#Linkódromo | A estrada romântica de Pedra Azul, no Rotas Capixabas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pedra Azul

Foto | Tiago dos Reis, Rotas Capixabas

A primeira coisa que você precisa saber sobre as serras capixabas é que... não se diz serras capixabas. O certo é Montanhas Capixabas. Isso porque existe uma cidade chamada Serra, que não fica na montanha. Fica na praia.

A segunda coisa que você precisa saber sobre as ser... montanhas capixabas é que, dois pontos: está tudo no Rotas Capixabas do querido Tiago dos Reis.

O conteúdo, que já era redondo, ficou completíssimo com o último post que o Tiago publicou sobre o destino, semana passada.

Trata-se de um passeio completo pela Rota do Lagarto, a estrada panorâmica mais curta, e provavelmente também a mais romântica do Brasil.

São apenas 7 km, que devem ser percorridos vagarosamente para absorver todos os detalhes. (Se bem que, da primeira vez, vai ser difícil você tirar os olhos da Pedra Azul, visível durante todo o trajeto -- olhe para a frente, motorista!)

O post do Tiago também percorre a rota devagarzinho, revelando todas as suas atrações, incluindo restaurantes, pousadas, vendinhas e atividades.

Passa lá!

Vai pelo Tiago:

5 comentários

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Show de bola, as montanhas capixabas são maravilhosas mesmo. E a praia não fica atrás. Aliás o litoral brasileiro é lindo.

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Céus! Onde eu estava que não tinha visto isso antes!
Muito obrigado, Riq, pela gentil menção ao Rotas. É uma honra sem tamanho ver um post citado aqui no VnV.
Mais do que nunca, que isso sirva para os brasileiros se interessarem ainda mais pelo ES!

Lu
LuPermalinkResponder

Parabéns, Tiago. Seu post é apaixonante! Fiquei doida pra conhecer a rota. Se n fossem os paralelepípedos, faria de bike.
Qual a melhor época p ir? Réveillon é bom ou faz mto calor? Tem alguma cachoeira ou rio p refrescar?

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Obrigado, Lu!
Ó. Tem muita gente fazendo essa rota de bike, viu? Tem até um espaço para aluguel de bicicletas no final da rota, que tem até bicicleta elétrica. É um baita passeio.
A melhor época é no outono/inverno por causa do friozinho. Mas primavera também é legal porque não tá muito calor e a vegetação fica super exuberante. Verão faz calorzão, sim, não tem jeito.
Sobre cachoeira ou rio, tem as piscinas naturais no topo da Pedra Azul onde você pode se banhar ao final da trilha.
O único porém do reveillon é que alguns estabelecimentos - principalmente os restaurantes - fecham em recesso por causa do baixo movimento. Sabe como é, né? O pessoal prefere praia. Então é bom confirmar com a pousada antes de ir.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Que lindo!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar