Febre amarela: onde se vacinar e emitir o certificado internacional no mesmo lugar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vacina contra febre amarela

Apesar da Organização Mundial de Saúde já ter declarado que não é mais preciso tomar reforço da vacina contra febre amarela, a maioria dos países ainda não levou essa decisão em consideração. Por isso, como a minha vacina estava oficialmente "vencida", lá fui eu tomar o reforço, que será oficialmente válido por mais 10 anos.

certificado internacional de vacinaçao contra febre amarela

Certificados: o novo é o branquinho, o antigo é o amarelinho

Como já explicamos neste post, a via-crúcis do viajante tem duas etapas:

1) A vacinação, que pode ser feita num posto de saúde da rede municipal ou da rede privada (na rede pública a vacina será gratuita; numa clínica privada, será cobrada);

2) A emissão do certificado, que pode ser feita nos postos oficiais da Anvisa (em alguns aeroportos e lugares de fronteira) ou em alguns postos de saúde habilitados.

O melhor a fazer é juntar as duas coisas num só lugar: escolher um posto de rede municipal ou privada que administre a vacina contra febre amarela e esteja credenciado para emitir o certificado na hora. Para achar um na sua cidade, consulte a lista abaixo, desconsiderando todas as opções marcadas como "Anvisa" (estas só servem para emitir o certificado para quem já tomou vacina num posto que não emita certificado).

Antes de se dirigir ao posto, faça um pré-cadastro no site da Anvisa (clique em "cadastrar novo"): ele será necessário para a emissão do certificado internacional, e nem sempre dá para contar com um computador disponível num posto público.

E nunca esqueça que a vacina precisa ser tomada com 10 dias de antecedência à viagem para ter validade.

Não tem emissor de certificado na minha cidade, como faço?

Caso você more numa cidade sem lugar credenciado para emitir o certificado internacional, informe-se junto à rede municipal de saúde onde a vacina é oferecida, vacine-se, guarde o certificado nacional e, na primeira oportunidade, leve a um posto da Anvisa numa capital ou cidade próxima para trocar o certificado nacional pelo internacional.

Note que essa operação precisa ser planejada com cuidado e sem pressa -- os horários dos postos da Anvisa de muitos aeroportos são restritos (em capitais como Rio e São Paulo, funcionam apenas de segunda a sexta, e com intervalo para almoço), então nem sempre vai dar para pegar o certificado no momento em que você for embarcar para o exterior. (O certificado nacional não é válido internacionalmente.)

SP: onde se vacinar e emitir o certificado no mesmo lugar

Instituto Emílio Ribas

Instituto Emílio Ribas

Na cidade de São Paulo há dois postos que oferecem vacinação e emitem o certificado internacional na hora: o Hospital das Clínicas (av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 225, tel. 11/2661-6392; atende de 2ª a 6ª das 7h30 às 15h; metrô Clínicas) e o Hospital Emilio Ribas (av. Dr. Arnaldo, 165; atende de 2ª a 6ª das 8h às 17h; metrô Clínicas).

Fui no Emílio Ribas, que fica a apenas meia quadra da saída do metrô.

Instituto Emílio Ribas

No guichê de identificação você diz que vai fazer a vacina contra febre amarela e te dão um crachazinho, sem pegar maiores informações. Daí é só passar pela catraca e seguir a sinalização.

Certificado internacional de vacina febre amarela

Ao chegar ao posto de vacinação, a recepcionista vai dar uma senha.

Certificado internacional de vacina febre amarela

Computador disponível para fazer o pré-cadastro

Caso você não tenha preenchido o seu pré-cadastro, existe um computador à disposição para fazer isso na hora. (Sem o cadastro não há a emissão do certificado internacional.)

Leve o documento que você quer ter associado ao certificado. A Mariana, que passou por isso ano passado, foi aconselhada a emitir o certificado com o número da carteira de identidade, porque é um documento que não vence (ao contrário do passaporte, que vence em 5 anos). Só que eu, como sou mais velho e estou no meu terceiro certificado (e sexto passaporte), acho muito mais fácil convencer um agente de fronteira na Tailândia ou na África do Sul que eu sou eu mostrando um passaporte vencido (um documento internacional) do que uma carteira de identidade que ele nunca viu na vida.

Certificado internacional de vacina febre amarela

Livre deste perrengue por mais 10 anos

A boa novidade para quem já tomou a vacina antes é que agora ela não é mais dada no meio do braço (doía pra caramba). Agora é subcutânea, a gente mal sente a picada.

Em compensação, conte com a possibilidade de reações adversas. No dia seguinte à vacinação, eu desenvolvi fortes sintomas de resfriado que duraram três dias. O ideal é tomar esta vacina numa semana em que você esteja tranqüilo, sem compromissos indesmarcáveis, e com possibilidade de dormir bem. (Veja aqui os casos em que dá para pedir isenção da vacina.)

Quais países ainda exigem a vacina?

Esta lista deve aumentar, devido ao surto atual (2017) de febre amarela no Brasil. Por enquanto, na América do Sul, só a Bolívia exige a vacina. No Caribe, Barbados, Bahamas, República Dominicana e Cuba exigem a vacina. Na América Central a vacina é exigida pela Costa Rica, Nicarágua, Honduras e por quem vai desembarcar (sair do aeroporto) no Panamá. Na América do Sul, Colômbia, Bolívia e Vezuela exigem a vacina. A Europa não exige vacina. Mas se você vai para a África, a Ásia ou a Austrália, esteja com o certificado em dia.

Resumindo:

  • Não precisa vacina contra febre amarela para fazer conexão no Panamá
  • Não precisa vacina contra febre amarela para fazer conexão na Colômbia
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Peru
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o México
  • Não precisa vacina contra febre amarela para a Argentina
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Chile
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Uruguai
  • Não precisa vacina contra febre amarela para os Estados Unidos
  • Não precisa vacina contra febre amarela para país nenhum da Europa

Atenção: devido ao novo surto de febre amarela no Brasil, é provável que países tropicais que atualmente não exigem a vacina passem a exigir. Se você tem intenção de viajar para países tropicais das Américas, como Peru, Colômbia e México, vale a pena vacinar-se por precaução, para evitar sobressaltos na véspera da viagem (lembre-se de que a vacina só tem validade 10 dias depois de tomada).

  • Precisa vacina contra febre amarela para República Dominicana/Punta Cana (desde 2/4/2017, só para quem vem de ES e MG)
  • Precisa vacina contra febre amarela para desembarcar na Colômbia (desde 30/3/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para desembarcar no Panamá (desde 6/2/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para Cuba (desde 7/2/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para Curaçao e Bonaire
  • Precisa vacina contra febre amarela para St. Maarten
  • Precisa vacina contra febre amarela para Barbados
  • Pode ser preciso vacina contra febre amarela para as Bahamas
  • Pode ser preciso vacina contra febre amarela para a Bolívia
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Costa Rica
  • Precisa vacina contra febre amarela para a África
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Ásia tropical
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Austrália

Leia mais:

68 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Marcia Palhares
Marcia PalharesPermalink

Que bom que não pretendo visitar nenhum destes países/continentes. A vacina da Febre Amarela confere imunidade definitiva, e não é isenta de risco. Absurdo certas exigências para turismo.

Flavio Santos
Flavio SantosPermalink

Curaçao e demais antilhas holandesas não exigem vacina.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flavio! Como está afirmado no post, apenas Barbados e Bahamas exigem, em todo o Caribe.

Cyntia Campos
Cyntia CamposPermalink

Em Brasília tem um atendimento especializado para viajantes no Hospital da Asa Norte. Além da vacina contra febre amarela, dá pra fazer outras imunizações , recomendadas de acordo com o destino.
A minha ultima vacina de febre amarela eu fiz no posto de saúde aqui pertinho de casa e emiti o certificado no aeroporto.
Depois que o Dr. Drausio Varela pegou febte amarela no Mato Grosso, eu não brinco com mosquito.

Robs
RobsPermalink

A despeito da obrigatoriedade de vacinação contra febre amarela, carteira de identidade não tem data de validade, mas vence sim (e o pior, subjetivamente). Experimente ir a um país do Mercosul com uma identidade com mais de 10 anos de emissão e terá problemas. Se for ID de criança então, nem pensar. Melhor não arriscar e usar o passaporte.

Henrique Damiao
Henrique DamiaoPermalink

desembarquei em Nassau no mês passado, a partir de um cruzeiro que saiu de Miami. Não foi exigido nem vacina e nem passaporte (!) para entrar no país.

Yuri Torres
Yuri TorresPermalink

Em um mundo ideal, a cada dez anos a gente se progamava para tirar passaporte, certificado de vacina e, em muitos casos, visto americano. Tenho meu certificado de vacina desde 2011, e embora ja tenha entrado na Africa e na Asia duas vezes desde então, NUNCA me foi cobrado. E conforme o comandante falou, nunca tinha reparado que o documento era ligado ao numero de identidade ou passaporte. Ao menos contastei que esta registrado com a minha identidade ao inves do passaporte expirado. :p

Jessica
JessicaPermalink

E para viajar pela Europa, é necessário ou não a vacina?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Jéssica! Nunca foi necessário.

Marcelle
MarcellePermalink

Para complementar... A alteração no Regulamento Sanitário Internacional (RSI 2005), quanto à validade da vacinação contra febre amarela, foi feita Pela OMS em 2014, mas somente entrará em vigor legalmente a partir de junho de 2016, como informado no próprio site da OMS (http://www.who.int/ith/updates/20140605/en/). Até lá, ainda é valido o texto atual do RSI, que fala da necessidade de vacinação a cada 10 anos, e os países que requerem a vacina podem continuar exigindo o certificado. Então, se a vacina for vencer antes de 06/2016, melhor vacinar novamente e emitir um novo Certificado Internacional de Vacinação. O Brasil não exige esse Certificado, mas ainda existem países que exigem.

Também existe um documento emitido pelo MS, disponível no site da Anvisa, que traz maiores informações sobre a vacinação e quando haverá necessidade de reforço da vacina. Segue o link: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/VacinaFebreAmarela.pdf

Denise
DenisePermalink

Vou para Cuba em Jan/2016. Vi em vários sites de viajantes q a vacina para a febre amarela é exigida. Ah! E parabéns pela postagem pois eu não tinha visto essa informação da validação da vacina pela Anvisa em lugar nenhum. Abç

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Denise! Não é necessária.

Alexandre Marcondes
Alexandre MarcondesPermalink

Eu vou pra Cabo Verde, Senegal e Guiné-Bissau. Por isto, meu médico sugeriu que eu me consultasse com o grupo Medicina do Viajante. Aqui em São Paulo eles atendem no Hospital Emílio Ribas. Agendei a consulta pela internet. No dia e hora agenados (sem nem um minuto de atraso) fui atendido. Além da vacina obrigatória de febre amerela o médico receitou medicamentos de profilaxia e aconselhou sobre procedimentos para prevenção de possíveis doenças nos lugares em que vou visitar. Fiquei positivamente surpreso com o atendimento. Terminada a consulta, tomei as vacinas (obrigatória e sugeridas) e ja estou tomando os medicamentos profiláticos, além de estar com todas as dicas do serviço de saúde destes países. É claro que não pretendo usar isto em minhas férias, mas estou viajando com mais segurança... Bora terminar de arrumar a mala. E pra quem vai fazer uma viajem menos "convenvional" super recomendo o serviço. Atendimento excelente por parte do médico e da equipe do hospital. Fiquei feliz em usar um serviço público aqui no Brasil que funciona bem.

Evandro
EvandroPermalink

Verdade. É bom ficar ligado nos dias e horários de funcionamento dos postos da ANVISA. Deixei para fazer no aerporto de Guarulhos mas no sábado e não logrei êxito. Viajei com o nacional para a Austrália. Tive muita sorte de eles não me deportarem.

Hugo
HugoPermalink

Em Belo Horizonte quem precisar pode ir na Secretaria Municipal de Saúde, na Rua Paraíba, nº 890. Bairro Funcionários. A localização é bem central e o pessoal de lá passa ótimas dicas sobre viagens para áreas de risco. Na mesma hora você consegue vacinar e obter o certificado. Mas se já tiver tomado a vacina, basta levar a carteira que eles emitem o certificado.

Murilo
MuriloPermalink

Estive na Austrália 4 meses a trás e tive que tomar exatamente 6 tipos de vacinas diferentes, e sinceramente foi cansativo , pois muitas tive que recorrer a Hospitais particulares !

Milena - Viver Plenamente Paris

O texto é muito importante!
Porém vale ressaltar que muitos paises que exigem a vacina de febre amarela de brasileiros é porque segundo eles o Brasil é um pais de risco e eles não querem que a gente leve a doença para lah. Estive recentemente na Malasia e na Tailândia e me pediram o meu certificado, mas os europeus não precisavam. Sorte que eu fiz a vacina, pois morando na França o centro de vacinação me dizia que era inutil para o meu caso...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Milena! Sim, é isso mesmo. O texto não diz nada em contrário...

Andrea
AndreaPermalink

Precisa agendar no hospital das clinicas ou é só comparecer no horário de atendimento? Pois semana passada tentei ligar por 3 dias, praticamente de hora em hora, e não consegui falar com ninguém, pois ninguém atende, e pelo site da Anvisa também não consigo fazer o agendamento.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Andrea! Não há agendamento para esta vacina. Apareça no horário indicado.

Débora Evelyn
Débora EvelynPermalink

Acabei de tomar a vacina da febre amarela no Hospital Emilio Ribas, foi muito rápido e já sai com a carteira internacional de vacinação na mão e o atendimento foi muito bom também, desde a recepção até a moça que aplicou a vacina, muito atenciosa. Super recomendo.

Daniel
DanielPermalink

Por acaso alguém sabe se estrangeiros podem tomar vacina contra febre amarela e hepatite no Brasil? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! Contra hepatite, em clínicas de vacinação. Quanto à vacina de febre amarela, comunique-se com um centro de vacinação, é mais rápido e garantido do que perguntar na internet.

Tatiana
TatianaPermalink

Na lista acima não aparece Equador, é preciso para lá? Pois tenho lido em alguns lugares que precisa...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tatiana! Agora você nos pegou smile

O site do Equador não menciona essa exigência:
http://ecuador.travel/pt/tips

Perguntamos pelo twitter do Equador, vamos ver se respondem.

Enquanto isso, vamos compartilhar sua dúvida no Perguntódromo. Se houver resposta, aparecerá aqui.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tatiana! A Natalie está no Equador pelo Sundaycooks, e não olharam a vacina dela nem no check-in, nem na imigração:

https://twitter.com/natie_soares/status/636700788824363009

Thiago Castro
Thiago CastroPermalink

Talvez não precise, mas não custa ter não é? Vc toma a vacina de graça e no próprio aeroporto emite o certificado internacional. Não é muito melhor isso do que um "de mim não cobraram"??

Tiago
TiagoPermalink

Tatiana, estive la em agosto desse ano e nao pediram nao.
abraco

Marcia Ramos
Marcia RamosPermalink

De 2011 para 2015, estive em Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Guatemala, Honduras e Panamá. Apesar de portar o Certificado Internacional, em nenhum desses locais me pediram.

Marcia Ramos
Marcia RamosPermalink

Porém sou médica e recomendo que ande com o calendário de vacinas atualizado

mauro
mauroPermalink

estive no Equador em 2014. Dei entrada pelo aeroporto de Guaiaquil e nada foi questionado.

Lina Ferro
Lina FerroPermalink

Hoje (14/09/2015) liguei no posto de vacinação do aeroporto de Congonhas e recebi a informação de que a ANVISA não faz mais a vacinação desde 2012.

Otto Landeiro Filho
Otto Landeiro FilhoPermalink

Em 2014 viajei por várias cidades do Equador incluindo Galapagos e em nenhuma oportunidade foi solicitado o certificado de vacianação

celio
celioPermalink

Gostaria de saber se para ir do Rio de Janeiro para Cuiaba MT,se eu, minha esposa e dois filho de 12 e 15 anos,temos que tomar a vacina da febre amarela?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Celio! É recomendável.

Klaus Röthig
Klaus RöthigPermalink

Há alguns anos viajei para a Bolívia, que na verdade não exige vacina de febre amarela. A exigência é a das autoridades brasileiras para quem vem de lá. Por isso tive de tomá-la. Contudo, em outra viagem pela América Latina, esqueci em casa um envelope no qual eu tinha dólares e o certificado de vacinação. Viajei com o cartão de crédito e o passaporte para o México. Depois fui para outros países da América Central e por fim, para a Bolívia. Ninguém exigiu vacinação. Para sair do país para voar para o Brasil, contudo, fui barrado. Faltava a vacina de febre amarela. Tive de tomar outra lá mesmo. Comprovou-se que a exigência é do Brasil para quem vem de lá.
De qualquer forma, as vacinas, obrigatórias ou não, são sempre recomendáveis. Agora, com viagem marcada para a África central, além de febre amarela, recomenda-se vacinas contra tétano, febre tifóide, hepatite A e até antirrábica. Pessoalmente ainda pedi hepatite B. Essas, contudo, não têm registro no certificado internacional.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Klaus! Nas fronteiras terrestres os agentes bolivianos podem exigir a vacina. É um jeito de arrancar propina. Melhor ir vacinado.

Neftalí
NeftalíPermalink

Estarei viajando para a Austrália, e ao investigar bem o tema da exigência da vacina de febre amarela para brasileiros, ou para quem esteve no Brasil 10 dias antes da chegada à Austrália, vi que o que existe é uma recomendação, e não uma obrigação. Pelo menos é o que diz o site do Ministério de Saúde australiano:
www.health.gov.au/yellowfever#update
Ou seja, um turista brasileiro que não tenha a vacina ou o certificado na chegada à Austrália, vai receber algumas recomendações sobre identificar os sintomas, mas não vai ser barrado na entrada ao país. Confirmei essa informação com a Qantas/Lan. Estou tentando confirmar também com a Embaixada da Austrália, mas se no próprio Ministério de Saúde deles menciona que ninguém será barrado, acho que é o certo.
Claro, vão me dizer, porque não toma a vacina e evita perrengues? Porque não moro no Brasil, e tomar a vacina (inútil para mim) onde moro custaria mais de 200 Reais para cada membro da familia, fora a viagem para as poucas clínicas particulares que aplicam a dita cuja.
Alguém tem a experiência de entrar sem o certificado de vacinação na Austrália? Pois sei que a imigração australiana é bastante severa e costuma pedir o certificado.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Neftalí! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Neftalí
NeftalíPermalink

Brigadão Bóia! E pra quem pensa que eu sou um pão duro por comprar passagens caras para Austrália, mas não querer tomar uma vacina de 200 reais, duas coisas:
1. As passagens foram um presente.
2. Sim, sou meio muquirana...

Gilberto Marcus
Gilberto MarcusPermalink

Em 2011 fui para a Índia e tomei vacina contra febre amarela de graça na UBS Vila Romana (Rua Vespasiano, 679 - São Paulo, SP), depois levei o comprovante na Anvisa do aeroporto de Congonhas e saí de lá com o Certificado Internacional - tudo de graça!

Neftalí
NeftalíPermalink

Valeu Gilberto! Mas eu moro no Chile, país maravilhoso, mas que é a Coréia do Norte do Capitalismo. Aqui nada é grátis! E o pior é que funciona.
Fora que aqui não tem febre amarela, zika, dengue, aedes, etc...Abraço!

Kamila
KamilaPermalink

Se você não mora no Brasil ainda há exigência da vacina como se morasse...?

Neftalí
NeftalíPermalink

Oi Kamila. Se eu fosse direto do Chile para a Austrália não teria essa exigência. Mas como fico um dia no Rio de Janeiro antes de viajar, em teoria teria que tomar a vacina.
Mas sabe que? Depois de 2 dias viajando, cansado e com jetlag, a última coisa que vou querer é enfrentar um agente australiano chato. Então decidi finalmente tomar a bendita e inútil vacina.
Abração!

Neftalí
NeftalíPermalink

Só pra atualizar, pois acabei de voltar da Austrália. Tomei a famosa vacina, nunca me pediram o certificado no check in no RJ. Chegando à Austrália comentei que morava no Chile (não falei que passei no Rio, nem perguntaram). Nunca me pediram o certificado da vacina. Ou seja, a vacina não é obrigatória, só recomendável. Mas como sugere o Comandante, melhor tomar e esquecer do assunto por 10 anos...
A propósito, a Austrália é simplesmente perfeita!

Kamila
KamilaPermalink

Ademais ... nesse mundo cada vez menor e globalizado em acho que é papel de cada um manter sua caderneta de vacinação atualizada independente de exigências de viagem...

Mariana Rocha
Mariana RochaPermalink

Ola Neftalí.
Fui 2x para a Australia em 2014 e me pediram sim. Minha irmã foi ano passado e pra ela também pediram. Se você vai desde a Am. do Sul, recomendo tomar, sem dúvidas.
Você pode dar sorte com o atendente da imigração.... mas acho melhor não arriscar....

Neftalí
NeftalíPermalink

Obrigado Mariana. Sim, sei que os agentes de imigração sempre pedem o certificado. Para o caso de um agente chato, vou levar impressa as regras do Ministério de Saúde australiano, just in case. Abração!

Lili Müller
Lili MüllerPermalink

Oi Neftalí!
Fui à Austrália em 2011 sem a vacina contra a febre amarela. Eles me deixaram entrar sem problemas, só saí do aeroporto com um "atestado de quarentena" e o compromisso de que procuraria um hospital se tivesse algum dos sintomas da doença. Fiz um post no meu blog contando os detalhes, dá uma olhada lá: http://lilianmuller.blogspot.com.br/2010/12/tapacao-do-dia-yellow-fever-febre.html

Pode ser que as coisas tenham mudado mas foi tudo bem tranquilo na época.

Neftalí
NeftalíPermalink

Oi Lili! Muito obrigado, é isso que eu precisava saber! Parece que nada mudou. Li sobre esse mesmo procedimento em outra parte também. Vou fazer o mesmo, e ficar de "quarentena"...
Então finalmente a vacina não é obrigatória para turistas na Austrália (só muito recomendada), ao contrário do que eu pensava. Senão, a companhia aérea nem deixaria a pessoa embarcar sem o certificado. Isso eu já confirmei com a Qantas que não acontece. E no visto australiano também não aparece essa exigência. Thank you, mate!

Claudia
ClaudiaPermalink

Eu fui para a Austrália em 2010, eles pediram o certificado da vacina e vi gente que estava na fila que não tinha o certificado sendo separado para a famigerada salinha. Eu tomaria a vacina.

Neftalí
NeftalíPermalink

Obrigado, Claudia. Acho que vou terminar na famigerada salinha...

Diego
DiegoPermalink

Estive na Austrália no final de 2013 e também viram meu certificado de vacinação.

Maíla
MaílaPermalink

Olá!

Alguém sabe me informar se nos dias de hoje estão sendo exigidas algum tipo de vacina para entrar na Europa? As coisas podem ter mudado e viajarei em julho deste ano para Iá, já procurei informações na internet, mas as informações são muito confusas. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Ola, Maíla! Não.

Paula Soares junqueira
Paula Soares junqueiraPermalink

E para brasileiros que estão há um mês na Europa e vão direto da Europa para India? É necessária a vacina de febre amarela?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Sim. Se você não tiver a vacina, pode ser que nem deixem você embarcar. Se você embarcar, pode ter problemas ao passar pela imigração na Índia.

Paula Soares junqueira
Paula Soares junqueiraPermalink

Muito obrigada pela rápida resposta Mas pode me informar o porque? Estou tentando achar alguma informação de algum pega de saúde indiano oficial, mas não encontro. Nas minas pesquisas está sempre relacionado com a procedência dos passageiros e não com sua nacionalidade. Até porque o tempo de incubação e de 3-5 dias. E da Europa não é necessário.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! São 10 dias de incubação necessários. Se você não tiver a vacina, prepare-se para ter que explicar a sua história. Cias. aéreas podem ser inflexíveis, agentes de imigração não costumam ser amigáveis. Comece perguntando à sua cia. aérea se você poderá embarcar sem a vacina.

Paula Soares junqueira
Paula Soares junqueiraPermalink

Obrigada Boia! Achei no site oficial da imigraçao na india www.boi.gov.in . Que Realmente Não e necessario, vou imprimir o papel e contar toda minha pesquisa!
Depois conto Como Foi! 10 Dias e o tempo da vacina fazer efeito... O tempo de incubaçao e de 3 a 5 Dias! Por Isso eles pedem a vacina para qualquer Pessoa, indiana ou Não que tiverem procedência de zonas endemicas nos ultimos 6 Dias de vierem de zonas endemicas Por ar

Maíla
MaílaPermalink

Obrigada!

Rosy Anne
Rosy AnnePermalink

Sabem informar se é obrigatória a vacinação contra febre amarela para viajar do RJ para RO?
Minha viagem é no final da próxima semana e só agora me toquei desse (importantíssimo) detalhe.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rosy! Não há nenhum controle. Mas você deveria tomar a vacina.

Edlene Fernandes
Edlene FernandesPermalink

Vi em todo seu artigo que para entrar nos EUA não é exigido para brasileiros o certificado internacional de vacina, mas diante do cenário atual que o Brasil enfrenta com a Zika vírus, há alguma nova orientação para tomarmos a vacina contra febre amarela?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Edlene! Não há.

Augusto
AugustoPermalink

Olá, pessoal. Vou para a China e Tailância no dia 01/04. Eu não tenho o comprovante da época que tomei a vacina da febre amarela, quando era pegueno. Precisarei tomar o reforço agora. Tenho uma dúvida: já posso tomar, ou nesse caso, por não ter o comprovante da anterior, tenho que fazer isso apenas em 10 dias antes da viagem? Pensei se já poderia tomar logo para já ter o certificado em mãos e não deixar para cima da hora. Obrigado pela resposta.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Augusto! A vacina vale por 10 anos a partir de 10 dias depois de tomada.

Augusto
AugustoPermalink

Muito obrigado!