Dossiê da Neve 2015: Europa

Natalie Soares
por Natalie Soares

Reunimos aqui as informações das principais estações de esqui da Europa. Valem tanto para quem esquia de verdade, como para quem quer apenas incluir um pit-stop na neve durante seu roteiro pelo velho continente.

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

ALEMANHA

GARMISCH-PARTENKIRCHEN / ZUGSPITZE

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação Zugspitze]

Site oficial | Página no Facebook

90 km separam Munique de Garmisch-Partenkirchen. Com fácil acesso de trem, Garmisch é uma ótima opção para quem quer esquiar e curtir o clima dos alpes alemães.

Atividades disponíveis: Além das atividades tracionais da neve como esqui, snowboard e caminhada com raquetes, essa região tem um charme especial também para quem não esquia. Alguns picos têm plataformas e mirantes que proporcionam vistas panorâmicas belíssimas dos montes nevados e você ainda pode aproveitar os diferentes restaurantes instalados nas montanhas. Passeios pelos antigos glaciares da região também são oferecidos para quem não quer passar o dia todo nas pistas de esqui.

A região é dividida entre três montanhas: Zugspitze, Garmisch-Classic e Mont Wank. Você pode comprar o ticket integrado e fazer um bate-volta saindo da estação central de Munique. O passe de um dia em Zugspitze combinado com o trem regional custa 50 euros para adultos, já em Garmisch-Classic o mesmo passe sai por 44 euros.

Cansou de esquiar em Zugspitze? Não tem problema. Você pode comprar tickets integrados com as em Tyrol na Áustria e esquiar um dia na Alemanha e outro no país vizinho wink

Novidade para a temporada 2015: Nos finais de semana de 29, 30 de novembro e 6 e 7 de dezembro, a estação Zugspitze vai montar no terraço Sonnalpin um verdadeiro e típico mercado natalino alemão.

Já Garmisch-Classic providenciou para esta temporada a reforma e melhoria da área de aprendizado das crianças.

Temporada 2015: meados de novembro a abril, dependendo das condições climáticas.

Onde ficar em Garmisch-Partenkirschen / Zugspitze: veja hotéis na região de Garmisch-Partenkirschen / Zugspitze no Booking

Garmisch-Partenkirschen/ Zugspitze é ideal para: você que procura um bate-volta diferente saindo de Munique ou que quer passar dias tranquilos nos Alpes alemães. Essa região é uma opção interessante tanto no verão quanto no inverno.

#Linkódromo

Leia mais no Viaje na Viagem

ANDORRA

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo Andorra]

Site oficial | Página no Facebook

Esse pequeno principado entre Espanha e França é famoso não só pelos seus centros de esqui, mas também por ser considerado um ótimo destino de compras na Europa devido à baixa tributação (4,5%).

Atividades disponíveis:

As montanhas de Vallnord e Grandvalira completam mais de 300 km de pistas, 100 meios de elevação, 650 instrutores e 62 restaurantes e lanchonetes. Lá você também vai encontrar áreas exclusivas e temáticas para as crianças aprenderem a esquiar e pontos reservados para os adultos que também querem se jogar na neve.

Você ainda pode curtir outras atividades como passeios com moto de neve, caminhadas com raquetes (4 circuitos diferentes), circuitos de trenó puxado por cachorros e ainda passar uma noite em um iglu (The Igloo Hotel and Bar Grandvalira).

As tarifas dos passes de esqui dependem diretamente da quatidade de dias, da faixa etária, da montanha escolhida e do período da temporada.

Viajando com crianças, uma visita ao parque de animais da Naturlàndia rende um programa bem legal. O parque é um zoológico que fica no bosque de la Rabassa, em Sant Julià de Lòria. Nesse parque também fica o Baby Park, um espaço dedicado à molecada que quer construir bonecos de neve, andar de trenó e se esbaldar nos escorregadores com bóias Tubby e Fun-lifts.

O Palau de Gel também é uma atração legal para quem quer se arriscar na patinação no gelo, no hóquei, no curling e no futebol no gelo.

Tanto Vallnord quanto Grandvalira dispõem de atividades na neve desenvolvidas para as crianças, chamados de "Family Park", e todas elas são acompanhadas por monitores especializados. Lá você deve encontrar atividades como: passeios em pôneis e trenós de neve, aulas de esqui e jogos para os pequenos.

Devido à sua gama de opções de atividades, lazer para a família toda e estrutura para principiantes, Andorra pode ser um bom destino para quem ter seus primeiros contatos com a neve.

Os aeroportos internacionais mais próximos de Andorra são Barcelona e Toulouse. Dos aeroportos de Barcelona, Girona, Reus, Lleida, Toulouse e Carcassonne também partem ônibus direto até essa região.

Temporada 2015: 15 de novembro a final de abril, dependendo das condições climáticas

Onde ficar em Andorra: veja hotéis em Andorra no Booking.

Andorra é ideal para: você que quer esquiar, aproveitar outras cidades na Espanha ou na França e ainda fazer umas comprinhas.

#Linkódromo

ÁUSTRIA

INNSBRUCK

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo Innsbruck]

Site oficial | Página no Facebook

Auto-intitulada a "Capital dos Alpes", Innsbruck é um dos principais centros de esqui da Áustria e de toda a região dos Alpes. É ideal para quem quer conjugar dias na neve, vida noturna e atividades off-pistas.

Atividades disponíveis:

São nove diferentes áreas de esqui com mais de 90 meios de elevação e cerca de 300 km de áreas esquiáveis. Tudo isso com um ticket integrado que lhe permite acesso direto a todos pontos de esqui. O passe para 6 dias custa 203 euros / adulto e pode ser adquirido na central de atendimento ao turista. As principais atividades oferecidas são: esqui, snow, cross-country esqui, tobogã, patinação no gelo, passeio à cavalo, paragliding e caminhadas com raquetes.

A programação de atividades indoor também é variada: tênis, squash, piscinas cobertas, parede de escaladas, bobsleigh, hockey e até curling.

Vai para Innsbruck? Faça o download da app oficial para smartphones com diversas dicas sobre a região, mapas e informações adicionais disponíveis também offline.

Você pode facilmente combinar seu roteiro por Munique com alguns dias de esqui em Innsbruck. Ano passado foi lançada uma linha de ônibus que sai da cidade alemã até o centro de Innsbruck, ligando as duas regiões com seis partidas diárias.

Novidade para a temporada 2015: 

O famoso Swarovski Crystal Worlds, uma das atrações mais visitadas da Áustria e que fica a 12 km de Innsbruck, está fechado para reformas e só deve reabrir em Maio de 2015.

Quem vai aproveitar o mês de dezembro para esquiar, também deve encontrar os tradicionais mercados de Natal funcionando a todo vapor na cidade.

Temporada 2015: 15 de dezembro até 11 de abril.

Onde ficar em Innsbruck: veja hotéis em Innsbruck no Booking.

Innsbruck é ideal para: você que procura uma estação de esqui com boa infraestrutra e pertinho de uma cidade histórica.

#Linkódromo

Leia mais no Viaje na Viagem

KIETZBÜHL

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo Kietzbühl ]

Site oficial | Facebook

Kietzbühl é um misto de cidade histórica charmosa, com boa infra-estrutura e noite animada. É também um dos mais badalados centros de esqui da Áustria.

Atividades disponíveis: esqui, snow, trilhas na neve, patinação no gelo, esqui noturno, passeio de trenó, curling e hockey. O vilarejo também conta com diversas opções de restaurantes, bares e cafés, assim como spas e lojas diferentes. Não deixe de conferir a programação de eventos locais.

Temporada 2015: de dezembro a abril.

Onde ficar em Kietzbühl: veja hotéis em Kietzbühl no Booking.

Kietzbühl é ideal para: você que quer uma experiência diferente na Áustria.

ESPANHA

SIERRA NEVADA

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: mapa das pistas]

Site oficial | Página no Facebook

Sierra Nevada possui uma área de aproximadamente 105 km esquiáveis ao longo de 120 pistas de diferentes níveis de intensidade.

Sair de Granada e chegar até Sierra Nevada é simples. Um ônibus de linha opera essa rota - que dura 40 minutos - quatro vezes por dia. Você pode encontrar mais informações sobre ônibus em Sierra Nevada no site oficial da própria estação.

O jornal Daily Mail divulgou recentemente um comparativo de preços das principais estações de esqui da Europa e a apontou Sierra Nevada como a segunda melhor estação em custo benefício para quem viaja em família. Sierra só perdeu para Bansko na Bulgária. As estações de Andorra também ficaram entre as mais bem cotadas nessa categoria.

Atividades disponíveis:

Além do esqui e do snowbord, "Mirlo Blanco" é uma espaço dedicado à recreação e conta com diversas atividades como: tubbing, bicicleta de neve, arco e flecha e "trenó russo". Além disso, é possível aproveitar a pista de patinação no gelo, fazer passeios com moto de neve, caminhadas com raquetes, passeio noturno com as máquinas que acertam as pistas e jantar na montanha.

A estação também disponibiliza uma área para a família, com pistas para iniciantes, para as crianças aprenderem e brincarem na neve, e ainda reservam uma área para os pequenos que querem começar a praticar o Freestyle (estilo livre).

Também é possível saltar de parapente com esqui e terminar o salto descendo uma pista.

Temporada 2015: de 29 de novembro até o final de Março (dependendo das condições da neve).

Onde ficar em Sierra Nevada: veja hotéis em Sierra Nevada no Booking.

Sierra Nevada é ideal para: você que quer conhecer a neve e ainda passear pela região da Andaluzia na Espanha.

Leia mais no Viaje na Viagem

FRANÇA

COURCHEVEL

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação facebook Courchevel]

Site oficial | Página no Facebook

No coração dos Alpes Franceses e quase na fronteira com a Suíça, fica uma das maiores e mais luxuosas estações de esqui do mundo, Courchevel. A infra-estrutura é impecável e os números são fabulosos: em 3 Vallèes são mais de 600 km esquiáveis, 319 pistas e 170 teleféricos; em Courchevel são 150 km esquiáveis, 95 pistas e 56 teleféricos. Nas montanhas você encontrará 70 pistas para iniciantes e 6 zonas de aprendizado. Certamente o lugar perfeito para você se apaixonar pelo mundo das neves.

A gastronomia também é um ponto alto de Courchevel. São 68 restaurantes dos mais diversos tipos de cozinham. Entre eles, nada menos que sete possuem estrelas e indicações no tradicional Guia Michelin.

Cinco vilas formam o complexo: Saint-Bon, Le Praz, Village, Moriond e Courchevel.

Atividades disponíveis: O destino oferece 45 atividades diferentes, entre elas: caminhadas com raquetes, passeios de helicóptero e balão, saltos de parapente e asa-delta, passeios de snowcats, escalada numa cachoeira de gelo, tubbing, snake-glisse (um tipo de trenó coletivo), passeio de trator e trenós e atividades noturnas para a família toda como patinação no gelo, boliche, cinema e aulas de gastronomia.

Para quem quer tentar uma nova maneira de esquiar, entre o final de dezembro e o começo de Março, toda quarta-feira a estação ficará aberta até as 20 h, proporcionando uma nova experiência para quem nunca esquiou durante a noite.

Temporada 2015: 6 de dezembro até 24 de abril.

Onde ficar em Courchevel: veja hotéis em Courchevel no Booking.

Courchevel é ideal para: você que procura excelência no atendimento e um toque de glamour.

#Linkódromo

CHAMONIX / MONT-BLANC

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo Chamonix]

Site oficial | Página no Facebook

Ainda nos Alpes Franceses e na divisa com a Itália e Suíça, está Chamonix, uma ótima estação de esqui que oferece diversas ofertas de bons hotéis que operam no esquema ski in/out (ou seja, você já sai do hotel praticamente esquiando). Essa não é a única vantagem da região, você ainda pode conciliar seus dias de viagem com Turim, Lyon, Genebra ou Paris wink

O aeroporto de Genebra o mais próximo de Chamonix (88 km de distância) e várias empresas oferecem transporte até a estação. Já o aeroporto de Lyon-Saint-Exupéry está a 220 km da cidade e o de Milão a 238 km.

Atividades disponíveis: esqui, snow e cross-country esqui, escola infantil (programação e atividades especiais), paintball, arvorismo, caminhada com raquetes, trenós puxados por cães, escaladas, paraglide-esqui, passeio panorâmico de helicóptero, ringue de patinação no gelo, quadra de tênis e squash e boliche.

No final do dia, é possível aproveitar as diversas casas de chá da cidade, o cassino ou o cinema, descasar em um dos spas e caminhar entrar as lojas e galerias de arte. Com um tempinho sobrando na agenda, você pode esticar os passeios até os glaciares Mer de Glace ( Train du Montenvers ) e o Glaciar Bossons.

Novidades 2015: a região celebrará os 150 anos do complexo de esqui e diversos eventos comemorativos já estão agendados para essa data. Por Chamonix também passarão diversos eventos esportivos internacionais e festas de música eletrônica. Quanto à infra-estrutura, novos teleféricos serão inaugurados no final de abril; novas instalações na área de freeriders foram providenciadas, assim como novas gôndolas. Para quem procura outras atividades, toda quarta-feira de Fevereiro o "tobogã" - um tipo de carrinho sobre trilhos - funcionária a noite, é um jeito divertido de aproveitar a neve.

A estação também possui uma app oficial com informações sobre as condições das pistas e outras novidades. O destino também disponibiliza um guia completo para download - em inglês.

Temporada 2015: de dezembro a abril.

Onde ficar em Chamonix: veja hotéis em Chamonix no Booking.

Chamonix é ideal para: você que quer esquiar e ter o gostinho de três países europeus.

#Linkódromo

ITÁLIA

CORTINA D'AMPEZZO

Site oficial | Página no Facebook

Cortina d'Ampezzo é uma cidadezinha na região das Dolomitas, os Alpes italianos. É o destino ideale para quem quer curtir o inverno na Itália e terminar seus dias de férias esquiando em uma das monhas consideradas patrimônio natural pela UNESCO.

Atividades disponíveis: Além dos esportes tradicionais, são oferecidos: passeios de moto de neve, caminhadas com raquetes, sobrevoos de helicóptero, pista de patinação no gelo, curling, provas de kart na neve e escalada em paredes de gelo.

Para os pequenos, a região disponibiliza o snow park e o baby slope, espaços dedicados a atividades lúdicas que, além de entreter as crianças, ensinam os primeiros conceitos dos esportes de neve.

A cidade ainda conta com diversos bares, restaurantes, lojas e galerias de arte, para complementar seu roteiro. A agenda de eventos passa desde os mercados e festas de natais até eventos esportivos mais radicais.

Temporada 2015: 16 de dezembro até o primeiro final de semana de maio. Dependendo das condições climáticas, algumas pistas podem abrir dia 16 de novembro.

Onde ficar em Cortina d'Ampezzo: veja hotéis em Cortina d'Ampezzo no Booking.

Cortina d'Ampezzo é ideal para: você que que vai passar uns dias na Itália e quer aliar essa viagem a uns dias de puro esqui wink

#Linkódromo

SESTRIÈRE

Site oficial

Sestrière é um pequeno vilarejo que fica perto de Turin na divisa com a França. A estação de esqui já foi sede de algumas provas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006 e outros eventos esportivos de grande porte.

Atividades disponíveis: as referências indicam Sestrière como uma das melhores neves da Itália. Ao todo são 400 km de áreas esquiáveis disponíveis ao visitante. No quesito atividades fora das pistas, o site oficial não indica nenhum programa ou passeio.

Temporada 2015: de dezembro a abril.

Onde ficar em Sestrière: veja hotéis em Sestrière no Booking.

Sestrière é ideal para: você que quer unir dias de esqui na Itália com uma viagem pelo Sul da França.

SUÍÇA

INTERLAKEN

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo Interlaken ]

Site oficial | Página no Facebook

Interlaken entrega ao viajante brasileiro tudo o que ele imaginou sobre a Suíça: simpáticas ruas cheias de história, cercadas por um cenário ainda mais especial – as montanhas – e várias de atividades para quem quer curtir a neve e se esbaldar no fondue razz

Jungfraujoch - Top of Europe, é o ponto mais alto da Europa Ocidental ao qual se pode chegar de trem. O Jungfraujoch proporciona o contato com a neve durante o ano todo, fazendo a alegria de quem visita a região até mesmo no verão.

Grindelwald-First é famosa por sediar a maior corrida de trenós do mundo e por possuir pontos de obstáculos cheios de adrenalina para quem é fera no esporte.

Kleine Scheidegg-Männlichen é reconhecida pela qualidade das pistas e pela infra-estrutura. Seja um passeio nos teleféricos e gôndolas, seja num almoço caprichado num restaurante na montanha, bons motivos para passar o dia por ali não faltam wink

Passar um dia em Mürren-Schilthorn pode render um programa legal para toda a família. Além das pistas de esqui, a montanha oferece um panorama de 360º da região.

A listinha de atividades disponíveis é generosa: passeios de trenó, caminhadas com raquetes (incluindo até um circuito noturno que termina com fondue), voos panorâmicos de paraglider e helicóptero, patinação no gelo, trenós puxados por cachorros, trekking nos glaciares, escalada no gelo, tubbing e bungee jumping.

Se o frio apertar bastante, as atividades indoor também são legais: curling, boliche, tênis, squash, badminton, complexo de piscinas cobertas, spa e até mesmo degustação de pratos típicos da região. Passeios de barco pelos lagos também são oferecidos no inverno dependendo das condições climáticas.

Interlaken oferece um ônibus grátis para quem vai esquiar nas montanhas.

Novidade para 2016: A estação está trabalhando para oferecer dois novos tipos de gôndolas para 2016 - uma de oito lugares, com destino à Männlichen, e outra de 28, que levará para Eigergletscher. A nova rota de teleférico também reduzirá em 47 minutos o tempo de deslocamento entre Interlaken e a Jungfraujoch.

Temporada 2015:

Kleine Scheidegg: 6 de dezembro até 19 de abril

Grindelwald-First: 13 de dezembro até 6 de abril

Männlichen: 13 de dezembro até 6 de abril

Mürren – Schilthorn: 13 de dezembro até 19 de abril

Onde ficar em Interlaken: veja hotéis em Interlaken no Booking.

Interlaken é ideal para: você que quer unir uma viagem pelos trens panorâmicos da Suíça com dias de esqui.

#Linkódromo

Leia mais no Viaje na Viagem

ST. MORITZ

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

[foto: divulgação turismo St. Moritz]

Site oficial | Facebook

Tradicional destino de neve, St. Moritz é um dos pontos de esqui mais badalados e elegantes dos Alpes. O lugar também se orgulha por ter sido um dos primeiros a explorar as possibilidades da prática de esportes de neve como benefício turístico em meados de 1870. Outro motivo de alegria para os visitantes, é a grande quantidade de dias de sol que atingem a região.

Atividades disponíveis: ao longo dos 350 km de pistas esquiáveis (em estações como Corviglia, Corvatsch e Diavolezza), St. Moritz também oferece outras atividades como polo na neve, trilhas para caminhadas, passeios de trenó e charrete, caminhadas com raquetes, quadras de tênis e squash, playground para as crianças, piscinas cobertas e spas para os adultos.

No fim do dia, as ruas da cidade estão prontas para receber os visitantes esquiadores com suas diversas lojas de luxo, galerias de arte, chocolaterias e restaurantes renomados. No inverno e no verão, pode-se fazer passeios panorâmicos pela histórica Rhätische Bahn, ferrovia tombada como patrimônio histórico pela Unesco.

A estação tem uma app para iOS com diversas informações sobre as condições das pistas, a previsão do tempo e a programação de eventos locais.

Novidades 2015: Nesta temporada, St. Moritz celebra 150 anos e, como a cidade foi uma das pioneiras no mundo do esqui, a data não poderia passar em branco. Uma série de eventos esportivos, musicais e culturais foi agendada para marcar esse aniversário.

Temporada 2015: de dezembro a abril.

Onde ficar em St. Moritz: veja hotéis em St. Moritz no Booking.

St. Moritz é ideal para: você que procura um destino tradicional de esqui na Europa.

#Linkódromo

Leia mais no Viaje na Viagem

ZERMATT

Dossiê da Neve - especial estações de esqui na Europa

Site oficial | Página no Facebook

Típico vilarejo de montanha suíça, Zermatt é o destino para quem procura tranquilidade e agito na medida certa. Em Zermatt é possível ver o famoso pico Matterhom, cartão postal suíço.

Atividades disponíveis: dos tradicionais esportes de neve, até as atividades mais descontraídas como patinação no gelo, tobogã, trenó, curling, trilhas para caminhadas, caminhadas com raquetes, escalada em parede de gelo, paragliding e heli-skiing.

Zermatt oferece outros passeios diferentes como: combinar uma noite de fondue na montanha, seguida por uma trilha de esqui ao lado da equipe de resgate da própria estação; fazer um tour pelo sistema de produção de neve artificial e conhecer todo esse processo; um passeio de snowcat ao lado da equipe que prepara as pistas para os esquiadores.

Se você cansar da neve, é possível visitar a produção de queijo local, passear de trem até o pico de Gornergrat, curtir o centrinho da cidade durante o dia, cair na noite animada da região e, quem sabe, até dormir uma noite num iglu.

Temporada 2015: 29 de novembro até 19 de abril.

Onde ficar em Zermatt: veja hotéis em Zermatt no Booking.

Zermatt é ideal para: você que procura tranquilidade e muita neve.

Leia mais no Viaje na Viagem

48 comentários

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Pessoal, obrigado pelas citações.
É um privilégio, pois o Dossiê Neve é único naquilo que apresenta.
Um lugar bacana também é Hintertuxer Gletscher no Tirol austríaco.

Ferreira
FerreiraPermalinkResponder

Parabéns bóia! Sensacional

Luna
LunaPermalinkResponder

Bóia, quais dessas estações, permitem esquiar no verão?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luana! Em Zermatt é possível, pela manhã, enquanto a neve não derrete.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Olá Ricardo passarei o natal no Club med valmorel com meus filhos
( 10,6 e 1 ano ) após terei 9 dias até a volta ao Brasil via Paris.
Teria alguma dica de para onde ir? ( passarei 4 dias em paris antes do med )
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Quem responde é A Bóia.

No inverno, fora de estações de esqui, recomendamos cidades grandes ou de porte médio.

A Suíça é um bom destino. O norte da Itália também está próximo.

https://www.viajenaviagem.com/destino/suica

https://www.viajenaviagem.com/destino/milao

https://www.viajenaviagem.com/destino/turim

https://www.viajenaviagem.com/destino/veneza

Cristiane
CristianePermalinkResponder

Parabéns pelo tema!!! Adoramos neve e esquiar aqui na minha família, então as dicas são muito bem vindas, ainda não esquiamos na Europa, mas dicas salvas!!!!

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Ótimo post.
Só que poderia colocar St. Anton am Arlberg nessa lista. Acho que é uma estação beeeem melhor que Kitzbuhel, e por quase o mesmo preço smile

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Alguma experiência em Tignes ja?!
Estou indo pra la em Janeiro.
Chego por Geneve. Gostaria de uma dica pra chegar a Tignes. A agencia de turismo me passou um transfer milionario...
Att.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Ainda não fomos para lá, mas uma busca mostrou que há várias companhias que fazem o transfer compartilhado - http://www.tignesnet.com/transfers/
Há também a opção de ir de ônibus - http://www.alpski-bus.com/index-en.aspx?cp=EN&utm_source=skinets.com&utm_medium=links&utm_campaign=contract

Rafael Conceição

Olá! Há alguma estação ou localidade na região de Chamonix que seja famosa pela vida noutra também? Bares, baladas, etc? Que tenha mais jovens? E sobre val d'isere ou val thorens? É interessante? Ou só existe o sistema do Club Med? Obrigado!! Rafael

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! Ski com balada é a especialidade do Val d'Isère.

Larissa Almeida

Olá, Bóia. Desde que postou esse dossiê no ano passado, fiquei maravilhada com Andorra. Acabamos de chegar de lá. Fui com minha família, com crianças de 7 e 2 anos. Nos apaixonamos por Andorra. As pessoas de lá são incríveis, super pacientes e amigáveis. O cenário, as pistas, as lojas, tudo é encantador. Como nevou muito o parque Naturlandia estava fechado no dia que fomos conhece-lo. Nosso primeiro contato com a neve não podia ter sido melhor. Como bons tupiniquins, literalmente rolamos na neve. Obrigada por me apresentar essa viagem inesquecível. Ficamos hospedados no Eurostars Centre, muito bom e bem localizado, em frente ao shopping Pyrenees. Queremos voltar !!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Larissa! Ficamos felizes! Obrigada!

Carina
CarinaPermalinkResponder

Olá, Bóia!
O bate-volte Munique-Zugspitze é possível mesmo para quem quer esquiar de fato? E (detalhe importantíssimo) nunca esquiou antes?
Ou o tempo será escasso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carina! Esquiar não é como andar de roda gigante. Se você não esquia, é preciso contratar uma aula. Se você só vem passar o dia, talvez não haja professores disponíveis quando você chegar. Uma aula de esqui deixa seqüelas -- dores no corpo, eventuais contusões. Deixe para aprender a esquiar quando você puder ficar uma semana hospedada numa estação de esqui; assim as aulas produzirão outros resultados que não dores no corpo. Faça o passeio apenas para ver neve, já é bonito demais isso.

Carina
CarinaPermalinkResponder

Imaginei.
Valeu, Bóia!

luiz
luizPermalinkResponder

innsbruck realmente me impolgou,além de ótimas pistas de esqui inclusive para criança,a cidade tem ótimos restaurantes,gostaria de deixar aqui uma dica:: einsiedeln na suiça,pertinho de zurique,,cidade pequena agradável,e com boas pistas de esqui,próximo a iterlaken deixo a dica de BURCHEN,vilarejo cravado nos alpes suiços com boa estrutua de esqui,porém pouca rede hotel,o charme é alugar chalé ,e alguns tem até vaca no porão,coisa de louco
abc

claudia miranda

Meu filho esta em Londres estudando e gostaria de passar uns 3 dias numa estação de ski.Qual estação você recomendaria que não ficasse muito puxado para ele se deslocar?Na frança ou suíça ficaria mais próximo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Pegue um vôo a Genebra, suba a Chamonix. Ou pegue um vôo a Zurique e suba a Interlaken.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Pegue um vôo a Genebra, suba a Chamonix. Ou pegue um vôo a Zurique e suba a Interlaken.

Samuel Ernica
Samuel ErnicaPermalinkResponder

Gostaria de locais para viajar em Julho marido mulher e 1 filho 7 dias.
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Samuel! Não neva na Europa em julho.

Gabi Bispo
Gabi BispoPermalinkResponder

Boa Tarde !!
Estou indo com um grupo de amigos em março (13 dias) para esquiar na Suiça. Entro por Genebra e saiu por Frankfut qual seria a melhor estação para visitar Interlaken ou Zermatt, gostariamos de ficar três dias inteiros na estação e fazer pouco check in.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabi! A gente não sabe avaliar a diferença técnica entre as estações. Junte os esquiadores mais experientes do grupo e dêem uma vasculhada nos sites e em fóruns de esqui para ver qual é a mais adequada para o nível e a expectativa do grupo.

Lembre-se também de Chamonix, que está a uma hora de Genebra.

Magali Viajante

Gabi,

Se decidir ir pra Chamonix, não perca o fondue do La Calèche, que é maravilhoso.
Veja 6 motivos para ir para lá neste post aqui:
http://magaliviajante.com/2015/02/10/ta-com-calor-6-motivos-para-conhecer-chamonix-ja/

Um abraço!

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Ola, Estou programando com minha mulher e filha (7anos) uma passada de carro pelos alpes austriacos (mais especificamente hintertux onde eu ja tive 2X) no periodo de 20dez15 a 5jan/15, talvez circulando os alpes pela italia e subindo novamente por genebra, passando pelo castelo de newschwenstein. Nesse periodo é considerado alta temporada ou pre temporada ? alguma sugestao de lugar atraente que valha a pena ? compensa fazer a volta pela italia ou ficar mais dias na regiao norte dos alpes entre alemanha e austria ? queriamos dar um pulo na suica para conhecer algum lugares, quais recomendaria nessa epoca do ano ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! Alpes na virada do ano = super-altíssima-temporada! É provável que haja permanência mínima de várias noites perto das principais estações de esqui. Você está acostumado a dirigir em estrada de montanha em condição de gelo e neve? Pode ser tenso.

Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo; havendo resposta, aparecerá aqui.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Rafael, não sei se vale a pena dar a volta pela Itália (eu acho interessante, mas é bastante chão pra andar no inverno e não sei exatamente quanto tempo vai levar), mas se vc for, recomendo "subir" de volta passando por Chamonix-Mont-Blanc. Cidade pequena mas com muita estrutura e atração de inverno. Estive lá em fev/2013 e adorei. Escolhi subir o Auguille du Midi de teleférico, onde se chega a quase 4000m e dá pra ver o Mont Blanc.

De lá vc pode continuar para a Suiça por Genebra ou subir os Alpes em direção a Martigny e Montreaux (que já estão na Suiça). Eu fiz a volta completa quando fui (estava em Lausanne e fui para Chamonix pelos Alpes e voltei por Genebra) e prefiro os Alpes, mas aí depende do seu gosto/interesse. Chegando na Suiça, eu acho que Montreaux vale a pena conhecer. Fomos tb a Broc (fábrica de chocolates da Nestle) e Gruyeres e gostamos.

Só não entendi qdo vc disse "subindo novamente por genebra e passando pelo castelo de newschwestein". É que fica tão longe uma coisa da outra que eu não entendi.

Débora
DéboraPermalinkResponder

Boa noite!
Vou para a Suiça na metade de novembro deste ano… Será que é possível esquiar em Zermatt ou Interlaken? Qual dos 2 é mais bonito de se passear? Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Débora! Em 2014 a temporada de esqui começou em dezembro, então, imagine mais ou menos a mesma época para a abertura deste ano. Os dois lugares são lindos - https://www.viajenaviagem.com/2012/02/suica-interlaken-x-zermatt-x-st-moritz

José Carlos Ribeiro Junior

Olá! Boa Noite! Vou para a Europa em novembro, e estarei na Alemanha - entre os dias 15 e 20 - e depois irei para a Suiça. Escolhi esses dois países justamente para poder esquiar! Já notei que o preço é mais acessível na Alemanha, então será que consigo esquiar em Garmisch nesse período?

Parabéns pelo site! Tem me ajudado bastante a definir o roteiro!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José! Depende das condições climáticas. Em 2014 a temporada começou na metade de novembro...

Milena Oliveira

Olá! Quero antes de tudo, agradecer a riqueza de informações sobre os diversos destinos suiços, atrativos e principalmente sobre os trajetos de trem pela Suiça que os posts nos fornecer; têm sido muito úteis no planejamento da nossa viagem. Bem, estamos indo na próxima semana para Suiça e França e pretendemos ir de trem de Genebra (ou Laussane ou Montreux) para Paris. O que não sabemos é se com o Swiss pass obtemos desconto ou isenção neste trajeto. Talvez seja cobrado somente a reserva, como nos trens panorâmicos... Podem nos ajudar? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milena! O passe só vale dentro da Suíça.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Se puder escolher uma dessas três cidades como saída pra Paris, escolha Genebra. Acho que tem um TGV que faz o trajeto.

Romulo Felippe

Adoro a Suíça mas ano retrasado fui furtado em Interlaken e amaguei um prejuízo em torno de R$ 25 mil entre equipamentos e euros retirados do carro em pleno centro da cidade. Fazer Boletim de Ocorrência? Impossível... enfim, não é só no Brasil que fatos lamentáveis assim ocorrem.

FERNANDA DEL GIUDICE

A única cidade que conheci das citadas foi Chamonix Mont Blanc. E que lugar encantador! O mais interessante da cidade é que mesmo que você não goste de esportes como esqui ou snowboard, ainda é possível se divertir bastante. Um passeio que eu recomendo fortemente para quem for é o Mer de Glace. A vista lá de cima é de tirar o fôlego(não só por causa da altitude) e ainda é possível conhecer uma Caverna de Gelo. Nesse post aqui (http://www.porondeandamos.com/chamonix-mont-blanc-dicas/) escrevi várias dicas do que fazer em Chamonix, onde ficar, onde comer, etc.
Abraços a toda equipe do Viaje na Viagem!

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá! Viajarei à trabalho para Freiburg-Munzingen em Março/16. Chego em Basel no dia 05/03 às 14h, ficarei em Freiburg-Munzingen de 07 a 10, e retorno ao Brasil no dia 12/03 às 19h. Assim, terei apenas o dia 06 (domingo - inteiro), dia 11 (sexta - à tarde, pois pela manhã estarei em Basel à trabalho) e dia 12 (sábado - manhã e parte da tarde) livre para passear. Gostaria de conhecer Luzern, Berna e Montreaux, porém acredito que não tenha tempo suficiente para visitar estes 3 destinos. Será que vc poderia me indicar o que seria possível conhecer de forma que possa aproveitar melhor estes dias? A princípio penso em me hospedar em Basel nos dias livres, pela comodidade do transporte disponibilizado pela empresa de ida e volta à Freiburg.
Desde já, agradeço imensamente sua ajuda!

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Olá! Gostaria de saber qual é a estação de esqui mais próxima de Genebra.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Chamonix.

Kelly
KellyPermalinkResponder

Excelentes relatos sobre a Suíça! Já li quase tudo que falam sobre lá! Restaram algumas dúvidas:
- Verifiquei que a temporada de esqui na Suíça é de dezembro a abril. Quer dizer que mesmo havendo lugares com neve o ano todo só é possível esquiar entre estes meses?
- Se eu fizer o Glacier Express em Setembro ou Outubro verei aquelas paisagens lindas nevadas? Ou neve só nos topinhos distantes?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kelly! Esqui é um esporte que precisa de neve abundante e renovável. As temporadas de esqui só acontecem no inverno. Há montanhas com topos permanentemente nevados, assim como glaciares, que permanecem branquinhos o ano inteiro. Mas não servem para esquiar. Dito isso, quem não pretende esquiar deve visitar a Suíça no verão, quando é mais agradável e a paisagem continuará bonita, com topos nevados.

Vilma
VilmaPermalinkResponder

Olá
Estarei visitando Zermatt e St Moritz no inicio de setembro.
Em Zermatt ficarei pouco tempo, pois nosso objetivo é fazer o passeio no Glacier Express.
Como teremos poucas horas na cidade, pensei em visitar o Gornergrat.
Nessa época é possível encontrar neve por lá?
Obrigada e parabéns pelos relatos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vilma! Você encontrará gelo no topo das montanhas.

Tamires
TamiresPermalinkResponder

Boa Tarde,

Estarei de férias em setembro e gostaria de aproveitar para esquiar, você saber me dizer se a estção em Interlake fica disponível para esqui ? Ou se tem alguma região da Europa que seria possível esquiar em setembro ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tamires! Em setembro você encontrará no máximo gelo em montanhas muito altas. O verão vai oficialmente até 20 de setembro. Não se esquia no verão.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar