Suíça de trem: 30 roteiros prontos, de 2 a 8 dias

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Glacier Express

Glacier Express

Sou apaixonado por viagens de trem na Europa. Não canso de repetir que o trem é o mais europeu dos meios de transporte. Em trajetos curtos ou panorâmicos, os trilhos são insuperáveis. E se existe um lugar na Europa que foi inventado para ser explorado de trem, esse lugar é a Suíça.

As curtas distâncias entre as maiores cidades permitem bate-voltas confortáveis -- você gasta muito menos tempo dentro do trem para ir e voltar entre Lucerna e Berna ou Genebra e Montreux do que passaria de pé ao longo de um dia em filas na Disney.

Os trens que andam pelas rotas panorâmicas são suficientemente lentos para que se aprecie a paisagem (coisa que não dá mais para fazer nos TGV, Thalys, Frecce e AVEs, em que o trajeto é um borrão permanente na janela).

Sem o stress de dirigir em estradas que você não conhece (com uma sinalização que você não domina totalmente), sem precisar procurar lugar para estacionar nas cidades, sem enfrentar os anéis viários para entrar e sair das cidades grandes, sem brigar com o GPS, sem se preocupar com reabastecimento, você faz sua viagem render muito mais, com muito menos esforço físico e emocional.

O trem permite que você crie itinerários intensos, em que o deslocamento não faz você perder o dia – porque ou é curto (e indolor) ou é lindo (o percurso se torna o próprio destino).

Trem convencional

Trem regional em Visp

Como montar seu itinerário de trem pela Suíça

Quanto mais você lê sobre a Suíça, mais lugares quer visitar. É inevitável: tudo parece tão lindo, tão civilizado e ao mesmo tempo tão pitoresco, que é difícil escolher. O problema é que a Suíça inteira não cabe nem no tempo nem no orçamento que costumamos ter para viajar.

Mas não desanime. Eu tenho uma fórmula® que permite que qualquer pessoa crie um itinerário produtivo na Suíça.

Golden Pass Line

Golden Pass Line

A fórmula para o perfeito itinerário suíço

Swiss Travel Pass: vale a pena?

O Swiss Travel Pass é um passe de transporte super-abrangente. É válido nos trens, ônibus, barcos e no transporte público urbano. Durante a validade do passe, você pode embarcar em praticamente qualquer trem, sem necessidade de reserva (os trens suíços carregam passageiros de pé). A exceção são os vagões especiais de trens panorâmicos (Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line, Wilhelm Tell Express), que exigem reserva e pagamento de sobretaxa (ainda assim, portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto).

O Swiss Pass tem algumas características únicas:

  • Vale nos barcos que cruzam os lagos Léman (ligando Montreux, Vevey, Lausanne, Genebra e a francesa Evian), Lucerna (levando a cidadezinhas pitorescas e ao monte Rigi), Brienz e Thun (ambos em Interlaken). Dá para fazer de barco trechos que você faria de trem, sem pagar a diferença.
  • Vale no transporte público de todas as cidades suíças (você não precisa se entender com passes diários ou com passagens avulsas de bonde ou ônibus).
  • Vale em trens de montanha que levem a vilarejos.
  • Filhos entre 6 e 15 anos viajam de graça quando acompanhados do pai ou da mãe portando Swiss Travel Pass válido. Para isso, basta requerer um Family Card ao fazer o passe. (Crianças até 5 anos não pagam passagem em nenhum transporte público suíço).
  • Dá 50% de desconto em trens de montanha e teleféricos que levem a estações de ski ou mirantes alpinos.
  • Dá 50% de desconto em passeios de barco no lago de Lugano.
  • Dá 50% de desconto nos vagões panorâmicos de Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line e Wilhelm Tell Express.
  • Dá 25% de desconto no trecho final da Jungfraubahn, em Interlaken.
  • - Vem com o Swiss Museum Pass, que proporciona entrada gratuita em 470 museus na Suíça (veja a lista aqui).
  • - Pode ser comprado até depois de chegar à Suíça, sem acréscimo. Basta ir a uma estação de trem munido do passaporte.

Depois de uma reformulação no início de 2015 (quando deixou de ser Swiss Pass e ganhou a nova denominação Swiss Travel Pass), o passe perdeu a versão "saver", disponível para passageiros que viajassem sempre juntos. Agora os passes são exclusivamente individuais. E continuam disponíveis nas modalidades dias consecutivos (3, 4, 8 e 15 dias contínuos) e flex (3, 4, 8 ou 15 dias contínuos ou alternados num intervalo de 30 dias).

Pais viajando com filhos de 5 a 15 anos podem pedir o Family Card, que dá direito a que as crianças viagem de graça com o adulto portador do Swiss Travel Pass. Crianças menores de 5 anos não pagam.

Os passes têm versões na 1ª e na 2ª classe. A 2ª classe é perfeitamente viável; transcrevo seus preços aqui. (Para ver os preços da 1ª classe, clique aqui e aqui.)

Dias corridos

  • 3 dias corridos : CHF 210 (média diária: CHF 70)
  • 3 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 179 (média diária: CHF 60)
  • 4 dias corridos : CHF 251 (média diária: CHF 62)
  • 4 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 213 (média diária: CHF 45)
  • 8 dias corridos: CHF 363 (média diária: CHF 49)
  • 8 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 309 (média diária: CHF 38)

Dias avulsos (flex)

  • 3 dias avulsos: CHF 239 (média diária: CHF 80)
  • 3 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 203 (média diária: CHF 68)
  • 4 dias avulsos: CHF 286 (média diária: CHF 71)
  • 4 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 243 (média diária: CHF 61)
  • 8 dias avulsos: CHF 407 (média diária: CHF 51)
  • 8 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 346 (média diária: CHF 43)

Para quem vai ficar pelo menos 4 ou 5 dias no país e pretende fazer bate-voltas e rotas panorâmicas, e não tem paciência para mergulhar em pesquisas e cálculos, o passe vale a pena.

Se você ficar apenas no miolo Lucerna-Berna-Interlaken-Montreux, o passe só vale a pena se você fizer dois ou três passeios caros às montanhas.

Swiss Travel Pass x tarifas SuperSaver

Se você quer se certificar na ponta do lápis se o passe é um bom negócio para a sua viagem, só há um jeito: descobrir quanto custaria o seu itinerário sem o passe.

Até 2012, essa era uma operação simples, porque as tarifas de trem na Suíça eram fixas. Mas desde 2013 a Suíça tem tarifas descontadas. São as SuperSaver, que oferecem até 50% de desconto sobre a tarifa cheia. Essas passagens podem ser compradas online a partir de 30 dias de antecedência nesta página.

Supersaver

supersaver

SuperSaver

(Pegadinha: para carregar os preços descontados, você tem que selecionar "No reduction". Não me pergunte por quê.)

Ao contrário das passagens em tarifa cheia, que valem em qualquer trem da rota comprada no dia de validade, as passagens em tarifa SuperSaver valem apenas para o trem específico do horário escolhido. Isso complica bastante as operações de pit-stop e bate-volta, já que você tem que prever com exatidão quanto tempo quer passar nos destinos visitados nesse esquema. (Já com o Swiss Travel Pass, ou com passagens em tarifa cheia, se você se atrasa para pegar o trem de volta -- por exemplo -- de Interlaken a Lucerna no horário que tinha previsto, pode pegar o próximo sem problema. A Suíça tem um trem por hora entre seus principais destinos.)

A não ser que você seja muito metódico e experiente, acredito que viajar com o passe vai ser mais eficiente e tranqüilo do que com passagens avulsas, que engessam os horários. Mas se no seu orçamento quaisquer 10 francos suíços já fizerem diferença, então atire-se às contas (e calcule os deslocamentos com folga, evitando assim perder trens e tickets não-reembolsáveis).

Onde comprar o Swiss Travel Pass?

Você pode comprar seu Swiss Travel Pass antes de viajar ou depois de chegar à Suíça.

Comprando no site da SBB suíça, você pode imprimir seu passe em casa. As datas de validade virão impressas no passe.

Se comprar no site da Rail Europe (que é em português), vai receber pelo Correio, pagando taxa de 8 euros de taxa de serviço (cobrada por passageiro) e 9,50 de FedEx (cobrada por envio, mesmo que de mais de um passe). Nesse caso, o preenchimento da data de validade do passe é manual, você pode decidir mais tarde. Na minha última simulação, os passes custavam ligeiramente mais em conta na Raileurope (para comparar, faça a conversão de euro para franco suíço no site Oanda), o que compensava as sobretaxas. O maior problema dessa alternativa é ter que depender do Correio brasileiro. Escolha só se você comprar com pelo menos um mês de antecedência.

Dá para comprar depois de chegar na Suíça, nas principais estações de trem (aeroportos, cidades maiores e de fronteira).

Bernina Express

Bernina Express

Exemplos de itinerários pela Suíça

Aí vão algumas sugestões.

Você vai ver que, para fazer o seu tempo render mais, eu incluo bate-voltas e pit-stops em quase todos. Bate-volta é quando você faz um passeio a outra cidade e volta no mesmo dia, poupando o perrengue de viajar com malas e trocar de hotel. Pit-stop é quando você pára para visitar um lugar a caminho do próximo destino (por exemplo: faz check-out no seu hotel em Lucerna e passa das 10h às 16h em Berna, seguindo então a Interlaken, onde está seu próximo hotel).

Na Suíça o pit-stop pode ser feito de duas maneiras: você pode viajar com a sua bagagem e usar o guarda-volumes na estação de parada, ou então pode aproveitar o serviço Fast Baggage: você despacha a mala na estação de partida (até as 9h) e recolhe na estação de destino final, num ponto de retirada específico (mas que só abre até as 18h ou 19h, dependendo da estação). Custa CHF 22 por peça. Veja mais detalhes sobre o Fast Baggage aqui.

Para aproveitar melhor esses dias zanzando pela Suíça, o melhor é chegar ao país depois de já ter se acostumado ao fuso horário europeu. (Se a Suíça for a sua primeira parada, pense numa aclimatação de uns três dias na primeira cidade.) A maior contra-indicação desses itinerários intensos é precisar pegar o primeiro trem do dia no máximo às 9h.

Os trechos marcados em vermelho são de trens panorâmicos ou de montanha.

Se você tem de 2 a 3 dias, recomendo escolher apenas uma base.

A partir de 4 dias, dá para pensar em duas bases. Tendo 5 dias, os mesmos roteiros ficam mais fluidos.

Com 7 a 8 dias já dá para fazer uma volta básica pela Suíça.

Base: Lucerna

Como base ou ponto de partida para explorar a Suíça, Lucerna só tem um defeito: está longe demais de Paris ou Munique (mais de 5 horas de trem, com baldeações). De Strasbourg, porém, está a 2h40 (baldeação na Basiléia). Mas é a melhor escolha se você chega de avião por Zurique: está a apenas 1h de trem da estação do aeroporto.

2 dias | Lucerna + Berna

Lucerna proporciona o melhor resumo da Suíça para apressados. O passeio de dia inteiro mais bacana é o circuito Classic Rigi, que combina travessia de barco do lago com trem e teleférico de montanha ao monte Rigi. Dá para tirar uma manhã ou uma tarde para um bate-volta a Berna.

3 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Passe as três noites em Lucerna. Faça o circuito Classic Rigi, um bate-volta de meio dia Berna e um bate-volta de dia inteiro a Interlaken com direito ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Base: Montreux ou Lausanne

Lausanne está a 3h30 de trem de Paris e a 2h40 de Lyon. Montreux fica 20 minutos adiante. O aeroporto mais próximo é Genebra, a 50 minutos de trem de Lausanne e 1h10 de Montreux.

2 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate

Se a sua preferência for a Suíça francesa, monte base em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril).

3 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate + Berna

Passe as três noites em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril). No terceiro dia, faça um bate-volta a Berna.

Base: Interlaken

Interlaken está a 5h de trem de Paris (e a 2h15 do aeroporto de Zurique). De Munique são 7 horas de trem.

2 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Caso a sua prioridade seja paisagem alpina 24 horas, vá direto a Interlaken, que é o destino de montanha mais fácil de encaixar numa passagem rápida pela Suíça. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia.

3 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna

Passe as três noites em Interlaken. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia. Num dos dias, faça um bate-volta a Berna.

Base: Zermatt

Zermatt fica a 3h40 de trem de Milão (baldeação em Brig). O aerporto de Zurique está a 3h30 de trem.

3 dias | Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Com 3 dias, Zermatt já vale como alternativa para quem procura a Suíça das montanhas. Conte em perder o primeiro dia no (belo) deslocamento. Nos dias em que ficar na vila, vá num deles ao Gonergrat e em outro ao Glacier Paradise.

Da Itália à Suíça (ou vice-versa)

Se você vai combinar Itália com Suíça, seja num único sentido ou indo e voltando, recomendo que aproveite os dois trens panorâmicos que cruzam a Suiça no eixo norte-sul: o Bernina Express (o mais bonito, na minha opinião) e o Wilhelm Tell Express (o mais completo, porque inclui travessia de lago). Escolha um para ir; e se for voltar, volte pelo outro.

Se não quiser pegar trem panorâmico, existem trens convencionais, mais rápidos, que levam de Milão a Zermatt -- baldeação em Brig -- e a Lucerna, sem passar pelo lago.

2 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna

Se você vai cruzar a Suíça vindo da Itália, esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (mas viajando em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, faça o circuito Classic Rigi. De Lucerna você pode prosseguir à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- aproveite a tarde e a noite do dia de chegada em Lucerna, no segundo dia faça o Rigi e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá a Milão).

3 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna ou Zurique + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna ou Zurique, onde recomendo passar as três noites. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, explore a cidade (em Lucerna, faça o circuito Classic Rigi); em Zurique, faça um passeio pelo lago. No terceiro dia, faça o bate-volta a Berna. Prossiga à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- você passa duas noites na Suíça e a terceira já na Itália. Escolha Zurique ou Lucerna como base, vá a Berna no segundo dia, e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina até Tirano; prossiga de lá a Milão).

4 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as demais três noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi); volte a tempo de curtir a noite em Zurich West.

4 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe três noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, saindo cedo para Interlaken, é possível fazer o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

5 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as outras quatro noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi). Use o quinto dia para passear por Zurique mesmo.

5 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, suba ao Monte Titlis. No quarto dia, despache as malas para Interlaken pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por peça) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No último dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Itália-Suíça-Itália

2 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Bernina Express

Muita gente gostaria de fazer um bate-volta desde a Itália só para andar num trem panorâmico na Suíça. Como eu já expliquei mais acima, ir e voltar no mesmo trem panorâmico é um pé no saco; a monotonia se sobrepõe à beleza. Com dois dias para investir (e apenas um pernoite em solo suíço) dá para fazer um roteiro mais proveitoso (e barato, usando os trens regionais que fazem as rotas panorâmicas). Saia de Milão até Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Pernoite em Lucerna. Na manhã seguinte, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá de volta a Milão.

3 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Bernina Express

O mesmo roteiro pá-pum para vir da Itália e voltar rapidinho, mas com um pouquinho mais de calma. São 3 dias de viagem, com dois pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que faz a mesma rota do Bernina Express até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

4 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + St. Moritz + Bernina Express

Para sair da Itália e voltar à Bota com um belo panorama da Suíça. São 4 dias de viagem, mas três pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, siga a St. Moritz. No último dia, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem regional que faça a rota) até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

Duas bases: Lucerna + Interlaken

4 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

É praticamente o mesmo roteiro de 3 dias, mas feito com um pouco mais de calma. Durma duas noites em Lucerna. Use um dia inteiro para fazer o Classic Rigi e uma tarde para ir a Berna. No terceiro dia, vá a Interlaken, mas se o tempo estiver bonito desça do trem em Brienz. Siga de barco de Brienz até Interlaken Ost. No quarto dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Duas bases: Montreux ou Lausanne + Zermatt

Suíça francesa com Suíça alemã, lago com montanha.

4 dias | Montreux + Trem do Chocolate ou Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Travel Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem). No segundo dia, valide o Swiss Travel Pass e faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril) ou um bate-volta a Berna. No terceiro dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quarto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

5 dias | Montreux + Trem do Chocolate + Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem), nem no segundo (faça o Trem do Chocolate, que dá pouco desconto no passe (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). No terceiro dia, valide o Swiss Travel Pass e faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quinto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

Duas bases: Zurique + Zermatt

Zurique é a melhor base para pegar o Glacier Express sem precisar dormir em Chur, nem madrugar demais.

4 dias | Zurique + Berna + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma as duas primeiras noites em Zurique. Acione o Swiss Pass no segundo dia, para fazer um bate-volta a Berna. No dia seguinte vá cedo a Chur pegar o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada vá ao Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e aproveite que seu Swiss Pass ainda está válido para prosseguir à fronteira ou ao aeroporto.

Duas bases: Interlaken + Montreux ou Lausanne

Bastante diversidade em deslocamentos curtos.

4 dias | Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux ou Lausanne

Faça um pit stop em Berna (deixe a mala no guarda-volumes da estação) a caminho de Interlaken, onde você vai dormir duas noites. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No terceiro dia, embarque com a mala no barco a Spiez e prossiga por qualquer trem da rota da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Montreux (ou a Lausanne, se preferir). Passe duas noites no destino. No quarto dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux -- ou pegue o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

3 bases: Lucerna + Interlaken + Montreux ou Lausanne

5 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux

Durma duas noites em Lucerna. Use o primeiro dia para passear na cidade. Ative o Swiss Travel Pass no segundo dia, para fazer o Classic Rigi. No terceiro dia, despache as bagagens para Interlaken pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, pegue a Golden Pass Line (trecho lento, via Zweisimmen) até Montreux (o trecho até Spiez pode ser feito de barco, se o dia estiver bonito). Durma essa última noite em Montreux ou Lausanne.

Passando por Liechtentstein

Todo mundo pergunta como passar por Liechtentstein. Não é difícil.

4 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.)

5 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.) Durma duas noites em Lugano.

5 dias | Zurique + Liechtentstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Berna

Durma a primeira noite em Zurique. No segundo dia, despache as malas para Chur pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtentstein). Durma essa noite em Chur. No dia seguinte, pegue o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada combine o Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e siga à tarde para Berna, onde pernoitará.

Volta à Suíça

Com uma semana, já dá pra fazer um tour básico completo.

7 dias | Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Roteiro redondo para quem quer escutar francês, alemão e italiano durante seu périplo suíço -- e perfeito para quem cruza a Suíça vindo da França e indo para a Itália. Passe as duas primeiras noites em Montreux ou Lausanne. Num dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux. No outro, passeie por Lausanne. No terceiro dia, a rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Interlaken, onde você ficará duas noites. O quarto dia será dedicado ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, faça um pit stop em Berna a caminho de Lucerna, onde ficará duas noites. No sétimo dia, pegue o Wilhelm Tell Express a Lugano, onde pernoitará.

7 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna

Suíça alemã + a montanha mais bonita + Suíça francesa. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage (CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, ative seu Swiss Travel Pass pegando o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e desça a Montreux ou Lausanne. Passe as últimas três noites no destino. Faça o bate-volta a Berna no dia seguinte, para aproveitar o Swiss Pass. No último dia, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon + vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

7 dias | Zurique + Berna + Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Lucerna + St. Moritz + Bernina Express

Um bem-bolado para quem chega pelo aeroporto de Zurique, quer dar um rolê pelo lado francês e seguir por um trem panorâmico para a Itália. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, vá a Montreux ou Lausanne com pit-stop em Berna. Passe duas noites em Montreux ou Lausanne. No dia seguinte à chegada, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux ou faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Ative o seu Swiss Travel Pass para sair de Montreux em direção a Lucerna pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen). Fique duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, para fazer o circuito Classic Rigi. Saia para St. Moritz, onde você vai passar duas noites. No oitavo dia desça com o Bernina Express até Tirano, prosseguindo a Milão.

8 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Uma volta à Suíça em oito dias. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage(CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, pegue o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e à tarde desça a Montreux ou Lausanne. Passe duas noites no destino. No dia seguinte à chegada, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Saia para Lucerna com pit-stop em Berna. Passe uma noite em Lucerna. Prossiga com o Wilhelm Tell Express a Lugano. Passe a última noite em Lugano.

E para fazer a Suíça de carro?

Infelizmente não posso ajudar. Mas dou uma dica quentíssima: o ViaMichelin é o melhor gerador de roteiros rodoviários para a Europa (e a ferramenta está em português).

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

558 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Carol Veit
Carol VeitPermalink

Olá!
Agora em marco ficarei 15 dias na suíca, mais precisamente em zurique! Além de todos os bate-voltas possíveis tb queria ir à Salzburg, na Àustria. Será que teriam alguma dica e informacões de viagem de zurique à salzburg???
Carol

Fernanda
FernandaPermalink

Eu recomendo vc ler td deste blog: http://www.elaeamericana.net/. Quem escreve é uma brasileira que já morou em Berna e hj mora em Zurique.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Carol! São 5h30 de trem, com baldeação em Innsbruck, ou 6h30, com baldeação em Munique.

Carol Veit
Carol VeitPermalink

Valeu, gente!!!
Como é minha primeira vez na europa e essa parte quero fazer sozinha, tenho mihares de dúvidas!!
Vou por Innsbruck mesmo!
Bjos

Hélder G Freitas
Hélder G FreitasPermalink

Oi Carol Veit! Dá uma olhada no link que postei, talvez possa ajudar você em alguma coisa.
A Austria é maravilhosa, Viena, Salzburg nem se falam. Mas, para quem deseja ficar 15 dias, olha, a Suiça e infindável em termos de bate e volta. Vale, porém, uma noite ou mais no extremo oposto do seu local de base principal, onde se encontra Genebra. Caso contrário, vai ficar faltando um gostinho frances na sua trajetoria. Fiquei vinte dias, e voltei sentindo falta do tempero italiano de Lugano no meu cardápio de viagem. Bons planos e boa viagem!

Maria
MariaPermalink

Oi Carol.
Visite o site www.contandoashoras-como andar de trem da Suiça a Austria, e bem explicadinho.
Maria

Hélder G Freitas
Hélder G FreitasPermalink

Este site é inspirador para todos que gostamos muito de viajar nas nossas viagens.
Por essa razão, ofereço o link abaixo com algumas informações sobre esse pequeno grande país e, um pouco, do que foi nossa aventura por lá.
Obrigado pela oportunidade de apresentar nosso artigo sobre essa viagem à Suíça.

http://linkhelder.blogspot.com.br/2013/04/suica-um-destino-especial-inesquecivel.html

Maria
MariaPermalink

Olá Boia.
Por favor aonde encontro o Roteiro que O Ricardo na temporada na Suiça. Obrigada Maria

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Não temos o roteiro que o Riq fez ao viajar publicado como tal no site, mas temos posts sobre as cidades que visitou. Você vê tudo o que o Comandante publicou no Viaje na Viagem sobre a Suíça no rodapé do post acima. Consulte para montar o seu próprio roteiro smile

Emilia
EmiliaPermalink

Oi Bóia, dia 31 te mandei a pergunta abaixo e caiu no moderador. Fiz alguma coisa errada? Caso contrário, vc pode me ajudar? Obrigada

Oi Bóia! Gostaríamos muito de fazer este circuito da Suíça. Me oriente por favor. Tem como encaixar um roteiro incluindo Alemanha e Áustria? É viável? Iríamos em setembro. Daí no caso, é bom já ver a passagem? Bom fim de semana!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Emilia! Durante o mês de janeiro não respondemos perguntas. Voltamos a responder apenas no dia 3 de fevereiro.

Você pode ver horário de trem da Áustria ou da Alemanha para a Suíça em http://bahn.com/international (simule sempre dentro dos próximos 90 dias).

Veja como comprar passagens multidestinos:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

Compre passagens internacionais em época de promoção.

Emilia
EmiliaPermalink

Bóia porquê minhas perguntas estão caindo no moderador?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Emilia! Expliquei na pergunta que você fez ontem (e foi publicada sem moderação):

https://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass/comment-page-3/#comment-358880

Emilia
EmiliaPermalink

Oi Bóia! Então é assim:1) como pretendemos viajar em setembro, eu vejo os horários neste link em julho, está certo?
2) este roteiro então é legal? Dá para fazer em 15 dias curtindo bem, sem correria?
3)Vc sabe as épocas de promoção das passagens?
Desculpe se alguma pergunta parecer muito boba, mas foi sem medo de perguntar, que vocês nos proporcionaram uma viagem linda e sem erros ao sul da Espanha.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Emilia! Não temos como fazer roteiros individuais, precisaríamos de uma equipe só para isso. Há inúmeros roteiros possíveis para fazer incluindo Alemanha, Áustria e Suíça. Estude no mapa. Basiléia, lago Constance e Liechtentstein são pontos de entrada possível. Procure não repetir assuntos -- os vilarejos alpinos austríacos e alemães não terão lá grande diferença. Compre a passagem aérea com ida por um destino e volta por outro.

Estude este post:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Emilia
EmiliaPermalink

Yes! Vamos estudar e daqui um tempo, te falo mais ou menos o que conseguimos, sem esperar roteiros particulares (eu entendo é lógico)! Só para te arrepiar, se for o caso kkk!
Obrigada!

Hélder G Freitas
Hélder G FreitasPermalink

Oi Emilia, o roteiro que fizemos, eu e minha mulher, foi fruto de leituras nesse e em outros blogs e interesses pessoais bem definidos. Dá uma olhada no link do artigo de nossa viagem, talvez possa ajudar em alguma coisa você.
http://linkhelder.blogspot.com.br/2013/04/suica-um-destino-especial-inesquecivel.html

Túlio
TúlioPermalink

Boa tarde, para um bate-volta qual é a mais interessante, Berna ou Montreux?

Eliane
ElianePermalink

Olá Bóia e viajantes !
Boa noite !

Gostaria de saber o seguinte : o Trem do Chocolate apenas vai (de Montreux a Gruyère )? Ele não retorna ao ponto de partida ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eliane! O passeio é circular, traz todo mundo de volta a Montreux.

Roseli Figueiró Donin
Roseli Figueiró DoninPermalink

Olá Bóia,

eu e minha família estamos querendo fazer uma viagem incluíndo a Suiça em janeiro. Você acha possível ?

Estivemos (eu e meu marido) em outubro / 2010 lá e fizemos O Glacier Express de St. Moritz para Zermatt, ficamos em Zermatt, pit stop em Berna + Genebra para pegar o trem para Paris.

Queremos levar nosso filhos para conhecer Zermatt e aproveitar para conhecer alguns lugares que não fomos. A idéia é ficar em torno de 5 dias.

O que você recomenda nessa época ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Roseli! Apenas tenha em mente que os dias estarão mais curtos, portanto vá no modo slow. Escolha entre os roteiros de 5 dias que estão no menu deste post.

Denise
DenisePermalink

Olá,

Irei para Europa em maio e farei Paris, Londres, Colônia e Lucerna ou Berna. Como é melhor chegar à Suiça, a partir de Colônia ou de Paris? Quais trens fazem este percurso?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Denise! Colônia está a 3h50 da Basiléia (Basel). Compre em http://www.bahn.de/international . Paris está a 3h30 de Lausanne. Compre em http://www.voyages-sncf.vom .

Mariana
MarianaPermalink

Oi Bóia! Poderia me ajudar? Estou comprando meu tickets de trem de Iterlaken a Paris, mas tem uma conexão em Basel com troca de trem que dura exatamente 5 minutos! É possível fazer essa troca tão rápido ou é melhor comprar Intelaken - Basel, Basel - Paris separadamente deixando um tempo maior para a troca?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! Essas conexões "importantes" normalmente são feitas na mesma plataforma. Você sai de um trem e já entra no outro.

O desembarque em trens é diferente do desembarque em aviões. Faltando uns 5 minutos para chegar, os passageiros que vão descer numa estação já se dirigem à porta. No seu caso, que envolve conexão, você deve se levantar um pouco antes, a 10 minutos da chegada, para se posicionar bem junto à porta. Assim não terá problemas.

Caso haja atraso do primeiro trem, a ferrovia endossa sua passagem para o próximo.

Mariana
MarianaPermalink

Muito obrigada, Bóia! Comprei! Tomara que dê tudo certo! (medo!!!)

Adriana
AdrianaPermalink

Olá,

Vou pra Suiça em Abril, gostaria de comprar o SwissPass quando chegasse lá, mas estou com dúvida em relação as reservas nos trens panoramicos. Com quantos dias de antecedência é necessário fazer a reserva?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Adriana! Não dá para saber. A maior procura é no verão, na meia-estação é possível que o trem não chegue a lotar. Mas se você faz questão do vagão panorâmico, reserve com uns 15 dias de antecedência para garantir.

Adriana
AdrianaPermalink

Muito obrigada!!!! Vou comprar o passe antecipado então!!!!

Adriana
AdrianaPermalink

Ah, só pra registrar....achei o site do Glacier Express e vi que não preciso estar com o passe pra fazer a reserva....posso fazer a reserva antes e pegar o Swiss Pass lá na hora..... Obrigada!!

Eliane
ElianePermalink

Adriana,

Estava também com essa sua dúvida e seu questionamento, resposta do Bóia e comentários me ajudaram a esclarecer.
Pergunto ainda uma coisinha a você e ao Bóia: além do Glacier Express, o Bernina e o Wilhelm Tell Express também aceitam reservas sem ainda termos adquiridos o Swiss Pass ?
É que eu, como vc, planejo comprar somente quando chegar lá (vou em maio) ...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eliane! Todos os trens panorâmicos aceitam reservas sem precisar comprar a passagem. As reservas precisam ser feitas nos sites de cada trem. A antecedência máxima é de 90 dias.

Eliane
ElianePermalink

Muito obrigada, Bóia !
Vcs, como sempre, prestativos, gentis e bem informados !
Por isso VnV será sempre meu favorito !
Valeu !

Adriana
AdrianaPermalink

Ahhh, outra dúvida.....não achei onde posso ver os horários dos trens panorâmicos...... Agradeço se tiverem essa informação.....Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Adriana! Os horários estão nos sites de cada trem panorâmico. Os sites estão linkados nos posts de cada trem.

Ícaro César
Ícaro CésarPermalink

Olá Bóia! Estou indo para a Europa provavelmente em Novembro, estou pensando no seguinte roteiro: Frankfurt-berlim-Praga-Budapeste-Viena-Suíça-Bélgica-AMsterdã-Frankfurt, em torno de 30 dias, viajando apenas de trem. O que acha, muitos lugares para uma viagem só ou dá pra resumir retirando alguns países?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ícaro! Está puxado, sim. Comece a planejar a sua viagem por aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/

Ícaro César
Ícaro CésarPermalink

Bóia, fiz uma viagem de 23 dias pela Europa em 2013 e segui muitos conselhos seus, suprimindo alguns roteiros. Dessa vez, vou ficar por lugares mais próximos, com muitos países, e por um tempo maior. Faznedo: 2 dias Berlim, 3 Praga, 3 Budapeste, 3 Viena, 5 Suiça, 3 Bélgica, 3 Amsterdã e voltando pra Frankfurt, acrescentando uns 4 dias perdidos de viagens, ainda sobrando uns 4 dias pra dividir entre esses países, não seria interessante montar? Ou se está muito, qual desse países vc suprimiria da viagem?

Carol Guelber
Carol GuelberPermalink

Ola, pessoal, estou precisando de uma ajudinha de voces: vou pra Suíça em Abril e montei o seguinte roteiro. Queria pitacos dos leitores e perguntar se compensa o swiss pass:

Dia 1 chega em Zurique pela hora do almoco, vindo do Brasil. Minha idéia e dar uma volta pela cidade e seguir para Luzern ( hotel já reservado)
Dia 2 - passeio Luzern de manha e segue para Interlaken (tenho idéia de visitar a cidadania das cachoeiras nos arredores, o que acham)?
Dia 3 - Interlaken - subida ao Jungfrau
Dia 4 - ida para Zermatt
Dia 5 - Zermatt - fazer um ou dois passeios para ver o Matterhorn
Dia 6 - ida para Bern cedinho e fazer bate-volta a Gruyeres (como minha formação e em alimentos, especificamente em queijos, e trabalho com isso, nao posso deixar de ir)
Dia 7 - sigo para Alsacia, França

Muito Obrigada desde já

Bjs

Carol Guelber

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Carol! O dia de Berna e Gruyères é bem esquisito.

Interlaken está sobrando no seu roteiro.

Vá de Zurique a Zermatt. Faça de Gruyères um pit stop entre Zermatt e Lucerna. Passe duas noites em Lucerna, faça de lá o bate-volta a Berna.

Camila
CamilaPermalink

Bóia, me ajuda?
Não sei se meu comentário foi delegado ou se perdi ele... Eu achava que tinha certeza que tinha eito aqui... Tem como eu buscar ele?
Obrigada, desculpa o abuso!

Viviane
VivianePermalink

Oi gente agradeço imensamente a dica para usar o super saver. Fiz a commpra pelo site porém tive uma pequena dificuldade. Por isto quero aproveitar para compartilhar a solução pois será útil para outros viajantes: Fiz o passo a passo indicado mas não foram disponibilizadas passagens com desconto e quaisquer dos 14 dias possíveis no trajeto Zurique x Genebra. Enviei um e-mail e em questão de horas recebi resposta orientando a nova pesquisa e daí sim tive sucesso. Minha impressão é que faltou alguém "apertar algum botão" para ativar o desconto. Fica a dica.

Paulo
PauloPermalink

Boa tarde, Bóia,

No post é dito que pode-se comprar o SwissPass diretamente na estação de trem. Iremos pegar o Bernina Express em TIRANO para a Suíça. Você sabe dizer se na estação de Tirano é possível comprar o SwissPass, já que Tirano ainda é Itália?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paulo! Pode ser que sim, mas não temos certeza, posto que Tirano está na Itália. Use o email do site das ferrovias suíças para perguntar -- nessas horas, não há substituto para a informação oficial.

Paulo
PauloPermalink

Enviei um e-mail e consegui a resposta: o Swiss Pass pode sim ser comprado na estação de Tirano.
Abraços.

Maria
MariaPermalink

Oi Paulo.

Por gentileza, qual é o email deles?
Obrigado
Maria

Mariana
MarianaPermalink

Estou indo à Suíça em maio, com hospedagem apenas em Lauterbrunnen. É melhor levar euro ou francos? (Além da Suíça, vou à Itália, Paris e Amsterdam).

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! Você pode levar euros para os outros países e sacar em francos suíços em caixas automáticos. Habilite o seu cartão para essa função.

liane
lianePermalink

Boa noite! Mais uma vez venho pedir a ajuda de vcs: Vou fazer um dos roteiros de 04 dias indicados no site. Senti falta dos hotéis. Poderia me mandar o link do site onde estão as indicações dos hotéis? Valeu! TKS. Liane.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Liane! Entrando nos posts das cidades você encontra indicações de hotéis.

Renata
RenataPermalink

Olá, Ricardo! Não viajo mais sem passar por aqui. Parabéns pelo blog!

Tenho uma dúvida: vindo de Barcelona, qual a melhor cidade da Suíça para montar base e visitar outras e depois seguir para Paris e Londres.

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renata! Quem responde é a Bóia. Voe a Zurique, monte base em Lucerna, que está a 40 min. de trem. Vá a Paris e Londres de trem.

Rodrigo Galvão
Rodrigo GalvãoPermalink

Olá Boia. temos 4 noites (18 a 22/5) e estaremos indo da Italia a Zurique - onde montaremos base, com um pernoite em Lugano no caminho.

É uma viagem de lua de mel, e gostaríamos de fazer o Train du Chocolat, visitando Gruyer. Poderia nos ajudar na sugestão da ordem de como preencher os 4 dias (como é saindo de Lugano, não achei nas dicas acima).

Obrigado !

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! O melhor percurso é ir com o Wilhelm Tell Express a Lucerna. Se não quiserem pernoitar em Lucerna, dá para continuar de trem a Montreux, com baldeação em Lausanne.

A.L.
A.L.Permalink

Montreux fica fora de mão se vc vai montar base em Zürich

Rodrigo Galvão
Rodrigo GalvãoPermalink

Al, obrigado. A Bóia não me respondeu exatamente como imaginava. Aceito sugestões ! Obrigado.

A.L.
A.L.Permalink

Eu substituiria um pernoite em Lugano por uma estada de 2 noites em Zermatt. Faria assim: Milano-Zermatt pela manhã. Suba ao Gronergrat no mesmo dia, suba ao Matterhorn no dia seguinte.

No terceiro dia, vá de Zermatt a Zurich onde vc quer montar base , fazendo uma parada intermediária no local de sua preferência entre Bern e Luzern. Durma em Zurich. No quarto dia, aproveite Zurich.

Camila
CamilaPermalink

Oi de novo pessoal!
Vamos sair com amigos de Milão no sábado de manhã cedinho e voltar segunda pela manhã.
Vi essas sugestoes de roteiros de trem e estou pesquisando sobre elas. mas queria saber se tem alguma sugestão especifica de lugar por estarmos de carro. Algum lugar que esteja fora das rotas de trem talvez...
Provavelmente não vamos pegar trem pois acho que com o carro disponível nao vai valer a pena financeiramente...
Obrigada de novo!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Camila! Você encontra dicas de passeios para os arredores de Milão no blog da Magê, o Milão nas Mãos: https://www.viajenaviagem.com/2013/06/viajosfera-milao-com-as-dicas-locais-da-mage/

Se tiver mais dúvidas sobre Milão, use um dos posts sobre a cidade para perguntar: https://www.viajenaviagem.com/category/milao/ wink

Denise
DenisePermalink

Olá Boia!

Vou para a Suiça em maio e ficarei em Berna. Pretendo fazer bate-volta para Lucerna e Interlaken de trem. Posso comprar as passagens regionais na hora, na estação, ou é melhor comprá-las com antecedência, ainda do Brasil? Há diferença de preços?

E quanto à passagem do Top of Europe? Há necessidade de adquirir com antecedência ou pode ser no próprio dia?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Denise! Está tudo explicadinho no post acima! Leia com atenção wink

vania
vaniaPermalink

Sempre que tenho uma viagem vc me ajuda bastante...
Vou para Cannes em junho encontrar meu marido qye vai a trabalho, nossas passagens ida e volta partem de Nice, temos 10 dias de férias e queria conhecer parte da Suiça... Genebra ,Montreaux, trem do chocolate,etc . e voltar para Nice e conhecer,Mônaco e arredores...
De trem é a melhor maneira de ir de Cannes à Genebra?Qual sua sugestão de roteiro?Por favor me ajude.Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vania! Voe de Nice a Genebra ou Zurique.
Escolha um roteiro de quatro ou cinco dias no post acima.

Leia sobre Côte d'Azur:
https://www.viajenaviagem.com/2013/02/hoteis-na-cote-dazur-e-provence-onde-voce-ficou/

vania
vaniaPermalink

Obrigada pelo rápido retorno.
Vou colocar em ação sua proposta.

Lilian
LilianPermalink

Olá! Esse e meu primeiro contato com o site e estou amando todas as dicas! Muito bom o trabalho de vcs!

Pretendo ir a Suíça em julho e ficarei por 4 dias. E possível um roteiro que inclua Trem de Chocolate+ glacier Express + Jungfrau com noite em Interlaken?

Desde já obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lilian! Provavelmente não. Aproveite os roteiros já prontos. Não tente juntar todos os trens panorâmicos numa viagem, o Ricardo Freire fala sobre isso com todas as letras, por favor leia o texto.

Maria
MariaPermalink

Oi Bóia.

Vou fazer o Bernina, começando em LUGANO, será que lá também vendem o Swiss Pass
Muito obrigada
Maria

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Não. Dê uma olhada na seção "onde comprar" no post acima. wink

maria
mariaPermalink

Oi Bóia.

Eu li e inclusive imprimi tudinho.
Só que no texto tem da escrito o seguinte, por isso a minha dúvida.
você pode retirar o passe em qualquer estação de trem na Suíça (pode ser as do aeroporto de Zurique ou de Genebra), por uma taxa de CHF 15 por passageiro.
Desculpe minha dúvida continua. Em Tirano não tem estação de trem?Obrigada
Maria

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Desculpe. Eu tinha entendido Tirano, e em Tirano não temos certeza eekops:

Em Lugano certamente você conseguirá comprar o Swiss Pass.

Paulo
PauloPermalink

Em Tirano é possível comprar o Swiss Pass na estação de trem.

Tiago Pereira
Tiago PereiraPermalink

Boa noite. Primeiramente parabéns pelas dicas. Muito bom o site e tem me ajudado bastante. No entanto continuo com duvida se compro o SwissPass ou não. Irei com minha namorada para a Suíça dia 13/abril e dia 17 vamos para Paris. Vou chegar a tarde em Zurique e quero fazer o seguinte roteiro nos 3 dias inteiros que passarei: 1o dia passeio em Zurique. 2o dia ida para Lucerna e passeio no Monte Titlis ou Classic Rigi (qual o melhor?), dormindo em Lucerna. 3o dia passeio no Jungfraubahn, seguindo depois para Berna, onde vamos dormir. No outro dia seguimos para Paris. Então compensa o SwissPass? O que achou do roteiro? Espero que me ajudem. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tiago! Explicamos quando vale a pena o Swiss Pass e indicamos os preços das passagens avulsas no post acima. wink

Paulo
PauloPermalink

Bóia,
Neste post vcs recomendam o Classic Rígidas para fazer em Lucerna.
Tem algum post sobre ele?
O que ele tem de interessante?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paulo! O Classic Rigi combina barco, trem, cremalheira e teleférico, num passeio de um dia inteiro, passando por dois vilarejos beira-lago.

Clique no link do texto, você será levado ao site do circuito.

Paulo
PauloPermalink

Classic Rigi, desculpe.

Fabio
FabioPermalink

Olá Boia!! Pelo que entendi, de posse do Swiss Pass não preciso pagar barco, trem, cremalheira e teleférico no Classic Rigi, é isso mesmo?
Grato!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fabio! Alguns trechos poderão ser feitos pelo Swiss Pass (os de barco, por exemplo). Em outros (os que não levarem a povoados) você pagará suplemento.

Maria Clara
Maria ClaraPermalink

Olá! Vou ficar em Lugano 7 dias e depois na Suíça Francesa outros 7dias. Tendo como base esses dois pontos, pensei que o Europass será mais viável pois pretendo ver um pouquinho da Itália e França. Estou certa? Grata.

A.L.
A.L.Permalink

Não, Maria Clara. Na Itália vc vai precisar de reserva, na França também. Se quiser apenas passear bem próximo à fronteira (como Chamonix or Domodossola), passagens avulsas são bem mais baratas que dias do passe. Compre um Swiss Pass para seu uso na Suíça e use tickets avulsos para viajar fora dela.

Juliano
JulianoPermalink

Olá!
Gostaria de saber o que vocês e os outros leitores acham deste roteiro:
Eu sairei de Veneza dia 28/Abril em direção à Suiça. Estava pensando em ir de trem para Lugano e de lá encaixar alguns passeios. Mas tenho que estar em Barcelona dia 03/Maio pela manhã, para retornar ao Brasil. Eu vi que existem vôos Genebra->Barcelona, mas nenhum chega cedo o suficiente no dia 3, então terei que sair dia 2 mesmo.
Pelo que vi, acho que dá para fazer Lugano->Lucerna e Lucerna->Montreux, e depois cruzar o lago para Genebra.
Vale a pena passar o dia todo em Lugano, sair cedo para Lucerna no dia 29, fazer o Classic Rigi dia 30, ir para Montreux dia 1 e tentar fazer, no dia 2, o Trem do Chocolate e o vôo para Barcelona?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Juliano! Não tente fazer nenhum passeio importante no dia de pegar vôo. Deixe esse dia para fazer passeios urbanos. Zurique também tem vôos para Barcelona.

Ione
IonePermalink

Olá Bóia!

Fiquei muito empolgada quando vi esses roteiros, viajo muito e sempre pego dicas aqui, vamos fazer um adapatado ao sugerido com Swiss Pass (8 dias). Já fizemos uma viagem com passe por 4 países, adquirido pela Eurail, parceira da Rail Europe, o que me tranquilizou ao me decidir por adquirir meu passe pela Rail Europe: paguei seguro, paguei FEDEX, minha compra foi confirmada, me deram um prazo de entrega de 4 dias úteis e não chegou nada. Eles não tem SAC, não dão o tracking number do FEDEX que pagamos (caro) e os contatos não respondem/atendem. Aí fui buscar em sites como Reclame Aqui (há dezenas de casos parecidos!) e em posts antigos daqui também descobri que isso é muito comum! Vi inclusive uma resposta totalmente non sense que eles mandaram Ricardo Freire publicar. As pessoas pagam, não recebem e fica por isso mesmo! Se fala até em "golpe da Rail Europe". Estou apavorada, ainda bem que faço tudo com antecedência e falta mais de um mês pra minha viagem, ou seja, ainda tenho esperanças de não ter sido mais uma vítima. Só fica de alerta pra quem está pensando em adquirir também, evitem comprar no site, ao contrário do disposto no FAQ da Rail Europe, é possível sim comprar os passes na própria Suiça.

Ione
IonePermalink

Vocês acreditam que acabo de receber meu passe!? Vocês não fazem idéia do alívio, chegou atrasado mas chegou!!! Chorei de alegria! \o/

Marcos Maia
Marcos MaiaPermalink

Estarei em Londres no início de dezembro e pretendia conhecer parte da Suiça de trem. Gostei do roteiro de 4 dias começando por Zurique, fazendo o bate-volta em Berna, depois indo até Chur para pegar o Glacier Express até Zermatt, onde faria os 2 bate-voltas a Gonergrat e Glacier Paradise. Pergunto qual o local melhor para pegar o voo para Lisboa, pois pretendo passar alguns dias por lá. Outra coisa, em dezembro seria um bom período ou vai ser muito incoveniente o frio por lá?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcos! O inconveniente do inverno são os dias curtos e a maior possibilidade de neblina. Para pegar o vôo a Lisboa, Zurique está a 3h10, Genebra a 3h40 de Zermatt.

bhea
bheaPermalink

Oi Boia.

Estou no site do classic rigi, e nas tarifas tem a opcao de com ou sem travelcard, oq e esse half fare travelcard?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bhea! O Half Fare Travelcard é um passe mais barato que o Swiss Pass, mas que faz você pagar 50% de todas as passagens. Em alguns trens panorâmicos, você pagará mais do que 50%. O Classic Rigi está totalmente coberto pelo Swiss Pass.

Bhea
BheaPermalink

Obrigada, Bóia! Estaria totalmente perdida sem vcs!
Outra duvida, em um dos roteiros vc sugere fazer o glacier paradise na parte da tarde e em seguida seguir ate a fronteira ou aeroporto. Depois de fazer o Glacier Paradise eu posso ir ate Lucerna com o swiss pass?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bhea! O trem entre Zermatt e Lucerna está coberto pelo Swiss Pass. Os meios de deslocamento entre Zermatt e o Glacier Paradise cobram suplemento.

Camila Abes
Camila AbesPermalink

Posso te agradecer do fundo do meu âmago por essas dicas? Estou endoidecida procurando dicas de roteiros pela Suíça e este foi mais que perfeito! Estarei chegando da Itália e depois iremos para a Áustria e e tudo muito útil! Quer passar umas dicas da Áustria também? rs... Obrigadaaaa!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Camila!

Para seguir de trem para a Áustria, você pode ir de Chur a Salzburgo (4h30, com baldeação em Sargans e possibilidade de pit-stop em Liechtentstein). Innsbruck é mais próxima, mas será um bis do que você já terá visto na Suíça. De Salzburg, vá a Hallstatt e de lá a Viena.

Leia o que temos sobre Salzburgo e Viena:
https://www.viajenaviagem.com/category/salzburgo
https://www.viajenaviagem.com/category/viena

O http://www.alemanhaporquenao.com tem bastante material sobre a Áustria.

Camila Abes
Camila AbesPermalink

Obrigada mais uma vez!!!

Marilia Nogueira
Marilia NogueiraPermalink

Li neste site, a respeito do custo das passagens sem o Swiss Pass, que no trajeto Chur/Zermatt o portador do Swiss Pass só pagaria a reserva. Ao tentar fazer uma compra de passagens no Glacier
Express, de Chur a Zermatt, no site do Rail Europe, não havia opção
para o desconto do portador do Swiss Pass. Supondo que a informação esteja correta, onde pagar a reserva, seria somente na estação, correndo o risco de não haver mais lugares? Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marília!

Você não precisa comprar o ticket, apenas a reserva (se quiser viajar nos vagões panorâmicos; se não fizer questão dos panorâmicos, o Swiss Pass basta).

Quem não tem passe tem que comprar a passagem e a reserva.

Compre apenas a reserva a partir deste link:
http://www.glacierexpress.ch/EN/spezial_offers/Pages/GlacierExpressStep1.aspx?catalog=GlacierExpress&productId=1001

Rita  Wrobel
Rita WrobelPermalink

Gostaria de saber se os passeios em janeiro na sucia são interessantes. Quais os trens que posso passear no inverno.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rita! Todos os trens funcionam.

Gisilaine
GisilainePermalink

Ricardo,
Antes de qualquer coisa parabéns pelo conteúdo da página, é fascinante, e é o tipo de página que não se pode perder de vista nem dos favoritos de jeito nenhum!
Vou para Zurich em Julho. Ficarei lá 23 dias. Vou com minha mãe, (74 anos) ficarei hospedada na casa do meu irmão. Estou comprando minha passagem Sp/Zur/Zur/SP mas, nesse período pretendo visitar Roma de trem ou avião, (saindo de Zurich) será que eu consigo me virar bem em Roma sem excursão? E quanto as passagens de trem na Suiça...não sei sinceramente por onde começar nem o que comprar, ou se deixo para comprar lá logo que chegar... quero fazer bate e voltas com minha mamys em cidadezinhas próximas para curtir calmamente as paisagens dos vilarejos, a gastronomia, cultura etc... sem fortes aventuras!help! é muito trilho para a minha cabeça!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gislaine! Para montar o seu roteiro de trem pela Suíça, tire um tempinho para estudar o post acima. O seu irmão também terá ótimas dicas.

Leia mais sobre bate-voltas a partir de Zurique aqui: https://www.viajenaviagem.com/2012/04/zurique-lucerna-berna/

Você consegue se virar em Roma sem excursão, sim. Recomendamos pelo menos 4 dias inteiros lá. Vá de avião.

Bianca
BiancaPermalink

olá, me chamo Bianca e estou completamente perdida! rs. Tenho 25 anos e vou fazer uma viagem de 1 mês à Europa e pretendo ficar a maioria do tempo na Suiça. Já selecionei algumas cidades e me informei sobre as passagens, mas gostaria de saber se vou pagar mais caro pelo swiss pass comprando o mesmo em uma estação de trem na Suíça. Gostaria de saber também se posso pegar qualquer trem apenas apresentando o swiss pass ou se tenho que fazer alguma reserva de lugar pelo site, e onde compro as passagens para o Jungfraubahn, se compro previamente pela internet ou se posso comprar no dia do passeio.... bom estou realmente perdida sad . aguardo ansiosamente alguma resposta!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bianca! Como está escrito com todas as letras no texto, o passe custa o mesmo preço se comprado lá.

Entre nos posts dos trens panorâmicos para fazer as reservas de assento diretamente nos sites dos trens panorâmicos.

Não há reserva para a Jungfraubahn. Você paga o suplemento na bilheteria antes de embarcar.

Bianca
BiancaPermalink

Sim, mas no caso dos trens comuns, tenho livre acesso, sem reservas, certo?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bianca! Sim, isso está escrito com todas as letras no texto. Por favor, leia e acredite no que escrevemos.

Márcio
MárcioPermalink

Parabéns pelo conteúdo da página, me inspirou a viajar pela Suíça. Pretendo entrar na Suíça por Malles Venosta na Itália, fronteira com a Região dos Grisões. Estou com dúvidas se vou realmente achar o Swiss Pass de 22 dias para vender naquela região fronteiriça. O Swiss Pass é vendido em qualquer estação, ou preciso ir nas Estações maiores para encontrar os pontos de venda?
Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Márcio! Infelizmente não sabemos. Você pode comprar aqui no Brasil mesmo (a Raileurope vende), mandar um email para a SBB perguntando ou deixar para ver ao chegar; se não venderem na estação, indicarão a mais próxima onde estará à venda (o bilhete até lá não deve ser caro).

Cristina
CristinaPermalink

Olá Bóia!
Li os roteiros de 3 e 4 dias sugeridos, desculpe a minha falta de entendimento, mas pra quem vem de Paris, em Dezembro, qual melhor cidade da Suíça pra fazer base num roteiro de 4 dias?
Obrigada
Cristina

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cristina! Na dúvida, sempre Lucerna.

Cristina
CristinaPermalink

Obrigada!!

Amanda
AmandaPermalink

Olá,

Ficarei 11 dias em Vevey hospedada na casa da minha cunhada. Pretendo fazer os bate-volta sugeridos aqui no blog (Lucerna, Berna, Montreux, Lausanne, Interlaken, St. Moritz e Genebra). Mas gostaria de fazer um passeio de trem panorâmico. Qual você indica?? Considerando que ficarei todos os dias hospedada em Vevey.

Obrigada desde já.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Amanda! Você pode fazer a Jungfraubahn em Interlaken e voltar no mesmo dia. Se for a Zermatt, durma pelo menos uma noite por lá. Também não dá para ir e voltar a St. Moritz no mesmo dia.