Celular em viagem: roaming de dados x wifi grátis x chip local

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Sou do tempo que, para mandar notícias do exterior, a gente precisava ir à telefônica, esperar uma cabininha vagar e então pedir a ligação -- que precisava ser rapidíssima, porque custava uma pequena fortuna.

Hoje ninguém mais admite ficar desconectado por mais de umas horinhas. Mas não é só para ficar ligado no Whats, postar no Instagram ou não perder nada no Facebook. Quem está conectado pode solucionar qualquer dúvida na hora pelo Google e transformar seu celular num GPS (esteja você motorizado, a pé ou usando transporte público).

Quais são as alternativas de conexão no exterior?

Plano de roaming da sua operadora brasileira

Atenção: nunca use seu telefone no exterior sem ter contratado um plano específico antes. As tarifas normais de chamadas e sobretudo de dados são proibitivas. Tanto que o roaming de dados costuma se desligar automaticamente quando você está fora da área de cobertura nacional.

Agora -- contratando um plano específico, dá para encarar. Não é a melhor opção, mas é a mais cômoda.

  • Funciona assim: quando você desembarca no exterior e liga o seu celular, rapidinho vai aparecer um SMS da sua operadora oferecendo um plano de roaming internacional de dados e outro plano de roaming internacional de voz. O plano de dados normalmente custa R$ 29,90 por dia, e só é cobrado no(s) dia(s) em que você utilizar. Ao câmbio de 4 reais por dólar, dá US$ 7,50 por dia (ou 7 euros por dia). Não é caríssimo, mas não chega a ser barato. Para ativar, você precisa responder o SMS com o texto referente ao plano. Pronto. Você já tem conexão no aeroporto.
  • Vale a pena: para quem não quer se incomodar comprando chip; para quem precisa absolutamente de conexão desde o momento da chegada; para ativar um dia ou outro, quando você souber que vai ficar muito tempo longe de qualquer fonte de wifi.
  • É roubada: a conexão só é poderosa até um certo consumo de MBs. Depois que a cota do dia é consumida, a velocidade cai assustadoramente ou a conexão simplesmente pára de funcionar.

Wifi grátis

É o jeito mais cuca-fresca de se manter conectado no exterior. Se você não precisa estar conectado 24 horas por dia, é bastante possível viajar só pegando carona no wifi.

  • Funciona assim: na imensa maioria dos hotéis, o wifi não é mais cobrado (finalmente entenderam que internet hoje é tão básico quanto eletricidade). Muitos restaurantes e cafés também oferecem conexão para seus clientes. E redes como Starbucks e McDonald's usam o wifi aberto e gratuito como um chafariz (em alguns países, você vai precisar se registrar no primeiro acesso, mas depois de cadastrar nome e email o acesso fica direto em todas as lojas da rede).
  • Vale a pena: tendo o cuidado de aproveitar os períodos de wifi para pesquisar e baixar tudo o que precisa para as próximas horas, você pode nem sentir falta de um chip local. Sobretudo se houver Starbucks e McDonalds no seu caminho. Algumas cidades também oferecem wifi gratuito nas suas áreas turísticas.
  • É roubada: quando o wifi do seu hotel ou pousada é fraco, o perrengue é grande. E a conexão em restaurantes é mais comum no mundo em desenvolvimento do que em países ricos.

Chip local (simcard)

Para manter a funcionalidade do seu celular igualzinha à que ele tem no Brasil (ou melhorada, já que as velocidades costumam ser mais rápidas, pelo menos no Hemisfério Norte...), o jeito é comprar um chip pré-pago. Atenção: em inglês, não se diz chip, mas simcard. Na América do Sul, o termo é chip como no Brasil (mas diga tchip, com 'p' mudo, e não xípi, se quiser ser entendido de cara).

  • Como funciona: entre na primeira loja de telefonia celular que aparecer no seu caminho e peça por um "prepaid simcard" (ou tchip prê-pago). Os mercados são competitivos e os planos costumam ter preço parecido (uma eventual diferença pode não valer o tempo que você vai gastar camelando entre as lojas). Normalmente você vai pagar pelo simcard e por um pacote de dados que dará direito a xis MB ou GB durante um período pré-determinado. Conte em gastar, num pacote que cubra até 15 dias sem muita mixaria de bytes, entre 20 e 50 dólares. Se os bytes acabarem, sempre dá para comprar um pacote à parte. Ao comprar seu simcard, procure estar com passaporte, que é exigido em muitos países ou operadoras. Tente fazer com que o vendedor do simcard faça a primeira ativação para você.
    Quer pesquisar os planos locais antes de viajar?
    O site colaborativo Prepaid Data SimCard Wikia lista planos, macetes, pegadinhas, modo de comprar e desempenho de operadoras ao redor do planeta. É a mais completa fonte de informação para quem quer comparar planos mas não quer perder nem um minuto precioso de sua viagem fazendo a pesquisa in loco.
  • Vale a pena: se você vai ficar pelo menos 5 dias num lugar, ou se você precisa estar conectado por motivos de trabalho ou família, invista algumas horas da sua chegada na ida até uma loja de celular. (Às vezes dá para comprar no aeroporto mesmo; dê um google com "prepaid simcard shop nome do aeroporto" e veja se há contribuições recentes.
  • É roubada: quando você passa pouco tempo num país, o chip local pode não se pagar (ou não justificar o tempo perdido na incursão à loja para comprar o chip). Viagens picadinhas também são um problema: dificilmente um chip local pré-pago oferecerá roaming internacional de dados (e se oferecer, a tarifação provavelmente não vai compensar).

Chips multipaíses

Existem operadoras 'virtuais' que sub-locam redes em vários países e por isso oferecem um simcard único que funciona em todas as escalas da sua viagem.

  • Funciona assim: operadoras virtuais como a Keepgo, a TravelSim e a GoSim vendem simcards e modems que se conectam em mais de 100 países. O chip é enviado pelo Correio para sua casa (algumas operadoras também enviam para hotéis).
  • Vale a pena: para quem viaja a diferentes países a trabalho e pode repassar a conta telefônica para a empresa. O chip não vale só para a viagem para a qual foi comprado; continua funcionando nas viagens seguintes, seja para onde você for.
  • É roubada: para quem não quer gastar muito. O chip custa caro (entre 70 e 100 dólares) e vem com um pacote insignificante de dados. Os pacotes suplementares de dados saem muitíssimo mais caros do que o das operadoras locais. É um mercado de luxo.

Leia mais:

189 comentários

Ana Paula Faria

Uso somente Wi-Fi dos lugares e não fico sem comunicação nunca. E ligações via Skype.

Hosana
HosanaPermalinkResponder

Procuro comprar um simcard em cada cidade que passo, justamente para não passar aperto. Concordo com vc que nos EUA é caro, pelo menos em 2013 foi caro. Na França a dificuldade que tive é que como reservei transfer para o transporte do Aeroporto, quando saí do desembarque o motorista já estava nos esperando e não aguardou que eu comprasse o simcard no aeroporto. Tive muiiiita dificuldade de achar a loja fora. Mas, salvo engano, paguei 30 Euros pelo simcard com pacote de dados. Como fiquei 10 dias em Paris, valeu a pena, pois arriscar precisar de dados e pagar algo em torno de 30 reais por dia pode sair bem mais caro. E hoje em dia acessar a internet facilita muito a sua viagem e pode, inclusive te ajudar a economizar com outras coisas na viagem.

MArcelo
MArceloPermalinkResponder

No Japão, optamos por alugar um modem móvel por cerca de 150 dólares por 30 dias (ficamos três semanas), utilizando a conta do skype para usar como telefone se preciso. Foi muito útil e nos deu segurança para viajar num lugar onde não conhecíamos a escrita (a parte "falada" dá para se virar bem em inglês). Como os endereços são quase impossíveis de se encontrar, e não tínhamos nossa programação totalmente detalhada antes de viajarmos, economizamos tempo usando o Google Maps, inclusive para ver as opções de trajetos de transporte público (ele calcula as tarifas e, quando há trens com paradas diferentes passando na mesma plataforma, também indica qual o trem pegar).

Daniele AG
Daniele AGPermalinkResponder

Uma outra dica legal, em Portugal a Europcar tinha ano passado (não sei se tem ainda) uma tarifa que pode ser comprada em agencias de viagem aqui no Brasil com um produto chamado WFE que nada mais é do que um modem com wifi ilimitado para até 4 aparelhos.
Ou seja se você esta com a família um casal com dois filhos e todos com aparelhos , podem se conectar a este aparelho dentro do carro e ao descer podem levar ele junto no bolso ou na bolsa e o mesmo continua funcionando.

vinicius souza

Bom incluir o ChatSim na lista "chips multipaíses". Por um preço fixo de U$10 você consegue usar Whatsapp, Facebook Messenger e Skype(mensagens) à vontade. Entrega no brasil em 25 dias por uma taxa de U$5. Preços de hoje.

vale conferir mais em http://www.chatsim.com/en/chatsim

Anke
AnkePermalinkResponder

Muito Obrigada, Vinicius! Melhor dica, estou salva!

Reynaldo Antunes

Cheguei dos Estados Unidos no dia 08/01. Eu usei o serviço da ShoppUSA. Recebi os dois chips aqui no RJ. Ao chegar aos Estados Unidos coloquei os chips nos celulares que uso aqui no Brasil e recebi uma mensagem em cada celular com o número da linha. Um pequeno problema de configuração do SONY XPERIA foi resolvido com rapidez pelo suporte da empresa. Durante o período em que estive lá não tive qualquer problema.

Rachel Fernandes

Obrigado pelas dicas....
Eu realmente vou precisar de conectar Internet na Europa...
Adorei!

Rosa
RosaPermalinkResponder

Voltei há uma semana de uma viagem pela Europa Central: Alemanha, República Tcheca, Áustria e Hungria. Antes de viajar pesquisei muito sobre chip na Europa mas não consegui a resposta que queria.
Resolvi que compraria o simcard somente na Alemanha pois era onde ficaríamos mais tempo. Pesquisei a O2 e a Vodafone e aí fui informada pelo atendente da loja que a Vodafone funcionaria em todos os países. Fiquei meio desconfiada, mas resolvi tentar.
FUNCIONOU MESMO !!! Em todos os países. Quando saímos da Alemanha só tive que habilitar a função de Roaming e pronto. Fiquei com 3G/4G durante os 22 dias de viagem. Economizei bastante, deixando no modo avião, quando não estava usando ou quando tinha wifi. Espero ter ajudado!!! Bjs!!!

Regis de Freitas Vasconcelos

Puxa, que dica legal! Comprei um Vodafone em Berlim, julho/2015, mas não sabia disso sad
Os vendedores de loja de celular não sabiam nada de venda de chip pra estrangeiros. Eu ficava olhando os banners da loja e insistindo pra comprar, até que um me atendeu. Talvez no aeroporto seja melhor.
Agora entendo pq quando entrei na Austria, Holanda, França e Inglaterra e recebia SMS da Vodafone falando de roaming. Talvez fosse me perguntando se eu queria habilitar. Pena que não falo alemão e não entendi a msg. kkkkkkkk

Julienne Martins

Adorei o post! Mas estou com uma duvida. Vou ficar 5 dias em Copenhagen e 5 dias em Londres. E preciso de um chip para me conectar com a familia no Brasil. Existe algum chip de dados que consigo usar nos dois paises? Ou preciso comprar um em cada cidade? Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julienne!

O site abaixo é o melhor para informações de simcards, e não indica nenhuma operadora atuando na Dinamarca com planos de roaming internacional de dados:

http://prepaid-data-sim-card.wikia.com/wiki/Denmark

Igor .Rangel
Igor .RangelPermalinkResponder

Vou para os EUA se eu desligar o roaming internacional posso usar o whats up e receber sms atraves de wifi ;local ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Igor! Sim.

Marcello
MarcelloPermalinkResponder

Eu posso ligar pelo WhatsApp usando o wifi ou apenas por escrita ??.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcello! Pode falar, também. Tudo o que você faz com o Whats aqui você fará com ele no wifi ou com chip de dados.

humberto
humbertoPermalinkResponder

Parabéns, muito produtivos os comentários e as dicas, estarei viajando esta
Semana , vou seguir as dicas, no retorno comentarei.

Ediney
EdineyPermalinkResponder

Boa... Em janeiro tô indo passar um tempo pela Europa... Serviu muito essa informação. Obrigado.

Marcelo Menezes

Olá. Ao comprar um chip local na Europa os meus contatos do WhatsApp saberão que eu mudei de número?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Ao trocar de chip o Whatsapp pergunta se você quer manter o número anterior, é só confirmar.

Carlos Eduardo Guimarães

Parabéns pela matéria, muito elucidativa. Apenas fiquei em dúvida se haveria a possibilidade de comprar um chip aqui no Brasil, para uso em Buenos Aires e assim sair com o aparelho devidamente habilitado ? Por gentileza você poderia me esclarecer, visto que sou marinheiro de primeira viagem.
Obrigado.
Carlos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Existem algum chips internacionais, que funcionam em vários países, e são vendidos no Brasil. Mas custa bem mais caro do que comprar um chip localmente.

George
GeorgePermalinkResponder

Muito bons todos os comentários e inclusive as explicações do Ricardo Freire.
Parabéns.

Kléber Marcel

Eu costumava comprar um chip em cada pais... mas para a próxima viagem, no mês que vem, eu optei por tentar o EasySim4U... Não conhecia este serviço. Vi há poucos dias em um outro blog, resolvi arriscar... é um chip apenas para dados (não faz ligação), plano ilimitado. O valor varia de acordo com o tamanho do período que vc escolher. 21dias para mim saiu 75 dolares (contando a taxa de entrega de 5 dias úteis). Espero que funcione.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kleber! É um bom produto, sim. Sai mais caro do que comprar chips locais, mas poupa trabalho e tempo de férias.

Eduardo Barros Leal

Pesquisei bastante sobre a compra de chip multi países para minha viagem a Europa em setembro, achei interessante o EasySim4U, mas por curiosidade fui pesquisar referencias sobre a empresa no site da Reclame Aqui, qual não foi minha surpresa ao saber que esta empresa tem PÉSSIMA REPUTAÇÃO junto aos clientes, por vender chips que não funcionam na Europa, e pior, após a vendas dos chips a empresa leva nota zero em resolução de problemas.
Desisti.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Boia, não sei se isso merece atualização no blog ou não, mas fica a dica: a partir de 15 de junho de 2017, estão abolidas as tarifas de roaming de voz e mensagens de texto entre telefones registrados na União Europeia, Noruega, Islândia e Liechtesntein, quando usados em outros países nesses territórios.

Em relação a dados, plano de dados em um país dessa área tem de ter, necessariamente, uma cota mensal mínima de 50GB livres de qualquer tarifa dentro do território por mês. A maioria das operadoras está fixando em 200-500MB/mês essa franquia livre.

Isso significa que, para uso casual, comprar um SIM card em um país da Europa (UE + aqueles outros) agora servirá para todos os países da área. É bastante útil para viagens um pouco mais longas. O esperado é que esses operadores de cartão multi-países aumentem muito a franquia de dados para concorrer.

Boa notícia para todos!

(aqui está a fonte, direto dos sites oficiais da EU: https://ec.europa.eu/digital-single-market/en/news/new-rules-roaming-charges-and-open-internet)

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Muito obrigada pela atualização!!! Estava precisando saber wink

ThiagoS
ThiagoSPermalinkResponder

EU sempre compro sim card nos países que vou passar mais de 7 dias. Caso vá fazer vários países na Europa e a viagem começa na Espanha, da pra comprar um sim da orange, se não me engado por 30 euros e usar em outros países pagando 1 euro por dia (que vai ser descontado desses 30 euros iniciais) com 100MB por dia.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá
Meu chip é pré pago. Consigo ter acesso ao Wifi com ele na Argentina, ou preciso fazer um plano pós pago?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! O acesso por wifi não tem nada a ver com o tipo de chip instalado. Você só precisa ter a senha.

Greice
GreicePermalinkResponder

Ola, vou passar 10 dias nos Estados Unidos. consigo usar meu whatsupp e messenger só com wi-fi, sem ter que usar roaming ou um chip pre-pago?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Greice! Todas as funções do seu celular, menos telefone e SMS, funcionam no wifi em qualquer lugar do mundo.

Amelia Mendes
Amelia MendesPermalinkResponder

Estou indo para Lima e chile , gostaria de saber se posso usar o whatsap do meu telefone em locais que funciona wifi ,.sem acrescimo na minha conta ou tenho que comprar um chip .

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

No Chile ou em qualquer lugar do planeta onde você conseguir se conectar ao wifi, vai poder usar seu WhatsApp sem comprsr chip local nem aumentar sua conta.

Amanda Gouveia

É preciso fazer algum desbloqueio no celular para usar um chip que eu comprar nos EUA?! Ou é só chegar lá, comprar o chip e já vai funcionar?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Só funciona se o seu celular for desbloqueado. Normalmente todos são.

Rosane
RosanePermalinkResponder

Olá! Se eu comprar um chip pré pago em NY,quando eu for para Massachusetts ele vai funcionar normalmente ou preciso comprar outro chip em Massachusetts?Obrigada.

Ricardo Freire

Rosane, em qualquer lugar do mundo hoje em dia um chip comprado numa cidade de qualquer país funcionará em todo o país.

Juci Guerrieri

Vou ficar 26 dias na Europa, e vamos passar em vários países. Ouvi falar muito bem do EasySim4U, um pacote de dados apenas com internet ilimitada, funcionando em mais de 140 países não dá direito à um número, meu plano de 26 dias ficou em 73,50 dólares com o frete. O chip tem três tamanhos e vem em casa muito rápido(optei por entrega simples se rastreio). Gostei da facilidade da compra, vou testa-lo agora em novembro.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Utilizei o chip em Londres e Paris e digo que é HORRÍVEL a conexão.

Londres mal consegui utilizar, me deixou na mão diversas vezes.
Paris quando pegou foi somente baixa velocidade.

Não recomendo a ninguém na Europa, só dor de cabeça, melhor comprar um chip local.Fuja disso.

Eduardo Barros Leal

A empresa que comercializa o EasySiml4U tem péssima reputação junto aos clientes, verifiquei no site Reclame Aqui, e ao ver os comentários negativos da empresa desisti.

Magdiel Gomes de Moraes

Em setembro/ 17. Na Espanha, cansado de só usar o wi fi do hotel a noite, como fiz em Paris Comprei por 12 euros um chip pré pago da "Orange" que pode ser usado na UE.e o usei até Portugal.

Josefa Domingues

Comprei o meu paguei €95,00 euros e não consigo usar WhatsApp aqui na Bélgica/Bruxelas.
Muito triste.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Josefa? O que você comprou? Chip local ou easysim4you?

Michelle Menezes

Olá. Adorei suas dicas. Uma unica dúvida me surgiu, na França, o chip e o plano pré pago também é conhecido pelo termo em inglês (prepaid simcard)? Ou é falado em francês mesmo? Desde já agradeço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Michele! CEm francês, carte sim prépayée.

Eduardo Barros Leal

Em setembro irei a Lisboa, 2 dias, Costa Amalfitana 7 dias e Paris e arredores 6 dias, como vou em grupo fico preso aos roteiros apertados das agencias, por tudo o que li no blog, vou pedir a um guia para comprar um chip de dados para viagem a estes três países, em 2017 fui ao Oriente Médio e fiquei dependente do hi fi dos hoteis e restaurantes, sendo que em Dubai o hotel cobra pelo hi fi, 10 dolares por dia, teria sido melhor ter comprado um chip para uso na Ásia, por isso não perco as dicas valiosíssimas deste blog.
Parabéns.

Junior
JuniorPermalinkResponder

Olá Ricardo/Boia/leitores : preciso com urgência comprar um simcard para usar só na China, mas já quero sair daqui com ele instalado, problemas de comunicação impossibilitam comprar lá . Vcs têm alguma dica de qual comprar pela net? Já li tanta coisa desencontrada, obg, Junior.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Junior! Os simcards internacionais parecem funcinar apenas em 2G na China. Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo, havendo resposta aparecerá aqui.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Saindo do Brasil eu não sei, mas se por acaso você for para Pequim, tem uma loja da China Mobile no terminal 3 do aeroporto. Eles falam inglês lá.

Teresa Maria Alves Farias

Em Portugal usando Wifi do hotel posso acessar o meu banco?
Obrigada
Teresa.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Teresa! Sim.

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Estive na Europa no mês de março/2018. Comprei em Roma um chip da Vodafone por 15 euros (na estação Termini), com validade de 1 mês, com 3gb de internet, ligações locais, mensagens de texto e até alguns minutos de ligações internacionais. Funcionou muito bem em todos países que passamos (Itália, França, Bélgica e Holanda). Quando mudar de país tem que ativar no celular o roaming no celular. Recomendo.
Em novembro/2017, comprei um Chip Lycamobile (10 euros com 1gb) em Lisboa e minha esposa pegou um Vodafone (10 euros, 1gb). O Lycamobile funcionou em Portugal e na Espanha, já o Vodafone ficou somente em Portugal. Mas não recomendaria o Lycamobile (foco deles é imigrante e não turista).

Irani Spiguel
Irani SpiguelPermalinkResponder

Quero enviar um smartphone para o Marrocos, minha dúvida é se vai funcionar com o chip de lá. Grata pela atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Irani! Se o aparelho for desbloqueado, e todos no Brasil são já há algum tempo, vai funcionar.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Durante a minha viagem à Europa ano passado usei o Easy Sim4U e funcionou super bem. Recomendo.

Ana Alice
Ana AlicePermalinkResponder

Estou há 10 dias na china usando o EASYSIM4U que comprei pela internet no Brasil. Foi ativado no dia da minha chegada. Baixei um VPN, mas nao estou utilizando. Para minha surpresa, estou usando o Google maps, google tradutor, gmail e Whatsapp sem restrições. Estou mantendo o wi fi do celular desligado. Não liguei nenhuma vez. Meu marido não consegue acessar nada disso com o celular dele, sem VPN, usando o wi fi.
Acho q só está funcionando em 2G, mas está perfeito para minhas necessidades. Ai de mim sem o Google maps aqui!!!

Junior
JuniorPermalinkResponder

Obrigado Ana Alice!!! Muito bom saber disso.

Caroline Castro

Olá. Gostaria de por gentileza saber se eu não habilitar o chip do meu celular para uso internacional( Vivo ) eu consigo usar wifi na Europa.?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Caroline! O seu chip funciona no wifi sem custo em qualquer lugar smile

joao e c correa

nao compre o plano da LYCAMOBILE PORQUE NAO E BOM . COMPREI 25 MB PRA USAR A VONTADE DE UM PAQUISTANES AO LADO DE MEU HOTEL NOVOTEL WEST EM LONDRES E ELE DISSE 1QUE RIRIA SERVIR EM TODA A EUROPA E TINHAM ME DITO QUE EXISTIAM EXISTIAM ESSES CHIPS. BEM NAO CONSEGUI USAR NEM UM MINUTO POIS A OPERADORA MANDAVA EU REVALIDAR TODA A VEZ QUE EU MUDAVA DE PAIS. VINHA UMA MENSAGEM RECONHECENDO QUE EU ESTAVA EM OUTRO PAIS PEDIA A COMPRA DE UM OUTRO PACOTE SENDO QUE EU NAO USEI NUMMMMCCCACAAA. PENSAM QUE E SO NO BRA QUE EMPRESA E VENDEDOR ENROLADO. NA HOARA QUE EU COMPREI PEDI PRA O VENDEDOR COLOCAR E ATIVAR LE COMECOU MAS LOGO DESITIU. COMO JA TINHA PAGO E ABERTO OP PACOTE NAO CRIEI PROBELMA MAS LEVEI UM CANO DE 125 REAIS. JA TENTEI FALAR COM A EMPRESA MANDEI EMAIL E ATE AGORA NADA.

Silvia Jacoby
Silvia JacobyPermalinkResponder

Vou passar 10 dias na Escandinávia, via Aeroporto Charles De Gaulle na França, onde esperarei 3 horas pela conexão. Sabem me dizer se no Aeroporto Charles De Gaulle (área em trânsito) há lojas de operadora de telefonia onde poderia comprar meu simcard, que dê cobertura para a Suécia, Noruega e Dinamarca? Meu primeiro destino será Estocolmo (Suécia) e não terei tempo de buscar lojas lá, pois estarei em excursão, com os minutos contados... Por isto, gostaria já de comprar no Charles De Gaulle.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! Você não ficará em trânsito. Fará imigração em Paris e um vôo 'doméstico' (dentro do Espaço Schengen) para a Escandinávia. Procure uma loja Relais para comprar um chip Orange.

Loris Tomaz Stefani

Gente pro Egito com parada em Dubai. O que é aconselhável eu fazer em relação a internet?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Loris! Compre chips locais.

Denise Falasca

Tenho pós-pago Vivo. Ficarei 50 dias pela Itália.É só comprar chip Vodafone ? Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Denise! Se chegar por Fiumicino, compre um chip TIM.

https://www.viajenaviagem.com/2018/07/roma-roteiro-3-dias/#chip

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar