Onde ficar em Nova York: hotéis nas melhores regiões

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Onde ficar em Nova York

Nova York é grande e escolher uma região para se hospedar, sem conhecer a cidade, pode ser difícil. Mas tenha uma certeza: na ilha de Manhattan, não há lugar ruim. Cada região terá seus prós e seus contras, mas como você vai zanzar pela ilha durante a sua estada, o mais importante é estar perto do metrô.

Evite, porém, armadilhas fora de Manhattan, como os hotéis do entorno dos aeroportos Newark ou JFK. Esses hotéis são para passageiros em trânsito. O deslocamento diário não compensa a economia. Se é para economizar se hospedando fora da ilha, escolha um hotel em Long Island City, um bairro do Queens a 10/15 minutos de metrô do Central Park e da Times Square.

O conteúdo original deste post foi atualizado e transferido para outra página.

Para ter uma visão geral da hospedagem em Nova York por região, com hotéis selecionados e dicas para economizar na sua estada, clique neste link:

516 comentários

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Olá.
Encontrei o The Hotel @ Times Square. Sabe dizer se é bom?

Site do hotel:
http://applecorehotels.com/the-hotel-at-times-square/

Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Acima estão listados os hotéis que o Ricardo Freire recomenda. Veja opiniões de ex-hóspedes sobre o The Hotel no Booking.

Lena
LenaPermalinkResponder

Aluguei um apartamento em Astoria o mes de outubro e adorei.
Contato. Débora & John Watts. email: d.santos.watts@gmail.com. tel: 1 (718) 278-9619. www.thewattshome.com ...

Henrique
HenriquePermalinkResponder

Riq, curti muito o Radisson Martinique, fica a dois passos do metrô, ao lado da Macys, a duas quadras do Madison Square Garden, a uma estação de metro da Times Square, perto do Madison Square Park , duas quadras do Empire , enfim achei ótima sua localização para um turista de primeira viagem como eu ...

adelaide oliveira

que post ótimo! indicações preciosas.

fiquei no - moderninho - room mate grace e achei super ok. preço bom, a decoração dos corredores e quartos é meio absurda mas nada que comprometa, atendimento amigável, quartos limpos, cama ótima, chuveiro bom, alguns quartos são pequenos ( fiquei lá em duas ocasiões, antes e depois do sandy), outros têm tamanho honesto para um casal e duas ou tres malas.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Excelente post, muito útil!

RodrioSP
RodrioSPPermalinkResponder

Roberto,
Eu e minha esposa ficamos nesse hotel em maio. A localização é excelente. O hotel é bom. Café da manhã satisfatório. O quarto é pequeno mas suficiente para uma cidade como NY, com milhões de coisas para se fazer. Quase não se fica no quarto.
Para mim, os contras são: a janela do quarto não abria; assim não circulava o ar no quarto; a limpeza também não era das melhores.
Espero ter ajudado.
Rodrigo

Robson
RobsonPermalinkResponder

Curti também o Hotel Mela colado na Toys R US da Times Square.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Eu e minha esposa nos hospedamos lá durante nossa lua de mel. Hotel e localização excelentes!

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Obrigado pelas dicas, Rodrigo! smile

Milton Lucio
Milton LucioPermalinkResponder

Em setembro, fiquei hospedado em Long Island City, no Hotel Vetiver. Diárias a US$ 150,00, cerca de metade do preço que outros hotéis, com mesmo nível de conforto (na região da Times Square) estavam cobrando no mesmo período.

Long Island City é o "bairro" do Queens mais próximo de Manhatattan, basta atravessar a Queensboro Bridge e voilá !!
Tem uma estação de metrô na esquina a 1 quadra do hotel (estação 39 Av., linhas N e Q amarelas). Pegando o metrô ali, em cravados 15 minutos você estará na Times Square (42nd St). Ou em, 8 minutinhos, no Central Park (59th St).

O hotel é bem novo (foi inaugurado há pouco mais de 1 ano, em 2011), quarto espaçoso (para os padrões de NY), sacadas com vista para Manhattan (e para a Queensboro Bridge), limpo (nada de mofo ou poeira). E com café da manhã gratuito.
Um passeio legal em Long Island City é ir ao Gantry State Park, uma vista maravilhosa de Manhattan e da Roosevelt Island.
http://nysparks.com/parks/149/details.aspx

Outro passeio imperdivel é pegar o ferry boat East River Ferry, ao lado do Gantry Park (no terminal Hunters Point), para ir até a Brooklyn Bridge e/ou Pier 11, proximo a Wall Street.
(http://www.nywaterway.com/erf-home.aspx)

Valeu muito a pena ter ficado lá !!!

Expedito Paz
Expedito PazPermalinkResponder

Fui para NY em agosto, e fiquei hospedado no Hampton Inn Empire State/35th Street. Apesar do quarto bem apertado e sem frigobar (não sei se é costume americano, mas senti falta), gostei bastante do hotel. Bem localizado, e aceitou encomendas da Amazon numa boa.

Para quem for, não estranhar a presença de muitos orientais. Há dois restaurantes coreanos bem perto do hotel, são points dessa turma por lá. Também há alguns pubs (bom pra quem eventualmente quiser ver futebol por lá, eles passam jogos do campeonato inglês) e uma pequena cantina italiana, só que comandada por mexicanos. Comida por lá é muito boa. Ainda na alimentação, tem um Subway pertinho também. E os caras lá são bem mais rápidos que os atendentes das filiais brasileirassmile

Nelson Breitman

Excelente post, como todos os do VnV. Apenas uma mínima correção: o quinto "Borough" de Nova York é "Staten Island" ("Long Island" é onde estão o Brooklyn e o Queens). A largada da maratona de Nova York é lá. Para quem for passar mais de um mês em Nova York é um passeio interessante, porque é até engraçado considerar que aquela cidadezinha pacata também seria Nova York.

Dias Brito
Dias BritoPermalinkResponder

Eu já ia fazer a mesma correção, mas claro que alguém já havia percebido. Obrigado !!!

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá pessoal do VnV!!

Fiquei no econolodge no feriado de outubro e foi ótimo!!
A localização é incrível para quem quer ficar perto da Times Square a um preço razoavelmente bom, paguei em duas diárias em quarto duplo cerca de US$ 600,00, com taxas.
O hotel não é luxuoso e o quarto é pequeno, porém para quem só fica no hotel pra dormir está perfeito.
O único ponto negativo foi o barulho, pois fiquei no segundo andar e o isolamento acústico não estava legal. Porém, depois de um dia inteiro de caminhada você nem escuta nada!rs
Os funcionários são suuuper simpáticos e prestativos.
Fiz praticamente todos os passeios a pé. Peguei táxi para uma baladinha a noite que não chegou a US$ 10,00. Quanto ao metrô apenas cuidado aos fds, pois algumas linhas mudam e você pode se perder, que nem eu!! smile

Bj

Gabi

Fernanda Cattoni

Ric e viajantes! No fim de outubro estive em NY e ficamos no Intercontinental Times Square, na 44, entre a 8a e 9a. Muito bom mesmo! Como estávamos lá durante o Sandy, o hotel foi o que nos salvou!! Prestaram toda a assistência necessária. Além disso, tem ótimo serviço e restaurante, que comportou todos os hóspedes durante os dois dias de enclausuramento total... Aconselho!

Sinara
SinaraPermalinkResponder

Pessoal,ótimas dicas.Ano passado fui a primeira vez e fiquei no Comfort inn Theater District na 44, entre a 8a e 9a. Achei ótimo!abraços.Sinara

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Para mim, sem dúvida a escolha é Midtown East. Quando voltar a Nova York ficarei lá de novo, com certeza. E no Affinia 50, muito confortável e um excelente custo-benefício.

Lucas
LucasPermalinkResponder

Estive no início de Setembro em NY e fiquei hospedado no Milford Plaza, na região da Times Square e arredores.
Sinceramente, a experiência foi sofrível, muito em conta do barulho infernal da reforma, que fez com que eu e minha namorada nos mudassemos de quarto duas vezes em 6 dias; a primeira do 23º andar para o 4º e, a seguinte, do 4º andar para o 17º.
O barulho começava às 7h da manhã e seguia, ininterruptamente, até às 9h.
No primeiro quarto, fomos acordados em pleno domingo com uma bateção de estaca e ao som de furadeira ao lado da janela na fachada do edifício. Ao ligar para a recepção, nos informaram que nada poderiam fazer, um completo absurdo!
Mudança para o 4º andar e, além do barulho, nos deparamos com baratas dentro da banheira e condições de limpeza não muito boas. O quarto cheirava a cigarro, apesar de o hotel ser smoke free.
Nova mudança e, dessa vez, a barulheira não era tanta, mas incomodava quem pretendia apenas descansar após um dia de correria.
Além desses fato, a recepção do hotel estava fechada e a entrada tinha que ser feita pela Rua 45, o que criava uma verdadeira muvuca no estilo saída de estádio de futebol em dia de clássico; filas imensas para check in/check out e muita desorganização.
Reformas são necessárias e todos entendem tal fato, contudo, não é admissível que o andar que esteja sendo reformado seja aberto para a hospedagem, com cobrnaça de tarifas que não tem nada de razoáveis, tal como ocorreu no meu caso.
Definitivamente não foi uma boa experiência e, certamente, não iriei repetir a hospedagem nesse hotel quando retornar a NY.

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Uma saída que ajuda, sempre, é dar uma conferidinha rápida no TRipAdvisor uns dias antes da sua viagem. Se começarem a aparecer reviews problemáticos recentes, dá pra tentar cancelar o hotel antes de chegar.

Uma consulta rápida ao TripAdvisor desse hotel revela, por exemplo, reviews com os seguintes títulos já na primeira página (http://www.tripadvisor.com/Hotel_Review-g60763-d1938661-Reviews-Milford_Plaza_Hotel-New_York_City_New_York.html)


“Potentially a good budget hotel if they had bothered to renovate with any sort of care”

“Not worth it”

“Poor service, won't recomend it to anyone.”

“Overpriced and under construction”

A dica vale para todos os trips: se tua reserva é cancelável/reembolsável, vale sempre dar uma verificada dias antes de viajar. E, se for o caso, lidar com o perrengue ANTES de chegar para o check-in.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Ótima dica e a compartilho, usei-a na minha viagem à Europa e só precisei me "preparar" para perrengue só uma vez nos vários hotéis que tinha reservado. Ainda bem que já tinha lido o TripAdvisor e cheguei para o check-in no hotel já sabendo o que pedir para evitar problemas. No caso, um quarto mais longe de uma área que estava em reformas.

Ederli
EderliPermalinkResponder

Nos comentários sobre os hotéis, seria legal incluir informações sobre a Internet.Wifi gratuito, sala com computadores para quem não quer levar o próprio equipamento, rede boa ou ruim, todos são detalhes interessantes.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ederli! Clique nos links dos hotéis que interessarem, e você verá informações sobre internet gratuita quando houver.

Wanya
WanyaPermalinkResponder

Excelente artigo! Há muito que vinha desejando ter disponíveis essas indicações.
Aproveito para comentar que A BOIA é muito útil, além de contar com escrita leve e divertida.
Obrigada pelas dicas!

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Desculpe o termo, mas... PQP, que belo dossiê!

Muito obrigado, e os comentários, como sempre, completando o serviço top!

Thiago Farias
Thiago FariasPermalinkResponder

Quando fui a NY, me hospedei no The Newton Hotel, que fica na Broadway com a 93 e não vi nada de estranho na vizinhança ou que lembrasse "turismo antropológico no harlem", apesar de ficar acima da rua 90. Realmente tem que fazer umas belas viagens de metrô para chegar na muvuca, mas nda que fosse difícil ou impeditivo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Rua 93 realmente não é Harlem, é apenas distante. O Harlem foi mencionado porque tem alguns hotéis e B&Bs em conta, que de repente aparecem nas perguntas.

ANA PAULA CAMARGO

Olá, Ricardo
Sempre uso suas dicas nas minhas viagens. As dicas são preciosas!
Agora, preciso de uma uma grande ajuda. Tenho pesquisado o que vc diz, mas continuo muito insegura. E depois do que vc comentou no dia 13 de novembro sobre onde ficar por região de NY, fiquei preocupada! Entre o dia 28 de dezembro e 8 estarei com minha família (eu e meu marido, uma filha de 19 e um filho de 13) em NY. Fiz reserva no Paramount. Eu quero muito desta viagem! Eu quero um pouco estar no cartão postal, mas tb quero perceber a cidade na sua dinâmica não turística - mais natural. Queremos um pouco do consumismo, mas temos uma lista enorme de espaços culturais que vamos visitar. O período é de muito frio e gostamos de andar a pé, olhar as pessoas do lugar, conhecer o cotidiano...Olhamos no google maps a cara do hotel e da rua e arredores, e as imagens eram muito poluídas. Era um grande centrão comercial. Desculpe, posso estar vendo com a minha cabeça e não com os meus olhos!Leio nos blogs adjetivos preocupantes para a área...Vc usou a expressão pechinchas para o Hotel...Ai, não consigo mais imaginar que o hotel é uma ótima opção com preços fantásticos. Ufa! Estou buscando alternativas para não chegar lá com cara de que não gostei...Aí, pensei em dividir nossa hospedagem entre Paramount e Hudson. Viver dois mundos novayorkinos! O que vc acha de tudo que disse? Acredito que vc deve conhecer muito bem NY e assim espero que vc tenha um tempinho para comentar com um pouco mais de detalhe as questões de levantei.
Um abraço
Ana Paula

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! Quem responde é A Bóia.

Não tenha ilusões: Nova York é, em sua maior parte, feia e mal-encarada. Não é mais suja nem insegura, mas não é nada certinha. Você vai encontrar bolsões de riqueza e beleza explícitas, mas no geral a cidade está mais para São Paulo do que para Paris. É o seu charme.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

O Paramount fica numa regiao super comercial/turistica, assim vc tera' a conveniencia de estar proximo de alguns lugares onde podera explorar a pe' (mas no periodo que estara aqui pode pegar um frio daqueles). Nao posso opiniar sobre o hotel, melhor vc procurar informacoes de outros trips aqui e no tripadvisor. Outra vantagem e’ que o hotel esta proximo de Hell’s Kitchen onde ha varios restaurantes interessantes.

Gosto muito da localizacao do Hudson hotel por estar proximo ao Central Park, do Whole Foods, do metro de Columbus Circle, do Lincoln Center, etc. Mas e’ um hotel mais voltado para um publico jovem.

Talvez uma boa saida seria alugar um apartamento (meu irmao alugou recentemente um em Roma e gostou bastante da experiencia). Se voce encontrar algo ou nos Villages, Upper West, ou Upper East Side, ai sim vcs teriam uma experiencia mais parecida com a de um novaiorquino.

A boia tem razao quando diz que Nova Iorque nao e’ Paris, mas os bairros que citei acima sao muito charmosos.

Finalmente NAO recomendo passar a virada na times square em hipotese alguma. E’ programa 5 tacapes!

A. L.
A. L.PermalinkResponder

ANA PAULA, para usar uma expressão em inglês lá do Wyoming, acho que "you are overanalyzing the horse and turning it into an unicorn".

A menos que você vá morar pelo menos uns 2 meses em uma cidade grande como NYC, é ficção essa história de "viver como um local e observar seu dia-a-dia". O próprio fato de você estar passeando, e não trabalhando e cuidando de afazares convencionais de um morador, já elimina 80% do sentimento "quero me sentir um local".

Só destinos turísticos com ambientação extremamente controlada (ou manipulada, dependendo da visão de cada um) como cruzeiros, mega resorts autossuficientes no meio do nada, e cidades pequeninhas hiperdependentes de turismo conseguem ou tentam criar essa atmosfera que seduz o turista a sentir-se parte do lugar.

Em qualquer lugar onde há muitos turistas, naturalmente a oferta de serviços da região muda dos moradores para os turistas. E, em uma cidade muito visitada como NEw York, os lugares sem muito turistas possivelmente não tem atrações e o charme que atraem... turistas. É uma situação difícil de se escapar, pelo menos enquanto cidades grandes forem democráticas e receberem todo mundo que lá quer visitar.

Isso tudo dito, eu deixaria de me preocupar com os detalhe de detalhes da vizinhança do meu hotel e pensaria mais em como fazer um programa que me agrada. Bastam umas poucas estações de metrô e a vibe local de onde vc estiver muda completamente. É muito fácil resovler esse dilema em New York. Complicado é embarcar em um cruzeiro de 10 noites em que você detesta a música, enjoa da comida no primeiro dia, e acha a decoração do deck nada a ver com sua personalidade. Aí, só falta aula de lambaeróbica na piscina para arruinar suas férias. Em um lugar como New York City, onde você vai ficar (não é perigoso, nem distante), basta se movimentar um pouco mais e experimentar diferentes facetas da cidade.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Ana Paula:
voltei ontem de NY. Foi minha 1ª vez. Eu e meu marido resolvemos alugar um ap pequenino no Upper West Side. Adoramos! Dá pra sentir bem o gostinho de ser um local. Íamos ao supermercado, à bakery, àté em loja de ferragens eu fui. E deu pra conhecer muuuuitos pontos turísticos. Esse ap ficava perto da linha 1, que nos serviu muito bem. Nóa alugamos o apartamento pelo site recomendado por este site, o airbnb.com: Olha o link: https://www.airbnb.com.br/rooms/14092
Deu tudo certo. A partir de agora, só ficarei em apartamentos alugados.
Que cidade linda que é NY. Não é a toa que todo mundo adora...

Eymard
EymardPermalinkResponder

Ana Paula, escolha um lugar e fique. Não vale a pena trocar de hotel na mesma cidade. Voce perdera um dia iinteiro fechando mala, fazendo check-out, check-in, etc....

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Riq, você é tudo nessa vida, né? AMEI essa compilação, deve ter dado um trabalhão, né?
Na minha última vez em NYC ficamos no Hilton Garden Inn no Tribeca e adoramos, até a sogra que é fã de Times Square essas coisas, adorou a "nova" região...
Adorei o post!

ANA PAULA CAMARGO

Valeu, Philipp!

Pode ser um opção interessante alugar um apartamento. E o Reveillon no frio - realmente, nem pensar! Assim, estou procurando reservar algum lugar que permita a entrada de pessoas abaixo de 21 anos.
Obrigada

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Nossa que post maravilhoso veio bem a calhar, da primeira vez que fui fiquei no Four Points by Sheraton na Times Square e gostei, mas dessa vez, vou no próximo janeiro, quero mudar e essas dicas são perfeitas, agora como também vou a Boston será que tem como sair um post de lá, estou totalmente perdida.

Amannda
AmanndaPermalinkResponder

Olá Boia e Riq!

Comprei uma passagem pra Nova York, do período de 17 de maio a 24 de maio e ainda não decidi pelo hotel. Esse post veio muito a calhar pq agora eu tenho certeza da região que eu quero ficar! Vou pela 1ª vez na cidade e penso que devo ficar mais perto do burburinho turistico, para me sentir em Nova York das fotos e dos filmes, rs. Mas estou com uma dúvida e se vcs poderem me ajudar, ficarei agradecida: eu devo reserva o hotel agora ou é melhor esperar 3 meses antes para ver se aparece alguma promoção?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amannda! As tarifas descontadas normalmente aparecem 3 meses antes. Mas num site como o Booking a maioria das reservas é cancelável sem custo; veja as condições antes de fechar a reserva.

Amannda
AmanndaPermalinkResponder

Obrigada pela resposta! Mas será que eu corro risco de ficar sem hotel se eu esperar pra reservar 3 meses antes? Tenho 3, 4 hoteis em mente e se algum desses tiver tarifa com desconto já fico satisfeita! Desculpa as perguntas meio óbvias, mas é a primeira vez que eu compro hotel nesses sites de reservas online. Antes, comprava em agência! Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amannda! Você não vai ficar sem hotel. Mas como falamos, você pode reservar por uma tarifa cancelável e voltar a procurar três meses antes.

Roberto Domingues

Sei que o que aconteceu na minha viagem a Nova York é raro, mas felizmente estava hospedado no Midtown de 24 de outubro a 3 de novembro deste ano. Quando o furacão Sandy bateu em Nova Jersey (a cerca de 150km de Nova York), às 23hs do dia 29 de outubro, segunda-feira, o sul (downtown) de Manhattan sofreu com inundações e queda de energia. Onde eu estava, não se sentia nada de grave, um pouco de vento e uma chuva fraca, sem queda de energia. No dia seguinte, quase tudo ia voltando ao normal.
Na quinta-feira, três dias depois da passagem do Sandy, como o metrô voltou a funcionar até a rua 32, resolvemos fazer um passeio pelo Chelsea e High Line. Mas da Rua 32 pra baixo estava quase tudo fechado e apagado, inclusive os sinais. Imaginei que pelo menos poderia passear no High Line, mas também estava fechado, sem previsão para reabrir.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Excelente post!

Na próxima visita, pretendo experimentar a NYC de outras regiões e, sem dúvida, Chelsea e Meatpacking District estão no topo da lista.

Lena
LenaPermalinkResponder

Ana Paula Camargo, estive em outubro por 30 dias em N.Y. Aluguei um apartamento em Astoria e adorei.
Contato. Débora & John Watts. email: d.santos.watts@gmail.com. tel: 1 (718) 278-9619. http://www.thewattshome.com o Apartamento perto do metro, e 8 minutos do central park e 15 da Time Square. Estava do perído do Furacão e a proprietária Débora e seu marido foram maravilhoso conosco, deram todo o suporte necessário. Vou sempre a N.Y e sempre ficava em Hotel, mas depois desta experiencia de ficar numa casa, onde vc tem tudo que necessita, sempre ficarei em apt.

Sylvia Possamai

Boa tarde Ricardo.

Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo blog. Estou indo com meu marido para Nova Iorque em janeiro e é muito bom ver dicas de alguém que conhece o assunto.
Estou precisando de uma ajuda, pois para começar, fiz o que já dissestes que não é recomendável, comprei passagens GIG/NY/AMS/GIG. Muito bem, agora que a besteira já esta feita, preciso fazer um roteiro de 10 dias (sendo que é a minha primeira vez na Europa) saindo e voltando para Amsterdam.
Minha ideia e ir de Amsterdam para Paris e de Paris para algum lugar nos Alpes Suíços. Além de aproveitar para conhecer Bruges no meio do caminho entre Amsterdam e Paris.
Agora surgem as dúvidas: 1. como faço esta parada em Bruges? 2. Tens alguma sugestão de aonde e como ir para Suíça? 3. Os trens noturnos realmente são perigosos? (dois amigos meus disseram que tiveram as malas roubadas numa situação assim).
Agradeço profundamente a atenção. Abraços.

Thalita
ThalitaPermalinkResponder

Pessoal, estou indo pela 1ª vez em junho/13, e encontrei um ap. pelo airbnb que tem bons comentarios, preço justo e pelas fotos está bem ok. A comunicação com os donos é rápida e fácil, mas fico na maior dúvida porque é em Hell's Kitchen. Como novata, fico com receio de ficar lá e ser meio mal encarado, parado ou deserto a noite. Já li no post que a fama é pegadinha, mas o ape não está na área indicada... Fica na 461 West 49th Street... Alguém sabe me dizer se a área também é tranquila?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thalita! O site é do Ricardo Freire; ele já expressou a opinião dele sobre a região. Ou você encara o fato da região ser mal encarada, ou não encara. Não é uma regoãop perigosa.

Thalita
ThalitaPermalinkResponder

Eu sei que o site é dele e sei da sua opinião pois, como eu mesma disse, li o post. Por esse mesmo motivo comecei o comentário com "Pessoal", para que outras pessoas, se possível, dessem suas opiniões sobre a área. Acho que não custa responder alguém informando, tranquilizando ou ajudando a se livrar de uma enrascada. Até porque são poucas as informações sobre Hell's Kitchen aqui no VnV, inclusive nos comentários, se comparado com vários outros bairros.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thalita! A resposta para você é simples: se tem receio e a opinião do Ricardo Freire não é suficiente, escolha outro lugar da cidade. Não faltam regiões fofinhas, como Upper East Side e Upper West Side e redondezas do Central Park. Se quiser ficar onde todos ficam, há a Times Square.

Todas as outras regiões cairão na categoria mal-encarada -- indo de levemente mal-encarada até muito mal-encarada. Nova York é assim.

Alfinete
AlfinetePermalinkResponder

Alô, bóia! O site é do Ricardo, mas não sabia que ele era Deus! "...se tem receio e a opinião do Ricardo Freire não é suficiente, escolha outro lugar da cidade."
O Ricardo tem um ótimo site, com um conteúdo aparentemente bastante confiável.
Se a pergunta de Thalita é considerada 'redundante', que a apagassem. Mas se você se prestou a respondê-la, que respondesse com informação mais útil e sem prepotência.
Ela não conhece NYC e veio atrás de informações para ajudá-la em sua viagem. Se você conhece, ajude ou fique quieto(a). - se tivesse falado apenas ' Não é uma regoãop perigosa' já teria ajudado de melhor forma.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alfinete! Não é uma região perigosa.

(A propósito: está escrito no texto...) mrgreen

Whatever
WhateverPermalinkResponder

Essa Bóia anda muito sem paciência... Um pouco mais de educação seria pedir demais?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcela! Pode pedir. Mas guia mais detalhadinho que esse, impossível, né. wink

Criar Facebook

Minha última vez, fiquei no Hudson. Gostei e sempre indico aos meus amigos.
Mas agora com esse seu post, me deu vontade de conhecer muitos outros lugares na minha proxima viagem a NY!
Obrigada!!! Sucesso

Marcela
MarcelaPermalinkResponder

Oi pessoal!!
Fui pra NY agora em outubro e fiquei em um hotel recém-inaugurado... é o Pod39, o "irmão" do Pod51. Eu consegui reservar por um preço bom, ainda mais porque tinha uma promoção de inauguração. O quarto é pequeno, porém bem funcional e tudo novinho! Esse hotel, diferente do outro Pod, não tem a opção de banheiro compartilhado, são todos quartos completos. Fomos super bem atendidos, o staff é jovem e nos ajudaram em tudo que precisamos. Quanto a localização... Fica na 39th Street com a 3rd Ave, eu achei a vizinhança super ok, o metrô mais próximo (cerca de 3 quarteirões) era o da Grand Central que, por si só já é incrível! Além disso, no último andar tem um rooftop muito legal, com um barzinho e uma vista linda de NY. Super recomendo!

Bia
BiaPermalinkResponder

Vou ficar lá agora em maio, adorei seu comentário, me deixou mais tranquila. Obrigada!

Criar Facebook

nossa, simplesmente sensacional sua dica ! você especificou excepcionalmente bem NY ! parabéens !

Adriana Braga
Adriana BragaPermalinkResponder

Sempre que vou à NY, fico no BEST WESTERN PLUS President Hotel at Times Square. Ele fica na cara do gol da Times Square e não foi citado pelo Ricardo... Ele fica na 234 W 48th Street (rua das mega stores de chocolate M&M's e Hershey'S), fica em frente a um dos teatros da Broadway, na rua de trás tem um restaurante brasileiro, tem um pub ao lado que é ótimo e só dar alguns passos que já está na Times Square. Já me hospedei em outras regiões e não gostei tanto...Fora o preço do hotel, que acho razoável.
Na postagem, o Ricardo citou como "Pegadinha da região da Times Square" a falta de restaurantes interessantes. Pois eu recomendo o Carmine's (200 West 44th Street). Adoro!!!

tati
tatiPermalinkResponder

Sou leitora assídua, mas é a primeira vez que comento! Sempre que vou à NY fico no mesmo hotel: o EDISON HOTEL. Como foi dito no post, é uma opção mais em conta pra quem quer ficar perto da Times Square, mas eu acho que super vale a pena. Fui em setembro e fiquei em um quarto que tinha sido reformado, mas mesmo assim não tem nada de mais. Já fiquei nos quartos mais antigos, que são beeeem antigos mesmo!!! Mas a localização é excelente. Perto de vários lugares legais e com acesso fácil pra qualquer ponto da cidade. Meu tipo de perfil pra este tipo de viagem é ficar o mínimo possível no hotel, então, o Edison me satisfaz! Nesta minha última ida a NY levei meu filho de 11 anos e a localização do hotel ajudou bastante: podia ir ao hotel várias vezes ao dia, conforme a disposição do meu pequeno, sem ter que dar voltas pela cidade ou alterar os roteiros dos meus passeios. Sempre no meio do dia a gente dava uma passadinha no hotel, pra ele descansar, pra deixar as sacolas.... Espero ter ajudado!!!

Ana Amelia
Ana AmeliaPermalinkResponder

Excelente post!!

Minha viagem a NY estava marcada para o dia 29/10, o dia em que o Sandy passou por lá! Por esse motivo só conseguimos embarcar no dia 31/10. Tínhamos reservado o The Standard East Village, mas eles estavam sem energia e água quente. Por esse motivo reservamos de última hora o Aka Times Square (44th entre a sexta e a sétima avenida), região que queríamos evitar a princípio. Por fim foi ótimo! Para visitantes de primeira viagem a região é excelente por estar próxima dos principais atrativos, com acesso fácil ao metrô e movimentada, inclusive à noite. Como o Ricardo comentou é uma região mais voltada para turistas, mas nada impede que peguem o metrô ou táxi para comer em restaurantes mais legais em outras regiões.

Adoramos o hotel, ficamos no quarto mais simples e mesmo assim era praticamente um apartamento, tinha saleta, cozinha completa, máquina de lavar e secar roupas etc. O atendimento foi ótimo, recomendo!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Amelia! Agradecemos o depoimento smile

Roberta Franklin

Fiquei no Distrikt Hotel em setembro, mencionado no post, e posso dizer que foi um dos melhores atendimentos que já tive em todas as minhas viagens! Funcionários extremamente solícitos, café da manhã muito bom e a região é entre Times Square, Macy's e Hell's Kitchen... tudo muito fácil.
E tudo no hotel é moderno e aconchegante! Quartos grandes, funcionais, com cafeteira moderna e cafe gourmet... banheiro do tipo que eu queria ter em casa! rs
Logo depois que chegamos, deixamos as malas e saímos, e ao voltar à noite, encontramos uma carta assinada (mesmo) pelo gerente e dois brownies caseiros sobre a cama, desejando uma boa estadia, e ao lado um cartãozinho com informações sobre o clima (previsão de chuva) e temperatura no dia seguinte... Eu não me lembro de ter tido mimos assim em outro hotel em NY!
Super recomendo!

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Riq e bóia(s), estava pesquisando passagens para NY em janeiro e fiquei chocada ao ver que a TAM está cobrando 400.000 milhas para viagem ida e volta (casal). Eu enlouqueci ou as cias aereas enlouqueceram?! A vocês, que acompanham melhor esse mercado, eu pergunto: esse notório aumento nas tarifas é sazonal e temporário? Ou devo desistir de conhecer NY?! Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Na alta temporada sempre é difícil conseguir passagens-prêmio nas cias. nacionais para o exterior. Tente nas parceiras da Star Alliance, pode ser mais barato.

O melhor uso de milhas na TAM é para passagens nacionais em dias caros. Basta haver lugar no vôo que você consegue pelo mínimo. Você pode, por exemplo, encontrar trechos próximos ao Réveillon que estão custando R$ 1.200,00 e garantir por 10.000 milhas.

Raisa
RaisaPermalinkResponder

Olá! Estou olhando um apartamento para alugar em Nova York que fica no Harlem, logo acima do Central Park. Gostaria de saber se essa região é boa (o apartamento é muito bom!) e segura.
Não entendo o que querem dizer quando dizem "turismo atropológico do Harlem"...
Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raisa! Turismo antropológico = passear por bairros não-turísticos, ver gente não-rica, ter uma experiência mais autêntica, menos pasteurizada. Nem todo mundo está preparado para isso.

Março estará bastante frio ainda, é inverno.

Raisa
RaisaPermalinkResponder

Outra coisa... quero ir no final de março. Como é o clima nessa época? Abraços!

Dias Brito
Dias BritoPermalinkResponder

Ainda é frio.

Dias Brito
Dias BritoPermalinkResponder

Não recomendo o Hotel Pensilvânia. Fiz check in lá numa sexta e peguei uma hora de fila (havia um evento lá). O primeiro quarto que nos deram tinha roupa de cama, suja, com cabelos !!! O segundo não tinha água. O terceiro, por fim, funcionava bem.
O hotel de Manhattan que recomendo, excelente custo x benefício e boa localização, é o Seton Hotel, perto do Bryant Park e de Grand Central. Boa oferta de Metrô e dá para fazer coisas a pé também.

Adriana Braga
Adriana BragaPermalinkResponder

Nossa! Concordo com você...o hotel é uma droga...e muitas agências de turismo têm parcerias com ele...Quando fiquei hospedada lá, até ladrão entrou no lobby, veio polícia,confusão, parecia filme americano! Imediatamente mudei de hotel!

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Galera ..... sempre que vou à Flórida, eu fico nos hotéis da rede La Quinta (www.lq.com), que são hotéis simples, de baixo custo, muito limpos e com atendimento fantástico. Estive esse mês em Manhattan (Nova Iorque) e pesquisei muitos hotéis, inclusive o La Quinta (na 32 - Korea Town) vizinho do Radisson Martinique e da Penn Station. Na dúvida, como o preço do La Quinta era mais convidativo e minhas experiências na Flórida eram boas, resolvi ficar lá. Bom, seguem minhas impressões:
- atendimento: muito bom, acho que é padrão da rede;
- localização: fantástica, é possível a alguns metros acessar a linha azul, verde e amarela do metro, dá para ir a pé à Brodway e a Times Square, está a 200 metros do Madson Square Garden e a 100 metros do Empire Stares;
- Quarto: grande, confortável e extremamente limpo e cheiroso;
- Preço: Melhor que os demais do mesmo nível (sem luxo);
- Café da manhã: esse é o único ponto fraco do hotel.
No resumo da ópera, voltarei a ficar lá no ano que vem.
Abraços.

Silvio
SilvioPermalinkResponder

Recomendo o Carvi Hotel. Hospedei-me por lá em meados de 2012 e não tive do que reclamar. O quarto no qual fiquei era amplo. novo e limpo. Nada que lembrasse a mofo ou a cigarro. O banheiro era surpreendentemente espaçoso. A localização do hotel é de razoável para boa, ao gosto do freguês. Mas há uma estação do metrô próxima. Todavia, o que ajuda por demais é que os viajantes brasileiros, que não dominam a língua inglesa, encontram no Carvi diversos funcionários que falam português, o que facilita sobremaneira a viagem. Ademais, tais funcionários atenderam-me sempre de forma cordial, atenciosa e prestativa. Como pontos negativos, posso mencionar que o hotel não dispõe de café da manhã (o que vai ao encontro do padrão novaiorquino) e que o meu quarto tinha vista para um paredão, por assim dizer. Mas, convenhamos, eu sabia que não teria o Central Park como vista. O preço do Carvi também não é salgadinho. Contudo, especialmente se você não dominar o inglês, o Carvi seria uma excelente opção para iniciar-se em NY.

Silvio
SilvioPermalinkResponder

Retificando o post anterior: o preço do Carvi é salgado (eu havia escrito o contrário). Ou seja, não é um hotel com preços módicos. Compensa o preço a facilidade de comunicar-se em português.

João Lucena
João LucenaPermalinkResponder

Ricardo, não é por a caso que o VNV faz tanto sucesso. Neste artigo você destrinchou Nova York da melhor forma para aqueles que precisam descobrir uma boa localização para se hospedar. Quem ainda tem dúvidas sobre as diversas opções de hospedam em Manhattan vai ficar muito bem servido com este post. Paraben!

Felipe
FelipePermalinkResponder

Caros,

Pretendo ir para New York na segunda quinzena de fevereiro e temos duas dúvidas:

1. Pretendemos ficar no Washington Jefferson Hotel (318 West 51st Street). Alguém tem alguma dica referente à localização e ao hotel?

2. Seis noites é suficiente para conhecer o principal com calma e ainda curtir um pouco o "off tourist"?

OBRIGADO!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Se puder, fique entre 7 e 9 dias. Mas 6 dias não está mau.

O hotel fica na 51 com 8a. Clique e leia o que dizem deste hotel no Booking.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Obrigado Boia,

Verificaremos a possibilidade de aumentar um dia, porém posteriormente iremos para Boston e depois Orlando...ufa.. smile)

A localização me parece ótima...tem algum outro hotel para sugerir, pois o WJhotel está praticamente lotado.

VALEU!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Não sei se você notou, mas este post tem dezeeeeenas de hotéis sugeridos.

Sabino
SabinoPermalinkResponder

Caros,

Estarei chegando no JFK no dia 12 de janeiro por volta das 23:35. Fiz reserva no Paramount Hotel entrando no dia 12. Minha dúvida é se vale a pena fazer check-in no dia 12, levando em conta o tempo da imigração + deslocamento ou modificar para o dia 13. O check-in inicia as 15:00 e encerra as 12:00. Sobre o hotel, alguém pode dar uma referência também? Li muitos comentários nos sites, muitos bons e muitos negativos, mas queria saber se alguém da organização do site tem uma opinião sobre ele. Parabéns pelo conteúdo do Site!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sabino! Se você chegasse em São Paulo às 23h30 depois de uma viagem de avião de 11 horas você esperaria até as 15h do dia seguinte para tomar um banho e deitar numa cama fresquinha? Em Nova York a sensação de ser um mendigo por 15 horas seria exatamente a mesma.

O Paramount está na lista deste post, procure na seção em torno do Times Square; clique e leia as resenhas do Booking.

Sabino
SabinoPermalinkResponder

KKK!!!! Muito boa a resposta... realmente não fui muito claro, o que queria avaliar é se teria alguma opção bacana logo cedo, pois vamos ficar poucos dias e queremos aproveitar ao máximo... Já havia lido as do Booking e do TripAdivor, mas como falei, tanto falam bem como mal... De qualquer forma obrigado por terem respondido.

Priscilla
PriscillaPermalinkResponder

Eu fui pra NY em outubro. Estava lá durante a passagem do furacão Sandy. O furacão não atrapalhou muito, pois a parte turistica da viagem já estava feita. O problema maior foi com as compras que deixei pra fazer nos últimos dias, pois aí as lojas estavam fechadas. Mas até foi interessante andar pela cidade e ver como eles se organizam e se unem pra superar as tragédias. Fiquei no Royalton e adorei. O hotel fica na 44th. Da 39th pra baixo todos ficaram sem energia. O hotel ficou sem internet por algumas horas e só. Achei que o pessoal do Royalton se preparou superbem para o furacão e me senti segura. Achei tudo ótimo: o staf, as acomodações, a localização, tudo! Estou indo de novo em abril e achei essa localização tão boa que escolhi pra ficar o Algonquin, em frente ao Royalton. Só não ficarei de novo no Royalton porque o Algonquin estava em promoção e está na mesma localização.

Keila
KeilaPermalinkResponder

Olá
Vou tirar férias no final de abril de 2013 e nessa época, estarei grávida de 6 meses. Todos me recomendam ir pra Miami aproveitar as compras de bebê, pois a economia é grande. O problema é que eu nunca fui para os EUA e gostaria de conhecer algo mais do que só fazer compras. Ir pra Orlando vai ser um pouco limitado, já que eu não poderei ir em vários brinquedos. Meu marido vai acabar aproveitando a diversão sem companhia. Eu gostaria de conhecer mesmo é Nova Yorque, mas aproveitar os precinhos baratos dos produtos pra bebê. É muita insanidade ir pra Nova Yorque e depois dar um pulinho em Miami? Vale a pena? Obrigada pela ajuda

Carol
CarolPermalinkResponder

Olá, gostaria de dar minha contribuição, pois sei o quanto o site e os comentários são úteis nas minhas viagens. Em 2010 meu marido e eu ficamos no The Newton Hotel e gostamos muito. Escolhemos com base no preço e nos comentários no tripadvisor e não nos decepcionamos. O hotel é simples e os quartos são pequenos, mas muito limpos, boa cama e bom chuveiro. O staff foi bem atencioso e existiam vários restaurantes/cafés legais pertinho (e um starbucks em frente). O melhor é a estação do metrô na esquina, pois nos deslocamos facilmente de dia e de noite. Desde que continue igual, é bem recomendável!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar