Suíça de trem: 30 roteiros prontos, de 2 a 8 dias

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Glacier Express

Glacier Express

Sou apaixonado por viagens de trem na Europa. Não canso de repetir que o trem é o mais europeu dos meios de transporte. Em trajetos curtos ou panorâmicos, os trilhos são insuperáveis. E se existe um lugar na Europa que foi inventado para ser explorado de trem, esse lugar é a Suíça.

As curtas distâncias entre as maiores cidades permitem bate-voltas confortáveis -- você gasta muito menos tempo dentro do trem para ir e voltar entre Lucerna e Berna ou Genebra e Montreux do que passaria de pé ao longo de um dia em filas na Disney.

Os trens que andam pelas rotas panorâmicas são suficientemente lentos para que se aprecie a paisagem (coisa que não dá mais para fazer nos TGV, Thalys, Frecce e AVEs, em que o trajeto é um borrão permanente na janela).

Sem o stress de dirigir em estradas que você não conhece (com uma sinalização que você não domina totalmente), sem precisar procurar lugar para estacionar nas cidades, sem enfrentar os anéis viários para entrar e sair das cidades grandes, sem brigar com o GPS, sem se preocupar com reabastecimento, você faz sua viagem render muito mais, com muito menos esforço físico e emocional.

O trem permite que você crie itinerários intensos, em que o deslocamento não faz você perder o dia – porque ou é curto (e indolor) ou é lindo (o percurso se torna o próprio destino).

Trem convencional

Trem regional em Visp

Como montar seu itinerário de trem pela Suíça

Quanto mais você lê sobre a Suíça, mais lugares quer visitar. É inevitável: tudo parece tão lindo, tão civilizado e ao mesmo tempo tão pitoresco, que é difícil escolher. O problema é que a Suíça inteira não cabe nem no tempo nem no orçamento que costumamos ter para viajar.

Mas não desanime. Eu tenho uma fórmula® que permite que qualquer pessoa crie um itinerário produtivo na Suíça.

Golden Pass Line

Golden Pass Line

A fórmula para o perfeito itinerário suíço

Swiss Travel Pass: vale a pena?

O Swiss Travel Pass é um passe de transporte super-abrangente. É válido nos trens, ônibus, barcos e no transporte público urbano. Durante a validade do passe, você pode embarcar em praticamente qualquer trem, sem necessidade de reserva (os trens suíços carregam passageiros de pé). A exceção são os vagões especiais de trens panorâmicos (Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line, Wilhelm Tell Express), que exigem reserva e pagamento de sobretaxa (ainda assim, portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto).

O Swiss Pass tem algumas características únicas:

  • Vale nos barcos que cruzam os lagos Léman (ligando Montreux, Vevey, Lausanne, Genebra e a francesa Evian), Lucerna (levando a cidadezinhas pitorescas e ao monte Rigi), Brienz e Thun (ambos em Interlaken). Dá para fazer de barco trechos que você faria de trem, sem pagar a diferença.
  • Vale no transporte público de todas as cidades suíças (você não precisa se entender com passes diários ou com passagens avulsas de bonde ou ônibus).
  • Vale em trens de montanha que levem a vilarejos.
  • Filhos entre 6 e 15 anos viajam de graça quando acompanhados do pai ou da mãe portando Swiss Travel Pass válido. Para isso, basta requerer um Family Card ao fazer o passe. (Crianças até 5 anos não pagam passagem em nenhum transporte público suíço).
  • Dá 50% de desconto em trens de montanha e teleféricos que levem a estações de ski ou mirantes alpinos.
  • Dá 50% de desconto em passeios de barco no lago de Lugano.
  • Dá 50% de desconto nos vagões panorâmicos de Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line e Wilhelm Tell Express.
  • Dá 25% de desconto no trecho final da Jungfraubahn, em Interlaken.
  • - Vem com o Swiss Museum Pass, que proporciona entrada gratuita em 470 museus na Suíça (veja a lista aqui).
  • - Pode ser comprado até depois de chegar à Suíça, sem acréscimo. Basta ir a uma estação de trem munido do passaporte.

Depois de uma reformulação no início de 2015 (quando deixou de ser Swiss Pass e ganhou a nova denominação Swiss Travel Pass), o passe perdeu a versão "saver", disponível para passageiros que viajassem sempre juntos. Agora os passes são exclusivamente individuais. E continuam disponíveis nas modalidades dias consecutivos (3, 4, 8 e 15 dias contínuos) e flex (3, 4, 8 ou 15 dias contínuos ou alternados num intervalo de 30 dias).

Pais viajando com filhos de 5 a 15 anos podem pedir o Family Card, que dá direito a que as crianças viagem de graça com o adulto portador do Swiss Travel Pass. Crianças menores de 5 anos não pagam.

Os passes têm versões na 1ª e na 2ª classe. A 2ª classe é perfeitamente viável; transcrevo seus preços aqui. (Para ver os preços da 1ª classe, clique aqui e aqui.)

Dias corridos

  • 3 dias corridos : CHF 210 (média diária: CHF 70)
  • 3 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 179 (média diária: CHF 60)
  • 4 dias corridos : CHF 251 (média diária: CHF 62)
  • 4 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 213 (média diária: CHF 45)
  • 8 dias corridos: CHF 363 (média diária: CHF 49)
  • 8 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 309 (média diária: CHF 38)

Dias avulsos (flex)

  • 3 dias avulsos: CHF 239 (média diária: CHF 80)
  • 3 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 203 (média diária: CHF 68)
  • 4 dias avulsos: CHF 286 (média diária: CHF 71)
  • 4 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 243 (média diária: CHF 61)
  • 8 dias avulsos: CHF 407 (média diária: CHF 51)
  • 8 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 346 (média diária: CHF 43)

Para quem vai ficar pelo menos 4 ou 5 dias no país e pretende fazer bate-voltas e rotas panorâmicas, e não tem paciência para mergulhar em pesquisas e cálculos, o passe vale a pena.

Se você ficar apenas no miolo Lucerna-Berna-Interlaken-Montreux, o passe só vale a pena se você fizer dois ou três passeios caros às montanhas.

Swiss Travel Pass x tarifas SuperSaver

Se você quer se certificar na ponta do lápis se o passe é um bom negócio para a sua viagem, só há um jeito: descobrir quanto custaria o seu itinerário sem o passe.

Até 2012, essa era uma operação simples, porque as tarifas de trem na Suíça eram fixas. Mas desde 2013 a Suíça tem tarifas descontadas. São as SuperSaver, que oferecem até 50% de desconto sobre a tarifa cheia. Essas passagens podem ser compradas online a partir de 30 dias de antecedência nesta página.

Supersaver

supersaver

SuperSaver

(Pegadinha: para carregar os preços descontados, você tem que selecionar "No reduction". Não me pergunte por quê.)

Ao contrário das passagens em tarifa cheia, que valem em qualquer trem da rota comprada no dia de validade, as passagens em tarifa SuperSaver valem apenas para o trem específico do horário escolhido. Isso complica bastante as operações de pit-stop e bate-volta, já que você tem que prever com exatidão quanto tempo quer passar nos destinos visitados nesse esquema. (Já com o Swiss Travel Pass, ou com passagens em tarifa cheia, se você se atrasa para pegar o trem de volta -- por exemplo -- de Interlaken a Lucerna no horário que tinha previsto, pode pegar o próximo sem problema. A Suíça tem um trem por hora entre seus principais destinos.)

A não ser que você seja muito metódico e experiente, acredito que viajar com o passe vai ser mais eficiente e tranqüilo do que com passagens avulsas, que engessam os horários. Mas se no seu orçamento quaisquer 10 francos suíços já fizerem diferença, então atire-se às contas (e calcule os deslocamentos com folga, evitando assim perder trens e tickets não-reembolsáveis).

Onde comprar o Swiss Travel Pass?

Você pode comprar seu Swiss Travel Pass antes de viajar ou depois de chegar à Suíça.

Comprando no site da SBB suíça, você pode imprimir seu passe em casa. As datas de validade virão impressas no passe.

Se comprar no site da Rail Europe (que é em português), vai receber pelo Correio, pagando taxa de 8 euros de taxa de serviço (cobrada por passageiro) e 9,50 de FedEx (cobrada por envio, mesmo que de mais de um passe). Nesse caso, o preenchimento da data de validade do passe é manual, você pode decidir mais tarde. Na minha última simulação, os passes custavam ligeiramente mais em conta na Raileurope (para comparar, faça a conversão de euro para franco suíço no site Oanda), o que compensava as sobretaxas. O maior problema dessa alternativa é ter que depender do Correio brasileiro. Escolha só se você comprar com pelo menos um mês de antecedência.

Dá para comprar depois de chegar na Suíça, nas principais estações de trem (aeroportos, cidades maiores e de fronteira).

Bernina Express

Bernina Express

Exemplos de itinerários pela Suíça

Aí vão algumas sugestões.

Você vai ver que, para fazer o seu tempo render mais, eu incluo bate-voltas e pit-stops em quase todos. Bate-volta é quando você faz um passeio a outra cidade e volta no mesmo dia, poupando o perrengue de viajar com malas e trocar de hotel. Pit-stop é quando você pára para visitar um lugar a caminho do próximo destino (por exemplo: faz check-out no seu hotel em Lucerna e passa das 10h às 16h em Berna, seguindo então a Interlaken, onde está seu próximo hotel).

Na Suíça o pit-stop pode ser feito de duas maneiras: você pode viajar com a sua bagagem e usar o guarda-volumes na estação de parada, ou então pode aproveitar o serviço Fast Baggage: você despacha a mala na estação de partida (até as 9h) e recolhe na estação de destino final, num ponto de retirada específico (mas que só abre até as 18h ou 19h, dependendo da estação). Custa CHF 22 por peça. Veja mais detalhes sobre o Fast Baggage aqui.

Para aproveitar melhor esses dias zanzando pela Suíça, o melhor é chegar ao país depois de já ter se acostumado ao fuso horário europeu. (Se a Suíça for a sua primeira parada, pense numa aclimatação de uns três dias na primeira cidade.) A maior contra-indicação desses itinerários intensos é precisar pegar o primeiro trem do dia no máximo às 9h.

Os trechos marcados em vermelho são de trens panorâmicos ou de montanha.

Se você tem de 2 a 3 dias, recomendo escolher apenas uma base.

A partir de 4 dias, dá para pensar em duas bases. Tendo 5 dias, os mesmos roteiros ficam mais fluidos.

Com 7 a 8 dias já dá para fazer uma volta básica pela Suíça.

Base: Lucerna

Como base ou ponto de partida para explorar a Suíça, Lucerna só tem um defeito: está longe demais de Paris ou Munique (mais de 5 horas de trem, com baldeações). De Strasbourg, porém, está a 2h40 (baldeação na Basiléia). Mas é a melhor escolha se você chega de avião por Zurique: está a apenas 1h de trem da estação do aeroporto.

2 dias | Lucerna + Berna

Lucerna proporciona o melhor resumo da Suíça para apressados. O passeio de dia inteiro mais bacana é o circuito Classic Rigi, que combina travessia de barco do lago com trem e teleférico de montanha ao monte Rigi. Dá para tirar uma manhã ou uma tarde para um bate-volta a Berna.

3 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Passe as três noites em Lucerna. Faça o circuito Classic Rigi, um bate-volta de meio dia Berna e um bate-volta de dia inteiro a Interlaken com direito ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Base: Montreux ou Lausanne

Lausanne está a 3h30 de trem de Paris e a 2h40 de Lyon. Montreux fica 20 minutos adiante. O aeroporto mais próximo é Genebra, a 50 minutos de trem de Lausanne e 1h10 de Montreux.

2 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate

Se a sua preferência for a Suíça francesa, monte base em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril).

3 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate + Berna

Passe as três noites em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril). No terceiro dia, faça um bate-volta a Berna.

Base: Interlaken

Interlaken está a 5h de trem de Paris (e a 2h15 do aeroporto de Zurique). De Munique são 7 horas de trem.

2 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Caso a sua prioridade seja paisagem alpina 24 horas, vá direto a Interlaken, que é o destino de montanha mais fácil de encaixar numa passagem rápida pela Suíça. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia.

3 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna

Passe as três noites em Interlaken. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia. Num dos dias, faça um bate-volta a Berna.

Base: Zermatt

Zermatt fica a 3h40 de trem de Milão (baldeação em Brig). O aerporto de Zurique está a 3h30 de trem.

3 dias | Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Com 3 dias, Zermatt já vale como alternativa para quem procura a Suíça das montanhas. Conte em perder o primeiro dia no (belo) deslocamento. Nos dias em que ficar na vila, vá num deles ao Gonergrat e em outro ao Glacier Paradise.

Da Itália à Suíça (ou vice-versa)

Se você vai combinar Itália com Suíça, seja num único sentido ou indo e voltando, recomendo que aproveite os dois trens panorâmicos que cruzam a Suiça no eixo norte-sul: o Bernina Express (o mais bonito, na minha opinião) e o Wilhelm Tell Express (o mais completo, porque inclui travessia de lago). Escolha um para ir; e se for voltar, volte pelo outro.

Se não quiser pegar trem panorâmico, existem trens convencionais, mais rápidos, que levam de Milão a Zermatt -- baldeação em Brig -- e a Lucerna, sem passar pelo lago.

2 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna

Se você vai cruzar a Suíça vindo da Itália, esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (mas viajando em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, faça o circuito Classic Rigi. De Lucerna você pode prosseguir à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- aproveite a tarde e a noite do dia de chegada em Lucerna, no segundo dia faça o Rigi e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá a Milão).

3 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna ou Zurique + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna ou Zurique, onde recomendo passar as três noites. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, explore a cidade (em Lucerna, faça o circuito Classic Rigi); em Zurique, faça um passeio pelo lago. No terceiro dia, faça o bate-volta a Berna. Prossiga à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- você passa duas noites na Suíça e a terceira já na Itália. Escolha Zurique ou Lucerna como base, vá a Berna no segundo dia, e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina até Tirano; prossiga de lá a Milão).

4 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as demais três noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi); volte a tempo de curtir a noite em Zurich West.

4 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe três noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, saindo cedo para Interlaken, é possível fazer o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

5 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as outras quatro noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi). Use o quinto dia para passear por Zurique mesmo.

5 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, suba ao Monte Titlis. No quarto dia, despache as malas para Interlaken pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por peça) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No último dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Itália-Suíça-Itália

2 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Bernina Express

Muita gente gostaria de fazer um bate-volta desde a Itália só para andar num trem panorâmico na Suíça. Como eu já expliquei mais acima, ir e voltar no mesmo trem panorâmico é um pé no saco; a monotonia se sobrepõe à beleza. Com dois dias para investir (e apenas um pernoite em solo suíço) dá para fazer um roteiro mais proveitoso (e barato, usando os trens regionais que fazem as rotas panorâmicas). Saia de Milão até Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Pernoite em Lucerna. Na manhã seguinte, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá de volta a Milão.

3 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Bernina Express

O mesmo roteiro pá-pum para vir da Itália e voltar rapidinho, mas com um pouquinho mais de calma. São 3 dias de viagem, com dois pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que faz a mesma rota do Bernina Express até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

4 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + St. Moritz + Bernina Express

Para sair da Itália e voltar à Bota com um belo panorama da Suíça. São 4 dias de viagem, mas três pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, siga a St. Moritz. No último dia, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem regional que faça a rota) até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

Duas bases: Lucerna + Interlaken

4 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

É praticamente o mesmo roteiro de 3 dias, mas feito com um pouco mais de calma. Durma duas noites em Lucerna. Use um dia inteiro para fazer o Classic Rigi e uma tarde para ir a Berna. No terceiro dia, vá a Interlaken, mas se o tempo estiver bonito desça do trem em Brienz. Siga de barco de Brienz até Interlaken Ost. No quarto dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Duas bases: Montreux ou Lausanne + Zermatt

Suíça francesa com Suíça alemã, lago com montanha.

4 dias | Montreux + Trem do Chocolate ou Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Travel Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem). No segundo dia, valide o Swiss Travel Pass e faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril) ou um bate-volta a Berna. No terceiro dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quarto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

5 dias | Montreux + Trem do Chocolate + Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem), nem no segundo (faça o Trem do Chocolate, que dá pouco desconto no passe (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). No terceiro dia, valide o Swiss Travel Pass e faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quinto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

Duas bases: Zurique + Zermatt

Zurique é a melhor base para pegar o Glacier Express sem precisar dormir em Chur, nem madrugar demais.

4 dias | Zurique + Berna + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma as duas primeiras noites em Zurique. Acione o Swiss Pass no segundo dia, para fazer um bate-volta a Berna. No dia seguinte vá cedo a Chur pegar o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada vá ao Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e aproveite que seu Swiss Pass ainda está válido para prosseguir à fronteira ou ao aeroporto.

Duas bases: Interlaken + Montreux ou Lausanne

Bastante diversidade em deslocamentos curtos.

4 dias | Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux ou Lausanne

Faça um pit stop em Berna (deixe a mala no guarda-volumes da estação) a caminho de Interlaken, onde você vai dormir duas noites. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No terceiro dia, embarque com a mala no barco a Spiez e prossiga por qualquer trem da rota da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Montreux (ou a Lausanne, se preferir). Passe duas noites no destino. No quarto dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux -- ou pegue o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

3 bases: Lucerna + Interlaken + Montreux ou Lausanne

5 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux

Durma duas noites em Lucerna. Use o primeiro dia para passear na cidade. Ative o Swiss Travel Pass no segundo dia, para fazer o Classic Rigi. No terceiro dia, despache as bagagens para Interlaken pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, pegue a Golden Pass Line (trecho lento, via Zweisimmen) até Montreux (o trecho até Spiez pode ser feito de barco, se o dia estiver bonito). Durma essa última noite em Montreux ou Lausanne.

Passando por Liechtentstein

Todo mundo pergunta como passar por Liechtentstein. Não é difícil.

4 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.)

5 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.) Durma duas noites em Lugano.

5 dias | Zurique + Liechtentstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Berna

Durma a primeira noite em Zurique. No segundo dia, despache as malas para Chur pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtentstein). Durma essa noite em Chur. No dia seguinte, pegue o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada combine o Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e siga à tarde para Berna, onde pernoitará.

Volta à Suíça

Com uma semana, já dá pra fazer um tour básico completo.

7 dias | Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Roteiro redondo para quem quer escutar francês, alemão e italiano durante seu périplo suíço -- e perfeito para quem cruza a Suíça vindo da França e indo para a Itália. Passe as duas primeiras noites em Montreux ou Lausanne. Num dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux. No outro, passeie por Lausanne. No terceiro dia, a rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Interlaken, onde você ficará duas noites. O quarto dia será dedicado ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, faça um pit stop em Berna a caminho de Lucerna, onde ficará duas noites. No sétimo dia, pegue o Wilhelm Tell Express a Lugano, onde pernoitará.

7 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna

Suíça alemã + a montanha mais bonita + Suíça francesa. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage (CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, ative seu Swiss Travel Pass pegando o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e desça a Montreux ou Lausanne. Passe as últimas três noites no destino. Faça o bate-volta a Berna no dia seguinte, para aproveitar o Swiss Pass. No último dia, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon + vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

7 dias | Zurique + Berna + Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Lucerna + St. Moritz + Bernina Express

Um bem-bolado para quem chega pelo aeroporto de Zurique, quer dar um rolê pelo lado francês e seguir por um trem panorâmico para a Itália. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, vá a Montreux ou Lausanne com pit-stop em Berna. Passe duas noites em Montreux ou Lausanne. No dia seguinte à chegada, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux ou faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Ative o seu Swiss Travel Pass para sair de Montreux em direção a Lucerna pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen). Fique duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, para fazer o circuito Classic Rigi. Saia para St. Moritz, onde você vai passar duas noites. No oitavo dia desça com o Bernina Express até Tirano, prosseguindo a Milão.

8 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Uma volta à Suíça em oito dias. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage(CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, pegue o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e à tarde desça a Montreux ou Lausanne. Passe duas noites no destino. No dia seguinte à chegada, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Saia para Lucerna com pit-stop em Berna. Passe uma noite em Lucerna. Prossiga com o Wilhelm Tell Express a Lugano. Passe a última noite em Lugano.

E para fazer a Suíça de carro?

Infelizmente não posso ajudar. Mas dou uma dica quentíssima: o ViaMichelin é o melhor gerador de roteiros rodoviários para a Europa (e a ferramenta está em português).

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

558 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Fábio Pastorello
Fábio PastorelloPermalink

Isso é o que eu chamo de um post completo. Eu usei o Swiss Pass e recomendo, tanto pela possibilidade de usar os trens sem limite (fiquei hospedado numa cidadezinha próximo de Lucerna pois era mais barato, então tinha que usar sempre), como porque também incluía os passeios de barco pelos lagos. Muito bom.

Luiz Paulo
Luiz PauloPermalink

Neste post vossa excelência ae superou (sem ironias). Nunca vi nada igual em frommers ou fodors (sem exageros). Turismo no Brasil ae divide em antes e depois do VnV. Muito obrigado.

Marcela
MarcelaPermalink

Oi Ricardo, tenho algumas dúvidas..

No roteiro de 7 dias pegando o Glacier Express, vc recomenta dormir em Chur e fazer um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Essas cidades valem a pena conhecer ou é só mesmo para pegar o Glacier no outro dia?
Qual é o trem panorâmico com paisagem mais bonita?
Estou pensando em ir para a suiça em Junho/Julho do ano que vem.. Faz muito frio subir nas montanhas mesmo nessa época? Tenho que levar roupa de inverno?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcela! O Ricardo Freire não foi a Chur. De todo modo, dá para dizer que dificilmente uma cidade da Suíça será feia e não valerá a passagem. Mas a dormida em Chur é estratégica. Fará frio no alto da montanha em qualquer mês do ano. Você precisará de casaco no topo da montanha.

Bethania Villela
Bethania VillelaPermalink

Olá, Bóia, faço minhas as palavras do Luiz Paulo, acima! Isso não é um post é um super mega bem feito convite para se ir à Suíça!

Entendi perfeitamente sua fórmula e não quero lhe pedir roteiro personalizado.Tenho 7 dias/8 dias. Saio de Paris e retorno pra lá pra pegar o vôo para o Rio. Meu maior interesse é um dos trens panorâmicos, mas não faço muita questão de subir a vilarejos no topo de qq montanha. Final de novembro/início de dezembro vai estar um frio brabo. Então, fazendo as devidas adaptações, quais das suas sugestões vc me recomenda? Meu filho ama locais medievais. Obrigada e, mais uma vez, parabéns por esbanjar tanto conhecimento e dividir com seus fãs.
Bethania Villela

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bethania! Você pode fazer Lucerna (com bate-volta a Berna e passeios no lago), Chur com pit stop em (ou bate-volta a) Liechtentstein, daí descer pelo Bernina Express a Lugano (o mais bonito dos panorâmicos), e de Lugano sair para a Itália pelo Centovalli Express.

Bethania Villela
Bethania VillelaPermalink

Obrigada Bóia pela sugestão! Vou,agora mesmo, verificar o mapa.
Esse trecho do Bernina Express é o que passa por aqueles viadutos incríveis?
Eu quero ir pra Suiça, de trem, saindo de Paris. Seu eu fizer o Bernina,como vc sugere meu retorno a Paris, já que o vôo de volta ao Brasil sai de lá?

Obrigada e desculpe o aluguel...

Bethania

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bethania! Desculpe. Não percebi que você ia no inverno e também não registrei que você saía e voltava a Paris. O Bernina Express não é para você, por não permitir a continuação a Lugano no inverno. Serviria apenas para quem seguisse para a Itália.

É por isso que o Ricardo Freire escreveu expressamente no texto do post que eu não faria roteiros. Não dá. São muitos detalhes. Nossa função aqui é apenas apontar para o post onde perguntas já estão respondidas, ou então fazer uma sintonia fina menor. Só você (ou um agente de viagens) pode resolver roteiros inteiros.

Escolha entre os 30 roteiros já prontos. É impossível não haver um que se encaixe, ou que necessite de poucos ajustes. Escolha uma das rotas que combine a Suiça francesa com a alemã, sem descer a Lugano. E a propósito: essa sua recusa a incluir vilarejo de montanha não faz o menor sentido. Não complique algo que o Ricardo Freire teve tanto trabalho para simplificar. Boa sorte.

Flavia
FlaviaPermalink

Olá, Boia!

Vou passar 3 dias em Interlaken e gostaria de saber se la existe algum passe ilimitado como o Peak Pass de Zermatt. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavia! Não descobrimos nenhum passe, não.

emerson calil
emerson calilPermalink

Ola, quero fazer um bate volta a partir de Milão de carro em abril. Havera neve em Interlaken e St Moritz? Qual dos dois é melhor para crianças?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Emerson! Por gentileza: não repita perguntas em posts diferentes.

Já respondemos onde você perguntou primeiro:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/suica-interlaken-x-zermatt-x-st-moritz/comment-page-3/#comment-334579

No outro post você vê as atividades de St Moritz e de Interlaken. Veja quais os seus filhos gostarão mais.

renata
renataPermalink

Meu Deus, o que é isso??!? vc não existe!
O que seria de nós, pobres turistas intrépidos e independentes, se não fossem suas dicas...muito obrigada, acho que estou conseguindo montar meu quebra-cabeças!

Maria Emilia Tolentino Carollo Blanco

Que maravilha. Dá orgulho ver um trabalho desses. Vamos mudar nosso próximo roteiro. Vou pesquisar esse trem de chocolate, pois não tenho a mínima noção do que seja. Bóia, vc tem algum post sobre Alemanha? Ficaríamos 7 dias e depois finalizaríamos com mais 7 dias em alguns dos roteiros que vcs pesquisaram na Suíça. Obrigada e mais uma vez, parabéns!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria Emila! Veja os posts já publicados sobre a Alemanha aqui:
https://www.viajenaviagem.com/category/alemanha
https://www.viajenaviagem.com/category/berlim

Alexandre
AlexandrePermalink

Bóia , muito bom o post . Vou para a Suiça em dezembro , ficarei em St. Gallen a trabalho três dias . Depois pretendia fazer o roteiro de Berna e Interlaken , além de classic Rigi , ficaria em Berma como base . Vi nos seus roteiros que você sugere Lucerna como base . O que você acha ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alexandre! O Ricardo Freire sugere Lucerna como base porque é maior e tem uma noite mais animada do que Berna.

Marcello
MarcelloPermalink

Teria algumas dicas da Noite em Lucerna? No inverno continua animada? Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcello! Dicas quentes da noite é algo que você encontra localmente, não procure em sites de turismo.

No inverno não haverá mesas nas calçadas (ou se houver, não haverá gente nas mesas).

rafaela salioni
rafaela salioniPermalink

ola! Irei fazer minha lua de mel pela Suica! Meu roteiro e, Zurique por 1 noite, seguimos a St Moritz por 4 noites, apos Zermmat por 3 noites e apos Genebra por mais 3 noites. Finalizamos em Paris.
Gostaria de saber se este e um bom roteiro, e quais cidades eu poderia fazer um bate volta ou redor.Aceito sugestoes! Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rafaela! Entre nos posts das cidades; estão linkados ao pé do post e esmiuçam esses destinos.

Ana Baumann
Ana BaumannPermalink

Oi Ricardo, parabens mesmo. E fico ate com vergonha de sugerir alguma coisa a mais...mas como conheco São Miguel dos Milagres, ai vai a dica: a região do baixo Engadin (unterengadin), no cantão dos Grisões, junto ao parque nacional suico. As cidadezinhas da região baixa (St. Moritz está na parte alta, o oberengadin) como Guarda,Sent,Ftan, Tschlin - que conseguiu envolver toda a comunidade local num projeto sustentavel, são fantasticas. E a lingua oficial que é o romanche, cuja raiz é latina, é super interessante. A arquitetura é muito diferente e parece que voltamos no tempo quando estamos passeando por lá. E como vc disse, pode-se chegar em qualquer lugar de trem ou postauto, o onibus amarelinho. Fica a dica. Abcos. Ana

Marcela
MarcelaPermalink

Ricardo,

Irei em Junho/Julho para a Suiça e pretendo ir ao Top Of Europe. Como nessa época é verão, gostaria de não ter que levar casaco pesado somente para fazer esse passeio.
Sabe se tem lugar para alugar roupa de frio somente para fazer o passeio?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcela! Não há a opção do aluguel.

Fabio de Rezende
Fabio de RezendePermalink

Bóia, estou fazendo pesquisas para minha viagem de final de ano para Interlaken e me deparei com essa mesma questão, pois preciso de roupas para esquiar. Dei uma breve pesquisada e encontrei este site http://www.interlaken.ch/en/activities-excursions-adventure-festivals/winter-sports-adventure-activities-interlaken/skiing-snowboarding-interlaken/ski-and-snowboard-hire.html.

Aparentemente eles alugam só equipamentos, mas nesta loja, uma das indicadas, parece que eles alugam roupas também http://www.outdoor-interlaken.ch/en/winter/rentals.

Espero ter ajudado.

Fred
FredPermalink

Olá! Se a Suíça já tivesse um post com aquele "Quando ir", o que o VnN diria nesse espaço?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fred! Que o país é interessante o ano inteiro. No verão é mais gostoso, no inverno é perfeito para esquiar. As estações costumam fechar entre outubro e novembro para manutenção antes da temporada invernal.

Fred
FredPermalink

Eu pretendo ir à Suíça num período em que possa pisar na neve nos vilarejos de montanha (mas não para esquiar) e ter temperaturas amenas e movimento nas ruas das cidades maiores. O que vou encontrar se for entre o final de março e o começo de abril?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fred! Você só encontrará temperaturas amenas na Europa central e do norte no alto verão: julho/agosto. Passará frio no resto do ano. Em abril você ainda deve encontrar neve no alto das montanhas. Lembre-se que o inverno vai até março.

Marzio Azaro D' Lippi Filho

Olá Ricardo. Passei 12 dias de lua-de-mel na Suíça agora em outubro. Cheguei há 2 dias. Recomendo 100%. Suas dicas foram muito valiosas. Obrigado. Sugiro a todos que querem conhecer bem este pais que comprem o Swiss Pass, mesmo que saia um pouco mais caro. A possibilidade de poder entrar em qualquer meio de transporte público (trens, ônibus, barcos) torna a viagem muito mais dinâmica e proveitosa, afinal de contas "não custa nada" pegar um ônibus aleatoriamente e explorar curiosamente uma região fora do circuito pré-estabelecido.

Angela
AngelaPermalink

Olá, com o Swiss Pass não dá para ir a outros países? Estarei em Genebra e gostaria de passear um pouco pela França. Obrigada abs

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Angela! Não dá não.

Angela
AngelaPermalink

Muito obrigada pela resposta! Abs

Adriano Maltarollo
Adriano MaltarolloPermalink

Ricardo,
Dia 26/9/2014 (Sexta), deixo o Hotel em Berlim pela manhã e estou livre pra ir rumo à Suiça.
Dia 28/9/2014 (domingo), pela manhã, meu voo sai de Genebra. Meu objetivo: traçar um roteiro que inclua o que fazer e onde dormir nesses 2 dias na Suiça, desde que esteja dentro o trajeto do Glacier Express S. Moritz-->Zermatt.
Parabéns pelo site, sensacional!!!
Adriano.
PS:posso pegar avião de Berlim pra qualquer ponto, se isso facilitar.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Adriano! Quem responde é A Bóia. É impossível. Você só conseguiria pegar o Glacier no dia seguinte ao da chegada à Suíça. E não faria nenhum passeio em Zermatt.

Voe a Zurique e durma os dois dias em Lucerna, ou voe a Genebra e durma os dois dias em Lausanne ou Montreux.

Adriano Maltarollo
Adriano MaltarolloPermalink

Obrigado pela resposta. Será que fiz algo errado? Não achei impossível assim, vejamos.

26/9/2014 - sexta - voo de Berlim 08:50 pela Airberlin e chego 10:15 em Zurique. No mesmo dia, às 12:00, sigo para Saint Moritz (3:30 de viagem de trem pelo (www.SBB.ch)). Passo o resto do dia conhecendo Saint Moritz e pernoito lá.
27/09/2014 - sábado - pego o Glacier Expresso logo cedo (09:00); ao final do dia (17:00), chego a Zermatt. De lá, pego o trem pra Genebra (www.SBB.ch), que sai às 17:40 e dura 3:30. Chego em Genebra e pernoito por lá para no dia seginte, pela manhã, 28/9 embarcar de volta.

-- A.L. (Dois Mapas)
-- A.L. (Dois Mapas)Permalink

Adriano, sua rota é absurda.

Vc estará fazendo roteiros repetidos 2 vezes: Churt/Thsuin-St. Moritz e Visp-Zermatt.

Vc terá menos de 3h de sol para conhecer de fato St. Moritz, pegará tudo já em fim de tarde, fechando. Não dá pra subir no pico principal da cidade - e tudo isso sem contar potencial atraso.

Em Zermatt vc vai só conhecer a estação, o que também nào faz sentido pelo tempo que a viagem demora. E vai pegar os trechos mais bonitos justamente já com luz reduzida.

Sua viagem só faz sentido se vc for um entusiasta por transportes que só quer viajar pela infra-estrutura, não por paisagens ou nada mais!

Fernando
FernandoPermalink

Ola. Chegaremos em Paris dia 26/12. Iremos a Suiça dia 2 e ficaremos até 9/1.
De 6 a 8 temos reserva no Kulmhotel em Zermatt. O restante do roteiro temos que fazer.
Proponho chegada dia 2 em Visp por volta das 14 e ir a Interlaken. Ficariamos 2 dias (2 e 3).
Dia 4 ida a St Moritz ... por onde?...e pegar Glaciar dia 5.
Dia 6 checkin Kulmhotel. Dia 8 checkout e volta pra Paris. Por Visp de novo? Alguma volta diferente? dias França Suiça pass 10 dias seria interessante?
Grato.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernando! Como o Ricardo Freire reiterou inúmeras vezes no post, não podemos elaborar mais roteiros além destes que estão destrinchados.

Cuidado com as repetições -- você quer fazer apenas vilarejos de montanha, será uma viagem bastante repetitiva. Leia com atenção o texto.

jAH
jAHPermalink

Parabéns pelo site! Difícil encontrar tantas dicas em português. Fica uma dica para quem procura um vilarejo suíço pitoresco na região do Jungfrau próximo a Interlaken: Lauterbrunnen, uma joia incrustada em um vale, onde metade da cidade fica em uma encosta e a outra metade, na outra encosta, interligadas por pontezinhas de madeira. É a imagem mais deslumbrante que trago da Suíça, e lá se vão 30 anos...

Mariana
MarianaPermalink

Olá..
Estou indo para suiça/ italia em abril de 2014 e estou escolhendo os trajetos de trem pela suiça. Gostaria de saber se há diferença entre o Swiss pass e o eurail select pass (levando em consideração que só pretendo andar de trem pela suiça) pois comprando o segundo, o preço está melhor do que apenas o swiss pass.

Estou querendo ficar 7 dias na suiça e a princípio fiz um roteiro com todos os lugares que gostaria de passar ( não sei se será possível pois ainda não analisei os horários dos trens nem os passeios, mas é dificil escolher o que tirar da viagem!!!) Então gostaria de saber se está muita coisa ou muita redundância para o tempo que tenho, o que vcs excluiriam do meu roteiro?! Vou chegar em Milão e quero subir para Lugano + St. Moritz + Chur + Zurique + Lucerne + Interlaken + Berna + Genebra e depois descer para Mônaco
Obrigada,
Mari

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! O SelectPass não dá direito ao transporte público dentro da Suíça nem dá 100% de desconto nos barcos.

Mariana
MarianaPermalink

Entendi!! obrigada!

Ricardo
RicardoPermalink

Olá.
O site de vcs é fantástico, usei-o em todo o meu roteiro para a Itália, parabéns.
Eu e minha esposa estamos planejando ir para a Suíça em Maio/2013 e elaborei um roteiro de 8 dias de lugares que gostaríamos de conhecer.
Descemos em Zurique e começamos o roteiro por Lucerna, seguindo a Interlaken em trem panorâmico Golden Pass Line e então subindo a Zermatt, de onde pegaremos o Glacier Express a St Moritz. De lá trem Bernina Express a Lugano e então trem de linha a Milão.
Não sei se está racional mas gostaria de saber qual Swiss Pass está adequado a mim (quantos dias) e quando validá-lo?
Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ricardo! Como está reiterado inúmeras vezes durante o texto, não temos como fazer contas para cada leitor que pedir. Por favor use as instruções ou peça ajuda a um agente de viagem.

graça
graçaPermalink

viagem a suiça

Alexandre
AlexandrePermalink

Uma dúvida . Se eu comprar o Swiss pass saver , posso andar de transporte público dentro da cidade e entrar nos museus separado de minha acompanhante ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alexandre! Precisa estar junto.

Carolina Akemi
Carolina AkemiPermalink

Oi Boia!
Estou pensando em viajar em dezembro para Suica ou Austria ou Alemanha. O que voce aconselha?
Com seu post maravilhoso fiquei com vontade da Suica, mas nao e periodo de nevasca?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Carolina! A Suíça é linda em qualquer estação. Quem vai no inverno espera encontrar neve. Quem não quer pegar neve deve ir, por exemplo, no verão.

-- A.L. (Dois Mapas)
-- A.L. (Dois Mapas)Permalink

A neve é uma ocorrência normal e comum na Suíça, o país é preparado para funcionar sob neve (diferente de cidades grandes onde neva só de vem em quando como London ou Roma).

Arthur Orlando
Arthur OrlandoPermalink

Vou à Suiça com minha esposa, entre o Natal e o Reveillon deste ano. Acha que é uma boa época para uma rota panoramica de trem. Qual será a melhor rota nesta época. Compro só o trem ou adquiro junto o Hotel? Acha que devo comprar antes ou dá pra comprar na hora? Vou ter 3 dias (27 à 29 - Sexta à Domingo) para isso. Vou acordar na Sexta (27) em Genebra e dormir de Dom (29) para Seg. em Zurick, isto já está definido... Agradeço muito se puder responder!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Arthur! Escolha e adapte um dos roteiros de 3 dias do post. Como está escrito reiteradamente ao longo do texto, não elaboramos roteiros individuais.

Arhur Orlando
Arhur OrlandoPermalink

Srs.,
Obrigado pela gentileza do retorno!
Se possível, queria que vissem as minhas perguntas acima como genéricas e não individuais, perceba:
1) Acha que é uma boa época para uma rota panoramica de trem?
2) Qual será a melhor rota nesta época?
3) Compro só o trem ou adquiro junto o Hotel?
4) Acha que devo comprar antes ou dá pra comprar na hora?
De toda forma, agradeço desde já...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Arthur! Faça suas reservas de hotel com antecedência. Só é necessário fazer reserva dos trens panorâmicos (por favor leia o texto, está tudo tão explicado!). O que prejudica trens panorâmicos não é a época, são dias enevoados.

Arthur Orlando
Arthur OrlandoPermalink

Muito obrigado!

S.Julianna
S.JuliannaPermalink

Adorei o post. Fiquei com duvidas apenas onde deixar as malas pois não conheço a Suiça.Obrigada. Abraços

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Inacreditável esse post! Nunca nessa vida li nada tão completo!
Tô aqui pensando na trabalheira que deu...

PS: Chiang Chi-Jui é Riq Comandante em chinês? mrgreen

Flavio
FlavioPermalink

Ola,
Nao vi nenhum comentario sobre o "swiss CARD" e o "swiss half-fare CARD". O primeiro custa CHF 163, inclui ida/volta até fronteira/aeroporto + 50 % de desconto em todos os trajetos. O segundo, custa CHF 120 e inclui desconto de 50% em todos os trajetos.
A minha duvida é: esses dois passes incluem desconto de 50% para o Top of Europe? Pelo que entendi no site do Jungfrau, sim (na hora de comprar, existe a opçao Half-fare card, mas fiquei na duvida se seria um cartao especifico para quem mora na suiça, e nao o outro). Se o desconto for maior que o SwissPass, pode ser que esses outros passes sejam mais interessantes em alguns roteiros.
Obrigado!
(e obrigado por esse post, fantastico!!)

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavio! Se você curte fazer MAIS CONTA AINDA, vá em frente! grin

Esses passes dão desconto em ALGUNS trens fora do sistema. Você vai precisar entrar em cada um dos sites dos trens panorâmicos e ver que cartões dão desconto.

Flavio
FlavioPermalink

hahaha valeu =D

vi agora no site do swiss pass/card que tem um mapa mostrando a cobertura de cada um dos passes. Em termos de cobertura, me parece que a unica diferença é que o os PASSs dao 25% no Jungfrau, enquanto os CARDs dao 50%.

pois é, é MUITA conta mesmo! hahah vou fazer e refazer a planilha... com todas as opcoes (sem cartao, com swiss flexi pass, swiss card, swiss half-fare card)!

Obrigado boia,
Abraco

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavio! Lembre-se que não precisar comprar a grande maioria dos trechos é um grande benefício do Swiss Pass. Isso tem muito valor.

Flavio
FlavioPermalink

É verdade, Bóia. Tem outro passe ainda, não sei se vocês têm experiência com ele: o Interrail (para residentes na Europa, quase equivalente ao Eurail para não-residentes). Andei vendo e parece bastante vantajoso dependendo do roteiro (custa 88 euros/3 dias flexivel, bem menos do que os 211 euros do swiss pass!). Apesar de não cobrir toda a rede de trens (nem ter acesso ao transporte público e algumas outras vantagens do swiss pass), ele inclui até mesmo linhas como a Golden Pass. Pelas minhas contas, no meu caso, seria a opção mais barata se eu não quisesse subir no Jungfrau.

S.Julianna
S.JuliannaPermalink

Ola Boia,

No dia 10 p.p. postei uma pergunta. Vc não deve ter visto pq não recebi resposta.Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Julianna! Não sei se entedemos sua pergunta. Você viaja com suas malas ou envia pelo Fast Baggage, que está explicado no texto.

Flavio
FlavioPermalink

Olá Bóia,
Estou precisando de um pitaco para finalizar alguns detalhes do meu roteiro(já tá qse tudo pronto, estou em dúvida grande sobre um dia). Vamos no inverno (entre natal e ano novo)
Serão 2 noites em Lucerna, 3 noites em Interlaken, e a última noite em Geneva.
Primeiro dia passear em Lucerna. Segundo dia, circuito clássico Rigi. Terceiro dia, ir pra Interlaken, passando o dia em Berna. Quarto ou quinto dia: 1 dia para fazer o circuito do Junfraujoch o outro, não sei! Sexto dia: trem Golden Pass para Montreux de manhã. Almoçar por lá e passeio a tarde ao Château de Chillon a tarde. Ir para Genebra (é noite de ano novo...). Dormir e pegar o avião de volta pra casa.

O que acha sobre o segundo dia que teremos completo em Interlaken? Algum outro pitaco?? =)

Obrigado pelas dicas, facilitaram MUITO a nossa vida.

Arthur Orlando
Arthur OrlandoPermalink

Flávio, boa noite.
Vou estar com minha esposa lá, na mesma época. Por acaso, você vai comprar o Golden Pass antes? Tem um link de onde compra? Se puder me ajudar, agradeço...

Franciele
FrancielePermalink

Olá! Parabéns e obrigado pelo post muito esclarecedor. Meu caso é um pouco diferente, fico de 06 a 13 de dezembro na Suíça, no entanto, a partir do dia 08 estarei em Davos acompanhando meu marido num congresso. Temos dois dias livres na ida e um na volta. Já reservei uma noite em Zurique, mas nao sei como aproveitar melhor o resto do tempo. Preciso de uma dica, por exemplo, a partir de Zurique qual seria a melhor opção de trem panorâmico para usar um dia? Espero que possa me ajudar, estamos perdidos! Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Franciele! Não há trens panorâmicos a partir de Zurique. Por favor clique no post sobre Zurique, você verá todos os passeios que são possíveis fazer a partir de lá. É só o que pedimos: que leiam e cliquem nos outros textos antes de perguntar.

ELIANE SOBRAL
ELIANE SOBRALPermalink

Boa noite!! no finalzinho de fevereiro e comecinho de março, estarei de Suíça, mas n consegui montar meu roteiro ... vou sair de Eidhoven na Holanda, terei quase seis dias, quero o mto ir para Anecy, Mont Blanc, Genebra, mas n sei por onde começar...e devo voltar para Londres, consegue orientar? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eliane! Infelizmente não temos conteúdo sobre os Alpes franceses nem Annecy. Voe entre a Holanda e Lyon ou Genebra, depois voe a Londres desde Genebra ou Zurique.

Henrique
HenriquePermalink

Olá, tudo bem, por gentileza conforme roteiros acima, vamos ficar 3 dias em Genebra, em Dezembro, terias duas perguntas;
1ª o Swiss pass valeria a pena?
2ª e visita de 1 dia em interlaken ou Gstaad daria certo?
já que o trem de chocolate não funciona neste período.

desde já agradecemos pela atenção;

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Henrique! Clique na palavra Genebra em azul no texto. Você será levado ao post de Genebra, onde aparecerão os passeios possíveis. Escolha, verifique preços e faça as contas -- não temos condições de fazer isso por nenhum leitor, desculpe.

Raquel
RaquelPermalink

Ola, este post esta maravilhoso, parabens ! Tenho ainda uma so duvida: para comparar os precos entre o swiss pass family ( onde a crianca de 11 anos e free viajando com um dos pais) e o ticket individual, gostaria de saber se na segunda opcao, ou seja no ticket individual, a crianca continua viajando free se acompanhada com um dos pais ? Ou tenho que comprar um passe individual com desconto permitido para crianca ?
Fico no aguardo da resposta e ja agradeco pela atencao;

Raquel

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Raquel! Crianças até 16 anos não pagam passagem quando acompanhadas por pelo menos o pai ou a mãe que tenham um título de transporte válido; pode ser Swiss Pass ou passagem avulsa. No caso de passagem avulsa, é preciso requisitar o Swiss Family Card na estação, é gratuito.

Arthur Orlando
Arthur OrlandoPermalink

Bóia,
Por gentileza, tem o Link de onde compra-se o Golden Pass? Desde já agradeço!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Arthur! O Golden Pass não é um passe, é um trem. Há link para o post ao pé do texto.

Diego
DiegoPermalink

Olá,
Gostaria de fazer a viagem Milão - Zurique, pela mesma rota do Bernina Express, mas por trens convencionais, pra usar o swiss pass sem pagar nada mais. Sairia de Milão para Tirano às 07:20, chegando às 09:50, aí pegaria outro trem (R1644) às 10:50 para St. Moritz, chegando lá às 13:12. Faria um mini tour pela cidade e às 15:02 pegaria outro trem para Zurique, chegando lá às 18:23. Minhas perguntas são: Como sei se essa rota é a mesma do Bernina Express, com as mesmas paisagens? Pelo que já li no blog eu pagaria só o trecho Milão-Tirano (11 euros) e o restante o swiss pass da direito sem qualquer adicional. É isso? Dessa forma que eu montei acho que consigo ver as paisagens mais bonitas antes de anoitecer, já que o sol se põe às 17:18 no final de janeiro e às 17:03 já estarei em Chur.
Obrigado desde já pelas respostas e parabéns pelo blog.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Diego! A rota é a do Bernina, não existe outra estrada de ferro por ali smile

O único furo do seu roteiro é o tourzinho rápido por St. Moritz. A cidade não tem nada demais; apenas serve de base para as montanhas e atividades próximas. Uma hora e meia em Chur, mesmo no lusco-fusco, será mais proveitosa grin

No mais, tá tudo certinho, vá firme!

Daniel
DanielPermalink

Boa tarde,gostaria de saber qual o melhor trajeto porque vou sair de Amsterdã e ir para Zermatt e depois vou p Lisboa.Voce pode me dar uma dica.Obrigado.Abraco.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! Voe de Amsterdã a Zurique ou Genebra, e voe de Zurique ou Genebra a Lisboa.

Daniel
DanielPermalink

Boa tarde,de Zurique para Zermatt vale a pena comprar o swiss pass,vou ficar 5 dias em Zermatt(e muito tem,vc acha).Obrigado.Abraco.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! As contas é o leitor que faz. Baseie-se nas informações que estão no texto.

Jose Carlos
Jose CarlosPermalink

Boa noite Boia,
Antes de mais nada parabéns pelo guia e excelentes dicas de viagem.
Meu roteiro já esta planejado:
1) chegada Zurich
2) Trem para Berna (1 noite)
3) Trem para Zermat (7 noites para skiar)
3) Glacier Express para Andermat seguindo para Lucerna (1 noite)
4) Trem para Zurich

Estamos 2 adultos + 1 criança de 7 anos

Neste caso, você aconselha comprar o Swiss Pass (opção saver para 2 adultos)?

O Swiss Pass da desconto para os passes de lift para skiar? Terei um bom desconto também no Glacier Express? Qual seu conselho?

Obrigado desde já

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jose Carlos! A gente não pode fazer conta, é você quem tem que fazer usando os valores pesquisados do texto.

Não sabemos de desconto em passes de esqui por conta do Swiss Pass não, mas o site da estação que você escolher trará todas as reduções existentes.

Vanessa
VanessaPermalink

Olá,
Muito bom seu site!
Gostaria de uma ajuda... Estou indo pra geneva na sexta de noite e volto domingo de noite!
Gostaria muito de conhecer os alpes e se der esquiar...
O que me indica para eu fazer nesses dias? E compro o passe avulso?
Muito obrigada!

Vanessa

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vanessa! Não fazemos roteiros individuais. O post traz todas as informações de que você precisa para montar o seu roteiro. Leia também os posts relativos às cidades que você quer visitar.

Leonardo (Leo)
Leonardo (Leo)Permalink

Fantástico post.
Fico até sem graça de perguntar, mas aí vai:
1 - Pretendo viajar em fev/2014, em pleno inverno europeu. As condições de clima (neve) nesse período chegam a ser suficientes para bloquear ferrovias e saídas de barco, inviabilizando os principais passeios?
2 - como as principais chegadas de voos do Brasil são em Zurique e essa não é uma cidade "base" recomendada, vcs recomendam pernoitar na cidade ou existe um deslocamento fácil do aeroporto por trem (ou outro meio) para uma cidade base (ex: lucerna).
3 - notei que vcs recomendam não alugar carro e sim usar/abusar de trem. Mas como fazer para se deslocar nos vilarejos e cidades (pontos de parada de trem)? Dá para andar, mesmo no inverno de fevereiro?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Leonardo! Pegando um trem no aeroporto de Zurique, em 40 minutos você está em Lucerna. A rede de transporte público da Suíça leva você a qualquer ponto da cidade. O país funciona no inverno.

Livia Melo
Livia MeloPermalink

Oiii!! Nossa, que post PERFEITO!! Me ajudou muuuito a fazer meu roteiro. Agora estou com dúvida entre 2 roteiros que montei, Boia, Ricardo ou qualquer outra pessoa que já tenha ido à Suíça, se puder ajudar agradeço muito!! Vou de lua de mel e conseguirei passar 5 dias. Baseada nos roteiros gentilmente feitos pelo Ricardo, fiz umas poucas adaptações e cheguei em 2:

Opção 1:

29/09 - Chego em Zurique pela manhã e já vou direto à Lucerna, durmo lá
30/09 – LUC – BERN – INTERL – sai de Lucerna de manhã, pit-stop em Berna, dorme em Interlaken 2 noites
01/10 – JUNGFRAUJOCH – dormir em Interlaken
02/10 – GOLDEN PASS LINE ATÉ MONTREAUX – sai quinta +- 9h50 e chega 13h19 – passar resto dia e dps Genebra
02/10 – MONT – GEN – sair quinta à noite e dormir em Genebra 2 noites
04/10 – Volta para Brasil de Genebra

Opção 2:

28/09 – Chegada em Zurique e ir direto para Lucerna e dorme 1 noite
29/09 – LUC – BERN – INTERL ? TREM – sai de Lucerna de manhã, pit-stop em Berna, dorme em Interlaken 2 noites
30/09 – JUNGFRAUJOCH – dormir Interlaken
01/10 – GOLDEN PASS LINE ATÉ MONTREUX – sai quarta +- 9h50 e chega 13h19 – dormir Montreux
02/10 – TRAIN DU CHOCOLAT – sai quinta 8h57 chega 17h38 – dormir Montreux
03/10 – MONT – GEN – sair sexta pela manhã e dormir em Genebra
04/10 – Volta para Brasil de Genebra

Acham que está muito aperreado ou algum dos dois tá repetitivo?? Qual seria a melhor escolha para honeymooners!?

Creio que com os dois roteiros o Swiss Pass será bem necessário!

Desde já agradeço!!

Livia Melo
Livia MeloPermalink

Sim, no segundo roteiro apertarei 6 dias!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Livia! O Ricardo Freire, que não acha graça nem em Zurique nem em Genebra, certamente ficaria com o roteiro 2.

Livia Melo
Livia MeloPermalink

Valeeeu Boiiaa!! Vou escolher ele mesmo.. acho que Montreux deve ser um charme pra ficar, mais cara de lua de mel, né?! Obrigada!!

Mari
MariPermalink

Olá Bóia! Estou com uma dúvida quanto à viabilidade do meu roteiro e queria ver se vc pode me ajudar a resolver. Vou à Itália em maio e, saindo de Florença, qro muito ir a Interlaken. De lá vou a Paris. Estava dando uma olhada no raileurope e vi que não é tão fácil achar trem de Florença para Interlaken. O que vc sugere?? Qual a melhor forma de ir de Florença para Interlaken?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mari! O site da Raileurope não tem um bom banco de dados. O melhor é o da cia. alemã, http://www.bahn.de/international . A viagem leva 5h30, com duas baldeações, em Milão e em Spiez. Você pode comprar Florença-Spiez em http://www.trenitalia.com e Spiez-Interlaken em http://www.sbb.ch/en .

Mari
MariPermalink

Obrigada pela resposta! Dei mais uma olhada no raileurope e percebi que na verdade sempre há dois horários de viagem, mas só para 60 dias à frente. Tinha pesquisado com mais tempo de antecedência.
Mas fui verificar o site que vc indicou e apareceu esta mensagem dizendo que os ticket não pode ser comprado pela internet. Será que fiz alguma coisa errada?

Fares not available Tariff abroad
For connections outside of Germany, a special ticket is required. These offers are not bookable via the internet.

Tickets may be purchased in any DB ReiseZentrum, authorised travel agencies or over the telephone using DB ReiseService by dialing +44 8718 80 80 66 (chargeable).

Mari
MariPermalink

Encontrei tb no site sbb.ch. Ele é bom/confiável?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mari! O site da Bahn alemã é só para ver horários. Para comprar, use sempre o site do país onde a viagem é originada. Para viagens originadas na Suíça, use http://www.sbb.ch/en .

Mari
MariPermalink

Ah tá! #D Só mais uma dúvida: eu já vi algumas pessoas dizendo que compraram o ticket e imprimiram em casa, mas as simulações que eu fiz não deram essa opção, só permitem comprar com taxa de entrega em casa,a não ser o sbb, que permite pegar nas estações na Suíça. Como funciona isso? Acho q vou deixar pra comprar alguns tickets qdo chegar lá, já que os preços de entrega são meio salgadinhos...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mari! Nunca opte por entrega em casa. Opte sempre por ticket que dê para imprimir ou retirar na estação. Compre sua passagem sempre na cia. do país de origem da viagem.

Fabio de Rezende
Fabio de RezendePermalink

Vá no site de uma empresa aérea chamada Darwin Airlines e veja quanto custa ir de Florença até Genebra de avião. Do aeroporto de Genebra pegue um trem com provável baldeação em Berna até Interlaken. Em breve eu farei o trajeto contrário (Interlaken a Florença) com uma pequena parada em Lausanne.

Luís Afonso de Assis
Luís Afonso de AssisPermalink

Oi pessoal,

Acabo de chegar da Europa, 8 dias na Itália e 7 dias na Suíça. Todo roteiro baseado no V&V, não vá sem se informar aqui, a vida lá fora fica mais fácil. Porém, a grande maioria dos informes pra Suíça é para se utilizar os trens, acho perfeito. Mas eu e minha mulher gostamos muito de viajar de carro. Já fomos pro litoral sul da Bahia, fomos de Paris a Amsterdam, sempre que possível usamos carros, você interagem mais com a vida e costumes do povo visitado.
Bem, não tenho a menor intenção de desmistificar a viagem de trem pela Suíça, pelo contrario, se você não gosta em dirigir dias inteiros vá de trem ou outro meio. A Suíça foi, talvez, a experiência, supressa, mais agradável nesta vida de viagens.
Tomamos um carro em Roma e subimos para Toscana até San Gimignano, dormimos 4 noites e conhecemos (bate e volta) toda região: Florença, Lucca, Pizza,Volterra, Siena e Montaltino.
Dai fomos para St Moritz, duas noites, Berlina Express.
Interlaken, duas noite, top of Europe.
Zermatt, duas noites, tudo!.

A ideia de escrever neste Bloch é na verdade pra dizer que viajar na Suíça de carro é fantástico, as paisagens são deslumbrante, “selvagens”, aventura, sobe e desse montanhas, carro no trem, trem sem carro, enfim uma viagem pra se repetir, repetir, .........amigos, não descartem a possibilidade de fazer o que fizemos, você poderá estar perdendo a oportunidade de fazer um ÓTIMO passeio.
Abraço e boa viagem a todos.

Ana
AnaPermalink

Olá, parabéns pelo blog, perfeito.
Só tenho uma duvida. Vou para zurich de avião. E volto pra Londres 3 dias depois.
Neste período em zurich gostaria de ver os Alpes. Bate e volta de trem panorâmico.
Qual vc recomenda!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ana!

Leia sobre Zurique:
https://www.viajenaviagem.com/2012/04/zurique-lucerna-berna/

Ana
AnaPermalink

Desculpe,
Pergunta já respondida em outro post.

Núbia
NúbiaPermalink

Ricardo, só queria dizer: SOU SUA FÃ. Ponto. Obrigada por explicar tão bem, seu blog é um mapa ao tesouro! Meu sonho é um dia ser como vc. Boa sorte e mto sucesso!

cesar
cesarPermalink

Olá, bóia.
Parabéns pelas informações.
Além de conhecer a Suiça, onde sugere ter aulas de ski, pois minha esposa gostaria de fazer.
Na opção Jungfraujoch/Top of Europe tem essa chance ou conhece algum outro ponto ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cesar! Todas as estações de esqui oferecem este serviço. Para esquiar, melhor ir entre o fim do outono e o começo da primavera.

Andréia Bittencourt
Andréia BittencourtPermalink

Olá, Bóia!!!
Primeiramente parabéns!!!! Seus posts sobre a Suiça me ajudaram muito no planejamento do meu roteiro!!!
Você acha que ficou bom? Ou muito pouco tempo em cada cidade?
03/04 - Paris - Montreux (Saída 07:07; Chegada 11:39)
04/04 - Montreux (Bate e Volta em Lausanne e Berna)
05/04 - Montreux - Interlaken (Saída 13:44; Chegada 16:49)
06/04 - Interlaken (Top of Europe/Jungfrau)
07/04 - Interlaken
08/04 - Interlaken - Lucerna (Saída 16:49; Chegada 18:49)
09/04 - Lucerna
10/04 - Lucerna - Zermatt (Saída 14:05; Chegada 17:52)
11/04 - Zermatt (Gornergrat Bahn ou Glacier Paradise do Klein Matterhorn)
12/04 - Zermatt
13/04 - Zermatt - Milão (Saída 11:13; Chegada 16:35)

Outra dúvida que tenho é sobre o Suiss Pass... você fala que não é necessário fazer reserva, mas é fácil conseguir lugar? Basta entrar e sentar ou precisa passar em algum lugar antes?
E vale a pena pagar para ir na primeira classe ou é besteira?
Obrigada,
Andréia

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Andréia! Como está escrito várias vezes no post e já foi repetido em boa parte das perguntas anteriores (dê uma olhada!), o post traz 30 roteiros que funcionam. Você é totalmente livre para fazer suas adaptações. O Ricardo Freire não me deixa dar pitacos sobre roteiros individuais.

Leia sobre o Swiss Pass no texto, está tudo bastante explicado.