Saindo do forno: guia Turomaquia da Galleria Uffizi, em Florença

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Guia Turomaquia Galleria degli Uffizi

Uma das dicas do Ricardo Freire para quem visita a Galleria Uffizi, em Florença, é: "estude antes o acervo para não perder o que procura nas salas internas". O dever de casa ficou mais prazeroso com o lançamento, nesta semana, do terceiro guia da Série Viajando na Arte da Patricia Camargo. Dedicado inteiramente à Galleria Uffizi, traz dicas práticas para a visitação e um olhar mais profundo sobre obras selecionadas.

A Patricia é autora do blog Turomaquia e apaixonada por museus. Seu guia da Galleria degli Uffizi foi redigido e ilustrado de maneira a despertar os mesmos sentimentos no leitor, como numa gostosa aula de História da Arte. O foco é no Renascimento, e são comentados tanto o contexto histórico em que foram criadas as obras quanto a técnica de cada artista. O texto da Patricia tem conteúdo de especialista, mas é leve como um bate-papo.

E está tudo tão bem diagramadinho! mrgreen

O guia, em PDF, pode ser adquirido em versão para impressão ou em formato e-book (melhor para smartphone, tablet ou para ler no computador). Custa € 5,90, o equivalente a mais ou menos R$ 18,90. Compre (com cartão de crédito, via PayPal), aqui.

Agora já são duas providências fundamentais para visitar a Uffizi: comprar ingresso com hora marcada -- e baixar o guia da Patricia.

Leia mais:

3 comentários

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Merel, brigaduuuu plo carinho! Fiquei muito feliz que você desfrutou do guia e captou minha intenção com esta série smile

maria amelia kotez

Vale a pena comprar o guia e ir visitar a Uffizi

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! O Ricardo Freire sempre indica estudar o acervo antes da visita. O guia com certeza te ajudará muito.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar