Terremoto no Chile não afetou áreas normalmente visitadas por brasileiros

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Valparaíso

Estou no Peru. Ontem à noite fiquei sabendo do terremoto no Chile... pelos amigos, por mensagem. Não, aqui não senti nada. Mas como havia alerta de tsunami para toda a costa do Chile, do Peru e do Equador, acabei cancelando um passeio que faria às ilhas Ballestas. Hoje cedinho, porém, o alerta de tsunami foi suspenso.

Dando uma geral na imprensa online chilena pode-se dizer que o terremoto de ontem não afetou nenhuma das zonas turísticas visitadas por brasileiros: Santiago, as montanhas, Valparaíso-Viña, Atacama ou Lagos Andinos.

Sim, eu sei que você leu que o epicentro foi em Valparaíso -- mas não foi na cidade de Valparaíso; foi na região de Valparaíso. As cidades de La Serena e Coquimbo foram severamente atingidas; e o vilarejo de Concón sofreu com invasão das águas. Esses destinos são turísticos, mas seu público é chileno.

No eixo Valparaíso-Viña del Mar, o único contratempo foi a interdição do metrô durante a vigência do alerta de tsunami. Mas hoje no meio da manhã o metrô voltou a funcionar.

Todas as empresas de ônibus estão operando normalmente suas linhas dentro do Chile.

Pode manter seus planos de viagem tranqüilamente, que desse terremoto escapamos.

Leia mais:

5 comentários

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Realmente, em Santiago está tudo tranquilo, "no pasó nada"! A sensação na cidade nem se compara com o terremoto de 2010, o de ontem foi 100 vezes menos potente, apesar de ser 8.3. Tudo funcionando normalmente e todos se preparando para as festas.
O comandante deu sorte, perdeu o terremoto ontem (e suas réplicas) e a greve de controladores aéreos anteontem.

Otavio
OtavioPermalinkResponder

Assim como diz Ricardo, tudo está em ordem e normalidade.

As festas da independência do Chile irá rolar sem problemas, mas com precauções pois são eventos muito massivos.

Sobre construções, as que foram afetadas foram as do Epicentro que eram de adobe (barro e palha ou bambu) as quais algumas não suportaram o forte terremoto.

Hoje fomos normalmente as vinícolas, centros de ski de Santiago e Portillo e também Valparaíso com Viña del Mar.

O que recomendo a todos é curtirem e se informarem o que fazer em caso de algum outro evento como este.

Um abraço e estamos as ordens aqui na SnowTours.

Rosi Guimarães

Olá pessoal! Aqui em santiago tudo super tranquilo. A situação está mais complicada na região de Coquimbo que foi afetada pelo tsunami. Para os chilenos tudo muito comum, mas para nós, uma família de brasileiros que moramos aqui há um ano e meio não foi nada agradável. Estou contando essa nossa experiência lá no meu blog: http://nosnochile.com.br/nossa-primeira-experiencia-com-um-terremoto-no-chile/
Um grande abraço e venham tranquilos.

Juliana Carbonari

Vale lembrar que as réplicas (abalos menores posteriores a um grande terremoto) podem durar várias semanas, então será normal sentir pequenos tremores agora!

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

De fato não há aqui em Santiago nenhum sinal do terremoto.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar