Noite em Las Vegas: um guia para gastronomia, shows e baladas #ad

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Michael Jackson One
post-patrocinado1Quem vai a Las Vegas tira a sorte grande, sem sequer precisar entrar num cassino. Em nenhum outro lugar do planeta você encontrará tantas opções de diversão. Depois de um dia de passeios, compras ou de relaxamento na piscina ou no spa, a noite espera você com um sem-número de programas tentadores: restaurantes de chefs estrelados, shows superproduzidos e baladas classe A. (E claro que, entre um programa e outro, a qualquer hora do dia ou da noite, os cassinos estarão a postos para você fazer aquela fezinha.)

A maior concentração de chefs estrelados

Joël Robuchon Las Vegas

Os chefs mais consagrados de Nova York, Paris e Los Angeles têm casas em Las Vegas.

O mito Joël Robuchon, um dos mais celebrados chefs franceses de todos os tempos, está em dois endereços na Strip: no formal Joël Robuchon e no mais relaxado L’Atelier de Joël Robuchon, ambos no MGM Grand. Outro francês três estrelas no Michelin, Guy Savoy, está à sua espera no Caesars Palace. Pierre Gagnaire, mais um monstro sagrado francês, está por trás do Twist, no Mandarin Oriental.

Jean-Georges Vongerichten, o mais bem-sucedido restaurateur de Nova York, brilha em Vegas com a sua Jean-Georges Steakhouse (no Aria) e a churrascaria Prime (no Bellagio). Marcam presença também os top nova-iorquinos Aureole (francês, no Mandalay Bay), Barmasa (japonês, no ARIA), BLT Burger (hamburgers, no Mirage), Mesa Grill (sudoeste americano, no Caesars Palace) e Payard (pâtisserie, no Caesars Palace).

Wolfgang Puck, primeiro chef a colocar Los Angeles na cena gastronômica mundial, está presente em Vegas com a churrascaria chique CUT (no Palazzo), o italiano Lupo (no Mandalay Bay), o Wolfgang Puck Bar & Grill (no MGM Grand), o Wolfgang Puck Pizzeria & Cucina (no shopping Crystals), o Postrio (no Venetian) e o legendário Spago (no Caesars Palace).

Mario Batali, atual rei da noite em Los Angeles, tem vários endereços na Strip: o italiano pop B&B Ristorante (no Venetian), o carnívoro Carnevino (no Palazzo) e a pizzaria Otta Enoteca (no Venetian). Ainda da Califórnia, Thomas Keller, o darling da gastronomia de vanguarda, tem o seu bistrô Bouchon no Venetian.

Outras regiões dos Estados Unidos também se fazem representar. Paul Bartolotta, de Wisconsin, premiado pelo presidente italiano, tem uma filial do seu Bartolotta, italiano com ênfase em frutos do mar, no Wynn Las Vegas. Charlie Palmer (do Aureole nova-iorquino) trouxe seu Charlie Palmer Steak de Washington para a capital do entretenimento. Emeril Lagasse, que fez carreira em New Orleans antes de despontar na televisão, prepara carnes à moda da Louisiana na Delmonico Steakhouse, no Venetian.

E o que é melhor: toda essa qualidade sem dificuldades para reservar: bastam alguns dias de antecedência (com sorte, você consegue um lugar para a mesma noite). Querendo ajuda para escolher, use o Foodie Fantasy Planner do site LasVegas.com: uma mão na roda para escolher onde tomar café da manhã, almoçar, jantar e fazer lanchinhos durante o dia.

Shows: Cirque du Soleil e muito mais

Las Vegas Love Beatles

A trupe canadense do Cirque du Soleil mudou para sempre a linguagem dos espetáculos -- e não é à toa que acabou encontrando em Las Vegas a base ideal para seu repertório. A qualquer momento que você vá à cidade, encontrará shows do Cirque suficientes para preencher uma semana inteira. No momento, estão em cartaz O (um balé aquático, no Bellagio), Love (sobre a obra os Beatles, no Mirage), Zumanity (no New York New York), Mystère (no Treasure Island), (no MGM Grand), Zarkana (no Aria) e o novíssimo Michael Jackson One (no Mandaly Bay).

Mas nem só do Cirque vive a cena de Las Vegas. O espetáculo Le Rêve, no Wynn, é tão aclamado quanto. A Broadway sempre se faz representar -- atualmente podem ser vistos os hits Jersey Boys (no Paris), Priscilla (no Venetian) e Rock of Ages (no Venetian). Curte mais o gênero off-Broadway? Então não perca o Blue Man Group (no Monte Carlo) e o participativo Tony and Tina's Wedding (no Bally's). Também há shows originalmente made in Vegas, como Vegas! The Show (no Planet Hollywood), Dancing Queen/Tribute to Abba (no New York New York) e Recycled Percussion (no The Quad).

Sem falar nos shows de nomes do primeiríssimo time do pop internacional. Para os próximos meses estão programados, entre outros, Celine Dion (de 4 de junho a 3 de julho, no Colosseum do Caesars Palace), New Kids on the Block & Boys II Men (6 de julho, no Mandalay Bay), Rod Stewart (de 20 de julho a 4 de agosto, no Colosseum do Caesars Palace), Gipsy Kings (2 de agosto, Palms Casino), B.J. Thomas (10 e 11 de agosto,  no Suncoast Room), Steely Dan (23 de agosto, Palms Casino), Iron Maiden (12 de setembro, no Mandalay Bay), Luis Miguel (de 13 a 15 de setembro, no Colosseum do Caesars Palace), Depeche Mode (6 de outubro, no Palms Casino) e Pet Shop Boys (11 de outubro, no Hard Rock Hotel). Dê sempre uma olhadinha na listagem atualizada do site LasVegas.com.br.

E se não tiver feito nenhuma reserva? Então dirija-se a um espetáculo grátis, que acontece todas as noites em Downtown Vegas: a Fremont Street Experience, um show de neons no lugar onde nasceu Vegas.

O que acontece em Vegas...

The Act

...fica em Vegas, diz o slogan. Sobretudo o que se passa à noite.

Cada hotel terá pelo menos um nightclub com entrada disputada. Pense em esticar em lugares como Marquee (no Cosmopolitan), TAO (no Venetian), Haze (no Aria), LAX (no Luxor),  Hakkasan (no MGM Grand), Tryst (no Wynn Las Vegas) e The Act (no Palazzo). Confira a lista completa no site LasVegas.com.br.

[Transcrito manualmente de um post publicado em maio de 2013. Pedimos desculpas pelos comentários que não puderam ser transferidos]

* Posts patrocinados são publieditoriais cujo conteúdo é avaliado como útil e vantajoso para os leitores do Viaje na Viagem. As informações são de responsabilidade do anunciante.

Leia mais:

Nenhum comentário, deixe o primeiro!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar