Ibismômetro 1 ano: veja os meses mais baratos para se hospedar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Ibismômetro 1 ano

Pesquisa e gráficos | Mariana Amaral

Nos últimos 12 meses, tiramos o termômetro dos preços da hospedagem pelo mundo. A inspiração veio do Big Mac Index, da revista britânica Economist, que compara o preço de uma commodity -- o Big Mac, que leva os mesmos ingredientes em todas as lojas -- em diversos lugares do mundo. Nossa commodity hoteleira é o apartamento do Ibis, que é padrão no mundo inteiro -- por isso o nome do projeto, Ibismômetro. Nas praças onde não há Ibis, verificamos os preços do Holiday Inn Express, que é uma rede de padrão parecido.


Mês após mês, confirmamos que Nova York é consistentemente o destino mais caro entre os preferidos dos brasileiros. Em contrapartida, Orlando, Buenos Aires, Santiago, Lisboa, Montevidéu permanecem homogeneamente camaradas o ano inteiro. Paris, Londres e Amsterdã apresentam um suave ziguezague. O Rio de Janeiro de vez em quando se apresentou entre os mais caros (mas agora, com a desvalorização do real, nossos preços começam a ficar mais internacionais).

Que escolher o mês mais em conta para a sua viagem? Veja aqui os dados consolidados de um ano em 11 destinos.

--> AMSTERDÃ

Amsterdã

O pico de outubro, tão fora da curva, deve se explicar por algum evento ou feira na cidade. Quem enfrenta o inverno na cidade paga mais barato; no verão, agosto é mais em conta que julho.

--> BARCELONA

Barcelona

Pouca variação ao longo do ano em Barcelona. Devemos ter encontrado o preço baixíssimo de julho numa promoção. Detectamos o preço mais caro em outubro.

--> BERLIM

Berlim

Em julho Berlim estava tão barata quanto no inverno. O único mês em que a cidade não se aprentou em conta foi outubro.

--> BUENOS AIRES

Buenos Aires

Preços bastante estáveis ao longo do ano em nossa pesquisa de Buenos Aires. O mês menos barato foi novembro. Devemos ter conseguido uma promoção em setembro.

--> LISBOA

Lisboa

Os preços em Lisboa subiram ligeiramente nos meses em que a cidade está mais bonita e agradável: maio e junho (jacarandás em flor!). Julho estava uma pechincha.

--> LONDRES

ibismômetro-1ano-londres

Preços erráticos em Londres! Não dá para entender muito o ziguezague. Maio, julho e a virada do ano se mostraram em conta; junho, agosto e setembro extrapolaram.

--> MIAMI

Miami

Os preços em Miami correspondem exatamente à noção de alta e baixa temporada. É mais caro se hospedar no inverno seco (de dezembro a maio) do que no verão úmido (de junho a outubro).

--> NOVA YORK

Nova York

Para pagar 200 dólares ou menos por hotel com banheiro em Manhattan, vá em fevereiro, novembro e janeiro. Junho, agosto (surpreendente!) e outubro foram os meses em que o piso ficou acima de 300 dólares.

--> ORLANDO

Orlando

Orlando é o Walmart da hospedagem -- um lugar onde impera o "every day low prices". No nosso acompanhamento, os meses mais em conta de todos foram novembro, maio e setembro.

--> PARIS

Paris

Paris também brincou de gangorra com a gente o ano inteiro. Maio, julho, agosto e dezembro ofereceram as melhores pechinchas; junho, setembro e novembro foram os meses mais caros.

--> SANTIAGO

Santiago

Santiago fica mais em conta no verão e um pouquinho mais cara entre agosto e outubro. Julho está na média.

Os hotéis pesquisados:

Ibis Marrakech Centre Gare, Ibis Bali Kuta, Ibis Fortaleza, Ibis Salvador Rio Vermelho, Ibis Tunis, Ibis Curitiba Batel, Ibis Saigon South, Ibis Montevideo, Ibis Mall of The Emirates, Ibis Santiago Providencia, Ibis Larco Miraflores, Holiday Inn Express Miami Airport Miami Springs, Ibis Lisboa Liberdade, Ibis Porto Alegre Moinhos de Vento, Holiday Inn Express Orlando International Drive, Ibis Buenos Aires Obelisco, Ibis Amman, Ibis Istanbul, Ibis Berlin Mitte, Ibis Barcelona Plaça Glòries, Ibis New Delhi Gurgaon, Ibis Prague Old Town, Ibis Moscow Paveletskaya, Ibis Tokyo Shinjuku, Ibis Rio de Janeiro Copacabana, Ibis Milano Centro, Ibis São Paulo Paulista, Ibis Sydney King Street Wharf, Ibis Paris Bastille Opéra, Ibis Amsterdam Centre, Holiday Inn Express Toronto, Ibis London Euston St. Pancras, Ibis Singapore on Bencoolen, Ibis Seoul Myeong-Dong, Holiday Inn Express Los Angeles Century City, Holiday Inn Express New York Times Square.

Leia também:

Praiômetro: sol e chuva em 42 destinos do Brasil e do Caribe

Ibismômetros anteriores

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


27 comentários

val
valPermalinkResponder

Show de trabalho! Vcs são sensacionais!

Victor
VictorPermalinkResponder

Muito legal essa consolidação de dados, e Parabéns pelo site, muito bom mesmo.
Em Nova York em agosto/setembro tem o torneio de US Open de Tênis, um dos 4 maiores do circuito de Tênis, isso pode ajudar a explicar a alta dos preços no mês.

Marcelo Morgado

Obrigatório favoritar esse post!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Parabéns pelo levantamento, muito interessante e inteligente análise!
Que tal uma versão asiática e brasileira?
Abraço e sucesso!

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Adoro o Ibis wink!!!
Ja fiquei no de Lisboa (Liberdade) e gostei bastante. Paguei apenas 69 euros, casal, em novembro passado.
Tb conheco o de Buenos Aires (Centro). Fiquei la 2 vezes.
Adorei os comparativos!
Bem bacana!!!

Vitor J. Nunes

Muito bom trabalho.
O que mais me chamou a atenção foi o mês de outubro. Muitos picos nesse período.
E tem que ver essas promoções de estão servindo como outliers.
Abraços e obrigado!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Ótimo trabalho!!

Carlos Mariz
Carlos MarizPermalinkResponder

Parabéns pelo trabalho! Interessante. Qual o motivo da Europa ser, consistentemente, mais em conta no mês de Julho???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! No verão baixa um pouco o movimento de viajantes de negócios.

Carla - Fui, Gostei, Contei

Iniciativa espetacular, parabéns! Dá uma noção ótima de preços e temporadas nos principais destinos. Eu sugeriria incluir mais um que os brasileiros amam e vão em todas as épocas do ano: Cancun. Beijos!

Oscar | MauOscar.com

Excelente trabalho.. Isso era tema para uma tese de mestrado!! Parabéns

Mariah Rafaela

Nova Iorque é realmente cara! Estamos indo numa viagem de 10 dias agora em dezembro e se fossemos ficar em Manhatan teríamos de pagar mais de R$ 5.500,00 de diárias. Então optamos por ficar no Queens, mesmo assim pagaremos um pouco mais de R$ 3.000,00 por dez dias! O curioso é que de lá vamos à Paris e pagaremos bem menos no 3 ar pela mesma quantidade de dias!!! Agora pensem que o dólar alto faz isso ficar ainda mais caro para nós brazucas!!!! Rezando pro dólar baixar!!!

Lali
LaliPermalinkResponder

Melhor não contar com isso Mariah. Se eu fosse vc, comprava logo os dólares...

Rodolfo Stocco

Com a experiência adquirida na montagem do índice (que por sinal é show de bola!), quanto tempo de antecedência vocês recomendam para reservar o hotel e, se possível, achar bons preços?

Grato!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodolfo! A pesquisa foi feita sempre com 60 dias de antecedência. Para achar bons preços, comece procurando sempre com 90 dias de antecedência. Os hotéis vão desovando aos poucos suas ofertas nos sites de reservas online.

carlos oliveira

Pra uma pessoa que nunca foi pra Europa ou EUA, em uma primeira viagem, o que sugerem: 14 dias em NY ou 14 dias, divididos em 7 em Londres e 7 em Paris? Isso pra passar Ano Novo... Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! São duas viagens ótimas. Ambas têm apenas o inconveniente da temperatura no fim do ano, mas não dá para estabelecer uma hierarquia. Depende da sua prioridade.

carlos oliveira

Olá Boia! Se falarmos em menos cara, há alguma hierarquia? Grato novamente

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! A hospedagem em Nova York é mais cara.

Bruno Felix
Bruno FelixPermalinkResponder

Estou planejando uma viagem para Turkia, passando antes por Amsterdam (vou de KLM e não pagarei mais caro pela escala), incluindo também Athenas na passagem ( incrível, o custo de SP-Istanbul, ida e volta, era quase o mesmo), no entanto,consegui férias apenas em dezembro e não posso viajar em outra época, infelizmente...Ano passado estive por 25 dias entre Lisboa, Paris, Berlim, Munique, apesar do frio, aproveitei bastante a viagem com o meu filhão de 7 anos e esposa.
Fica a pergunta?
É viável ir para Istanbul,passando antes por Amsterdam e Athenas em dezembro? E a questão política, principalmente na Turkia e um pouco menos na Grécia, devo me preocupar muito? Importante: Vou com meu filhão, agora 8 anos e esposa!

Um abraço para todos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Só não recomendamos ir para ilhas gregas ou para o litoral turco nesta época.

Este post é sobre preço de hotéis. Por favor leia sobre Turquia e Grécia nas páginas de Turquia e Grécia:

https://www.viajenaviagem.com/category/turquia

https://www.viajenaviagem.com/category/grecia

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho. Gostaria de visualizar os dados num mesmo gráfico, como esse por exemplo: http://criticaeconomica.files.wordpress.com/2007/10/grafico3.JPG. Fica a sugestão, mas novamente meus parabéns.

Louise
LouisePermalinkResponder

Muito show!

Suzi
SuziPermalinkResponder

Maravilha !!! Muito bom trabalho, só temos a agradecer

Joza Ribeiro
Joza RibeiroPermalinkResponder

Somos de Curitiba/PR e em setembro/2013, na única mas não última euro trip, eu e esposa usamos a rede Ibis na Alemanha. Em Berlin no ibis Berlin City Potsdamer Platz, em Praga no Ibis Praha Mala Strana e em Dresden no Ibis Dresden Konigstein todos confortáveis, adequados, suficientes e bem localizados e com um ótimo café da manhã, e de fato com preços muito competitivos. Nas demais cidades não conseguimos reservar Ibis. Em Paris ficamos no Comfort Inn Saint Pierre, hotel muito ruim, um café da manhã fraco e espartano, numa localização que assusta e preço caro, não recomendo, sendo que o único e excelente ponto positivo veio de quem nos servia o café, pois era uma brasileira, uma gaúcha, que foi simpaticíssima conosco. Já em Frankfurt hospedamos no Hotel Monopol, colado à hauptbahnhof, e apesar de ser um hotel antigo, o lobby é charmoso, o quarto é amplo e gostoso, e o café da manha excelente. Finalmente em Füssen, também na Alemanha, ficamos no Luitpoldpark-Hotel que tem acomodações e café da manhã sensacionais, muito bom mesmo. Estas opiniões são relativas à minha análise pessoal variando. certamente, conforme o ângulo observado por outras pessoas.

MARTA ANDRADE
MARTA ANDRADEPermalinkResponder

Seria tão bom vcs atualizarem essa página. Essa de 2013 está pedindo isso né?
Adoro os postos de VnV e leio diariamente. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marta! O experimento era de um ano, mesmo. Você pode se basear nesse resultado para os tempos atuais.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar