Eu avisei: #VaiTerPromoçãoNaCopa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

salvador

Esta semana interrompi meu campo do #VnVBrasil (meu carro ficou em Santa Catarina) para assistir ao indispensável Forum Panrotas, o maior evento do trade brasileiro de turismo, em São Paulo.

As palestras e os debates foram, como sempre, superproveitosos para quem trabalha com viagem.

Mas desta vez saí com uma informação de interesse imediato aos viajantes grin


Entre uma palestra e outra, nos coffee breaks, no zunzunzum dos corredores, ouvi de vários profissionais-chave do mercado o mesmo relato: fora das cidades-sede e fora dos dias próximos a jogos importantes, as vendas para junho e julho estão fracas.

Na minha opinião, isso era fácil de prever. O Brasil estupidamente vinculou a Copa de maneira exclusiva às cidades-sede e às pessoas munidas de ingresso. Perdemos a chance de fazer uma Copa como a da Alemanha, que foi a Copa dos sem-ingresso. O Brasil é o lugar mais bacana do planeta para se estar durante uma Copa -- então imagina na nossa Copa. (Fora das cidades-sede não há sequer o risco de manifestações anti-Copa...) Falo nisso desde 2010, leia aqui.

Durante a Copa, as viagens a negócio -- que são as que lotam os aviões e hotéis das grandes cidades -- serão reduzidas ao mínimo essencial. Por isso, sobrarão assentos nos aviões e apartamentos em cidades que não sediem a Copa ou não tenham jogos importantes. Em São Paulo, por exemplo, os turistas da Copa não conseguirão encher os hotéis que costumam estar lotados por executivos. A hotelaria em São Paulo durante a Copa (fora da véspera de jogos importantes) está com preço absolutamente normal.

Mas não só os viajantes a negócio e os estrangeiros sem-ingresso deixarão de viajar ao/pelo Brasil. Com medo dos preços altos e do caos aéreo, os brasileiros em férias não estão cogitando viajar pelo Brasil durante a Copa.

Pois bem: se você não vai a um destino da Copa num dia de jogo importante, não vai haver caos aéreo. Não se preocupe.

E mais: fique de olho, porque as promoções vão começar. Cias. aéreas, resorts, redes de hotéis voltadas para executivos e operadoras de pacotes vão anunciar promoções para junho e julho.

É possível que haja até promoções de passagens para os Estados Unidos (apesar de os americanos serem os estrangeiros que mais compraram ingressos para a Copa, não compensarão a baixa do fluxo de viajantes a negócio).

O que deve demorar mais para cair (ou talvez nem caia) sejam hotéis e passagens para as cidades-sede ao redor de dias de jogos importantes. (E hospedagem no Rio de Janeiro a Copa inteira.)

Fique de olho mrgreen

Leia mais:

Como a Copa de 2014 poderia ter sido a Copa do turismo

5 idéias para o Brasil receber melhor os estrangeiros

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


10 comentários

Kamila
KamilaPermalinkResponder

Fortaleza com Beach Park também?!?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kamila! Fortaleza é uma sede da Copa...

Fábio G
Fábio GPermalinkResponder

Vou ver o jogo da Seleção em Brasília.
Passagem carissima!
E hospedagem pior ainda. Albergues estão cobrando R$300,00. Móteis R$600,00 e por aí vai..
Mas como para tudo tem um jeitinho, vou por Brasilia, emitir com pontos do Tudo Azul (meu atual programa favorito) e o retorno farei por Goiânia, onde tem hospedagem por 1/3 do valor de Brasília em hotel e a passagem ficou R$85,00 =)

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Para a Copa, consegui emitir 6 trechos aéreos com milhas (4 da Gol, 2 pela TAM), todos em véspera ou na manhã de jogo. Só para Manaus que ficou muito acima da milhagem normal, gastei 18 mil milhas a ida e 20 mil a volta - o que valeu a pena, considerando o preço dessas passagens. Mas a hospedagem está realmente com preços de réveillon...

Marco Antonio
Marco AntonioPermalinkResponder

Já aproveitei uma promoção e comprei uma passagem para Barcelona no final de maio e só retornando em 19/06 (após o início da copa).

Edson Batista
Edson BatistaPermalinkResponder

nossa

Pedro Coutinho

eu também peguei uma boa promoção e já saio em 21 de maio, mas só retorno depois do final da copa (isso se o país ainda estiver de pé rs rs) ... Boa sorte pra quem fica!

Angelo Pavan
Angelo PavanPermalinkResponder

Sinceramente, como não gosto de futebol, não me sentiria nada "antipatriota" em sair do país nesta época se as passagens aéreas ficassem baratinhas! smile
Será que vão sobrar acentos nos voos internacionais de volta, derrubando os preços? grin

Wagner Lanfranchi

Para Sydney na Australia já tem promoção no contra fluxo da copa.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Eu não tenho visto essa promoção para os vôos internacionais. Estou tentando ir com meus filhos para Espanha ou Portugal no período de junho/julho e só estou conseguindo vôos caros. Os mais em conta levam 30 horas de vôo, aí não dá.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar