Suíça de trem: 30 roteiros prontos, de 2 a 8 dias

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Glacier Express

Glacier Express

Sou apaixonado por viagens de trem na Europa. Não canso de repetir que o trem é o mais europeu dos meios de transporte. Em trajetos curtos ou panorâmicos, os trilhos são insuperáveis. E se existe um lugar na Europa que foi inventado para ser explorado de trem, esse lugar é a Suíça.

As curtas distâncias entre as maiores cidades permitem bate-voltas confortáveis -- você gasta muito menos tempo dentro do trem para ir e voltar entre Lucerna e Berna ou Genebra e Montreux do que passaria de pé ao longo de um dia em filas na Disney.

Os trens que andam pelas rotas panorâmicas são suficientemente lentos para que se aprecie a paisagem (coisa que não dá mais para fazer nos TGV, Thalys, Frecce e AVEs, em que o trajeto é um borrão permanente na janela).

Sem o stress de dirigir em estradas que você não conhece (com uma sinalização que você não domina totalmente), sem precisar procurar lugar para estacionar nas cidades, sem enfrentar os anéis viários para entrar e sair das cidades grandes, sem brigar com o GPS, sem se preocupar com reabastecimento, você faz sua viagem render muito mais, com muito menos esforço físico e emocional.

O trem permite que você crie itinerários intensos, em que o deslocamento não faz você perder o dia – porque ou é curto (e indolor) ou é lindo (o percurso se torna o próprio destino).

Trem convencional

Trem regional em Visp

Como montar seu itinerário de trem pela Suíça

Quanto mais você lê sobre a Suíça, mais lugares quer visitar. É inevitável: tudo parece tão lindo, tão civilizado e ao mesmo tempo tão pitoresco, que é difícil escolher. O problema é que a Suíça inteira não cabe nem no tempo nem no orçamento que costumamos ter para viajar.

Mas não desanime. Eu tenho uma fórmula® que permite que qualquer pessoa crie um itinerário produtivo na Suíça.

Golden Pass Line

Golden Pass Line

A fórmula para o perfeito itinerário suíço

Swiss Travel Pass: vale a pena?

O Swiss Travel Pass é um passe de transporte super-abrangente. É válido nos trens, ônibus, barcos e no transporte público urbano. Durante a validade do passe, você pode embarcar em praticamente qualquer trem, sem necessidade de reserva (os trens suíços carregam passageiros de pé). A exceção são os vagões especiais de trens panorâmicos (Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line, Wilhelm Tell Express), que exigem reserva e pagamento de sobretaxa (ainda assim, portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto).

O Swiss Pass tem algumas características únicas:

  • Vale nos barcos que cruzam os lagos Léman (ligando Montreux, Vevey, Lausanne, Genebra e a francesa Evian), Lucerna (levando a cidadezinhas pitorescas e ao monte Rigi), Brienz e Thun (ambos em Interlaken). Dá para fazer de barco trechos que você faria de trem, sem pagar a diferença.
  • Vale no transporte público de todas as cidades suíças (você não precisa se entender com passes diários ou com passagens avulsas de bonde ou ônibus).
  • Vale em trens de montanha que levem a vilarejos.
  • Filhos entre 6 e 15 anos viajam de graça quando acompanhados do pai ou da mãe portando Swiss Travel Pass válido. Para isso, basta requerer um Family Card ao fazer o passe. (Crianças até 5 anos não pagam passagem em nenhum transporte público suíço).
  • Dá 50% de desconto em trens de montanha e teleféricos que levem a estações de ski ou mirantes alpinos.
  • Dá 50% de desconto em passeios de barco no lago de Lugano.
  • Dá 50% de desconto nos vagões panorâmicos de Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line e Wilhelm Tell Express.
  • Dá 25% de desconto no trecho final da Jungfraubahn, em Interlaken.
  • - Vem com o Swiss Museum Pass, que proporciona entrada gratuita em 470 museus na Suíça (veja a lista aqui).
  • - Pode ser comprado até depois de chegar à Suíça, sem acréscimo. Basta ir a uma estação de trem munido do passaporte.

Depois de uma reformulação no início de 2015 (quando deixou de ser Swiss Pass e ganhou a nova denominação Swiss Travel Pass), o passe perdeu a versão "saver", disponível para passageiros que viajassem sempre juntos. Agora os passes são exclusivamente individuais. E continuam disponíveis nas modalidades dias consecutivos (3, 4, 8 e 15 dias contínuos) e flex (3, 4, 8 ou 15 dias contínuos ou alternados num intervalo de 30 dias).

Pais viajando com filhos de 5 a 15 anos podem pedir o Family Card, que dá direito a que as crianças viagem de graça com o adulto portador do Swiss Travel Pass. Crianças menores de 5 anos não pagam.

Os passes têm versões na 1ª e na 2ª classe. A 2ª classe é perfeitamente viável; transcrevo seus preços aqui. (Para ver os preços da 1ª classe, clique aqui e aqui.)

Dias corridos

  • 3 dias corridos : CHF 210 (média diária: CHF 70)
  • 3 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 179 (média diária: CHF 60)
  • 4 dias corridos : CHF 251 (média diária: CHF 62)
  • 4 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 213 (média diária: CHF 45)
  • 8 dias corridos: CHF 363 (média diária: CHF 49)
  • 8 dias corridos youth (16-26 anos): CHF 309 (média diária: CHF 38)

Dias avulsos (flex)

  • 3 dias avulsos: CHF 239 (média diária: CHF 80)
  • 3 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 203 (média diária: CHF 68)
  • 4 dias avulsos: CHF 286 (média diária: CHF 71)
  • 4 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 243 (média diária: CHF 61)
  • 8 dias avulsos: CHF 407 (média diária: CHF 51)
  • 8 dias avulsos youth (16-26 anos): CHF 346 (média diária: CHF 43)

Para quem vai ficar pelo menos 4 ou 5 dias no país e pretende fazer bate-voltas e rotas panorâmicas, e não tem paciência para mergulhar em pesquisas e cálculos, o passe vale a pena.

Se você ficar apenas no miolo Lucerna-Berna-Interlaken-Montreux, o passe só vale a pena se você fizer dois ou três passeios caros às montanhas.

Swiss Travel Pass x tarifas SuperSaver

Se você quer se certificar na ponta do lápis se o passe é um bom negócio para a sua viagem, só há um jeito: descobrir quanto custaria o seu itinerário sem o passe.

Até 2012, essa era uma operação simples, porque as tarifas de trem na Suíça eram fixas. Mas desde 2013 a Suíça tem tarifas descontadas. São as SuperSaver, que oferecem até 50% de desconto sobre a tarifa cheia. Essas passagens podem ser compradas online a partir de 30 dias de antecedência nesta página.

Supersaver

supersaver

SuperSaver

(Pegadinha: para carregar os preços descontados, você tem que selecionar "No reduction". Não me pergunte por quê.)

Ao contrário das passagens em tarifa cheia, que valem em qualquer trem da rota comprada no dia de validade, as passagens em tarifa SuperSaver valem apenas para o trem específico do horário escolhido. Isso complica bastante as operações de pit-stop e bate-volta, já que você tem que prever com exatidão quanto tempo quer passar nos destinos visitados nesse esquema. (Já com o Swiss Travel Pass, ou com passagens em tarifa cheia, se você se atrasa para pegar o trem de volta -- por exemplo -- de Interlaken a Lucerna no horário que tinha previsto, pode pegar o próximo sem problema. A Suíça tem um trem por hora entre seus principais destinos.)

A não ser que você seja muito metódico e experiente, acredito que viajar com o passe vai ser mais eficiente e tranqüilo do que com passagens avulsas, que engessam os horários. Mas se no seu orçamento quaisquer 10 francos suíços já fizerem diferença, então atire-se às contas (e calcule os deslocamentos com folga, evitando assim perder trens e tickets não-reembolsáveis).

Onde comprar o Swiss Travel Pass?

Você pode comprar seu Swiss Travel Pass antes de viajar ou depois de chegar à Suíça.

Comprando no site da SBB suíça, você pode imprimir seu passe em casa. As datas de validade virão impressas no passe.

Se comprar no site da Rail Europe (que é em português), vai receber pelo Correio, pagando taxa de 8 euros de taxa de serviço (cobrada por passageiro) e 9,50 de FedEx (cobrada por envio, mesmo que de mais de um passe). Nesse caso, o preenchimento da data de validade do passe é manual, você pode decidir mais tarde. Na minha última simulação, os passes custavam ligeiramente mais em conta na Raileurope (para comparar, faça a conversão de euro para franco suíço no site Oanda), o que compensava as sobretaxas. O maior problema dessa alternativa é ter que depender do Correio brasileiro. Escolha só se você comprar com pelo menos um mês de antecedência.

Dá para comprar depois de chegar na Suíça, nas principais estações de trem (aeroportos, cidades maiores e de fronteira).

Bernina Express

Bernina Express

Exemplos de itinerários pela Suíça

Aí vão algumas sugestões.

Você vai ver que, para fazer o seu tempo render mais, eu incluo bate-voltas e pit-stops em quase todos. Bate-volta é quando você faz um passeio a outra cidade e volta no mesmo dia, poupando o perrengue de viajar com malas e trocar de hotel. Pit-stop é quando você pára para visitar um lugar a caminho do próximo destino (por exemplo: faz check-out no seu hotel em Lucerna e passa das 10h às 16h em Berna, seguindo então a Interlaken, onde está seu próximo hotel).

Na Suíça o pit-stop pode ser feito de duas maneiras: você pode viajar com a sua bagagem e usar o guarda-volumes na estação de parada, ou então pode aproveitar o serviço Fast Baggage: você despacha a mala na estação de partida (até as 9h) e recolhe na estação de destino final, num ponto de retirada específico (mas que só abre até as 18h ou 19h, dependendo da estação). Custa CHF 22 por peça. Veja mais detalhes sobre o Fast Baggage aqui.

Para aproveitar melhor esses dias zanzando pela Suíça, o melhor é chegar ao país depois de já ter se acostumado ao fuso horário europeu. (Se a Suíça for a sua primeira parada, pense numa aclimatação de uns três dias na primeira cidade.) A maior contra-indicação desses itinerários intensos é precisar pegar o primeiro trem do dia no máximo às 9h.

Os trechos marcados em vermelho são de trens panorâmicos ou de montanha.

Se você tem de 2 a 3 dias, recomendo escolher apenas uma base.

A partir de 4 dias, dá para pensar em duas bases. Tendo 5 dias, os mesmos roteiros ficam mais fluidos.

Com 7 a 8 dias já dá para fazer uma volta básica pela Suíça.

Base: Lucerna

Como base ou ponto de partida para explorar a Suíça, Lucerna só tem um defeito: está longe demais de Paris ou Munique (mais de 5 horas de trem, com baldeações). De Strasbourg, porém, está a 2h40 (baldeação na Basiléia). Mas é a melhor escolha se você chega de avião por Zurique: está a apenas 1h de trem da estação do aeroporto.

2 dias | Lucerna + Berna

Lucerna proporciona o melhor resumo da Suíça para apressados. O passeio de dia inteiro mais bacana é o circuito Classic Rigi, que combina travessia de barco do lago com trem e teleférico de montanha ao monte Rigi. Dá para tirar uma manhã ou uma tarde para um bate-volta a Berna.

3 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Passe as três noites em Lucerna. Faça o circuito Classic Rigi, um bate-volta de meio dia Berna e um bate-volta de dia inteiro a Interlaken com direito ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Base: Montreux ou Lausanne

Lausanne está a 3h30 de trem de Paris e a 2h40 de Lyon. Montreux fica 20 minutos adiante. O aeroporto mais próximo é Genebra, a 50 minutos de trem de Lausanne e 1h10 de Montreux.

2 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate

Se a sua preferência for a Suíça francesa, monte base em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril).

3 dias | Montreux + Lausanne + Trem do Chocolate + Berna

Passe as três noites em Montreux ou Lausanne. O passeio de barco (de Lausanne ao Château de Chillon, em Montreux) é um bom tour de meio dia. Como passeio de dia inteiro, pegue o Trem do Chocolate (2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; sem operação de novembro a abril). No terceiro dia, faça um bate-volta a Berna.

Base: Interlaken

Interlaken está a 5h de trem de Paris (e a 2h15 do aeroporto de Zurique). De Munique são 7 horas de trem.

2 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Caso a sua prioridade seja paisagem alpina 24 horas, vá direto a Interlaken, que é o destino de montanha mais fácil de encaixar numa passagem rápida pela Suíça. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia.

3 dias | Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna

Passe as três noites em Interlaken. O circuito Jungfraujoch/Top of Europe requer um dia inteiro. Dá para fazer passeio de barco em meio dia. Num dos dias, faça um bate-volta a Berna.

Base: Zermatt

Zermatt fica a 3h40 de trem de Milão (baldeação em Brig). O aerporto de Zurique está a 3h30 de trem.

3 dias | Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Com 3 dias, Zermatt já vale como alternativa para quem procura a Suíça das montanhas. Conte em perder o primeiro dia no (belo) deslocamento. Nos dias em que ficar na vila, vá num deles ao Gonergrat e em outro ao Glacier Paradise.

Da Itália à Suíça (ou vice-versa)

Se você vai combinar Itália com Suíça, seja num único sentido ou indo e voltando, recomendo que aproveite os dois trens panorâmicos que cruzam a Suiça no eixo norte-sul: o Bernina Express (o mais bonito, na minha opinião) e o Wilhelm Tell Express (o mais completo, porque inclui travessia de lago). Escolha um para ir; e se for voltar, volte pelo outro.

Se não quiser pegar trem panorâmico, existem trens convencionais, mais rápidos, que levam de Milão a Zermatt -- baldeação em Brig -- e a Lucerna, sem passar pelo lago.

2 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna

Se você vai cruzar a Suíça vindo da Itália, esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (mas viajando em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, faça o circuito Classic Rigi. De Lucerna você pode prosseguir à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- aproveite a tarde e a noite do dia de chegada em Lucerna, no segundo dia faça o Rigi e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá a Milão).

3 dias | Rota do Bernina Express + Lucerna ou Zurique + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a Chur, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). De Chur, continue a Lucerna ou Zurique, onde recomendo passar as três noites. Você vai chegar já de noite. No segundo dia, explore a cidade (em Lucerna, faça o circuito Classic Rigi); em Zurique, faça um passeio pelo lago. No terceiro dia, faça o bate-volta a Berna. Prossiga à Alemanha ou à França.

(O sentido oposto também é perfeitamente factível -- você passa duas noites na Suíça e a terceira já na Itália. Escolha Zurique ou Lucerna como base, vá a Berna no segundo dia, e no terceiro dia esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina até Tirano; prossiga de lá a Milão).

4 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as demais três noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi); volte a tempo de curtir a noite em Zurich West.

4 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe três noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, saindo cedo para Interlaken, é possível fazer o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

5 dias | Rota do Bernina Express + St. Moritz + Zurique + Lucerna + Berna

Esteja em Tirano (2h30 de trem de Milão) a tempo de pegar o trem das 11h ou 11h40 (reconfirme o horário nesta página!) a St. Moritz, e que vai pela mesma rota do Bernina Express (em vagões convencionais). Durma uma noite por lá. No segundo dia, prossiga a Zurique, onde recomendo passar as outras quatro noites. No dia seguinte, faça um o bate-volta a Berna. No quarto dia, vá cedo a Lucerna e faça o circuito Classic Rigi). Use o quinto dia para passear por Zurique mesmo.

5 dias | Lugano + Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

Vindo da Itália, durma uma noite em Lugano. Acione seu Swiss Travel Pass no segundo dia, ao ir a Bellinzona pegar o Wilhelm Tell Express, que combina trem panorâmico com travessia de barco a Lucerna (se não quiser desembolsar os CHF 39 da reserva de assento -- que dá direito a almoço --, pegue qualquer trem convencional que vá a Flüelen). Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, suba ao Monte Titlis. No quarto dia, despache as malas para Interlaken pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por peça) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No último dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Itália-Suíça-Itália

2 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Bernina Express

Muita gente gostaria de fazer um bate-volta desde a Itália só para andar num trem panorâmico na Suíça. Como eu já expliquei mais acima, ir e voltar no mesmo trem panorâmico é um pé no saco; a monotonia se sobrepõe à beleza. Com dois dias para investir (e apenas um pernoite em solo suíço) dá para fazer um roteiro mais proveitoso (e barato, usando os trens regionais que fazem as rotas panorâmicas). Saia de Milão até Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Pernoite em Lucerna. Na manhã seguinte, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que vai pela rota do Bernina Express até Tirano; prossiga de lá de volta a Milão.

3 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + Bernina Express

O mesmo roteiro pá-pum para vir da Itália e voltar rapidinho, mas com um pouquinho mais de calma. São 3 dias de viagem, com dois pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, esteja em Chur a tempo de pegar o trem das 10h58 ou 11h58 que faz a mesma rota do Bernina Express até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

4 dias | Wilhelm Tell Express + Lucerna + Berna + St. Moritz + Bernina Express

Para sair da Itália e voltar à Bota com um belo panorama da Suíça. São 4 dias de viagem, mas três pernoites na Suíça. Parta cedinho de Milão a Bellinzona e pegue um trem regional que vá pela rota do Wilhelm Tell Express até Flüelen, seguindo de barco a Lucerna. Passe duas noites em Lucerna. No dia seguinte, faça o bate-volta a Berna. No terceiro dia, siga a St. Moritz. No último dia, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem regional que faça a rota) até Tirano; de lá, prossiga a Milão.

Duas bases: Lucerna + Interlaken

4 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe

É praticamente o mesmo roteiro de 3 dias, mas feito com um pouco mais de calma. Durma duas noites em Lucerna. Use um dia inteiro para fazer o Classic Rigi e uma tarde para ir a Berna. No terceiro dia, vá a Interlaken, mas se o tempo estiver bonito desça do trem em Brienz. Siga de barco de Brienz até Interlaken Ost. No quarto dia, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe.

Duas bases: Montreux ou Lausanne + Zermatt

Suíça francesa com Suíça alemã, lago com montanha.

4 dias | Montreux + Trem do Chocolate ou Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Travel Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem). No segundo dia, valide o Swiss Travel Pass e faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril) ou um bate-volta a Berna. No terceiro dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quarto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

5 dias | Montreux + Trem do Chocolate + Berna + trecho da Golden Pass Line + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma duas noites em Montreux (ou Lausanne). Não use o Swiss Pass no primeiro dia (vá a Chillon, Vevey, vinhedos de Lavaux ou Lausanne; é tudo baratinho de trem), nem no segundo (faça o Trem do Chocolate, que dá pouco desconto no passe (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). No terceiro dia, valide o Swiss Travel Pass e faça um bate-volta a Berna. No quarto dia, suba a Zermatt pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen); desça em Spiez, de onde você continua a Visp e Zermatt, onde dorme duas noites. No quinto dia, faça o Gonergrat de manhã e o Glacier Paradise na seqüência. Aproveite que o Swiss Travel Pass ainda estará válido no dia de voltar e use até a fronteira ou o aeroporto (dá também para deixar o Glacier Paradise para esta manhã e seguir viagem à tarde).

Duas bases: Zurique + Zermatt

Zurique é a melhor base para pegar o Glacier Express sem precisar dormir em Chur, nem madrugar demais.

4 dias | Zurique + Berna + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise

Durma as duas primeiras noites em Zurique. Acione o Swiss Pass no segundo dia, para fazer um bate-volta a Berna. No dia seguinte vá cedo a Chur pegar o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada vá ao Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e aproveite que seu Swiss Pass ainda está válido para prosseguir à fronteira ou ao aeroporto.

Duas bases: Interlaken + Montreux ou Lausanne

Bastante diversidade em deslocamentos curtos.

4 dias | Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux ou Lausanne

Faça um pit stop em Berna (deixe a mala no guarda-volumes da estação) a caminho de Interlaken, onde você vai dormir duas noites. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No terceiro dia, embarque com a mala no barco a Spiez e prossiga por qualquer trem da rota da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Montreux (ou a Lausanne, se preferir). Passe duas noites no destino. No quarto dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux -- ou pegue o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

3 bases: Lucerna + Interlaken + Montreux ou Lausanne

5 dias | Lucerna + Berna + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Golden Pass Line + Montreux

Durma duas noites em Lucerna. Use o primeiro dia para passear na cidade. Ative o Swiss Travel Pass no segundo dia, para fazer o Classic Rigi. No terceiro dia, despache as bagagens para Interlaken pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Berna. Durma duas noites em Interlaken. No dia seguinte, faça o circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, pegue a Golden Pass Line (trecho lento, via Zweisimmen) até Montreux (o trecho até Spiez pode ser feito de barco, se o dia estiver bonito). Durma essa última noite em Montreux ou Lausanne.

Passando por Liechtentstein

Todo mundo pergunta como passar por Liechtentstein. Não é difícil.

4 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.)

5 dias | Lucerna + Berna + Liechtentstein + Bernina Express + Lugano

Duas primeiras noites em Lucerna. Tire um dia inteiro para fazer o circuito Classic Rigi e uma tarde pra um bate-volta a Berna. No terceiro dia, mande as malas para Chur pelo serviço Fast Baggage (CHF 22 por volume) e vá a Chur com pit stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No dia seguinte, pegue o Bernina Express (ou qualquer trem convencional que faça a rota) até Lugano. (Entre novembro e abril o Bernina só vai até Tirano, na Itália. Neste caso, prossiga a Milão.) Durma duas noites em Lugano.

5 dias | Zurique + Liechtentstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Berna

Durma a primeira noite em Zurique. No segundo dia, despache as malas para Chur pelo Fast Baggage (CHF 22 por volume) e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtentstein). Durma essa noite em Chur. No dia seguinte, pegue o Glacier Express (ou os trens convencionais que fazem a mesma rota) até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. No dia seguinte à chegada combine o Gonergrat. No último dia suba ao Glacier Paradise pela manhã e siga à tarde para Berna, onde pernoitará.

Volta à Suíça

Com uma semana, já dá pra fazer um tour básico completo.

7 dias | Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Interlaken + Jungfraujoch/Top of Europe + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Roteiro redondo para quem quer escutar francês, alemão e italiano durante seu périplo suíço -- e perfeito para quem cruza a Suíça vindo da França e indo para a Itália. Passe as duas primeiras noites em Montreux ou Lausanne. Num dia, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux. No outro, passeie por Lausanne. No terceiro dia, a rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen) a Interlaken, onde você ficará duas noites. O quarto dia será dedicado ao circuito Jungfraujoch/Top of Europe. No quinto dia, faça um pit stop em Berna a caminho de Lucerna, onde ficará duas noites. No sétimo dia, pegue o Wilhelm Tell Express a Lugano, onde pernoitará.

7 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna

Suíça alemã + a montanha mais bonita + Suíça francesa. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage (CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, ative seu Swiss Travel Pass pegando o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e desça a Montreux ou Lausanne. Passe as últimas três noites no destino. Faça o bate-volta a Berna no dia seguinte, para aproveitar o Swiss Pass. No último dia, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon + vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril).

7 dias | Zurique + Berna + Montreux ou Lausanne + Golden Pass Line + Lucerna + St. Moritz + Bernina Express

Um bem-bolado para quem chega pelo aeroporto de Zurique, quer dar um rolê pelo lado francês e seguir por um trem panorâmico para a Itália. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, vá a Montreux ou Lausanne com pit-stop em Berna. Passe duas noites em Montreux ou Lausanne. No dia seguinte à chegada, visite o castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux ou faça o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Ative o seu Swiss Travel Pass para sair de Montreux em direção a Lucerna pela rota lenta da Golden Pass Line (via Zweisimmen). Fique duas noites em Lucerna. No dia seguinte à chegada, para fazer o circuito Classic Rigi. Saia para St. Moritz, onde você vai passar duas noites. No oitavo dia desça com o Bernina Express até Tirano, prosseguindo a Milão.

8 dias | Zurique + Liechtenstein + Glacier Express + Zermatt + Gonergrat + Glacier Paradise + Montreux ou Lausanne + Berna + Lucerna + Wilhelm Tell Express + Lugano

Uma volta à Suíça em oito dias. Passe a primeira noite em Zurique. No dia seguinte, mande suas malas pelo Fast Baggage(CHF 22 o volume) até Chur e faça um pit-stop em Vaduz (Liechtenstein). Durma em Chur. No terceiro dia, pegue o Glacier Express até Zermatt. Fique duas noites em Zermatt. Suba num dia ao Gonergrat; no outro, vá ao Glacier Paradise de manhã e à tarde desça a Montreux ou Lausanne. Passe duas noites no destino. No dia seguinte à chegada, escolha um passeio pela região: castelo de Chillon e os vinhedos de Lavaux, ou Lausanne ou o Trem do Chocolate (funciona 2ª, 4ª e 5ª em maio, junho, setembro e outubro; diariamente em julho e agosto; não opera entre novembro e abril). Saia para Lucerna com pit-stop em Berna. Passe uma noite em Lucerna. Prossiga com o Wilhelm Tell Express a Lugano. Passe a última noite em Lugano.

E para fazer a Suíça de carro?

Infelizmente não posso ajudar. Mas dou uma dica quentíssima: o ViaMichelin é o melhor gerador de roteiros rodoviários para a Europa (e a ferramenta está em português).

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

558 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Jackson Luiz Dias de Arruda

Pretendo fazer uma Viagem a Suica, pois é o sonho de minha esposa, e pretendo terminar em Paris, qual o roteiro que voce recomendaria?
Obrigado pela Ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jackson! A viagem de trem mais curta entre a Suíça e Paris é saindo por Lausanne. Voe do Brasil a Zurique, volte de Paris.

Grazi
GraziPermalink

Boia,

Ficarei 3 dias em Interlaken (um dia bate e volta lucerna, outro à bern e um dia para o top of europe). Nao pretendo fazer o Classic Rigi e, nesse caso, vc recomenda nao comprar o Swiss Pass.
Estarei por lá início de dezembro. É possível comprar a passagem para o top of europe na hora ou é arriscado? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grazi! Não existe reserva para a Jungfraubahn. Compra-se na hora. O trem leva passageiros em pé se for necessário.

Grazi
GraziPermalink

Muito Obrigada, Bóia!

Uma ultima dúvida... o passeio inteiro do Top of Europe sai cerca de 500 reais por pessoa, estou certa? (197FC).

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grazi! É isso mesmo.

Grazi
GraziPermalink

Muito obrigada!! smile

Grazi
GraziPermalink

Boia,

Estou com uma dificuldade tremenda em achar trem de Milao à Interlaken!! Só consigo pelo rail europe a uma tarifa bem cara. Vc conhece outra linha de trem? Na trenitalia tbm nao aparece... Da para comprar na hora ou é arriscado? Obrigada mais uma vez!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grazi! Compre de Milão a Lugano pela Trenitalia. A partir de Lugano, compre na SBB. Você também pode validar seu Swiss Pass em Lugano.

Grazi
GraziPermalink

Dessa forma sai 220 dolares mais 666 FC para tres pessoas, bem mais caro. Será que fiz algo errado? Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Grazi! Descupe, não temos a menor condição de ficar fazendo contas. Isso é com o leitor.

Jéssica
JéssicaPermalink

Olá, parabéns pelo post, foi mto esclarecedor. Estou indo para Suíça no dia 03/11 (Paris - Zurique). Chego em Zurique 13h e pretendo voltar no dia 09/11 de Zurique para Dortmund-Alemanha, ou seja, tenho 5 dias completos e meio dia em Zurique. Esses roteiros que vc montou, qual seria o mais adequado para partir e voltar de Zurique? Pois não tenho como mudar essa cidade como minha chegada e saída (é a mais barata).

O meu foco é as cidades de montanhas.. como Interlaken. Também queria comprar o swiss pass youth, pois como estarei viajando sozinha e com mochilão, terei bastante liberdade de viajar pra qlqr lugar com o passe.

Obrigada pela ajuda! ^^

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jessica! Lucerna está a meia hora de trem de Zurique e proporciona uma base muito mais interessante. Veja os roteiros que privilegiam Lucerna e também clique na palavra Lucerna, que leva ao post de Lucerna.

Jéssica
JéssicaPermalink

Olá! Muito obrigada pela ajuda. Consegui fechar o meu roteiro com a base em Lucerna. Só mais uma pergunta, prometo! Eu consigo alugar roupas apropriadas para as montanhas com facilidade? Principalmente botas...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jessica! Se você não vai esquiar, só precisa de calçados impermeáveis. Compre aqui no Brasil, na Decathlon.

Edson Rocha
Edson RochaPermalink

Olá, estou planejando uma viagem pela Suíça e gostaria de sua opinião sobre a possibilidade de fazer o seguinte, se é factível, considerando, principalmente o horário de chegada em Interlaken (dá tempo para o Mount Titlis?), Top o Europe (que horas sair de Zurique de trem a tempo de pegar o trem em Interlaken?) e o melhor roteiro para fazer o Bernina (dá pra sair de Zurique e voltar no mesmo dia?).
Roteiro:
- saindo de Viena a noite de trem e chegando em Zurich;
- dia 1: city tour em Zurique
- dia 2: de Zurique para Chur de trem para pegar Bernina Express até Tirano e depois até Lugano de ônibus; voltando a noite de Lugano para Zurique de trem
- dia 3: bate e volta de Zurique para Lucerna com passeio a Mount Titlis
- dia 4: bate e volta de Zurique para Interlaken com passeio ao Top of Europe;
- dia 5: bate e volta de Zurique para Berna de trem.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Edson! Não dá pra fazer o Bernina como bate-volta (e se desse, seria um dos 5 passeios mais chatos do planeta). O Bernina é para quem está ou dando a volta pela Suíça ou cruzando a Suíça em direção à Itália.

Zurique é a pior base entre as cidades alemãs. Lucerna é uma base muito melhor.

Por favor leia os posts indicados ao longo do texto, não há o que acrescentar.

Edson Rocha
Edson RochaPermalink

Olá, então ficando em Lucerna, seria muito mais fácil e rápido para ir para Interlaken (dá tempo para o Mount Titlis?), Top o Europe (que horas sair de Lucerna de trem a tempo de pegar o trem em Interlaken?) e então você aconselharia fazer o Glacier ao invés do Bernina?
Desculpe a insistência, mas estou tendo muito trabalho em montar o roteiro da Suíça.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Edson! É impossível fazer qualquer outro passeio no dia do Jungfraujoch, saia de onde você sair. Por favor, leia os posts de Interlaken e Lucerna linkados no post. Tudo o que você precisa saber está lá, não há o que eu possa acrescentar que não esteja já escrito:

https://www.viajenaviagem.com/2012/02/suica-interlaken-x-zermatt-x-st-moritz

https://www.viajenaviagem.com/2012/04/zurique-lucerna-berna

Siga a primeira dica do Ricardo Freire deste post: UMA cidade beira-lago, UMA cidade de montanha, UM trem panorâmico. Não queira fazer tudo em pouco tempo, a Suíça é pequena mas não inventaram o teletransporte.

Você está tendo trabalho para montar seu roteiro porque você se recusa a seguir os roteiros que estão aqui elaborados. Dá realmente muito trabalho montar um roteiro pela Suíça. O Ricardo Freire não pode fazer um roteiro diferente para cada leitor que pedir. POr isso já fez 30. Por favor use um deles ou baseie-se fortemente em algum deles. Obrigada.

Isaac
IsaacPermalink

Boa tarde,
estaremos indo para o tradicional tour Viena,Budapeste e Praga em 04/06/15, ficaremos até 15/06 e depois de ler seus posts pensamos em incluir a Suíça...
pensei então ficar em Lucerna, conhecer interlaken com direito de ir Jungfraujoch/Top of Europe, conhecer bate-volta Berna+Croc+Gruyere e um dia ficando em conhecendo Lucerna com algum passeio totalizando 03 dias, minha dúvida é: ficar realmente como cidade base Lucerna ou seria melhor Berna? e se deixamos a Suíça para o final ou ínicio do tour? agradeço muito, e parabenizar por toda a informação disponibilizada, exelente, abs Isaac BsB

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Isaac! Não dá pra fazer Berna, croc e Gruyère e ainda voltar a Lucerna no mesmo dia.

Por favor use um dos roteiros descritos no post.

Isaac
IsaacPermalink

a minha intenção é fazer o tour na fábrica de chocolate em Croc (2h) pela manhã e ir a Gruyere a tarde, desta forma ficando em Berna como Base seria mais interessante? e conheceria Lucerna em outro dia com um passeio!!!

Talita
TalitaPermalink

Olá!

Parabéns pelos seus relatos, bem completos e me ajudou bastante a planejar minha viajem pela Suiça... irei 19/11..

vou fazer a sua sugestão de roteiro de 8 dias......

gostaria de tirar uma dúvida... como faço para ir de Zurique a Vaduz?..... vc diz no post para mandar as malas para Chur e fazer um Pit-stop em Vaduz.... eu consigo ir pra Vaduz de Trem com o Swiss Pass?

obrigada,

Talita

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Thalita! Sim.

Vanessa
VanessaPermalink

Olá, boa noite
Estou montando meu pacote para Europa e pretendo passar 2 dias na Suica, Chegarei em Berna onde pernoitarei 1 dia, no dia seguinte, estou querendo fazer Berna/Chur e pegar o BErnina Express de Chur a Tirano. A minha duvida é se tem trem no final de novembro para o trecho Tirano/Lago di Como ou de Tirano para MIlão. Não estou encontrando no site do Rail Europe, e no Trenitalia ficou confuso, parece um monte de parada, é trem ou onibus?
Vocês aconselham fazer estes trechos em um só dia?
Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vanessa! A continuação de ônibus entre Tirano e Lugano é feita apenas no verão.

De Tirano a Como de trem são 3h30, com uma baldeação em Monza ou duas baldeações em Lecco e Molteno, em trem regional.

De Tirano a Milão dá 2 horas de trem.

Você não encontrará trens regionais no site da Raileurope.

No site da Trenitalia, selecione Tutti i treni.

Vanessa
VanessaPermalink

Oii, mto obrigada pela sua ajuda!!! Parabens pelo seu trabalho, muito bom!!!
Se não for abusar...o select pass da Europa, é aceito para este trem regional da Suiça e para o Bernina Express, você saberia me informar?
E vc acha muito cansativo sair de Berna as 05:30 da manha, chegar em Chur, fazer o circuito do Bernina até Tirano e pegar um trem de 3h e 30min até o Lago di Como? Os horarios se encaixam... mas fica demais??
Grande abraco!
Vanessa

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vanessa! Parece hiper cansativo. No planejamento da viagem, o papel aceita tudo, mas a vida real são outros quinhentos, e esforços que nem esse são cobrados pelo organismo. Pegar um trem às 5h30 da manhã significa estragar sua noite anterior -- sendo que provavelmente o seu dia anterior já terá sido bastante puxado.

Não use passes da Raileurope. Não valem a pena.

Só recomendamos o Swiss Pass e o German Pass.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-trem-na-europa

Vanessa
VanessaPermalink

Oii, concordo com você, mas nao tive muita opção, como é para o mês que vem e são 7 passes ficou mais caro o ponto a ponto que select pass.
Olhando no site do Bernina Express, tem 3 opões de trem,conforme tabela abaixo, o direto e mais famoso (panoramico) é o das 08:58, correto? Por isso terá que sair cedo de Berna. Vale a pena passar uma tarde/noite em Chur?

Chur to Tirano
RE, R, BUS
Dep. 07:58 To 11:58

Chur To Tirano
Bernina Express
Dep. 08:58 To 13:12

Chur To Tirano
RE, R
Dep. 12:58 To 17:12

Mais uma vez obrigada!
Só tive esta ultima duvida com relação ao trem!
Grande abraço
Vanessa

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vanessa! Infelizmente você vai acabar pagando suplementos que, no fim das contas, deixarão o passe bem mais caro do que se tivesse comprado as tarifas ponto a ponto no momento certo nas cias. locais.

O melhor horário parece ser o das 8h58.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Vou para a Suíça no dia 20 de Dezembro - a ideia é ficar 12 dias.
Estou pensando no seguinte roteiro:

Zurich (2,5 dias) - Luzern
Luzern (2 dias) - Bern
Bern (1 dia) - Interlaken
Interlaken (2 dias) - Genebra
Genebra (1 dia) - Zermatt
Zermatt (1 dia) - St. Moritz
St. Moritz (1 dia) - Liechtenstein (Vaduz) 1 dia

O que você acha? Você sugeriria algum outro lugar ou reveria a quantidade de dias? Qual dos lugares vale a pena pernoitar?

Obrigado.

Um abraço e parabéns pelo blog!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Baseie-se nos roteiros de 8 dias e aumente a permanência nas bases.

Fernando
FernandoPermalink

Olá,

Vou chegar em Genebra de trem vindo de Paris. Gostaria de saber se é possível retirar o swiss pass na própria estação. Estou tentando compra pelo site da swiss pass e só me dão a opção de retirar no aeroporto. É isso mesmo?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fernando! O Swiss Pass é o único passe que você pode emitir mesmo depois de chegar à Europa, e pelo mesmo preço. Se não está conseguindo comprar com entrega na estação, deixe para comprar seu passe ao chegar à estação.

Maria Angela Ludolf
Maria Angela LudolfPermalink

Bom Dia
Gostaria muito que me ajudasse. Fiz uma compra no site www.sbb.ch percurso de Zermatt a Paris. A venda foi finalizada e confirmada pelo Cartões Bradesco Tenho o número da autorização. PORÉM NÃO VEIO NENHUM EMAIL DO SITE PARA IMPRIMIR O BILHETE!!!! O QUE EU FAÇO
Obrigada Maria Angela Ludolf

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria Angela! Primeiro, dê uma olhada na sua caixa de spam. Se não tiver recebido nada realmente, entre em contato com a cia. ferroviária.

Maria Angela Ludolf
Maria Angela LudolfPermalink

Obrigada Bóia.
O débito já foi feito no meu cartão. Este é o único documento que tenho. Só mais uma pergunta: habitualmente o que vem como comprovante da compra? TENHO HÁBITO DE COMPRAR PASSAGENS DE TREM NA Europa, porém nunca na SBB Suíça. Vc poderia me falar o que eles mandam? Se é um email, ou um código. Não achei nada na caixa de spam.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria Angela! Vem uma confirmação/recibo/e-ticket por email. Entre em contato pelo site ou procure uma agência ou guichê ao chegar na Suíça.

Maria Angela Ludolf
Maria Angela LudolfPermalink

Bom Dia Bóia
Obrigada pela atenção
Realmente foi feito o estorno do débito pela SSB
VOU TENTAR COMPRAR NOVAMENTE. DESCULPE
MARIA ANGELA

Eva Lartigue
Eva LartiguePermalink

Olá,
Em janeiro vou a Suiça para ficar 20 dias com a minha madrinha em genebra. Penso em viajar de trem por pouco tempo, no maximo 2 dias. O que indica saindo de genebra?
Tambem quero visitar minha tia na françã (Alzen, nos pirineus médios) .. ainda nao comprei a passagem Rio - Genebra. O que indica? Gostaria de ir Rio - Genebra e voltar Barcelona - Rio (porque Alzen é perto de Barcelona) ... Mas achar essa passagem tá difícil! (lembrando que já conheço Paris, mas nao haveria problema em voltar lá razz)

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eva! Veja o que conhecer nos arredores de Genebra neste post: https://www.viajenaviagem.com/2013/08/comparacao-montreux-lausanne-genebra

Você consegue comprar passagens de múltiplos destinos em sites como o Kayak ou então com a ajuda de um agente de viagens.
http://www.kayak.com

Rodrigo
RodrigoPermalink

Baseado nas sugestões deste post, decidi pelo seguinte roteiro:
- 2 dias em Zurique (trem para Lucerna)
- 1 dia em Lucerna (trem Golden Pass para Interlaken)
- 3 dias em Interlaken, sendo 1 dia bate-volta para Berna (trem para Genebra)
- 1 dia em Genebra (trem para Visp)
- 2 dias em Visp, sendo 1 dia bate-volta para Montreaux e 1 dia bate-volta para Zermatt (trem Glacier Express para St. Moritz)
- 2 dias em St.Moritz (trem para Zurich, com pit stop em Vaduz)

Você acha que o roteiro está bacana? Ainda, você sugere algum lugar para passar o Ano Novo na Suíça?

Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Não temos como analisar roteiros detalhados individuais, isto está claro inúmeras vezes ao longo do texto e respondido outro tanto de vezes aqui nos comentários.

Leia sobre Réveillon:
https://www.viajenaviagem.com/reveillon-2015

LORENA RAMOS RIBEIRO GONÇALVES

Oi Bóia, vou viajar para Milão em Março de 2015. Pensei em fazer o seguinte trajeto: Milão, Lago de como, Lugano e St. Moritz, voltando para Milão. Gostaria muito de fazer um trem panorâmico. Pelos seus textos, acabei optando pelo Bernina Express. Gostaria de saber se é possível fazer o trajeto de Lugano até St. Moritiz por ele? o Trajeto é direto?
E entre todos esse lugares eu rodo tranquila de trem?
Desde logo, obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lorena! Não recomendamos ir e voltar pelo mesmo trem panorâmico, é muito chato. Você teria que fazer um roteiro circular, pegando o Glacier Express e seguindo a St. Moritz.

Lorena
LorenaPermalink

Oi Bóia, acho que eu não me expliquei bem. Eu pretendo passar de 2 a 3 dias em cada um desses lugares. Saindo de Milão, indo para o Lago de Como, depois Lugano, e de Lugano para St Moritz eu gostaria de fazer um trem panoramico, ficar 3 noite em St Moritz e, so depois voltar para Milão, sem necessariamente ser por um trem panorâmico. O que eu queria saber é se tem essa possibilidade de fazer Lugano a St. Moritz pelo Bernina, sem baldeações.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lorena! Lugano e Como são lugares próximos e parecidos, faz mais sentido escolher um dos dois e visitar o outro, se for o caso.

Veja o trajeto do Bernina no post do Bernina. Os posts linkados existem para ser clicados e lidos. Por favor não pergunte coisas que estão nos posts, nossa instrução é apagar essas perguntas. Obrigada.

Ana Paula
Ana PaulaPermalink

Bóia, fiquei com uma dúvida!
Se eu comprar o swisspass 2classe, quando for reservar o panoramico posso pagar a diferença para reservar na primeira?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ana Paula! Sim.

Patricia
PatriciaPermalink

Ola!
Vou visitar um amigo em genebra durante os dias 23 e 29 de dezembro. Gostaria de fazer umas 2 viagens curtas para aproveitar a hospedagem dele ou passar no maximo uma noite em alguma outra cidade.
O que recomenda?

Obrigada!

Fred
FredPermalink

Olá, Bóia!
Estou com tudo roteiro, passagens aéreas, hotéis e Swiss Pass prontos para embarcar pra Suíça no próximo mês. A única pendência são as reservas de assentos do trens panorâmicos, como o Glacier Express e o Mont Blanc Express (via Martigny). Não consigo encontrar a melhor forma de fazer tais reservas. Alguma indicação de site onde seja simples e seguro? Alguma recomendação especial para atravessar para a França usando o Swiss Pass?
Agradeço desde já pela ajuda. E parabéns pelo trabalho de vocês.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fred! O Swiss Pass não serve para atravessar a França. O Swiss Pass é válido na Suíça.

A reserva para o Glacier Express é feita via o site:
http://www.glacierexpress.ch/EN/spezial_offers/Pages/GlacierExpressStep1.aspx?catalog=GlacierExpress&productId=1001

Não é preciso reserva para o Mont Blanc Express, que voltou a operar em junho deste ano.

Maria
MariaPermalink

Ricardo, em março de 2015, eu e meu marido , viajaremos para a Europa e vamos ficar uma temporada de 10 a 12 meses em Malaga, na Espanha. Em abril, antes da alta temporada, pretendemos pegar um Camper ,em Barcelona ,e irmos até a Suíça conhecer , sem pressa, vários desses lugares que vc indica nesse post.Nunca fui a Suíça e não tenho noção do que e' viajar,de carro, através dos Alpes. Eu não falo inglês fluente...vc acha que terei alguma dificuldade de me comunicar para, por exemplo, comprar os tickets pra todos esses passeios que vc indica. Tenho experiência com os EUA, que ninguém tem paciência com o "analfabetismo alheio", e quero saber se na Suíça e' assim tbem. Não quero comprar nada antes pq não quero compromisso com o tempo. Quando eu chegar, cheguei...entende? Tenho lido mto sobre o assunto e sei exatamente onde vou e o que fazer...só não quero ter que correr pra chegar com hora marcada.Mas tbem não terei pressa em ir embora...terei 30 dias pra ficar por la'.Acredito que dê,não ??

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Maria! Quem responde é A Bóia. Quem tem tempo tem o principal. Os suíços são educados.

Bruna
BrunaPermalink

Boa noite! Vou para Londres dia 23/12 e eu e meu namorado queremos ir para a suíça de avião dia 27/12 e voltaremos para Londres dia 31/12, gostaríamos de esquiar e conhecer as cidades. O que vc me indica? A princípio ficaremos hospedados em Zurique. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bruna! Dê uma olhada nas opções de roteiros de três dias inteiros na Suíça neste post mesmo. Zurique talvez não seja a melhor base para aproveitar os passeios com o tempo que vocês tem.

Franciele
FrancielePermalink

Olá,

Estarei na Suíça por dois dias, farei o roteiro que indicou aqui Lucerna + Berna + Classic Rigi, minha dúvida está sendo com os trens e seguirei para Paris de trem. Há vou entrar por Zurich. Você indica comprar pela SBB, Raileurope ou quando chegar lá? Com quanto tempo de antecedência? Vi que tem algumas taxas pelo Raileurope. Muito obrigada! #tensa

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Franciele! Pela SBB você pode tentar as tarifas promocionais. De resto, o preço dos trens não varia. Por favor, leia o post. É longo, mas responde a todas as suas dúvidas sem a gente precisar copiar o texto inteiro aqui para a caixa de comentários.

marina pergo
marina pergoPermalink

Ola!
Estarei fazendo uma viagem com meus irmãos pela Europa em Janeiro.
Pensamos em pegar interior da França e da Suíça alem de outros lugares.
Para esses dois países dedicaremos 12 dias. O que você acha? Queríamos apreciar as melhores paisagens de inverno e aproveitar para esquiar também.
O que me recomenda? Algum roteiro?
É a nossa primeira vez e estamos indo de mochilão.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariana! O Ricardo Freire recomenda um mínimo de 5 dias para Paris numa primeira, e 7 dias como mínimo ideal.

Escolha seu roteiro pela Suíça no post acima, temos 30 para você decidir.

Leia sobre Paris:
https://www.viajenaviagem.com/destino/paris

Theo
TheoPermalink

Boia, abaixo, transcrevo minha intenção de viagem com esposa e um filho de 10 anos. Pelo que li, creio ser conveniente comprar um Swiss Family Card. O site da Swiss Travel System está indicando o preço do Card com validade de 1 mês a 360 euros. Desculpe-me, mas você tem alguma dica, algum ponto de atenção
em relação às minhas opções?

10/1/2015 - Saída de Zurique para Lucerna
11/1 – de Lucerne, passeio para Mount Titlis em Engelberg (trem + gondolas) e retorno a Lucerne
12/1/2015 – Saída de Lucerna para Interlake passando pelo Brunig
13/1 – em Interlake, ida e volta para Jungfraujoch e, se for possível, para o Glacier Paradise
14/1 – Interlaken para Zermatt pelo Bernese Ciberiand ou Lotschbergerger (qual é melhor?)
15/1 – Subida ao Matterhorn pela Gornergrat Bahn e volta para Zermatt 16/1 – Saída de Zermatt para St. Moritz viajando pelo Glaciar Express 17/1 – Saída de St. Moritz para Zurique

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Theo! O Family Card para turistas é gratuito. Serve apenas para que os filhos menores de 16 anos não paguem nada quando acompanhados com um dos pais portador de qualquer Swiss Pass.

Por favor leia o post com atenção. Não temos como resolver roteiros individuais.

Kathia
KathiaPermalink

Olá!
Estou montando um roteiro na Suíça para Maio/2015. A idéia é ficar de 15 a 20 dias. Panejamos começar em Zurich, e fazer um roteiro circular, indo por Berna, Montreux, Geneva, dar a volta por Annecy, Chamonix, Milão, voltar pra Suíça por Saint Moritz e finalizar em Zurich (além de bate-volta para Engelberg, Lucerna, o passeio do Trem de Chocolate e alguma montanha que ainda não escolhemos).
Além de várias outras dúvidas (rs) a maior é em relação ao Swiss Pass, estaremos em 6 adultos e 1 criança de 2 anos. Para alugar carro teríamos que pegar um grande que caiba todos (pois estarão idosos com a gente que preferimos não colocá-los para dirigir).
Financeiramente o aluguel do carro sai bem mais em conta pelo que vi do Swiss Pass, mas é tranquilo usar o carro nas cidades, considerando que não seria um compacto?
O que você sugere no nosso caso?
Mais uma dúvida rápida, como é o tempo nessa época? Segunda quinzena de Maio?
Muito obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Kathia! Entrar e sair de cidades médias e grandes de carro e se locomover de carro por essas cidades sempre é encrenca. Em maio já não estará tão frio, mas ainda não será verão.

Kathia
KathiaPermalink

sad Muito obrigada!

Estamos pensando em mudar a viagem para Março. Você acha uma boa época, apesar de estar mais frio?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Kathia! É mais frio que maio, mas já é final do inverno. wink

Severino
SeverinoPermalink

Oi Ricardo/Bóia: Na primavera de 2015 (sem data certa ainda) vou fazer algumas cidades da Suiça, encerrando em St. Moritz, vindo de Zermatt pelo Glacier. Minha dúvida é: Vou continuar para Itália, mas necessariamente Roma ou Nápoles ( melhor a última). Qual a melhor maneira de chegar em uma dessas duas vindo de St. Moritz? Obrigado pela ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Severino! Quem responde é a Bóia. De trem a viagem vai durar mais de 10 horas, então o avião é mais recomendável para que você não perca metade de um dia no deslocamento.

Severino
SeverinoPermalink

Cara Bóia: então devo voltar de st moritz a zurich, é ele o aeroporto mais próximo? Quanto tempo de trem a geneve? Vi que os voos geneve-roma estao bem mais baratos. Mais uma vez obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Severino! No post de St. Moritz você vê todas essas distâncias:

https://www.viajenaviagem.com/2012/02/suica-interlaken-x-zermatt-x-st-moritz

Fábio Galdino
Fábio GaldinoPermalink

Achei as tarifas de trem um tanto salgado.
Há alguma empresa que realize transporte terrestre com ônibus?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fábio! Os ônibus domésticos são operados pela mesma companhia e complementam, não substitutem, o sistema de trens.

Jota
JotaPermalink

Estou indo para a Suíça agora no final deste ano com minha esposa. Posso comprar o Swiss Pass na própria estação de Zurique, correto? Como sempre estarei viajando com ela, há um desconto? Como ficaremos 12 dias, entendo que o ideal seja comprarmos o Swiss Pass de 8 dias consecutivos e nos primeiros 4 dias compramos os bilhetes avulsos mesmo, correto?
Ainda, já compramos a reserva do assento do Golden Pass. Quanto custa a passagem e é possível compra-la no próprio dia?
Obrigado.
J

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jota! Compre o passe na versão Saver. Faça o planejamento de deslocamentos, ponha no papel e veja qual passe vale a pena comprar. Infelizmente não podemos fazer isso por você.

Se você já tem a reserva do assento do Golden Pass Line, basta ter o Swiss Pass válido para o dia.

Eduardo
EduardoPermalink

Olá Bóia,

Estou com uma dúvida... Tentando comprar a passagem de Tirano para Zurich passando por Chur (ou seja o trecho da Bernina em trem convencional), quando escolho o horário abrem duas opções de rotas:

The following route(s) for the requested journey are available:

Individual tickets
Via ST.MORITZ-VEREINA ODER ALBULA

Individual tickets
Via BERNINA LAGALB-BUS SBC-PONTRESINA-ST.MORITZ-VEREINA ODER ALBULA

Até procurei informações pra saber o que muda de uma para outra, mas não encontrei. Será que poderia me iluminar?

Agradecido,

Eduardo.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eduardo! Nessa você nos pegou. Não consigo descobrir a diferença entre as rotas (acredito que não haja nenhuma diferença significativa).

No site das ferrovias réticas não há essa necessidade de escolha. Você pode comprar a passagem pelo mesmo preço até Zurique também (e nem precisa especificar via Chur):

https://www.rhb.ch/en/home

Eduardo
EduardoPermalink

Obrigado Bóia!

Comprei pela ferrovia rética e deu certo. Comprei trechos em separado. Tirano - St.Moritz com Bernina mesmo e depois St. Moritz - Zurique.

Ao comprar o trecho St. Moritz - Zurique, mesmo no site das ferrovias réticas aparece a mesma opção de escolha, ou seja, intuí que essa diferença não se reflete no trecho do Bernina, mas depois.

Eduardo.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Eduardo! É que parece haver dois caminhos entre St. Moritz e Chur, passando por cidadezinhas diferentes. Mas a paisagem deve ser igualmente bonita smile

Rosiane Carvalho
Rosiane CarvalhoPermalink

Boa noite, Bóia!

Após muito quebrar a cabeça, me rendi: não faço a menor ideia da melhor opção para nossas (eu meu marido) andanças pela Suíça: tickets individuais, swiss pass ou mesmo o eurail pass (já explico o porquê). Tá aquele nó...
Esta é a situação: vamos à Europa dia 28/12 e ficaremos quase 1 mês. Primeiro, para Londres, depois Paris, em seguida suíça, cujo roteiro estamos montando com a ajuda de vocês, com o post "Suíça de trem: 30 roteiros de 2 a 8 dias (com ou sem Swiss Pass)". Provavelmente saracoteando em Lucerna, Berna e Interlaken, aproveitando, claro, os passeios maravilhosos. Depois seguiremos para Madri, mas ainda não decidimos em quais cidades faremos bate-volta. Ou seja, vamos da França para Suíça de trem, na Suíça vamos usar o trem entre as cidades e nos passeios, logo depois partiremos para Madri e ainda usaremos os trens dentro da Espanha.
Assim, como determinar qual o melhor? Tickets avulsos para tudo, mesmo os passeios? Um Swiss Pass (válido só na Suíça, mas com grande aceitação) + tickets para os demais? Ou um passe Eurail Select válido na França, Suiça e Espanha, mais abrangente em termos de território, mas com menor aceitação?

PS: No post mencionado, vi que comentaram sobre a análise quanto à vantagem do Swiss Pass, ocorre, contudo, que minha dúvida envolve o tbm o Eurail Pass, que inclusive está com preço competitivo, oferecendo 20% de desconto até 26/12/14.

Desde já agradeço!
Rosiane Carvalho

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rosiane! Não recomendamos Eurail pass. Fora da Suíça, compre tickets individuais com antecedência. Para a Suíça, orce os trechos e faça as contas. É a única maneira de saber se vale a pena o passe, como está dito várias vezes no texto e nas respostas.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-trem-na-europa

Rosiane Carvalho
Rosiane CarvalhoPermalink

Bom dia, Bóia!

Obrigada pela ajuda! Vou fazer como vc recomendou. Valeu!

Paula
PaulaPermalink

Olá! Devido à um cancelamento de vôo eu e minha família (5 pessoas) fomos contemplados com um voucher (cada) para trocar em passagens aéreas da Airfrance/KLM. Com isso, o velho sonho de ver neve de perto veio à tona. Estou louca pra trocar logo esses vouchers em passagens para a Europa, mas só tenho previsão de poder viajar em Abril. Minha idéia é ir primeiro para a Suíça (por causa da neve) e depois seguir de trem pela França e finalizar na Holanda (se possível fazer pit stop na Bélgica). Temos pouquíssimo dinheiro, então gostaria de te pedir dicas para tentar realizar esta viagem com o melhor custo x benefício considerando um tempo total de uns 12 dias. Muito obrigada e parabéns pelo site!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula!

Este post traz as informações sobre a Suíça, escolha seu roteiro nele.

Leia sobre Paris:
https://www.viajenaviagem.com/destino/paris

Leia sobre pit stop em Bruxelas:
https://www.viajenaviagem.com/2012/07/bruxelas-entre-paris-amsterda

Leia sobre Amsterdã:
https://www.viajenaviagem.com/destino/amsterda

Você vai precisar de mais dias para fazer esse percurso com proveito:
https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar

Veja como montar viagens à Europa:
https://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa

Renata
RenataPermalink

Olá, vou fazer em maio/15 uma viagem de 20 dias sendo Brasil-Paris e Veneza-Brasil, passando pela Suíça. A ideia seria alugar um carro em Paris até alguma cidade na Suiça, lógico que parando, pernoitando e conhecendo com calma vários lugares. E depois fazer um passeio desse tipo banana split finalizando com um passeio de trem panorâmico que me levasse a alguma cidade mais próxima a Treviso possível. O que vc me recomendaria fazer, principalmente no início, onde deixar o carro pernoitar e começar os passeios de trem pela suiça? A ultima cidade da frança que passarei de carro é Lyon, de onde pretendo seguir para Genève. Aí já tenho que largar o automóvel ou dá pra seguir de carro a alguma outra cidade melhor para os passeios de Trem? Dá pra chegar a Berna de carro? Ou é muita montanha? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renata! Entregue seu carro na última grande cidade antes de entrar na Suíça. As sobretaxas para devolver carro em outro país nunca compensam. Desça de Bernina Express até Tirano, siga a Milão e de lá a Treviso de trem.

Renata
RenataPermalink

Muito obrigada! Farei isso. Deixarei o carro em Lyon, entao. Sabe se há descontos para idoso nos trens? Não achei nada sobre isso. O swiss passe não tem né?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renata! Compre o trecho entre a França e a Suíça em http://www.voyages-sncf.com a partir de 90 dias de antecedência.

Daniele Machado
Daniele MachadoPermalink

Olá preciso de ajuda! Em março faremos uma viagem para Milão e pretendemos assim que chegar irmos para Suíça!! Chegaremos em Milão as 11:50 e qual melhor roteiro você nos aconselha pois ficaremos dois dias na Suíça,em seguida retornaremos a Milão para nossa volta que será em 17/03!!! Fico no aguardo obrigada Daniele

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniele! Você pode ir a Lucerna. Mas o melhor é deixar para ir à Suíça quando ela estiver realmente no seu caminho. Tendo tão pouco tempo, dedicar-se mais à Itália é mais negócio.

Izilda
IzildaPermalink

Sempre que vou viajar leio seu site.Acho fantástico!
Estou em dúvida,e gostaria que me ajudasse.Chego em Milao ( Malpensa) e pretendo continuar viagem para Suíça no mesmo dia.Pensei em dormir em Lugano e seguir viagem para St moritz no dia seguinte.
Tem trem dez Lugano para Tirano? Quero pegar o Bernina.tem trem de Milão para Tirano?Quero um trajeto curto pois o voo Sp/ Milao já é cansativo.Obrigada.Izilda

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Izilda! É complicado coordenar conexões entre avião e trem. O melhor é dormir a primeira noite em Milão. O Bernina só vai até Lugano no verão, quando o percurso até Tirano é feito de ônibus. Você pode pegar o Bernina no dia seguinte à sua chegada em Milão, indo cedo para Tirano. Clique no post do Bernina, por favor. Tudo o que você precisa saber está lá, não precisa perguntar aqui.

Ana Silveira
Ana SilveiraPermalink

Bom dia! Viajarei com o meu marido e o nosso filho de 06 anos para Londres e Paris (cidades já conhecidas) agora no final de janeiro/14. Temos 4 dias para conhecer a Suica. O que vc sugere? Gostaria de conjugar uma experiência de 1 dia em alguma estação de esqui. Obrigada, Ana.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ana! Inspire-se nos roteiros sugeridos acima!

Roberto
RobertoPermalink

Em março/2015 vamos para Roma, Veneza, Praga e Viena. Pretendemos fazer os deslocamentos entre as cidades de trem e gostaríamos de incluir a Suíça. Gostaríamos de saber sua opinião sobre a possibilidade de fazermos o Bernina Expresss ou o Glacier Express quando do deslocamento da Itália para Praga. Temos 3 dias disponíveis para a Suíça. Qual roteiro vc recomenda? Creio que o melhor ponto de partida da Itália, nesse caso, seria não de Veneza, mas de Milão, o que vc acha?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Roberto! Você pode fazer Roma-Tirano-Bernina-Zurique-Viena-Praga. Mas com exeção do Bernina Express e de Viena-Praga, os trechos serão bastante longos e desinteressantes. É uma viagem com deslocamentos bastante aborrecidos.

Bruna Rodrigues
Bruna RodriguesPermalink

Boa tarde! Estou montando um roteiro pela Suiça no carnaval, por 5 dias, em fevereiro (de 18/02 a 23/02). Já viajei bastante pela Europa, mas nunca fui à Suiça. Gostaria de tirar umas dúvidas..

1) Em fevereiro as temperaturas são insuportavelmente baixas? Pensei em passar por Lucerna, Berna e alguma cidade para esquiar, mas estou preocupada com as temperaturas (olhei Davos e a temperatura por lá era de -18º nessa época), e isso dificultar o passeio pelas cidades. Existe alguma outra cidade para esquiar por perto de Lucerna e Berna, que não esteja tão fria assim e que seja boa, bonita e não muito cara?

2) Eu sairei de Amsterdam e pensei em pegar um vôo para Basileia, e de lá já pegar direto um trem para Lucerna (2 dias), depois Berna (2 dias) e passar mais 1 dia em alguma cidade para esquiar. Você acha este um bom roteiro para primeira vez na Suiça? ou tem alguma outra sugestão?

Muuito obrigada pela ajuda!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Bruna! Se não quer pegar frio negativo, não vá no inverno na Suíça, e sobretudo não suba a uma estação de esqui. É como querer ir passar o verão na praia mas ficar com medo do sol e do calor.

Temos vários roteiros de 5 dias explicados no roteiro, escolha o que for do seu agrado ou use de base para fazer as adaptações que queira.

Rodrigo Lofrano Alves dos Santos

Olá! Excelentes posts sobre a Suíça! Realmente, o país é uma quebra-cabeça. Estou indo com minha namorada entre 09 e 19/02, chegando e voltando por Zurique, e temos uma dúvida: vale a pena visitar o Ticino nessa época? Em caso positivo, teríamos que escolher: ou descer de Lucerna via Wilhelm Tell Express até Locarno, de lá pegar a Centovalli para Domodossola, e de lá para Zermatt, dormindo uma noite no Ticino; OU ir para Chur e de lá pegar o Glacier Express para Zermatt, como no roteiro de 8 dias sugerido por vocês, e deixar o Ticino de fora da viagem. O que recomendaria?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! O Ticino, pelo seu apelo "mediterrâneo", fica prejudicado no inverno. Os trens panorâmicos continuam bonitos. Mas não exagere na quantidade de longas viagens nos panorâmicos; pegar trens panorâmicos em dias consecutivos é bastante aborrecido.

Rodrigo Lofrano Alves dos Santos

Obrigado! De fato, cortei o Ticino, e também estou quase cortando o Glacier porque achei muito longo. Vou fazer só o Golden Line mesmo.

Rodrigo Lofrano Alves dos Santos

Fechei o roteiro assim (com tempos de deslocamento por trem):

09/02 – Zurich
10/02 – Zurich / Bern / Interlaken (1:00 + 1:00)
11/02 – Interlaken: Jungfrauroch
12/02 – Interlaken / Golden Line / Montreux (3:00)
13/02 – Montreux / Geneve / Chamonix (1:15 + 1:00)
14/02 – Chamonix: Aiguille du Midi
15/02 – Chamonix / Mont Blanc Express / Martigny / Zermatt (1:30 + 2:30)
16/02 – Zermatt: Gornergrat / Glacier Paradise / Iglu-Dorf
16/02 – Zermatt / Interlaken / Golden Line / Lucerne (2:30 + 2:00)
17/02 – Lucerne: Mt. Pilatus
18/02 – Lucerne / Zurich (0:50)

Qualquer dica, fiquem a vontade! Obrigado!

Rodrigo Lofrano Alves dos Santos

Mudamos, depois de alguns feedbacks:

2 noites em cada cidade: Zurich, Interlaken, Montreux, Zermatt e Lucerne

09/02 – Zurich
10/02 – Zurich / Bern / Interlaken (1:00 + 1:00)
11/02 – Interlaken: Jungfrauroch
12/02 – Interlaken / GoldenPass Line / Montreux (3:00)
13/02 – Montreux: castelo de Chillon e vinhedos de Lavaux
14/02 – Montreux / Zermatt (2:45)
15/02 – Zermatt: Gornergrat / Glacier Paradise / Iglu-Dorf
16/02 – Zermatt / Interlaken / GoldenPass Line / Lucerne (2:30 + 2:00)
17/02 – Lucerne: Mt. Pilatus
18/02 – Lucerne / Zurich (0:50)
19/02 - Zurich

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Está OK.

Laura Rabelo
Laura RabeloPermalink

Bóia, feliz ano-novo!

Adorei seu site, parabéns.
Então preciso tirar umas dúvidas. Nós vamos para Genebra, pelo que andei pesquisando 3 dias são suficientes para conhecer, e vi as dicas que deu de outros lugares para conhecer, que já adicionei ao meu roteiro. Vou ficar 16 dias estou fazendo a divisão, estamos querendo alugar um carro para podermos fazer tudo de carro, como vamos em quatro pessoas seria bacana, ano passado quando fomos a Paris fizemos isso, e conhecemos vários países. Quero saber o que você acha, se vale a pena ou não? Estamos pensando em conhecer outros países próximos. Quero sua opinião.
Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalink

Feliz Ano Novo, Laura! A Suíça tem várias opções bacanas de locais para conhecer, e de fácil acesso mesmo sem carro. É interessante investir em roteiros de trem.

Claudio Silva
Claudio SilvaPermalink

Boa tarde Boia.
Estou montando um roteiro Roma/Paris para Abril/15. Minha agenda será 4 dias em Roma e fechando com 5 dias em Paris. Inicialmente pensei em fazer Roma/Paris de avião, mas surgiu a ideia de fazer esse trecho de trem, com uma escala na Suiça, por uns 2/3 dias, onde poderíamos fazer alguns roteiros de trem, prosseguindo depois até Paris.. Voces teriam uma sugestão dos melhores roteiros ?
Grato.
Grato.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Claudio! Pense em incluir a Suíça no roteiro se você puder aumentar a sua permanência na Europa. Os 4 dias em Roma e os 5 dias em Paris são o mínimo recomendado para as duas cidades.

Léo Fraga
Léo FragaPermalink

Bóia, boa noite!

Algum roteiro favorece a ida à Chamonix? Tenho entre 3 e 5 dias de viagem programados para a Suiça, chegando pela Alemanha e saindo em direção a Luxemburgo, tudo de carro.

Como não tenho um roteiro fechado nesse retorno, gostaria de saber qual a melhor maneira inserir Chamonix nos planos.

Nossa idéia era:
Dia 1 - Lucerna
Dia 2 - Berna
Dia 3 - Interlaken
Dia 4 - Chamonix

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Léo! Chamonix está a uma hora de ônibus de Genebra.

Se você ler o texto, você saberá o que achamos da sua idéia de roteiro smile

Gelma Rodrigues
Gelma RodriguesPermalink

não sei se esta informação sobre o trem Wilhelm Tell Express ja foi postada aqui, mas mereçe correção":Antigamente um vagão chamado Libertè com cadeiras que giravam era uma opção para este trajeto, mas foi desativado recentemente"."No trecho de barco você também viaja de primeira classe com acesso ao restaurante mais sofisticado e na parte alta com melhor visão durante a viagem. Ganhamos também um voucher com desconto de 19 francos Suíços para usar no restaurante do barco e preenchemos um cartão postal para enviar a quem desejar que eles colocaram no correio." foi retirado do site:
http://passioneperviaggio.blogspot.com.br/2014/12/whilhelm-tell-express-trem-panoramico.html?showComment=1421093247980#c4514238941291945588

Val
ValPermalink

vou ficar em Berna com minha amiga de 13 a 17 de maio. Pretendo fazer bate-volta nas cidades próximas. qual passe é mais interessante? É o Swiss Pass ? Onde devo comprar aqui no Brasil ou na Suíça? Tem alguma especificação no passe ou posso usar a qualquer momento?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Val! Com quatro dias inteiros de viagem, o Swiss Pass já aparece como um bom negócio para a maior parte dos itinerários. Você pode comprar o Swiss Pass antes de viajar ou depois de chegar à Suíça. Dê uma olhada nas instruções aqui neste post mesmo.

Mariane Jamal
Mariane JamalPermalink

Boa noite! tenho algumas duvidas!
Chego em Zurique no sábado. No domingo pela manha vamos para Zermatt, ficamos uma noite la e depois vamos para Lucerna. De acordo com as tarifas do SBB seria valido comprarmos o Swiss Pass. Porem ficaram três duvidas.

1- Em alguns sites eles orientam que não são todos os trechos que entram no Swiss Pass. Zurique-Zermatt e Zermatt-Lucerna entram? Não consegui encontrar!

2- Nesses trechos são necessários reservas de assento? Eles orientam que em trens de alta velocidade e panorâmicos são necessário reservas! Esses casos se encaixam em alguns deles?

3- Nos sites orientam ainda que ha trechos em que e necessário pagar uma complementação do valor da passagem, mesmo tendo o Swiss Pass. Ou seja, vc ainda paga uma parte da tarifa. Eh esse o caso desse trechos q eu vou precisar percorrer?

Agradeço desde já.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariane! Não há panorâmicos sujeitos a reserva no seu roteiro. Você só precisará pagar suplemento nos trens de montanha entre a vila de Zermatt e os picos. Por favor: clique no post sobre Zermatt. Está tudo explicado. É uma coisa que pedimos encarecidamente para os leitores deste post. Primeiro leiam o material sobre os destinos, depois perguntem, se precisarem. Obrigado.

Mariane Jamal
Mariane JamalPermalink

Entendi! Eu li bastante aqui nos site a respeito da viagem! Mas realmente permaneci com aquelas duvidas! Se vc puder me responder mais uma, agradeco! Ja pedindo desculpas pelo incomodo! Pelo que li nao ha grandes problemas com Swiss Pass! Quanto a nao ter reserva. Chego em Zurique no sab a noite e partiremos no domingo pela manha para Zermatt! Estamos pensando em nao ir com o Swiss Pass comprado! Ja que lemos que este pode ser comprado nas estações! Minha duvida e: Vc acredita que eu consiga comprar o Swiss Pass e embarcar nesse curto espaco de tempo, sem problemas? Ou acredita que e mais seguro comprar a passagem ou swiss pass pelo site? Tenho medo de chegar a Zurique e nao ter lugares disponiveis para embarcar, nao sei se eh comum! Grata.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Mariane! Você perderá algum tempo nessa operação. Dá pra comprar online e apenas retirar na estação.

Claudio Liberato de Souza

Ola
Gostei muito do seu site, com explicações muito boas.
Vou com minha esposa para Suíça, e mesmo lendo o site tenho ainda algumas duvidas a saber:
Qual a melhor cidade para se fazer uma base e de la sair para passeios ida e volta no mesmo dia.
Isto e aconselhável ?
É viável chegar por Zurique e voltar de Milão ?
Quantos dias consigo fazer este roteiro,pois disponho de 10 dias.
Dito isto ainda sim o pass e viável ?
Com euro consigo me virar bem, ou é melhor levar quase tudo em franco.
Não vou alugar carro
Ufa ! acho que esta bom por enquanto.
Grato pela atenção.
Claudio

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Claudio! Recomendamos trem mesmo.

Veja como comprar passagens com ida por um lugar e volta por outro (é a nossa recomendação, mesmo):
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum

Baseie-se num dos roteiros que terminam com trens panorâmicos que cruzam a Suíça em direção à Itália (pode ser o Wilhelm Tell Express Lucerna-Lugano ou o Bernina Express St.-Moritz-Tirano).

Evite fazer dois câmbios -- a cada operação de câmbio você perde uns 5% do valor da moeda em forma de comissão, explícita ou embutida.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2014/11/que-moeda-levar-dinheiro-vivo-x-cartao-pre-pago-x-saques-no-debito-x-cartao-de-credito

Claudio Liberato de Souza

Quanto a cidade: há alguma cidade para se fazer de base?
Pesquisei um roteiro de agencia no Brasil e finaliza em Zurique.
Para ir para Milão é viável ?
No roteiro antes de Zurique vamos para Vaduz, pensei em propor finalizar em Vaduz e ir por conta para Lugano e depois Milão; Você me aconselha ?
Mais uma vez muito obrigado

Fabio Lima
Fabio LimaPermalink

Tenho 15 dias para conhecer a Suiça (sem contar o dia de chegada e de saída). “Esticar” o “Suiça de trem” de 8 para 15 dias seria um exagero? Se for possível, em quais cidades recomenda acrescentar mais tempo? Mas. se 15 dias no país da neutralidade realmente for desnecessário, dar uma “escorregada” para Lyon e/ou Milão valeria a pena? (Alemanha e Áustria fui recentemente)

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fabio! Dá para dobrar facilmente a estada nos destinos recomendados, ou então esticar a lugares como Basiléia ou Appenzell, ou ainda passar uns dias em Zurique curtindo o lado moderno/cosmopolita da cidade, em Zürich West (que não tem paralelo no resto do país). Para combinar com algum país vizinho, tanto Milão quanto Lyon ou mesmo a Alsácia (Basiléia está na fronteira com Mulhouse, na França).

Fábio Lima
Fábio LimaPermalink

Obrigado!

Vagner
VagnerPermalink

Olá, tenho uma dúvida. Pretendo ficar 3 noites em Lucerna (14 a 17/03), saindo de Paris, com entrada na Suiça por Basel... Quero fazer o trem panoramico de Chur a Tirano ao sair da Suiça, indo para a Itália no dia 18. É possível reservar a Bernina agora, mas comprar o Swiss Pass ao entrar na Suiça? E os trechos internos que vou fazer (Basel \ Lucerna, Lucerna\Berne e Lucerna\Chur) é interessante e possível reservar agora? Obrigado pela grande ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vagner! É possível reservar o assento do panorâmico antes de comprar o passe. Não é necessário reservar os trechos internos de trens convencionais.

Rogerio Mila
Rogerio MilaPermalink

Boia, sensacional o seu blog. Parabéns !!! Vou passar 1 semana em Chamonix em fevereiro/2015 e gostaria de passear uns 3 dias na Suiça. Estou pensando em ficar 1 dia em Genebra, um outro dia conhecer as cidades de Lausanne e Montreux e um terceiro dia que não decidi. Vamos num grupo de 15 pessoas, com crianças e teremos que ir e voltar de Chamonix. O que você sugere ? Obrigado pela ajuda.

Siomara
SiomaraPermalink

Vamos adotar um dos seus roteiros para 5 dias na Suíça, porém estamos pensando em fazer algumas modificações e para isto gostaríamos de saber sua opinião: ficaremos apenas uma noite em Zermatt e subir ao Gronergrat no dia seguinte `a chegada. `A tarde daquele dia, partir para Montreaux, onde pernoitaremos. No dia seguinte, a caminho de Berna, faríamos um pit stop em Lausanne. No dia seguinte a nossa chegada a Berna, um bate e volta a Lucerna. Partiríamos de Berna numa manhã de sábado pelo TGV para Paris. Acha que é muito? Ainda mais três perguntas: o que é melhor, O Glacier Express ou o Bernina? O TGV é a melhor opção para Paris? Diante desse roteiro adaptado, qual Swiss Pass é o mais indicado? Muito obrigada e me desculpe por tantas perguntas.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Siomara! Você acha que basta chegar num lugar para dar por conhecido. Se você vai chegar já no fim do dia a Montreux e no dia seguinte vai a Berna com pit stop em Lausanne, por que parar em Montreux? Se você vai gastar seu único dia em Berna para ir a Lucerna, por que vai a Berna? Suas modificações são puro auto-engano, roubadinhas que só vão aumentar a contabilidade de lugares que você vai poder dizer que passou...

O Ricardo Freire acha o Bernina muito mais interessante do que o Glacier. Por favor: leia os posts.

Contas se vale a pena o Swiss Pass, como está dito inúmeras, inúmeras, inúmeras vezes nos textos e nas respostas: só você pode fazer.

Entre a Suíça e a França, vá de TGV.

Siomara
SiomaraPermalink

Obrigada pelo "heads up"! Concordo com você,mas a vontade é tanta de aproveitar tudo! Quando estamos planejando, temos uma sensação de que nunca mais voltaremos, o que, muitas vezes,não é verdade. Entre Montreaux, Lausanne, Berna e Lucerna (depois de termos ido a Zermatt), o que você fortemente nos recomendaria? Já li um monte e tudo parece lindo demais....Obrigada e um abraço.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Siomara! Pegue o número de dias de que dispõe e escolha um dos roteiros desenhados.