Douro: as dicas dos leitores

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Douro, Portugal

O Silvio está planejando uma belíssima viagem de um mês por Portugal. E, por sinal, está me matando de inveja, porque vai numa época ótima: setembro (quando o país estará muito mais ensolarado do que nessas fotos de fim de novembro).

Cinco dias da viagem estão reservados ao Douro, cujos socalcos (vinhedos organizados em terraços montanha acima) são classificados pela Unesco como patrimônio da humanidade. O trecho mais bonito é o compreendido entre a Régua e Pinhão.

O Silvio vai chegar por lá da maneira mais bonita: em vez de subir pelas auto-estradas próximas ao litoral até o Porto, ele vai pelos "fundos" de Portugal, onde as estradas são mais lentas e mais bonitas e ainda passam pelos vilarejos. (O Alex Bezerra, do blog Portugal Legal, tem dado valiosíssimas dicas nas caixas de comentários.) De Lisboa ele vai ao Alentejo, então sobe à Serra da Estrela e de lá continua até o Douro, desembocando já no trecho mais bonito do Alto Douro. Só depois do Douro é que ele vai ao Porto.

Pois o Silvio outro dia pediu dicas específicas para esses dias no Douro, e então a Bóia sugeriu que eu abrisse um post participativo. Topei na hora.

Douro, Portugal

Começando pelo básico: se você, ao contrário do Silvio, vai ao Douro a partir do Porto, tem várias opções de passeios bate-volta. O mais simplesinho é o Cruzeiro das 6 Pontes, da Douro Azul, um passeiozinho rápido (apenas 50 minutos) que navega pelo Douro mais próximo da cidade. Esse passeio não leva à região dos vinhedos tombada pela Unesco. Há outros cruzeiros de um dia ao Alto Douro (Régua ou Pinhão) combinando subida de barco e volta de trem ou ônibus, ou o contrário; confira as opções no site da Barca Douro. É possível também ir de carro até a Régua (100 km pela auto-estrada) ou Pinhão  (124 km pela auto-estrada) e pegar localmente um passeio de barco (como este). Num dia de verão, saindo cedo, dá para fazer a ida ou a volta costeando o rio. No alto verão também funciona o Comboio (trem) Histórico da CP. O serviço começa no finzinho de junho e vai até setembro, sempre aos sábados.


View Douro in a larger map

Mas o melhor, claro, é fazer como o Silvio, e passar alguns dias na região, alternando passeios de barco e carro, visitando quintas (vinhedos) e conferindo os restaurantes festejados da área.

(Meus pitacos: com cinco dias, Silvio, dá para dar uma escapulida um dia a Bragança, no extremo noroeste de Portugal, a 140 km da Régua; invista também uma manhã ou uma tarde indo a Casa de Mateus, em Vila Real, a 20 km da Régua.)

Dos relatos anteriores publicados aqui no VnV, temos a Teresa e a Lu recomendando vivamente a hospedagem na CS Vintage, em Pinhão. Já a Sheila passou três noites no Folgosa Douro, entre a Régua e Pinhão. A Candida tem família na região e recomenda vários passeios de barco e trem a cidadezinhas menos conhecidas. Nossa correspondente Isabel O. (saudades!) recomenda fazer marcações (reservas) em cinco quintas e nos restaurantes DOC, do chef Rui Paula, e Gato Preto, na Régua.

Douro, Portugal

E você? Já esteve hospedado no Douro? Onde dormiu? Que passeios fez? Se você foi ao Douro de bate-volta desde o Porto, também compartilhe sua experiência, se faz favor...

Obrigadinho!

Leia mais:

224 comentários

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thereza! Clique nos números que aparecem logo aqui embaixo smile

(Pode ser em "Anterior" também)

Marcelo (Álbum de Viagens)

Estive no Porto no ano passado e fiz dois bate-volta para cidades do Douro: um para a imperdível Guimarães, considerada a cidade-berço de Portugal com seu castelo medieval, e outra para Amarante, no rio Tâmega. Amarante pode se converter em uma parada interessante para quem viaja para Vila Real, no interior do Douro.
Descrevi a minha visita às duas cidades no post do Álbum de Viagens:

http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2013/03/guimaraes-berco-de-portugal.html

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Olá Marcelo.
Ficarei em Guimarães por duas noites.
Pretendo passar por Amarante vindo do interior pela N108 (Régua ao Porto) passando por Mesão Frio. Conforme o relato do SUCA, esse trajeto é cheio de paisagens muito bonitas.
Tem algo para completar esse trajeto?

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Marcelo (Álbum de Viagens)

Oi, Silvio. Infelizmente neste dia só fui até Amarante. O ônibus em que viajei fazia uma parada lá no caminho para Vila Real.
Estive ainda em Braga, que você comentou que deseja visitar também. Fui por trem desde o Porto(o caminho até certo ponto é o mesmo para Guimarães) e achei a cidade muito legal. Segue o post do Álbum de Viagens:
http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2013/03/a-beleza-barroca-de-braga.html

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Dei uma olhada. Bonito trabalho. Adorei as fotos.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Lu
LuPermalinkResponder

Silvio,
Acrescento ainda a sugestão q consta do post de almoçar no Shis no Porto, c/vista p/o mar, e no DOC, proximo à Régua, c/vista pro Douro.
Sem ser no Douro, mas em Portugal, recomendo que vc durma uma noite em Marvão, no Alentejo, intra muros, i.e., dentro da cidade murada, e tb visite uma das aldeias históricas (uma das mais bem conservadas chama-se Piódão e fica na serra da Estrela)
Aproveite!
Lu

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Lu, ficaremos em Marvão por uma noite (dica do Alex)e Piódão (também referido pelo Alex) esta no nosso roteiro na Serra da Estrêla, onde permaneceremos três noites.
Teria mais alguma sugestão de algum fato que você tenha vivido nessas suas viagens e que gostaria que outras pessoas aproveitassem?
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Candida Silva
Candida SilvaPermalinkResponder

Silvio, quando subo o Douro, sempre passo um fim de semana em São João da Pesqueira, que não fica às margens do rio, mas nas montanhas, mais acima. E o motivo é reunião familiar, logo fazemos pic nic no sábado, e no domingo, almoço em restaurante na Pesqueira mesmo. O vinho vem da produção própria de um primo, que vive no Pinhão. Já almocei em um restaurante que fica às margens do rio, na Ferradosa, bem ao lado da estação de trem (comboio). Em praticamente todas as cidades existe uma espécie de cooperativa dos produtores de vinhos, onde podes adquirir bons exemplares. A região também é conhecida pelos bons queijos de cabra, pelas “bolas”, que são uma espécie de pão, recheados ou apenas de azeite. Em setembro é a época das vindimas na região! Os parreirais estão carregados de uvas e há possibilidade de participar da colheita.
Este ano, a festa dos Silva será dias 29 e 30/06/2013, mas infelizmente, não poderei ir… O Douro, na minha humilde opinião, é a zona mais linda de Portugal!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Cândida, anotado.
Obrigado.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Candida Silva
Candida SilvaPermalinkResponder

Bem, soube pelo Alex Bezerra, que este restaurante Cais da Ferradosa fechou... Mas, o DOC, indicado acima, é muito bem conceituado.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Alex Bezerra
Alex BezerraPermalinkResponder

Outra boa dica é o park douro selvagem. Eles organizam passeios de barco e a pé. O Capitão Reis conhece o Douro como ninguém.
O site é fraco, por isso o melhor é enviar um email pedindo mais infos: parkdouroselvagem@gmail.com
Para além do DOC, outra boa pedida e mais em conta também é o castas e pratos na Régua.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi Alex.
Bom te encontrar nesse blog.
Suas dicas estão sendo valiosas e ratificadas pelos nossos colegas.
Anotei a sua sugestão de restaurante.
Continuaremos em contato.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Alex Bezerra
Alex BezerraPermalinkResponder

Outra boa dica é o park douro selvagem. Eles organizam passeios de barco e a pé. O Capitão Reis conhece o Douro como ninguém.
O site é fraco, por isso o melhor é enviar um email pedindo mais infos: parkdouroselvagem@gmail.com
Para além do DOC, outra boa pedida e mais em conta também é o castas e pratos na Régua.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Olá companheiros.
Desse jeito vou cancelar todas as outras regiões de Portugal e ficar 30 dias no Douro. Brincadeira. O gostoso é retornar e, aí sim, aproveitar. a segunda visita sempre é melhor.
Como é de conhecimento de vocês, estou planejando essa viagem com muito carinho. Pode ser que os meus antepassados (Fonseca, Peixoto, Costa, Pinto) estejam querendo fazer dessa nossa viagem algo muito especial.
Agradeço as contribuições e vou continuar relatando as minhas dúvidas. Nessa primeira viagem ficarei três dias em Lamego, dois em Guimarães, dois na Serra do Gerês e três dias em Porto.
Conforme firme orientação do Suca essa dica parece ser interessante:
1- Régua - Portela - Casa Mateus, subindo a Serra do Mourão;
2- Régua a Pinhão pela N222;
3- Régua - Vila Real pela N313 (Pegue a estradinha que vai mais perto da IP3);
O que vocês acharam das idéias do Suca?

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

José Vicente Martins (Suca)

Olá, Silvio, cá estou eu novamente smile
Uma pequena correção: as opções 1 e 3 são as mesmas. A ida à Casa de Mateus (que fica em Vila Real), a partir da Régua e via Portela, já é pela N313. E é Serra do MArão. Na Casa de Mateus vais conhecer os vinhos dos Lavradores de Feitoria.
Lembrei agora de um detalhe. Amigos que moram em Vila Real levaram-me para comer a famosa francesinha da Casa Cardoso (Rua Miguel Bombarda 42/4, bem no centro de Vila Real). Antes que me interpretem mal, a "francesinha" é um prato típico do Porto - deve ser o sanduba mais calórico já inventado. Segundo o pessoal de Vila Real, a do Cardoso é feita com a famosa posta maronesa, que é uma raça de gado típica daquela região. Como eles dizem, é "brutal"! Na sequência conversamos, Silvio. Abraço do Suca.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

oi SUCA.
Anotado e as correções feitas.
Notou que eu te enviei o trajeto que irei fazer (Lamego - Serra do Gerês - Guimarães - Porto). gostaria de racionalizar os circuitos. Por exemplo, adoraria ir de Régua a Porto margeando o Douro. Acontece que a minha chegada a Porto será através de Guimarães. Estava pensando em pegar essa estrada até um certo ponto e desviar para o norte em direção a Amarante e fechar o circuito retornando a Régua. É factível ou será muito cansativo. Quando nós viajamos costumamos ser bem tranquilos e parar para apreciar, demoradamente, cada detalhe que nos pareça único.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

José Vicente Martins (Suca)

Vi, sim, Silvio. A saída por Mesão Frio chega exatamente em Amarante, logo que vcs pegarem a IP4. De lá para Guimarães é rápido, desviando para o Norte, como disseste. Basta seguir as placas na IP4, há uma boa estrada à direita, não muito longe (tem que checar no maps). É o melhor caminho. Fiz muitas vezes o trajecto Vila Real - Porto e algumas vezes tomei um um café em Mesão Frio, cidadezinha calma e com um bonito casario. Na estrada você vai ver placas da Quinta do Côtto (http://www.quinta-do-cotto.pt/), cujos vinhos não são muito citados aqui no Brasil, mas são de primeiríssima. Eles recebem simpaticamente e seria uma bela parada, caso te interesses pelo assunto. É uma linda Quinta, garanto, e fora do circuito próximo à Régua.
Hoje não poderei responder teu post com calma, mas em breve faço isso. Linda trip, essa sua. Do jeito que gosto. Abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi Suca, poderei fazer esse trajeto quando estiver me despedindo de Régua em direção a Guimarães, passando por Amarante. Assim racionalizo o tempo. É isso?
Obrigado.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

José Vicente Martins (Suca)

Isso!! Confere no Google Maps, vais ver como é passagem. Oportunidade de saborear as famosas "Barrigas de Freira", versão do doce conventual feita em Amarante. Em breve te falo algo mais sobre o teu roteiro. Abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Carolina Sniecikoski

Silvio, sou apaixonada por Portugal e já tive o prazer de morar nessa terra.
Se puder te dar uma dica seria ao chegar ao Porto atravesse a ponte sobre o Rio Douro e hospede-se em Vila Nova de Gaia. Sugiro o Hotel The Yeatman inteiramente voltado ao vinho, cada quarto é apadrinhado por uma vinícola da região, há o spa Caldalie, visitas guiadas pela adega do hotel e jantares harmonizados para ficar na memória. Para completar a experiência os quartos são voltados para o Douro e podemos admirar a paisagem da cidade do Porto.
Não deixe de visitar a Cave da Taylor´s e provar seu restaurante Barão de Fladgate (o melhor bacalhau de minha última visita!).
Qualquer dúvida é só avisar!
http://www.the-yeatman-hotel.com/pt/
http://www.taylor.pt/pt/

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Bom dia Carolina.
Em relação ao hotel já tínhamos feito a reserva em outro estabelecimento.
Aproveitei a sua sugestão do restaurante Barão de Fladgate e reservei para o jantar do dia 19/09.
Retorno com as nossas considerações.
Agradeço as dicas e um forte abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Carolina Sniecikoski

Silvio, que bacana!
Tenho certeza que adorarão! A visita e degustação na Taylor´s é muito bacana também.
Guardem a dica do hotel para outra oportunidade.
Abraços.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

RABUGENTO (@RABUGENTO)

Pelo visto terá bastante tempo. 30 dias rodando é um bom período nessa época.
Poderá acompanhar as vindimas e suas festas que acontecem nessa época.
Já que pretente passar pela Serra D'Estrela, deve visitar também as vinícolas da região do DÃO em Viseu, Nelas e adjacências.

A temperatura costuma estar excelente nessa época de setembro.

Como todas as auto estradas agora estão com portagens/pedágios em Portugal, será bem interessante rodar pelas Estradas Nacionais(EN)paralelas que passam por dentro das aldeias e são muito mais pitorescas. http://twitpic.com/9lg4o4 http://twitpic.com/9lg79f http://twitpic.com/4l6btu

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

OK, essa é a nossa idéia, sempre que puder estradas regionais. Devagar, parando, apreciando e curtindo esse fantástico país.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ney Bagorro
Ney BagorroPermalinkResponder

Oi Sílvio......já que tua última parada é o Porto, veja se consegues passar por Rio Tinto lá pela hora do almoço e comer um peixe assado da melhor qualidade com batatas ao murro ou um bacalhau à Zé do Pipo no Restaurante Casa de Pedra...fica ao lado da Ponte de Pedra romana, quem desce o vale à esquerda, antes de chegar na represa (ou eclusa sei lá).como é fora da estrada IP4 não sei o que, tem que prestar atenção, pois pelo que vimos somente o pessoal da região conhece....mas vale à pena...é uma surpresa ao paladar...quem me deu a dica foi o Alex Bezerra lá de Portugal...qq dúvida manda e-mail para ele que te responde rapidinho....haaaa....e setembro realmente é o melhor mes para viajar de carro pelo Douro....fizemos bate e volta desde o Porto e foi fantástico.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ney Bagorro
Ney BagorroPermalinkResponder

Sílvio....ouutra dica...se ainda não reservou hotel no Porto, tenta o Hotel Teatro...é simplesmente fantástico e ótimo custo benefício alem de ter ótima localização. Atendimento nota 10 e café da manhã até com espumante....demais né ? ABçs

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi Ney, foi justamente esse o hotel que nós escolhemos. Agora estamos mais tranquilos por você ter recomendado.
Mande outras dicas.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Renata
RenataPermalinkResponder

Fantástico o caminho escolhido pelo Silvio. Só como sugestão a algum leitor, não indicaria fazer o passeio de barco, pelo menos, não o oferecido pela www.douroazul.pt de um dia inteiro (fiz em agosto/12 do Porto a Pinhão). Se tiver faça apenas meio periodo. Um dia inteiro dentro de um barco com a mesma paisagem foi terrível. Chegamos em Pinhão e a "guia" da Douro correu com todo o grupo feito uma louca e uma sra deficiente em cadeira de rodas ficou lá pra trás, sem contar que ela foi uma grossa quando chamei sua atenção. Considerei um dia perdido na cidade do Porto o que para mim foi muito, uma pena. Sem contar a irritação com a guia que foi uma estúpida.
Abs, Renata.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Outras pessoas tem a mesma opinião.
Nosso passeio será de Régua a Pinhão ou um outro de no máximo duas horas de duração. Faremos outro trajeto (provavelemnte de volta, de comboio) e muitas rotas de carro.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

José Vicente Martins (Suca)

Silvio, permita-me opinar também sobre isso. Concordo com a Renata. O barco passa por barragens e, às vezes, é demorada a mecânica das eclusas, o que torna chato o passeio, ao menos nesses pontos. Já que já vais percorrer a estrada que liga a Régua ao Pinhão de carro, sugiro que faças o passeio de barco a partir do Pinhão, subindo o Douro, até a primeira barragem. Há barqueiros que ficam no cais e podes negociar um bom preço, muitas vezes com o barco à tua disposição. Nesse trecho do rio não há estradas, apenas a linha do comboio. Vais poder ver a Quinta da Romaneira, histórica, entre outras. Bom, lindo, barato e rápido.
Abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Suca, era esse tipo de passeio que eu estava querendo fazer. Poderia detalhar um pouco mais? O Alex parece que tem a mesma opinião...
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Christine Barbosa

Silvio, em 2009 fiz uma viagem perfeita a Portugal:
- cheguei 3 dias no Porto um dos favoritos,hospedagem no castelo Santa Catarina, um achado bom e barato, ficaria 4 dias
- alugamos um carro e dormimos em Guimarães em um Ibis na entrada da cidade, mudaria para o NSenhora Oliveira no centro histórico junto ao jantar no imperdível restaurante Santiago
- seguimos para Pinhão, hospedagem de 1 noite na vinícola Quinta Nova em local e quartos agradabilíssimos, a estrada fica num canion apertadinho assustador para quem dirige mas vale a viagem, não deixe de reservar jantar eles não tem cozinha aberta, ficaria 2 dias lá + 1 dia na Quinta do Vallado em Peso da Régua
- almoçamos em Buçaco o famoso leitão e seguimos parapara dormir em Óbidos, não compensa dormir no castelo, muito caro e claustrofóbico, jante lá, chiquíssimo, ficaria 2 dias
fácil, fácil, a cidade é um charme
- seguimos para Évora, 3 dias no excelente hotel Albergaria do Calvário, visitas a Monssaraz na divisa da Espanha que valeriam uma pernoite, lugar lindo!
- seguimos para o algarve na cidade de Lagos, no hospedamos no hotel de design Vila Valverde por 2 dias, um luxo, a praia é pra gringo ver, maravilhosa e gelada
- fechamos com 4 dias em Lisboa, que não nos pareceu tão boa assim depois de tantas maravilhas e receptividade do interior
Mas que vou voltar vou, ora pois... Boa Viagem!

Christine

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Olá Cris.
Poderia explicar onde fica Buçaco e que leitão é esse?
Obrigado.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvio! Essa eu sei! grin

Buçaco é um hotel-palácio decadente numa serra próxima a Coimbra. O Ricardo Freire já se hospedou lá e já comentou em algum lugar por aqui.

Ali perto, na localidade de Mealhada, à beira da antiga estrada Porto-Lisboa (hoje secundária, depois da construção da auto-estrada) existe um núcleo de restaurantes que servem leitãozinho assado que se desmancha na boca. É o leitão à Bairrada ("Bairrada" é a o nome da região). Acompanha-se com o espumante local.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Anotado.
Caso passe por ali...lembrarei da dica.
Gosto da idéia de passear em estradas regionais.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rita Carvalho
Rita CarvalhoPermalinkResponder

Boa tarde,

só uma correcção, a estrada que passa na mealhada que faz ligação Porto - Coimbra não é secundária, é a Nacional 1.

Autoestrada não recomendo, para além de ter de pagar não irá apreciar a viagem, é monótona e não terá paisagem para ver.

Mas aconselho a experimentar o leitão assado da Bairrada, é fantástico.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rita! Obrigada pela correcção! (É que para nós parece secundária, porque a principal seria a autoestrada.... hehe... mas entendi!)

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Inês Santos
Inês SantosPermalinkResponder

Fiz uma viagem parecida recentemente, na região do Douro ficamos em Pinhão no CS Vintage e foi uma ótima base para conhecer a região. Gostamos muito de conhecer Ponte de Lima e Viana do Castelo já na região do Minho, também muito bonita e agradável
No blog há um relato mais detalhado de nossa viagem pela terrinha.

Aproveitem e boa viagem

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Fernanda Monteiro

Oi Silvio, só de ler já fiquei com vontade de voltar pra lá. Dica imperdível: considere hospedar-se na Quinta de Marnotos ( http://www.quintademarnotos.com ), na cidade de Baião, bem no alto da montanha. Conforto, excelente serviço e paisagem imperdíveis! Fácil chegar lá, vindo do Porto. Na cidade de Régua, reserve um tempinho pra visitar o Museo do Vinho do Porto ( http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-museu-do-douro-20926 ). Na cidade do Porto, uma boa pedida é um jantar no restaurante Dom Tonho ( www.dtonho.com ), que pertence ao roqueiro mais famoso de Portugal, o Rui Veloso, e fica encravado naquelas casinhas na Ribeira, que a gente sempre vê nos cartões postais. No mais, aproveite, beba muito vinho e mande fotos pra gente no VNV !

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Fernanda, anotei as suas dicas. Mandarei muitas fotos.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Leonel Teixeira

Oi Silvio, estive ano passado também em setembro.
Deixo como dica conhecer a cidade de Lamego, onde além de conhecer o Castelo, a igreja gotica e a NSª dos Remédios, vale a pena conhecer a Caves da Raposeira onde você poderá degustar o famoso Espumante Raposeira.

Apreciei bastante a cidade Peso da Régua, e fiz de comboio o trajecto Peso da Régua e Porto. Vale a pena chegar na cidade do Porto de comboio, é uma viagem muito agradável margeando o Douro e a chegada ao Porto no final da tarde é inesquecível.

bom viagem, aproveite bastante,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi Leonel.
Ficaremos hospedados numa quinta em Lamego. Locais anotados.
Como estaremos de carro chegaremos ao Porto vindo de Guimarães.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

cristiane
cristianePermalinkResponder

oi silvio,
Vai passar por Braga, Póvoa de Varzim ou Viana do Castelo?
Se precisar de dicas, mande uma mensagem... wink

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Passaremos por Braga e Viana do Castelo.
Poderia escrever um pouco mais sobre esses locais. E Póvoa de Varzim? Pode descrever?
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Marcia Palhares

Olá Silvio, sua viagem promete. Se puder, não deixe de incluir Póvoa do Varzim, a cidade é muito linda, tem muitos jardins e uma praia com cabanas para tocar de roupa,, completamente diferente das nossas. Estive lá pois queria demais conhecer a cidade de Eça de Queiroz, e valeu a pena. Fui de tem, partindo do Porto, uma viagem muito agradável. Recomendo!
Abç e boa viagem!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

cristiane
cristianePermalinkResponder

Oi,
Eu sou brasileira e tenho uma agência de viagens incoming. Posso fazer uma visita guiada (grátis) para vcs aqui em Braga. Mas só posso a partir de segunda-feira, pois vou para o Alentejo hoje. De qualquer forma deixo aqui algumas dicas de lugares interessantes em Braga.
1.º Igrejas, muitas igrejas! Não estou a exagerar mas o desenvolvimento desta cidade deve-se muito à Igreja Católica e os seus arcebispos, não é a toa que a cidade de Braga é conhecida como a Roma de Portugal. Por isso aconselho vivamente a entrar nas igrejas e apreciar os azulejos e os altares com diferentes estilos.
2.º Escadórios do Bom Jesus e o seu Santuário. Aconselho a subida pelo ascensor, trata-se do primeiro funicular da Península Ibérica, construído em 1882 pelo engenheiro suíço Nikolaus Riggenbach. Este elevador utiliza o sistema de contrapeso de água e é, atualmente, o mais antigo do mundo a funcionar. A descida do monte do Bom Jesus deve ser feita a pé (Para baixo todos os santos ajudam).
3.º Se tiverem tempo podem também visitar o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, que tem uma vista linda da cidade!
Sobre Viana do Castelo, aconselho o passeio a beira-rio e a orla marítima. Também a subida do monte de Santa Luzia onde tem o seu santuário. É uma cidade muito conhecida pelos seus excelentes restaurantes e pastelarias. Até o Jorge Amado e a sua esposa iam sempre lá para comer as bolas de Berlim (sonhos – Brasil) da pastelaria do Notário.
Qualquer coisa entre em contacto.
Continuação de uma boa viagem!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Cris, valeu as dicas.
Estaremos em Braga, de passagem, no nosso retorno para Lisboa. Lugares anotados. viana do Castelo teremos oportunidades de permanecer mais tempo.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rita Carvalho
Rita CarvalhoPermalinkResponder

Em Viana do Castelo, não percam a visita à Basílica de Santa Luzia e se poderem passar uma noite na pousada vão adorar, e não podem esquecer de ir ao centro de Viana e experimentar as famosas bolas de berlim smile

Em Braga, como descendente de uma bracarense teria muitos sítios para aconselhar, Braga é conhecida como a cidade dos Padres, algumas igrejas que podem visitar fazendo um roteiro seguido é o Pópulo, a Sé de Braga (esta é essencial), casa dos Coimbras e terminem na Praça da República na Igreja dos Congregados.

Em frente ao Pópulo visitem a pastelaria Luxa (as tíbias e os chineses são especialidades da casa), ao ir visitar a Sé, passem no Jardim de Santa Barbara, e antes da Casa dos Coimbras comprem umas frigideiras, nas frigideiras do cantinho. Ao chegar à Praça da República tem um balcão de turismo da cidade onde podem pedir folhetos sobre locais, mapas e até costumam ter postais de oferta da região. Desçam a Av. da Liberdade e deliciem-se com o edifício do Theatro Circo

http://www.theatrocirco.com/theatro/espacos.php?id=3

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Reta, anotado.
Abraços.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Oi Sílvio,

Você estará no Douro ná época da vindima. Imperdível a experiência de colher uvas e depois almoçar numa quinta, comida típica, com música e dança. Participei de um cruzeiro de 2 dias pela Douro Azul. Vale muito a pena subir ou descer o Douro e percorrer as estradinhas de mão dupla onde mal passa um carro. Compre vinhos do Douro e divirta-se!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ronan José Moraes Silva

Boa tarde a todos.

Aproveitando a oportunidade, alguém poderia comentar como é o clima no mês de outubro (1ª quinzena) na região do Douro (Porto) até Alentejo (Évora). Estaremos a partir do dia 02/10 em Porto e estou iniciando minha programação e, portanto, estou lendo avidamente todos os posts sobre o assunto. Ficaremos até o dia 15 e sendo a primeira viagem a Portugal, confesso que não é uma tarefa simples elaborar esse roteiro. Por fim, vou lendo as dicas e aceito sugestões dos colegas para um roteiro que contemple o que for possível para aproveitar nesse período. Abraços, Ronan.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ronan! A partir de outubro o tempo vai ficando mais fechado e sujeito a chuviscos. Quanto mais cedo em outubro, melhor o tempo. Dê uma lida no post da viagem da Sheila linkado no texto e nos comentários, tanto daquele post quanto deste.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ronan José Moraes Silva

Muito obrigado Bóia. Com certeza o roteiro da Sheila é um item indispensável do meu planejamento. Irei adaptar ao que estamos desejando em termos de tempo e lugares. No mais, um grande abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Luciana Bordallo Misura

Silvio, tem 6 blogueiros justamente entre o Porto e o Douro fazendo esse roteiro no momento, no projeto #DescubraPortugal. Fique de olho nessa #tag no Twitter e Instagram que eles estao postando fotos de babar! Hoje mesmo estavam num vinhedo lindo!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Luciana, muito bom mesmo. Fiz algumas anotações.
Abraços e se tiver outras ideias envie.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Marcia Palhares

Não sei o que está acontecendo..ontem escrevi um comenta´rio sobre a Turquia no post Salve Jorge e sumiu. Agora novamente, respondendo ao Silvio, sumiu também...não escrevi em maiúsculas, juro!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Já foram recuperados, obrigado por avisar!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi.
Poderiam comentar algo sobre a Quinta do Panascal?
Onde fica, vale conhecer?
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Vivi
ViviPermalinkResponder

Uma das regiões mais bonitas de Portugal e pra melhorar finalizar no Porto,minha cidade linda smile
Amo!!! Saudades!!!
Fiquei nostálgica smile

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Vivi, como é da terra poderia dar dicas muito interessantes.
Escreva para todos nós!.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Thereza
TherezaPermalinkResponder

bom ... aproveitando este post sensacional .... gostaria de uma ajuda pro final da minha viagem ..... estou quase definida no roteiro, mais estou com dúvidas .... se vcs puderem me ajudar .... chego em Porto dia 24/09 e fico 3 ntes. Alugamos um carro e seguimos prá Guimarães(1nte) , daí pro Douro (3 ntes) ... a partir daí eu não sei como fazer ... tenho 4 ntes até Lisboa ... fico 2ntes na Serra da Estela, depois sigo prá Aveiro (1nte) + 1 nte em óbidos ... daí sigo prá Lisboa passando por Sintra e Cascais ? O q vcs acham ? Aceito sugestões ... abraço , Thereza

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thereza! Nem Aveiro nem Óbidos valem pernoite. Se você quer dormir outras noites no caminho, pense no Alentejo (descendo por Marvão, montando base em Monsaraz ou Évora) ou então em Coimbra.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Fred
FredPermalinkResponder

Ressuscitando essa questão de Óbidos. Pra quem quer conhecer Óbidos e região (Fátima, Batalha, Alcobaça, Tomar etc), Óbidos não valeira a pena como base para dois dias? Qual outra cidade poderia ser utilizada como base para a região?
No meu roteiro, após ficar na região do Alentejo(4 dias), eu iria de Evora para Óbidos (2 dias), após Coimbra e Porto.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fred! Sim, serve bem.

Silvio Carlos Cury

Oi Thereza, nosso roteiro é parecido, mas estou fazendo no sentido inverso. Quando viajas?
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rita Carvalho
Rita CarvalhoPermalinkResponder

Thereza, Óbidos é uma cidade pequena para passagem, para passar a noite não tem muita opção.

Aveiro até que tem Hoteis interessantes e locais onde ir à noite.

Coimbra se gosta de sair à noite tem muitas opções dependendo do dia da semana.

Não perca passar por Sintra, tem zonas magnificas smile

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

A Bóia.
Gostaria de agradecer o espaço para que todos escrevam sobre a região do Douro. Um gesto muito simples e que esta fazendo uma diferença enorme. Agora consigo imaginar a nossa viagem de uma forma que não vá ficar distante da realidade. Já sabemos o que queremos, aquilo que iremos conhecer, se der tempo, e os lugares que teremos que visitar em outra oportunidade. Tenho o bom e péssimo hábito de, durante as viagens de lazer, demorar muito mias tempo que o planejado. Adoramos ver gente, sentar num banco de praça, admirar demoradamente uma paisagem. Não apressamos as refeições e o vinho sempre esta presente nas nossas conversas. Por isso, se pudesse replanejar a viagem, ficaria mais uma semana nessa região.
Precisava dar esse depoimento.
Contem conosco como referência aqui no Brasil. Dicas, passeios,ou seja, tudo que necessitarem.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Sensacional, dom Silvio!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Regina Bittencourt

No Douro ficamos hospedados em Folgosa, uma minúscula cidade entre Régua e Pinhão. A pousada chama-se Quinta da Azenha, é ótima e com um preço espetacular. Ela fica no morro e do quarto da pousada vê-se o rio, o trem que aparece nas fotos e os barcos que passam. Fica exatamente na direção do restaurante do Ruibde Paula já citado por outros viajantes. Leve um GPS e ande pelas estradas no meio das montanhas cercadas de vinhas. No fim da tarde vá para Pinhão na beira do rio, tem vários bares e uma vista linda. Nós estivemos em Tarouca, Lamego, Favaios, Mesão Frio, Alijó todas cidades do Douro Vinhateiro. Não deixe de ir no Palácio de Mateus em Vila Real. Eu acho que não se deve confundir o Douro Vinhateiro com o Porto, Guimarães, etc, que são muito bonitas, mas merecem um roteiro a parte. Reserve 3 dias para o Douro Vinhateiro que não irá se arrepender. Viajei muito e considero essa região uma das mais bonitas que conheci.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Regina, é isso que faremos. Três dias para o Douro Vinhateiro, dois dias para Guimarães, dois dias para a Serra do Gerês e três dias para o Porto. tudo planejado com a ajuda de vocês.
Anotei as localidades.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Thereza
TherezaPermalinkResponder

Silvio, realmente vamos na mesma época ... chego dia 24/09 em Porto , ficamos 13 dias, e vamos embora por Lisboa ... este post está sendo incrível ....dicas preciosas, o roteiro já está quase definido. Como eu disse lá em cima, estou com dúvida no final , mais acho q vamos prá Évora ...estou anotando tudo ...vamos nos falando ... abraço, Thereza

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Nosso trajeto até o Douro será desde o Sul. Permaneceremos dois dias em Évora e um dia em Monsaraz. Após iremos para a Serra da Estrela e, a partir daí, entraremos no Douro por Lamego. Dia 24/09 estou em chegando em Lisboa.
Parece que estaremos fazendo a viagem em paralelo. Vocês subindo pela costa até Porto e nós subindo pelo Alentejo (Évora, Monsaraz).
Podemos combinar uma forma de nos comunicarmos.
Abraços, essa turma desse post é muito boa.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Bem perto de Monsaraz, acho que nem 5km, recomendo passar a noite no Monte Saraz.. É uma hospedaria rural que depois que visitei, por coincidência vi que constava até em livro como um lugar diferente e recomendado. É bem rústico, gostoso, rural, de noite pode-se ver um céu estralado que é show. E tem reviews ótimas no tripadvisor. Um lugar perfeito para quem curte viajar com calma, e leva em conta o luar.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Inês Santos
Inês SantosPermalinkResponder

Oi Thereza, entre o Douro e Lisboa não deixe de incluir Conimbriga, ruínas de uma cidade romana perto de Coimbra, Piodão na Serra da Estrela cm suas casas de xisto, Tomar e seu lindo convento e em Sintra conheça nos seus arredores Azenhas do Mar, Queluz e Mafra.

Boa viagem

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Oi Inês, anotei suas dicas.
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ronan Jose Moraes Silva

Olá Silvio e Thereza, boa tarde.
Estaremos em Portugal no período de 02 a 16/10, estamos planejando um roteiro com chegada em Porto e saída de Lisboa. Esse post veio em "ÓTIMA HORA". Riq e Bóia sempre nos antecipando... Parabéns. Vou lendo e elaborando meu roteiro. Como disse a Thereza, vamos nos falando nesse período de construção. Abraços, Ronan.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Ronan, acredito que vamos cruzar veículos na estradas.
Mande as dicas quando estiver viajando.
Abraços

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Ronan Jose Moraes Silva

Pode deixar Sílvio. Será um prazer!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Quanta dica boa neste post!

Pretendo ir a Portugal um dia e com certeza um roteiro destes sempre é cogitado!

Abs.,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

malupp
maluppPermalinkResponder

Estarei no Porto em fins de setembro e terei 1 dia para visitar a região do DOURO a partir da cidade do Porto , e graças ao relato da Renata já desisti de fazer o passeio de 1 dia inteiro de barco num bate volta! Gostaria de outras opções para conhecer um pouco dessa região num bate volta saindo do Porto, passear um pouco no rio e também de visitar alguma vinícola ..., será que alguém conseguiria mais algumas dicas do que fazer ou do que evitar?
abraços

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Malupp! Você pode ir de carro, pela auto-estrada, até a Régua; fazer um passeio de barco entre Régua e Pinhão; seguir de carro a alguma quinta para visitar e a um restaurante para almoçar. Só não pode exagerar no vinho...

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rita Carvalho
Rita CarvalhoPermalinkResponder

Pode sempre conhecer a Ribeira no Porto, visitar Vila Nova de Gaia e alguma cave de vinho do Porto

http://www.cavesvinhodoporto.com/caves.html

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Lívia
LíviaPermalinkResponder

Sílvio, que beleza de post!!!!! Bóia, que maravilha de idéia !!!!
Trips, que dicas preciosas !!!! Já estou "viajando" com Sílvio... Parabéns para todos.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Chelly
ChellyPermalinkResponder

Bóia, estou na mesma situação do malupp, em Setembro, quero ir de carro de Porto a Régua e fazer esse passeio de barco que vc indicou entre Régua e Pinhão.
O problema é que naquele link do Ric(http://www.douro.com.pt/pt/cruzeiros-douro/1-dia-semanal-regua-pinhao.aspx) , esse passeio começa as 17h e termina as 20h:30, acredito que já vai está escuro para ver as belezas da região, visitar alguma quinta, e principalmente pra voltar de carro..
Será se existem outros barcos que fazem esse passeios pela manhã, com esse bom preço de € 30?

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Chelly! Em setembro ainda estará claro nesta hora.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Rita Carvalho
Rita CarvalhoPermalinkResponder

Chelly, a Douro Azul é a única empresa que opera no Douro.

Como quer fazer a viagem Régua - Pinhão sempre pode aproveitar para visitar locais pelo caminho antes da viagem, e acredite que em Setembro só as 20h é que fica escuro.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Fiz um resumo de todas as sugestões dos colaboradores do forum para a região do Douro:

Cidades recomendadas: Lamego, Régua, Pinhão, Amarante, Guimarães, Mesão Frio, Vila Real, Caldas de Moledo, Vilas (Tarouca, Casal Loivos, Ucanha e Salzedas), Braga, Ponte de Lima e Ponte de Barca, Porto, Tarouca, Favaios, Alijó, São João da Pesqueira - Miradouro São Salvador do Mundo.
Restaurantes recomendados: Quinta Nova, DOC, Castas e Pratos (Régua), A Compania (restaurante do Museo do Douro), Quinta da Boeira ,em Vila Nova de Gaia, Ponte Romanica, Abadia do Porto (Porto), Gato Preto - Régua, Shis do Porto, Casa do Cardoso (Vila Real), Casa da Pedra (Rio Tinto), Dom Tonho – Porto, Restaurante Book – Porto, DOP (Porto), Majestic Café (Porto), Restaurante Quarenta 4 (Matosinho - Porto), Restaurante Fish Fixe (Porto).

Visitas enológicas: a. Quinta do Crasto, Quinta do Vallado, Niepoort, Quinta do Vale Dona Maria – Sarzedinho, Quinta do Vale Meão, Quinta do Panascal.

Passeios:
Carro: Miradouro da Galafurra, Casa de Mateus, Serra do Marão, Régua – Amarante - Guimarães (por Mesão Frio, Quinta do Côtto, .
Camboio: Pocinho a Régua (ida de barco), Porto a Régua.
Fluvial: Pinhão a Régua, Pinhão a Tua.

Cidade do Porto: Casa do Arco - Gaia, Catedral da Sé, Palacio da Bolsa, Bairro Ribeira, Museo do Vinho do Porto, Torre dos Clérigos, Livraria Lello, Caves Ferreira (Ribeira), Bairro da Foz.

Como vocês observaram, essa região de Portugal é pródiga em atrações. Sei que falta muito mais. Estamos com um problema sem solução: cinco dias (três em Lamego, dois em Guimarães, dois na Serra do Gerês e três dias no Porto. Vamos ter que saber escolher. Difícil.
A Bóia, você nos colocou nessa confusão, nos tire. Alex, ajude.
Abraços, ehehehee!!!!!! delícia de viagem.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Chelly
ChellyPermalinkResponder

Obrigada pela ajuda Bóia e Rita Carvalho!smile
Estou planejando o dia no Douro assim: ir de carro de Porto a Régua, conhecer alguma quinta por lá (aceito sugestões), almoçar no restaurante Gato Preto, e depois fazer uma viagem até Pinhão de barco e voltar de carro a Porto. O que acham?

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

malupp
maluppPermalinkResponder

Valeu a dica " Bóia", mas olhando o site dos cruzeiros aparece essa opção de passeio (que nao passe todo o dia no rio Douro)apenas aos SABADOS , o que no meu caso é o dia que chegarei a Porto para uma estadia de 4 dias..Tentarei escrever um email para eles e verei se existe outra opção..Obrigada pela ajuda!
abraços

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Gostaria de saber sobre os vinhos da região do Douro. Poderiam enviar sites especializados ou relatar algumas experiências?
Abraços,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Diego
DiegoPermalinkResponder

Olá Pessoal. Meu tempo em terras Portuguesas é bem mais curto. Terei apenas 3 dias para conhecer Porto e a região do Douro. O que vocês acham imperdível nestes? Vou estar de carro e pensei em ficar 2 dias no Porto, para conhecer o que der, e no terceiro ir de carro a Régua e fazer Régua-Pinhão-Régua a barco pelo Douro. O que acham? Alguma outra sugestão? Devo mesmo fazer o Régua-Pinhão-Régua a barco ou seria melhor de carro mesmo apreciando a paisagem?
Muito Obrigado,

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diego! Programar um dia para o Douro da maneira como você está pensando é a melhor opção para que não pode se hospedar por lá.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Kleber
KleberPermalinkResponder

Olá ,gostaria de uma ajuda, vou estar no Porto de carro, mas gostaria de fazer um passeio de trem nessa regiao, alguem pode me ajudar, indicando qual o melhor bate e volta de trem?
muito obrigado.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kleber! Dicas no post acima!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Kleber
KleberPermalinkResponder

Olá Silvio,preciso de sua ajuda pra finalizar o meu roteiro:
1 dia em lisboa , fora o dia da chegada,1 dia em Lisboa mas pra conhecer Cascais e Sintra,sigo pra Obidos, Nazaré , alcobaça e durmo em Fatima, depois Coimbra Aveiro e Porto, 2 dias no Porto, sendo um exclusivo pra conhecer o Porto e outro pra fazer bate volta em Viana do Castelo -ponte de lima-geres. sigo pra Guimaraes-Amarante e durmao em Pinhao(2 noites), um dia pra Pinhao, sigo pra Viseu, durmo em Viseu,sigo pra Belmonte Castelo de Vide e Durmo em Marvao.sigo pra Evora (3 noites), flo bate volta partindo de Evora -Monsaraz-Vila viçosa-Estremoz-Evora e volta pra Lisboa.
O que voce acha? devo tirar algo ou incluir?
farei de carro.
Muito grato.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Silvio Carlos Cury

Kleber, bom dia!
Não sou a pessoa mais indicada para te orientar nessa viagem.É a minha primeira vez em Portugal.
Nesse"post" sobre o Douro e em todo site "Viagem na Viagem" você encontrará dicas importantes. A Bóia, o Alexandre e o Suca são muito entendidos e poderão dar todas as dicas.
Interessante o seu trajeto, muito parecido com o meu, mas no sentido contrário.
Évora (duas noites), Marvão (01 noite), Belmonte (três noites), Lamego (três noites), Serra do Gerês (duas noites), Guimarães (02 noites), Porto (três noites), Braga (uma noite), Cascais (02 noites) e Lisboa (quatro noites). Em que época que você vai?

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Kleber
KleberPermalinkResponder

alguem conhece e recomenda a locadora de carros autoescape.com
grato

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kleber! Não conhecemos a Autoescape.com. O Comandante já usou a Autoeurope.com, que trabalha com locadoras de marcas conhecidas, a preços mais bacanas.

Para saber como pesquisar sobre a reputação de serviços na Internet, leia: https://www.viajenaviagem.com/2012/08/5-passos-viagens-sem-roubadas/

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá, vou viajar na mesma época. Chego à Lisboa 29/9, fico 4 dias e depois sigo para o Porto e Douro. Minhas perguntas. É possível sair de Lisboa de manhã, passar por Fátima e Coimbra e chegar a noite no Porto? Muito puxado? No Douro, também tem a questão do barco com passeio rápido entre Régua e Pinhão ser somente aos sabados. É possível contratar um passeio quando chegarmos lá, um barco particular, ou algo parecido? Obrigada Daniela

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Coimbra é uma cidade grande, e o pit stop só nela já é complicado. Combinando com outra cidade é impossível.

Há grande oferta de passeios contratáveis em Pinhão.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Olá Bóia!
Depois de uma viagem inesquecível pela Itália, com a grande ajuda do Blog já começo a me programar para Portugal e Espanha no próximo ano.
Lendo os comentários por aqui fiquei um pouco desanimada pois vi que a maioria das pessoas aluga carro para conhecer as cidades e eu e minha filha não dirigimos. Será que dá pra fazer bate e volta e quais as cidades que eu poderia fazer esse esquema?
Obrigada, um abraço.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carmem! Do Porto você pode fazer bate-voltas de trem ou ônibus para Braga, Guimarães, Aveiro; pode ir de trem a Régua e passear no Douro.

Para bate-voltas de Lisboa, Madri ou Barcelona, veja as seções "Daqui pra onde?" das páginas-guia:

https://www.viajenaviagem.com/europa/lisboa-ricardo-freire

https://www.viajenaviagem.com/europa/madri-ricardo-freire

https://www.viajenaviagem.com/europa/barcelona-ricardo-freire

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Obrigada!

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

charles costa
charles costaPermalinkResponder

Estava pensando em passar 1 noite no hotel do castelo em Obidos. Vo0ce ja disse que talvez nao vale a pena dormir uma noite em obidos. Passarei uma noite no Bussaco em Coimbra. Ficando so em Coimbra eu consigo,no bate e volta conhecer Aveiro, Mealhada e Obidos,sem precisar de dormir em Obidos? Se voce acha que vale a pena, eu ficaria um dia a mais no Porto, talvez aproveitando um dia a mais esta linda cidade. A sua opiniao me fara decidir com calma a minha viagem. Obrigado, e fico no aguardo de sua preciosa opiniao.Abs Charles

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Charles! Quem responde é A Bóia. O Ricardo Freire acha Óbidos uma cidade meio sem graça, turística demais, que se esgota em uma horinha de visita. Mas dormir numa Pousada é outra experiência completamente diferente; o destino seria o castelo, não a cidade, então valeria muito a pena.

Faça Aveiro como pit-stop entre Coimbra e Porto. Mealhada é só para almoçar um leitão à Bairrada, pode ser encaixada em qualquer dia (inclusive no caminho de ida ou volta de Óbidos).

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Regina alcoforado

Ficarei alguns dias no Porto e gostaria de conhecer a Serra das Estrelas mas nao alugaremos carro, porque nao gostamos de dirigir. Seria possível fazer bate-volta saindo do Porto? Iremos no inicio de abril/2014.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! É muito longe saindo do Porto. Você encontrará passeios organizados se dormir em Viseu.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Karina
KarinaPermalinkResponder

Boa noite, Tb estou planejando viagem a portugal e descobri um blog com um post espetacular do Douro! gostaria de contribuir sugerindo a visita ao site.
www.doriopromundo.com
Acho até que esse blog teve um post indicado esses dias no viajosfera aqui sobre a provence
Vale à pena.
smile

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Regina Alcoforado

Oi Bóia,

Muito obrigada

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Luiz Antonio
Luiz AntonioPermalinkResponder

Olá. Gostaria de fazer o passeio de um dia de barco Porto/Régua. Mas, desisti,particularmente pelo relato da Regina. Gostaria, então, da opinião sobre o seguinte passeio em agosto/13 (não estarei viajando de carro): Porto/Régua (de trem), depois Régua/Pinhão (de barco) e Pinhão/Régua (de trem), pernoite em Régua, ida a Vila Real (de ônibus(e Vila Real/Porto (de ônibus). Existiriam outras opções para ficar 2 dias nessa região? Grato.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz Antonio! Compartilhamos sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Sheila
SheilaPermalinkResponder

Pra fazer sem carro, está ótimo! A logística funciona sim.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Fábio
FábioPermalinkResponder

Minha esposa e eu vamos pra Portugal e Espanha em setembro. Planejei 2 noites em Lisboa, depois sigo de carro para Óbidos, onde durmo 1 noite (não decidi se vale a pena passar antes por Sintra Cascais). Saio cedinho rumo à Fátima para visitar o Santuário. Almoço no Tia Alice e sigo para Porto, parando em Coimbra (também não me decidi sobre isso). Entrego o carro e 'gasto' 3 noites no Porto, reservando um sábado pra fazer o passeio de barco no Douro (descida). Do Porto, vôo até Barcelona pra ficar 2 noites e depois de trem sigo pra 3 noites em Madri, fazendo um bate-e-volta a Toledo. Como o tempo é relativamente curto em cada cidade, vou optar por aqueles tours (hop-on/hop-off), elegendo alguns pontos de maior interesse pra visitar. Gostaria da opinião dos leitores sobre esse roteiro. Grato pela ajuda.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabio! O ideal teria sido ficar só com Portugal ou só com Madri e Barcelona.

A noite em Óbidos não faz sentido; Sintra é um destino muito mais interessante. Você pode dormir as três noites em Lisboa e sair para o Porto com o pit stop em Fátima do mesmo jeito.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/fatima-como-chegar/

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Maria das Graças

Fabio, eu diria que com tão pouco tempo seria mais proveitoso limitar a viagem a Portugal e escolher entre Lisboa ou Porto. Portugal é uma país pequeno mas uma viagem de Lisboa ao Porto em um dia é bem puxada. E no final das contas o que ficará de uma viagem tão corrida?
Estive em Portugal durante 25 dias. Comecei a viagem pelo Porto e segui de carro até Lisboa explorando o oeste do país. Parei para pernoites no Porto (5 noites), Guimarães (4 noites), Coimbra (4 noites), Nazaré (3 noites), Sintra (2 noites) e Lisboa (5 noites).
Todo o leste (Trás os Montes, Serra da Estrela, Alentejo e Algarve) ficaram para a próxima viagem.

Transcrito manualmente pela equipe VnV.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar