Las Vegas a caminho da Califórnia: o relato da Tania

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Las Vegas

| Paris Las Vegas com a fonte do Bellagio em primeiro plano |

A Tania Janin compartilhou numa caixa de comentários uma bela estratégia de viagem combinada Las Vegas + Califórnia. Na verdade, como você vai ver, Las Vegas não estava nos planos iniciais -- entrou apenas para deixar o deslocamento menos penoso (e mais em conta). A logística doméstica também foi redondinha: de Las Vegas ela foi de low-cost a Reno, onde pegou um carro e seguiu a Lake Tahoe (a 80 km), e de lá ao Vale de Napa, a San Francisco e à costeira da Califórnia até San Diego.

Vai pela Tania:

Nosso plano inicial era ir apenas para a Califórnia -- mais especificamente, descer a costa de San Francisco a Los Angeles pela Highway 1. Ao pesquisar os vôos Rio de Janeiro-San Francisco, esbarramos nos preços salgados, aliados a horas intermináveis de vôos, e conexões que nada tinham a ver com nossos objetivos.

Acabamos incluindo Las Vegas no roteiro por questões de logística. Funcionou como um grande pit-stop e valeu muito a pena.

--> O vôo

Viajamos pela Copa e compramos Rio-Las Vegas/ Los Angeles-Rio. O tempo de vôo noturno, a conexão rápida de 53 minutos no Panamá (onde meu marido se juntou ao grupo), combinados com um preço convidativo e uma economia no hotel em Las Vegas nos permitiu cacifar uma classe executiva. Vôo tranqüilo num 737-800 novinho, poltronas grandes e macias, comida com gosto de comida, vinho Robert Mondavi, cobertorzinho macio, apoio de cabeça, pernas e pés.

Chegamos inteiros em Las Vegas, prontos para a maratona nos hotéis.

--> Hospedagem e passeios

Inicialmente tínhamos reservado um quarto de frente para o chafariz no Bellagio, com a intenção romântica de ver o balé das águas confortavelmente instalados. Puro delírio, felizmente, concluímos a tempo de cancelar a reserva. Andarilhos e curiosos que somos, não ficaríamos um minuto sequer dentro do quarto do hotel para ver o espetáculo que pode ser visto tranqüilamente da rua, várias vezes, ao longo das noites.

Nos hospedamos no Elara e foi uma excelente escolha. O hotel não cobra resort tax, não tem cassino, não cheira a cigarro, parece novo. Para ter acesso aos elevadores é necessário validar o cartão magnético. Nossa suíte era enorme, com quarto com hidromassagem, sala de banho (não dá pra chamar de banheiro, de tão grande), sala com cozinha acoplada com frigobar, cafeteira, torradeira, e para os mais domésticos, até máquina de lavar louça! Tudo grande, limpo e confortável, e ainda economizamos 500 dólares só na diária.

Essa economia colaborou com a compra da executiva. Economia de viajante é assim, economiza aqui pra gastar ali. A localização do hotel é perfeita. Embora o endereço do hotel seja na Harmon Ave., ao sair do hotel pelo shopping Miracle Mile você já está no coração da Strip. Do ladinho do Aria, do Cosmopolitan, do Bellagio... na cara da passarela, da escada rolante e do elevador que te leva ao outro lado da calçada da Strip.

O show da águas do Bellagio é lindo. Aliás, tudo é bonito e bem cuidado em Las Vegas. Algumas vezes, de tanto capricho e luxo, beira o brega.

Fizemos o passeio pelo Grand Canyon com a Maverick. Escolhemos um passeio relativamente curto, mas com pouso no Canyon. Tomou uma manhã inteira e foi muito bonito. Valeu muito a pena.

Não fomos a nenhum outlet, deixamos para o fim da viagem,na Califórnia. As compras se resumiram as lojas por onde passávamos e algo nos atraía.

De dia estava quente e à noite, mais fresco. Foram dias maravilhosos de sol forte e céu de um azul forte e límpido.

Adoramos nossa parada estratégica em Las Vegas.

--> Seguindo viagem

Para seguir viagem usamos a Southwest Airlines, que nos levou de Las Vegas a Reno por 88 dólares. Cada passageiro tem direito a 2 malas despachadas (free) que não foram pesadas na nossa frente, mais uma bagagem de mão. Não marca assento, mas tudo funciona perfeitamente e em 1h20 estávamos em Reno.

Alugamos do Brasil um carro pela Mobility que retiramos na loja da Álamo no aeroporto de Reno e entregamos no aeroporto de Los Angeles. De Reno seguimos para Lake Tahoe, Sacramento, Napa e enfim San Francisco. Descemos a Highway 1 até San Diego, mas daqui pra frente conto em outro lugar.

Queria agradecer a você, Riq, que sempre nos brinda com excelentes orientações, às Bóias que me ajudaram com as respostas que dão a cada pergunta e que a gente vai tirando uma casquinha, e a todos que contribuem com suas experiencias de viagem.

Fizemos uma viagem linda, de puro deleite que só conseguimos realizar com a ajuda de todos vocês. Muito bom realizar sonhos. Espero que com esse relato também possa colaborar com outros trips.

Obrigado pelo relato, Tania!

[Transcrito manualmente de um post publicado em junho de 2013. Pedimos desculpas pelos comentários que não puderam ser transferidos]

Leia mais:

5 comentários

Tania Janin
Tania JaninPermalinkResponder

Que vergonha!!! Ainda não relatei o restante da viagem! Mas um dia quando eu crescer e me organizar melhor escrevo o restante.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! Sem pressa smile

Barbara
BarbaraPermalinkResponder

Olá!

De quanto tempo foi a viagem da Tania?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Barbara! Veja como montar esse roteiro aqui: https://www.viajenaviagem.com/2012/03/california-las-vegas-yosemite-grand-canyon

Peter Oliveira

Excelentes as dicas da Tânia! Os detalhes como o Hotel Elara e o passeio de helicóptero com a Maverick são dicas preciosas para facilitar a vida de qualquer viajante. Enjoy !!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar