#Linkódromo | Melhores horários para os museus de Londres, no Dondeando por Aí

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Museus de Londres  British Museum

Londres pode ser uma cidade cara, mas algumas de suas melhores atrações não custam nada: os principais museus de Londres têm visitação gratuita, os sete dias da semana (sim, em Londres os museus não têm aquele dia de folga que atrapalha a turistagem em outras cidades).

Por serem gratuitos, os museus de Londres costumam estar cheios (apesar de dificilmente formarem filas, como as que a gente contraditoriamente enfrenta nos museus pagos, Madame Tussaud à frente). Por isso, se você quiser passar em revista o acervo do British, do Museu de História Natural, da National Gallery, da Tate Modern e do Victoria and Albert Museum, vai pela Clarissa Donda, do Dondeando por Aí.

Moradora de Londres e fã de museus, a Clarissa fez um post que compila a sua experiência como visitante, complementando com informações de um post do mesmo tema do blog Londonist.

Passe lá no Dondeando por Aí e veja em que dias e horários é mais tranqüilo visitar os melhores museus de Londres -- incluindo o mais cheio de todos, o incrível British Museum.

Vai pela Clarissa Donda:

1 comentário

César Cezão
César CezãoPermalinkResponder

Muito legal o post da Clarissa. Em Paris, o museu de história natural é um programa ótimo para combinar com piquenique no Jardim Botânico (fica dentro), chazinho na mesquita (fica em frente) ou cafezinho no Instituto do Mundo Árabe (fica a 15 minutos a pé do museu, ou, por uma outra saída do JB, uns 10 minutos caminhando). Vi muitas crianças e famílias, tem atividades para os pequenos e as réplicas dos animais realmente são estimulantes, mas, talvez não esteja no destino de todos os adultos que vão a Paris. Deveria. É muito interessante mesmo, e acho que muita gente que não é fã de história da arte poderia aproveitar mais esse museu do que o Louvre (quando me perguntam, não recomendo necessariamente visitar o Louvre; é bem grande e pode ser frustrante; se a pessoa não é fã de história da arte ou quer ver algo específico no Louvre, eu recomendo o D'Orsay: é lindo, é menor, tem obras importantes e cumpre perfeitamente a parte da viagem "visitar um museu"). De volta ao museu de história natural de Paris, destacaria a ala mais "sombria" dele, uma sala em que ficam réplicas dos animais que já foram extintos. A gente sai de lá pensando...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar