4 mercados de Natal diferentes na Alemanha (que tal: Natal no bairro da luz vermelha?)

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Pink Market de Munique

Pink Market, Munique

Fotos | Divulgação

A última semana de novembro marca a abertura de vários dos mais de 150 mercados de Natal da Alemanha. Até um pouco antes do Natal (nos vilarejos mais animados até o Dia de Reis, já em 2016), várias cidades oferecem aos visitantes áreas temáticas com barraquinhas decoradas vendendo artesanatos típicos da época, comidinhas e outras especialidades regionais. Tudo ao som de muita música festiva e corais.

Ainda que seja um dos atrativos mais conhecidos e tradicionais da Alemanha, alguns dos mercados abertos nessa época do ano têm peculiaridades bem interessantes. Conheça quatro mercados de Natal alemães diferentões.

Pink Christmas, o natal LGBT de Munique

Pelo décimo ano em 2015, o mercado de Natal situado na Stephansplatz é voltado para o público LGBT, mas tem espaço para todo mundo que quiser se divertir. Pequenino e muito colorido, o mercado tem shows musicais e de comédia noturnos, sempre às 19h, além de diversas barraquinhas de decoração e comidinhas, como o Glühwein. Espere também por shows com drag queens.

Pink Christmas, em Munique (de 26/11 a 23/12; de segunda a sexta das 16h às 22h e sábados e domingos das 12h às 22h)

Mercado de Natal Medieval, em Munique

Middle Ages Market, em Munique

Na Wittelsbacherplatz, esse mercado recria tempos medievais, com atrações como acrobacias, menestréis, homens com perna de pau, vendedores vestidos como na Idade Média e até música tocada em instrumentos que já não são mais comuns. Ainda que pareça uma viagem no tempo, seus euros serão bem aceitos em todas as barraquinhas. wink

Mercado Medieval, em Munique (aberto de 25/11 a 23/12, das 11h às 20h)

Santa Pauli, no bairro da luz vermelha de Hamburgo

Santa Pauli Market, em Hamburgo

Santa Pauli é um mercado de Natal... no meio do distrito da Luz Vermelha de Hamburgo. A festa na Spielbudenplatz é apenas para adultos e oferece música ao vivo e strip-tease de meninas vestidas com roupas típicas (mas sem vulgaridade). Shows eróticos e atendentes de topless ficam em uma parte fechada do evento. No lugar das velinhas natalinas, um globo de discoteca dá o tom da decoração.

Santa Pauli, em Hamburgo (de 19/11 a 23/12, de segunda a quarta das 16h às 23h; de quinta das 16h à 0h; sextas e sábados das 13h à 1h; e de domingo das 13h às 23h)

Christkindlesmarkt, o natal angelical de Nuremberg

Christkindlemarket, em Nuremberg

A cada dois anos, uma menina entre 16 e 19 anos que, entre outros atributos, não tenha medo de altura, é escolhida para ser a representante da cidade durante a época natalina. Ela será um anjo de apareência feminina, o Christkind que dá nome a cerimônia. Com um discurso, a garota abre o “seu” mercado de Natal do parapeito da torre da igreja de Nossa Senhora, de onde vai recitar versos sobre a data e participar de outros eventos pela cidade.

Christkindlesmarkt, em Nuremberg (de 27/11 a 24/12, das 10h às 21h)

Leia mais:

3 comentários

Fernanda Scafi

Estava na Alemanha ano passado e aproveitei muuuito os mercados de Natal hehehe. Em Berlim, conheci 8 deles: 7 normais (6 dos mais famosos) e um focado na Escandinávia! http://www.taindopraonde.com.br/2015/10/mercados-de-natal-berlim-alemanha-weinachten-markt-christmas-market.html

Sandra Flügel

Em 2014 realizei o sonho de conhecer o mercado de Natal de Nürnberg, o mais famoso de todos. E não me decepcionei nem um pouquinho!
O ambiente é delicioso, de dia e à noite, tanto para os adultos quanto para as crianças. Os primeiros se deliciam com o vinho quente temperado com especiarias. Os pequenos adoram as barracas com frutas cobertas de chocolate.
Inesquecível!!!

Paula Augot
Paula AugotPermalinkResponder

Adoro mercados de Natal, ano passado eu tive a chance de ir no de Colonia, e adorei!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar