Compare: Calendário VnV x Kibelendário Viagem & Turismo

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Calendário x Kibelendário

| Calendário VnV x Kibelendário VT |

A revista Viagem & Turismo de janeiro traz um Calendário 2014 que é bastante parecido (e põe bastante nisso) com o Calendário de Viagens 2013 que o Viaje na Viagem editou ano passado.

Quem notou inicialmente não fui eu (faz tempo que essa leitura não me faz falta). Há alguns dias, leitores começaram a me apontar coincidências no layout, nas dicas e no texto. Eu estou viajando e demorei para chegar a um lugar onde houvesse uma banca. Só agora, com a revista na mão, posso me manifestar.

OK: certamente eu não fui o inventor de calendários de viagens. Tampouco detenho o monopólio das dicas de viagem em português. Também já estou acostumado (e normalmente me sinto lisonjeado) em ver idéias e formatos lançados aqui serem seguidos por outros blogs, sites ou mesmo veículos impressos.

Agora... ipsis literis não, né? Ipis literis é feio. Ipsis literis é debochar da cara de quem produziu o conteúdo (e de quem pagou para ler, já que o Calendário era vendido).

Na internet, tudo o que é cópia é um "kibe"; o que é copiado é "kibado".

A seguir, alguns momentos em que o calendário da Viagem & Turismo vira um Kibelendário Viagem & Turismo:

--> DEZEMBRO/JANEIRO

SALVADOR -- O verão de Salvador começa no 4 de dezembro, dia de Santa Bárbara (Iansã, no candomblé). Quando chega janeiro, já deu tempo para a cidade mergulhar totalmente num clima de festa -- mas ainda sem a bagunça nem a urgência do Carnaval. (...) De segunda a sexta, aproveite a colorida prainha do Porto da Barra (...). No fim de semana, prefira as areias da praia do Flamengo (...). Preste atenção na programação; recomendo os ensaios de Carlinhos Brown no Mercado do Ouro e os shows de Mariene de Castro. (...) Calendário VnV, janeiro

SALVADOR inicia seu verão no dia 4. Nessa data (que também homenageia Santa Bárbara), a cidade mergulha num interminável clima de festa, mas ainda sem a bagunça das férias escolares e do carnaval. Vá no começo do mês para se refestelar nas praias do Porto da Barra, do Flamengo, nos ensaios do Olodum... Kibelendário VT, dezembro

Aproveita melhor o verão do Brasil quem escolhe a costa leste do Nordeste: da Bahia até o Rio Grande do Norte o tempo é firme – e, depois de 5 de janeiro, os preços já ficam palatáveis. Calendário VnV, janeiro

LITORAL DO NORDESTE: vai dar praia! Do sul da Bahia para cima, o tempo está abertíssimo e as possibilidades de temporais são mínimas. A partir do dia 5 de janeiro, a turma da festança de Réveillon já caiu fora e os preços começam a ficar possíveis. Kibelendário VT, janeiro

EU AVISEI:
- Costuma chover bastante entre Rio e São Paulo.
- O verão catarinense também pode ser chuvoso, e os engarrafamentos são garantidos em quase todo o litoral.
- É época de chuvas em Machu Picchu.
- Faz um calor amazônico em Buenos Aires.
- Europa no frio: fora dos destinos de montanha, evite vilarejos. Prefira capitais e cidades maiores, investindo em acomodações (alugar apartamento é ideal) e pensando em programas em recinto fechado. Calendário VnV, janeiro

EVITE:
- Chove muito no Rio e em São Paulo
- Os engarrafamentos nas vias que levam às praias de Santa Catarina são quilométricos
- Muita chuva em Machu Picchu. Espere mais um pouco para desbravar as ruínas incas.
- Calor demais em Buenos Aires. Aguarde para aproveitar a cidade melhor.
- A Europa inteira está fria, muito fria ou extremamente fria. Se frio não é a sua, caia fora. Kibelendário VT, janeiro

--> FEVEREIRO/MARÇO

MÉXICO. Tempo seco -- quente sob o sol e com noites entre frescas e frias -- torna este mês ideal para um tour pelo país mais colorido da América Latina. Reserve quatro ou cinco dias para a Cidade do México (...) depois tome o rumo de uma ou duas cidades coloniais (San Miguel de Allende, Guanajuato, Querétaro ao norte; Puebla, Oaxaca, San Cristóbal de las Casas ao sul). Termine no Caribe mexicano, entre praias de sonho e ruínas maias – na muvuca de Playa del Carmen, no isolamento de um hotel de luxo na Riviera Maia ou num hotelzinho zen e pé na areia ao sul das ruínas de Tulum. Calendário VnV, fevereiro


MÉXICO com dias quentes, noites frescas e tempo seco, tanto para a gigante Cidade do México quanto para cidadezinhas coloniais como San Miguel Allende (sic), Oaxaca e San Cristóbal de las Casas. Bom também para o Caribe mexicano, seja no isolamento de um hotel hippie-chique na Riviera Maia ou nos resortões de Cancún. Kibelendário VT, fevereiro>

Última chance para ver os pingüiins na Patagônia. Corra! Calendário VnV, fevereiro

PATAGÔNIA ARGENTINA: ainda dá para ver os pingüins. Mas vá logo! Kibelendário VT, fevereiro

Sudeste Asiático (Tailândia, Camboja, Laos, Vietnã) tem pouca chuva. Calendário VnV, fevereiro

SUDESTE ASIÁTICO bombando e sem chuvas (...) Ótimo momento para programar viagens para Tailândia, Camboja, Laos e Vietnã. (...) Kibelendário VT, fevereiro

Os dois fins de semana anteriores ao Carnaval são animadíssimos em Recife/Olinda e Rio (com blocos nas ruas) e Salvador (com ensaios e festas). Você não paga preço de Carnaval e se diverte à beça (com muito menos confusão). Calendário VnV, fevereiro

RECIFE E OLINDA ficam animadíssimas – e um pouco mais em conta – no fim de semana que antecede o Carnaval. (...) RIO DE JANEIRO tambem dá a largada para a folia antes da folia. Para quem quer conhecer o Canraval carioca sem confusão, chegue alguns dias antes da festa oficial. Kibelendário VT, fevereiro

Fevereiro é perfeito para curtir Punta del Este com tudo funcionando e com menos gente do que em janeiro (...). Calendário VnV, fevereiro

PUNTA DEL ESTE ensolarada e com menos gente do que em janeiro. Kibelendário VT, fevereiro

É a época em que está menos caro se hospedar em Nova York; aproveite. Calendário VnV, fevereiro

NOVA YORK ainda no inverno e com um vento cortante, mas no mês em que as hospedagem estão mais baratas (ou menos caras). Kibelendário VT, fevereiro

EU AVISEI:
- Montevidéu fecha durante o carnaval; os montevideanos debandam e muitos restaurantes fecham (...).
- Buenos Aires continua bastante quente (e a segunda e a terça de carnaval são feriados).
- Mais uma razão para não pegar all-inclusive em Cancún: nesta época esses hotéis são tomados por estudantes americanos em spring break. Calendário VnV, fevereiro

EVITE:
- MONTEVIDÉU praticamente fecha no Carnaval (os moradores vão para o interior, os restaurantes não abrem e a cidade fica às moscas).
- BUENOS AIRES tem feriado na segunda e na terça-feira. Quem decidir fugir do Carnaval no Brasil pode encontrar tudo fechado.
- CANCÚN é invadida por milhares de jovens americanos, que vão curtir o Spring Break – o equivalente à Semana do Saco Cheio no Brasil. Kibelendário VT, março

--> ABRIL

Quem pode se dar ao luxo de esperar o verão passar encontra Santa Catarina no pico do seu encanto: ainda quente, mas quase sem chuvas. Como bônus, ainda é poupado dos engarrafamentos que assombram os veranistas. (...) Calendário VnV, abril

SANTA CATARINA ainda quente e com muito menos congestionamentos. (...) Kibelendário VT, abril

A melhor época para ir às cidades históricas de Minas começa agora e vai até setembro. Calendário VnV, abril

CIDADES HISTÓRICAS DE MINAS na melhor época, que começa agora e vai até setembro. (...) Kibelendário VT, abril

No iniciozinho de abril florescem as cerejeiras no Japão (mas você teria que ter lido isso com bastante antecedência para se programar). Calendário VnV, abril

JAPÃO: as cerejeiras florescem no início do mês e colorem a paisagem de rosa (mas programe-se com muita antecedência para estar lá nessa época). Kibelendário VT, abril

EU AVISEI:
- A Páscoa é o feriado mais importante do Chile; espere encontrar comércio e museus fechados. (...) Calendário VnV, abril

EVITE:
- A Páscoa é o feriado mais importante do CHILE. Ou seja, quase tudo estará fechado. Kibelendário VT, abril

--> MAIO

RIO DE JANEIRO. Os dias mais belos na mais bela cidade do planeta. Recuperado dos excessos do verão, o Rio atravessa maio com céus sem nuvens, calorzinho de dia, e noites que deixam dormir sem ar condicionado. (...) A época é excelente para combinar com qualquer destino no estado: Serra (...), Região dos Lagos (...) e Costa Verde (Mangaratiba & Angra, Ilha Grande, Paraty). Calendário VnV, maio

RIO DE JANEIRO, ILHA GRANDE E ANGRA DOS REIS estão no melhor mês, quando as enxurradas do verão já se foram. Em maio, o clima está um pouco mais fresco, mas ainda não é frio – dá para pegar praia tranqüilamente, e os preços dos hotéis estão mais palatáveis. Kibelendário VT, maio

É dada a largada para a melhor temporada de viagens à Europa. (...) Calendário VnV, maio

EUROPA dá a largada para o verão. (...) Kibelendário VT, maio

Excelente mês para visitar o meião do Brasil, recém-saído da temporada de chuvas. Mata verdinha e cachoeiras caudalosas na Chapada Diamantina, Chapada dos Veadeiros, Pirenópolis, Jalapão, Chapada das Mesas. (...) Calendário VnV, maio

CENTRO OESTE recém-saído das chuvas, com cachoeiras cheias e matas verdinhas. Considere Chapada dos Veadeiros, Goiás Velho, Pirenópolis, Jalapão e Chapada dos Guimarães. Kibelendário VT, maio

Peru e Bolívia entram em cartaz. Ótimo mês para não pegar frio demasiado. Calendário VnV, maio

PERU E BOLÍVIA entram na roda. Ótimo mês para ver o deserto boliviano. (...) Kibelendário VT, maio

Momento mais auspicioso para subir a serra – qualquer uma: gaúcha, catarinense, Mantiqueira, Bocaina, fluminense, capixaba. O tempo estará bonito, com dias quentes e noites frescas, e os preços (nem a lotação) são ainda de inverno. Calendário VnV, maio

SERRA: a hora para ir é agora, seja a gaúcha, Mantiqueira, fluminense... Nelas, os dias estarão quentes, as noites, frias, e as diárias, em conta. (...) Kibelendário VT, maio

EU AVISEI:
- Chove no Nordeste; na região, fique com o sul da Bahia.
- Começam as monções na Tailândia. Calendário VnV, maio

EVITE:
- A temporada de chuvas no NORDESTE DO BRASIL também já teve início. Se mesmo assim quiser apostar na região, vá para o extremo sul da Bahia, onde as chuvas são moderadas o ano todo.
- Começam as monções no SUDESTE ASIÁTICO – esqueça! Kibelendário VT, maio

A partir de junho, sei lá por quê, o calendário da VT pára de kibar o do Viaje na Viagem. E, por sinal, fica muito mais fraquinho -- praticamente um roteiro de festivais pelo mundo (como se o leitor da Viagem & Turismo, coitado, merecesse viajar para os lugares só no momento em que estão mais cheios e mais caros). Tem alguns erros gritantes, como colocar Fernando de Noronha na coluna "evite" de agosto (é o melhor mês para ir à ilha; chove menos de 40 mm e está tudo verdinho depois da temporada de chuvas). Mas paro por aqui, senão vocês vão dizer que eu estou reclamando de eles não terem me kibado mais!

Nessa história toda, porém, eu só não entendi uma coisa: o que vocês que me chamaram a atenção para a kibada estavam fazendo lendo essa revista, em pleno 2014? (Fala que foi no cabeleireiro, fala!)

mrgreen

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


81 comentários

Camila Navarro

Que feio! Mas achei o último parágrafo sensacional! wink

Tati
TatiPermalinkResponder

As revistas de viagem estão cada vez pior. Só encontro matérias sobre Orlando e EUA, lugares que não me interesso a ir. Tudo parece jaba. Os blogs são a salvação. Abc.

Alessandro Ayres

Que cara de pau!!!! Copiar assim é feio mesmo!!
Eu era assinante da VT há muitos anos atrás, mas as reportagens foram ficando cada vez menores e sem conteúdo relevante e as propagandas aumentando exponencialmente, por isso já tem um bom tempo que não leio (meu barbeiro só tem jornal smile ). Pelo menos os conteúdos ainda eram originais, mas pelo visto nem isso mais!

Marcia Morais
Marcia MoraisPermalinkResponder

OMG! Como é que pode colocar a cabeça no travesseiro e dormir? Tá igual aquele povo que compra dissertação final de curso! Talvez foi isso que aconteceu com o pessoal da V&T...às vezes, eles estão precisando de umas FÉRIAS para renovar a mente! #falasério!

petter
petterPermalinkResponder

Minha nossa!!! Mesmo com os comentários fechados temporariamente tenho que tentar escrever algo aqui! Impressionado com a kibada!

Catarina Alcala

Só comprei a revista pq a VnV não teve calendário esse ano! rss

Christiano Abreu Barbosa

Vergonha!

Lu
LuPermalinkResponder

vc não lê eles, mas eles lêem você... lamentável.
sad

Lu
LuPermalinkResponder

Ué, tem outra Lu??

Ronaldo Giusti

O pior é que esses veículos decadentes, que por sinal têm muito menos audiência que o VnV, se acham acima de sites e blogs, como se fosse uma coisa menor, sem direito ao direito autoral!

(sei que os comentários estão em moderação, mas queria dar o meu apoio)

Marcelo | Alemanha! Por que não?

É, infelizmente isso acontece muito...

Inclusive com blogs que aparecem bastante por aqui no Viajosfera, que publicam posts com textos "fortemente similares" com os nossos, com histórias que nós desencavamos, em lugares e de pessoas que estes "blogueiros" nunca teriam acesso.

Após a reclamacao, a justificativa é a de que o material está disponível na internet.

Por essas e outras deixamos a ABBV, pois se um dos objetivos da associacao é de elevar o nível de ética dos blogs, deveria também policiar os seus membros, para que estes nao tomem atitudes contra esta mesma ética.

P.S: sei que o comentário nao será publicado, é apenas um desabafo...

Sílvia Oliveira

Olá, Marcelo!

Lamentamos que não façam mais parte da associação. De qualquer maneira, gostaríamos de destacar que a ABBV não é um órgão fiscalizador e, sim, uma entidade de classe.

Mesmo assim temos um canal de denúncia - amplamente divulgado entre os associados - para que casos como esses sejam avaliados pela nossa Comissão de Ética. Veja: http://abbv.net.br/codigo-de-etica/regimento-interno-processo-por-infracao-etica/

Mas nunca recebemos nenhuma notificação sua a respeito disso. Portanto, não estamos cientes do que pode ter acontecido.
Fico à disposição.

Sílvia Oliveira
Presidente da ABBV

Thais Cristina Mansano

Vocês fizeram o calendário 2014? Gostaria de comprá-lo.

Grata,

Thaís

Márcio
MárcioPermalinkResponder

hahahaha, vão botar a culpa no estagiário.

Sílvia Oliveira

Hahaha! Riq, eu juro que li a minha VT no consultório médico (era isso ou a Caras!). Eu só havia dado uma olhada por cima, nem cheguei a me deter ao conteúdo do kibelendário. Mas a chamada na capa de que eles haviam feito um calendário sobre onde era melhor viajar mês a mês já me deixou passada. Essa história de "forte inspiração" tem um certo limite.

A primeira coisa que eu procurei saber era quem havia escrito o material. Não me lembro os nomes agora, não era ninguém conhecido para mim, mas - se não me equivoco - eram duas pessoas, o que pode justificar que metade do calendário esteja mais kibada que a outra, Ou seja - conspiração - o trabalho foi dividido em dois repórteres e cada um ficou com uma metade do ano. Um deles, digamos, se inspirou mais fortemente no seu trabalho.

Gostaria de saber, porém, se a revista (ou quem fez a matéria) se manifestará e com qual justificativa.

gabebritto
gabebrittoPermalinkResponder

Que triste isso. Pior é que parece estar se tornando uma moda. Um dos livros que li sobre o Irã tem trechos enormes idênticos a outro, escrito anos antes. E não dá para entender o que levou as autoras a fazerem aquilo, porque elas escrevem muito bem nas outras partes não "demasiadamente inspiradas". Uma coisa é ler um guia/livro e usar as informações do autor para incrementar um texto sobre o mesmo assunto. Outra coisa é fazer isso aí em cima, sem nem ao menos uma referência no final. Feio e triste.

Carol Palonbino

Vai ter o calendário VnV 2014???

Alexandre Costa

Troféu Cara de Pau 2014! Mais um motivo pra manter o conteúdo do VnV ou indicado por aqui como guias para as minhas viagens.

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Realmente heim, e isso vindo de uma editora grande como a Abril.
Eles claramente mudaram o foco, estão pautados pelo comercial, para onde a classe C esta começando a ir (buenos aires, orlando, santiago, nova york, buenos aires, etc etc). Felizmente o espaço que eles ocupavam com boas matérias foi preenchido pelos excelentes blogs de viagem.
A propósito, quando vai estrear a nova versão do site. Estou sentido dos comentários...rs

Raul Mattar
Raul MattarPermalinkResponder

Não adianta Ricardo, o povo copia, copia... mas não é uma Brastemp!

Marcie
MarciePermalinkResponder

wink

Danilo
DaniloPermalinkResponder

*A propósito, quando vai estrear a nova versão do site? Estou sentido falta dos comentários…rs

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Riq,
acho sua "puxada de orelha" na VT super justificável: é muito feio um profissional copiar o texto de outro assim na íntegra. Agora, na minha opinião, seu último parágrafo foi bem desnecessário para um profissional de seu calibre, que conquistou tanto respeito na blogosfera e no mundo de viagens. Seu blog, de fato, é muito bom (já foi melhor também, convenhamos), mas não é por causa disso que as pessoas devam parar de ler outros veículos. Achei bem arrogante de sua parte.

Dani
DaniPermalinkResponder

Acho que, frente ao acontecido e também levando em consideração o quanto os veículos tradicionais gostam de tripudiar dos blogs, diminuindo-os como se fossem todos amadores, ele fez bem em tirar essa onda com a revista. É o fim da picada um veículo pago não ter a capacidade de gerar conteúdo inédito.
Não sei se acompanha blogs de moda e beleza, mas recentemente uma revista fez um vídeo tirando sarro das blogueiras de moda, fazendo perguntas capciosas sobre uma semana de moda (perguntava o que a blogueira achou do desfile de um estilista que não existe, etc.). E o engraçado é que se você abrir uma revista deste segmento atualmente vai achar um monte de matéria kibada dos blogs. A mídia tradicional está perdendo audiência para os blogs, nos quais a informação é grátis e em tempo real, fica "se doendo" com isso e não soube ainda se estruturar para reagir. Vai definhar igual à indústria da música se não souber se reinventar sem apelar.

Marcie
MarciePermalinkResponder

Que vergonha! E que enorme falta de criatividade, não? Chegamos a isso? wink

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Hahaha! Kibelendario do Ali baba e 40 ladrões de .. dicas, hahaha! Ridículo VT!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Presto minha solidariedade ao Ricardo Freire.

Como eu também já tive material que eu produzi sendo copiado descaradamente por outros sites, blogs e fóruns, sei como é ruim a sensação de ser plagiado.

A safadeza humana não tem limites mesmo.

Abç e não se deixe desanimar por essas coisas, Ricardo!

Ana Christ
Ana ChristPermalinkResponder

Não só as revistas de viagem estão decadentes. Nosso jornalismo, como um todo, está num momento triste (e preocupante), onde notícias que dão mais ibope ou geram mais compartilhamentos no Facebook (ou qualquer rede social) tem prioridade para uma reportagem apurada e bem feita. Isso quando não há manipulação, notícias tendenciosas e até omissão de algumas pautas importantes.

Justamente por coisas como essa que vc relata que atualmente eu acompanho blogs escolhidos a dedo e feito por pessoas sérias e comprometidas, tanto para me atualizar em assuntos de viagens, quanto para assuntos gerais (política, economia, etc). Posso mesmo dizer que me libertei da manipulação da grande mídia! rs

E viva à produção independente! smile

Abraços

Nico
NicoPermalinkResponder

Exatamente. Depois que nos libertamos da grande mídia que percebemos o quão somos manipulados. Democratização da mídia já!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Infelizmente as revistas de viagem estão cada vez piores!!! Eu AMAVA acompanhar e era até assinante na minha época de estudante de turismo, mas cancelei a assinatura quando comecei a organizar meus arquivos em casa e fiz uma tabela como se fosse um índice dos destinos, para facilitar na hora de procurar um destino específico porque minha coleção de revistas era enoooorme. Já achava que os lugares estavam MUITO repetitivos mas só ai tive certeza que todo mês de novembro eles falam sobre cruzeiros, todo janeiro - as melhores praias do Brasil, todo junho - festas juninas, todo julho - as melhores pousadas em Campos do Jordão, Monte Verde e cidades do tipo... Já deu ne?

Beto
BetoPermalinkResponder

Não surpreende. O lixo na Abril transborda por todos os lados. Assinaram essa picaretagem?

Nico
NicoPermalinkResponder

Verdade Beto. A editora Abril transborda jornalismo lixo e todas suas publicações.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Tá louco, tchê!

Denise Mustafa

apenas: CHOCA.

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Não é assim nenhuma Brastemp smile

Antonio
AntonioPermalinkResponder

Vi na banca e notei logo a cópia descarada. É da mesma editora da Veja? Tá explicado.

Natália M Gastão - Ziga da Zuca

Quando abri a revista e vi o calendário, ops! O kibelendário, falei na hora "Tá igual ao do Riq!" - Surreal meeesmo!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Onde já se viu tamanha cara de pau!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

É intolerável e inaceitável consumir lixo,
quando podemos acessar a qualquer momento e em
qualquer lugar informações de qualidade.
Bora ignorar a existencia desta editora !

Radoico Câmara Guimarães

Quem realmente deseja informações mais completas e dicas importantes, orientação, acessa o https://www.viajenaviagem.com/. Essas revistas em banca são interessantes quando coincidem exatamente com a viagem que desejamos fazer e, mesmo nesses casos, vêm só com três ou quatro páginas que interessam, o resto pouco serve...

Edson Outani
Edson OutaniPermalinkResponder

Vergonhoso. Não vi a revista mas comparei o texto com o meu calendário e está igualzinho. No caso de internet, sempre podem alegar a disponibilidade mas no caso de um material impresso e com autoria reconhecida não tem como acionar de alguma maneira?

Sut-Mie Guibert | Viajando com Pimpolhos

Vergonha! E olha que o calendário foi impresso! Não estava na internet, habitual (erroneamente) "Terra de Ninguém"!

Guilherme Linux

É da mesma editora que faz a Veja , pautada por bicheiro. O que esperar? Triste é que alguém ainda leia uma porcaria dessas. Ou qualquer outra que venha da (primeiro de) Abril.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Estou CHOCADA!
Que fim dos tempos, my Lord!

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Difícil... Mas é bom lembrar que isso acontece também com os blogs. Um dos atualmente mais acessados blogs sobre promoções de passagens aéreas começou copiando descaradamente conteúdo e idéias do Aquela Passagem, do inimitável Rodrigo Purish. Até hoje, quando resolve fazer algo mais que não seja jogar promoções mastigadas nas mãos dos leitores, copia o Aquela Passagem. Se isso fosse na vida acadêmica dava processo, perda da titulação, demissão...

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Dificil imaginar qq jornalista decente fazendo isso, nem tentaram disfarçar, é muita cara de pau e falta de respeito. Tem como tomar alguma providencia legal pra que isso nao se repita?

Vanessa Carvalho

Que vergonha! Quanta cara de pau!

Alessandra Rodrigues

Não me surpreendo.
Essas revistas são extremamente superficiais nas informações divulgadas e quando apresentam algo de bom, geralmente é uma cópia discarada de alguns posts de blogs de viagens. Há mais de 1 década que cancelei a assinatura que tinha, porque além de não agregar muita coisa, posssui mais propaganda do que boas reportagens. O melhor lugar pra conesguir informações e dicas antes de fazer minhas viagens é aqui no VnV e outros blogs do genero como o drieverywhere, dentre outros que sigo e confio plenamente do que divulgam.

Pedro | Viaje com Pedro

Que pena isso... Feio, dar dó!

Karine Godoy
Karine GodoyPermalinkResponder

E a pergunta que não quer calar: não vai ter calendário/2014? Quando fiquei sabendo do 2013 já havia esgotado. Não, não vou comprar a revista...falta a outra metade do ano smile

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

A VT já foi uma boa revista. Ficou muito feia essa história. Tem tanta coisa aí envolvida! Desde um espertinho que copiou conteúdo até revisores/editores que estão tão por fora do mercado que não perceberam! Um bom profissional tem que ficar de olho nos parceiros e concorrentes...

E a Abril, afff, já me livrei de todas as assinaturas que tinha.

Paula*
Paula*PermalinkResponder

Cara de pau a VT! #vergonhaalheia

Lu
LuPermalinkResponder

É mta cara de pau ...

Lucas
LucasPermalinkResponder

Ricardo, lastimável a postura dos editores da Viagem & Turismo.

Tal conduta pode e deve ensejar um processo por plágio e quebra de direitos autorais, especialmente porque (i) os calendários VnV eram vendidos por um preço superior à revista, o que pode fazer com que nas próximas edições do calendário as vendas caiam e você tenha prejuízos, e, também, (ii) pelo fato de a Viagem & Turismo ser, da mesma forma, vendida, e. nessa edição, se valendo de uma matéria que foi, ao menos em parte, plagiada; em outros termos, o Grupo Abril ganhou dinheiro às suas custas sem ter tido qualquer ônus com isso.

Fica a dica, consulte um advogado e continue seu grande trabalho!

Abs.,

Lucas

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Quando vi a chamad da capa achei que seria um calendário pobrinho, nada comparado aquele incrível do VnV. Quando abri achei muita cara de pau, quando fui fazer umas comparações rápidas fiquei bem chocada e agora nessas comparações aqui mais chocada ainda.

Renata
RenataPermalinkResponder

Ricardo, não se abale sou assinante desta revista e afirmo que a revista está ruim só vou citar alguns exemplos: um foto de capa " de capa, hein" estava invertida, tem uma página que o pessoal envia foto a revista publicou a mesma foto se não me engano em anos diferentes, e é sempre os mesmos destinos.....
Bjs e adoro seu site.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar