
Meu hotel fica próximo ao estádio de futebol e pegarei o carro alugado na estação de trem de Siena. O mapa é para saber se o hotel e a locadora ficam na ZLT.
Obrigada

Maria das Graças

Marise, usei na pesquisa "mapa ztl de siena". ztl é zona de trafego limitado e é assim que eles usam. No segundo link relacionado tem um mapa do centro historico de Siena com todos os estacionamentos marcados em volta.
O hotel costuma informar no site se está na zona ztl.

Marise
MarisePermalinkResponder

Olá, Maria das Graças
Muito obrigada pela dica! Estava procurando por zlt e não acharia nunca, rs.

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Olá Ricardo, já consulto seu blog ha muitos anos e sempre busco dicas nele. Parabéns.
Em abril estarei indo com meu marido passar de 10 a 12 dias na região da Toscana e penso em fazer base em uma cidadezinha perto de Siena e de lá fazer os passeios de carro. Já li muito e ouvi opiniões de amigos mas gostaria da sua opinião. Qual cidade perto de Siena seria ideal para montarmos esta base? Depois ficaremos 3 a 4 dias em Firenze, sem caro, fazendo bate/voltas de trem/onibus e no final penso em ir para Como, perto da Suiça, que será o nosso próximo destino, ainda nesta viagem. Desde já agradeço. Um abraço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Ficar nos arredores de Siena para passeios de carro é ideal.

Leia os outros posts da série da Toscana:
https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

Maria das Graças

Marcia, passei 5 noites no interior. Fiz base no formidável hotel “agriturismo” Il Casale del Cotone bem próximo à San Gimignano, no caminho para Certaldo. De lá saia sem pressa para os maravilhosos passeios diários.
A localização do Casale del Cotone não está sinalizada corretamente no Google Maps. Mas é só seguir de San Gimignano em direção à Certaldo ou olhar no site. http://www.casaledelcotone.com/

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Obrigada Ricardo, mas queria a dica de uma cidade nos arredores de Siena. San Felice, é uma boa pedida? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Márcia! Quem respondeu e responde é A Bóia.

Qualquer cidadezinha nos arredores estará bem localizada.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar