Linkódromo | Cachoeiras e misticismo em Aiuruoca, na trilha do Viajei Bonito

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Aiuruoca

Foto: Viajei Bonito

No Carnaval deste ano, a Gisele e o Adriano do Viajei Bonito fugiram da muvuca e foram mergulhar nas cachoeiras e no sossego de Aiuruoca, no sul de Minas.

A região é contígua ao circuito das águas (São Lourenço, Caxambu), mas ainda é bem pouco conhecida -- o fato de estar tranqüila em pleno carnaval é prova disso. Aiuruoca esconde mais cachoeiras do que você pode visitar numas férias inteiras, e guarda em seu território uma reserva da biosfera, o Vale do Matutu, uma mancha intacta de mata atlântica.

Siga a dupla do Viajei Bonito para as cachoeiras e vistas mais bonitas de Aiuruoca, com direito a um rolezinho pelo vilarejo.

Interessou? Aiuruoca fica a 270 km do Rio e 350 km de São Paulo. É um destino que dá para combinar facilmente com Tiradentes, que está a 190 km.

Leia mais:

3 comentários

Daniel
DanielPermalinkResponder

Ótima dica. Nas redondezas também vale muito a pena conhecer Carrancas que tem um número tão grande quanto Aiuruoca de cachoeiras.

Vanira
VaniraPermalinkResponder

Já conheço ,mas não visitei as cachoeiras pelo pouco tempo.

Elide
ElidePermalinkResponder

Já fui a esse lugar. Faz bastante tempo.Acho que por volta de 2004/2005. Eu estava numa cidade perto e alguém local sugeriu o passeio. Nunca tinha ouvido falar. Foi uma grata surpresa. Tinha uma comunidade alternativa lá, numa região montanhosa. Eles faziam um artesanato muito bonito. A estrada para essa comunidade era de terra e passamos por lugares bem interessantes no caminho. Subi uns morros - tem que ter disposição, rsrsrs. Visitei uma pousada que ficava à beira de um rio. Muito legal! Aquela atriz Isis Valverde é de lá - qdo ela contou isso eu já tinha ido conhecer. A cidadezinha é bonitinha. Mas tem que se embrenhar pelos caminhos inusitados para ver o bonito da região.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar