Zorah Beach, luxo exótico e pé na areia no Ceará

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Zorah Beach

Alguns dos hotéis mais incríveis do Brasil não foram construídos por grupos hoteleiros -- nem mesmo por gente que já tinha negócios correlatos, como restaurantes. Hotéis como o Txai, a Ponta dos Ganchos, a Vila Naiá e o Kenoa foram abertos por viajantes que simplesmente resolveram abrir os hotéis em que gostariam de se hospedar.

A história se repete agora no Zorah Beach, que acabou de abrir em Guajiru, perto de Flecheiras, 135 km a oeste de Fortaleza. Foi ali que o executivo indiano Sumeet Dhillon proclamou o seu "fico!", trocando uma transferência para uma filial de outro país pela nova vida de hoteleiro.

Zorah BeachZorah Beach

Recepção

Sumeet materializou no seu Zorah Beach a sofisticação serena dos pequenos hotéis de luxo da Ásia. Não, o hotel não é grande. São apenas 16 apartamentos (chamados suítes), 4 bangalôs e um superbangalô (chamado vila).

SuítesSuíte

Suíte

Banheiro da suíte

Banheiro da suíte

As suítes ficam no fundo do terreno, em quatro blocos de quatro unidades, cada qual com saída numa direção (você nunca topa com o vizinho entrando ou saindo do apartamento). Têm 50 m² e varanda (sempre com uma nesguinha de vista para o mar, ao longe). Os banheiros são lindos, com banheiras de hidromassagem revestidas de pastilhinhas (depois de ver uma dessas, as Jacuzzis perdem a graça). Os equipamentos são os mesmos das unidades mais caras: travesseiros de pluma de ganso, roupa de cama e banho Trussardi de algodão egípcio, cama super king-size, máquina de café Nespresso, Veuve Clicquot no frigobar.

BangalôBangalô

Bangalô

BangalôBangalôBangalô

Bangalô

Na fileira seguinte ficam os quatro bangalôs, de 90 m². As camas têm dossel; na varanda há uma daybed; e os banheiros são verdadeiras sala de banho (a hdromassagem, aqui, é para casal). As paredes têm pintura floral que aumenta o romantismo (e remete à Índia).

VilaVila

Vila

Vila

Piscina da vila

A vila funciona como suíte presidencial: tem 140m², um lindo tapete iraniano e uma piscina particular na varanda.

Zorah Beach

Zorah Beach

Zorah Beach

Toda a parte da frente do hotel -- pelo menos um terço do terreno -- é reservada para os ambientes sociais. A piscina é um arraso, com decks molhados e gazebos balineses (além de outra jacuzzi).

Bar da praia

Zorah Beach

Zorah BeachZorah Beach

Bar da praia

À esquerda da piscina, em frente ao bar, há um gramado com daybeds.

RestauranteRestaurante

Restaurante

Zorah BeachZorah Beach

Camarão com arroz de tamarindo | Crème brûlée de cardamomo

O restaurante fica no canto esquerdo. Apesar da decoração remeter à Índia, o cardápio é contemporâneo, criado e executado por uma chef uruguaia, que revisita a cozinha regional e oferece pratos com um ou outro toque exótico. Meu camarão com arroz de tamarindo, seguido pela crème brûlée de cardamomo, estava excelente.

(Assim que forem desembaraçados os últimos containers na alfândega, o restaurante deve ganhar um autêntico forno tandoor, de onde sairão naans e parathas, os divinos pães indianos. E um chef importado do subcontinente fará uma residência de alguns meses para incorporar uma seção indiana ao cardápio.)

Zorah BeachZorah Beach

Café da manhã

Zorah BeachZorah Beach

Quiches

Zorah BeachZorah Beach

Café da manhã

O café da manhã é um pequeno desfile de delicadezas. Frutas, iogurte e uma torradeira ficam num pequeno buffet, mas todo o resto vem à mesa. O destaque são as quiches, que mudam toda manhã de sabor. Por Lord Shiva! Como pude passar tantos anos da minha vida sem comer quiche no café da manhã? É o prato perfeito para começar o dia grin

Zorah Beach

Piscina natural

Ali pertinho, na maré baixa

A praia em frente é absolutamente deserta -- mas não é tão amigável quanto as praias das vilas de Guajiru ou Flecheiras. Mas durante a maré baixa, caminhando cinco minutos para a esquerda, você pode aproveitar piscinas naturais que dificilmente terão outros freqüentadores.

O serviço é jovem, sorridente e compenetrado; está sendo treinado pelo gerente Alejandro Ureta, que fazia parte da equipe que abriu o Txai.

Zorah Beach

As tarifas-balcão variam entre R$ 700 e R$ 840 para as suítes e R$ 1.050 e R$ 1.310 para os bangalô (preços de março de 2017).

Zorah Beach

Se não contassem, não daria para perceber -- mas os tais containers que estão na alfândega estão repletos de sedas, móveis e objetos que aumentarão ainda mais a sensação de luxo e exotismo. É para viajar sem sair do hotel.

mrgreen

Ricardo Freire hospedou-se a convite do Zorah Beach.

Leia mais:

44 comentários

Andrea/RJ
Andrea/RJPermalinkResponder

Perfeito! Como é a estrada para chegar lá?

Ricardo Freire

É ótima, Andrea! A CE 085 leva a todas as praias do litoral oeste cearense, e está sendo duplicada. Siga as placas para Flecheiras.

Viviane Moura
Viviane MouraPermalinkResponder

Uau!!!
Como assim??? Perfeito!!
Obrigada pelo post delicioso!!
Deve ser nesse momento que vale muito a pena ser viajante profissional, pra ter o prazer de desbravar essas pérolas!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Já estou de olho grande!

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Que boa idéia. Um hotel que vale a pena a viagem, porque é duas viagens em uma: viajar para o hotel e viajar dentro dele, sem sair do hotel...

Majô
MajôPermalinkResponder

Sensacional e belíssimo ! Puro charme e bom gosto. Que banheiros lindos !
Um luxo este deck molhado lol
E o sossego é priceless wink

Quenia  - Viagens por aí

Bárbaro!!!

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Essa semana fiz uma reserva para o final do mês no zorah beach. Depois faço os meus comentários!

Natalie Soares

Que coisa linda. Adorei esse hotel smile

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Adorei tbm! Parece ser uma delícia.

Adolfo
AdolfoPermalinkResponder

Há algum tempo atrás li uma coluna na revista VIP de um tal Ricardo Freire que dizia ter encontrado o paraíso em Alagoas - era a Pousada do Toque. Fui (não tinha nem um décimo do conforto atual) e não parei mais de ir.

Agora vou na cola dele e em Janeiro estarei no Zorah !

Rosa
RosaPermalinkResponder

Vou ter que ir... Já que os demais: Txai, a Ponta dos Ganchos, a Vila Naiá e o Kenoa, ainda não rolou, vontade é muita e o d$nd$n é pouco.

Erica
EricaPermalinkResponder

Tô com você, Rosa. Esses que você citou são verdadeiros sonhos de consumo, mas ainda tenho que ralar muito pra dar conta smile Será que as diárias desse são mais "amigáveis"?

Elaine Scanavacca

Ricardo suas avaliacoes sao deliciosas de ler. Sempre da vontade de ir imediatamente. Nao se furte de escrever sempre. Faz toda diferenca. Abracos

Luciana
LucianaPermalinkResponder

É incrível como a gente às vezes não enxerga o que tem por perto. Moro em Fortaleza, nunca tinha ouvido falar desse hotel e a impressão que tenho é a de que não saiu nada na imprensa local sobre o estabelecimento.

Depois de um feriadão como o passado, em plena segunda feira de trabalho, topar com um post desses é de aumentar a depressão pós-feriado! smile

Lili-CE (@lilianesonsol)

Fantástico! Já tinha entrado no site do hotel, mas os detalhes postados aqui são ainda melhores. Adorei!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Eu quero !!

Marilia Boos Gomes

Magnífico também é o ORIXÁS ART HOTEL (leia-se Erich Steffen), vizinho do Zorah Beach (http://orixashotel.com.br/). O estilo é o mesmo: o rústico-chic. Hotéis lindíssimos, verdadeiros paraísos à beira-mar plantados.

Valfrido Neto
Valfrido NetoPermalinkResponder

Credo! Esse hotel Orixas é lúgubre!!!

Camila
CamilaPermalinkResponder

Lúgrube? Não poderia discordar mais!

Maria das Graças

Riq, fiquei muda quando vi esse hotel, com esse estilo e nesse lugar. Não consegui escrever nada. Limitei-me a percorrer o litoral até Paracuru, que conheço bem da minha infância, e de lá fui até Guajiru, que situa-se logo depois de Paracuru, e localizei esse hotel.
Sabe o que me vem na cabeça quando hoje volto online a Paracuru? águas vivas. Leite, escasso na época, para aliviar a queimação. Meu Deus! Que sofrimento!

Maria das Graças

Riq, complementando eu não iria ao litoral nordestino para usufruir de um estilo de vida asiático. O estilo de vida do nordeste com toda a riqueza cultural e simplicidade exorbita.

Ricardo Freire

Maria das Graças, eu normalmente sou bem implicante com hotéis no Brasil que usam temática balinesa e congêneres. Mas neste caso é a expressão da cultura do dono, acho válida; será uma viagem autêntica.

Quando chegarem os panos e objetos (e fornos!) indianos o hotel deve ficar um deslumbre. Existem pontos de contato entre a cultura indiana e a nordestina grin

Maria das Graças

Riq, eu não sabia dessa relação cultural entre os nordestinos e indianos. Gastronômica sim temos muita já que diversas frutas abundantes no nordeste vieram de Goa. O coco supõe-se que veio flutuando pelos mares.rsrsrs

mil
milPermalinkResponder

riq, qdo vc diz que o mar em frente não é tão amigável quer dizer que o mar é bravo? perigoso?
obgda.

Ricardo Freire

Mil, na maré baixa dá pra entrar sem problema. Na maré alta eu senti um pouco de repuxo; ficaria na piscina.

Jão Lucena
Jão LucenaPermalinkResponder

Mais uma prova de que o litoral do nordeste têm muitas pérolas e os gringos estão aproveitando para fazer os investimentos certos. Com a duplicação da 085(rota do sol), o litoral oeste do Ceará será em breve um roteiro imperdível no Brasil!

Erica
EricaPermalinkResponder

O esquema lá oferece apenas o café da manhã. As demais refeições são feitas no hotel? Tem algo nas proximidades?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erica! Você pode almoçar e jantar no restaurante do hotel, pagando à parte. Se estiver de carro, pode também ir a Flexeiras, onde há restaurantes abertos na hora do almoço (na praia) e no centrinho (à noite).

Denize
DenizePermalinkResponder

Ricardo vc tem alguma avaliação do Carmel Charm Resort ou do Dom Pedro Laguna. Qual dos dois é melhor? Obrigado pelas dicas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denize! Quem responde é A Bóia. São dois ótimos hotéis; o Dom Pedro um nadinha mais próximo de Fortaleza do que o Carmel. Veja os sites e as resenhas no Booking e vá pelo seu coração grin

Renata
RenataPermalinkResponder

Olás,
Infelizmente a minha experiência no Zorah agora no Carnaval de 2014 não foi um sonho.....
O hotel continua lindo sim , os funcionarios muito educados e solícitos mas erros infantis estão deixando clientes insatisfeitos : café da manhã péssimo com suco de melancia azedo, os MESMOS bolos eram servidos mais de 2 dias seguidos ( inacreditavel ! ) , isto tbem aconteceu um dia com queijo fresco mas como reclamei resolveram pelo menos com o queijo não fazer mais isto, frutas VELHAS : as maças estavam todas enrugadas !!! Isso mesmo, maçã ! Comer a sala de frutas nem pensar.... Não daria talvez nem para meu jabuti! Uma pena mesmo , senti uma certa mesquinharia... Tentando economizar num item tão importante! 4 hospedes que conversamos tbem estavam insatisfeitos com o café da manha que é a unica refeicao que o hotel oferece ! Reclamei no 2 o dia mas não adinatou nada .... Piscina já estava suja : rejuntes pretos e se vc passava a mao ou o pé , percebia a gordura nas laterais no fundo da piscina..... Uma pena pois a infra e a diaria paga ( R$ 1,350 ) demanda serviços impecaveis !!

Renata
RenataPermalinkResponder

Ricardo, li no TripAdvisor que o Orixás tem muito pernilongo. Você também sentiu isto? E no Zorah?
Você gostou na Praia de flecheiras, mesmo com todas aquelas algas? Vale a pena?
Gosto de paz durante o dia, e um centrinho bacana a noite (mas sem mta agitação). O que você me indicaria: ficar no Orixás, Zorah ou Villa Mango, em Icaraizinho? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Falei com o Ricardo Freire e não havia pernilongos. Tampouco algas. Essas coisas podem ser sazonais. Sua amiga foi na época das chuvas?

Zorah é bem mais confortável que Orixás. Villa Mango é para quem faz kitesurf.

Aparecida Fátima de Oliveira Santos

Todos detalhes da pousada

Mario feitoza
Mario feitozaPermalinkResponder

Projeto? Construcao? Ambientacao? Brasileiros? Sofisticado c requinte muito natural. Parabens.

Veronica Vieira da Costa

Bom dia Ricardo. Li seus posts referidos ao Kenoa e ao Zorah Beach e fiquei cheia de dúvida em relação a qual dos dois ir para comemorar aniversario de casamento. Você pode me ajudar? Prefiro um local reservado e onde não precise sair de carro pra nenhum local. Pelo que li os dois oferecem apenas café da manhã incluidos na diária, mas dispôe de restaurantes, não é isso? Obrigada pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Veronica! Os dois são ótimas escolhas. Leia mais sobre o Kenoa, aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2010/01/kenoa-quer-dizer-uau

Para ajudar na sua escolha, você também pode ler as resenhas dos ex-hóspedes do Kenoa e do Zorah no Booking.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Passarei minha lua de mel, em novembro, nesse hotel! estou muito ansiosa! yyuuupiiii!!!!!

Mario feitoza
Mario feitozaPermalinkResponder

Maravilha. Muita qualidade c sensacao de bom gosto c prazer e luxo. Finaliza p bela praia cearense.

Anny Maria Caetano

Sem palavras. De boca aberta, queixo caído. D I V I N O !!!!!!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

O hotel é realmente incrível!! Estamos hospedados a quase uma semana aqui e tudo foi surpreendente!
A praia é linda! Ainda quase deserta, muito limpa!
Um lugar perfeito para quem busca relaxar e quer sossego pois não há atividades nem agitação nas redondezas.
A viagem do aeroporto até o hotel é muito tranquila. 2hs de viagem. Pegamos um transfer indicado pelo próprio hotel.

Leandro Da Silva Rabelo

Muito luxo, senssacional o lugar , maravilha pra comemorar cm alguém a dois !!!

SMello
SMelloPermalinkResponder

Acabo de chegar do Zorah. Atendimento perfeito e simpático. Acomodações lindas e confortáveis. Café da manha muito bom. Vale muito a pena conhecer. Adorei. Riq, saudades.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar