#Linkódromo | Punta del Diablo, La Paloma e Cabo Polonio, no Uma Brasileira no Uruguai

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Punta del Diablo

Punta del Diablo

Foto | Mile Cardoso, Uma brasileira no Uruguai

Punta del Este pode ser o balneário mais famoso do Uruguai mas, no fim das contas, não chega a ser um balneário uruguaio. Sofisticada, cosmopolita e... turística, Punta vive em função mais de argentinos e ( recentemente) brasileiros do que propriamente dos cisplatinos.

Para encontrar o verdadeiro espírito uruguaio -- simples, campeiro, natural -- o melhor é seguir pela costa na direção norte. O departamento de Rocha tem três dessas praias: Punta del Diablo, jovem e festeira; La Paloma, mais arrumadinha; e Cabo Polonio, a Jericoacoara uruguaia, onde só se chega por jardineira (autorizada) atravessando o areal.

Punta del Diablo está a apenas 50 km do Chuí e a meio caminho entre Pelotas e Montevidéu (são 300 km para cada lado). Cabo Polonio está a 250 km da capital. La Paloma é a menos distante, a 230 km.

Quer saber mais sobre as praias mais uruguaias do Uruguai? Dê um pulinho no ótimo Uma brasileira no Uruguai, da Mile Cardoso. Ela já foi às três praias e tem posts superilustrados e com serviço completo. Passa lá!

Leia no Uma brasileira no Uruguai:

3 comentários

Lourdes
LourdesPermalinkResponder

Legal

Waldir Marin
Waldir MarinPermalinkResponder

Bom dia ! Sou marinheiro de primeira viagem. Gostaria de saber se tem ônibus direto de Punta Del Leste até Cabo Polônio. Verificando o mapa do Uruguai, podemos notar que Cabo Polônio não fica tão distante de Punta Del Leste. Agradeço a quem puder me auxiliar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Waldir! Tem que ir de ônibus a San Carlos e lá pegar outro para Cabo Polonio. Não faça como bate-volta no mesmo dia, não dá tempo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar