Enquete | Qual é sua melhor lembrança gastronômica de viagem?

Natalie Soares
por Natalie Soares

Viagens gastronômicas: mercado de Surquillo, Lima

Mercado Surquillo, Lima

A primeira vez que embarquei para o Peru, não tinha nenhuma experiência em viagens gastronômicas. Sabia muito pouco ou quase nada sobre gastronomia, chefs estrelados, cozinha fushion e outras palavras de ordem do repertório gourmet. Conhecia apenas a forte ligação do país com sua cozinha e sabia que não deveria voltar antes de provar um bocado de ceviches e pisco sours.

Com apenas uns trocados no bolso, fui pega pelo estômago: as cores, os temperos, os aromas e novos sabores. Tudo era tão distinto do que eu estava acostumada a comer no interior de São Paulo e ao mesmo tempo muito instigante e curioso. Pronto. Sentada numa mesa qualquer em Lima, foi amor à primeira vista por um prato simples e corriqueiro no Peru: o tacu-tacu.

Muitas vezes, já no Brasil, me recordava dos sabores que provei pela América Latina e logo me dei conta como lembranças de viagem também passam pelos momentos que dividimos à mesa. Mas não pense você que eles só acontecem em jantares refinados em restaurantes que pedem reservas com meses de antecedência.

A comida honesta e autêntica tem um valor muito importante. Aquele mercado de rua, o quiosque escondido ou o piquenique no parque podem nos render boas histórias e transformar qualquer dia de férias quase num capítulo dos livros da Julia Child.

Sem raio gourmetizador e sem notas de trufas encontradas por ninfas do Himalaia, conta pra gente: qual destino você mais se surpreendeu com a cozinha local? Qual é sua melhor lembrança gastronômica de viagem? Pra onde você voltaria, neste momento, só para provar aquele prato especial novamente?

Palpite também:

77 comentários

Marcie
MarciePermalinkResponder

Não é exatamente uma experiência gourmet, mas eu vou pra San Francisco, pelo menos duas vezes por ano, pra comer o dim-sum do Yank Sing. ?

Renata
RenataPermalinkResponder

O café da manhã na pousada Toque Mineiro em Tiradentes é uma das melhores lembranças gastronômicas de minhas últimas viagens. Com quitutes preparados pela Dona da pousada, como a quejandinha recheada com goiabada, o bolo de limão e a torta de frango, sempre éramos recebidos com uma delícia diferente a cada manhã. Tudo caseiro, maravilhoso, no melhor do espírito mineiro!

Fernanda Matumoto

O Peru foi surpreendente! Fui para Lima e Cuzco focada no pisco sour e ceviche. Mas o que me conquistou foi o Lomo Saltado, especialmente o servido no restaurante Tanta de Gastón Acurio. Chefe renomado, mas com um preço justo. O restaurante fica no Lacomar Shopping. Recomendadíssimo!.
Tem também um sanduíche maravilhoso, com uma batata frita tb maravilhosa, mas não lembro o nome. Fica no bairro de Miraflores.

Izabella Zava
Izabella ZavaPermalinkResponder

Olá!
Eu tenho boas recordações das comidinhas de Bariloche (as carnes), Buenos Aires (o doce de leite), Amsterdã (o croquete), Hamburgo (o melhor curry wurst) e toda a comida em Berlim!
Paris eu não gostei, mas o crepe do deux bis (uma birosquinha em quatier latim) até hoje me dá saudade. Assim como tenho saudade da pizza ao taglio da Pizzaria del Teatro, do tartufo do Tre Scalini e do tiramusu do Pompi em Roma.
E eu sei que muitos detestam, mas eu amo a comida nos EUA. Chessecake Factory, Fridays, Five Guys :p

Fabio Mori
Fabio MoriPermalinkResponder

Comer os calçots, nos arredores de Barcelona. São uma espécie de cebola comprida, que só tem entre final de janeiro e março!

alexandra aranovich

São tantos lugares... Mas atualmente ando apaixonada pelo Brasil que temuma riqueza e diversidade incrível de sabores e ingredientes. Belém do Pará (gastronomia e Mercado-Ver-o-Peso) me surpreendeu. E pertinho da minha casa, a Serra Gaúcha vive me chamando e conquistando à mesa.
Ah, não dá pra deixar de citar também Emilia Romagna na Itália, foi uma viagem que deixou o meu estomâgo com saudades.
Beijooos
Alexandra do Café Viagem

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Sempre frutos do mar. Cozze em Treviso, Itália, num restaurante que chama Cozze a Gogo (divino) e ostras gratinadas em Santiago, Chile, num restaurante na Providência que não lembro o nome. Sensacional!

Camila Monção Miranda - meucantoblog.wordpress.com

Não sei se vale como viagem, mas acho que merece (e muito!) o relato.
Sou mineira, de Belo Horizonte, e em dezembro me mudei para Manaus. Eu nunca tinha visitado o norte do Brasil, não conhecia nada dos lados de cá, fora os estereótipos comuns da floresta amazônica e tudo mais.
Quando cheguei, me deparei com uma cidade linda, múltipla e cheia de restaurantes, hamburguerias, cafés... Além das muitas opções gastronômicas, temos em Manaus, quase que mensalmente, eventos com muitos foodtrucks, foodbikes e estandes culinários.
Se não bastasse os hamburgueres e sobremesas maravilhosas que já comi nesses eventos, a comida típica daqui é excelente! Com destaque, claro, para os peixes. Meu prato favorito é a banda de tambaqui, acompanhada de farinha e baião.
Como uma super fã e defensora da culinária de Minas, devo admitir que a comida mineira ganhou uma rival no meu coração.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

St Barts, culinária francesa... Delícia!!!!

Maria Ines Vargas

Pasteis de Belém em Lisboa e centolla em Ushuaia !!
Sensacionais !!

Hugo
HugoPermalinkResponder

No meu caso, a melhor experiência gastronômica foi na Provence. Foi a primeira viagem para a França, e antes de ir selecionamos a dedo alguns restaurantes.

Todos foram fantásticos. Cada mordida nos fazia pensar que éramos personagens do livro “Um ano da Provence”, do Peter Mayle. Até hoje nos lembramos com saudosismo dos sabores que experimentamos.

Outro fator interessante foi o atendimento. No interior encontramos pessoas atenciosas e educadas.

Alguns dos restaurantes que visitamos, e recomendamos, são: restaurante da pousada La Ferme de La Huppe, L'Arôme que fica em Bonnieux, L'Oustau de l'Isle, Prévôt e L 'Atelier de Jean-Luc Rabanel.

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Quando parei em Doha (Catar ) por 24h fiquei impressionada com Gastronomia. Desde temperos até os refrescantes sucos, mas o inesquecível foi o doce chamado Kunafa, servido quente com base de queijo. ....delicioso.
Voltaria ao mesmo local mil vezes para degustar esta preciosidade. Para quem for o local é uma casa de doces, todos ótimos que fica no bazar turístico da cidade.

Cândida Silva

amo viajar pra comer coisas gostosas! Em Portugal, na Serra do Gerês, comi um bacalhau divino no restaurante Geresiana. Em Punta del Leste, comi um risoto de camarão no Lo de Tere sensacional. Em Santiago, Chile, foi um peixe no Como Água para Chocolate. Em Montevidéu, a carne mais gostosa da vida no El Palenque, dentro do mercado.
As sobremesas mais gostosas são sempre os doces portugueses, que acho imbatíveis!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

A gastronomia que mais me surpreendeu foi a americana!
Viajei pela 1a vez aos EUA achando que comeria muito mal, mas bastou pisar nos States para perceber o quão preconceituosa eu fui no meu julgamento. Comi maravilhosamente desde o restaurante mais baratinho aos badalados.

Dos mais recentes, voltamos agora de Puerto Natales, cidadezinha-base para Torres del Paine. Experimentamos vários lugares e nenhum decepcionou! Gastronomia local incrível!

Erica A
Erica APermalinkResponder

Minha experiência é quase a sua nos Estados Unidos. A 1ª vez que fui me preparei para o pior, mas minha primeira refeição lá me conquistou. Fiquei na casa de uma amiga americana que conhecia só virtualmente, ela fez uma macarronada maravilhosa para me receber. E durante toda esta viagem ela e o marido nos levaram em lugares baratos com a qualidade excelente. Toda vez que volto lá peço para ela fazer a macarronada de novo, e fazemos uma lista dos restaurantes que vamos testar. Me preparei para o pior e levei na cara, ainda bem!

Todos os lugares que vou eu gosto muito da comida, e olha que sou chata para comer. O único que sofri muito, e por isso voltaria com ressalvas, foi o interior do Amazonas. Fui com a expectativa lá em cima sobre a famosa rica culinária regional e me dei muito mal. Peixe todo dia, para piorar só gostei de um tipo de peixe que não lembro o nome. As outras carnes eram proibitivamente caras, e não tinha variedade alguma de acompanhamentos e saladas. Estávamos em quatro, e todo dia alguém literalmente sonhava com comida - o que mais aparecia nos nossos sonhos gastronômicos eram bolos e pão de queijo. Voltar para Manaus e ter mil opções para escolher foi uma alegria, voltar para casa então, indescritível.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Lima, Paris, Toscana e Andaluzia são os lugares onde melhor comi na vida!!

Bruno S
Bruno SPermalinkResponder

Uma das minhas melhores lembranças foi um lanche no Kensington Gardens, sentado num banco, comendo apenas uma baguete e um excepcional Gorgonzola Dolce ambos comprados alguns minutos antes na Harrod´s.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Bruno,
Sei exatamente o que voce quis dizer!
So que, no meu caso, a baguete da Harrod's eu comi no Hyde Park...

Alexandre Giesbrecht

Não sei se isso responde a alguma das perguntas, mas eu gosto de dizer que a melhor pizza que comi na Península Itálica foi em… San Marino! Parei meu carro alugado num estacionamento público próximo à entrada da cidade murada, pouco depois da hora do almoço. Como ainda não tinha almoçado, a pizzaria logo ao lado, simples, mas convidativa, pareceu uma boa opção. Como já passavam das duas horas, estava vazia, e o dono pôde dedicar um pouco de sua simpatia (ele não só já tinha estado no Brasil, como se lembrava de nomes que a maioria das pessoas esquece com rapidez, como a Rua Antônio Agu, em Osasco, ou a Praia do Sonho, em Itanhaém) e fazer com rapidez e capricho a pizza de quatro queijos que pedi. A princípio, pensei que não fosse aguentar a pizza toda, pois ela era maior que o prato em que foi servida. Mas a massa fina e leve, somada ao queijo e ao molho de tomate na medida certa, foi devorada completamente. Não me esqueço dessa pizza desde então! O nome da pizzaria? I Cacciatore Giovagnoli Nazzareno.

Tatiane
TatianePermalinkResponder

Camarão no Restaurante Nau, em Natal-RN! Sensacional!
E piqueniques em Paris....

Pavan
PavanPermalinkResponder

Tripas a moda do Porto, no Porto, claro. Mais conhecida como dobradinha por aqui. Acabei tendo que repetir a visita ao restaurante, pois essa foi a melhor dobradinha que já comi.

Carlos o velho cigano

Voltar a Miranda do Douro PT comer uma bela posta de carne de boi da raça local grelhada no carvão e regada com o belo azeite de Miranda

Dri
DriPermalinkResponder

Acho que em todas as minhas viagens eu tenho uma memória gastronomica muito querida, é sem dúvida a parte mais importante das minhas viagens. Podem ser coisas bobas como entrar num cinema em Florença e comer a melhor pipoca da minha vida (não, eu não fui assistir ao filme. Senti o cheiro da pipoca da rua, depois de jantar e não resisti), me deliciar com os croquetes em Amsterdam ou mesmo querer voltar pro hotel em Boston pra comer cookies de chocolate que comprei no mercado. Agora, o mais memorável sem dúvida foi um muffin de blueberrie caseiro de um jantar estilo thanksgiving de uma tradicional família americana... Voltaria sempre lá só pra comer o muffin!

Yara Xavier
Yara XavierPermalinkResponder

Cheguei tarde da noite em Verona, meio morta de fome e... nenhum restaurante com a cozinha aberta. Andando a esmo deparei-me com uma portinha: olhei para dentro, tinha mesas, luzes acesas e um senhor sentado em uma delas. Perguntei se poderia comer aquela hora e fui recebida com um entusiamo nunca visto. Além de ouvir histórias maravilhosas sobre a culinária local, comi uma polenta com gorgonzola e funchi seco inesquecível. E olha que não foi a fome que a temperou: a cozinheira, generosa, compartilhou a receita comigo e até hoje eu faço para lembrar-me que coisas simples podem ser maravilhosas.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Vietnam foi dos locais que mais me surpreenderam positivamente, mas confesso que nao conhecia ntes de la estar. Adoro um Pho Bo (https://en.wikipedia.org/wiki/Pho). Alem disso nao sou de tomar cafe, mas o Vietnamese Iced Coffee (cafe com leite condensado no gelo) tambem me consquistou.

Algumas das lembrancas e locais que voltaria sem pestenejar:
- Um Pici na Toscana ou Umbricelli na Umbria
- Em Chiang Mai um Khao Soi (en.wikipedia.org/wiki/Khao_soi)
- Delhi comecaria com um Sevpuri (en.wikipedia.org/wiki/Sevpuri) de entrada, um Badam Pasanda de principal e para temrinar um Kulfi(en.wikipedia.org/wiki/Kulfi) de sobremesa no United Coffee House

Sueli
SueliPermalinkResponder

Adorei moules et frites em Bruges.
Gosto demais de mexilhão e a maneira como eles preparam fica maravilhoso em qualquer parte da Bélgica

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Otimo tema! Lembranças gastronomicas são tantas...
O file ao molho madeira no Manguti, em Arraial d'Ajuda...
O camarão da Luzia, em Atins...
O café da manhã da Pousada do Alcino, em Lençóis...
O tiramisu do Punto Divino, em Paraty ...
Os crepes de Búzios...
O sorvete feito de leite de gado Jersey, na fazenda da sorveteria Eisland, de Santo Antonio do Pinhal...
As salsichas e chopes em mesas ao ar livre, no Baden Baden de Campos do Jordão...
O sanduiche de churrasco, no Fazendão, na rodovia dos Tamoios, indo pro Litoral Norte de SP ...
As empanadas do El Sanjuanino, na Recoleta em Buenos Aires ...
As Entrañas, na parrilla Alto el Fuego, em Bariloche...
A Merluza Negra, no Chiko, em Ushuaia ...
A carne de lhama, no Tika, em Uyuni...
O Hamburger do Corner Bistro, no Greenwich Vllage, em NY..
O chocolate na Ghirardelli, em San Francisco...

Marina
MarinaPermalinkResponder

S2 Corner Bistrô S2

Fernanda Ribeiro

Sorvete da Ghirardelli é muito amor!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

E, comer no "Cheeseburger in Paradise", de frente para o por-do-sol no mar de Maui, no Hawaii...

Jessica Sardinha

Francesinha do Café Santiago no Porto. ... Dá água na boca só de lembrar!

Quenia
QueniaPermalinkResponder

São muitas lembranças gastronômicas, mas a melhor: lulas babies do Restaurante Millers Thumb em Cape Town.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Tenho duas: uma Carrot Cake que comia todos os dias num café em Londres e também as batatas fritas do GBK também lá. De chorar de saudade...

Bianca Tonelli

Minha melhor lembrança gastronomica foi um ceviche de atum fresco feito em uma ilhota perto de Moorea por um nativo que preparou tudo ali na nossa frente, inclusive fazendo leite de coco fresco e misturando tudo diante dos nossos olhos. Simplesmente inesquecível. Na mesma viagem o raio gourmetizador nos atingiu em cheio em outro dia, no restaurante Vila Mahana em Bora Bora que também vale muito a experiência. Experiências diferentes, mas muito marcantes.

Michele de Oliveira Capiotti

Amo comida tailandesa, fui para TAILANDIA por causa da comida e nada me decepcionou. Do street food ao restaurante baladado, tudo delicioso. A comida vietnamita e também da Turquia me impressionaram muito pois não sabia o que esperar. Os amoks no Cambodja também são ótimos. Na Itália, acho que a Sicilia se destaca muito. Também gosto muito dos sabores portugueses. Na America latina acho que o Peru e o Brasil se destacam pelo conjunto da opera mas a melhor carne na minha opinião vem do Uruguay.

Renata
RenataPermalinkResponder

Lima (todo o Peru) e Berlim. Principalmente porque não criei expectativa na comida de Berlim.

Fabiana Branchini

São tantos, mas um que se destaca, que tu pensa: ah que pena não posso comer isso aqui foi a Centolla, do Tante Nina em Ushuaia. Claro que os doces do Uruguai e as carnes da Argentina não tem igual em outro lugar. Ah, e por incrível que pareça uma sopa de batatas e wurst em Berlim!

Shirley Moriale

Uruguai - Lê Palenque. Comida maravilhosa. Atendimento nota 10. Coma o Bife de Lomo, simplesmente genial, acompanhado de batata doce caramelada. Para comer rezando.

Leandro Silva
Leandro SilvaPermalinkResponder

Foi na Toscana em 2012. Todo o arsenal gastronomico dessa região foi fantástico, mas uma Bisteca Fiorentina que comi no restaurante do hotel Laticasteli acompanhada de um excelente vinho Rosso de Montalcino e todo o ritual para sevir a carne foi uma inesquecível experiência.

Leandro

Cláudio
CláudioPermalinkResponder

58 Tour Eiffel e o Restaurant do Museu D'Orsay, ambos em Paris.

Antonio Rebelo

Eu e minha família tivemos uma experiência gastronômica maravilhosa na vinícola Bouza no Uruguai, comida simplesmente divina, acompanhada por vinhos fantásticos.

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Foi em Cartagena, o curioso é que foi uma comida Peruana no restaurante Bruxas de Cartagena,escolhemos o menu degustação ,sem palavras dos Deuses. Primeiro serviço .entradas frias :Tiradito limeno de pescado del dia,ceviche mixto,causa rellena de pulpa fresca de cangrejo, pulpo al olvo,papa a la huancaina Y Ocopa Arequipena. Segundo serviço:quentes: langostinos crocantes dorados en quinua;anticuchitos de pescado del dia ,en salsa de aji, anticuchos de corazon,en salsa de rocatay , papa rellena a la limena, chicharron de lechon, rocoto relleno a la Peruana, mixtura de tamalitos hechos en casa y choclitos brujos. Terceiro serviço :Aji de galinha a la limena, lomo saltado clasico de la casa, Seco de asado de tira ,a la nortena, pescado a lo macho, Pure de frijol em miel da panela, pure de pallar , arroz blanco. e por ultimo a sobremesa

eva
evaPermalinkResponder

Pegaria um aviáo agora para um piquenique após passar por uma feira de rua no interior da França, por uma tapa de setas a la plancha em madrid, ou por um peixe na brasa em Belém.

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Como um risoto maravilhoso em Treviso na Itália. Aliás na Itália tudo é muito gostoso. ... humm cada gelato , massa, vinhos. Em Pucon no Chile a comida tb era muito Boa.

Leila
LeilaPermalinkResponder

Minha melhor lembrança é do queijo Azeitão em Portugal... Inesquecível

Cida Gomes
Cida GomesPermalinkResponder

Tenho algumas boas lembranças...Tacacá da Gisela em Manaus, feijão da dona Rosa em Mateiros - Jalapão/TO (nunca comi igual), centolla no Chile, sopa de cebola e escargot em Paris, moqueca de peixe na praia de Camurupim / RN.

Alvaro Nessi
Alvaro NessiPermalinkResponder

Este assunto é maravilhoso... comida, comida! Comida de rua sempre foi um caminho para entrar na sociedade local. Cheviche, Haggis, Panplonas, Calçots, Parrilla... Lembro do mercado em Swansea. Sorvete em San Gimignano... Salame, Queijo, Pão e Vinho no interior da França... Sorvete de Limão com Vodca em Paris... Sopa de mariscos em CinqueTerre... Moule a Provenzal no Mediterraneo... Dolces em Portugal... que tortura !!!

Clarissa
ClarissaPermalinkResponder

Comer uma receita de peixe com banana na Ilha da Madeira, em Portugal (garçom trouxe errado, mas valeu muito a pena...), tomar sopa de cebola no Ramos Generales, em Ushuaia (pense no inverno do final do mundo? A carioca aqui conheceu o que é frio de verrrrdade) e o picolé do Mickey, no Magic Kingdom (sonho de criança e o melhor picolé da vida!).

Mario Almeida
Mario AlmeidaPermalinkResponder

Jantar no restaurante chamado “Busteca”, em Barberino Val di Pesa, na Toscana, Itália: pedimos, de entrada, carpaccio de peixe espada defumado, com grãos de pimenta do reino e fatias de limão siciliano, diferente e muito gostoso. Pratos principais: fatias de peito de pato grelhadas sobre meia pêra cozida no vinho tinto e cebolinhas caramelizadas, ao molho de vinho Chianti! E um tagliatelle com funghi secchi! Bom demais... Bebemos o vinho branco da casa. Sobremesa: panna cotta com ciocolato (hum!) e um copinho, desses de batidinha, com gelato de limone! Aff...

manoela
manoelaPermalinkResponder

Bah, baita ideia pra post hein!
Bom tenho 3!

Primeira - Café da manhã do Hotel Best Western Piemontese em Turim - Sensaaaacional! O salão do café fica em um jardim de inverno no melhor estilo clássico. O café é composto por um serviço de buffet mais um serviço à francesa, já que vários "mimos" são servidos à mesa, como panquecas quentinhas e fofinhas com calda de frutas vermelhas, paninis, crostatas recém saídas do forno... enfim, uma loucura! O MELHOR café da manhã que já tomamos na vida, sem dúvida. Sonhamos com ele, todo final de semana... hehehe.

Segunda - a Antica Osteria da Divo, onde comi um risotto de funghi dentro de um queijo pecorino gigante. Esta Osteria fica em Siena e tem centenas de anos. O lugar é fantástico! A atmosfera do lugar e a arquitetura são impressionantes!

Terceira - La Ermita em Toledo na Espanha. Neste Restaurante tivemos a experiencia gastronômica mais especial até hoje. A vista é indescritível! O vinho absurdo, o menu degustação sem palavras (do inicio ao fim) e o preço dá vontade de voltar todo o final de semana. Enfim, não é a toa que o Rei da Espanha é cliente desde criancinha do lugar!

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Viajar e conhecer novas culturas, diferentes paisagens e sabores surpreendentes são minha paixão! Na memória trago comigo a melhor carne em Montevidéu no El Palenque; mais carne em La Cabrera em Buenos Aires; um jantar com menu degustação no Boragó (imperdível !!) em Santiago; ostras no Ostradamus em Florianópolis; almoço no Les Cocottes do chef Christian Constant em Paris; jantar no Pepennero comandado pelo Chef Gilberto Rossi, em San Miniato, na Toscana; um rodízio de salsichas em Berlim; tapas na andaluzia na Espanha; e ... vários outros, mas, principalmente, muitos ainda por vir !!!

JOSE ANTONIO LUCAS DE OLIVEIRA

Bom, esta lembrança foi marcante pois foi numa cidade que não era turística e nem estava em nosso roteiro de viagem.
Estávamos em ferias pela italia, com um carro alugado, cruzávamos o centro da Italia, de Pescara para Napoli e resolvemos parar em Scanno, pois pelo mapa ficava bem no centro do país.
Cidade pequena, 2.700 habitantes, tranquila.
Nesta epoca ainda viajávamos, eu e minha esposa, com um mapa ( de papael mesmo) e um guia de mão.
Pois bem, chegamos por volta do almoço, escolhemos um holtelzinho, acho que era o único da cidade, porem aconchegante, guardamos nossas coisas e saimos à pé em busca de um restaurante.
Encontramos um, com certeza não lembrarei o nome, mas era um casa adaptada e nos pareceu que estava fechada.
Batemos na porta e um garçon veio nos atender.
Somente nós, e o garçon...rsrsrsrs.
Nos acomodamos e de posse do cardapio escolhemos nossos pratos.
Aquele silencio de restaruante vazio, mas ele foi quebrado quando ouvimos uma discussão que vinha da cozinha.
MInha esposa que entende bem o idioma italiano, começou a rir, eu curioso não entendia nada. Foi quando me explicou que o garçon estava dando bronca no pessoal da cozinha pois todos queriam ver quem era aquele casal de estrangeiros no salão.
Perguntavam para o garçon e este não sabia dizer de onde éramos pois não conseguia identificar que lingua esse casal falava.

Quando ele retornou para nos servir, minha esposa explicou que éramos brasileiros e estávamos a caminho de Napoli.

Aí foi uma festa pois todos da cozinha vieram para olhar aquele casal que estava perdido ali no meu da Italia.

Mas, além dessa situação engraçada, que também marcou nossa viagem, eu pedi costeletas de cordeiro com fetuccini e minha esposa nhoquete com favas.

Olha, nunca mais nos esquecemos destes pratos, e a partir dali sempre que peço em algum restaurante um prato de leva costeletas, volto a me lembrar desta passagem.

Pois o prato estava magnífico.

Boas Lembranças.

Nemer
NemerPermalinkResponder

Lembranças gastronômicas lembram, wink, gordices. Seguem algumas fora de qualquer ordem:
- Travesseiros de Sintra da periquita em Sintra.
- Pastéis de Belém da pastelaria de Belém.
- Churros com chocolate quente em Madrid na San Gines.
- Ambrosia no Canta Maria em Bento Gonçalves
- Sorvete de creme na Bertillon em Paris

Aline
AlinePermalinkResponder

Adoro passeios gastronômicos, difícil é escolher um só ... A pousada de Penedo/RJ (Chez Suomi) tem um café colonial incrível, sem falar no atendimento, local simples e gostoso de passar um final de semana, sou cliente a 10 anos.... Mas até hoje para mim o melhor café da manhã que já tomei foi o do Hotel Fazenda Florença /Conservatória RJ maravilhoso, sem palavras!
Mas fico com água na boca ao lembrar do rodízio de massas do restaurante Massas Castel (Nova Friburgo/RJ), do pastel del choco que comi no Chile e da costelinha do Dallas BBQ de NY... Ai que saudade... E para a sobremesa nada melhor que a cheescake da Magnolia Bakery.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar