LX Factory tem lojinhas, restaurantes e até balada em Lisboa

Heloísa Dall'Antonia
por Heloísa Dall'Antonia

LX Factory

Entrada da área do LX Factory, em Lisboa

Quem chega ao simpático espaço da LX Factory, em Lisboa, logo se pergunta o que aquela área era antes de se tornar cenário de uma série de lojas bem-humoradas, restaurantes e escritórios de trabalho.

A dúvida é pertinente: de repente você se vê numa espécie de “rua fechada”, com prédios bem antigos dividindo as fachadas com painéis engraçadinhos e vitrines bacanas. Foi em 1846 que a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense, uma das mais importantes do ramo em Portugal, se instalou na grande área de 23.000m². Com o passar dos anos, a Companhia Industrial de Portugal e Colónias, a Tipografia Anuário Comercial de Portugal e a Gráfica Mirandela, também ocuparam o espaço. Com a ida das empresas para outros locais, mais afastados do centro urbano, o espaço, composto de diversos armazéns, ficou abandonado. A história poderia terminar aqui mas, em 2005, a Mainside, uma empresa de investimento imobiliário, resolveu comprar e transformar o terreno.

Ficaram os 11 prédios construídos em outros tempos e todos os outros itens que fizessem parte das características do local. Algumas reformas, e voilà, nascia a chamada “ilha de criatividade” numa região antes esquecida do bairro de Alcântara.

LX Factory

A área verde ficou preservada e a rua serve de espaço para mesinhas

Com o espaço renovado, não demorou para que empresas de design, de artes e publicidade, por exemplo, se instalassem nas novas salas comerciais criadas. Lojas, restaurantes e livrarias também começaram a se interessar pela área e, desde 2008 transformaram a região em uma ótima opção de passeio.

LX Factory

Mantendo o clima

Uma das coisas mais legais de explorar o LX Factory é que toda a arquitetura local “conversa” com os ambientes internos das lojas. E são várias nas quais você vai poder entrar: a Bairro Arte (www.bairroarte.com), que tem de jukebox a itens divertidos para a casa; a livraria Ler Devagar (www.lerdevagar.com); a Trend Hunters Closet (www.thetrendhunterscloset.com), que vende várias marcas; a Organii (www.organii.pt), de cosméticos orgânicos; a More Than Wine (www.facebook.com/morethanwinelx), de vinhos; e até uma Kare (www.kare-lisboa.com), entre muitas outras.

LX Factory

Lojas divertidas e até balada dividem espaço na área

As opções de comidinhas também são várias: Burguer Factory (www.facebook.com/burgerfactorylxfactory); a Landeau Chocolate (www.landeau.pt); a Sushi Factory (www.facebook.com/sushifactorylisboa/info) e a 1300 Taberna (www.facebook.com/pages/1300-Taberna/204142182951866) são algumas das opções. Dê ao menos uma passadinha na Cantina, que reaproveitou não apenas o espaço dedicado ao refeitório das indústrias que um dia foram donas do lugar, mas também seu mobiliário e equipamentos.

A programação cultural também é intensa. Exposições, apresentações musicais e outras representações artísticas acontecem frequentemente. Dá até pra pegar uma baladinha se você se animar.

LX Factory

Os prédios que abrigavam empresas ganharam fachadas criativas

Planejando a visita

Para aproveitar tudo que a LX Factory oferece, o ideal é chegar no meio da tarde. Todas as lojas já estarão abertas e os barzinhos e restaurantes estarão funcionando com força total. É o melhor momento para encontrar portugueses e turistas dos mais diversos locais do mundo batendo perna pelas ruazinhas do espaço.

Aos domingos, uma feirinha também toma conta do local, com banquinhas de brechós, artesanatos e outros itens.

Pegue o Eléctrico 15 e desça no Calvário, na rua Alcântara. Paralela a ela está a rua Rodrigues de Faria, onde está a entrada do LX Factory.

Combina muito bem como último passeio do dia para quem já aproveitou os lados do Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Bélem e o Padrão dos Descobrimentos.

lxfactory9

LX FACTORY
Rua Rodrigues Faria, 103 - Lisboa, tel. 
213-143-399
www.lxfactory.com

Heloísa viajou a convite do Turismo de Lisboa.

 

6 comentários

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Que delicinha! Adoro lugares assim.

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Ótima dica!

Raphinadas Blog

Gostei muito da dica! Me fez lembrar a antiga fábrica Bhering aqui no Rio, que hoje é um espaço cultural, cheio de coisas interessantes acontecendo. Será que faz sentido?
abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rapha! É mais ou menos por aí smile

Sara
SaraPermalinkResponder

Olá a todos,
Paga alguma coisa para entrar na LX factory ? Há estacionamento no local ? Obrigada, Sara p

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sara! Não se paga nada. Há estacionamento.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar