Grand Cayman: onde ficar

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Westin Grand Cayman

[Westin]

Enviado especial | Hugo Medeiros

Grand Cayman possui várias opções de hospedagem, que atendem a praticamente todos os tipos de turistas. Desde locais luxuosos a pequenos hotéis de charme.

Na alta temporada é importante reservar com antecedência pois a oferta de quartos normalmente é inferior à demanda. Os preços variam muito de acordo com a época, sendo que o pico da alta temporada ocorre no Réveillon.

Quando eu voltar tentarei pegar um hotel de frente para o mar na Seven Mile Beach. A facilidade de sair do seu quarto, andar alguns metros e já estar de frente para as lindas praias do caribe torna a viagem muito melhor.

Estive hospedado em um dos grandes hotéis da ilha e visitei outros dois, e vou falar rapidamente sobre eles:

--> The Westin Seven Mile Beach Resort

Westin Casuarina

[Westin]

A localização do Westin é excelente, em plena Seven Mile Beach. É muito freqüentado por famílias e grupos de jovens. As diárias variam entre 140 dólares na baixa temporada até mais de 300 na alta temporada. Dependendo da tarifa a internet wi-fi (15 dólares) e o café da manhã (20 dólares) são pagos à parte.

O lugar, no entanto, já está precisando passar por algumas reformas, tanto que já existe um projeto para isso. As obras na entrada estão em pleno andamento e em breve chegará aos quartos e áreas sociais.

O atendimento é muitas vezes lento, principalmente no check-in. Uma simples mudança de quarto pode gerar dor de cabeça. Algumas acomodações não tem sinal wi-fi de qualidade e o serviço de camareiras às vezes “esquece” de arrumar o seu quarto.

Dentro do hotel tem uma mesa de atendimento da Red Sail, o que facilita a eventual contratação de passeios, até porque, como eu disse, se depender do atendimento regular você não terá um retorno com a eficiência necessária.

A palavra chave para o Westin é custo x benefício. Quem está lá não terá o melhor atendimento, nem as melhores acomodações, mas pagará um preço razoável por um hotel tradicional muito bem localizado.

Esse foi o hotel em que fiquei hospedado e voltaria a ficar lá novamente, mas sempre consciente das limitações do lugar.

--> Ritz Carlton Grand Cayman Islands Luxury Hotel

Ritz Carlton Grand Cayman

[Ritz Carlton]

O Ritz-Carlton é o hotel para quem quer luxo, refinamento e está disposto a pagar por isso. Ele fica ao lado do Westin, também na Seven Mile Beach. A presença predominante aqui são casais e famílias, o que torna o ambiente mais tranqüilo e relaxante. Esse foi o primeiro hotel em que encontrei fraldas de natação para bebês na área da piscina.

As diárias variam de 400 dólares na baixa temporada até 1900 dólares na altíssima temporada (Réveillon). O café da manhã normalmente não está incluído.

Ritz CarltonRitz Carlton

[Ritz Carlton]

Os ambientes são muito bonitos, o atendimento exemplar e os quartos com uma decoração clean e de bom gosto. Não vi nenhuma mobília que parecesse desgastada ou envelhecida.

O spa é muito bonito e oferece uma infinidade de tratamentos. Para as mulheres é uma oportunidade para colocar o look em dia. Todos os ambientes do hotel são perfeitamente climatizados, o que é muito bem vindo pois se anda muito para chegar em determinados lugares.

Ritz Carlton

[Spa do Ritz Carlton]

Na minha opinião esse hotel é para quem exige sempre o melhor e pode pagar um pouco mais por isso. Todos os passeios podem ser organizados com o concierge. E o que não puder ser feito diretamente no hotel, eles auxiliam ou indicam um prestador externo, como é o caso do serviço de babá, que é realizado por empresas terceirizadas.

Ritz Carlton, Grand Cayman

[Praia do Ritz Carlton]

Se dinheiro não for problema, sem dúvida recomendo este hotel.

--> Cotton Tree Grand Cayman

Cotton TreeCotton Tree

[Cotton Tree]

Este hotel é uma acomodação diferenciada, visando principalmente o charme e a exclusividade.

A localização não é ideal, pois fica afastado das principais praias. Mas isso confere muita privacidade ao lugar, pois são apenas quatro cottages (casinhas) no lugar. A praia em frente ao hotel não é muito boa para banho, por isso, para se hospedar aqui é obrigatório alugar um carro.

Cotton Tree

[Cotton Tree]

As diárias variam de 400 a 1200 dólares. Em cada cottage tem 2 quartos, e se você optar por ocupar apenas um deles o preço é menor. Mas o ideal mesmo são dois casais ocupando o mesmo cottage e dividindo o custo.

O atendimento é personalíssimo, como não poderia deixar de ser nesse tipo de acomodação. A piscina e as áreas de lazer são exclusivas dos hóspedes.

Cotton TreeCotton Tree

[Cotton Tree]

Todas as cottages possuem uma cozinha completa, o que possibilita alguns jantares em casa, ou mesmo contratar um chef local que pode ir na sua acomodação apenas para cozinhar para você e sua família.

Esse hotel é para quem quer algo exclusivo, charmoso e com privacidade garantida. Famílias com bebês ou filhos maiores terão muito espaço e uma cozinha para poderem utilizar. E tudo isso a poucos minutos da área central da ilha.

--> Condos e Villas

Uma opção interessante em Grand Cayman são os condomínios e  villas disponíveis para locação. Existem tanto condomínios verticais como casas e nos mais variados locais. Uma das únicas restrições é o tempo mínimo de estadia, em torno de 3 dias.

A grande maioria das acomodações possui cozinha, sendo ainda possível selecionar a acomodação de acordo com o número de pessoas, o que evita a reserva de vários quartos, o que normalmente encarece a estadia.

São várias as opções de preço e localização, sendo necessário apenas ser cauteloso com relação ao estado de conservação e aos serviços oferecidos.

Viagem feita a convite do Departamento de Turismo das Ilhas Cayman.

Leia mais:

10 comentários

EduLuz
EduLuzPermalinkResponder

Grande Hugo! Ótimos os teus completos relatos sobre as Ilhas Cayman.
Já temos como fazer um complemento às nossas viagens pra Miami.
Parabéns e que venham os próximos.
PS - Vai ter mesmo algum comparativo com Noronha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edu! Vai ter sim; o texto está na mão, só falta a edição final grin

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Boas dicas! smile

Hugo
HugoPermalinkResponder

Obrigado Eduardo. Quando voltei das Ilhas Cayman lembrei muito da sua viagem para Miami em que você foi em Key West.

Na minha opinião o melhor esquema é esse, uns dias nos EUA e um bate e volta para Cayman, pois será possível unir as compras e o estilo agitado americano com o belíssimo mar do caribe.

Lu, fico feliz que você tenha gostado.

Carla Santos
Carla SantosPermalinkResponder

Hugo, perfeita descrição dos hotéis. Sua descrição de cada hotel proporciona a oportunidade de escolher sem receio e sabendo de fato o que vai encontrar pela frente. Você esta de parabéns. Aguardo o comparativo.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Oi Carla. Seria ótimo juntarmos um grupo e fecharmos todos os cottages do Cotton Tree. Quem sabe, né.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Hugo,

Sugiro também o Hotel Grand cayman beach suites em seven miles beach, excelente opção q fica mais perto dos restaurantes e do camana bay.
Tem o Marriot e o Confort suites(voltado mais pra Business)
Tem uma opção muito boa, mais em conta,é o Seven Mile Resort(2 qtos, sala e cozinha)no expedia

Hugo
HugoPermalinkResponder

Ótimas dicas Adriana. Gostei muito do Hotel Grand Cayman, que até então não conhecia.

Seguem abaixo os links, para quem quiser mais informações:

Hotel Grand Cayman Beach Suites: http://www.grand-cayman-beach-suites.com/

Grand Cayman Marriot: http://www.marriott.com/hotels/travel/gcmgc-grand-cayman-marriott-beach-resort/

Confort suites Cayman: http://www.caymancomfort.com/en/

Seven Mile Resort: http://www.7mile.ky/

simone souza
simone souzaPermalinkResponder

Olá Hugo!
Parabéns pelo belo trabalho nos direcionando a programar " a viagem dos sonhos".
Eu e meu noivo, David, estamos programando nossa lua de mel entre Ilhas Cayman, Jamaica e Cuba... vc acha que etsa combinação dá certo?
Desde ja agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Simone! Aqui quem responde é A Bóia. É bastante coisa pra ver em uma viagem só, hein? O Ricardo Freire sugere algumas combinações espertas para ilhas no Caribe aqui: https://www.viajenaviagem.com/2013/01/caribe-que-ilhas-da-para-combinar-na-mesma-viagem/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar