#Linkódromo | 5 cachoeiras em Presidente Figueiredo, no Mochilão das Amigas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Cachoeiras em Presidente Figueiredo: Iracema

Foto | Naiara Arruda, Mochilão das Amigas

Quando você pensa em Manaus, imagina o encontro das águas, hotéis na selva, interação com botos. Adicione mais uma atração da região: as 200 cachoeiras em Presidente Figueiredo, a 100 km da capital.

O quê? 200 cachoeiras? Por onde começar? Comece pelo Mochilão das Amigas, o ótimo blog da Naiara Arruda e da Fabíola Abess, duas turismólogas que moram em Manaus.

A Naiara escreveu uma série de três posts fundamental para escolher suas cachoeiras em Presidente Figueiredo: ela resenha a Cachoeira de Iracema (a mais estruturada), mais três cachoeiras com acesso a partir de trilhas e também a reserva da Cachoeira do Santuário, onde é o banho é num lago (gelado, em plena Amazônia!).

As cachoeiras podem ser curtidas tranqüilamente num bate-volta de carro ou em tour organizado; caso você queira pernoitar por lá, a Naiara mostra como são as acomodações das cachoeiras de Iracema e do Santuário.

A melhor época para ir é agora, na época mais seca (até o início do ano), quando o tempo está mais firme e a vazão das cachoeiras, mais mansa.

Leia no Mochilão das Amigas:

2 comentários

Simone Pereira

Realmente são lindas, conheci apenas 3, Iracema, Santuário e Araras, mas voltei apaixonada, depois de ver tanta beleza não dá para voltar a mesma pessoa. Vi o encontro das águas, vi aldeia de índios (até dancei com eles), nadei com botos, fui a praia da Lua, segurei jibóia... Foi o máximo, e no último dia lá lacrei conhecendo algumas cachoeiras. Recomendo e recomendo, aliás, não se pode passar por essa vida sem conhecer Manaus, vou voltar!

Isabella
IsabellaPermalinkResponder

Deixo aqui a indicação da Cachoeira dos Pássaros, é um lugar lindo, tem restaurante, uma tirolesa pequena, precisa descer um ramal mas não tem trilha.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar