Suíça de trem: 30 roteiros prontos, de 2 a 8 dias

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Glacier Express

Glacier Express

Sou apaixonado por viagens de trem na Europa. Não canso de repetir que o trem é o mais europeu dos meios de transporte. Em trajetos curtos ou panorâmicos, os trilhos são insuperáveis. E se existe um lugar na Europa que foi inventado para ser explorado de trem, esse lugar é a Suíça.

As curtas distâncias entre as maiores cidades permitem bate-voltas confortáveis -- você gasta muito menos tempo dentro do trem para ir e voltar entre Lucerna e Berna ou Genebra e Montreux do que passaria de pé ao longo de um dia em filas na Disney.

Os trens que andam pelas rotas panorâmicas são suficientemente lentos para que se aprecie a paisagem (coisa que não dá mais para fazer nos TGV, Thalys, Frecce e AVEs, em que o trajeto é um borrão permanente na janela).

Sem o stress de dirigir em estradas que você não conhece (com uma sinalização que você não domina totalmente), sem precisar procurar lugar para estacionar nas cidades, sem enfrentar os anéis viários para entrar e sair das cidades grandes, sem brigar com o GPS, sem se preocupar com reabastecimento, você faz sua viagem render muito mais, com muito menos esforço físico e emocional.

O trem permite que você crie itinerários intensos, em que o deslocamento não faz você perder o dia – porque ou é curto (e indolor) ou é lindo (o percurso se torna o próprio destino).

Trem convencional

Trem regional em Visp

Como montar seu itinerário de trem pela Suíça

Quanto mais você lê sobre a Suíça, mais lugares quer visitar. É inevitável: tudo parece tão lindo, tão civilizado e ao mesmo tempo tão pitoresco, que é difícil escolher. O problema é que a Suíça inteira não cabe nem no tempo nem no orçamento que costumamos ter para viajar.

Mas não desanime. Eu tenho uma fórmula® que permite que qualquer pessoa crie um itinerário produtivo na Suíça.

Golden Pass Line

Golden Pass Line

A fórmula para o perfeito itinerário suíço

Swiss Travel Pass: vale a pena?

O Swiss Travel Pass é um passe de transporte super-abrangente. É válido nos trens, ônibus, barcos e no transporte público urbano. Durante a validade do passe, você pode embarcar em praticamente qualquer trem, sem necessidade de reserva (os trens suíços carregam passageiros de pé). A exceção são os vagões especiais de trens panorâmicos (Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line, Wilhelm Tell Express), que exigem reserva e pagamento de sobretaxa (ainda assim, portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto).

O Swiss Pass tem algumas características únicas:

  • Vale nos barcos que cruzam os lagos Léman (ligando Montreux, Vevey, Lausanne, Genebra e a francesa Evian), Lucerna (levando a cidadezinhas pitorescas e ao monte Rigi), Brienz e Thun (ambos em Interlaken). Dá para fazer de barco trechos que você faria de trem, sem pagar a diferença.
  • Vale no transporte público de todas as cidades suíças (você não precisa se entender com passes diários ou com passagens avulsas de bonde ou ônibus).
  • Vale em trens de montanha que levem a vilarejos.
  • Filhos entre 6 e 15 anos viajam de graça quando acompanhados do pai ou da mãe portando Swiss Travel Pass válido. Para isso, basta requerer um Family Card ao fazer o passe. (Crianças até 5 anos não pagam passagem em nenhum transporte público suíço).
  • Dá 50% de desconto em trens de montanha e teleféricos que levem a estações de ski ou mirantes alpinos.
  • Dá 50% de desconto em passeios de barco no lago de Lugano.
  • Dá 50% de desconto nos vagões panorâmicos de Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line e Wilhelm Tell Express.
  • Dá 25% de desconto no trecho final da Jungfraubahn, em Interlaken.
  • - Vem com o Swiss Museum Pass, que proporciona entrada gratuita em 470 museus na Suíça (veja a lista aqui).
  • - Pode ser comprado até depois de chegar à Suíça, sem acréscimo. Basta ir a uma estação de trem munido do passaporte.

Depois de uma reformulação no início de 2015 (quando deixou de ser Swiss Pass e ganhou a nova denominação Swiss Travel Pass), o passe perdeu a versão "saver", disponível para passageiros que viajassem sempre juntos. Agora os passes são exclusivamente individuais. E continuam disponíveis nas modalidades dias consecutivos (3, 4, 8 e 15 dias contínuos) e flex (3, 4, 8 ou 15 dias contínuos ou alternados num intervalo de 30 dias).

Pais viajando com filhos de 5 a 15 anos podem pedir o Family Card, que dá direito a que as crianças viagem de graça com o adulto portador do Swiss Travel Pass. Crianças menores de 5 anos não pagam.

Os passes têm versões na 1ª e na 2ª classe. A 2ª classe é perfeitamente viável; transcrevo seus preços aqui. (Para ver os preços da 1ª classe, clique aqui e aqui.)

Dias corridos

  • 3 dias corridos : CHF 210 (média diária: CHF 70)
  • 3 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 179 (média diária: CHF 60)
  • 4 dias corridos : CHF 251 (média diária: CHF 62)
  • 4 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 213 (média diária: CHF 45)
  • 8 dias corridos: CHF 363 (média diária: CHF 49)
  • 8 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 309 (média diária: CHF 38)

Dias avulsos (flex)

  • 3 dias avulsos: CHF 239 (média diária: CHF 80)
  • 3 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 203 (média diária: CHF 68)
  • 4 dias avulsos: CHF 286 (média diária: CHF 71)
  • 4 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 243 (média diária: CHF 61)
  • 8 dias avulsos: CHF 407 (média diária: CHF 51)
  • 8 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 346 (média diária: CHF 43)

Para quem vai ficar pelo menos 4 ou 5 dias no país e pretende fazer bate-voltas e rotas panorâmicas, e não tem paciência para mergulhar em pesquisas e cálculos, o passe vale a pena.

Se você ficar apenas no miolo Lucerna-Berna-Interlaken-Montreux, o passe só vale a pena se você fizer dois ou três passeios caros às montanhas.

Swiss Travel Pass x tarifas SuperSaver

Se você quer se certificar na ponta do lápis se o passe é um bom negócio para a sua viagem, só há um jeito: descobrir quanto custaria o seu itinerário sem o passe.

Até 2012, essa era uma operação simples, porque as tarifas de trem na Suíça eram fixas. Mas desde 2013 a Suíça tem tarifas descontadas. São as SuperSaver, que oferecem até 50% de desconto sobre a tarifa cheia. Essas passagens podem ser compradas online a partir de 30 dias de antecedência nesta página.

Supersaver

supersaver

SuperSaver

(Pegadinha: para carregar os preços descontados, você tem que selecionar "No reduction". Não me pergunte por quê.)

Ao contrário das passagens em tarifa cheia, que valem em qualquer trem da rota comprada no dia de validade, as passagens em tarifa SuperSaver valem apenas para o trem específico do horário escolhido. Isso complica bastante as operações de pit-stop e bate-volta, já que você tem que prever com exatidão quanto tempo quer passar nos destinos visitados nesse esquema. (Já com o Swiss Travel Pass, ou com passagens em tarifa cheia, se você se atrasa para pegar o trem de volta -- por exemplo -- de Interlaken a Lucerna no horário que tinha previsto, pode pegar o próximo sem problema. A Suíça tem um trem por hora entre seus principais destinos.)

A não ser que você seja muito metódico e experiente, acredito que viajar com o passe vai ser mais eficiente e tranqüilo do que com passagens avulsas, que engessam os horários. Mas se no seu orçamento quaisquer 10 francos suíços já fizerem diferença, então atire-se às contas (e calcule os deslocamentos com folga, evitando assim perder trens e tickets não-reembolsáveis).

Onde comprar o Swiss Travel Pass?

Você pode comprar seu Swiss Travel Pass antes de viajar ou depois de chegar à Suíça.

Comprando no site da SBB suíça, você pode imprimir seu passe em casa. As datas de validade virão impressas no passe.

Se comprar no site da Rail Europe (que é em português), vai receber pelo Correio, pagando taxa de 8 euros de taxa de serviço (cobrada por passageiro) e 9,50 de FedEx (cobrada por envio, mesmo que de mais de um passe). Nesse caso, o preenchimento da data de validade do passe é manual, você pode decidir mais tarde. Na minha última simulação, os passes custavam ligeiramente mais em conta na Raileurope (para comparar, faça a conversão de euro para franco suíço no site Oanda), o que compensava as sobretaxas. O maior problema dessa alternativa é ter que depender do Correio brasileiro. Escolha só se você comprar com pelo menos um mês de antecedência.

Dá para comprar depois de chegar na Suíça, nas principais estações de trem (aeroportos, cidades maiores e de fronteira).

Bernina Express

Bernina Express

Exemplos de itinerários pela Suíça

Aí vão algumas sugestões.

Você vai ver que, para fazer o seu tempo render mais, eu incluo bate-voltas e pit-stops em quase todos. Bate-volta é quando você faz um passeio a outra cidade e volta no mesmo dia, poupando o perrengue de viajar com malas e trocar de hotel. Pit-stop é quando você pára para visitar um lugar a caminho do próximo destino (por exemplo: faz check-out no seu hotel em Lucerna e passa das 10h às 16h em Berna, seguindo então a Interlaken, onde está seu próximo hotel).

Na Suíça o pit-stop pode ser feito de duas maneiras: você pode viajar com a sua bagagem e usar o guarda-volumes na estação de parada, ou então pode aproveitar o serviço Fast Baggage: você despacha a mala na estação de partida (até as 9h) e recolhe na estação de destino final, num ponto de retirada específico (mas que só abre até as 18h ou 19h, dependendo da estação). Custa CHF 22 por peça. Veja mais detalhes sobre o Fast Baggage aqui.

Para aproveitar melhor esses dias zanzando pela Suíça, o melhor é chegar ao país depois de já ter se acostumado ao fuso horário europeu. (Se a Suíça for a sua primeira parada, pense numa aclimatação de uns três dias na primeira cidade.) A maior contra-indicação desses itinerários intensos é precisar pegar o primeiro trem do dia no máximo às 9h.

Os trechos marcados em vermelho são de trens panorâmicos ou de montanha.

Se você tem de 2 a 3 dias, recomendo escolher apenas uma base.

A partir de 4 dias, dá para pensar em duas bases. Tendo 5 dias, os mesmos roteiros ficam mais fluidos.

Com 7 a 8 dias já dá para fazer uma volta básica pela Suíça.

Base: Lucerna

Como base ou ponto de partida para explorar a Suíça, Lucerna só tem um defeito: está longe demais de Paris ou Munique (mais de 5 horas de trem, com baldeações). De Strasbourg, porém, está a 2h40 (baldeação na Basiléia). Mas é a melhor escolha se você chega de avião por Zurique: está a apenas 1h de trem da estação do aeroporto.

2 dias | Lucerna + Berna

Lucerna proporciona o melhor resumo da Suíça para apressados. O passeio de dia inteiro mais bacana é o circuito Classic Rigi, que combina travessia de barco do lago com trem e teleférico de montanha ao monte Rigi. Dá para tirar uma manhã ou uma tarde para um bate-volta a Berna.

3 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Passe as três noites em Lucerna. Faça o circuito Classic Rigi, um bate-volta de meio dia Berna e um bate-volta de dia inteiro a Interlaken com direito ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Base: Montreux ou Lausanne

Lausanne está a 3h30 de trem de Paris e a 2h40 de Lyon. Montreux fica 20 minutos adiante. O aeroporto mais próximo é Genebra, a 50 minutos de trem de Lausanne e 1h10 de Montreux.

2 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate

Se a sua preferência for a Suíça francesa, monte base em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril).

3 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate + Berna

Passe as três noites em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril). No terceiro dia, faça um bate-volta a Berna.

Base: Interlaken

Interlaken está a 5h de trem de Paris (e a 2h15 do aeroporto de Zurique). De Munique são 7 horas de trem.

2 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Caso a sua prioridade seja paisagem alpina 24 horas, vá direto a Interlaken, que é o destino de montanha mais fácil de encaixar numa passagem rápida pela Suíça. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia.

3 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna

Passe as três noites em Interlaken. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia. Num dos dias, faça um bate-volta a Berna.

Base: Zermatt

Zermatt fica a 3h40 de trem de Milão (baldeação em Brig). O aerporto de Zurique está a 3h30 de trem.

3 dias | Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Com 3 dias, Zermatt já vale como alternativa para quem procura a Suíça das montanhas. Conte em perder o primeiro dia no (belo) deslocamento. Nos dias em que ficar na vila, vá num deles ao Gonergrat e em outro ao Glacier Paradise.

Da Itália à Suíça (ou vice-versa)

Se você vai combinar Itália com Suíça, seja num único sentido ou indo e voltando, recomendo que aproveite os dois trens panorâmicos que cruzam a Suiça no eixo norte-sul: o Bernina Express (o mais bonito, na minha opinião) e o Wilhelm Tell Express (o mais completo, porque inclui travessia de lago). Escolha um para ir; e se for voltar, volte pelo outro.

Se não quiser pegar trem panorâmico, existem trens convencionais, mais rápidos, que levam de Milão a Zermatt -- baldeação em Brig -- e a Lucerna, sem passar pelo lago.

2 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna

Se você vai cruzar a Suíça vindo da Itália, esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (mas viajando em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, faça o circuito Classic Rigi. De Lucerna você pode prosseguir à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- aproveite a tarde e a noite do dia de chegada em Lucerna, no segundo dia faça o Rigi e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá a Milão).

3 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna ou Zurique + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna ou Zurique, onde recomendo passar as três noites. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, explore a cidade (em Lucerna, faça o circuito Classic Rigi); em Zurique, faça um passeio pelo lago. No terceiro dia, faça o bate-volta a Berna. Prossiga à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- você passa duas noites na Suíça e a terceira já na Itália. Escolha Zurique ou Lucerna como base, vá a Berna no segundo dia, e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina até Tirano; prossiga de lá a Milão).

4 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as demais três noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi); volte a tempo de curtir a noite em Zurich West.

4 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe três noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, saindo cedo para Interlaken, é possível fazer o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

5 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as outras quatro noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi). Use o quinto dia para passear por Zurique mesmo.

5 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, suba ao Monte Titlis. No quarto dia, despache as malas para Interlaken pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por peça) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No último dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Itália-Suíça-Itália

2 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Bernina Express

Muita gente gostaria de fazer um bate-volta desde a Itália só para andar num trem panorâmico na Suíça. Como eu já expliquei mais acima, ir e voltar no mesmo trem panorâmico é um pé no saco; a monotonia se sobrepõe à beleza. Com dois dias para investir (e apenas um pernoite em solo suíço) dá para fazer um roteiro mais proveitoso (e barato, usando os trens regionais que fazem as rotas panorâmicas). Saia de Milão até Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Pernoite em Lucerna. Na manhã seguinte, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá de volta a Milão.

3 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Bernina Express

O mesmo roteiro pá-pum para vir da Itália e voltar rapidinho, mas com um pouquinho mais de calma. São 3 dias de viagem, com dois pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que faz a mesma rota do Bernina Express até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

4 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + St. Moritz + Bernina Express

Para sair da Itália e voltar à Bota com um belo panorama da Suíça. São 4 dias de viagem, mas três pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, siga a St. Moritz. No último dia, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem regional que faça a rota) até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

Duas bases: Lucerna + Interlaken

4 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

É praticamente o mesmo roteiro de 3 dias, mas feito com um pouco mais de calma. Durma duas noites em Lucerna. Use um dia inteiro para fazer o Classic Rigi e uma tarde para ir a Berna. No terceiro dia, vá a Interlaken, mas se o tempo estiver bonito desça do trem em Brienz. Siga de barco de Brienz até Interlaken Ost. No quarto dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Duas bases: Montreux ou Lausanne + Zermatt

Suíça francesa com Suíça alemã, lago com montanha.

4 dias | Montreux + Trem do Chocolate ou Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Travel Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem). No segundo dia, valide o Swiss Travel Pass e faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril) ou um bate-volta a Berna. No terceiro dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quarto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

5 dias | Montreux + Trem do Chocolate + Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem), nem no segundo (faça o Trem do Chocolate, que dá pouco desconto no passe (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). No terceiro dia, valide o Swiss Travel Pass e faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quinto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

Duas bases: Zurique + Zermatt

Zurique é a melhor base para pegar o Glacier Express sem precisar dormir em Chur, nem madrugar demais.

4 dias | Zurique + Berna + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma as duas primeiras noites em Zurique. Acione o Swiss Pass no segundo dia, para fazer um bate-volta a Berna. No dia seguinte vá cedo a Chur pegar o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada vá ao Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e aproveite que seu Swiss Pass ainda está válido para prosseguir à fronteira ou ao aeroporto.

Duas bases: Interlaken + Montreux ou Lausanne

Bastante diversidade em deslocamentos curtos.

4 dias | Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux ou Lausanne

Faça um pit stop em Berna (deixe a mala no guarda-volumes da estação) a caminho de Interlaken, onde você vai dormir duas noites. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No terceiro dia, embarque com a mala no barco a Spiez e prossiga por qualquer trem da rota da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Montreux (ou a Lausanne, se preferir). Passe duas noites no destino. No quarto dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux -- ou pegue o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

3 bases: Lucerna + Interlaken + Montreux ou Lausanne

5 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux

Durma duas noites em Lucerna. Use o primeiro dia para passear na cidade. Ative o Swiss Travel Pass no segundo dia, para fazer o Classic Rigi. No terceiro dia, despache as bagagens para Interlaken pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, pegue a Golden Pass Line (trecho lento, via Zweisimmen) até Montreux (o trecho até Spiez pode ser feito de barco, se o dia estiver bonito). Durma essa última noite em Montreux ou Lausanne.

Passando por Liechtentstein

Todo mundo pergunta como passar por Liechtentstein. Não é difícil.

4 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.)

5 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.) Durma duas noites em Lugano.

5 dias | Zurique + Liechtentstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Berna

Durma a primeira noite em Zurique. No segundo dia, despache as malas para Chur pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtentstein). Durma essa noite em Chur. No dia seguinte, pegue o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada combine o Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e siga à tarde para Berna, onde pernoitará.

Volta à Suíça

Com uma semana, já dá pra fazer um tour básico completo.

7 dias | Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Roteiro redondo para quem quer escutar francês, alemão e italiano durante seu périplo suíço -- e perfeito para quem cruza a Suíça vindo da França e indo para a Itália. Passe as duas primeiras noites em Montreux ou Lausanne. Num dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux. No outro, passeie por Lausanne. No terceiro dia, a rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Interlaken, onde você ficará duas noites. O quarto dia será dedicado ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, faça um pit stop em Berna a caminho de Lucerna, onde ficará duas noites. No sétimo dia, pegue o Wilhelm Tell Express a Lugano, onde pernoitará.

7 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna

Suíça alemã + a montanha mais bonita + Suíça francesa. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage (CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, ative seu Swiss Travel Pass pegando o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e desça a Montreux ou Lausanne. Passe as últimas três noites no destino. Faça o bate-volta a Berna no dia seguinte, para aproveitar o Swiss Pass. No último dia, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon + vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

7 dias | Zurique + Berna + Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Lucerna + St. Moritz + Bernina Express

Um bem-bolado para quem chega pelo aeroporto de Zurique, quer dar um rolê pelo lado francês e seguir por um trem panorâmico para a Itália. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, vá a Montreux ou Lausanne com pit-stop em Berna. Passe duas noites em Montreux ou Lausanne. No dia seguinte à chegada, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux ou faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Ative o seu Swiss Travel Pass para sair de Montreux em direção a Lucerna pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen). Fique duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, para fazer o circuito Classic Rigi. Saia para St. Moritz, onde você vai passar duas noites. No oitavo dia desça com o Bernina Express até Tirano, prosseguindo a Milão.

8 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Uma volta à Suíça em oito dias. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage(CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, pegue o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e à tarde desça a Montreux ou Lausanne. Passe duas noites no destino. No dia seguinte à chegada, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Saia para Lucerna com pit-stop em Berna. Passe uma noite em Lucerna. Prossiga com o Wilhelm Tell Express a Lugano. Passe a última noite em Lugano.

E para fazer a Suíça de carro?

Infelizmente não posso ajudar. Mas dou uma dica quentíssima: o ViaMichelin é o melhor gerador de roteiros rodoviários para a Europa (e a ferramenta está em português).

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

558 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Gisilaine
GisilainePermalink

Olá!
Estou fechando meu roteiro. Posso pedir uma ajudinha pra saber se fiz a coisa certa? serão 23 dias na Suiça em Julho, com mamis (idosa, ela nem imagina que escrevi isso, não contem!!!)mas sempre me preocupo pra ela não ficar muito cansada, embora ela tope tudo!
Bom...tirando o dia de chegada, vou curtir irmão, cunhada e sobrinhos em Zurich...separando mais dois dias de nivers (irmão e sobrinha), outros dias pra não fazer nadica de nada...e zanzar pela própria Zurich, e programas familiares etc... lá vai a programação... sempre dias inteiros, saindo bem cedo de Zurich !
Berna
Genebra
Lucerna
Basiléia
Interlaken
Lousanne
Montreux
Lugano
um dia no Bernina Express de Chur a St. Moritz
Strasbourg (França)
Colmar (França)
e talvez,em Annecy (essa to achando bem puxada...mas é tão tão...)
Em todos esses lugares já preparei as atividades, visitas, passeios de barcos, jardins etc e tal...o que vc acha? to no caminho certo ou posso incrementar? palpites são sempre bem vindos!
Obrigada,
Gisilaine

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gisilaine!

Os bate-voltas que indicamos a partir de Zurique estão neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2012/04/zurique-lucerna-berna/

O bate-volta ideal envolve viagens de até 1h30 em cada direção. Até 2 horas é suportável. Além de 2 horas, fica cansativo.

Veja os tempos de trem de Zurique a qualquer outra cidade em http://www.sbb.ch/en .

Maria Santos
Maria SantosPermalink

Ola Gisilaine,
sou portuguesa residente na Suíça e sempre que sei de alguém que vem de férias indico um casal que fazem tours por todo o país.
São ambos portugueses e todas as pessoas que já os indiquei gostaram muito. Eles trabalham com turismo personalizado e preço muito bom para toda a família até 6 pessoas, manda email para eles info@swissprestigelimousine.ch ou para mim mtsmadeira@hotmail.com que eu dou recado para eles .. espero que façam boa viagem e acredte, a Suíça é maravilhosa!
Espero ter ajudado.

Marcos Maia
Marcos MaiaPermalink

Estou programando uma viagem para Europa em Dezembro e estava pensando em reservar 6 dias (5 pernoites, sendo um em Genebra, 2 em Interlaken e 2 em Lucerna) para conhecer parte da Suiça e traçei o seguinte roteiro adaptando um pouco com base nas suas informações:
1º dia - Chegada em Genebra pela manhã vindo de Londres de avião
2º dia - Genebra para Interlaken fazendo pit stop em Berna
3º dia - Jungfraujoch/Top of Europe
4º dia - Interlaken para Lucerna no trem Golden Passe Line
5º dia - Classic Rigi
6º dia - Lucerna para aeroporto de Zurique com destino a Paris.

Gostaria de saber se esta programação da Suiça está coerente.
Abraços,

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcos! Está coerente, sim grin

Nathalia
NathaliaPermalink

Olá, Ricardo, tudo bem?

Fiz as contas e o Swiss Pass não compensará para o meu caso. Tenho uma dúvida: sem o swiss pass também posso descer e subir dos trens quantas vezes quiser no passeio Jungfraujoch/Top of Europe, ou perco essa vantagem?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Nathalia! Sem o Swiss Pass você comprará a passagem da Jungfraubahn pela tarifa integral e terá todos os direitos de todos os outros passageiros.

circe
circePermalink

Olá, acho que devo optar pelo swiss flex (4 pax família) , hospedados em Zurich; trem? até St.Moritz ou Chur - o trecho mais comprido vale a pena?; de lá no mesmo dia, o glacier express, dormindo em Zermatt e no dia seguinte retornando direto para Zurique ,está correto? fica muito cansativo esse trecho todo em 2 dias?
grata!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Circe! É terrivelmente cansativo e, pior, não faz sentido. Por favor, siga os roteiros que o Ricardo Freire destrinchou e explicou.

Nana
NanaPermalink

Boia,
Em final de outubro 2014 ficarei alguns dias em Milao, e quero muiiito conhecer Jungfraujoch/Top of Europe,e conforme orientada por você um bate e volta no mesmo dia de Milao para Interlaken não seria viável. Entao ficarei uma noite em Interlaken, mas minha preocupação é como vou me comunicar na Suíça, pois não falo nenhuma língua...sei falar algumas poucas palavras em Ingles. Você acha que dá para ir a Jungfraujoch/Top of Europe comprando antecipadamente os ingressos do trem pelo site e assim sem precisar me comunicar durante a viagem?
Quanto ao hotel em Interlaken vi pelo booking que tem idioma em português.
Irei somente eu e meu marido que também não fala nenhum idioma.
Por favor qual seu conselho é possível realizar esta viagem?
Grata!

Náthali Pereira
Náthali PereiraPermalink

Olá. Parabéns pelo site!
Fiz as contas e pra mim valerá a pena comprar o Swiss Pass. Mas gostaria de comprar quando chegar na Suíça para não ter que pagar taxas de entrega. Vi que você disse que basta passar em qualquer estação de trem, munido do passaporte.
Mas fiquei com as seguintes dúvidas:
1 - Nas estações temos que procurar algum atendente ou guichê específico para comprar o Swiss Pass ou a compra é feita em alguma máquina?
2 - Você sabe se aceitam cartão ou o pagamento é feito somente em dinheiro?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Náthali! A venda é no guichê. Aceitam cartão.

Náthali Pereira
Náthali PereiraPermalink

Obrigada pela resposta!

fabiola
fabiolaPermalink

Olá, tenho duas perguntas...
primeira: quero fazer o Top of Europe, e como vou ficar 3 dias em Interlaken só vou comprar meu ticket lá na hora, conforme a previsão do tempo... corro risco de ficar sem?
Segunda: quero comprar um ticket de Berna para Strasburgo, e no site da SBB aparecem duas opções: Strasbourg Ville e Strasbourg Roethig, qual eu seleciono? Obrigada, abraço!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fabíola! Não há perigo de falar ticket, os trens do Top of Europe não têm assento reservado, levam passageiros de pé se necessário e há vários por hora.

Compre Strasbourg Ville.

Daniel
DanielPermalink

Boa Noite Ricardo, Bóia e demais leitores.

No dia em que se compra o Swiss Pass de dias corridos na estação de trem ele já começa a valer? Ou é possível comprá-lo para começar a usar no dia seguinte, por exemplo?

Outra coisa: de posse dele, basta embarcar nos trens na classe comprada? Ou tem que fazer mais alguma coisa?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! Você vai validar o passe no momento do primeiro uso, e nada mais há de ser feito. Veja aqui: http://swissbr.mytraintravel.com/pass/swiss-pass-527

Flavia
FlaviaPermalink

Olá! Parabéns pelas informações, todas muito úteis!
Estou com uma dúvida quanto aos passes avulsos (ex.: Lucerna para Zurique), também poderá ser usado o mesmo ticket para o transporte público urbano?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavia! Você pode comprar passagens avulsas com direito a uso do transporte público no destino. Mas é preciso escolher essa tarifa específica na hora da compra. A tarifa regular dá direito apenas ao trecho do trem.

Sandra Navigle
Sandra NaviglePermalink

Olá pessoal da Bóia, obrigada pelas dicas anteriores.
Estaremos, eu e o marido, em Zurique apenas por 02 dias, chegaremos 10/07 às 11:00hrs da manhã e partiremos para Milão em 12/07 às 12:30 hrs.
Minha idéia é de conhecer bem a cidade, caminhar pelas ruas, centro histórico antigo, tudo no dia 10 mesmo, não podemos perder tempo, mas ficar sem compromisso fixo.
Depois penso em irmos para Berna num bate e volta dia 11/07, voltando ainda de dia para dar uma volta em Zurique à noite(despedida).
Acha isso muito puxado?
Devo comprar o passe para Berna com os 14 dias de antecedência para fazer jus ao desconto de 50%?
Entrei no site da SBB e vi que tenho que comprar ida e volta em separado, é isso mesmo?
Não dá pra comprar passe ida e volta na mesma transação?

No aguardo e desde já muito obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Sandra! Uma dobradinha Lucerna e Berna seria mais interessante do que Zurique e Berna, mas pelo seu relato entendo que você já deva estar com essa parte resolvida.

Você pode ir para Berna como bate-volta, sim. Para comprar a passagem ida e volta, coloque o nome das cidades na busca e, na tela de resultados, clique em "Outward and return journey". Sempre vale a pena tentar um descontinho smile

Walter Júnior
Walter JúniorPermalink

Olá!
Parabéns pelas dicas, são sensacionais! Mas fiquei com uma dúvida: além do valor do swiss pass de 4 dias, eu preciso pagar mais algum valor se optar por fazer o trem panorâmico? O swiss pass não da direito aos trens panorâmicos ? Por favor como funciona?
Aproveitando, qual é o melhor passeio de trem panorâmico ? Seria o Junfraujoch/Top of Europe mesmo? ou tento mais um dia disponível haveria um outro para fazer?
Atenciosamente.
Abç

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Walter! O que você vai precisar pagar, mesmo com o Swiss Pass, é a reserva de assento. Se quiser economizar, alguns trens convencionais fazem o mesmo trajeto sem cobrar a reserva.

Veja os posts sobre os trens panorâmicos e escolha qual se encaixa melhor no seu roteiro:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/zermatt-a-st-moritz-no-glacier-express-o-mais-famoso-trem-suico/
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/suica-de-trem-de-st-moritz-a-lugano-no-bernina-express/
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/wilhelm-tell-express/
https://www.viajenaviagem.com/2011/09/golden-pass-line-parte-1-de-montreux-a-interlaken/
https://www.viajenaviagem.com/2011/09/de-interlaken-ao-top-of-europe-pela-jungfraubahn/

duane
duanePermalink

ola boia, vou a suiça em setembro, pretendo ficar uma noite em montreux para no dia seguinte ir a martigny pegar o mont blanc express para chamonix. pq nao e tao dificil saber detalhes desse roteiro que e dito como belissimo, o ricardo ja fez este trajeto(descupas estou com problemas em meu teclado)
obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Duane! O Ricardo Freire não fez este percurso. Note que a estrada de ferro está em obras e dois trechos entre Martigny e Chamonix são feitos de ônibus.

duane
duanePermalink

obrigada boia, sera que em setembro este trecho ainda estara em obras

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Duane! A data do final da obra estava marcada para março deste ano. Mas, como toda obra, está atrasada e no momento não tem data prevista para reabertura.

duane
duanePermalink

Boia,obrigada pela dica!
Espero que esteja pronta, e eu consiga fazer a rota no Mont blanc express para depois contar aqui! olha so, tenho uma duvida,vamos dormir uma noite em Montreux,porem por ser um lugar caro vamos ficar num hostel que achei um tanto longe da estação, saberias me dizer se e possível deixar as malas nos lockers durante toda noite? pois na manha seguinte eu embarcaria novamente, neste caso tens ideia de valores? tentei achar algo sobre isso mas não consegui.ha,outra coisa,na suíça eles aceitam euros ou apenas a moeda local?
obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Duane! Na Suíça podem aceitar euros, mas não conte com isso o tempo todo. Saque em francos suíços no caixa eletrônico ou use cartão de crédito ou faça câmbio na casa de câmbio.

O locker grande custa 9 francos suíços por dia. O locker pequeno, 6 francos suíços por dia.

vicente
vicentePermalink

Estaremos em Milão indo para Paris em 008-09/09/2014 e gostaríamos de dar uma corrida pela Suiça de 02/03 dias.
A ideía inicial seria Milão-Zurique-Paris...
Pode dar uma idéia de roteiro ideal para estes destinos-dias??
Muito obrigado,
abs

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vicente! Fique em Milão 3 dias e em Paris no mínimo 5 (idealmente 7 dias).

Marcos
MarcosPermalink

Olá!

Estou em dúvida sobre a validade do Swiss Pass. Irei fazer a rota de Zurique à Milão de trem e para maximizar o uso do Swiss Pass, minha intenção é usá-lo até a ultima cidade antes da fronteira com a Itália (Chiasso), comprando apenas o trecho internacional entre Chiasso e Milano Centrale pelo site da Trenitalia, o que faz a viagem ficar extremamente mais barata. Em termos de comodidade, seria muito melhor eu pegar o EC 315 (Euro City), pois eu nem trocaria de trem. Já estaria a bordo do mesmo trem que segue até Milão e só apresentaria o ticket do trecho complementar, porém estou em dúvida se o Swiss Pass vale para o trecho entre Zurique e Chiasso, pois trata-se de um trem internacional, ligando os dois países. Vocês poderiam me dizer se nesta condição eu poderia usar o Swiss Pass?
Caso não seja possível, só me resta a opção de usar um IR (InterRegio), correto?
Outra questão: será que é interessante fazer reservas de assentos nestes trens, já que o Swiss Pass será utilizado?

Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcos! Se você tiver uma passagem válida da Trenitalia a partir de Chiasso, é só mostrar para o fiscal quando aparecer.

fabiola
fabiolaPermalink

Olá, estou tentando comprar Berna-Estrasburgo pela Sbb para o mês de setembro, mas quando vou finalizar a compra aparece a mensagem "it was not possible to make a reservation for the route from Basel SBB Gleise 30-35 to Strasbourg Ville. Train temporarily blocked". Será que é algum tipo de obra na ferrovia? Caso seja isso, qual seria outra opção para fazer este trecho? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fabiola! Pode ser que os assentos ainda não estejam à venda. Teste para uma data mais próxima.

ROBERTO
ROBERTOPermalink

Tenho algumas dúvidas que não consegui resolver com os comentários:
Vamos usar trem de Zurich/Interlaken (e Jungfrau), de Interlaken/ Lugano e de Lugano para Como.
Com o Swiss Pass é só entrar nos trens nos horários escolhidos, sem qualquer necessidade de passar em guichês para marcar assentos ou validar? É o fiscal que valida a primeira viagem onde começa a valer o passe?
E de Lugano a Como, posso ainda usar o passe?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Roberto! É você que marca o início do passe. Só é necessária a reserva em vagões panorâmicos de trens que estão explicados no texto.

Por favor releia a parte do Swiss Pass. Não há o que escrever a mais do que já está escrito.

Fabiola
FabiolaPermalink

Ola Ricardo,
Vamos ficar 14 dias na Europa, 7 dias na suíça e os outros na áustria e Itália. Pretendo fazer o passeio a Jungfrau em Interlaken, o trem chocolate e uma viagem no trem panorâmico na suíça. Se comprarmos o euro pass ao invés do swiss pass teremos desconto nesses passeios? Qual a diferença?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fabiola! Quem responde é A Bóia. O Eurail é um mau negócio. Os únicos passes que recomendamos são o Swiss Pass e o German Pass.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-trem-na-europa/

maria de matos
maria de matosPermalink

Acompanha suas dicas e me orientam em minhas viagens. Agora vamos a Berlim, mas depois teremos 6 dias para passear. Poderia me ajudar a um roteiro simpático em que fiquemos em um único hotel como base e quais os passeio mais interessantes partindo deste lugar? Pensamos inicialmente ficar em Genebra, pois acho Zurique meio monótona.
Grata,
Maria de Matos

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Use o guia acima para montar o seu roteiro. Clicando nos links indicados, você conhece mais sobre cada cidade.

Leia sobre Genebra aqui: https://www.viajenaviagem.com/2013/08/comparacao-montreux-lausanne-genebra/

maria de matos
maria de matosPermalink

Complementando minha solicitação, quais os melhores lugares para conhecer tipo bate-volta sediado em Genebra?

Grata,
Maria de Matos

maria de matos
maria de matosPermalink

Ricardo, poderia me orientar como ir de Berlim a Genebra de trem? E quanto tempo de viagem?
Grata,
Maria

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Ir de trem não é recomendado. São 10 horas de viagem e muitas baldeações. Prefira ir de avião.

Rosana Versetti
Rosana VersettiPermalink

Eu e meu marido estamos planejando uma viagem para a Suíça em dezembro, saindo dia 25, com chegada dia 26, e retornando dia 17. Você poderia, por gentileza nos dar as coordenadas de um roteiro bacana. Adoramos viagem de trem, e vamos chegar pelo aeroporto de Zurich. Obrigada desde já.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rosana! Não fazemos roteiros personalizados. Você encontra dicas da Suíça aqui: https://www.viajenaviagem.com/destino/suica

Cícero Máximo
Cícero MáximoPermalink

Olá,

Estou montando um roteiro de férias na Suíça mas ainda há algumas dúvidas. Daí gostaria de saber se vocês poderiam, por favor, dar uma luz.
O roteiro está assim:
Dia 1- Chegada no aeroporto de Genebra. Hospedagem em Genebra mesmo.
Dia 2- Bate e volta até Lausanne
Dia 3-Trem do chocolate
Dia 4-Ida para Lucerna (nova base) fazendo Pit Stop em Zermatt
Dia 5- Passear em Lucerna
Dia 6- Bate e volta a Zurich
Dia 7- Bate e volta a Berna
Dia 8- Ida para Munique logo pela manhã

Estou com medo que tenha ficado uma coisa meio corrida, ou esteja deixando passar algo de muito importante. O que vocês acham do roteiro? Sobre o Top of Europe, estou muito na dúvida, se valeria mais a pena fazê-lo ou ir à Zermatt mesmo.
Desde já agradeço a ajuda.
Abs,
Cícero

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cicero! Por favor, leia o post com as nossas sugestões de roteros e leia os posts das cidades. Há vários inconvenientes e impossibilidades no seu roteiro. Por favor use ou adapte um dos roteiros que estão pré-resolvidos para os leitores. Obrigada.

Cezar Ferreira
Cezar FerreiraPermalink

Vamos usar o carnaval de 2015 para partindo de Milão chegar à França via Estrasburgo. Dentre os roteiros sugeridos, "Lugano + Bernina Express + Liechtenstein + Berna + Lucerna" estendido para até 5 dias, seria espetacular! Que adaptações seriam necessárias por conta da época da viagem?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cezar! Você pode trocar a base de Lucerna por Basiléia (Basel), de onde dá para fazer o bate-volta a Berna e já está perto de Strasbourg.

Tatiana
TatianaPermalink

Olá Boia,

Saindo de Montreux e querendo passar alguns dias tanto em Zermatt como Interlaken (seguindo viagem depois a partir de Interlaken), o que vale mais a pena em termos de duração da viagem e paisagem do trajeto:

1) Montreux > Zermatt > Interlaken ... (como se fosse uma extensão do roteiro de 5 dias acima Montreux... + trecho da Golden Pass Line + Zermatt)

2) Montreux > Interlaken > Zermatt > Interlaken ... (como se fosse um pit stop de 2 dias em Zermatt, mas terei que voltar para Interlaken de qualquer jeito)

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tatiana! A opção 1 é evidentemente mais fluida.

Julio Matteo
Julio MatteoPermalink

Boa noite!
Tudo bem?
Vou ficar em Genebra 7 dias. Dos 7, 3 vou assistir a Copa Davis no Palexpo.
creio que para viajar mesmo apenas 3 dias.
Gostaria muito de conhecer o roteiro :
-Jungfraujoch/Top of Europe
- Lindt em Zurique
- Basiléia
- Glacier Paradise
- e se possível Lucerna

Você acha possível? estarei hospedado do lado do aeroporto de Genebra.
O Swiss Pass vale a pena para mim?

Muito obrigado por essa ajuda preciosa.

Um abraço.

Julio Matteo

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Julio! No post de Genebra você encontra a duração de todas as viagens. Zermatt está muito longe de Genebra para um bate-volta.

https://www.viajenaviagem.com/2013/08/comparacao-montreux-lausanne-genebra

Para saber se o Swiss Pass vale a pena não há outra maneira senão somar os preços de todos os trechos que você quer fazer. Infelizmente não temos como fazer isso por você, por favor use as informações que estão organizadas neste post.

Alexandre
AlexandrePermalink

Muito bom o post. Estou pensando em fazer um roteiro de 7 ou 8 dias. Como só posso viajar em janeiro minha dúvida e se e possível fazê-los no inverno.
Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alexandre! As únicas diferenças serão o frio mais intenso e os dias mais curtos.

vania
vaniaPermalink

Ola, Irei para Suíça em final de outubro, montei minha viagem com suas excelentes dicas, foram maravilhosas!!! Mas ficou uma duvida quanto a passagem de trem não irei comprar o Swiss Pass, pois no meu caso não vale a pena, vou fazer o Golden pass Line: Lucerna X Interlaken Ost, depois Interlaken ost x Montreaux, minha duvida é quanto a compra vi no site da Golden Pass Line o valor de 8CHF mas no RailEurope 88E. A duvida comprando no site do Golden estaria escolhendo somente o lugar, por isso é este valor de 8CHF, teria que comprar também no RailEurope? Ou somente no site do Golden Pass Line, seria só os 8CHf mesmo? obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vania! Se for comprar avulso, compre em http://www.sbb.ch/en. No site do Golden Pass só vendem a reserva de assento.

Cristiane
CristianePermalink

Olá,

Estou com uma dúvida sobre o swiss pass. Se eu tiver um, não pago nada nas passagens de trem de zurich-interlaken ou zurich-lucerna? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cristiane! Não, não paga. Para saber se o passe vale a pena no seu caso, liste todos os trechos que percorreria e some o preço das passagens avulsas.

Ricardo
RicardoPermalink

Parabéns pelas dicas. Excelente!! Obrigado
Só queria uma sugestão.
Viajarei em janeiro de Innsbruck até Genebra, que é uma viagem longa de trem, mas gostaria de aproveitar esta viagem para ver, ou dar umas paradas em alguns locais muito interessantes para nós que estamos indo a Suiça pela 1a vez.
Estando em Genebra ja peguei suas dicas para fazer algum bate-volta
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ricardo! É uma viagem bastante longa, leva entre 7 horas e meia e 8 horas, com baldeação em Zurique. Você pode descer em Zurique ou Berna, mas não terá muito tempo para visitar não.

Raquel
RaquelPermalink

Olá, já sei que o Swiss Pass no meu caso não resolve, onde devo comprar pela internet as passagens do Glacier Express?? Já comprei as reservas, mas no site do Glacier eu não estou conseguindo comprá-las.
No trecho Zermatt/ St. Moritz partiremos e chegaremos em qual estação?
Obrigadão

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Raquel! Os sites dos panorâmicos só vendem as reservas. A passagem você precisa comprar em http://www.sbb.ch/en . Pode comprar na hora também, o valor não varia.

Adriana Loiola
Adriana LoiolaPermalink

Bom dia. Muito bom esse site, mas ainda tenho algumas dúvidas. Estamos pensando em fazer Suíça e Norte da Itália de 2/11 a 15/11, mas estou em dúvida se essa seria a melhor época. Chove muito?! Outra coisa que percebi eh que muitos hoteis em St. Moritz estão indisponíveis, não sei estão lotados ou se não abrem essa época, poderia me dizer?! E sobre o glacier express, pelo o que vi em um de seus comentários ele não funciona nessa época?! Atenciosamente, Adriana

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Adriana! Conte com frio e chuvisqueiro. Os hotéis de St. Moritz podem estar na entressafra entre a temporada de verão e o inicio da temporada de esqui.

Emilly
EmillyPermalink

Olá, Ricardo!!!

Estarei em Zurique em 12.02.14 e tenho que chegar a Milão em 14.02.14. Gostaria de dicas sobre o que fazer nesses 2 dias na Suíça. Eu gostaria de conhecer Liechtenstein e andar num trem panorâmico. Qual o melhor roteiro?
Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Emily! Quem responde é A Bóia. Os trens panorâmicos que cruzam a Suíça em direção à Itália são o Bernina Express e o Wilhelm Tell Express. Clique nos links.

Claudio Silva
Claudio SilvaPermalink

Olá,
Estou montando uma viagem para outubro, a partir de Berlim. Depois de uns 4 dias em Berlim, a ideia é descer de trem até a Suiça. Fazer passeios de trem lá, por ficando uns 2/3 dias, e depois descer para Paris. Qual melhor itinerário na suiça. Por qual cidade devo Chegar ( via Berlim ) , e que cidades devo montar bases ? Quais passeios vocês indicariam ? De qual cidade devo seguir a viagem até Paris ?
Grato e parabéns pelo site.
Claudio

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Claudio! Na Suíça tudo é perto. Dependendo da base que você escolher, você terá meia hora, 45 minutos de trem a mais para chegar a Paris. Escolha um dos itinerários de 3 dias que estão no post, eles estão aí é para serem seguidos.

Não sabemos quanto tempo você terá entre Berlim e Zurique, mas pelas suas permanências curtas não deve ser muito tempo. Considere voar de Berlim a Zurique e aumentar sua permanência na Suíça.

Priscilla
PriscillaPermalink

Olá,

pode ser que minha pergunta já esteja respondida, mas procurei por aqui e pelo google e não encontrei. Em qual site compro os ingressos para o circuito do Classic Rigi?

Obrigada,

Luis
LuisPermalink

Olá Bóia, agradeço a sua ajuda

Vou visitar a Suiça em Dezembro.
Chego a Genebra às 12h de uma 2ª feira e regresso na 6ª feira seguinte pelas 16,30 saindo também de Genebra.

Gostava visitar Genebra, Lausanne, Montreux, Gruyére, Berna e Interlaken visitando uma estância de ski por poucas horas.
Gostava ainda de ir ao Mercado de Natal. Que tal o de Montreux?

Acha possível?

Em que cidades me aconselha a dormir?

Será que por ser inverno consigo ter uma boa visita?

Fico a aguardar a sua ajuda que desde já agradeço.

Obrigado
Luis

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Luis! Infelizmemte não temos como fazer roteiros individuais. Este post tem 30 roteiros para você se basear. Clique nos posts das cidades para mais detalhes sobre elas.

Montreux e Berna têm mercados natalinos entre os mais famosos da Suíça.

Márcia
MárciaPermalink

Olá Ricardo,
Gostaria de saber qual é o passeio de 7 dias que você gostou mais. Vou para lá em Outubro e estou com dúvidas visto que nunca fui para lá.

Obrigada,
Márcia

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Márcia! O Ricardo Freire não fez nenhum desses roteiros. Em duas semanas, ele fez todos os trens panorâmicos e passou pela maioria das cidades citadas. Os roteiros refletem como ele combinaria essas cidades e trens, depois de ter visto como são e a experiência que oferecem.

Alexandre
AlexandrePermalink

Olá. Vou viajar com minha filha de 15 anos e pretendo usar o SwissPass. Minha dúvida e se no caso de complementação em trens panorâmicos eu posso pagar só a complementação para ela da mesma forma que para mim? E no caso dos descontos como o do circuito Wengen-Kleine Scheidegg-Top of Europe-Kleine Scheidegg-Grindenwald ela também tem direito por estar acompanhada por mim? Muito Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Alexandre! Sim para todas as perguntas smile

JACQUELINE F DUNAISKI
JACQUELINE F DUNAISKIPermalink

Olá,
Tenho vontade de andar de sky durante o inverso na Suíça, mas quanto mais eu leio sobre o pais, mas confusa eu fico.
Agora em 20 de dezembro, estarei chegando a Suíça, vindo de Paris e depois seguirei a Roma. Seremos 4: eu, meu.marido e dois filhos de 11 e 15 anos.
Qual a cidade mais aconselhado para 4 dias em um único local onde faremos tudo, sem ficar nesta loucura de itinerários.
A intenção é participar de uma escola de ski, andar de teleférico, curtir a cidade e paisagem.
Grata
, andando de teleférico, participando de uma escola de sky conhecendo uma cidade bem típica.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jacqueline! Sky é céu; o esporte é esqui (em inglês, ski).

Interlaken ou Zermatt são cidades que se prestam ao que você quer.

Rita
RitaPermalink

Acabei de voltar de um passeio de 6 dias de trem pela Suiça. E gostaria de deixar alguns comentários sobre o que encontrei.
Comprei o Eurail Pass e não o passe suiço porque eu vinha da Alemanha. Ele é mais barato mas... tive algumas surpresas.
De Zurich a Genebra nenhum problema. Quando fui de Genebra a Zermatt é que fui surpreendida pelo fato do passe não ser válido neste trecho (e nem no trecho até Goschenen)
Zermatt é a coisa mais linda que já vi. Encantadora! Subimos no Gonergrat e também no Matterhorn, passeios imperdíveis e... caros! Aliás a Suiça toda é muito cara.
Voltando aos passes, nenhum desses passeios teve desconto.
Acontece que eu queria, de qualquer jeito, pegar o Willian Tell e para isso teria de andar na linha do Glacier, fora do passe. Foram mais 114 francos suíços (com desconto de 25%), mas não paguei a reserva de assento no trem especial. E quer saber? Funcionou. Peguei o 226 até Visp e depois o 534 para Goschenen num vagão comum. O trecho até Visp é panorâmico sempre e depois outro vagão tinha boa visibilidade.
Em Goschenen, uma estação bem pequena, esperei o 2178, o W. Tell, mas me decepcionei. Queria muito ver a igrejinha e ela se mostrou distante, pequena, muito embora tenha mesmo aparecido 3 vezes em posições diferentes. Não sei se valeu o esforço.
Além disso perdi muito tempo em SPaulo na operadora da SBB aqui, em Zurich e na estação de Zermatt tentando fazer as reserva no W. Tell e não consegui. Daí ter usado trem comum e confesso que não sei se seria diferente.
Aliás, em nenhum momento eu me deparei com assentos reservados, nunca. Nem no trem para Zurich que estava lotadíssimo.
Sabe do que eu gostei? Do passeio ao castelo de Chillon. O barco saia de Montreux, uma cidade à beira do lago, bonitinha, era domingo, tinha uma feira em volta da orla. Esse passeio podia ser feito com o passe.
Bem, espero que esses comentários ajudem quando forem elaborar o roteiro de vocês.
Um abraço,
Rita

Guilherme
GuilhermePermalink

Boa tarde.
Ficarei na Suíça por 7 dias e após ler vários posts no site sobre a Suíça, tentei esboçar um roteiro e gostaria da ajuda de vocês pra saber se eh viável ou não e sugestões.
Lugano; Lucerna-Berna; Interlaken; Zermatt, Chur-Vaduz, não posso deixar de fora um passeio com Trem Panoramico...soh não sei qual eh mais bacana...
Como estarei em Milão, acredito que na ida ou volta da Suíça terei que dormir em Lugano.
Nessas cidades que pretendo ir, qual a melhor forma de organizar a sequencia entre elas ? Pra ser sincero, estou um pouco perdido...Aceito sugestões para substituir cidades, etc...
Obrigado, Guilherme.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Guilherme! Os roteiros estão listados, por favor escolha um e faça suas adaptações. Não podemos trabalhar em roteiros personalizados, obrigada.

Rita
RitaPermalink

Guilherme,
este foi meu erro, tentar fazer dois panorâmicos (Glacier e W.Tell)
Se você sai da Itália, melhor fazer o W. Tell. Apesar de eu ter amado Zermatt eu esqueceria essa cidade no seu roteiro, ficaria só na região de Interlaken, que sei que dá para ver muita coisa bonita.
Andar de trem, pelo trem, depois que viu um, viu todos. Eu também achava que cada percurso seria ímpar, mas não é bem assim.
Montanha e lago, como disse o Ricardo, é suficiente.
Espero ter ajudado.
Abraços, Rita

Grazi
GraziPermalink

Boia,

Estou com uma duvida no meu roteiro e gostaria do seu pitaco rss...
É recomendável fazer a base em Interlaken para fazer o Top of Europe + Lucerna + Bern? Pensei em 3 dias (chego dia 06 a noite e parto dia 10 cedo). Vale a pena um dia para Lucerna e um para Bern ou é melhor fazer o pit-stop q vc mencionou (meio dia em lucerna e meio em berna)?
Ah, estarei por la início de dezembro.
Mto obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grazi! Temos roteiros prontos com Interlaken, Top of Europe, Lucerna e Berna no post acima, com opção de 3 ou 4 dias. Dê uma olhada!

Joni
JoniPermalink

Ola pessoal.
Gostaria de saber se e' tranquilo passar o natal e ano novo na suica, em relacao ao frio. E' um frio suportavel? Da para aproveitar as cidades, rotas panoramicas e picos nevados?
Grato e parabens pelo blog

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Joni! Os dias serão mais curtos e pode haver mais dias enevoados. Até o dia 23 de dezembro haverá lindas feiras natalinas nas cidades maiores.

Quanto ao frio, leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado

Rodrigo Fontan
Rodrigo FontanPermalink

Olá,
Chego na Suiça vindo de Milão no dia 02 de Novembro e fico lá por 12 dias com minha esposa. Teremos que voltar também por Milão. Somos um casal jovem e queremos ficar uma semana viajando num esquema romântico vislumbrando lindas paisagens para terminarmos nossa viagem esquiando por 4 dias em Zermatt. Minha dúvida é nesta semana. Devido às inúmeras opções, estou até um pouco confuso. Gostaria de saber de você qual a melhor opção para esta semana romântica passeando de trem com o swiss pass. Geneve e arredores/ Berna e arredores ou Zurich e arredores? Detalhe importante, gostaria de uma opção em que não houvesse tanto deslocamento para curtir bem os lugares tornando a estadia memorável (mesmo que por apenas uma semana...rs)
Desde já agradeço

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Use as dicas do post acima wink

Grasiela
GrasielaPermalink

Ola, muito bom esse resumo da suica! Gostaria por favor de uma dica, estarei em Paris ate dia 30 ou 31/10 com minha mae e filha de 2 anos e vamos para Italia mas gostaria de parar na suica so para um passeio de trem panoramico, como o Gacier pr ex e gostaria mt de passar por Interlaken, qual seria o roteiro mais curto para fazer essas duas coisas e depois ir para Veneza? A duvida 'e se voamos de Paris para algum lugar da suica para ir p Interlaken e depois como fazemos para o passeio de trem panoramico. Gostariamos de dormir so 1 ou 2 noites maximo na suica para depois ir para Italia. Obrigada

Grasiela
GrasielaPermalink

Ah esqueci de falar no meu post anterior que o objetivo da viagem nao 'e esquiar, so aproveitar a paisagem, entao nao iremos tb ao Top of Europe ja que com crianca de 2 anos nao vai ser uma boa opcao. O que eu faco entao, saio de Paris voo direto para algum lugar da suica para o um trem panoramico e depois ir para Italia ou saio de Paris voo direto para veneza e depois vou para Suica?Nao consigo reservar nada na Italia ainda por causa dessa duvida e meus dias estao contados...Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grasiela! Se você não vai fazer o Top of Europe, então não faz sentido ir a Interlaken. Vá de trem a Lucerna, atravesse de Lucerna a Milão pelo Wilhlem Tell Express e de Milão siga a Veneza.

Grasiela
GrasielaPermalink

Ola Ricardo, como vc disse no seu post que o Wihlem Tell Express nao ;'e a rota panoramica mais espetacular e q o Bernina 'e mais bonito, prefiro fazer algo q realmente tire o folego, mas li no site oficial dele q o onibus que levaria de Tirano a Lugano so funciona de 29.03.2014 - 26.10.2014 o que dificultaria a voltar para Italia e ir para Cinque Terre...o que voce acha? Me recomendaria outro passeio espetacular? Estou pensando em pegar um voo saindo de Veneza para algum lugar da Suica. Recomendacoes pleaseeee!!! smile

Grasiela
GrasielaPermalink

Ou um voo saindo de Paris, ja que a resrva em Veneza ainda nao esta paga...help please

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grasiela! Quem responde é a Bóia. Por favor siga a dica da ultima resposta. Obrigada.

Grasiela
GrasielaPermalink

Mas como eu disse parte do Bernina experss tour nao funciona na datas que vamos, gostaria de outra indicacao haja vista todas as condicoes citadas anteriormente. Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grasiela! A indicação está na resposta anterior.

Joni
JoniPermalink

Ola pessoal
Estou pesquisando, aqui e em outros lugares, e gostaria de saber se os trens Bernina Express e Glacier Express funcionam em dezembro? Dias 24, 25 e 30, 31 e 01 de janeiro??
Essas rotas funcionam direto?
Se puderem me ajudar agradeço
Abraço

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Joni! Aparentemente o Glacier Express opera todos os dias do ano (menos entre 27 de outubro e 14 de janeiro)

http://www.glacierexpress.ch/EN/timetable_tickets/Timetable/summer/Pages/default.aspx

http://www.glacierexpress.ch/EN/timetable_tickets/Timetable/winter/Pages/default.aspx

Pelo que encontramos aqui, o Bernina Express tem freqüências reduzidas entre 21 de dezembro e 5 de janeiro, mas funciona -- procure pelo número (2)
http://www.railplus.com.au/europe-by-rail/swiss-scenic-trains/bernina-express/factsheet.htm

Taynah
TaynahPermalink

Boa tarde,MUITO bom seu post...consegui montar um roteiro,gostaria de saber sua opiniao.Chego em Genebra dia 24 de dezembro de manha.Estava pensando em dormir em genebra,sair dia 25 para Lucerna,dia 26 ir para interlaken com pit stop em berna,passear em interlaken dia 27 e dia 28 ir para zurich,pois meu voo sairá de la dia 29 13:00.Comprarei o swiss pass 4 dias. Muito obrigada pela atencao.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Taynah! Não é preciso dormir em Zurique só porque você vai pegar o vôo lá. Passe em Berna no caminho entre Genebra e Lucerna, vá a Interlaken num outro dia sem pernoite. Você pode fazer check-in do seu vôo na estação ferroviária de Lucerna, despachando as malas de lá.