#Linkódromo | Como ir por conta própria ao Jalapão, no Across the Universe

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Jalapão por conta própria

Jalapão por conta própria no Across the Universe

Em 2012, viajei ao Jalapão com a Korubo, e contei minha experiência aqui. Publiquei também um post para quem quisesse comparar o roteiro da Korubo com os de outras operadoras -- está aqui. O excelente relato do leitor Edson, que é jipeiro, e combinou Chapada dos Veadeiros com Jalapão na mesma viagem, oferece um terceiro ponto de vista (veja aqui).

Nenhum desses posts, porém, atende a um perfil específico de viajante: aquele que quer chegar em Palmas, alugar um 4x4 e fazer o Jalapão por conta própria. Se esse é o seu caso, você não pode perder a série que o ótimo Across the Universe está publicando.

Já saíram dois posts que já ajudam a afinar qualquer viagem desempacotada ao Jalapão.

No primeiro, 22 dicas para quem vai ao Jalapão por conta própria, a Roberta Luiza dá as dicas básicas de tempo de permanência, como se preparar para cada dia de passeio, quando fazer a reserva do 4x4, e o que acontece quando as pousadas convencionais estão lotadas (o que acontece com freqüência).

No segundo post, O planejamento de uma viagem ao Jalapão, a Polliana Ribeiro já começa o relato da sua viagem, feita entre quatro amigos. Tem indicação de guia e comentários sobre os lugares em que eles se hospedaram.

Aproveite e já favorite o Across the Universe, porque ainda vêm mais posts sobre o Jalapão.

Leia no Across the Universe:

2 comentários

Marcio Santos
Marcio SantosPermalinkResponder

Prezados:

Moro em Palmas e, por conta de meu trabalho (sou antropólogo no MPF, que tem atuação importante junto às comunidades quilombolas da região), já fui ao Jalapão mais de dez vezes. Acredito que uma boa dica para quem pretende encarar a viagem por conta própria é o fato de que, pela minha experiência, por mais surpreendente que isto possa parecer, na estação chuvosa (de outubro/novembro até março/abril) as estradas costumam estar em melhores condições do que na época da seca (de abril/maio até o final de setembro). Isto ocorre porque elas são muito arenosas, e a areia molhada fica bem mais firme. Assim, março e abril são meses bem legais para fazer esta viagem - a única vez em que fui para lá totalmente a passeio, inclusive levando meus pais, que moram no RS, foi no começo de um mês de abril. Aproveitamos todos os atrativos que estavam em nossos roteiros, sem maiores prejuízos causados por pancadas de chuva eventuais.

Concordo que um guia realmente é indispensável para quem não conhece a região, e ressalto que contratar alguém de Ponte Alta, Mateiros ou São Félix é, também, uma oportunidade de contribuir muito mais com a população local do que optando pelos pacotes das operadoras de Palmas.

Se alguém de passagem por este post quiser alguma dica ou sugestão sobre o Jalapão, estou à disposição!

Ricardo Freire

Marcio, quando fiz essa viagem pela Korubo o guia também disse isso -- que as estradas ficam mais confortáveis na estação chuvosa. Bom ouvir isso confirmado por outra fonte smile

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar