Noronha: 8 pousadas bacanas entre R$ 350 e R$ 500

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Canto do Boldró

Canto do Boldró

Da última vez que escrevi sobre hospedagem em Fernando de Noronha, em 2010, dividi as pousadas em três grupos -- as top (atualmente, acima de R$ 1.200 a diária), as do pelotão intermediário (atualmente, entre R$ 600 e R$ 900 a diária) e as pousadinhas domiciliares (atualmente, até R$ 300 a diária).

Pois bem. Nos últimos anos surgiu uma quarta categoria. Algumas pequenas pousadas conseguiram se diferenciar da massa das domiciliares, acrescentando charminhos que antes só eram vistos no pelotão intermediário. Estive de volta à ilha em novembro de 2013 e me hospedei em cinco pousadas com diárias entre R$ 360 e R$ 512; depois, ainda visitei outras. Gostei do que experimentei e do que vi. Vai por mim: essa faixa ao redor dos R$ 400 é a que oferece a melhor relação custo x benefício na ilha.

Canto do Boldró (Vila do Boldró)

Canto do BoldróCanto do Boldró

Canto do Boldró

Canto do BoldróCanto do Boldró

Canto do Boldró

Boldró

Boldró, na maré baixa

Antes se chamava Som das Ondas e era conhecida apenas por surfistas que freqüentavam a praia do Boldró. Estava totalmente fora do meu radar; descobri porque entrou no Booking (a propósito, já são 80 pousadas na ilha cadastradas no Booking. Só se hospeda no escuro quem quer). O luxo aqui é a localização: você pode ir a pé à ótima praia do Boldró (onde, na maré baixa, se forma uma piscina natural rente à areia que a maioria dos visitantes desconhece). A vila do Boldró, com as palestras do Tamar e dois bons restaurantes (Du Mar e Cheiro Verde), está a cinco minutos de caminhada. As donas estão presentes (ainda moram na propriedade, algo raro em Noronha) e o café da manhã é bem servido. Meu quarto era enorme (o único senão, facilmente corrigível, é a luz branca). Em novembro, paguei R$ 360. Tem nota 8,1 no Booking. Confira disponibilidade e preços aqui.

Mar Atlântico (Floresta Nova)

Mar Atlântico

Mar AtlânticoMar Atlântico

Mar Atlântico

Mar AtlânticoMar Atlântico

Mar Atlântico

Paula e Tuca Sultanum (a.k.a. @tucanoronha), nora e filho de Zé Maria Sultanum (da Pousada Zé Maria), descobriram a fórmula perfeita para transformar pousadas domiciliares em pousadinhas charmosas. Pinte as paredes em cores claras, confira um look clean aos quartos (araras no lugar de armários, luz indireta na mesa de cabeceira, xilogravuras na parede), reforme o banheiro e voilà: desaparecem todos os vestígios da casinha de vila militar que havia ali na encarnação passada. Além da Mar Atlântico, a dupla já renovou nos trinques mais duas pousadas (a Verdes Mares e a Pousada da Villa) e está reformando outras duas (a Simpatia da Ilha e a Pousada Jomar). A Mar Atlântico fica no final de uma das ruas da Floresta Nova, em frente à Pedras Secas. A praça do Flamboyant na Vila dos Remédios está a 10 minutos de caminhada, no plano. Em novembro, paguei R$ 398. Confira disponibilidade e preços aqui.

Alto Mar (Colina)

Alto MarAlto Mar

Alto Mar

Alto MarAlto Mar

Alto Mar

Alto MarAlto Mar

Alto Mar

Vizinha de cerca do restaurante Palhoça da Colina, a Alto Mar se destaca pela decoração criativa (com objetos low-budget de ótimo efeito). O maior investimento foi na reforma dos banheiros, que têm pastilhinhas no box e cuba moderninha na pia. Tem uma vibe de pousadinha de praia da Bahia (pense no Arraial d'Ajuda ou em Morro de São Paulo) que me agradou bastante. A praça do Flamboyant, na Vila dos Remédios, está a 10 minutos de caminhada (pegue o atalho em frente à pousada). Em novembro, paguei R$ 415. Tem nota 8 no Booking. Confira disponibilidade e preços aqui.

Pousada da Villa (Vila do Trinta)

Pousada da VillaPousada da Villa

Pousada da Villa

Pousada da VillaPousada da Villa

Pousada da Villa

Pousada da VillaPousada da Villa

Pousada da Villa

Outra pousada renovada pela mão de Tuca e pelo olhar de Paula Sultanum -- aqui, em parceria com Ana Cláudia Sultanum, esposa do Zé Maria. Os quartos ficam em dois anexos nos fundos da casa, em torno de um agradável pátio. O chão de cimento queimado torna o ambiente ainda mais gostoso. Foi o melhor café da manhã da minha temporada em Noronha (o chá da tarde também é rico). Um dos melhores restaurantes da ilha está no Trinta, o Varanda. Atravessando a BR tem o sushi da Casa do Salviano; a meio caminho da Vila dos Remédios, a pizzaria paulista Na Moita. A praça do Flamboyant na Vila dos Remédios está a 10 minutos de caminhada, ladeira abaixo (para voltar, melhor esperar o ônibus). Em novembro, paguei R$ 498. Confira disponibilidade e preços aqui.

Pousada Miragem (Colina)

Pousada Miragem

MiragemMiragem

Miragem

MiragemMiragem

Miragem

O padrão clean começa a fazer escola. A Miragem foi na cola: os quatro quartos (beeem compactos) são pintados de off-white, com decoração valorizada por objetos rústicos e fotos em preto e branco. De quebra, uma varanda com vista lateral para o Pico. O café da manhã poderia ser mais completo, dada a faixa de preço. É vizinha do sushi da Casa do Salviano; a Palhoça da Colina está a 5 minutos. Atravessando a BR você come no ótimo Varanda e, no meio do caminho para a Vila dos Remédios, na pizzaria paulista Na Moita. A praça do Flamboyant na Vila dos Remédios está a 10 minutos de caminhada ladeira abaixo. Em novembro, paguei R$ 512. Confira disponibilidade e preços aqui.

Ilha do Frade (Floresta Nova)

Ilha do FradeIlha do Frade

Ilha do Frade

Ilha do FradeIlha do Frade

Ilha do Frade

Minha amiga Patricia Dias trabalhou muitos anos com turismo receptivo de luxo na ilha, e por isso incorporou à sua pousada detalhes que fazem a diferença para o viajante mais exigente. As paredes dos quartos, de madeira, são revestidas de gesso, para dar conforto acústico. Cada quarto tem uma cor diferente, com detalhes charmosos na decoração. Tem vista para o Mar de Fora. Fica no fim de uma rua da Floresta Nova; a praça do Flamboyant na Vila dos Remédios está a 10 minutos de caminhada. Não me hospedei, só visitei; as tarifas normalmente estão abaixo de R$ 400. Tem nota 8,9 no Booking. Confira disponibilidade e preços aqui.

Verdes Mares (Floresta Nova)

Verdes MaresVerdes Mares

Verdes Mares

Verdes MaresVerdes Mares

Verdes Mares

Foi a primeira das pousadas revitalizadas por Paula e Tuca Sultanum. Mantém a fachada de madeira envernizada, mas está toda branquinha por dentro. São apenas três quartos, o que permite fechar a pousada para um grupo (se você é famosão e quer privacidade em Noronha, /#fikdik). A praça do Flamboyant na Vila dos Remédios está a menos de 10 minutos de caminhada. Não me hospedei; só visitei. As tarifas normalmente estão ao redor de R$ 400. Confira disponibilidade e preços aqui.

Pousada Naiepe (Floresta Nova)

Naiepe

NaiepeNaiepe

Naiepe

A localização é excepcional: na esquina da BR com uma das entradas da Floresta Nova, escondidinha pela vegetação, atrás do restaurante Xica da Silva (e a três minutinhos a pé da praça do Flamboyant na Vila dos Remédios). A varanda charmosamente decorada se abre para um jardim tropical. Não consegui visitar os quartos, mas sei que têm paredes claras e banheiros reformados. As tarifas normalmente estão abaixo de R$ 400. Tem nota 9,5 no Booking. Confira disponibilidade e preços aqui.

Leia mais:

32 comentários

Fernando Piracicaba

Em 2012 fomos em lua de mel e ficamo na Teju, super recomendada pelo Riq e que dispensa apresentações. Em 2013 ficamos na Pedras Secas e tbm nos agradou grandemente. Em 2014 ainda não decidimos, gostei muito do que vi aqui agora sobre a Mar Atlântico que é bem em frente a Pedras Secas, mas primeiro vou gastar um pouco de milhas para Aruba.

TRIPS
TRIPSPermalinkResponder

Mesmo para Noronha, esses valores são altos para mochileiros...consegui um quearto em casa de morador por R$ 170 a diária. O quarto é igual ao das pousadas que pesquisei, ar, tv, frigobar e cafe-da-manha. Além de ser bem localizada, posso usar a cozinha e fazer meu próprio rango, o que vai garantir mais economia, pois, pelo que li, os restaurantes são caaaros.

Daqui 2 meses embarco, e contarei a experiencia e o desafio de ser mochileiro em Noronha, um dos destinos mais caros do Brasil.

tripsincriveis.blogspot.com

Márcio Queiroz

Prezados, bom dia.
Muito oportuna esta reportagem sobre 8 pousadas com preços acessíveis em Noronha. É realmente estranha, para se dizer o mínimo, a situação do turismo interno no Brasil, notadamente em Noronha. Estive lá há tempos atrás, fazendo uma prova de mergulho, e em razão disso passei uma semana na qual entre mergulhos diurnos e noturnos mal vi as praias do lugar. Agora tentei lá voltar, e por não ter me programado direito me assustei com os preços oferecidos. O fato é que para uma estada de 5 diárias no Hotel Dolphim, no período de carnaval, um casal desembolsaria cerca de R$10.000,00 com direito a café da manhã. (e me refiro somente a hospedagem, sem taxas de turismo e parte aérea). Pasmo com o preço resolvi pesquisar uma hospedagem em Punta Cana, e recorrendo mais uma vez ao seu site, escolhi o PARADISUS, com o serviço THE RESERVE. Pois bem, consegui um pacote de 7 diárias, com a volta dia 10 de março, pelo preço de R$7.750,00 (ai incluídas passagens aéreas para duas pessoas com saída de Belo Horizonte, lembrando que a hospedagem é no regime all inclusive). Não há comentários a fazer, a não ser que o pessoal de Noronha perdeu completamente o bom senso, e mais ainda o perdemos nos, pobres turistas que continuamos a ser explorados.
Grande Abraço.
Márcio Queiroz

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Márcio! Réveillon e Carnaval são as épocas em que tudo no Brasil está ainda mais caro.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Em julho/13 me hospedei na pousada pedras secas, só tenho elogios. Encontra-se nessa faixa de preço, é muito confortável, novinha, tudo muito limpo. Café da manhã a la carte, com bastante opções, inclusive não tinha cuscuz no cardápio e minha namorada disse que gostava, enquanto estivemos hospedados eles fizeram todos os dias pra gente. Atendimento foi excelente, uma das malas não chegou e eles ajudaram a resolver tudo, assim como pra reservar os passeios e os taxis. A nota dela no booking também é alta, 9,2. Ficamos mais alguns dias em outra pousada porque tinha piscina e a pedras secas não tem, mas nos arrependemos. Sem falar que todos os dias eles oferecem um lanche da tarde com tortas, bolos e chás incluído no preço. Quando você volta dos passeios e chega com fome é excelente.

Jessica Costa
Jessica CostaPermalinkResponder

Buscando uma pousada com preços acessíveis em Noronha, me deparei com esse post. Depois de pesquisar preços e localização, acabei de fechar a Pousada Mar Atlântico para o período de 19 a 26 de março. Na volta, conto o que achei. Obrigada.

Danieka
DaniekaPermalinkResponder

Jessica como foi sua experiência? Como foi p passeios e tempo nesse período? Nosmiremos esse ano mais li que não eh uma boa época por causa das chuvas e ondas

TRIPS
TRIPSPermalinkResponder

Olá viajantes!!!

Acabo de voltar de 1 semana em Noronha. E como disse nos comentários acima, vim deixar minha impressão. Me surpreendi com os altos preços do lugar, mas consegui passar 1 semana de mochileira!!! Gastei R$ 1.700 com passagens, hospedagem, taxas, comida, tudinho.
Quem quiser ou precisar de dicas, olha o post do blog:

http://tripsincriveis.blogspot.com.br/2014/03/como-passar-uma-semana-em-fernando-de.html

Eliane Damacena

Li este post em janeiro e fechei com a pousada Ilha do Frade,entre o dia 24/06 e o dia 02/07 para dois adultos e duas crianças vou pagar cerca de R$ 3.000,00, não acho absurdo, quando voltar relato melhor sobre a pousada e sobre os preços e serviços na ilha.

CRistina
CRistinaPermalinkResponder

Tenho amigas que foram de cruzeiro all inclusive, com 3 dias ancorados na ilha. O que acha ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Cruzeiro e Fernando de Noronha não combinam, em essência.

Ju Naliato
Ju NaliatoPermalinkResponder

Sempre que vou a Noronha fico na Pousada Carmô. A Nora é uma fofa, que está sempre disposta a ajudar os hóspedes e o bom o bom humor da Mana, que cuida do café da manhã não tem preço.

Carol
CarolPermalinkResponder

Ola! A localizacao da pousada da vila eh boa? A da mar atlantico eh melhor? Da para andar a pe ou melhor alugar buggy? Att., Carol

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! As duas pousadas estão comentadas no post acima e são recomendadas pelo Ricardo Freire.

As duas requerem uma caminhadinha até o centrinho da Vila dos Remédios.

Keila
KeilaPermalinkResponder

Ola!

Gasta se muito com alimentacao? Como por ex. Trancoso...

Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Keila! Em geral, sim. Em Noronha tudo é mais caro.

Rivana Regalin

Bom dia,
Estamos encantados com os comentários sobra a Pousada do Vale, nosso único porém é a falta de piscina e vista.
O quão fundamental é ter piscina em Noronha em março? Faz tanta diferença?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rivana! Você vai passar a maior parte do seu dia fora da pousada, fazendo passeios. A piscina não é imprescindível; é só mais uma opção de lazer.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Uma amiga minha acabou de ficar lá e só elogiou...

Miriam
MiriamPermalinkResponder

Eu gostaria de saber se é melhor ir na maré alta ou na maré baixa

e em qual lua é melhor

grata

Miriam

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Miriam! Maré alta e maré baixa acontecem todos os dias. Noronha não tem marés radicalmente diferentes dependendo de lua, não.

Nathalia Borghi

Olá Bóia!
Gostaria de saber se é possível conhecer a ilha toda apenas caminhando. Não gostamos de alugar buggy e adoramos explorar tudo a pé. Também não pretendemos gastar fazendo passeios.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nathalia! Use o ônibus e caminhe nos trechos que não são servidos pelo transporte público.

Taise
TaisePermalinkResponder

Fiquei na Verdes Mares, ano passado e recomendo. Voltaria a ficar lá com certeza.

Dan - Muita Viagem

Muito bom estar em Noronha, quase todas as pousadas possuem seus pontos fortes. Estive lá em fevereiro/2013 e fiquei em 3 pousadas - da Maga, Pedras Secas e na Onda. Acho que nesta faixa abaixo de $400 a Pousada da Maga é boa opção, se quiser investir um pouco mais vale optar pela Pedras Secas. Cheguei a visitar outras e a Verdes Mares e a Naipe me chamaram atenção também. Sobre os preços - aquele lugar vale cada centavo!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Acabei de voltar e fiquei na Pousada Flamboyant. As instalações e a localização são ótimas, o serviço é que deixou a desejar.
http://www.atravessarfronteiras.com/2015/12/fernando-de-noronha-o-paraiso-tem-seu.html

Luan Ferraz Chaves

Olá, boa tarde, em pesquisa no booking.com, vi que a pousada com melhor nota (9,6 baseada em 86 avaliações) é a Pousada Santuário. Ela custa 650 a diária e fica próxima ao porto! Seria uma boa pedida?
Obrigado,
Luan

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luan! Não visitamos (não apareceu no radar em nossa última visita à ilha). A nota é bastante impressionante. Note apenas que a localização é perfeita para quem mergulha todos os dias (dá para ir a pé ao porto), mas para ir à vila você vai precisar de bugue, táxi ou ônibus.

Talita
TalitaPermalinkResponder

Olá! Li o "quando ir" mas tenho uma dúvida, pretendo ir a Noronha em fevereiro, mas eu e meu namorado curtimos mergulho e snorkel. O agito das ondas nessa época atrapalha? Fica prejudicado? O swell tem duração?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Talita! Vá em fevereiro para surfar. Para mergulhar e sobretudo fazer snorkel, vá na época de mar calmo.

Krishna
KrishnaPermalinkResponder

Super me empolguei lendo essa matéria, até ir no olha no booking os valores, uma a uma.. acho que elas deram uma supervalorizada... Aumentaram bastante!! E olhe que eu estou olhando em período de baixa estação.. não teve uma diária por menos de R$800 kkkk fods!

kamila
kamilaPermalinkResponder

Acabei de passar pela mesma frustração da Krishna!! Vou acabar indo para Barra Grande que era uma outra opção de férias!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar