TAP: governo ameaça demitir; pilotos confirmam greve; quantos vão furar?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

TAP

Leia post mais recente:

As últimas 24 horas antes da data anunciada para começar a greve de 10 dias dos pilotos da TAP foram bastante atribuladas.

Numa reunião que terminou na madrugada de 28 para 29 de abril, os pilotos decidiram manter a greve, mesmo diante de boatos de não-adesão da totalidade da classe.

Ao longo do dia 30, autoridades portuguesas (incluindo o presidente e o ministro da Economia) alertaram para a cova que os pilotos estão cavando: os prejuízos de 10 dias de greve podem ser tamanhos que não haveria outra solução senão reestruturar a cia. "segundo os termos da Comunidade Européia" -- que seriam bem mais duros do que a privatização. Fala-se em demissão de até 40% do pessoal e diminuição significativa do tamanho da cia. Os casos de Swissair e Sabena (simplesmente liquidadas) têm sido trazidos à baila.

(Parênteses: para o Brasil não interessa nadinha uma TAP extinta ou menor. As rotas européias da TAP podem ser absorvidas sem dificuldade por outras cias. -- incluindo as low-cost easyJet e Ryanair, que são ágeis e já estão bem radicadas no país. Mas que companhia não-brasileira estaria interessada em continuar as rotas diretas das cidades secundárias brasileiras à Europa? As cias. atuais ficariam felicíssimas com a diminuição da concorrência e a oportunidade de aumentar preços.)

Agora no fim da tarde o sindicato reafirmou que não desconvocará a greve. Todas as fichas estão na mão dos pilotos: quantos vão aderir à greve e quantos vão furar o movimento? O volume de adesão é que vai definir se a greve avança ou morre.

Endossos e reembolsos

A boa notícia do dia é que a TAP começou a mudar a sua postura de não oferecer aos passageiros prejudicados nada além de uma remarcação sem custo ou um voucher no valor da passagem para ser gasto na TAP em um ano. (Passageiros que façam questão de reembolso estão sujeitos às regras de cancelamento da tarifa paga.)

Desde a tarde a TAP está entrando em contato com passageiros com viagens marcadas para os primeiros dias e oferecendo endosso para outras cias.

Os vôos, no entanto, só serão efetivamente cancelados uma hora antes da partida, caso se verifique o não-comparecimento dos pilotos designados para a jornada. Uma vez cancelado o vôo, caso não consiga endosso para outra cia., a cia. oferecerá então reembolso do valor pago. (Consulte seu advogado se você acha que as condições não lhe parecem justas.)

O Viaje na Viagem deseja sorte a todos os que tenham viagens marcadas. E bom senso aos pilotos. Amém...

Leia mais:

6 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Andrea
AndreaPermalink

Bom dia, estou indo pro aeroporto agora de manha, apesar do vôo marcado ser a tarde. Vou deixando-os avisados.

RosaneCheles
RosaneChelesPermalink

Alguém tem informações sobre o voo TP74 que sai do Rio para Lisboa no dia 1 de maio? Tenho conexão amanhã para munique e este voo tb não está confirmado. Obrigaga a quem puder ajudar com informações.

julia
juliaPermalink

O avião saiu de Lisboa para Brasília. Será que terá que retornar ainda hoje? Se sim, meu voo está garantido.
Alguém sabe quantas horas de voo a tripulação pode ter?
#ansiosa

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Julia! O Tribunal Arbitral português determinou que, para além dos serviços mínimos, todos os aviões que estejam fora de Portugal no dia 1º retornem ao país. É o caso do seu vôo. Pela lógica, acontecerá. Torçamos.

Andrea
AndreaPermalink

Gente, no check in do vôo pra Lisboa 82, tudo ok. Até parece que ninguém sabe da greve!!! Ta tudo normal! E já fiz o check in de outro vôo que não ta na lista e vai sair normalmente de Lisboa.

Júlia
JúliaPermalink

Até agora, tudo ok no TP82. Check in feito, malas despachadas, nenhuma "tensão" do pessoal da companhia! Parece que está tudo normal! Espero kkkk