Canárias, Madeira e Açores pro A.L.: quem tem dicas?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Canárias, Madeira, Açores

Quem acompanha o movimento da caixa de comentários sabe que o A. L. é um dos contribuintes mais assíduos e generosos. Está sempre atento para responder perguntas, complementar as informações, oferecer um ponto de vista diferente, atualizar ou mesmo corrigir o conteúdo dos posts.

Pois agora é a vez dele pedir uma mãozinha. Ele está pensando em viajar, no verão europeu, às ilhas ibéricas do Atlântico. Na sua mira estão as Canárias, Madeira e até os Açores. Ele tem duas semanas para a viagem, quer alugar carro e explorar as ilhas, fora do esquema hotel-na-beira-da-praia.


Bem: da minha parte eu sei pouco sobre esses destinos. Descobri outro dia que há uma cia. canária, a Binter, que voa entre Las Palmas, em Gran Canaria, e o Funchal, na Madeira -- o que já permite combinar uma viagem entre as Canárias e a Ilha da Madeira sem voltar ao continente. Para ir aos Açores, porém, é preciso partir de Lisboa, pela SATA.

Para as Canárias, há uma fonte completíssima em português, o Turomaquia da querida Patricia de Camargo, que mora em Gran Canaria. Seu material sobre Gran Canaria e sobre Lanzarote é rico e mostra um arquipélago diferente do que é vendido pelas agências de viagem na Europa.

O Edson Maiero do Phototravel 360 tem uma boa página-resumo do que fazer na Ilha da Madeira. O site Madeira Web dá ainda mais idéias.

Para os Açores, o Visit Azores é um belo ponto de partida. Este post do Lonely Planet é perfeito para entender num relance a diferença entre as ilhas.

O Wonderfulland, dica da querida Isabel Oliveira, dá dicas de hotéis charmosos e relativamente em conta. Na Madeira, sua indicação é a Quinta das Eiras. Nos Açores, recomenda o Aldeia da Cuada, em Flores.

Mas o que o A. L. e eu queremos saber é de você, que já foi às Canárias, à Ilha da Madeira ou aos Açores. Que dicas você tem para dar? Estão valendo passeios bacanas, hotéis bem localizados, dicas de quantos dias são necessários e pegadinhas que só quem já foi pode avisar.

Desde já, gracias e obrigadinho!

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


21 comentários

Cátia Silva
Cátia SilvaPermalinkResponder

Olá! Eu vivo em Espanha, mas sou da ilha da Madeira...

Posso tentar dar alguns conselhos:

Para poder conhecer a Madeira é necessário alugar um carro, existe transportes publicos entre as diferentes aldeias, mas nao existe muita frequencia e nao passam em todos os lugares, o melhor mesmo será que alugue carro.
O melhor é procure um hotel no Funchal, nao posso aconselhar nenhum porque quando vou fico em casa de familia... os unicos hoteis que conheço ficam fora do Funchal.

No minimo acho que ele deve ficar uns 5 dias.

Para almoçar ou jantar ele deve evitar as zonas turisticas, o prato mais tipico da ilha é a espetada de carne, e para comer uma autêntica deve ir ao Estreito de Camara de Lobos (restaurante Viola por exemplo) ou ao Campanario (restaurante Parreira)... digo estes porque sao onde costumo ir com a minha familia e nao falham...
Para comer marisco um lugar bom e barato é o restaurante Muralhas (Caniçal)... todos estes lugares ficam fora do Funchal, no Funchal existem vários bares que oferecem prato do dia a bom preço.

A Madeira é muito conhecida pela caminhadas pelas montanhas, nas levadas. Existem muitas, por exemplo a caminhada das 25 fontes, onde no final pode mergulhar numa lagoa (aviso: a agua aqui costuma estar muito fria) ... o caldeirao verde (também acaba numa lagoa onde pode nadar um pouco se é valente).

Para subir ao ponto mais alto da ilha tem que ir andando até ao Pico Ruivo, existe a opçao curta e mais comprida. A curta podes vê-la http://walktoclick.wordpress.com/2013/06/28/madeira-pico-ruivo/ e a comprida nunca fiz, mas é desde o Pico do Areeiro até ao Pico Ruivo.

O Funchal é a cidade mais povoada da ilha, mas mesmo assim é uma cidade pequena, e é muito agradável passear pelas suas ruelas. A parte aconselho Camara de Lobos, Ribeira Brava, Ponta do Sol, Santana, Sao Vicente...

Em relaçao a praias que nao se espere grandes praias de areia porque nao há, a ilha é de origen vulcânica. Que visite as piscinas naturais do Seixal e do Porto Moniz, sao muito bonitas. Para praias de areia aconselho que faça uma excursao à outra ilha do arquipelago da Madeira, o Porto Santo, existem ferrys diarios que fazem esta viagem: http://www.portosantoline.pt/index.php

Para pequenas praias aconselho a do Garajau e a Faja do Cabo Girao, pode chegar a ambas através de um teleférico, mas podemos chegar andando às duas, por exemplo para a segunda podes ver como chegar aqui: http://walktoclick.wordpress.com/2013/09/05/madeira-faja-do-cabo-girao/

Na Madeira só há uma aldeia desde onde nao podemos ver o mar, que é o Curral das Freiras, é interessante ver e tomar um licor de castanha que é tipico da zona. é interessante ver esta aldeia desde o Miradouro da Eira do Serrado. Perto desde Miradouro encontras a estalagem da eira do serrado, é um pequeno hotel com restaurante, aqui já passei alguns fins de semana e é optimo para descansar e o restaurante é muito bom , é dos melhores lugares para comer bacalhau. Pode parecer turistico mas é um lugar muito frequentado por madeirenses.

Nao pode perder a zona do Paul da Serra, Ribeiro Frio (Miradouro dos Balcas), Caniçal, Santo da Serra.

Para tomar algo a noite a zona de mais movimento actualmente é a Zona Velha da Cidade. Está cheio de bares onde pode tomar a bebida tipica da ilha a poncha (aguardente, mel, sumo laranja/limao), apesar que eu quando quero beber uma boa vou à vila de Camara de Lobos ou à Serra d'Agua. A zona velha do Funchal foi totalmente remodelada nos ultimos anos. A rua de Santa Maria merece ser visitada devido ao projecto artistico de portas pintadas: http://walktoclick.wordpress.com/2013/07/11/madeira-arte-portas-abertas/

Enfim, acho que alarguei-me muito...mas emociono-me a escrever sobre a minha ilha, serao as saudades.

Se ele tem mais alguma duvida que contacte-me pelo mail: blogcsilva@gmail.com

Espero que ele finalmente se decida a visitar a Madeira e que desfrute bastante.

beijinhos

Ps. desculpem lá se escrevi sem acentos, mas é que estou num portátil espanhol e nao tem todos os sinais.

A.L.
A.L.PermalinkResponder

Muito obrigado pelas dicas!

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Cátia Adorei seu comentário, também me emociono quando leio sobre a Ilha da Madeira , Cidade Natal do meu Pai, estou prestes a conhecer, Bjss Fernanda

Marcelo (Álbum de Viagens)

Estive nos três nos últimos quatro anos e vou procurar fazer um resumo.

Os Açores é o menos tocado pelo turismo. Das sete ilhas, estive em três, São Miguel, Faial e Pico. Todas valeram muito a pena e a variação de paisagem entre elas impressiona. Passei uma semana lá e fiquei três noites em Horta, capital do Faial, de onde fiz excursão bate-volta à Ilha do Pico, e quatro noites em Ponta Delgada, a capital de São Miguel e principal cidade dos Açores.
Das três regiões, os Açores são a que mais me impressionou. Fiquei com muita pena de só ter reservado uma semana para conhecê-los e pretendo voltar lá algum dia para visitar as ilhas Terceira e São Jorge.
Fiquei espantado como um arquipélago tão lindo é tão pouco visitado por brasileiros. Imagino que deva ser a distância desde Portugal (duas horas e meia de viagem).

Toda a viagem aos Açores está registrada em:
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2012/07/acores-um-paraiso-perdido-no-atlantico.html

Já na Madeira passei seis noites no Funchal. Em dois destes dias conheci Funchal e Monte. Gostei muito do Jardim Botânico. Utilizei três excursões contratadas por lá para conhecer toda a ilha - o leste, o oeste e Eira do Serrado e fiquei muito satisfeito (apesar de ter achado as atrações do oeste mais fracas que as do leste). Ao contrário da maioria, fiquei em hotel na orla do centro e achei que o custo-benefício foi ótimo, pude aproveitar as caminhadas pelas ruas coloniais do Funchal ao máximo. Pelo que visitei, uma semana é o tempo ideal para conhecer as atrações da ilha.

Link para acessar o registro da viagem à Madeira:
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2012/03/ilha-da-madeira-muito-alem-da-producao_18.html

Já as Canárias foram as primeiras que conheci, e visitei Lanzarote e Tenerife. Fiquei quatro noites em Santa Cruz de Tenerife e duas em Lanzarote. Lanzarote é diferente de tudo que já conheci, com as paisagens meio lunares do Parque Timanfaya e suas crateras vulcânicas causadas por anos seguidos de erupção. Um passeio que todos fazem é andar numa caravana de dromedários no parque desértico. Valeu a experiência! Outra atração legal no outro lado da ilha é Jameos del Água, uma caverna decorada pelo arquiteto Cesar Manrique num estilo meio anos 60. Devido ao tempo escasso, conheci toda a ilha numa única excursão, e achei muito corrido. Dá para dividir tranquilamente em duas, para o norte e sul da ilha.
Já Tenerife me deixou impressões dúbias. As cidades históricas, La Laguna (onde nasceu José de Anchieta) e La Orotava, são muito legais, com arquitetura colonial bem interessante, mas achei os resorts de praia no lado oeste (onde ficam a maioria dos turistas nórdicos) bem artificiais, uma perda de tempo para conhecer.

O relato da viagem às Canárias está em:
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2013/03/lanzarote-entre-crateras-e-camelos.html.
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2013/04/tenerife-ilha-do-sol-eterno.html

Como podem notar, utilizei excursões bate-volta em todas estas viagens, e o esquema foi bem eficiente. Foi fácil reservá-las em cada hotel e o serviço variou de bom a excelente.

Patricia - Turomaquia

Oi, que legal ver o Turo por aqui smile Olha só, as Canárias são um mundo! As ilhas orientais são mais legais para turismo rural e trekkings alucinantes. Tenerife é a terra do ponto mais alto da Espanha, é uma ilha muito legal, é só fugir das muvucas mais turísticas, uma delas, se hospedar na capital sad

Já as ocidentais tem uma mistura louca de turismo rural, de aventura e de praia. As melhores praias sem sombra de dúvida estão em Fuerteventura. A paisagem mais louca em Lanzarote. Que combinada com La Graciosa é uma viagem de sonho. Para fazer esta dobradinha reserve no mínimo 4/5 noites. Em Gran Canaria eu optaria por uma bela casa rural no sul da ilha, ou por um belo hotel em Maspalomas.

Reserve com antecedência os voos internos e desde a península, agosto é alta temporada do turismo nacional nas Canárias. Voam prá cá um montão de companhias desde o continente. E como o Riq falou ,para os trechos internos procure pela Binter e pela Fly Canarias (aviões bem pequenos). Para ir de barco: Fred Olsen e Naviera Armas.

Malu
MaluPermalinkResponder

Descobri esse link no Süddeutsche Zeitung (jornal alemao) como dicas de hospedagem fora do "feijao com arroz" para as ilhas Canarias. Desculpe a falta de traducao (coisa demais!), mas pelo nome do hotel e da cidade voce pode pesquisar na internet. Achei a lista bem completa.
http://www.sueddeutsche.de/reisefuehrer/grancanaria/uebernachten

Em El Hierro está o Punta Grande, o menor hotel do mundo com somente 4 quartos, onde se dorme praticamente dentro do mar.http://www.hotelpuntagrande.org/

Em Las Palmas, um hotel pra quem tem dimdim sobrando http://www.hotelsantacatalina.com/es/index.html

Pra quem prefere usar o dinheiro para comer e passear, aqui um especialista em procurar hotéis baratos
http://www.budgetplaces.com/de/kanarische-inseln/

Conforme vou achando, vou postando.

Vladimir
VladimirPermalinkResponder

Só dicão!!!
Nessa tripulação só tem bicho solto!!! smile

Nemer
NemerPermalinkResponder

Aproveitando a deixa, em dezembro passarei algumas horas na ilha da Madeira, em um cruzeiro. O que nossos tripulantes me aconselhariam a fazer? Existem algumas excursões do navio, mas sempre prefiro me aventurar sem elas.

Abs.

Nemer

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nemer! Sempre é melhor concentrar-se numa ou duas atrações do que fazer ilha-tours. Dê uma olhadinha no link do Maeiro e escolha o que você quer ver.

Marcelo (Álbum de Viagens)

Nemer,
Se você só tem algumas horas na Madeira e não quer pegar um tour, minha sugestão é se concentrar no Funchal, que é uma cidade bonita e agradável. Após caminhar pela cidade, pegue o teleférico e conheça a vila do Monte. Do Monte existe outro teleférico que desce até o Jardim Botânico, que vale a pena visitar e que também tem vistas legais do Funchal. De lá você pode voltar ao Funchal por ônibus urbano ou refazer o mesmo trajeto.

Nemer
NemerPermalinkResponder

Obrigado bóia e Marcelo.
Já vou juntando na minha programação!

Valeria
ValeriaPermalinkResponder

Olá! Também estou indo pra Madeira em agosto/14 e gostaria de saber se vcs tem alguma informação sobre aluguel de carro na discount rent a car.... Alguém conhece? Somos 6 pessoas e foi o melhor preço para uma mercedes vito. Origada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valeria! Não temos relatos de leitores sobre a Discount Rent a Car. Veja como pesquisar a reputação de serviços na Internet: https://www.viajenaviagem.com/2012/08/5-passos-viagens-sem-roubadas/

Antonio Luis Esteves Barata

O meu comentario gostava de saber qual o lugar para se viver com uma aposentodoria de 700,00 Reais,essa moeda,é Brasileira,interessa viver Feliz,e como um clima igual ao Algarve em Portugal.Tanto no inverno como no verão nao faz muito frio como aqui no Brasil onde estou em Arapongas,pela manhã e muito vento forte que assobia,e é muito frio.E chove muito,e quando para a chuva é muito frio.Eu desejo saber se existe pensões baratas com comida e dormidas,nem que seja um pouco longe da cidade.Fico aguardando a vossa resposta.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio Luis! Desculpe, por aqui a gente trata apenas de turismo.

Maria Cecilia Vilela de Morais

Excelentes dicas, mas estou pensando em algo diferente. Como conheço Madeira (lindo, valeu cada centavo e minutoque lá passei), e tenho 15 dias para viajar, será que é possivel ir do Marrocos (que não conheço) para os Açores? Ou o contrário? Alguem tem alguma informação sobre esse percurso, ou tenho de partir de Portugal?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cecília! Tem que ir primeiro do Marrocos à porção continental de Portugal. Um vôo regular Marrocos-Açores seria o equivalente a um vôo regular de Lima a Fernando de Noronha.

Leonardo Aquino

Sei que é tarde para ajudar ao A.L., mas pode ajudar a outros leitores que cheguem por aqui... Estive nas Canárias em abril de 2016 e fiquei encantado com tudo: as belezas naturais, a diversidade de gastronomia e cultura, a receptividade das pessoas...

Estive em três das sete ilhas: Gran Canária, Lanzarote e Tenerife. Lanzarote foi a minha preferida, disparada! Entre os passeios de lá, destaco:

- El Golfo: praia de areia negra, com um lago de água verde bem pertinho. Uma paleta de cores meio impensável para qualquer litoral. Foi locação de algumas cenas do filme "Os Abraços Partidos", de Almodóvar. Bem pertinho da praia, tem um restaurante chamado El Siroco, onde comi uma paella deliciosa e bem barata para um lugar turístico (20 euros para duas pessoas).

- Mirador del Río: fica bem longe do centro da ilha, mas a visão é a mais bonita que vi na viagem inteira. Você vê La Graciosa inteirinha, que é uma espécie de oitava ilha do arquipélago canário.

- A Casa de José Saramago: me emocionei demais ao conhecer o local onde o escritor português viveu os últimos anos da vida e recebeu centenas de amigos ilustres.

Fiz um roteiro completo da viagem no meu blog. De repente pode ajudar aos futuros visitantes deste post: https://www.mochileza.com/ilhas-canarias-roteiro-completo/

Abraços a todos!

HAROLDO
HAROLDOPermalinkResponder

Ha também a azores air linea uma coligada da tap com preços ótimos tb.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar