Passeios no Atacama: o roteiro e as dicas da Janaina, que viajou sozinha

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

passeios no atacama lagunas altiplanicas

O Deserto do Atacama, um dos lugares mais inóspitos do mundo, é um ótimo destino para se conhecer quando não se tem companhia para viajar. Não, não estamos sugerindo que você vague sozinho pelo deserto. É que os passeios no Atacama são sempre feitos em grupo, e há agências que ainda oferecem um mimo bastante especial, encerrando os tours com café da manhã, almoço ou lanche diante daquelas paisagens espetaculares -- uma ótima oportunidade para restabelecer o fôlego, bater papo e fazer amigos.

(Além disso, você certamente não será o único viajante solo em San Pedro de Atacama.)

A Janaina (no Instagram: @dandoumavolta) viajou sozinha pra lá e fez a maioria dos principais passeios. No relato a seguir ela dá dicas de hospedagem econômica para quem não vai dividir quarto, sugere trânsfer compartilhado e comenta o roteiro (feito pela agência de uma brasileira!). Você tem planos de ir sozinho ao Atacama? Então siga as dicas da Janaina:

Texto e fotos | Janaina Ribeiro

passeios no atacama valle de la luna

Valle de La Luna

O Deserto do Atacama é um lugar incrível! A aproximadamente 1.600 km de Santiago, é considerado o deserto mais alto e árido do mundo. Viajei para lá sozinha, em novembro de 2015, e achei a época ótima. Mas o Atacama pode ser visitado o ano todo!

Voei de São Paulo direto pra Santiago, onde fiquei dois dias. De lá peguei um voo pra Calama, onde está o aeroporto mais próximo de San Pedro de Atacama.

Já saí do Brasil com o trânsfer do aeroporto de Calama a San Pedro de Atacama reservado pela Transvip, companhia que eu já tinha contratado numa outra viagem. O serviço é ótimo e eles são super pontuais. Reservei o trânsfer antecipadamente pelo site. Para San Pedro só havia opção de transporte compartilhado, mas eles deixam cada passageiro em seu hotel. O trânsfer tem duração de aproximadamente 1 hora e 15 minutos.

Fiquei 6 dias em San Pedro de Atacama, cheguei em um domingo à tarde, e fiz o primeiro passeio na segunda à tarde.

san pedro de atacama

San Pedro de Atacama

A cidade de San Pedro de Atacama é uma cidadezinha rústica e muito simples, entretanto possui uma estrutura turística incrível! Existem diversas opções de hospedagem, para todos os bolsos; várias agências que promovem os passeios pelo deserto e muitos restaurantes! A propósito, comi muito bem por lá!

A cidade é repleta de turistas! Gente de todo o lugar, mas claro, vi muitos brasileiros! E franceses também!

Hospedagem

Fiquei hospedada no Hostal Lickana, um misto de hotel com hostel que fica na Calle Caracoles, rua principal da cidade. Optei por um quarto privativo, com banheiro. Hospedagem simples, mas limpa e organizada, com um bom café da manhã e chuveiro quente. E a equipe deles é receptiva e simpática! Antes de fazer a reserva, li muitas resenhas reclamando da falta de água em San Pedro ou da água não esquentar. Fiquei preocupada, pois um banho quente depois de um dia de passeio é essencial. Mas graças a Deus, neste hostal não tive problema. Lógico que você não deve abusar e demorar no banho né?!

Agência de passeios

passeios no atacama geysers del tatio

Café nos Geysers del Tatio

Contratei os passeios em uma agência de uma brasileira, FlaviaBia Expediciones. Foi muito top! A Flávia é uma fofa... super atenciosa e tem uma equipe ótima! Para cada passeio que fizemos o pessoal da agência levava toda uma estrutura de lanche, café ou almoço, dependendo do horário do passeio. Foi bem legal!

Quase todos os passeios eu que escolhi, apenas o Salar de Tara que foi sugestão do pessoal da agência. Mas a ordem dos passeios eu só fiquei sabendo quando eu cheguei lá, porque dependia dos grupos que fossem se formando. No dia em que eu cheguei em San Pedro, o pessoal da agência veio até o meu hostal e me passou todos os dados dos tours (horários, roupas e itens que devia levar) e tiraram dúvidas. Contratei os passeios na internet, antes de viajar.

Dica do Viaje na Viagem

  • É recomendável começar o seu roteiro de passeios no Atacama por aqueles que estão em lugares de menor altitude, e terminar com aqueles em maior altitude.

Mal de altitude

passeios no atacama valle de la luna

Valle de La Luna

É importante reservar um dia para se aclimatar, visto que a cidade de San Pedro está a 2.400 metros de altitude em relação ao nível do mar, o que causa o “soroche”, o mal de altitude. Os passeios acontecem em locais ainda mais altos.

Algumas pessoas passam mal, mas tudo depende do organismo. Eu tive falta de ar... acho que quase todo mundo sente isso, pelo que ouvi. Não que falte o ar totalmente, nada muito grave, mas qualquer esforço a mais já causa um cansaço fora do normal.

É ideal que se faça refeições leves e que se evite bebidas alcoólicas. E lá também é muito comum mascar folha de coca, ou tomar chá de coca, o que ameniza os sintomas do mal de altitude. Mas não se anime – essa folha não causa NENHUM barato (todo mundo me pergunta isso!). Em qualquer lojinha da cidade você encontra a folha de coca, o chá, a bala (caramelitos de coca)... Por isso, assim que chegar na cidade, já saia pra comprar. É importante. Muito embora em todos os passeios no Atacama que eu fiz o pessoal da agência levou!

A mala

passeios no atacama laguna cejar

Laguna Cejar

Dependendo da época do ano pode ser que esteja mais frio ou mais calor.

Na cidade, de manhã e à noite, fazia um pouco de frio, mas uma blusa mais quente e calça jeans já ajudavam. E durante o dia fazia muito calor. Sol de rachar. Só um ventinho de leve, em alguns momentos.

Já nos passeios era bem frio. Todos os dias eu saía com um casaco (mais touca, mais cachecol), e por baixo uma blusa de moletom, e ainda uma segunda pele ou camiseta. Em alguns passeios eu ia com duas calças, e em algum momento do dia eu tirava uma delas. A agência que eu fechei os tours me orientou quais peças que eu deveria levar em cada dia de passeio.

Importante que o casaco seja corta vento, ajuda muito! E alguns passeios pedem roupa de banho. Resumindo: a mala para o Atacama tem que ter de tudo, de biquini a cachecol!

Passeios

Laguna Cejar e Laguna Tebenquiche

passeios no atacama laguna cejar

Laguna Cejar

Esse passeio foi realizado tarde, pois no final podemos ver um pôr do sol MARA! Um lugar lindo com uma lagoa em que você não afunda! Sim, não afunda pela quantidade de sal. Mas eu não entrei na água! Todos do meu grupo do passeio entraram e curtiram! E eles não afundaram mesmo! Fiquei de fotógrafa!

Lá tem uma estrutura com banheiros, vestiários e duchas, para tirar todo o sal após o banho! E haja sal, viu?!

passeios no atacama laguna tebenquiche

Janaina na Laguna Tebenquiche

Depois seguimos para outro ponto em que paramos pra tomar um café e para contemplar o pôr do sol! Um “café” delicioso, com direito a pisco sour! Experimentei, lógico! Parece uma caipirinha! Valeu a experiência. Quando saímos da cidade para esse passeio estava muito calor, mas no final da tarde já começou a esfriar, então é importante levar uma blusa ou casaco pra o final do passeio.

passeios no atacama por do sol laguna tebenquiche

Pôr do sol na Laguna Tebenquiche

Bom, sobre o pôr do sol... sem palavras!

Salar de Tara

passeios no atacama salar de tara

Salar de Tara

Dos passeios no Atacama, esse foi um dos que mais sofri! Muita falta de ar! É um dos lugares mais altos no Atacama, com 4.800 m de altitude! Um lugar lindo...uma extensão de deserto de areia e sal que não acaba mais. Chegamos lá bem cedinho e tomamos um café da manhã reforçado! Depois andamos por lá o dia todo... Um céu maravilhoso.... parecia pintura!

atacama flamingos salar de tara

Flamingos no Salar de Tara

Nesse lugar tem uma reserva de flamingos! Lindo! Mas o caminho é todo demarcado, e estávamos a uma distância razoável deles... então minhas fotos nessa parte não ficaram boas. E eu andava e parava toda hora...por causa da falta de ar. Tenso.

É um lugar lindo, um sol radiante. Mas fazia um super frio! Fiquei de casaco, touca, cachecol, luvas e tudo mais o dia todo! E um vento! Pensa numa ventania! Eu não conseguia ficar sem a touca nem por 5 minutos.

No final teve um almoço top! Com direito a vinho, salmão e uma sobremesa maravilhosa!

A maioria dos passeios no Atacama acontece em áreas protegidas. Por isso, em alguns lugares pagávamos uma taxa em dinheiro para entrar. E geralmente tinha um banheiro na entrada. Porém, no Salar de Tara, não é assim... Apesar da área dos flamingos ser protegida, lá não tinha toda essa estrutura. Leia-se: não tinha banheiro! Isso mesmo, sem banheiro o dia todo! Consegui segurar durante a manhã, mas depois do almoço rolou um xixi atrás de uma casinha!

Apesar do frio, vento, falta de ar e falta de banheiro, o passeio vale muito a pena! E o almoço valeu demais também!

Geysers del Tatio

passeios no atacama geysers del tatio

Geysers del Tatio

Esse lugar me marcou! No Atacama é tudo maravilhoso, mas o passeio dos Geysers del Tatio foi o melhor! Os geysers são pequenos vulcões de água que ficam em erupção ao nascer e pôr do sol! Por isso chegamos lá bem cedo... tipo quase 7h da manhã. Saímos da cidade umas 5h30, é meio lonjinho e dizem que a estrada é ruim. Eu não sei, pois dormi o caminho todo!

Quando chegamos os geysers estavam a todo o vapor, literalmente! Um fenômeno maravilhoso. Fiquei encantada, nunca vi nada parecido! E estava muito frio, a temperatura em torno de - 3°! E a altitude lá é em torno de 4.320 m.

passeios no atacama geysers del tatio

Geysers del Tatio

É importante respeitar as marcações em volta de cada geyser. Nos dias anteriores havia ocorrido alguns acidentes, e por isso a fiscalização estava reforçada.

Depois de conhecer tudo, paramos para tomar um super café da manhã. Saímos de lá mais ou menos umas 10h e já estava tudo “limpo”, com o sol radiante. Os geysers já haviam finalizado suas atividades e parecia que não havia acontecido nada lá. Incrível!

passeios no atacama termas geysers del tatio

Lagoa termal nos Geysers del Tatio

Em seguida, fomos à lagoa termal.... Nesse momento estava uns 5°C. Até parece que eu ia entrar. Arf... um frio danado! Mesmo com a água quente, não tive coragem. Fiquei contemplando e tirando fotos!

Na volta paramos no povoado de Machuca. Lá tem uma lojinha que vende empanadas, café e um chá que disseram ser ótimo para o mal de altitude (esqueci o nome!). Do lado de fora da lojinha, eles vendiam espetinho de carne de lhama! Eu experimentei, óbvio! Parece carne de vaca, não senti diferença.

Enfim... o passeio aos Geysers del Tatio é incrível, não pode faltar! Vale muito a pena!

passeio atacama geiser del tatioEspetáculo com hora marcada:

Atacama: madrugando para ver os geysers de Tatio

Valle de La Luna e Valle de La Muerte

passeios no atacama valle de la luna

Valle de La Luna

O Valle de La Luna e o Valle de La Muerte ficam bem pertinho da cidade. Fizemos este passeio à tarde. Achei um pouco cansativo, anda-se bastante, mas foi muito legal. Fiquei cansada porque sou sedentária, e a altitude prejudica um pouco... então já viu!

Primeiro passamos pelo Valle de La Luna, uma grande rocha de sal que se formou com o tempo (devido às mudanças climáticas, chuvas etc.). Depois passamos por umas dunas de areia... um visual incrível! Passamos também por outras formações de sal.

passeios no atacama piedra del coyote

Piedra del Coyote

Depois fomos na Piedra del Coyote.... um lugar lindo, que dá pra tirar fotos perfeitas! Chegando lá tinha uma equipe gravando um comercial. Mas logo eles liberaram e fizemos várias fotos.

passeios no atacama valle de la muerte

Valle de La Muerte

Ao entardecer fomos ao Valle de La Muerte. Estávamos bem no alto, e de lá se vê uma espécie de penhasco. Um lugar lindo... e com o sol se pondo, ficou um visual maravilhoso.

Nosso lanche da tarde teve direito a vinho e tudo mais! Super caprichado! Fiquei encantada com essa estrutura que a agência leva nos passeios!

Lagunas Altiplánicas e Piedras Rojas

passeios no atacama piedras rojas

Piedras Rojas

O último dos meus passeios no Atacama foi às Lagunas Altiplánicas. Um lugar incrível! Estava super frio. Segundo informações da guia, devia estar uns 5°C!

passeios no atacama piedras rojas

Piedras Rojas

Primeiro paramos nas Piedras Rojas, que são formações rochosas vermelhas junto a um lago de águas claras. A paisagem se refletia na água! Fiquei emocionada neste lugar!

Por ali mesmo paramos para tomar aquele café super caprichado! Foi uma delícia!

passeios no atacama lagunas altiplanicas

Lagunas Altiplánicas

Depois visitamos as Lagunas Altiplánicas. Maravilhoso! Nessa parada a temperatura havia subido um pouco, mas mesmo assim, ainda fazia muito frio! Eu já tinha tirado uma das calças e uma blusa.

atacama tropico de capricornio

Trilha dos Incas e Trópico de Capricórnio

Depois passamos por uma cidadezinha onde almoçamos e conhecemos a pracinha, com uma igreja e algumas lojas. Na volta paramos em alguns pontos, um deles, e o mais interessante, foi por uma placa que indicava o Trópico de Capricórnio, que neste ponto cruzava com a Trilha dos Incas. Muito massa!

Dia livre (e um balanço)

No penúltimo dia em San Pedro eu não fiz nenhuma passeio, então aproveitei para andar de bicicleta (lá tem lugares para alugar), andar pela cidade e almoçar e jantar por lá. Os restaurantes têm preços um pouco salgados, mas valeu a pena. Comi super bem!

No geral, vale muito a pena o investimento de uma viagem ao Atacama! Foi uma viagem especial para mim. Estar em um lugar com tantas paisagens lindas foi muito marcante. Sinto que voltei diferente de lá. Não sei explicar. Só sei que recomendo ir ao Deserto do Atacama. Como diz a Martha Medeiros, no livro Um lugar na Janela: ”O silêncio do deserto é mais eficiente que Rivotril e não tem contraindicações."

Muito obrigado pelas dicas, Janaina! Tomara que mais viajantes solo se animem a conhecer o Atacama!

Leia mais:

28 comentários

NAILA PEREIRA SOUZA

Janaina amei seu relato. O Atacama é tudo isso e mais um pouco. Fui comemorar meu aniversário lá agora em agosto e foi indescritível. Peguei todas as dicas por aqui e foi perfeito.

Caroline Fernandes

Tudo muito lindo. Faz 3 semanas que voltei de lá e ainda estou atônita com o lugar. Fiz meus passeios com a Ayllu, que tem o mesmo padrão da FlaviaBia e sim, o serviço prestado é diferenciado mesmo! Vale a pena pagar um pouco à mais e ter um atendimento VIP. Viva o Atacama!!!!

Janaina Ribeiro

Eu quase fechei com a Ayllu mas aí conheci a Flávia e decidi fechar com ela! Valeu a pena cada centavo! Muito vip mesmo!

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Excelente! Estou gostando muito desses roteiros super detalhados que vocês estão publicando. Especialmente deste, que vou usar para planejar minha viagem no ano que vem.

MARIA PONTE
MARIA PONTEPermalinkResponder

Adorei o relato Janaína! me animou a conhecer o Atacama.

Janaina Ribeiro

Obrigada! Vai sim! É uma viagem e tanto! Vc vai curtir!

Clarissa Carino

Obrigada pelas dicas, Janaina!
Deu até vontade de fazer uma viagem dessas o quanto antes! smile

Marisa
MarisaPermalinkResponder

Gostei muito do teu relato,Janaína, pq voltei do Chile no dia 31/08, mas fiquei em Santiago e conheci o litoral, as Cordilheiras e Embalse el Yeso. Saí de lá com muita vontade de conhecer o Atacama e teu relatório me deixou mais animada ainda. Obridada, por ter compartilhado, tuas experiências.

Janaina Ribeiro

Obrigada! smile

Melisa
MelisaPermalinkResponder

Parabéns! Amei o relato!

Rudete
RudetePermalinkResponder

Adorei teu relato e orientaçoes. Quero seguir. Obrigada

Livia @liviajando

Folha de coca causa barato siiiiiiiim!! Pelo menos em mim! Então pelo jeito depende do organismo de cada um. Nunca fui pro Atacama, mas quando fui pra Cusco e Machu Picchu eu sofri um pouco com o mal de altitude. Nos dias que eu abusava da folha de coca eu senti um certo barato sim. Nada exagerado, mas dava um leve efeito embriagante!

Janaina Ribeiro

Eita! Eu realmente não senti nada! Deve ser de organismo, com certeza! Recentemente estive no Peru, e sofri muito mais com a altitude lá. Cusco é bem mais alto que San Pedro de Atacama. Mas nem a folha de coca ajudou muito, no meu caso.

Pollyanna
PollyannaPermalinkResponder

Janaína,
estava tentando criar coragem para fazer essa viagem sozinha, li diversos relatos na internet, mas nenhum me dava o empurrãozinho que precisava.. até chegar aqui!
Comprei ontem minhas passagens, e estarei no Atacama entre 19 e 24/10!
Ainda estou morrendo de medo, confesso.. mas não vou desistir! Minha primeira viagem sozinha, aos 29 anos!

Janaina Ribeiro

Ebaaa! Muito bom pode colaborar com esse "empurrãozinho"!!! Vai na fé, sem medo e aproveita cada minuto! Vai dar tudo certo!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Oi, Pollyanna
Tambem fiz esta viagem sozinho em 2014 e posso te dizer: vá tranquila!
Alem de ter muitos outros turistas tambem viajando desacompanhados, o que torna tudo mais amistoso para amizades, os chilenos que vivem em San Pedro são muito gentis e prestativos, nos tratando muito bem.

Rachel Melo
Rachel MeloPermalinkResponder

Janaina,

Amei seu relato! Estou com planos de ir sozinha tambem no ano que vem e por isso estou procurando mais informaçoes. Acho que irei entrar em contato para pegar mais dicas. Ja quero muito ir!!! bjs

lucienne
luciennePermalinkResponder

Cheguei de San Pedro a dois dias e tudo que li por aqui valeu muito a pena. viajei sozinha pela segunda vez e confesso ser a melhor experiencia da vida!

Andrea Raminelli

Que legal, Janaina, vou em janeiro/2017 e adorei suas dicas!

Janaina Ribeiro

Opa! Qdo precisar! ??

Janaina Ribeiro

Eba! Q legal! Aproveite! ?

Janaina Ribeiro

Obrigada!!!! ☺

Rafael Barduni

Estive no Atacama por 6 dias, fechando uma viagem solo de 18 dias por Lima, Machu Picchu, Titicaca, La Paz, Salar Uyuni, até cruzar a fronteira pro Chile. Realmente vale muito à pena, apesar do roteiro na altitude ser, por vezes, meio cansativo. Na maior parte do tempo, tive uma estrutura muito boa contratada ainda do Brasil, e chegando no Atacama, programei os passeios com a FlaviaBia, que, apesar de um pouco mais cara, recomendo fortemente, é outro nível de atendimento e estrutura... Valeu!!!
Ajudou muito ter lido as dicas aqui no blog antes!

Cláudio
CláudioPermalinkResponder

Fantástico! Faz algum tempo que pensava em conhecer o Atacama sozinho, e agora ficou tudo descomplicado! Obrigado!

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Tá ficando cansativo de ver elogios p/ FlaviaBia Expediciones na blogosfera nacional. Parece que é a única agência que existe em San Pedro. Os elogios são inclusive muito parecidos: "A fulana é uma fofa", "o serviço é diferenciado", "o preço compensa muito".
Acredito até que a empresa em questão tem uma boa estrutura, mas seria o caso de alguém dar uma visão de uma empresa diferente.

Rebecca
RebeccaPermalinkResponder

Concordo! Estou planejando minha viagem e estou sem mtas opções de empresas pela blogsfera.

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Olá! Estou planejando minhas férias para junho e pensei em conhecer o Atacama. Acha uma boa época para isso? Abs

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar