17 hotéis no Recife (dica: fique no Pina)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pina

Pina, Recife (mas a praia é o que menos importa)

O coração turístico tradicional da beira-mar do Recife é a pracinha de Boa Viagem, à altura do número 5.000 da avenida Boa Viagem, onde uma feira de artesanato é montada todas as noites. As três quadras anteriores, até o número 5.500, e as oito quadras seguintes, até pouco abaixo do número 4.000, contêm a maior concentração de hotéis da cidade.

Numa esquina da praça fica o Park Hotel; a meia quadra, o Fator Palace; a uma quadra, o Recife Monte. À beira-mar, o Atlante Plaza está a três quadras na direção de Piedade; o Vila Rica está a três quadras no sentido Pina. Ainda na direção Pina, o Golden Tulip Recife Palace está a sete quadras e o Internacional Palace, a oito quadras da pracinha. Assim como a região, os hotéis desse miolo há muito perderam seu lustro. Hospede-se por aqui se encontrar uma boa oferta ou se for passar os dias passeando, voltando só para dormir.

No início da década passada, o pólo gastronômico do bairro foi se deslocando para mais adiante na orla. Foi o auge da região do Segundo Jardim de Boa Viagem, à altura do número 1.600 da avenida, onde brilhava o Boteco, a versão pernambucana de um botequim carioca que hoje tem filiais em todo o Nordeste. Por ali se instalou o primeiro hotel de Boa Viagem que não fazia o hóspede se sentir nos anos 80: o ótimo flat Beach Class Suites, que continua recomendável até hoje.

Ano retrasado o Boteco original, do Segundo Jardim, foi demolido (e reencarnou este ano num armazém do Marco Zero, no Recife Antigo, como Bistrô & Boteco). O único botequim da rede presente na beira-mar é o Boteco Maxime, na ponta norte de Boa Viagem, o Pina (no número 21 da avenida).

Hotspot

Hotspot

Pois bem: não é só o Boteco que foi para o Pina. Uma rua estreita que corre paralela à beira-mar, a Capitão Rebelinho, tornou-se a “rua Amauri” recifense, com restaurantes e bares enfileirados. No espaço de um quarteirão e meio (entre Ondina e Pereira da Costa) funcionam o mexicano Guadalupe (nº 159), o italiano Vittorina Pomodoro & Café (nº 418), o moderninho Hotspot (onde os pedidos são feitos diretamente em iPads; nº 478), o português Filipe (nº 517), o pub Gentleman Loser (nº 527), o boteco Fiteiro (nº 520; é impressão minha, ou era mais bacana antigamente, no Segundo Jardim?) e o bistrô Ça Va (nº 519; o melhor dessa turma).

O pólo da Rebelinho termina na rua do Atlântico (à altura do número 760 da avenida Boa Viagem), uma transversal que reúne os restaurantes com maiores pretensões gastronômicas: o experimental É (nº 147), o sofisticado Mingus (nº 102) e o recém-inaugurado Entre Amigos Praia, sucursal mais elegante do tradicional O Bode (beira-mar). Nesse miolinho, outro contemporâneo que vale a visita é o Nez, na rua Amazonas, 40 – continuação da Capitão Rebelinho.

A beira-mar também tem dois endereços bacanas: o bistrô La Cuisine (nº 560 da avenida Boa Viagem) e o sports bar Underground (nº 618).

Para o turista, a boa notícia é que o Pina tem hotéis novíssimos para todos os bolsos. O mais luxuoso é o Transamérica Prestige Beach Class -- hoje, com folga, o melhor hotel da cidade (à altura do número 400 da avenida Boa Viagem). Na mesma quadra, o Nobile Beach Class Executive também é bastante confortável. Ambos têm diárias acima de R$ 400 durante a semana, mas abaixo de R$ 400 nos fins de semana (o Transamérica sempre um pouco mais caro que o Nobile). A três quadras da beira-mar, mas exatamente atrás do trecho mais muvucado da Capitão Rebelinho, o recém-aberto Ibis Recife tem diárias ligeiramente abaixo de R$ 200.

Outros hotéis, mais antigos, que deixam a diversão do Pina à porta, são o básico-econômico Recife Praia (na esquina do Boteco Maxime) o renovado Best Western Manibu (na Conselheiro Aguiar, a duas quadras da beira-mar) e o Marante (à altura do número 1000 da avenida).

Barraca do Pezão

Barraca do Pezão, à altura do número 2.800 da avenida

No Pina, você só estará mal localizado para ir... à praia. Atualmente o ponto mais “cool” das areias de Boa Viagem é a Barraca do Pezão, que fica a meia hora de caminhada, à altura do número 2.800 da avenida Boa Viagem (use a Padaria Boa Viagem, na esquina com a rua Bernardino Pessoa; como referência; olhando para o mar, o Pezão estará ligeiramente à esquerda). Com seus ombrellones enormes, que acomodam até quadro cadeirinhas, o Pezão desbancou o edifício Acaiaca (ali perto) como point de BV. Querendo se hospedar por ali, encare o Jangadeiro (é simpático, mas a reforma não acaba nunca), o compacto Bianca, a uma quadra da avenida, ou o básico LG Inn, a três quadras da beira-mar.

Leia mais:

32 comentários

Raíssa
RaíssaPermalinkResponder

Ahhh, que delícia ver meu bairro amado aqui no VNV! O Pina é disparado a melhor localização do Recife: vc acertou em cheio na menção à nossa mini Rua Amauri, bem como aos hotéis novinhos - no mais, vale lembrar que o shopping RioMar, o mais novo da cidade, fica por aqui também.

Valeu, Riq, adorei o post! smile

Renata Queiroga - Tempere sua Viagem

Ricardo e Boias,
Super atualizado esse post, com o que há de melhor em REcife, em matéria de novos e antigos, mas excelentes restaurantes ! Parabéns! Anotem aí mais uma dica, o restaurante Trattoria Toscana, que abriu recentemente, num das trasnversais da Capitão Rebelinho. Está dando o que falar! No mais, é o restaurante è fechou as portas...

Renata Queiroga

* O É Restaurante fechou as portas.

Daniele Seidler Doberstein

Boa noite! Gostaria de saber se o hotel Marante ainda é uma boa opção? Obrigada e aguardo retorno.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniele! Clique e veja o que dizem do hotel no Booking.

Daniele Seidler Doberstein

E o park hotel é uma boa opção?

cassiana
cassianaPermalinkResponder

Olá Boia!
Entre o atlante Plaza e o transamérica Prestige, qual deles e melhor ? E qual deles tem a melhor localização para passeios e gastronômica?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cassiana! Como está bastante claro no post, o Transamérica é o hotel que o Ricardo Freire indica acima de tudo. E é o que está no meio da nova cena gastronômica do Pina. O Atlante é um hotel antigo e decadente.

Eleonora
EleonoraPermalinkResponder

Olá Bóia, qdo Ricardo diz que hospedando no Pina ficamos mal localizados apenas p ir a praia, fiquei receosa em fazer minha reserva por ali. A praia não é legal ou seria só pela distância da barraca do Pezão? Tem barreira de recifes no Pina?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eleonora! A praia no Pina é limpa e tem um trecho protegido por recifes, sim. Só não é dos trechos mais badalados para ficar, nem tem barraqueiros disputados.

Eleonora
EleonoraPermalinkResponder

Entendi. E o calçadão , é bom, parecido c o de Boa Viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eleonora! É o mesmo calçadão. Na transição entre Boa Viagem e Pina há muitas quadras de esporte.

Eleonora
EleonoraPermalinkResponder

Obrigada pelas informações.

Pedro B Amaral

Olá... Me desculpe.. só não concordo que o Transamérica seja o melhor hotel, nem que o Mercure Atlante Plaza esteja decadente. O Plaza pode estar mais distante de Pina, mas oferece suítes com quase o dobro do tamanho, modernas e limpas e, a um custo idêntico. No mais, ótimo post. Abs.

Scheila
ScheilaPermalinkResponder

Ele se refere ao Atlante Plaza... O Mercure Atlante Navegantes é um ótimo hotel, já o Atlante Plaza é enorme e alguns quartos não foram reformados, a piscina fica no topo do hotel, bar da piscina não funciona e no geral é um hotel antigão que deve ter sido ótimo no passado.

Angela
AngelaPermalinkResponder

Olá, vi q o Wyndham Garden fica quase pé na areia, gostaria de ter praia e piscina (pelas fotos q vi a piscina do Wyndham é grande e pega bastante sol), pois curto ambos, mas tb ter a possibilidade de ficar em cidade, o Wyndham é uma boa opção? a praia de lá é boa? segura?, pois já vi assaltos em praia em outros lugares, vi q tem o Shopping Guararapes perto do hotel, é um shopping bom ou uma galeria? vale a pena ficar em Jaboatão? o bairro de Piedade é bom? gastaria muito d taxi ficando lá, pra sair a noite? ou perto do Wyndham tem bons restaurantes, barzinhos, lanchonetes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Angela! Piedade/Jaboatão não é uma localização conveniente para curtir o melhor do Recife. Fica longe dos restaurantes de Boa Viagem, do Recife Antigo e de Olinda. Há poucos bons restaurantes. O shopping Guararapes faz o gênero mais popular que os de Boa Viagem.

Silvia
SilviaPermalinkResponder

Boa tarde!
O Hotel Luzeiros não foi citado no post. Tem algo em especial que pode ser dito sobre ele?
E quanto à localização, vale à pena se hospedar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! É um hotel novo, não estava pronto na época do post. Fica próximo ao shopping Riomar, o que em princípio é bom. Mas é preciso ver in loco se você se sentiria segura de ir à noite do hotel para o shopping. É uma região erma à noite.

Silvia
SilviaPermalinkResponder

Obrigada, A Bóia!!

Josué Maia
Josué MaiaPermalinkResponder

O Prodigy Hotel Recife na Praia da Piedade é uma boa opção pra se hospedar? Vou passar um fds em Recife, vou estar de carro alugado e pretendo fazer passeios, portanto devo ficar pouco tempo no hotel ou na praia próxima.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Josué! Você estará 20 minutos mais perto das praias do Sul do que se estivesse em Boa Viagem, mas estará 20 minutos mais longe do Recife Antigo e de Olinda do que se estivesse em Boa Viagem.

Celso Leite
Celso LeitePermalinkResponder

Estou adorando as dicas , são muito boas .

Mercia
MerciaPermalinkResponder

Gostaria de saber das praias qual é a melhor sem ondas e sem tubarao

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mercia! Boa Viagem. Entre nos trechos protegidos por corais, na maré baixa.

Wilson donadio

Reservei do dia 24/12 a 03/01/19, gostaria de saber qual o valor do estacionamento ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wilson! Entre em contato com o hotel onde você fez a reserva.

Lena Annes
Lena AnnesPermalinkResponder

Bom dia Bóia, uma dúvida: entre o Transamérica e o Radisson, qual a melhor opção em termos de hotelaria?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lena! Ambos são ótimos hotéis com ótimo serviço, têm notas equivalentes no Booking. O Transamérica é mais novo.

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Oi,
estamos pensando em ir para Recife vindo de Salvador, alugar um carro descendo direto a São Miguel dos Milagres e voltar, passando por Maragogi, Tamandaré, Carneiros, Porto de Galinhas, Cabo de Santo Agostinho, e terminar por uns /4 dias em Recife/Olinda para retornar a SSA. Vamos em dois, meu marido e eu, gostamos de comer, beber, passeios tipo turísticos demais não fazem muito nossa cabeça, rsrsr. Ver peixinhos, museus...também não nos atraem muito. Temos 11 dias para esse roteiro, vocês tem alguma sugestão? Ah, não somos muito de esportes radicais, já temos mais de 60, os dois.
Obrigada, adoro seu blog, acompanhamos há muito tempo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Listamos passeios porque normalmente é a informação que as pessoas procuram. Mas o Ricardo Freire acredita que férias de verdade na oraia são aquelas em que não fazemos nada. Escolha seus pontos de parada pela beleza da praia/qualidade da infra-estrutura e fique o máximo possível nos lugares escolhidos. Pular de praia em praia sem aproveitar nenhuma direito é o erro principal de quem faz programas muito ‘turísticos’ no litoral.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar