Ibismômetro de maio: NY em alta, Londres e Paris em baixa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

ibismômetro: maio

Pesquisa e gráfico: Mariana Amaral

Todo mês aqui no Viaje na Viagem tem o Ibismômetro, nosso termômetro de preços de hospedagem mundo afora -- um projeto inspirado no Big Mac Index, da revista The Economist, que apura diferenças de preço em diversos países para um produto rigorosamente igual. Quando completarmos um ano com a mesma metodologia, teremos um mapa sobre variação de preço de hospedagem em várias épocas em destinos desejados pelo brasileiro. (Sempre lembrando que nas praças onde não há Ibis -- nos Estados Unidos, por exemplo -- pesquisamos um similar, o Holiday Inn Express.)


Apuramos, no dia 6 de março, as diárias mais baratas (com restrições) disponíveis para 6 de maio.

Dos 37 destinos, mais da metade (22) permaneceu estável, com diferença inferir a US$ 5. Onze destinos pesquisados subiram as tarifas -- o caso mais grave é Nova York, que passou de US$ 241 para US$ 281, se isolando no posto de destino mais caro do mês. (É interessante que já tinham aparecido comentários recentes dos leitores sobre a carestia hoteleira nova-iorquina para maio.) Em termos relativos, Tóquio foi o destino que subiu mais, de US$ 109 para US$ 176.

As baixas foram poucas: apenas 6. Entre elas, surpreendentemente, estão Londres (de US$ 138 para US$ 116) e Paris (de US$ 134 para inacreditáveis US$ 103). Orlando também deu uma baixada simpática, de US$ 106 para US$ 90.

Entre os destinos brasileiros que acompanhamos, Salvador, Curitiba e Fortaleza permanecem na faixa até US$ 70, enquanto Porto Alegre vai a US$ 100 e Rio e São Paulo se consolidam na ponta mais cara da tabela, na faixa dos US$ 140.

Veja o gráfico completo:

Ibismômetro

Os hotéis pesquisados:

Ibis Bangkok Riverside, Ibis Cancún Centro (fora da zona hoteleira), Ibis Xangai Yu Garden, Ibis Marrakech Centre Gare, Ibis Bali Kuta, Ibis Fortaleza, Ibis Salvador Rio Vermelho, Ibis Tunis, Ibis Curitiba Batel, Ibis Saigon South, Ibis Montevideo, Ibis Mall of The Emirates, Ibis Santiago Providencia, Ibis Larco Miraflores, Holiday Inn Express Miami Airport Miami Springs, Ibis Lisboa Liberdade, Ibis Porto Alegre Moinhos de Vento, Holiday Inn Express Orlando International Drive, Ibis Buenos Aires Obelisco, Ibis Amman, Ibis Istanbul, Ibis Berlin Mitte, Ibis Barcelona Plaça Glòries, Ibis New Delhi Gurgaon, Ibis Prague Old Town, Ibis Moscow Paveletskaya, Ibis Tokyo Shinjuku, Ibis Rio de Janeiro Copacabana, Ibis Milano Centro, Ibis São Paulo Paulista, Ibis Sydney King Street Wharf, Ibis Paris Bastille Opéra, Ibis Amsterdam Centre, Holiday Inn Express Toronto, Ibis London Euston St. Pancras, Ibis Singapore on Bencoolen, Ibis Seoul Myeong-Dong, Holiday Inn Express Los Angeles Century City, Holiday Inn Express New York Times Square.

Leia também:

Praiômetro: sol e chuva em 42 destinos do Brasil e do Caribe

Ibismômetros anteriores

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


9 comentários

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Acabei de voltar de Los Angeles e fiquei impressionado com o alto custo e qualidade inversamente desproporcional dos hotéis.
Inexplicável!

Vitor J. Nunes

Que bom saber que tem Ibis em Tóquio! Como um dia pretendo ir na terra do sol nascente, é um bom indicador a acompanhar.
Muito interessante essa análise. Curiso para ver o ciclo de 12 meses fechado.
Uma dúvida: o dia da estadia a serpesquisado é sempre dia de semana? Vi que o primeiro foi 13/09/2012, uma quinta-feira; confesso que não vi todo os meses para comparar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vitor! Nem sempre! Pesquisamos para dois meses à frente; pode calhar de ser fim de semana.

Deuseana Barbosa de Souza

E Madrid? Não tem Ibis?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Deuseana! Tem sim, o Ibis Madrid Centro. Fica em Malasaña, é uma boa localização.

http://www.ibis.com/gb/hotel-3318-ibis-madrid-centro/index.shtml

Amannda Ferreira

Eu ainda escolhi maio pra ir pra NY, depois que comprei as passagens é que fiquei sabendo que era o mês mais caro para hoteis. Boia, vc sabe me dizer o motivo? É por causa do clima que é mais ameno? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ammanda! Deve ser uma conjunção de clima com eventos na cidade.

Amannda Ferreira

Vc sabe me informar que eventos são esses Bóia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amannda! Foi apenas uma intuição, se eu soubesse já teria dito na resposta anterior. O que importa é que os preços estão altos. Querendo investigar, google New York may events ou algo do gênero.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar