Estrela da festa de encerramento da Rio 2016, Serra da Capivara fecha parque (ATUALIZAÇÃO: PARQUE REABERTO)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Serra da Capivara

A semana começou com uma excelente notícia para a Serra da Capivara: a carnavalesca Rosa Magalhães, diretora do espetáculo de encerramento da Rio 2016, revelou que nosso mais importante patrimônio da humanidade (o sítio com maior concentração de arte rupestre ao ar livre do mundo) será um dos temas da noite.

Antes que o fato pudesse ser comemorado, porém, veio a bomba: o piauiense PortalAZ noticiou que a arqueóloga Niède Guidon comunicou à Unesco sua saída da Fundham, a fundação que co-administra o Parque Nacional da Serra da Capivara, junto com o ICMBio (antigo Ibama).

Com verbas bloqueadas pela falta da renovação da parceria com o ICMBio, a Fundham, que já tinha demitido 90% de sua equipe, ordenou a retirada dos últimos funcionários do parque.

O Estadão teve acesso a um email do chefe do parque, Uwe Felipe Weibrecht, em que informa a seus superiores no ICMBio que o parque estará fechado pelo menos nesta quarta e quinta-feiras, para reorganizar a vigilância. Como não existem funcionários do Ibama habilitados a fazer cobranças, será preciso decidir se o parque permanecerá fechado ou reabrirá sem cobrança de ingresso.

É uma situação constrangedora, que já se arrasta há alguns anos, e que agora chega ao desfecho mais temido.

No próximo domingo, quando a Serra da Capivara figurar na festa de encerramento da Olimpíada, não haverá nada a festejar.

Leia mais:

15 comentários

Si Gonçales
Si GonçalesPermalinkResponder

Ricardo e bóias salvadoras, entrei no site p/ pedir socorro e encontrei a notícia já atualizada... p/ onde caminhamos? O que podemos fazer p/ mantermos esse parque? Em delírios, se rá que não podemos trabalhar como formigas, um tico de cada? Puxa, vou na França ver relíquias romanas e o nosso parque? E não me venham mais tarde nomear algo com o nome de Dra. Niède, pois seria uma afronta ao seu trabalho em vida. Simone-Santo André-SP.

Julio Corrêa
Julio CorrêaPermalinkResponder

Triste, triste.

ADILA FERREIRA

ESTE é o tipo de Cultura que o Ministerio da Cultura deve prestigiar...e NAO artistas esquerdistas puxa-sacos!
CADÊ A VERBA, sr.presidente????????

Joselia Vieira da Cunha

Que lamentável descaso, uma vergonha nacional! Esperemos que as autoridades a quem compete uma ação reparadora, tome logo uma providência.

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Estive há pouco na borda sul do Grand Canyon, dentro do parque nacional (diferentemente da parte de Las Vegas) e o que eu vi foi uma instituição privada (National Geographic) gerindo e explorando o serviço do Centro de Visitantes, c/ um Imax contando a história do lugar, cobrabdo ingressi e tudo funcionando às mil maravilhas. Será que não haveria atrativos se fosse concedido pra iniciativa privada através de uma licitação internacional? O diabo é a infraestrutura (voos) de acesso! Ô país desgraçado ?

Cristiane Amorim

Lamentável, um patrimônio como esse aos poucos acabar! Estive na Serra da Capivara e, fiquei extasiada com tanta beleza e história. Salvem a Serra da Capivara!

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Como pode isso?! Sem palavras...
Cade as empresas privadas patrocinando um parque como esse? Cade o governo? Cade o povo?
Que tristeza ....

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Uma tristeza,mas chorar não resolve.
Este é mais um resultado trágico de escolhas erradas :representantes obtusos e corruptos . Até quando? sad

Paulo Eduardo
Paulo EduardoPermalinkResponder

Estive no belíssimo Parque em Julho....havia uma mega equipe de TV da Alemanha filmando tudo, fazendo um super documentário. Quem sabe se dermos o parque para eles, o negócio funciona.
Lamentável......

Angelo Pavan
Angelo PavanPermalinkResponder

Brasil, um país hipócrita!
Enquanto na (bela) abertura Olímpica queremos "puxar a orelha" do mundo para a questão ambiental, não cuidamos do nosso próprio jardim!
Let´s privatize all!

Paulo Roberto Buhler

Não conheço o Parque, apenas sonho conhecê -lo. Entretanto, sinto esse abandono em que se encontra, como uma chaga na cultura universal.O sentimento ainda mais amargo, é que esse patrimônio que é da humanidade, se encontra no Brasil e, em última instância, somos nós os responsáveis por esse abandono absurdo

Sibele
SibelePermalinkResponder

Muito triste, um absurdo, total descaso com nosso Patrimônio! Além do local ser fantástico, gerava renda para muitas pessoas. Realmente inacreditável essa situação. Estive lá no ano passado, foi uma viagem inesquecível, gostamos tanto que pretendíamos voltar...Todo o trabalho da Dra Niède Guidon foi espetacular, uma tristeza acabarem com tudo isso.

Paula almeida
Paula almeidaPermalinkResponder

Uma lástima!
Mais um desmando

Flavia Regina
Flavia ReginaPermalinkResponder

Além de comentar aqui qua tal enviar e-mail para a chefia de Gabinete do Sarney Filho: diva.carvalho@mma.gov.br com cópia para o Deputado Luiz Lauro, presidente da Comissão de Meio AMbiente da Câmara: dep.luizlaurofilho@camara.leg.br

Rosemere de Moura

Cadê o valor de nossa história, vale quanto?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar