#Linkódromo | Ensaios de Viagem dá as dicas de Pirenópolis

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Dicas de Pirenópolis

Foto | Camilla Kafino

A Camilla Kafino mora em Brasília e define a cidade histórica goiana de Pirenópolis como "o bate-volta perfeito" da capital, a uma hora e meia de viagem.

Num post enxuto e prático, a Camilla ensina o melhor caminho para chegar (o Google Maps manda por outro!), revela as pousadas mais bacanas para diferentes perfis de viajantes e entrega a sua cachoeira favorita nas redondezas.

Agora é o momento de aproveitar dicas de Pirenópolis: a estação seca está para começar, e não há melhor momento de se aventurar pelo Centro-Oeste do que nos primeiros meses sem chuva.

Quer dicas de Pirenópolis? Vai pela Camilla:

2 comentários

Julio Cesar Corrêa

Estive em Piri recentemente e achei o lugar bem interessante. É bastante turístico e, por isso, recomendo que se evite férias de julho e os feriados de corpus christie e 7 de setembro, ambos na época da seca, que realmente é o período mais interessante de se visitar o lugar.

Isabela Blanco

Estive em Pirenópolis no último reveillon e adorei a conexão com a natureza que a cidade proporciona.
Pra se desconectar de vez do stress do dia a dia, ficamos na Ecovilla Caraívas, comunidade mais afastada do centro, muito aconchegante, com uma proposta muito interessante.
Chegue cedo pra não pegar as cachoeiras muito cheias. Recomendo também o restaurante Crepiri, uma delícia!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar