Washington: exposição no Newseum marca os 50 anos da Guerra do Vietnã

Heloísa Dall'Antonia
por Heloísa Dall'Antonia

Foto vencedora do Pulitzer de 1973

Ex-prisioneiro da Guerra do Vietnã reencontra a família (Foto: Slava Veder)

2015 marca os 50 anos da Guerra do Vietnã, o primeiro conflito mundial a ser televisionado. A forma como a imprensa cobriu essa batalha é o tema da exposição "Reporting Vietnam" (assim, com aspas mesmo), em cartaz no Newseum, o museu da notícia, em Washington DC. A atração poderá ser visitada até setembro de 2016.

Acervo da exposição Recovering Vietnam

Capa da "Life" e foto de David Hume Kennerly, vencedora do Pulitzer de 1971

Fotos, jornais e revistas históricas, algumas das muitas músicas de protesto da época (uma seleção de canções feitas entre 1963 e 1973) e uma coleção de 90 artefatos fazem parte do acervo do evento. O choque cultural entre a juventude da Era de Aquário e seus pais conservadores, chamados de 'silent majority' (termo popularizado pelo presidente Richard Nixon na época), não foi esquecido, e também faz parte das publicações exibidas. Mais de 100 imagens referentes à guerra, inclusive algumas ganhadoras do prêmio Pulitzer, também fazem parte do acervo, junto de quiosques que mostram entrevistas dos vencedores da mais importante premiação do jornalismo.

Um documentário de alguns dos momentos mais decisivos da Guerra do Vietnã, assim como dois outros filmes que mostram os protestos dos norte-americanos contra o conflito, e a forma como a televisão mudou para sempre a o relacionamento das pessoas com o campo de batalha também serão transmitidos.

Mala de cobertura no acervo de Recovering Vietnam

Mala do jornalista Malcolm Browne não tinha smartphone nem laptop

O Newseum é uma das atrações mais legais de Washington. Acessível ao público de qualquer idade, o museu da notícia aproveita ao máximo cenários e interatividade para fazer os visitantes “entrarem” de verdade no mundo do jornalismo. São 6 andares e mais de 20 mil m2 que exibem itens como um pedaço de quase 10m de altura da antena de transmissão que ficava no topo da Torre Norte do World Trade Center, em Nova York; mais de trezentas primeiras páginas de momentos históricos do mundo, além de diversos trechos da cobertura de fatos importantes sendo noticiados pelo rádio ou pela televisão e oito pedaços inalterados do Muro de Berlim, entre vários outros itens.

"Reporting Vietnam"
Newseum
555 Pennsylvania Ave., Washington DC
Aberto diariamente das 9h às 17h
US$ 22,95 + taxas para maiores de 18 anos
US$ 18,95 + taxas para maiores de 65 anos
US$ 13,95 + taxas para visitantes entre 7 e 18 anos
Grátis para crianças até 6 anos.

Leia mais:

3 comentários

Oscar | Viajoteca.com

Um dos meus museus favoritos em DC

Gustavo - Viajar e Pensar

Exposição interessante, não fui ao Newseum, fiquei curisoso.
Bom motivo para uma visita a D.C

@GusBelli

Vanessa Barros dos Santos

A exposição é fantástica! Impressionante! Valeu a pena! Além de tudo mencionado, foi montada uma linha cronológica no chão, onde está incluído o percentual da população que aprovava a guerra. Vê-se claramente que, conforme a imprensa aumento a cobertura da guerra, a população foi desaprovando na mesma medida. O poder da imprensa. Inclusive, num dos documentários exibidos, o diretor de uma rede televisiva reclama de ter recibo um telefonema do Ministro da Defesa americana, dizendo que a cobertura estava acabando com a guerra! Não percam.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar