Uma comparação entre Cayman e Noronha

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Morro do Pico, Fernando de Noronha

Enviado especial | Hugo Medeiros

Como concidiu de eu viajar no final de agosto nas Ilhas Cayman, no Caribe, e em meados de setembro em Fernando de Noronha, resolvi fazer um breve comparativo entre esses destinos. Não é nada técnico, tratando-se mais das minhas impressões e opiniões pessoais sobre esses dois destinos. Elegi 5 tópicos e em cada um deles conferi uma nota de 1 a 10 para cada lugar. No final apresentarei o escore total.

Hospedagem

Westin Cayman

Westin, Grand Cayman

Esse é ponto em que Cayman mais se destaca, devido ao custo x beneficio. Para um estada em novembro por 4 dias no Ritz-Carlton, paga-se 479 dólares por dia para um casal, com café da manhã, ou seja, em torno de R$1.000,00 a diária.

Já em Noronha, para o mesmo período, um bangalô na Zé Maria não sai por menos de R$1.500,00 por dia. E o único ponto em que a pousada se destaca seria o charme, que é algo muito relativo e pessoal.

Pousada Beijupirá, Noronha

Pousada Beijupirá, Noronha

Por isso, nesse primeiro quesito, dou 9 pontos para Cayman e 5 pontos para Noronha.

Praias

Baía do Sancho, Fernando de Noronha

Praia do Sancho, Fernando de Noronha

Agora a situação se inverte. Não que as praias de Cayman não sejam lindas, porque são, mas Noronha é algo inacreditável.

As praias em Cayman são bonitas, com aquele mar azul esverdeado e águas calmas. Um deslumbre para os olhos e uma maravilha para mergulhar. Mas todas são um pouco semelhantes entre si.

Já Noronha tem as 2 praias mais bonitas do Brasil (Praia do Sancho e a Baia dos Porcos), além de várias outras, igualmente belas, mas diferentes entre si. Tem o mergulho com as tartarugas na Sueste, a calma e isolamento do Leão, o mar bravo da Cacimba do Padre. Qualquer um encontra uma praia para chamar de sua.

Seven Mile Beach, Grand Cayman

Seven Mile Beach, Grand Cayman

Com isso, dou um 6 para Cayman e 10 para Noronha.

Passeios

Tartaruga na praia do Sueste, Noronha

Tartaruga na Praia do Sueste, Noronha

Mais uma reviravolta. Novamente Cayman se destaca, apresentando diversas e variadas opções.

Em Noronha temos basicamente planasub, snorkel com tartarugas, passeio de barco, mergulho com cilindro e Atalaia.

Já Cayman, apesar de não ter o planasub, tem a Stingrey City, que é fantástica, Dolphin Cove, submarino, jet ski, passeio de helicóptero, Turtle Farm, além dos mergulhos, passeios de barco e snorkel.

Stingray City, Cayman

Stingray City, Grand Cayman

Tenho que dizer que tanto em Noronha como em Cayman todos os passeios que fiz foram fabulosos, mas como em Cayman tem uma diversidade maior, que agradaria um público mais variado, minha nota é 8 para Cayman e 7 para Noronha.

Restaurantes

Acredito que aqui temos um ponto muito equilibrado.

Cayman não tem uma culinária própria, mas possui diversos restaurantes, como japoneses, especializados em carnes ou sanduíches, italianos, etc. Os que eu fui foram muito bons, com destaque para o Edoardo´s, que é excelente, e uma grande ressalva para o Karma, que não recomendo.

Em Noronha temos uma culinária mais regional, com foco nos peixes frescos que são pescados próximos da ilha. Pode não ter o requinte de Cayman, mas tem um charme e um atendimento genuinamente brasileiros. Tive ótimas refeições, sendo que a melhor foi no Beijupirá, que estava inesquecível, e a pior na Teju-açu, cujos pratos, além de caríssimos, eram péssimos.

Diante disso minha nota é 8 para Cayman e 8 para Noronha, pois em ambos os lugares se come muito bem.

Aspectos gerais

Igreja em Fernando de Noronha

Igrejinha em Noronha

Uma viagem para Noronha equivale, em termos de custo, a uma viagem internacional. Paga-se uma passagem caríssima, taxas de permanência, ingresso para visitar as praias, etc. Mas em contrapartida recebemos as mais belas praias do Brasil, e provavelmente do mundo. Tudo isso num ambiente rústico e voltado sempre para a preservação ambiental.

Por outro lado, em Cayman, temos uma visão mais tradicional e organizada, pois sabemos a todo o momento que estamos em uma cidade estruturada e pensada para o turismo. Para quem gosta de algo mais cosmopolita é ótimo, mas acaba que não temos uma experiência tão única como aquela de Noronha.

Além disso, em Noronha podemos falar o nosso bom e velho português, rodamos com bugues em vias com a mão tradicional (Cayman adota a mão inglesa) e pagamos tudo em Real, o que evita sustos com alta do dólar.

Grand Cayman

Grand Cayman

Por estes fatores, em termos gerais de viagem, eu daria um 6 para Cayman e um 8 para Noronha.

Resultado final

Fernando de Noronha, pôr do sol visto do Boldró

Pôr do sol visto do Forte do Boldró, Noronha

Pelos meus critérios pessoais, Noronha totalizaria 38 pontos, frente a 37 pontos de Cayman. Trata-se de uma vitória apertada, o que demonstra o equilíbrio entre os destinos.

Na minha opinião pessoal, entre Cayman e Noronha eu resolveria da seguinte forma.

Para um casal eu sugeriria Noronha, pois o clima de lua de mel estaria mais presente.

Para uma família com filhos pequenos seria Cayman, pela estrutura e diversidade de passeios.

Para uma família com filhos adolescentes, o melhor seria ver o que eles mais gostam. Para os que apreciam a natureza Noronha seria mais interessante. Para quem prefere um ambiente mais cosmopolita, Cayman com uma parada em Miami é mais adequado.

Mas certo mesmo é que em ambos os lugares a diversão está garantida.

Leia mais:

18 comentários

Livia Mochileira

E pro viajante independente?

Hugo
HugoPermalinkResponder

Oi Livia. Para Noronha fui por conta própria. Normalmente na semana da viagem confirmo todas as reservas que fiz, tais como transfer, buggy, mergulho, etc. No entanto, por causa da correria não consegui e acabei tendo alguns pequenos problemas. Nada que prejudicasse, mas fica claro que o viajante independente deve ter atenção redobrada, pois os serviços, mesmo caríssimos, estão longe de ser um modelo de eficiência.

Já em Cayman, mesmo tendo ido a convite do Departamento de Turismo, tenho certeza que não teria qualquer dificuldade em programar uma viagem para lá. Inclusive, a parada que fiz depois em Miami para alguma compras foi por conta própria e tudo transcorreu perfeitamente.

Enfim, em qualquer dos dois destinos o viajante independente vai conseguir fazer uma belíssima viagem. Se você gosta de natureza e praias de perder o fôlego, Noronha é o seu lugar. Mas se a prioridade são os passeios diversificados, bons hotéis e estrutura para férias, vá para Cayman e não deixe de ficar alguns dias em Miami na volta para algumas compras.

Fábio Pastorello

Noronha realmente é imperdível, mas o que faz ela perder pontos é certamente o preço dos hotéis e restaurantes, tudo muito caro, e nem estamos falando de lugares sofisticados. Eu que sou meio pão duro, sofri um pouco. rs. Mas para tudo se dá um jeito, pesquisando ainda deu pra achar opções não tão exorbitantes. Ainda bem que as praias e passeios realmente compensam.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Verdade Fábio, lá é muito caro mas vale a pena. Mas na pousada em que fiquei, a Beijupirá, comentaram que cada um dos 11 empregados, além do salário, recebem alimentação e o hotel ainda paga 1 mil reais para alugar uma pequena casa, basicamente um quarto com banheiro para cada um.

Só nisso já temos idéia de que não são apenas as diárias que são caríssima, mas os custos também são muito elevados.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

A dona da pousada em que me hospedei comentou que o quilo da banana lá custa quase R$10. Tudo na ilha é caro: imagine o malabarismo mensal de quem vive lá pra conseguir pagar as contas. É a ~maldição do Sancho que mantém os nativos lá.

Hugo
HugoPermalinkResponder

E é por causa disso Fabiana que quando o avião chega em Noronha vemos tantas caixas e isopores nas esteiras. Quem vai no continente, sempre aproveita para fazer o supermercado e economizar um pouco.

Sem dúvida o lugar é um paraíso, mas tudo é muito caro, tanto para o turista como para o nativo.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Hugo, muito bacana seus posts, parabens.
O que voce achou da pousada quanto a localizacao, mimos e atendimento?

Hugo
HugoPermalinkResponder

Ana, eu gostei da Beijupirá. O preço dela, em torno de 700 reais a díaria, é um pouco mais cara do que as básicas e bem mais barata do que as tops.

Os quartos são confortáveis e no geral a pousada é bem charmosa. O café da manhã é ótimo, com tudo bem fresquinho. E o maior destaque é o atendimento, pois fazem de tudo para que sua estada seja o melhor possível. Além disso tem um ótimo restaurante, que na minha opinião é o melhor da ilha.

O único grande problema é a falta de uma piscina. No início fez muita falta, pois é ótimo dar um mergulho depois da correria do dia. Mas tem um ponto positivo em não ter piscina, porque aproveitamos mais o dia. Com isso fizemos alguns passeios que não faríamos.

Enfim, recomendo muito. É caro, mas no geral oferece um excelente custo benefício.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Obrigada, Hugo.
Adorei a resposta. Ja me hospedeu algumas vezes na Aldeia Beijupira, parece que mantem o mesmo padrao.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

corrigindo: hospedei

Denise
DenisePermalinkResponder

Parabéns pela honestidade na comparação, pois tudo que li sobre Fernando de Noronha sempre oculta algumas verdades, como por exemplo a dificuldade ao acesso a essas "praias maravilhosas", consideradas número 1 do mundo. Não é um lugar que se preocupa com pessoas mais velhas ou com problemas para se locomover. Diria que Fernando de Noronha é um destino apenas para jovens amantes da natureza que gostam de muita aventura, risco e com muito dinheiro para gastar.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Verdade Denise, tem que ter disposição para ir em Noronha. Agora, com as novas passarelas, mesmo com algumas pessoas sendo contra, facilitou o acesso. Mas praias como o Sancho só podem ser visitadas por quem tem disposição para descer aquela escada apertada ou então fazer um passeio de barco.

Eu adorei Noronha, para mim um dos lugares mais bonitos que existem, mas quem vai tem que curtir muito praia, porque só tem isso por lá.

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Oi Denise , então vi seu comentário e vou dar minha opinião , Noronha é sim um lugar com algumas praias de difícil acesso sim , mas isto não é culpa de quem ora lá , nem de quem ti leva aos passeios , pois a chagada em algumas praias é dificultada devido as formações rochosas da ilha e assim fica complicado chagar em duas delas , Sancho e Bahia Dos Porcos , porem Atalaia , Cachorro Cacimba do Padre e outras são de fácil chegada e até dá pra ir de bugue, mas mesmo assim não é só pra jovens não , pois quando eu estive lá tinha idosos tbm e os guias eram muito atenciosos com as senhoras e os senhores que estavam em nosso grupo e todos chegaram com calma até as praias do Sancho e Bahia Dos Porcos , é só ir com calma e pegar uma boa equipe de guias . Agora quanto a Noronha só ter praia , ai sim , concordo com vc pois se estiver a fim de ir fazer compras é melhor vc ir pra Miami ou ficar numa capital mesmo em um Shopping , pois lá é só natureza e o forró do bar do cachorro mesmo. Vá , curta o lugar e sua magia sinta o que é Noronha e depois nos deixe seu relato , ai me dará razão ok Abraços .

ana
anaPermalinkResponder

hugo, dar nota 6 para cayman só pq as praias são parecidas me pareceu um exagero!
vc já deu as notas comparando os dois lugares.
como sugestão, acho que o mais correto seria criar critérios para avaliar cada item, dar a nota que vc acha que cada lugar merece e comparar no resultado final.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Ana, na verdade não foi só pelo fato das praias serem parecidas, mas sim porque as praias de Noronha realmente são de tirar o fôlego.

Se eu desse um 7, 8 ou 9, alguém poderia pensar que as praias de Cayman são "quase" como Noronha, o que não é verdade. Acho até que em nenhum outro lugar (talvez em bora bora que não conheço) existam praias tão belas como as de de Noronha.

Se fosse comparar Cayman com as praias de Florianópolis ou as de Porto de galinhas a nota com certeza seria outra.

Aproveitando, em Noronha não deixe de alugar um buggy. Apesar de caro você vai onde quer e quando quer. E aproveite também a praia do leão, que é muito deserta e o mar, mesmo sendo mais agitado, é lindo.

Kamila
KamilaPermalinkResponder

Hugo,
Concordo em gênero, número e grau com o que você disse sobre Noronha. Estive lá por duas vezes, exclusivamente para mergulhar, mas voltaria quantas vezes fosse possível.
Você arriscaria uma comparação entre cayman e St. Maarten?
Obrigada

Hugo
HugoPermalinkResponder

Kamila, Noronha é de uma beleza incrível mesmo.

Eu adoraria fazer essa comparação, mas ainda não conheço St. Maarten smile.

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Bem amigos , espero poder deixar aqui um pouco de relatos que possam ser útil para algum marinheiro primeira viagem , sou um verdadeiro pé vermelho ,do interior de SPassim como sou chamado pelos amigos e parentes da capital e só conhecia Praia Grande, Guarujá , Ubatuba , etc. ...mas tem uns 5anos que resolvi conhecer o tal Nordeste , eu minha esposa e meu filho que hoje tem 11 anos ,assim começamos por João Pessoa , por ter amigos por lá e estadia ficar bem mais barata ( dica , ficando em João Pessoa dá pra conhecer 3 estados Rio Grande do Norte ,Natal e Pernambuco Recife e Olinda e João Pessoa é claro ) que são muito perto as 3 capitais JP a Natal 160 km e de JP a Recife 120 km , assim fizemos um acordo de conhecer todo ano um lugar diferente , sendo assim quando conhecemos o nordeste vimos que não sabíamos o que era praia de verdade, lugares paradisíacos , desertos , lindos , Porem no ano passado decidimos aventurar ir até Noronha ... Ai com todo respeito aos leitores ... ferrou tudo , nenhum lugar mais será lindo , encantador , especial , nada mais tira o folego como em Noronha , ai sim você saberá o que uma praia de verdade , ou melhor varias praias de verdade , o azul daquele mar nunca será visto em um outro lugar , e este relato foi feito por outras pessoas , gringos e brasileiros que encontramos lá e que já conhecem Cancun , Punta Cana e um Italiano que disse conhecer até o Havaí ele disse que nunca viu praias como a de Noronha e nem um azul assim como o do mar de lá ... Verdades sobre Noronha 1º é caro ficar em Noronha ? = sim bem caro , esta é uma viagem que tem que ser planejada Noronha e economia não combinam ! 2º as pousadas são muito simples ? = sim , você tem que ir a pousada só pra tomar banho e dormir , pois se tiver afim de ficar em um hotel na piscina e curtindo a vista fique em sua casa ou vá a um resort pois se for querer isso em Noronha vai morrem em uns R$ 4.000,00 ou R$ 5.000,00 por diaria enquanto em pousadas domiciliares fica em torno dos R$300,00 ou R$400,00 a diaria em uma confortavel pousada 3º vale a pena gastar tanto pra uma viagem a Noronha = SIM ... SEMPRE , costumo falar para meus amigos que todo o brasileiro deveria ter o direito garantido por constituição de ao menos uma vez na vida conhecer Noronha e a historia daquela ilha , vale a pena sim e garanto ao voltar de lá você vai falar , tenho que juntar mais $$$ pra voltar pra lá o quanto antes ,mas desta vez vou ficar ao menos uns 2 dias a mais .Vá sim , não deixe de conhecer um paraizo ainda em vida .

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar