Leitores relatam problemas com o VTM do Banco do Brasil

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Moedas

As reclamações vinham pipocando há algum tempo. Leitores se queixando que seus VTMs emitidos pelo Banco do Brasil não eram aceitos no comércio ou então eram engolidos na hora de fazer saque.

O problema de aceitação é comum a VTMs que não têm o nome impresso. Muitas lojas, sobretudo na Espanha, exigem documento de identificação para comparar com o nome do cartão. E sem nome no cartão, como comparar?

Já o engolimento do cartão pelos caixas automáticos parece ter a ver com a falta de chip. Só que há outros VTMs sem chip no mercado, que não parecem dar problema como o do BB. (Fui verificar o meu próprio VTM e vi que não tem chip; sempre saquei normalmente, tanto na Europa quanto nos Estados Unidos.)

Anteontem a leitora Mariana Nissen publicou este longo comentário na nossa página do Facebook. É um relato que ela está compatilhando em outros blogs e mídias sociais. Está tão bem escrito e embasado, que não dá para não tranformar em post:

Comprei euros através do serviço Visa Travel Money do Banco do Brasil acreditando na propaganda do funcionário que dizia ser essa a forma mais eficaz e segura de levar dinheiro para a Europa. No entanto, o cartão NÃO funciona na Espanha e me sinto agora refém do Banco do Brasil, com mais de 3.500 euros que não posso gastar, nem sacar.

1. Não é possível sacar dinheiro com o cartão. O meu cartão principal e o reserva ficaram retidos em caixas eletrônicos. Me queixei com o Banco do Brasil em Madri, e, excepcionalmente, me deram outros dois cartões, já que a central de atendimento disse que demoraria 21 dias para enviá-los e o Banco do Brasil confirmou que esse é um problema freqüente na Espanha. No entanto, ao tentar usar um desses cartões para saque, novamente o caixa eletrônico engoliu o cartão. A atendente da Central de Atendimento do Banco do Brasil me explicou que isso acontece porque alguns caixas eletrônicos não reconhecem os cartões sem chip. Por que então o Visa Travel Money do Banco do Brasil não tem chip? E como faço para me certificar que posso tirar o dinheiro e não ficar sem cartão e dinheiro novamente?

Solicitei ajudar para localizar um banco e/ou fazer um saque emergencial, para tirar o dinheiro pré-pago, ou seja, dinheiro meu, já adquirido. Mas o Banco do Brasil e o Visa dizem que não podem me ajudar. Que o meu papel é educar as lojas na Espanha sobre esse novo produto e as suas vantagens. Sinto muito, mas não estou aqui para educar ninguém, e muito menos atuar como embaixadora de empresas tão importantes como Visa e Banco do Brasil. Tudo o que eu quero é ter em mãos o meu dinheiro.

2. As lojas não aceitam porque não aparece nenhum nome de cliente no cartão, e na Espanha todos checam a identidade do cliente antes de finalizar a compra com cartão. Se insistir, ameaçam chamar os seguranças. Para evitar esse problema bastaria imprimir o nome do cliente no cartão.

3. Nas poucas vezes que aceitaram, depois de certa insistência, a máquina não solicita o pin. Ou seja, não existe nenhum tipo de segurança extra, tal como o Banco do Brasil vende. Por que o Visa Travel Money do Banco do Brasil não tem chip, não sei. Solucionaria também o seu uso em qualquer ATM com bandeira Plus, e não apenas em alguns, aleatórios, como ocorre no momento.

4. Me dão como solução estornar o dinheiro para a minha conta corrente, sendo que comprei o euro a 2.81 e querem me devolver a 2.54. Ou seja, não é uma solução, principalmente porque continuo na Espanha e necessito euros, não reais.

Resultado, estou na Espanha, com um saldo de mais de 3.500 euros no Travel Money, mas sem poder comprar ou retirar dinheiro com dito cartão. O Banco do Brasil e o Visa se negam a ajudar no meu caso, dizendo que não tem registro de outro procedimento. Tenho um bebê de sete meses, contas para pagar, dinheiro economizado, mas retido agora por um cartão inútil.

Tudo o que eu peço é uma indicação clara de como eu posso sacar todo o meu dinheiro e deixar para sempre de contar com o Visa Travel Money do Banco do Brasil, já que o serviço não funciona na Espanha.

Mais problemas com o VTM do Banco do Brasil na Europa

O Viaje na Viagem alerta: procure comprar VTM com nome impresso e chip. Sempre pergunte à sua corretora sobre a possibilidade de gravar o nome e sobre a disponibilidade de cartões com chip.

Volto a lembrar também a inconveniência de depender 100% de um único meio de pagamento. Todos podem dar chabu. Dinheiro pode ser perdido, cartões podem ter problema de rede ou senha, e você pode precisar de mais dinheiro do que levou. Leve um pouco de dinheiro vivo, habilite o cartão da sua conta bancária para saques internacionais, leve um VTM e um cartão de crédito em qualquer viagem.

Leia mais:

282 comentários

Conrado
ConradoPermalinkResponder

Acabei de receber uma carta do BB dizendo que está fazendo recall gratuito dos cartões Travel Money porque realmente estão dando problema.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigada pela informação, Conrado!

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Também recebi a carta, as deu a entender que será seis por meia dúzia ! Continuará sem nome e sem CHIP ! Alguém já efetuou a troca para confirmar ? Só poderei trocar em janeiro/2014, estou curioso ! Também já perdi 2 cartões VTM BB em viagens distintas , sendo um em Madrid no próprio aeroporto e outo na Itália em Orvieto !

Sandra
SandraPermalinkResponder

Olá. Adquirimos o cartão Visa Travel do Banco do Brasil por ter mais confiança; utilizamos na Europa em março e abril deste ano, apenas em locais com atendente. Posto de combustível ou supermercado automático (autoserviço), nem adianta tentar que não funciona. Apenas em 1 supermercado se recusaram a aceitar e precisei pagar com dinheiro (euros).
Acho errado não colocarem o chip nem o nome, pois se vinculam (obrigam) a uma conta corrente, deveriam providenciar. E ao ligar para o 0800 do banco, tudo que sabem é dar respostas prontas, quase máquinas automáticas.

Nanda
NandaPermalinkResponder

Olá Bóia e todos! Vamos viajar com o Global Travel da AMEX para a Itália! Algum relato de recolhimento em caixa eletrônico ou não aceitação neste país?

Usei muito em Portugal e Sul da Espanha (Sevilha). Tive poucos problemas e foram raros os casos de solicitação de identificação e chip! O cartão foi bem aceito!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nanda! Deve ser semelhante ao que você experimentou na península ibérica.

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Olá, confirmado ! É seis por meia dúzia ! o recall promovido pelo Banco do Brasil para os cartões VTM não será para troca-los por cartões com chip e nem ter a possibilidade de se colocar o nome !
O banco do Brasil está, para dizer o mínimo, um passo a traz em questões de tecnologia e segurança ! Gasta-se dinheiro para um recall que não resolverá os problemas apontados pelas maioria dos seus clientes ! Sem falar em não contar com um aplicativo para internet para se bloquear o cartão em caso do mesmo ser roubado ou engolido nos ATM´s do Primeiro Mundo. Mas o problema nunca é do banco emissor do cartão VTM sem chip e sem identificação de Terceiro Mundo! Haja Paciência !

Mars
MarsPermalinkResponder

Apesar das explicações evasivas dadas pelo BB para o engolimento dos cartões, minha experiência me leva a acreditar que o problema é causado simplesmente pela mudança no material e/ou densidade dos cartões emitidos a partir de uma data que não sei precisar, em 2012 ou 2013.

A minha experiência: eu e mais 4 colegas passamos 2 anos na Itália (sempre viajando por diversos países); do final de 2011 ao final de 2013. Todos, em algum momento, usamos o VTM do BB. Três de nós, desde 2011. Nunca tivemos problemas com saques, o cartão "antigo" sempre funcionou, em centenas de caixas pela Europa (os meus ainda funcionam, final de 2013).

De nós 5, 2 decidiram adquirir o VTM tardiamente, e outro precisou pedir cartões novos, acredito que por ter perdido os originais. Os cartões novos eram notavelmente mais moles que os antigos. Percebemos isto antes de qualquer cartão ser engolido.

Não me lembro se, desses 6 cartões novos (2 por pessoa), algum permitiu algum saque bem sucedido - acredito que não. O que me lembro é que em poucos dias, todos os cartões tinham sido engolidos por máquinas diversas de bancos diversos.

Enfim, acho extremamente improvável que a ausência de chip tenha qualquer coisa a ver. Acredito, também, que o comunicado oficial enviado pelo BB aos clientes (algo do tipo "as novas máquinas da Europa estão engolindo os cartões, mas a culpa NÃO é nossa" - nos 2 anos na Itália não percebemos nenhuma atualização nos caixas que usávamos mais) seja ou uma tentativa de explicar um problema que eles não entenderam, OU simplesmente uma transferência de culpa - com que frequência você vê instituições do tipo assumirem erros?

Elenice
ElenicePermalinkResponder

Bom dia, pessoal! Agora fiquei assustada! Esses problemas com visa travel bb continuam? Estou prestes a adquiri-lo! Tenho 2 cartoes internacionais (visa e master) mas sei que fica muito mais caro utiliza-los, embora vá ativar. Algumas agencias que contatei trabalham com cheques de viagem mas ja informaram q nao sao bem aceitos em Lisboa, pra onde vou em 2 semanas, e aconselharam levar $ espécie,(o que acho arriscado), pq o cartao tambem nao é mto bem aceito, além de eu precisar de grana trocada pra peq serviços pq nao dão troco. Impoem limite também (mínimo mil euros). Vou ficar só por uma semana. O que me sugerem?É minha primeira viagem internacional. Grata. Leh Miranda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elenice! Faz tempo que não aparecem reclamações.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Morei por um ano em Portugal e nunca tive problemas com VTM, porém uso da B&T, que tem chip.

célia luiza
célia luizaPermalinkResponder

Me sinto aliviada por ter encontrado antes os comentários de vocês , pois estava prestes a adquirir o travel BB como uma acertada escolha , depois de ver tantos problemas , já desisti !

Rodrigo Nippes

Estou com o mesmo problema em junho de 2015. Simplesmente o cartao VTM nao funciona e nao consigo fazer saques.

Renato varanda

Tb iria fazer esse cartão e já desisti!!!!!

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Tive problemas com cobrança indevida, processei e ganhei. Agora quero resgatar o saldo remanescente e o BB alega que o cartão "não aparece no sistema", apesar de eu acessar o extrato no internet banking. Lá vamos nós pra justiça de novo.

Danilo Teixeira

Olá, cara Bóia, tudo bem? Gostaria de deixar aqui meu relato com o uso do VTM do Banco do Brasil na Europa. Eu e minha namorada viajamos agora entre 01/10 e 15/10 para Amsterdã, Bruxelas, Ghent, Bruges e Paris e utilizamos esse cartão durante toda a viagem. Antes de mais nada, devo dizer que fiquei bastante preocupado com os relatos que li aqui e em outros sites, o que me deixou com uma dúvida enorme sobre utilizá-lo ou não. Porém, como já havíamos feito o mesmo VTM, só que de dólar, quando fomos aos EUA em 2012/2013 (e não tivemos quaisquer problemas lá), resolvemos arriscar e fazê-lo mesmo assim.

Bem, devo dizer que tudo correu muito bem conosco na viagem, e o VTM não deu qualquer problema nesses lugares citados. O único lugar em que não tivemos muita facilidade com ele foi em Amsterdã, e o motivo deu-se pelo fato de o VTM, apesar de ser um cartão pré-pago, funcionar como um cartão de crédito, e, pelo que eu fui informado por algumas pessoas na referida cidade, a maioria dos lugares lá NÃO aceita pagamento em crédito, mas somente débito. Assim, em vários estabelecimentos não utilizamos o VTM, pagando as contas em dinheiro vivo. Porém, quanto as outras cidades citadas (e inclusive o free shop do aeroporto de Madrid, onde fizemos conexão) ele funcionou perfeitamente em todos os lugares a que fomos, normalmente variando entre apenas assinar o recibo do pagamento, apenas digitar a senha, ou digitar a senha E assinar o recibo.

Contudo, devo fazer duas ressalvas importantes: a primeira é que em momento algum fizemos qualquer saque, então não posso dizer quanto aos problemas das máquinas engolirem os cartões, mas na supra-referida viagem que fizemos aos EUA, fizemos saques e nenhuma máquina engoliu nossos cartões; a segunda é que, preparados para qualquer problema que pudesse surgir, é crucial seguir o conselho que o Viaje na Viagem dá de diversificar os meios de se levar o dinheiro. Assim, levamos, além do VTM, cartão de crédito habilitado para uso no exterior e uma certa quantidade em dinheiro vivo.

Dessa forma, posso dizer que tive duas experiências positivas com o VTM do Banco do Brasil, tanto em dólar, quanto em euro. Entretanto, não posso dizer que ele sempre funcionará ou que é um meio infalível, mas que meu relato positivo possa acalmar um pouco aqueles que estão preocupados com a sua utilização.

Abraço a todos!

Thales
ThalesPermalinkResponder

Ola,

meu relato é bem mais assustador e traumático. Aconteceu em 2013, no trem RER de paris. Fui vítima de pickpocket, e furtaram meu VTM do BB com aproximadamente 6.000 reais. Até o trem parar e eu conseguir achar um telefone para bloqueá-lo, o bandido conseguiu zerar o cartão, me deixando sem nenhum centavo. Tudo em questão de 10 a 15 minutos. A minha sorte é que tinha um cartão de crédito na mochila, senão iria passar fome e dormir na rua. Corrigindo o que sempre dizem: o VTM (pelo menos do banco do brasil) NÃO É SEGURO. NÃO PEDEM SENHA PARA REALIZAR TRANSAÇÕES! Isso significa que se roubarem seu cartão, você perdeu todo seu dinheiro nele! Hoje em dia não tenho dúvidas: é MUITO MAIS SEGURO USAR DINHEIRO! Pois você pode colocar um pouquinho em cada bolso, usar uma doleira, ou distribuir com outros colegas de viagem. Até o cartão de crédito com chip, em alguns países, pode ser usado sem senha, o que pode também lhe trazer sérios problemas. Se o Banco do Brasil devolveu meu dinheiro? Sim, mais de 1 mês depois, com uma cotação inferior. E o trauma que carrego até hoje, me deixa paranóico na hora de planejar qualquer viagem ao exterior.

Da cunha
Da cunhaPermalinkResponder

Olá, gostaria de informar que minha esposa está na Espanha a dois meses e tem usado o cartão VTM Visa do Banco do Brasil, sem nenhum problema. É aceito em todos os estabelecimentos, desde pequenos restaurantes até grandes lojas e também não apresenta nenhum problema de saque em caixas eletrônicos !!!!

O relato da pessoa que teve problemas é de 2013, assim é provável que tudo tenha se resolvido.

Apenas destaco a opinião do próprio post .... a única vantagem de se ter um VTM é que vc fixa a cotação do dólar ou euro no momento da compra ... fora isso não tem vantagens em relação ao cartão de crédito que todos nós já temos !!!

Thales
ThalesPermalinkResponder

Da cunha, de fato se resolveu, mas fiquei na mão durante a viagem. O fato é que até hoje o cartão NÃO TEM CHIP, e por isso não oferece segurança caso seja roubado. Se você não conseguir bloquear o cartão após um roubo antes do bandido, o banco vai sim criar bastante resistência em lhe devolver o dinheiro.

Marco Varella
Marco VarellaPermalinkResponder

Usei o meu VTM do BB na Espanha (e Portugal também) e não tive problema algum. O único lugar que não aceitou foi na máquina de comprar o ticket de ônibus do aeroporto de Barcelona, pois ali era necessário um cartão com chip. Usei ali meu cartão de crédito convencional. Quanto à segurança em caso de perda, o problema é que muitos lugares na Europa usam o sistema de assinatura na máquina (isso é horroroso), por isso tente minimizar o risco não deixando de assinar o verso do cartão. Nos lugares onde se usa o PIN (senha), acho que dá no mesmo ter ou não um chip.

Rômulo Corrêa de Oliveira

Alguma novidade se este problema persiste? Vou utilizar em Pequim, Dubai e Abu Dhabi.
Sou correntista BB e Santander, e estava propenso a solicitar um VTM do BB pois pelo app de celular consigo recarregar o mesmo, enquanto o do Santander não.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rômulo! Faz muito tempo que ninguém reclama. Provavelmente o problema esteja superado.

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Olá.

Meu namorado quando fez seu intercâmbio com o VTM dele do BB não conseguiu fazer compras em sites de cias aéreas ao mesmo tempo que seu amigo conseguiu usar o VTM dele da agência de intercâmbio CI.

lacy
lacyPermalinkResponder

Minha filha está na Italia e esteve na Grécia e não consegue sacar com o cartão VTM do BB, escolhi o banco do brasil por pensar que seria melhor para transferir dinheiro para ela só que agora ela não consegue sacar com cartão sem chip. Ela está conseguindo comprar só que sacar não. Agora ela vai tentar em Paris, fiquei super chatiada parece que não tem uma maneira melhor, tudo é complicado.

Eduardo Zambon

Tenho o cartao VTM do BB e dia 12/10 o cartao foi esvaziado por debitos fraudulentos np extrato apareceTARGET-1546. PAra Contactar o BB no Brasil é extremamente dificel. Fui ao BB de Paris e lavaram as mãos dizendo que o Banco so é comercial. Comentei com um amigo que foi verificar seu cartao e aconteceu a mesma coisa Compra TARGET T1546. Como tal coisa pode acontecer em um banco onde se tem tanta "segurança" Acredito que seja problema de segurança do banco ai no Brasil. Viajar com dor de cabeças a um custo exorbitante pa

Fabiane
FabianePermalinkResponder

Estou em Ljubljana e meu cartão VTM do BB acabou de ser engolido pelo caixa eletrônico. A atendente me disse que o cartão será destruído e que devo solicitar outro para o banco. O problema é que amanhã cedo viajo para Veneza e estou sem dinheiro algum.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Gente, minha experiência com VTM sem chip em 2012: consegui usar na maior parte dos estabelecimentos (mesmo sem o meu nome impresso no cartão) quando expliquei que o cartão era pré pago. Consegui também sacar dinheiro em ATM em Londres e Paris (pedia senha). O porém é: durante a viagem tive meu cartão furtado. Como estava em outro país, não pude ligar imediatamente para bloquear o cartão. Resultado: fizeram a limpa no meu cartão, e a instituição se recusou a devolver o valor que foi utilizado indevidamente. A minha sorte é que tinha algum (pouco) dinheiro em espécie e um cartão internacional com algum limite em mãos, se não ia ficar com uma mão na frente e outra atrás.
Moral da história: sempre viaje com mais de uma forma de pagamento (dinheiro em espécie e mais de um cartão), pra não ficar na mão.

Ivan
IvanPermalinkResponder

Olá Bóia! Tenho um VTM do Banco do Brasil já há algum tempo. Ele possui nome gravado (em baixo relevo), mas não possui chip. Usei em alguns países, e nunca tive problema com ele. Como vou viajar em breve para o Chile, vi este post e decidi pedir um novo VTM, mas fui informado pela minha gerente que os novos modelos do cartão ainda não possuem chip. Não entendo a relutância do Banco do Brasil em colocar chip no cartão, mesmo porque outros VTMs já tem. De qualquer forma, estou em uma sinuca de bico: como sou correntista do BB, a utilização do VTM do banco fica bem mais simples, principalmente para recargas, e as taxas de conversão de moeda do BB são melhores (já que vou gastar em pesos chilenos), mas, por outro lado, tenho medo que a falta de chip me cause problemas no Chile. Será que o uso de cartões no Chile exige o chip?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivan! O post é bastante antigo e nunca mais tivemos reclamações.

Marina Júlia
Marina JúliaPermalinkResponder

Estou na Itália e não consigo usar o meu traveller Money!
O que céu faço?
Tinha que ser o banco do Brasil!!!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

VTM Banco do Brasil nos EUA
Retornei com a minha família hoje dos EUA com um saldo de U$ 1800,00 no VTM pois de repente ele parou de funcionar e a mensagem era que estava sem saldo !! Passamos momentos de constrangimento com esta mensagem e acabamos precisando usar o cartão de crédito . Liguei nove vezes na central que não aceitava o número que eu digitava do cartão e eles só poderiam “me ajudar “ após esta confirmação . Somente a última atendente me informou que estava tudo normal com o cartão ...
Corri pra testar e nada !!
Agora preciso resolver pois já pagamos o IOF sobre o dinheiro do VTM e pagarei IOF novamente em um cartão que fui obrigada a usar? E se eu não tivesse limite no cartão de crédito ?
Já utilizei um VTM emitido pela Picchione com o meu nome impresso . Foi tudo ótimo ! Me parece ser um problema do BB .
Só sei que irei tentar resolver diretamente com o BB mas caso contrário , irei entrar com um processo pois quem precisa se educar (relembrando a postagem da Mariana) é o BB!

Majê Mourão
Majê MourãoPermalinkResponder

Estou fora do Brasil e passo pelo mesmo problema. Não posso sacar dólares e estou com meu dinheiro preso. Já liguei me disseram que eu vá a uma agência agora veja, pegar um avião para Austrália porque aqui em Nova Zelândia não tem bb

Sueli bernardo duartev

Primeira vez em 5 anos que tenho problema com travel Money. E olha que são US 7.000,00 perdidos no espaço! Fizeram estorno da compra e até hj não creditam no meu cartão! Absurdo pq debitam na mesma hora!!
Evidente que não quero mais estectravel money!!!

Marcia Ridenti

Estive em janeiro e fevereiro 2018 na Italia e VTM do BB nao foi aceito para compras em nenhum lugar e saque somente em alguns caixas eletronucis do banco Intesa San Paolo . Se nao tivesse levado dinheiro em especie, estaria em difuculdades. Muuto ruim!

Lúcia santos
Lúcia santosPermalinkResponder

Tenho problema para usar o cartao em alguns estabelecimentos. Dizem que não está sendo emitida a autorização. Já aconteceu de usar em um hotel e semanas depois ao tentar usar no mesmo hotel nao foi aceito.
Aconteceu também de um funcionário de outro hotel infirmar que não conseguiu a autorização e outro funcionário do mesmo hotel conseguir. É como se fizessem alguma opção errada na hora de passar
Tem que informar credito para o Visa Travel Money

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lúcia! Tem que ser na opção crédito, e em moeda estrangeira (em reais a operação não é aprovada).

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar