Câmbio para viagem: 5 pitacos para não perder dinheiro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Dólar x real

Câmbio é um dos assuntos mais complicados que existem para nós, leigos. São tantas as variáveis envolvidas – a cotação que importa ora é a de compra, ora é a de venda; às vezes o câmbio requer fazer conta de dividir, e outras vezes, de multiplicar; freqüentemente, o que intuímos ser mais lógico é apenas resultado de um raciocínio erroneamente simplista. É uma pegadinha atrás da outra, pessoal.

A gente, que não entende patavinas de câmbio, tende a enfiar os pés pelas mãos e acaba fazendo mais besteira do que o habitual. Se existir contabilidade criativa em câmbio, não deve estar ao alcance de amadores como você e eu. Só quem garantidamente ganha dinheiro com câmbio é quem está do outro lado do balcão (ou quem compra dólar como investimento de longo prazo, como quem investe em ações).

No câmbio, o dinheiro se torna uma mercadoria. A gente não ‘troca’ dinheiro – a gente vende uma mercadoria que não nos serve (um dinheiro inútil aonde vamos) para comprar uma mercadoria que nos falta (um dinheiro indispensável aonde vamos). É um mundo injusto, onde compram a nossa mercadoria por menos do que vale e nos vendem com sobrepreço uma mercadoria de valor teoricamente equivalente. A única maneira de evitar o preju é entrar para a família do dono do banco ou da corretora.

A maior confusão que vejo nas perguntas que aparecem diariamente nas caixas de comentários é considerar a diferença nominal de valores de moedas como indicador de carestia ou pechincha.

Se dólar custa mais de R$ 4 e o peso mexicano custa R$ 0,30, então é muito mais barato comprar peso mexicano, certo? Errado. A cotação dessa moeda no Brasil (assim como das moedas ‘fracas’ em geral) é desvantajosíssima. O peso mexicano deveria custar, no dia em que pesquisei, no máximo R$ 0,24 (tomando por base o câmbio que você conseguiria no México ao trocar dólares comprados no Brasil). Tem um sobrepreço aí de 20% (muito maior que o IOF que você está querendo economizar!), que você não percebe que existe, só porque está prestando atenção apenas na diferença nominal do peso frente o dólar.

O dólar é o parâmetro pelo qual o real é cotado frente todas as moedas. Quando acontece – como nesse último mês – do real desvalorizar sozinho frente ao dólar, fique certo de que a desvalorização vai se refletir no câmbio frente todas as outras moedas. Quando estive no Peru em junho de 2015, 1 real era comprado a 95 centavos de nuevo sol. Três meses mais tarde, no dia 11 de setembro de 2015, vendi reais em Lima a 68 centavos de nuevo sol. É o mesmo tombo que o real levou frente o dólar.

Conclusão: não fuja do dólar só porque ficou repentinamente mais caro. As outras moedas ficaram repentinamente mais caras também – você é que não estava acompanhando.

Bom. Depois desse blablablá introdutório, aí vão meus conselhos:

Pitaco 1:

    Não compre moedas ‘fracas’ no Brasil

    O mercado de moedas ‘fracas’ (pesos, soles, rands, florins, liras e quetais) é pequeno e atende apenas a viajantes muito inseguros, que acham que precisam desembarcar em qualquer lugar com alguma moeda do país no bolso. A verdade é que não precisam. Todo aeroporto terá uma casa de câmbio aberta 24 horas junto ao desembarque -- e se é para perder dinheiro, melhor trocar 100 dólares ali do que comprar essas moedas aqui pelo valor que pedem.

    Veja esse print de cotações do dia 18 de setembro de 2015.

    Cambionet

    O peso chileno estava sendo vendido a R$ 0,0067 (não sei nem como se pronuncia isso). Parece superbaratíssimo, não? Mas se você levasse seus reais ao Chile, conseguiria 170 pesos por real – ou que significa que bastam R$ 0,0058 para comprar um peso em território chileno. A cotação da corretora brasileira equivale a 150 pesos por real. No aeroporto de Santiago, que tem a pior cotação, te pagam 162!

    (Os valores, claro, serão outros no momento em que você lê este post, mas as proporções permanecerão semelhantes.)

    Ou seja:

    Pitaco 2:

    Não leve reais para nenhum destino fora desta lista

    • Buenos Aires
    • Montevidéu, Punta del Este e Colonia del Sacramento
    • Santiago e Valparaíso
    • E só!

    Nessas cidades existe demanda para reais, então a cotação é vantajosa.

    Para todos os outros lugares, incluindo destinos chilenos e argentinos que não estão listados (Ushuaia, Atacama, El Calafate, Lagos Andinos), leve dólar ou a moeda forte do lugar (libra no Reino Unido, euro na zona do euro, dólar canadense no Canadá, etc).

    Sim, eu sei que estou quebrando aquela regrinha de reduzir ao mínimo o número de operações de câmbio -- mas o que vale aqui é a regrinha de não fazer nenhuma operação de câmbio excessivamente desvantajosa. Pode até ser possível trocar reais em outros lugares, mas valerá mais a pena levar moeda forte.

    Por exemplo: na sexta dia 18 de setembro de 2015, com o dólar comprado no Brasil a R$ 4,10, 1.000 dólares renderiam 3.190 nuevos soles em Lima. Mas se você trocasse 4.100 reais (o equivalente a 1.000 dólares no Brasil naquele dia), conseguiria apenas 2.788 nuevos soles.

    Ou seja:

    Pitaco 3:

    Não compre a moeda ‘errada’ só porque está mais barata

    Todo dia me perguntam: com a libra tão cara, será que não é melhor levar euro para Inglaterra? Com o euro tão caro, será que não é melhor levar dólar para a Europa? E outro dia apareceu: com o dólar tão caro, será que não vale a pena levar dólar australiano para os Estados Unidos?

    mrgreen

    Vale a pena não. Como eu já disse mais acima, na hora de fazer o novo câmbio você vai pagar a diferença e mais o sobrepreço do cambista.

    Mas atenção: o que eu não recomendo é comprar dólares para levar para a zona do euro, ou comprar euros para levar para a Inglaterra. Mas se você já tem essa moeda em mãos, vale mais a pena levar e trocar uma vez só, lá. Não troque no Brasil não, porque seriam duas operações de câmbio.

    Pitaco 4:

    Não compre nem troque em qualquer lugar

    Muito mais eficiente do que inventar soluções mirabolantes (tipo levar dólar australiano para a Europa) é tomar mais cuidado na hora de comprar moeda no Brasil e fazer câmbio no exterior.

    Aqui no Brasil, não seja comodista: pesquise o dólar menos caro para comprar. O site Melhor Cambio traz o comparativo de vários bancos e corretoras para você economizar na compra. A qualquer dia, você vai ver no mínimo 5% de variação entre as melhores e as piores cotações. É um IOF!

    E no exterior, se precisar cambiar a moeda que comprou no Brasil, troque o mínimo indispensável em aeroportos, nos fins de semana e em lugares próximos a atrações turísticas. (Veja aqui as minhas dicas de Santiago e Buenos Aires.)

    Na Europa, descubra agências bancárias com setor de câmbio – a cotação sempre é melhor do que a de casas de câmbio de rua. No Leste Europeu, algumas casas de câmbio de rua são tão salafrárias quanto os motoristas de táxi – assim que o real estabilizar de novo (#oremos) eu indicaria usar o cartão de crédito só para não passar raiva.

    Pitaco 5:

459 comentários

Aline
AlinePermalinkResponder

Vou pro Atacama em novembro e não consigo decidir se faço o cambio aqui no Brasil para pesos ou dolares e levo. Ou se levo reais ou dolares pra torcar la. Não vou passar por Santiago, o que me traria a oportunidade de cambio mais vantajoso. Não faço ideia das cotações do Atacama e to indecisa por conta disso. Pode me ajudar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! O texto é enfático e, para deixar ainda mais claro e à prova de dúvidas, já respondemos uma pergunta como a sua nesta caixa de comentários. Para fora de Santiago, vá com dólares.

andre
andrePermalinkResponder

Estou indo para a Suíça em meados de novembro. Só Zurich. Permaneço por 6 dias para um congresso. Pelas regrinhas do Rick, seria então já levar francos suíços daqui ao invés de Euros e ter que converter?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andre! Compre francos suíços se você encontrar uma corretora com uma boa cotação. Dá para ver se a cotação é boa se a diferença entre as cotações de compra e venda for de até 10%. Se for acima de 20%, já valerá a pena levar euros, usar no comércio quando for aceito e cambiar o que for preciso em casas de câmbio.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Oi, Andre, fui varias vezes para a Suica de 2012 a 2014... Dica: se levar EUR, no aeroporto, procure Travelex (www.travelex.ch). Naquela época, eles tinham uma promocao para quem fica pouco tempo no pais, e pagavam a mesma cotacao na compra e na venda (retorno da viagem), cobrando taxa de adm 1 vez só. Como sempre iamos a trabalho, por 1 semana, valia muito a pena.. Só a diferenca de cambio + taxa, quando uma colega trocou em outra operadora, foi de EUR 70,00 (!).
Boa viagem! Se vocë nunca foi pra lá, prepare-se! Zurich acho que é uma das cidades mais caras do mundo. Lembrancinhas: canivetes suicos e chocolates Lindt no supermercado.

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Vou colocar a questão de outra forma: no site que indiquei (http://cambiopesodolar.com.mx/conversor-divisas/convertir-divisas.php), tenho que 1000 dólares equivaleriam, neste exato momento, a 17.964 pesos mexicanos, ao passo que 4100 reais (custo de mil dólares em minha operadora de câmbio segundo consulta que fiz nesta manhã) equivaleriam a 18.193,75 pesos mexicanos. Parece-me que no momento o real é mais forte perante o peso mexicano do que perante o dólar; assim, hoje, valeria mais a pena comprar pesos mexicanos com reais, e não com dólares. Estou certo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Não acredite que você vá chegar no México e vai dar de cara com alguma casa de câmbio que ofereça de fato a cotação que você viu num site. Cada minuto que você perder tentando chegar a esse lugar mágico custará ainda mais caro para sua viagem.

jamile
jamilePermalinkResponder

Companheiros de viagens, quem tem notícias frescas sobre relação Real X Dólar na Colômbia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jamile! Em Bogotá, procurando bem, você pode encontrar boa cotação para reais. Em Cartagena e San Andrés, não. É mais fácil e inteligente você gastar seu tempo procurando na sua cidade o lugar com a menor cotação para comprar dólar do que perder seu tempo de férias na Colômbia procurando uma casa de câmbio que ofereça uma boa cotação para o real.

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

Jamile, acabei de voltar da Colômbia: Real por COP não vale a pena. Nenhuma cotação que eu vi em Bogotá compensou os cerca de 730 COP por R$ 1,00 que eu consegui comprando dólares no Brasil para trocar lá. O câmbio em Bogotá é muito melhor que em Cartagena. No final de Dezembro o dolar estava valendo 2950 COP no aeroporto El Dorado (no câmbio nas esteiras das malas num domingo a noite), 3000 COP em média nas casas de câmbio do Centro Comercial 93 e 2800 COP nos câmbios de Cartagena.

Aline
AlinePermalinkResponder

Estou indo mes que vem, (fev/2016), para cancun e estou sem saber como fazer com o dinheiro. O dolar esta muuuuuuito alto, mais de 4 reais. E não sei qual a melhor forma de me preparar pra viagem...voce pode me ajudar? Vou ficar 10 dias, mas apenas 7 deles no all inclusive. Serão 3 dias para passeios, o dinehiro sera para essas passeios, alguma baladinha e presentes.
Helppppp!
Aline

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! Leve dólares.

Melina
MelinaPermalinkResponder

Amigo, estou indo para o Peru em Abril. Fiquei chocada em saber que o sol peruano vale mais que o real. Então, levo real ou dólar pra trocar lá? Qual seria minha menor perda? sad(

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Melina! Nossa recomendação está no texto. Leve dólares.

Simone
SimonePermalinkResponder

Olá pessoal. Vou para o Canadá agora em fevereiro. Tenho dolares e real. Devo trocar o dolar americano pelo dolar canadense aqui no Brasil ou faço esse cambio lá no Canadá? Quanto ao real vou fazer cambio aqui no Brasil mesmo. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Simone! Se você já tem os dólares americanos, troque no Canadá.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Olá, amigos de viagens.
Estou indo agora em fevereiro para NY e estou na dúvida se já levo os dólares daqui do Brasil ou se é melhor comprar lá fora. Não achei em nenhum lugar essa informação, então qualquer dica seria de grande ajuda. Muito obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Está tão explicadinho no texto. Leve dólares. Se você acha que o real está valendo pouco no Brasil, imagine nos Estados Unidos.

sedaildo
sedaildoPermalinkResponder

Oi Ricardo
Parabéns pela matéria.

Thomas
ThomasPermalinkResponder

Dicas perfeitas. Acrescentaria um item nesse belo artigo. Sempre surge uma necessidade de trocar dinheiro em estação de trem ou aeroporto. Faça o mínimo possível, suficiente para chegar até seu hotel. São as piores taxas e os caras fazem de tudo para você trocar mais. Depois vá passear e se precisar de uma casa de câmbio, ache com calma.

Dirlene Guarezi

Olá!
Já estou com euros comprador e vou passar pelos EUA. É melhor trocar por dólar nos EUA ou na Itália (onde estou agora)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dirlene! Em princípio, tanto faz. De todo modo, evite casas de câmbio na rua, sobretudo perto de atrações turísticas. Procure agências bancárias com departamento de câmbio, a cotação é melhor.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Vou para a Itália em setembro, mas já tenho dólares de outra viagem que fiz. Devo trocar estes dólares por euro no Brasil ou na Itália?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Na Itália. Procure bancos com setor de câmbio, pagam muito melhor do que casas de câmbio de rua.

Simone
SimonePermalinkResponder

Olá!
Primeiramente, parabéns pelo blog. Conheci o trabalho na coluna na Band News e estou planejando toda a minha viagem à Espanha com o seu material!
Apenas à título de auxílio, o site Jooin mudou pra Melhor Câmbio. O link do Jooin direciona pra esse outro site mas acho que vale essa atualização.
Se tiver mais dicas de câmbio (o euro está uma facada... paguei 4,60 hoje), serão super bem-vindas! Até!

petter
petterPermalinkResponder

A situação está complicada mesmo... Estou começando a ver como farei na viagem desse ano. Vou aproveitar e compartilhar aqui o "meu método" para comprar moeda estrangeira, ok? http://euvouparaomundo.com/2016/02/06/metodo-para-perder-menos-dinheiro-na-hora-do-cambio/
Abraço Riq e boias!

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Bom dia,
Estou com uma dúvida. Vou para o sul asiático e tenho alguns euros guardados.
É possível/vantajoso fazer cambio desses euros pela moeda local lá na ásia? ou melhor comprar dólares aqui para fazer cambio no local?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tiago! Leve os euros.

Ana
AnaPermalinkResponder

Nada a ver, fui com reais pra trocar lá em santiago e me ferrei, pois o cambista queria me taxar pra converter em dolar pra depois converter em peso. Usei o cartão de crédito.

Se eu levar reais para os Estados Unidos, não pagarei 0,38% de iof. E mesmo assim, não vale a pena? Fiquei com dúvidas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Muito estranha essa sua experiência em Santiago. Você não deve ter trocado numa casa de câmbio séria.

Não leve reais para os Estados Unidos. Compre dólares aqui.

Jossana Freire

Vou para Autralia e qual moeda levo? Dólar americano ou australiano.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jossana! Tem que fazer conta. Veja em http://www.oanda.com/currency/converter/ a cotação do dólar australiano para o real e veja se você encontra papel-moeda por um valor parecido; até 10% de perda, está valendo. A partir de 10%, já começa a valer a pena pensar em levar dólar americano (desde que bem comprado; pesquise o menor valor que houver na sua cidade) e recambiar lá.

June
JunePermalinkResponder

Olá! Eu estou planejando viajar para o Reino Unido em Novembro, mas não quero ficar com dinheiro em casa (não me sinto segura guardando libras na minha casa). Vale a pena comprar libras mensalmente no VTM?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, June! Vale, mas tem o IOF de 6,38%.

Diogo Fernandes

Olá. Vou para Portugal agora em maio, e estou em duvida se já converto aqui para euro ou dolar, e se, por dolar, se vale a pena converter dolar na europa. Atenciosamente.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diogo! Leve euros.

juliane
julianePermalinkResponder

Ola, vou para Italia agora em março, tenho dólares.. poderei trocar por euros la, sendo mais vantajoso que aqui no Brasil??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliane! Troque lá.

Carlos Campos
Carlos CamposPermalinkResponder

Vou para Inglaterra e depois para a França. É vantajoso trocar o que sobrar de Libras (se sobrar, né...) na França ou trazer para o Brasil?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Deixe para trocar pela moeda no próximo lugar que você visitar. A não ser que você tenha certeza de que vai precisar de euros na próxima viagem.

FABRICIO MARTINS

Olá, Estou indo para Orlando FL, seria vantagem levar Real e trocar por dólar lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabricio! Não.

Elvis
ElvisPermalinkResponder

Oi Boia e Ricardo. Tenho uma duvida. Vou esta semana pra Nova York y depois 20 dias para Europa. Ja tenho dolares. Vou precisar Euro e Libras, onda acham melhor comprar os dois?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elvis! Se vai comprar com reais, compre no Brasil.

Daniel Moura
Daniel MouraPermalinkResponder

Olá! Estou indo para Valparaiso diretamente do aeroporto e só depois retornarei a Santiago. Gostaria de obter indicações de casas de câmbio vantajosas em Valpo - pelo menos para trocar parte dos reais, de preferência próximas da Plaza Sotomayor (sei que é um local difícil pela afluência de turistas). Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniel! Há uma boa casa de câmbio na estação do Merval, o metrô de superfície entre Valpo e Viña, ao lado da praça. Chama-se Guiñazú, como o jogador argentino.

Erick Santana
Erick SantanaPermalinkResponder

Olá;
Estou indo à Cidade do México e não comprei moeda alguma ainda.
Comprar pesos mexicanos com real na casa de câmbio do aeroporto seria vantagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erick! Leve dólares do Brasil.

Andréa Casé
Andréa CaséPermalinkResponder

Oi, Erick! Procure trocar no aeroporto, por mais estranho que pareça!! Foram as melhores cotações que encontrei na Cidade do México quando fui em janeiro deste ano.

Rangell
RangellPermalinkResponder

Boa noite!
Pelo que li no texto é aconselhável trocar euros/libra no Brasil correto? Tenho intenção de ir para a Europa no fim do ano, porém estou com uma dúvida na cotação, pois a cotação para o euro em algumas casas da minha cidade está por volta de 4.50 a 4.65, o oficial neste momento está 4.11, porém uma agência bancária de Amsterdam,a GWK(um dos destinos meus), está com cotação a 3.44, achei muito barato! Será que troco uma parte no Brasil e deixo o restante pra trocar lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rangell! Essa é a cotação de venda do real: a cotação pela qual a Travelex vende reais para seus clientes. Com 1 euro o cliente da Travelex compra 3,44 reais. Não dá para saber pelo site qual é a cotação de compra do real, a cotação que a Travelex usa para comprar reais de quem chega no seu balcão para vender. Com certeza será horrorosa. Só leve reais para Buenos Aires, Santiago, Montevidéu, Punta del Este e Colonia del Sacramento. Nenhuma dessas cidades fica na Holanda.

Ramiro
RamiroPermalinkResponder

Olá! Algum comentário sobre o uso de caixas eletrônicos no exterior? Na minhas últimas viagens tenho usado, acho muito mais conveniente e seguro, mas não sei se a cotação é melhor. Com um cartão internacional de débito de qualquer banco brasileiro você consegue sacar moeda local praticamente no mundo todo!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ramiro! O esquema dá mais certo em países de moeda forte, onde você pode fazer saques altos, tipo 300 ou 400 dólares/euros. Em países de moeda fraca, o saque mais alto costuma ser equivalente a 100, 120, 150 dólares, o que faz com as tarifas de saque (cobrada pelo seu banco) e de uso do equipamento (cobrada pela rede dona do caixa automático) acabem pesando demais no resultado final.

Faz o melhor negócio quem é cliente Santander Select, HSBC Premier ou Citibank, que pode sacar nos caixas automáticos próprios desses bancos no exterior sem pagar tarifas -- apenas o IOF de 6,38%.

carlos alberto

vou para a europa e tenho dolares. é melhor troca-los aqui no brasil (dolar por real e depois real por euros) ou é melhor troca-los na europa (dolar direto por euro)????

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos Alberto! Na Europa.

Sofia Mascaro
Sofia MascaroPermalinkResponder

Olá! Vou para a África do Sul e pelo que andei lendo é melhor comprar dólar aqui no Brasil e depois trocar por Rand em Joanesburgo? Obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sofia! Sim.

Netto Pavezi
Netto PaveziPermalinkResponder

Olá entendi perfeitamente os pontos do post. Porém, uma cliente de minha mãe vende dólares pelo valor comercial por trabalhar na área ( não me perguntem como ela lucra com isso).

Não sei se compensa comprar esses dólares mais barato dela AQUI pra levar pra Espanha e trocar por euros LÁ. Sei que pela dica do post recomendam já comprar euros aqui no Brasil mesmo, já que não tenho esses dólares na mão.

A cotação atual segundo um site espanhol é de U$1 = €0,87. Aqui €1=R$ 4,19. O dólar por essa pessoa sairia a R$3,48 (vende pelo valor comercial). Então, R$ 4,19 comprariam aqui U$1,20 pela cotação dessa mulher, que por sua vez lá comprariam €1,04; fazendo essas duas conversões. real > dólar (Brasil) > euro (Europa).

Ficou muito confuso? Não sei se vale essa bagunça. Abraços.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Netto! NADA GARANTE que você vá achar essa cotação numa casa de câmbio de rua, na Espanha. Não faça toda essa operação maluca por um possível ganho de no máximo 4%, que poderá muito bem reverter em prejuízo se você não conseguir trocar bem o dólar lá.

O que esse post quer dizer é que, dois pontos: não adianta inventar. Estamos sempre do lado errado do balcão na hora do câmbio. Faça o que está escrito no caderninho. Vai pra Europa? Leve euros. Não invente.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Netto! NADA GARANTE que você vá achar essa cotação numa casa de câmbio de rua, na Espanha. Não faça toda essa operação maluca por um possível ganho de no máximo 4%, que poderá muito bem reverter em prejuízo se você não conseguir trocar bem o dólar lá.

O que esse post quer dizer é que, dois pontos: não adianta inventar. Estamos sempre do lado errado do balcão na hora do câmbio. Faça o que está escrito no caderninho. Vai pra Europa? Leve euros. Não invente.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Olá,
deixa ver se entendi mesmo: ao invez de comprar dólares canadenses, uma vez que pretendo ir ao Canadá, vale mais a pena eu comprar Dolares Americanos aqui, e, ao chegar no Canadá, com esses dolares comprar a moeda local?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! O dólar canadense é uma moeda forte; se você encontrar em espécie pela cotação justa, vale a pena comprar. Segundo o oanda.com, 1 dólar canadense vale hoje 0,80 dólar americano (taxa interbancária). Segundo o site Melhor Câmbio, a menor cotação do dólar-turismo em São Paulo, hoje, já com IOF, era de R$ 3,72. A menor cotação de dólar canadense em São Paulo, hoje, já com IOF, era de R$ 3. Para dar o 0,80 exato, teria que ser 2,97 -- mas tá superperto. Se você achar por esse preço (ou essa proporção), vale a pena comprar o dólar canadense direto.

Cris
CrisPermalinkResponder

Boia,

O mesmo raciocínio do Dólar Canadense em relação ao Dólar Americano vale para o Franco Suíço em relação ao Euro?

Em novembro, viajo para a Itália e Suíça, mas ficarei apenas 3 dias em território suíço, em Lucerna. Tenho o hotel reservado por 220,00 Francos Suíços (pagamento no local) e vou precisar de alguma quantidade indeterminada para passeios, alientação e transporte (não sei bem como estimar esses gastos, porque serpa minha primeira vez na Suíça).

Vale a pena fazer essa ginástica mental diaria entre os sites oanda e melhorcambio para conseguir uma boa cotação em Porto Alegre para o CHF?

Como serão poucos dias, perderia muito pagando tudo com cartão? Não me atrai muito a ideia de trocar EUR por CHF no local, para não perder tempo e não me enrolar com casas de câmbio no meio da viagem.

Abs,

Cris

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cris! Para quem não quer esquentar a cabeça, a gente recomenda fortemente o cartão. A conversão do franco suíço para o dólar será melhor do que nas casas de câmbio, e a conversão do dólar para o real será numa cotação, no dia do vencimento, melhor que a do dólar espécie. Se não houver desvalorização do real, é possível que mesmo com o IOF você não perca dinheiro.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Cris, o Euro é amplamente aceito na Suíça. Pode pagar em Euros mesmo. O troco será dado em francos

Maria Cecília Morisson

Vou para a Suécia em agosto que moeda levar ,???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Cecília! Segundo o site oanda.com, pela cotação interbancária (que você não vai encontrar em nenhuma casa de câmbio, nem na Suécia nem nos Estados Unidos, mas serve de parâmetro) uma coroa sueca vale 0,12 centavos de dólar. Você precisa ver se encontra coroa sueca em espécie no Brasil e se o preço segue a mesma proporção. Por exemplo, hoje o Melhor Câmbio informa que a menor cotação do dólar em espécie, em São Paulo, já com IOF, é de R$ 3,69. A cotação justa da coroa sueca seria de R$ 0,44 por coroa sueca. Se o preço estiver mais de 10% acima disso (por exemplo, R$ 0,50) já vale a pena comprar euros e trocar na Suécia.

Veja: essa cotação se refere ao preço do dólar de HOJE. Você tem que refazer todas essas comparações (dólar x coroa e dólar x real) no dia em que for comprar.

Valeria
ValeriaPermalinkResponder

Olá pessoal, vou para os EUA julho 2016. Depois desse presente da Dilma que aumentou o IOF, gostaria de saber a opinião de vcs se devo levar reais e troca los lá. Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valéria! Essa seria a pior decisão possivel.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2016/05/novo-iof-de-11

Rolando
RolandoPermalinkResponder

Olá, eu sou do Perú e gostaria uma recomendação de modo inverso, sabendo que o Sol está valendo levemente mais do que o Real, o que eu deveria levar, Dólares ou Soles mesmo? Y uma outra coisa, há uma semana conheci pelas redes sociais um brasileiro que vira pro Perú justo um mes antes de eu ir para o Brasil, seria bom fazer a troca de moeda diretamente comprando os reais dele, pra nao perder com as trocas respetivas de sol-dolar, dolar-real, real-dolar, dolar sol, seria vantajoso para os dois? já que ele também nao precisaria comprar dolares antes de viajar pra cá. Agradeço a resposta.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rolando! Caso você consiga realizar a troca direto com o brasileiro, seria perfeito. Baseiem-se na cotação do oanda.com.

Não traga soles para o Brasil! A cotação para compra é desvantajosa.

Rosangela
RosangelaPermalinkResponder

Olá!!! Gostaria de tirar uma dúvida.
Tenho uma viagem para a Europa, com escala em Dallas, depois Paris e então Praga.
Já possuo alguns dólares que gostaria de trocar por euros.
Onde seria mais vantajoso fazer esse câmbio no aeroporto de Dallas, no aeroporto de Paris ou em Praga?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosângela! Nunca troque em aeroportos. Se são poucos dólares, guarde para trocar em Praga, para evitar duas trocas (de dólar para euro, depois de euro para coroa tcheca).

Dani
DaniPermalinkResponder

Olá Ricardo!
Em junho/16, eu e meu namorado passaremos 12 dias entre Praga e mais duas cidades menos próximas, Viena e Budapeste. A princípio levaremos euros somente para Viena e pretendíamos sacar em caixas eletrônicos a moeda local para as outras cidades fora da zona do euro e evitar comprar em casa de câmbio. Você concorda com essa estratégia ou sugere de outra forma? Muito obrigada! Um abraço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dani! Quem responde é a Bóia. Para fugir das tarifas de saque, a gente recomendaria direto o cartão de crédito.

Washington
WashingtonPermalinkResponder

Boa noite. Estou desesperado. Minha filha e uma amiga estão indo pra Cancun em 12/05/16. É a primeira viagem ao exterior, vão ficar 12 dias(não vou conseguir dormir). Como exemplo do RJ sabemos de todos os riscos. Ela vai levar Dolar em especie. Existe alguma outra maneira dela ter mais segurança quanto a utilização das despesas, passeios, praia, lanches, etc...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Washington! Existe. Chama-se cartão de crédito. Foi inventado no século passado e caiu em desuso entre brasileiros porque a gente acha que 6,38% é um preço caro demais para pagar por conforto, praticidade, segurança e noites bem dormidas.

Nancy
NancyPermalinkResponder

Olá, gostaria de comprar dólar com euro, acha mais vantagem trocar nos EUA ou Europa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nancy! Melhor trocar em banco do que em casa de câmbio, nos Estados Unidos ou na Europa.

Karen Xavier
Karen XavierPermalinkResponder

Olá, pretendo ir para o México no fim do ano, qual seria a melhor opção para adquirir a moeda de lá (peso mexicano)??
Comprar dólar por aqui e trocá-lo por peso mexicano lá (no México)??
Qual seria a melhor alternativa??
Obrigada!!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karen! Compre dólare e leve para trocar lá. Ou use cartão de crédito.

Clara chateubriant

Olá boa noite, tenho um amigo português que virá passar 10 dias no Brasil... onde seria melhor ele trocar os euros por real? Eu vou a Portugal em janeiro, mediante isso eu poderia ajuda-lo e ele a mim? Ou é melhor eu trocar a época da minha viagem? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clara! Verifique em corretoras, ou em sites como melhorcambio.com, os valores para compra e venda de euros. O valor para compra, mais baixo, é o que pagariam ao seu amigo. O valor de venda, mais alto, é o que cobrariam de você. Faça um meio-termo entre os dois preços e vocês dois saem ganhando.

Agora: se o euro vai estar mais barato agora ou em janeiro, nem com bola de cristal dá para saber.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Olá,
Vou para a Suíça no final do ano e surgiu uma dúvida.
Vale a pena comprar Dólar aqui no Brasil (aproveitando a baixa) e trocar por Franco Suíço quando chegar lá (em algum banco ou casa de cambio)?
Ou vale a pena comprar Franco Suíço aqui no Brasil mesmo e evitar o duplo câmbio?
Pela cotação de hoje o dólar na compra esta R$3,51 e o Franco Suíço R$3,74 (Melhor Cambio).
Obrigado!!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Olá, queria saber se vale a pena levar reais para trocar em Roma. Fiz uma simulação na Forexchange e dá uma diferença de 40 euros. Na minha cidade está saindo a 4,10 o euro, as casas de câmbio mantêm praticamente o mesmo valor.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Não acredite nisso. Essas cotações não se materializam na vida real. Não leve reais para a Europa.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá, tudo bem? Amei as dicas, mas ainda tenho dúvidas... Embarco para a cidade do méxico em agosto e ainda não sei como fazer.. É melhor levar em reais ou em dólares? Pois de qualquer forma, deverei trocar as moedas pelo peso mexicano... fico no aguardo. bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Está claríssimo no texto, já foi respondido inúmeras vezes: leve dólares. Eu sei que é difícil acreditar, mas: leve dólares. Leve. Dólares.

Juliana Raposo Ciarlini

Olá!

Sei que parece claro no texto, mas cada blog e site dizem uma coisa sad

Quero ir para Buenos Aires com a minha mãe, em Setembro, para passar 8 dias. Já com passagem e hospedagem pagas, você acha que para 8 dias, 1000 reais para cada uma dá? Podemos tomar café em casa várias vezes e não pretendemos gastar muito no almoço e jantar. É claro que queremos ir na casa de tango, talvez o bate volta para sacramento...mas sem extravagância.

Me dá uma luz?

Obrigada!

Ricardo Freire

Juliana, cada site fala uma coisa porque é simplesmente impossível saber quanto alguém vai gastar. É puro pensamento positivo da parte de quem escreve e de quem lê; a verdade é que cada pessoa tem seus hábitos, sua rotina, seu caminho. Acredite: todo mundo se ajusta ao seu orçamento ou à sua capacidade de se endividar. Num mesmo restaurante, eu posso gastar o dobro de você, dependendo apenas do que vamos escolher. Com a sua verba, prefira almoçar, porque o almoço é sempre mais em conta; à noite, lanche. Leve um cartão de crédito se você descobrir na vida real que sua verba não cabe na sua viagem.

https://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem

João Paulo
João PauloPermalinkResponder

Vi num post antigo que não vale muito a pena levar Euro para a GB. Ainda é recorrente isso??? Melhor trocar por Libra aqui no Brasil ou levar Euro e trocar por Libra, lá??? Obrigado!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Paulo! Se você tem euros, troque no Reino Unido. Se ainda não comprou moeda, compre libras no Brasil.

Thaila
ThailaPermalinkResponder

Oi! Gostaria de tirar uma dúvida. Vou para a Irlanda em fevereiro/2017 e de lá pretendo visitar Londres. Vale a pena comprar, já aqui do Brasil, dólares e libras ou eu compro somente dólares e deixo para fazer o câmbio para libras na Irlanda?

Obrigada,
Thaila

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thaila! A moeda da Irlanda é o euro. Compre euros e libras no Brasil.

Nádia
NádiaPermalinkResponder

Olá!! Eu busquei e busquei, e não encontrei resposta para o meu caso. Eu trabalhei aqui no Chile (Norte do Chile, fora de rota na verdade) e agora tenho que trocar minhas economias. Troco pesos chilenos por reais ou por dolares? Não sei se perco trocando diretamente por reais, ou se perco trocando por dolares e depois no Brasil trocar ou vez... Vcs podem me ajudar? (muito obrigada pelas dicas que postaram!)

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Nádia, se você está no Chile, com Pesos chilenos, atualmente vale a pena comprar Reais em casas de câmbio, de preferência em Santiago, pois nossa moeda está sendo vendida abaixo de seu custo real, e você elimina os gastos de ter que trocar duas vezes a moeda.
O problema é que teoricamente você não pode entrar no Brasil com mais de 10 mil Reais, sem declarar. Abraço!

Grasielle Karpstein

Olá Bóia!!
Sempre recorro ao seu blog para retirar informações preciosas para minhas viagens!!

Alguém que visita esse post esteve recentemente em Bariloche?? Sabe me dizer como anda a cotação do real por lá?? Tenho acompanhado o site do Banco de La Nacion para trocar em buenos aires, mas a cotação para compra de Peso Argentino não anda lá aquelas coisas. Estou realmente na duvida se tento trocar um pouco em Buenos Aires, troco em bariloche ou apelo para o Cartão de Credito.
Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Grasielle! Para Bariloche leve dólares ou use cartão de crédito.

Leia sobre câmbio em Buenos Aires: só vale a pena trocar reais no centro da cidade, em dia de semana.

https://www.viajenaviagem.com/2016/06/cambio-em-buenos-aires

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Olá! Viajarei para Paris e Londres e tenho dólares guardados. Dúvida: levo estes dólares e faço o câmbio lá ou compro euros/libras aqui no Brasil? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodrigo! Por favor verifique respostas anteriores. Já respondemos inúmeras vezes. Leve a moeda forte para o exterior e troque lá.

Juliana Oliveira

Boa noite!!! tenho uma dúvida: quando faço um saque no caixa eletrônico em outro país recebo a moeda local. É cobrado IOF nessa operação? Qual a taxa de câmbio utilizada - a mesma para compras em cartão de crédito?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Sim e sim.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar