De São Paulo ao Sul da Bahia de carro: como estão as estradas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

BR 418, perto de NanuqueBR 418, perto de Nanuque

Fazia muito tempo que eu não ia de carro de São Paulo até a Bahia. A última vez tinha sido em 2007. (Em 2008 eu fiz o trecho da Bahia só até Vitória, onde entreguei o carro.)

De São Paulo à Bahia pela BR 101

Como eu ia parar em Búzios e fazer o Espírito Santo, fui pelo caminho que sempre usei, a BR 101. São 1.530 km.

No geral, o caminho está muito bom. Os trechos fluminense e capixaba da BR 101 foram privatizados e estão com asfalto em bom estado e excelente sinalização de curvas. Mas há muitas obras de manutenção pelo caminho. Não fiz o trecho entre Rio Bonito e Macaé (porque fui a Búzios e segui pela litorânea -- uma burrice; tinha que ter voltado à 101 em Rio das Ostras). O caminho está duplicado de São Paulo a Rio Bonito; entre Macaé e Campos há alguns trechos já duplicados e outros em duplicação.

O fato da estrada estar privatizada entre São Paulo e o norte do Espírito Santo é meio que uma garantia de que as condições de rodagem estarão sempre adequadas.

BR 101, Sul da Bahia

BR 101, à altura do Monte Pascoal

Passando a fronteira com a Bahia, a 101 volta a ser federal -- então seu estado (ops) vai sempre depender da última manutenção feita, o que por sua vez depende de liberações orçamentárias e vontade política. O trecho da fronteira até Itamaraju está em boas condições. De Itamaraju a Eunápolis o asfalto está mais gasto e aparecem alguns buracos -- mas nada crítico. Ruinzinha mesmo está a BA 001, que sai da estrada Eunápolis-Porto Seguro e leva ao Arraial d'Ajuda e a Trancoso. Tem umas crateronas que exigem atenção do motorista.

Meus pitacos:
O melhor jeito de fazer esse percurso é parando no caminho. Há quatro ótimos pontos de parada: Rio, Búzios, Vitória e Itaúnas. Escolha dois na ida e dois na volta e fique duas noites em cada. Assim, você viaja um dia e descansa o outro.

Caso queira fazer um corridão, vá se revezando na direção e não rode à noite. A presença de caminhões lentos e a irresponsabilidade de motoristas torna nossas estradas perigosas de dia e ultraperigosas à noite. Pare e durma. O meio do caminho pela BR 101 é em Cachoeiro do Itapemirim. Dá para fazer em dois dias, dirigindo só durante o dia.

De SP à BA pela BR 116: o último trecho de Minas

Muita gente que não quer ir parando pela costa pega um diretão pela BR 116 até Teófilo Otoni, entrando na Bahia pela BR 418, que passa por Nanuque e chega ao litoral baiano à altura de Nova Viçosa, antes de Teixeira de Freitas. Desde São Paulo são 1.590 km.

Eu nunca fiz esse caminho inteiro, mas desta vez, como fui de Porto Seguro para Minas, acabei pegando o trecho final, entre o sul da Bahia e Governador Valadares.

BR 116

BR 116, entre Governador Valadares e Teófilo Otoni

O trecho da BR 116 que peguei, entre Governador Valadares e Teófilo Otoni (140 km) estava OK, com asfalto em bom estado, comparável ao melhor trecho federal da 101 (entre Mucuri e Itamaraju). Gostei que havia mais "terceiras pistas" em subidas; achei bem mais comum isso nesse trecho da BR 116 do que em todos os da BR 101 (não-duplicados) que peguei.

Já a estrada entre Nova Viçosa e Teófilo Otoni, a BR 418, é bonita e tem tráfego beeeeeem mais fluido que as BRs principais. Entre Teófilo Otoni e Nanuque há alguma sinuosidade, mas entre Nanuque e a Bahia é praticamente um retão. O asfalto estava excelente.

Meus pitacos:
Não tendo feito o caminho inteiro, o meu pitaco é teórico, mas acredito que valha. Evite viajar à noite, é muito perigoso. Se quiser fazer o primeiro dia render muito, saia de madrugada de São Paulo, para pegar noite ainda nas estradas duplicadas, e vá revezando na direção. O meio do caminho dá mais ou menos em Caratinga.

E a sua experiência?

Você foi recentemente do Sudeste ao Sul da Bahia de carro? Qual caminho escolheu? Um desses, ou ainda a Fernão Dias via Belo Horizonte? Compartilhe com a gente, obrigado!

Leia mais:

78 comentários

José Roberto Fenerich

Já fiz São Paulo x Porto Seguro 2 vezes, uma pela Dutra, 101 até Eunápolis com pernoite em Vitória e outra vez com pernoite em Campos de Goytacazes, a ultima viagem fiz pela Fernão Dias ate BH e pernoite em Ipatinga.
Agora estou pensando em ir até Diamantina e depois seguir para Porto Seguro.
Alguém já fez este trajeto para me passar dicas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Roberto! O melhor caminho é por Governador Valadares, Teófilo Otoni e Nanuque, chegando ao sul da Bahia um pouco antes de Teixeira de Freitas. Mas se informe localmente, o pessoal de lá deve saber qual o trajeto em melhor estado.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar