Curte um lugar? Volte sempre!

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Praia do Toque

| Praia do Toque, São Miguel dos Milagres - AL |

Um dos mais felizes efeitos colaterais de viajar é você descobrir lugares onde se sente incrivelmente em casa -- ou que despertam a vontade de um dia vir a sentir-se em casa.

Se você já sentiu isso alguma vez, é sinal de que aquele é um lugar pra namorar. Vai por mim: considere voltar mais vezes e investir nessa relação. Lugares não são ciumentos, e deixam você ficar com quantos outros você quiser -- mas sempre que você voltar, vai ser recebido de braços abertos.


Volta e meia me perguntam coisas como "Adorei o lugar Tal. Que lugares parecidos você me sugere?" É um caminho válido, mas cartesiano. Pode levar a um lugar ainda mais redondinho do que aquele pelo qual você se apaixonou -- assim como também pode levar a uma decepção, se você pensar o tempo todo no lugar pra onde não foi.

Que tal um outro approach? Escolha um lugar totalmente diferente. E depois dê um jeitinho de voltar na primeira oportunidade àquele lugar de que você gostou tanto.

Cada volta a um lugar que curtimos vai nos tornando mais íntimos. Você percebe as mudanças, sabe aproveitar melhor as qualidades, passa a entender as limitações. A relação vai evoluindo com o tempo, e você aprende qual é o momento certo e a duração adequada dos reencontros.

Não perder contato é muito melhor do que voltar dali a quinze anos e não reconhecer o lugar pelo qual tinha se apaixonado. "Que tristeza! O lugar Xis ACABOU!"

E se, nessas idas e vindas, você enjoar do lugar? Normal. É da vida. Você parte pra outra(s), e o lugar também segue adiante, sem ressentimentos.

Aqui na comunidade temos uma legião de devotos de Buenos Aires, os ViBANas (Viciados em Buenos Aires Não-Anônimos, copyright Mô Gribel). Qualquer caixa de comentários do Conexão Paris é uma trincheira de reincidentes crônicos em desembarques no Charles-de-Gaulle.

Eu tenho um caso permanente e simultâneo tanto com o Rio de Janeiro quanto com a Rota Ecológica alagoana. Já vivi um babado forte com Trancoso, mas esfriamos (nada impede, porém, que a história seja retomada a qualquer momento). Tento me achar mais íntimo do que sou de Paris e Berlim. Resisti, mas sinto que começo a me envolver mais seriamente com Nova York. Agora em janeiro, sob o pretexto de fazer campo, vou investir um mês inteiro numa paixão antiga, Salvador. Queria poder estar mais, e por mais tempo, com Boipeba e Lisboa. (Sim, sou eclético.)

Em "Gostos Adquiridos", meu guru Peter Mayle (aquele da Provence), ensina que melhor (e muito mais barato) do que comprar uma casa na praia ou de campo é voltar sempre ao seu hotel predileto. No "Viaje na Viagem" de papel eu escrevi que por sorte Paris era o lugar mais próximo de qualquer outro no planeta; sempre dava para voltar por lá mrgreen

A Georgia deixou um comentário muito sábio outro dia, a respeito de viagens multicidades (e foi isso que me inspirou a escrever esse texto). Diz ela:

Gosto de deixar para o final da viagem, quando já estou cansada, aquela cidade que já conheço e que posso passear sem bater ponto em lerês, com tempo pra fazer tudo com calma, e até dar aquela dormidinha no meio do dia...

Tirar uma sesta no lugar que você curte de outros carnavais: nada, nada, nada pode fazer você se sentir TÃO em casa.

E você? Pra onde está pensando em voltar?

Leia também:

Eu não conheço um lugar

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


100 comentários

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Perfeito!!!

Flavia (@ladyrasta)

#teamboipeba e #teamsalvador se apresentando smile

Denise Mustafa

#teamsalvador aqui!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

depois das férias do ano passado, a paquera com Boipeba virou um caso sério...

LEANDRO
LEANDROPermalinkResponder

Passei o carnaval do ano 2000 em Boipeba. Vontade de voltar nunca faltou, mas como estive ocupado marcando meu mapa mundi com alfinetes, sempre adiava. Mês passado resolvi dar uma banana de presente pro papai noel e fugi pra lá no natal.

Em doze anos a ilha mudou muito. Lagostas mais caras, muitos turistas, muitas pousadas, tem até um shopping pra lá de estranho. Mas quer saber? A ilha continua lá e continua linda, os locais continuam hospitaleiros, a vila cresceu bastante mas continua simpática. Voltei pra casa não tem nem doze dias e já estou com saudades.

val
valPermalinkResponder

Perfeito!!! Home away from home...

amanhã to indo pro meu! wink

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Assim que eu encontrar um novo amor pretendo levar para praia do Toque. Sonho em voltar naquele lugar....

gabebritto
gabebrittoPermalinkResponder

Concordo, concordo e concordo. E concordo de novo. Meu lugar eterno: Praga, é óbvio.

Marcie
MarciePermalinkResponder

Sabe que as pessoas (não normais, não pertencentes, portanto, à nossa comunidade VnV) me acham bicho estranho por voltar frequentemente a determinados lugares? wink

Os lugares para onde volto com frequência - e para onde pretendo continuar voltando! - são Nantucket, Paris, Istambul, Roma, San Francisco, Saint Paul de Vence, Firenze, Munich, Washington, Boston, London e, last but not least, Rio de Janeiro!! lol

Normalzinha, eu, portanto. Vocês não concordam? mrgreen

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Faltou Erps-Kwerps nos lugares q vc volta, Marcie ! razz

Eu tenho a listinha de "I'll never have enough of": Rio, Salvador, NYC, Londres, Paris e Istambul.

Moreno
MorenoPermalinkResponder

NY. Sempre.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Você sabe comandante que estou vivendo há 4 anos a delícia de fazer viagens que já fiz sozinha, com algumas cidades novas no meio do caminho, vivendo experiências novas com o seu xará. E o post bem como a citação da Georgia caem como uma luva na nossa última viagem (Out/Nov 12). Após 1, 2 ou 3 dias na rota romântica alemã, Munich, Praga, Viena, Budapest e Berlin (deixando muitas coisas para a próxima, atendendo aos gostos de cada um com direito a ver neve pela 1a vez), chegamos para 4 dias em Paris. No dia seguinte a nossa chegada, era o último dia em que os Jardins do Monet ficariam abertos. Mas a gente estava numa cidade que já conhecemos (e já tinhamos ido juntos turistar) e ao lado de um belo jardim (Luxemburgo). Acordar tarde, tomar café na hora de almoçar, flanar sem pressa. Troquei não smile

Denise Mustafa

em abril, voltarei em 2 desses lugares: Paris e Porto. acho que jamais enjoarei.

Marcie
MarciePermalinkResponder

\o/ \o/ \o/

Denise Mustafa

<3

Andréia
AndréiaPermalinkResponder

Fernando de Noronha, Rio de Janeiro e Londres, sempre!! smile Quer mais eclética do que isso?

--AL
--ALPermalinkResponder

Aqui na Europa um lugar do qual particularmente gosto de voltar com frequência é Berlin. É a capital mais dinâmica da Europa, na minha opinião, tem sempre coisas novas acontecendo, e vc tem a nítida impressão de que daqui 10 anos as coisas estarão bastante diferentes, áreas entrando em evidência, outras saindo de moda, outras se renovando, a cena gastronômica e de atividades noturnas ganhando novos contornos e por aí vai. Quem volta a Berlin depois de uns 5 anos sem aparecer pode facilmente se deparar com a sensação de "que raios aconteceu aqui no bairro xyz?". Eu gosto dessa dinâmica, pessoalmente.

Ali
AliPermalinkResponder

Fernando de Noronha é minha nova Paris smile <3

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

New York, sem dúvidas. Chego a suspirar quando assisto um filme que se passa na cidade, de tanta saudade! E é bem isso mesmo que a Geórgia falou: na última viagem teve um dia que choveu bastante. Sabe o que eu fiz, sem nenhum peso na consciência? Voltei para o apartamento alugado e dormi!
Alias, alugar apartamento é outra excelente forma de se sentir em casa mesmo longe de casa. Já fiz em NY e em Paris e a experiência foi excelente.

Fiz um post lá no blog com dicas para quem quer alugar apartamento no exterior.
http://enquantonaosourica.com/2012/07/31/paris-aluguel-de-apartamento/

Claudia Matoso

Estou sempre voltando aos lugares, o que, as vezes, me impede de conhecer novos... mas não resisto. E a cada volta vou aumentando os dias de permanência, tentando uma viagem mais sem 'compromisso'. As preferidas... Paris (para a qual não volto a bastante tempo, o que espero corrigir em breve!), Nova York e Buenos Aires.

Ila Fox
Ila FoxPermalinkResponder

Depois de acompanhar meu marido por algumas viagens a trabalho pela Califórnia, acabei pegando um carinho enorme pelo vale do silício! Especialmente pela região de São Francisco! Me sinto em casa quando estou lá. Olhos as fotos da viagem e chamo o hotel de "Nossa Casinha Califórnia" smile

Renata
RenataPermalinkResponder

Depois que morei no Canada durante um ano, sempre me da saudade e ja voltei pra passear e se puder, vou novamente. Outro local que morei e agora e local obrigatorio sempre que tenho oportunidade, Fortaleza...

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Só fui a NY 1 vez. Já quero voltar.
Já fui a Buenos Aires 5 vezes. Em maio, estarei lá novamente.

Camila Torres - Colecionando Imãs

Acho que ainda não cheguei a esta fase de viajante... Ainda estou na correria por lugares novos. Mas claro, que nessa, a lista de lugares pra voltar tá ali junto... A Rota Ecológica é o principal, saí de lá já querendo comprar a passagem pra voltar, mas ainda não deu sad

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Eu também estou vivendo um amor duradouro com a Rota, conheci há dois anos e sei que vai ser um amor pra toda vida (estou escrevendo daqui de SMM, por sinal). Uma paixão fulminante foi Atins, nos Lençóis Maranhenses, que ainda não consegui voltar, mas pretendo. E NYC é aquele amor que sei que pode demorar, mas ela vai estar sempre lá pronta pra quando eu voltar, e vai ser incrível sempre.

Andrea/RJ
Andrea/RJPermalinkResponder

Morei em NYC três anos e não canso de voltar... É muito bom se sentir em casa. Sempre alugo apartamento, para ter a sensação que estou morando lá de novo.

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Nada muito diferente, mas todos s?o lugares do coraç?o: Napa Valley, Rio e Paris.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Voltar sempre: Lisboa, Visconde Mauá e Nova Iorque.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Esqueci de mencionar uma região que sempreme conida a voltar: o Alentejo!

Dadi
DadiPermalinkResponder

Moro no Rio, mas minha familia é mineira (sabe o café da manhã que ninguem sai da mesa,e o almoço que emenda com o bolo de fubá á tarde?)
Meu xodó é Tiradentes!!!!
Minha familia não é de lá, mas minha casa, o lugar que eu suspiro leve, a soneca de tarde, a conversa boa...ah!
E tenho até minha Pousada-Casa, a Casa de Violeta, tudibom, sô!
Fomos em Novembro e já estamos querendo voltar...saudade danada!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Estou aqui toda emocionada porque meu comentário "inspirou" o Riq a escrever esse texto.
Sendo o VNV a minha primeira e principal fonte de inspiração e consulta para viagens; sendo "viagem" o meu "assunto/hobby preferido e sendo o Riq a pessoa que todos sabemos, isso é muito especial. Obrigada pelo carinho, Riq!
Sempre me pego no dilema de conhecer lugares novos X visitar lugares queridos e muitas vezes consigo encaixar as duas coisas em uma viagem.
Paris e Praga roubaram meu coração para sempre, volto quantas vezes puder.
São Miguel dos Milagres está querendo entrar na lista acima mas só fui uma única vez. Daqueles lugares pra voltar todos os anos...
Posso dizer que voltaria a quase todos os lugares que já visitei.
Estou ensaiando voltar a Budapeste, Noruega, Toscana, praias da Tailândia (meu maior sonho de consumo atual).
Neste ano vou encaixar a primeira vez na Espanha com um retorno a Lisboa. Lá vou finalizar de novo a viagem pois Lisboa foi minha última cidade (e por isso pouco aproveitada) numa viagem em 2009.
A sensação de voltar numa cidade querida, um restaurante, um parque, é tão "única" que é como se fosse a primeira vez.

Beijos

Lea Dorf
Lea DorfPermalinkResponder

Me entregaria novamente à paixão que me despertou Barcelona, sem abrir mão do amor alimentado há anos por NY. Paris é amor adolescente, daqueles que sempre dá frio na barriga quando reencontra... Casos, são vários, com os quais teria revivals sempre que pudesse: Rio, Noronha, Istambul, Lisboa, Napa, Moscou... <3 <3 <3

Lea Dorf
Lea DorfPermalinkResponder

Faltou lembrar de outras paixonites: Aldeia Beijupirá, Bahia de norte a sul, Hong Kong, Crans-sur-Sierre...!

Lea Dorf
Lea DorfPermalinkResponder

E Mexico!

juliana
julianaPermalinkResponder

Riq,
Um mês aqui por Salvador?!!!Já tem alguma convenção agendada? Não quero perder a oportunidade desta vez...

Julio Corrêa
Julio CorrêaPermalinkResponder

Sou promíscuo. Sou casado com Floripa, mas estou sempre revendo o litoral pernambucano, Noronha, Ilha Grande, BUA e Litoral do Rio Grande do Norte. Tem aqueles lugares que são de lei voltar, como NY. Sou tão cafajeste que ainda mantenho um amor platônico por milhões de outros que amo sem nunca ter ido.
abração

Pedro
PedroPermalinkResponder

Sei bem como é isso... tenho um affair com Paris há muito tempo, mas nos últimos anos estou sendo menos fiel. Isso depois de redescobrir Oslo e San Sebastián. Mas Omã é o país pra onde tenho voltado e voltarei com frequência. Ai, ai... a distância...

Celina
CelinaPermalinkResponder

Delícia de texto... Aliás, escutei hj pela internet 2 das suas resoluções de Ano Novo na Band News
Sou bígama. Me divido entre o Rio e Londres
com quem mantenho um casamento perfeito, de onde posso arquitetar todas as traições possíveis. Meu caso de amor totalmente correspondido é com Paris, o "filme que deu origem à série". Volto sempre que posso e sempre dou um jeito de poder. É onde me sinto em casa e completamente feliz! Tive uma paixão à primeira vista por Lisboa, que pretendo transformar em amor duradouro. Roma é uma atração fatal, assim como boa parte da Itália. Praga foi um caso muito sério, e volta e meia nos correspondemos. Caso secreto com Estocolmo. Mas... sou fácil, fácil. Me derreto por qualquer site que vende passagens para algum lugar novo e posso ser seduzida sem nenhum pudor, a qualquer momento.

Ronaldo
RonaldoPermalinkResponder

Lisboa.Sempre!!!

Ed
EdPermalinkResponder

Paris, Pipa e Floripa!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Acho que ainda sou uma viajante muito novata, não tive tempo de voltar em vários lugares a ponto de ficar íntima.
Mas posso dizer que sou casada com Tiradentes. E tenho um namorico com NY, Londres e Paris (bom se elas namoram quase todos os viajantes, eu também posso wink )
Caso de amor com Noronha e Trancoso, que pretendo voltar pra relação chegar em outro nível.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Eu também tenho uma coisa como a Georgia, de deixar por último cidades que ou já conheço ou que sei que não vai dar pra explorar tudo, que provavelmete voltarei.
E gosto da cidade mais impactante ou a que não conheço ser a primeira. E recomendo pras pessoas. No início tudo é mais legal, mais diferente da nossa rotina, aquele choque.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Onde é que eu assino, Carlinha? smile

RoCharneski
RoCharneskiPermalinkResponder

Amsterda, Bruxelas e Bruges! Viagem sensacional, tudo bem pertinho, com gostinho de quero mais! Em Amsterda, ficamos em um hotel chamado Synopsis Hotel, que tenho certeza, contribuiu bastante para essa sensaçao de "me sentir em casa"! A proprietária chama-se Elisabeth de Withe. Ela transformou o andar de baixo de seu apartamento hiperbemlocalizado em um hotel com 3 quartos, super pessoal, no qual vc é recebido pela dona, recebe a chave da casa, tem a opçao de tomar café da manha no quarto, varanda ou na cozinha, além de ser tudo de extremo bom gosto. Somos recebidos com Champagne no quarto e gusoloseimas!! Nao é barato, mas vale cada centavo. Com certeza pretendo voltar logo....

Shirley
ShirleyPermalinkResponder

Nova York. Irei em abril pela 3ª vez.Sei que ainda não conseguirei ver todos os lugares que quero.Quero voltar a assistir um culto gospel no mesmo lugar onde fui por acaso, da 1ª vez.Próximo ao Lincoln Theater.Nunca chorei tanto.É maravilhoso.

RoCharneski
RoCharneskiPermalinkResponder

Esquecí de dizer que ela fala portugues!!! Delícia!

Aclelio Junior (JRviajando)

Paris.
Tem coisa mais chique do que dizer "em Paris eu me sinto em casa..." wink
E o amor começou justamente seguindo a citação da Georgia. Encerrei a maioria das viagens à Europa em Paris, só para poder flanar sem lerês... é perfeito!
Mas tem o Rio também!
E fiquei com vontade de voltar a Cingapura...
Ô viajante de vida volúvel!

Arthur | Agora vai mesmo

O meu grande caso é com Floripa.

Drielly
DriellyPermalinkResponder

Com certeza, minhas cidades "namoradas" são Rio e Londres...

Lívia Mochileira

Pipa!!! 6 vezes até agora, sendo que em uma dessas vezes passei a temporada inteira de verão. Agora Itacaré está se tornando nova paixão, mas Pipa é casa pra mim!

Thiago Augusto

Me sentir em casa, dormir a tarde sem culpa: Noronha, Paris e Maceió. Volto sem cansar. Também me sinto a vontade em São Paulo, mas lá não consigo dormir a tarde rsrsrs ...

Ligia Melo
Ligia MeloPermalinkResponder

Gramado e Canela! 3 vezes em menos de 4 anos! Amo de paixão!

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Para voltar sempre: Rota Ecologica!!!! Eterno amor.

Mas agora em janeiro irei pela segunda vez para um novo amor: Jericoacoara. Ficarei 5 dias no Hotel Chili Beach e um dia no Rancho do Peixe. Delicia!

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Esqueci de citar outro lugar que adoro voltar: Arraial d'Ajuda.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Tenho uma relacao de Odio e Amor com Sao Paulo. Morro de saudades da minha cidade natal mas em pouco tempo o transito infernal me deixa de pessimo humor. Ate' por isto que sou daqueles que gostam muito de estar em Sampa entre o Natal e Ano Novo quando e' possivel atravessar a cidade em 30 minutos.

Como nos ultimos 10 anos fiquei meio nomade devido ao meu trabalho (ou melhor, minha fonte de renda para as viagens grin ), desenvolvi com as cidades onde morei uma relacao muito proxima, em algumas cheguei a chamar de casa - de coracao, nao apenas de correspondencia: Lisboa, Chicago e agora Nova Iorque

Alem das cidades acima, alguns lugares que visitei (multiplas vezes) e que voltaria sempre sem pestanejar sao: Paraty, Rio de Janeiro, Londres, Porto, Barcelona, Perugia, Siena, Veneza, Roma, Berlin, Paris, Chamonix, e San Francisco.

Asia ainda eh a grande lacuna, mas vou comecar a remediar isto este ano smile

Guta
GutaPermalinkResponder

O dia que tirei um sono da tarde em Nova York me senti muito culpada, mas depois de acordar bateu aquele sentimento de "olha que legal, eu consegui me dar o luxo de não fazer nada, na cidade em que vc pode fazer tudo, a qualquer hora". Nesse dia eu senti que estava realmente morando em NY.
Acho que hoje minha lista de lugares para voltar está ficando tão grande quando a de lugares para ir, mas como pessoas, como vc diz no texto, tem aquelas que a ligação e sensação de intimidade acabaram virando um caso de amor. Quero conhecer ainda muito o mundo, mas nunca quero deixar de investir no meu caso de amor com NY e Londres. smile

Mariana Pereira - Querido B&amp;B

Delícia. Sou assim com Morro de Sao Paulo. Quando penso em férias com comida boa, ausência de carros, e etc nao tem outro lugar na minha cabeça. Riq, em Salvador, dá uma olhada na Pousada Casa da Vitória, lindona, bem localizada e o melhor café da manha. Ah, vou estar em ssa do 27/01 ao 09/02. Vc nao fica pro 2 de fevereiro???? Rio Vermelho ferve! Bjos

zuzu
zuzuPermalinkResponder

Barcelona...sempre!

Kênia
KêniaPermalinkResponder

Boa observação, Ricardo.
Meu affair é com Fernando de Noronha. Já fui 4 vezes e não consigo imaginar meu futuro sem retornar à ilha de tempos em tempos.

andreza oliveira

Encontrei um casal de brasileiros que já tinha viajado bastante pelo mundo em Paris, e os mesmos disseram que em todas as viagens em que era possível, eles colocavam Paris no final das mesmas. Pois, segundo eles, era a cidade mais linda do mundo. Quando terminei a viagem e voltei para casa, entendi completamente o que eles queriam dizer: voltei completamente apaixonada pela cidade e este ano já planejo voltar para conhecer outros países da Europa, mas colocando Paris no circuito!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar